Anfavea fala em paralisação da produção se importação não for contida

hyundai piracicaba 1 1
hyundai piracicaba 1 1

A batalha da Anfavea contra a importação de veículos, em especial, chineses, está ganhando novos contornos no Brasil. A entidade que reúne as montadoras mais antigas do país quer não apenas o imposto de importação imediatamente em 35%, mas também deseja cotas para importados.

A associação dos fabricantes de veículos, a mais tradicional do setor, lembrando que ainda existe a Abeifa, alega que as importações estão ruindo com a produção de veículos no país.

Fora as reivindicações, a Anfavea vai mais longe e fala em paralisação da produção nacional no segundo semestre se as medidas não foram atendidas pelo governo federal.

Márcio Lima Leite, presidente da Anfavea, disse: “Nossa projeção de crescer produção leva em conta a retomada da alíquota. Se isso não ocorrer, a produção não cresce e há risco até mesmo de paralisações de fábricas no segundo semestre”.

No primeiro semestre, as exportações foram de 165,3 mil veículos, enquanto as importações ficaram em 198 mil unidades, com alta de 37,7 mil unidades. Nesse caso, houve uma inversão de volumes em comparação com 2023.

No ano passado, o país exportou 230 mil carros e importou 144 mil no mesmo período, daí a Anfavea estar em alerta vermelho diante dos volumes que estão chegando ao país.

Lima Leite disse: “Isso gerou a citada perda de 200 mil veículos, o equivalente à produção anual de uma fábrica”. A comparação seria, por exemplo, com a produção da Hyundai Motor Brasil em um ano, em Piracicaba.

Todavia, a Abeifa é contra a antecipação do limite do imposto, alegando que uma quebra de regra é pior que a ausência dela, como comentou José Luiz Gandini, presidente da Kia.

O empresário afirmou: “Os importadores precisam de previsibilidade. Por isso, manifestamos contrariedade ao pleito recente de antecipação imediata do imposto de importação de veículos eletrificados para 35%, quando já há um escalonamento de aumentos até julho de 2026. Ninguém aguenta mais mudanças bruscas durante o jogo”.

[Fonte: Auto Indústria ]

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do Whatsapp e Canal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.




unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X