Audi Hatches

Andamos no Novo Audi A3 Sportback

Andamos no Novo Audi A3 Sportback

Preços partem de R$ 94.700 na versão equipada com o motor 1.4 TFSI


Sueli Osório

Depois do A3 Sport (duas portas), agora é a vez do Sportback, versão de quatro portas, chegar ao mercado brasileiro. O hatchback tem duas opções de motores: 1.4 de 122 cv (R$ 94.700) e 1.8 de 180 cv (R$ 124.300).

À primeira vista, o compacto não mudou muito por fora. O comprimento (4,31 metros), largura (1,78 m) e altura (1,42 m) são apenas um pouco maiores do que no modelo anterior. Mas a distância entre os eixos agora mede 2,64 metros, um aumento de 58 milímetros. Com a maior distância entre os eixos, o espaço no assento traseiro melhorou ante a versão anterior. Em relação à versão de Sport, o Sportback tem 35 milímetros a mais de entre-eixos.


Andamos no Novo Audi A3 Sportback

Na frente, o destaque fica para a grade, que tem cantos angulosos, além dos faróis estreitos de xênon, com luzes diurnas em LED e ajuste automático de altura. As entradas de ar são generosas e a linha de cintura define um perfil elegante.

Na traseira, a luz de freio adaptativa é de série e pulsa em alta frequência durante uma frenagem mais intensa.

Andamos no Novo Audi A3 Sportback

Mais magro

A montadora aplicou no modelo a tecnologia de construção de baixo peso. O resultado é que o compacto está 90 quilos mais leve do que a versão anterior. Equipado com motor 1.4 TFSI, o hatch pesa apenas 1.300 kg. A tampa do motor, os para-lamas, a parte de trás dos para-choques e a subestrutura do eixo dianteiro são feitos em alumínio – juntos, economizam cerca de 12 kg e melhoram a distribuição de peso no conjunto.

Motorização

O modelo conta com tecnologias de injeção direta de combustível, turbo, gestão térmica e sistema start-stop. Graças às inovações, o consumo foi reduzido em cerca de 10% em comparação à versão anterior. São duas opções de motores a gasolina TFSI.

O novo motor 1.4 TFSI, que agora também possui bloco de alumínio, pesa 107 kg – 21 kg a menos que seu antecessor, entregando 122 cv de potência e 20,4 mkgf de torque máximo. Com câmbio S tronic de dupla embreagem, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, com velocidade máxima de 203 km/h. O consumo de combustível combinado é de 18,86 km/litro, o que corresponde a 123 gramas de CO2/km, segundo a Audi.

Andamos no Novo Audi A3 Sportback

Já o novo motor 1.8 TFSI a gasolina – que combina injeção direta FSI com injeção indireta multiponto – além de sistema que varia a elevação das válvulas – produz 180 cv de potência e 25,5 mkgf de torque. O coletor de escape está integrado à cabeça dos cilindros – uma solução semelhante à utilizada no motor 1.4. Equipado com transmissão S tronic e tração dianteira, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos e tem velocidade máxima de 232 km/h. O consumo médio é de 17,85 km/litro, correspondente a 130 gramas de CO2 por km, segundo medição da montadora.

A Audi pretende expandir rapidamente a gama de motores para o Audi A3 Sportback, o que inclui um modelo S de alta eficiência e baixas emissões, além da opção de um motor a gás e um veículo híbrido e-tron, em 2014.

Transmissão de dupla embreagem

O Audi A3 Sportback vem para o Brasil equipado com câmbio S tronic de sete velocidades com dupla embreagem, com engates precisos e quase imperceptíveis. Quando combinado com o Audi Drive Select (de série na versão 1.8), o veículo pode ser operado no modo Eficiência, que permite redução de consumo de combustível. Neste caso, o modo de “roda livre” da caixa S tronic também é ativado, o que significa que a embreagem é automaticamente liberada quando o condutor levanta o pé do pedal de acelerador, poupando, assim, combustível.

A direção assistida eletromecânica é sensível e trabalha de maneira integrada com os sistemas de assistência. O modelo 1.4 vem equipado com rodas de 16 polegadas e o 1.8 com rodas de 17 polegadas. O sistema de frenagem inclui discos ventilados na dianteira e o controle eletrônico de estabilidade limita o deslizamento em curvas

Quando equipado com Audi Drive Select, o motorista decide o modo de condução e características do acelerador, direção assistida e câmbio S tronic apertando um botão e optando pelo modo Conforto, Auto, Dinâmico, Individual ou Eficiência.

Andamos no Novo Audi A3 Sportback

Impressões

Dirigimos a versão 1.8 pela Marginal do Rio Pinheiros, em São Paulo, e por um trecho nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes. O hatch mostrou que não brinca em serviço e entrega ótimas saídas e retomadas. Ao dirigir no modo Dinâmico, a direção fica mais firme, e as respostas muito rápidas quando o pé direito solicita aceleração mais vigorosa.

O modelo é bastante estável e fica ‘colado’ no asfalto mesmo nas curvas em alta velocidade. A sensação é de muita segurança. Já no modo Eficiência, o privilegia a economia de combustível e se comporta de maneira mais ‘mansa’.

A posição de dirigir é boa, o painel é de fácil leitura e os comandos ficam à mão. A visibilidade também agrada. Sentimos falta do revestimento de couro nos bancos – que não vem por enquanto em nenhuma configuração, segundo o supervisor de produto, Gerold Pillekamp.

O porta-malas tem 380 litros de capacidade.  O piso do compartimento pode ser colocado em dois níveis. O banco traseiro pode ser rebatido a 40:60, aumentando o espaço para bagagem, ou totalmente abaixado.

Andamos no Novo Audi A3 Sportback

Informação e interatividade

A unidade de comando central, que fica no console, possui painel de controle táctil integrado e botão de pressão e rotativo para acesso mais intuitivo às funções. A tela colorida de sete polegadas pode ser rebaixada eletricamente, e apresenta todas as informações com uma nova disposição e de maneira clara.

Outros equipamentos são o rádio, que inclui interface para integração de leitor móvel e bluetooth. As duas versões podem ser equipadas com sistema de navegação.

Um botão para o freio de estacionamento eletromecânico substitui a alavanca de mão. Em caso de emergência ele pode ser acionado para parar o carro, o que faz com que o pisca-alerta seja acionado. O recurso deixou o carro mais moderno, já que a solução acompanha os modelos maiores da marca. O volante, dependendo da versão, pode ter três ou quatro raios, teclas multifuncionais e shift-paddles. O ar-condicionado é de série nas duas versões, sendo que o da versão 1.8 é de duas zonas.

Andamos no Novo Audi A3 Sportback

Entre os itens de segurança estão air bags frontais, laterais, de cortina e para o joelho do condutor.

A Audi oferece 12 opções de cores: branco amalfi, preto brilhante, vermelho brilhante, marrom beluga, cinza dakota, prata gelo, branco geleira, cinza molção, azul skuba, vermelho shiraz, vermelho misano e preto fantasma. Independentemente das cores externas, o interior das duas versões pode ser contrastado com combinações nas cores prata e preto nos assentos.

Segundo Gerold Pillekamp, a Audi espera vender 1.500 unidades do A3 nas configurações Sport e Sportback nos próximos 12 meses. O mix de vendas esperado é de 60% para o A3 Sportback 1.8, 35% para o Sportback 1.4 e 5% para o Sport (1.8).

Andamos no Novo Audi A3 Sportback
Este texto lhe foi útil??

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email