Ecologia Governamental/Legal Pickups Volkswagen

Amarok: Ibama abre novo processo contra Volkswagen para apurar danos ambientais

volkswagen-amarok-dark-label-impressões-NA-44-700x4661 Amarok: Ibama abre novo processo contra Volkswagen para apurar danos ambientais

O Ibama abriu um segundo processo contra a Volkswagen por conta das emissões excessivas de NOx geradas por 17.057 unidades da picape Amarok, que é equipada com o polêmico motor diesel EA189 2.0 TDI, pivô do escândalo Dieselgate.



No primeiro, a VW foi multada em R$ 50 milhões pela violação do Proconve L4, recorrendo da decisão. Agora, o Ibama volta ao tema com um processo administrativo, onde pretende apurar os danos ambientais provocados pela emissão irregular de óxido de nitrogênio. A montadora já recorreu de uma multa de R$ 8,3 milhões do Procon-SP e promoveu um recall dos veículos em circulação.

Em testes efetuados pela Cetesb, órgão ambiental de São Paulo, as picapes avaliadas emitiram 1,101 g/km de NOx, sendo que o limite do Proconve L4 é de 0,7 g/km. A diminuição da emissão durante os testes de laboratório era de 0,26 g/km, gerada pela software fraudulento. Com isso, a Amarok emite 57% mais NOx que o permitido.

Em cálculos feitos pela Cetesb, 646,4 toneladas de NOx foram emitidas a mais pelas unidades da picape em circulação no país, entre 2011 e 2016. No total, 2.737,2 toneladas de NOx teriam sido lançadas na atmosfera pela frota. No entanto, os danos ambientais são difíceis de calcular. Os efeitos para a saúde ocorrem em curto prazo e ao meio ambiente em longo prazo. Uma compensação por parte da VW ainda não foi definida, mas poderia ser em forma de investimentos no sistema de saúde pública.

[Fonte: Revista Auto Esporte]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend