Conversíveis Cupês Esportivos Europa Hatches

Alfa Romeo prepara os próximos Giulietta e 4C

alfa-romeo-giulietta-2017-16 Alfa Romeo prepara os próximos Giulietta e 4C

A Alfa Romeo está determinada a mudar completamente sua gama de produtos para alcançar um nível acima em termos de performance. Embora ainda sem uma nova geração, no caso do Giulietta, o hatch médio italiano e o cupê esportivo 4C terão facelift neste ano.



Apesar de o foco estar no segmento de SUVs, onde a marca pretende lançar um modelo maior que o Stelvio e com propulsão híbrida leve de 48V, a dupla precisa estar em sintonia com as recentes mudanças de estilo da Alfa Romeo. Mas há um problema, reconhecido oficialmente por Roberto Fedeli, diretor da marca.

alfa-romeo-giulietta-2017-16 Alfa Romeo prepara os próximos Giulietta e 4C

O Alfa Romeo Giulietta é um belo hatch com linhas esportivas, mas seu segmento não é global. Como a marca mudou seus planos para atingir países fora da Europa, ter um produto dessa categoria é um fator limitante para as aspirações da Alfa. Ainda assim, o chefe da marca pretende colocar no mercado uma versão atualizada do hatch, que tem a missão de ser um produto “esportivo”.

Ainda assim, o Alfa Romeo Giulietta não seria exatamente a melhor escolha para brigar no segmento de hatches na Europa, pelo menos não com o modelo atual, que nasceu em 2010 sobre a plataforma do Fiat Bravo, já descontinuado por lá e também por aqui. Com sete anos e sem uma grande atualização de estilo, o modelo não pode bater com força na concorrência.

alfa-romeo-giulietta-2017-16 Alfa Romeo prepara os próximos Giulietta e 4C

De qualquer forma, o Alfa Romeo Giulietta ainda tem seu público no velho continente, mas já se sabe que terá de mudar mais que o visual se quiser sobreviver. Comenta-se que a FCA estaria propensa a criar uma nova geração baseada no Giulia. Com a plataforma Giorgio, o hatch poderia até assumir o lugar do BMW Série 1 no segmento, oferecendo tração traseira, já que o alemão terá a UKL como base na geração que está por vir e assim perderá essa característica.

A única questão é o custo para fazer essa mudança e, como já dito acima, o posicionamento limitado no mercado global. Então, provavelmente a Alfa Romeo deve apenas estender a vida do atual modelo por mais algum tempo enquanto não encontra uma solução. Seu futuro, assim como do MiTo, está ameaçado com a presença cada vez mais forte dos utilitários esportivos.

alfa-romeo-giulietta-2017-16 Alfa Romeo prepara os próximos Giulietta e 4C

Da mesma forma, Fedeli quer outro produto “mais esportivo” e este, sem dúvida, é o Alfa Romeo 4C atualizado. Mais agressivo, o cupê-conversível feito de fibra de carbono deverá manter a transmissão automática para alcançar um público maior, em especial nos EUA, mas a ação é criticada na Europa, pois esta seria uma das principais falhas do bólido.

A atualização também deve ser seguida por um motor mais potente. Como já se sabe, o Jeep Wrangler 2019 porta um propulsor de 270 cv, mais do que suficiente para dar ao 4C uma performance melhor que a atual com 240 cv. Além disso, sabe-se que o propulsor da FCA chegou a ter 373 cv registrados internamente, o que sem dúvida daria ainda mais força ao bólido italiano.

Alfa Romeo Giulietta 2018 – Galeria de fotos

Alfa Romeo 4C 2018 – Galeria de fotos

[Fonte: Actualidad Motor]

COMPARTILHAR:
  • Andre Luiz Melo

    Lindos, ou melhor, automóveis belíssimos.
    Se a BMW ou a MB fabricam carros no Brasil com baixo volume de vendas, porque a Alfa não aproveita a estrutura já existente da FCA e volta a vender e até fabricar carros no Brasil?

    • Marcus Vinicius

      A fca poderia trazer a Alfa para o Brasil que ocuparia a vaga da marca chrysler !

    • Marcelo Henrique

      Eles já fizeram o estudo entre todos os veículos da FCA e decidiram fazer SUVs da Jeep e o Fiat Toro em Goiana.
      Sedan e Hatch médio italianos não vendem bem no Brasil, imagina carros Premium. Uma pena, pois o comportamento dinâmico de uma 156 2.0 na pista é muito bom.

      Sei que parece desconexo por se tratarem de categorias diferentes, mas o que a Fiat vende do Toro pode ser comparável aos números do Corolla e olha que ambos estão na mesma faixa de preços.

  • Marcus Vinicius

    A fca poderia trazer a Alfa para o brasil para preencher a lacuna deixada pela chrysler que deixou de comercializar o sedan 300 recentemente por aqui

    • Rafael Lima

      A Chrysler só vende a van Pacífica e o Sedã 300 lá fora, tem nada no portifólio

  • RRN

    Uma pena a Alfa Romeu não ter interesse no mercado brasileiro. Desde a década de 70 que a marca possui fãs por aqui e com certeza venderia bem pois tradicionalmente é uma marca de modelos esportivos.
    A FCA poderia muito bem associar a Alfa em sua rede de concessionarias que seria uma gigantesca vantagem perante outras empresas e ainda valorizaria o nome Fiat no mercado uma vez que a imagem estaria ligada a carros de maior valor e qualidade.

  • Julio Martins

    Os Alfas realmente são lindos. Não tenho grana pra ter um mesmo se viesse pro Brasil. Mas so ver a beleza desse carro rodando por aqui já valeria a pena.

  • celso

    Vai aqui a opinião de um Alfista: o Giulietta das fotos tem uma das frentes mais medonhas que eu já vi num automóvel.
    Ademais, um facelift não vai ser suficiente, já que o carro está muito defasado.

    • Gustavo Adriano

      Sei que é ridículo, mas o teria apenas por ser um Alfa, pois compartilho da mesma opinião que você. Já tentei gostar do hatch várias vezes, mas não adianta, acho realmente mal resolvido, nem a traseira salva. Depois da morte do 159 e do Brera, foi difícil acolher novamente os carros da marca, só agora com o lançamento do Giulia e do Stelvio é que a marca tem conseguido conquistar mais. Acredito até mesmo que se a marca tivesse sido vendida, estaria sendo melhor utilizada.
      Quem sabe com a substituição do Giulietta+ Mito e do 4C, eles consigam acarretar melhores posições.

    • Basil Sandhurst

      Infelizmente esses Alfas com plataforma Fiat não ficaram realmente dos melhores produtos… A geração anterior dos mini-alfas ficou melhor na minha opinião também.
      Abs

  • Dimitri Diegoli

    Alfa Lotus Romeu Elise 4C

    • El Gato Negro

      Primeira coisa que pensei.

  • Vattt

    Tá uma época boa pra Alfa trazer alguns mimos para o Brasil, sem cobranças pesadas de impostos!!!

  • Lucas MTB

    Cara, não tive presente na época dos Alfas no Brasil, mas acho o 4C empolgante demais! Só o que estraga é o câmbio automático, que tira a principal proposta dele que é a esportividade. Não compraria um, mas seria excelente testar. O Giulia é muito bonito também, mas é bem salgado mesmo para padrões europeus.

    • Marcelo Henrique

      O que os Fiats tinha de rebarba, os Alfas compensavam com acabamento de primeira e motorização de ponta e boa afinação na suspensão.
      Até os modelos da Audi e BMW não tinham o mesmo nível de acabamento que um Alfa Romeo na época.

      Só que não deixa de ter os seus problemas.

  • IPZ.4

    Tive a oportunidade de vê-los pessoalmente. São muito bonitos, diferentes da mesmice. Seria MUITO bom se tivéssemos mais essas opções no BR.

  • Josê Fagundes

    e notícia dos lincoln nautilus nada, né? E nem do provável cadillac XT-4…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email