EUA Gadgets

Apple Car Play atualizado reproduz aplicativo de mapas na multimídia

O sistema Apple Car Play ganhou uma versão totalmente atualizada agora em 2016, apresentada pela empresa da maça lá nos EUA. A nova funcionalidade do sistema Apple Car Play permite a reprodução do aplicativo Maps do celular diretamente no display de multimídia do automóvel.

Isso é algo que era feito anteriormente apenas por sistemas nativos ou pelo sistema concorrente Google Android Auto. Com essa versão atualizada, o app do iOS poderá ser totalmente manipulado e observado diretamente no veículo, tendo ainda dados atualizados de postos de combustíveis, paradas para tomar um café, fazer uma refeição, entre outros pontos de interesse para os motoristas andando por aí.


Informação de tráfego em tempo real e outros dados também serão apresentados. A Apple também vai liberar a assistente virtual Siri para desenvolvedores externos para que elaborem outras funcionalidades do Maps e do Apple Car Play através de comando de voz.

A ideia é que os aplicativos de bordo do celular possa ser acessados sem a necessidade de ter que tirar as mãos do volante. A atualização só está disponível para o iOS 10, que poderá ser baixado gratuitamente para o celular iPhone.

Outra novidade interessante nas atualizações do sistema Apple CarPlay é que a partir de fevereiro de 2018 o Whatsapp também passou a ser compatível com ele.


E você, tem usado ultimamente o sistema Apple Car Play no seu carro juntamente com seu iPhone? O que acha do sistema de ligação do telefone ao carro? E no que ele ainda pode melhorar mais? Dê seus comentários!

Veja neste link da Apple todas as funcionalidades do sistema Car Play. Outra página da Apple mostra todos os modelos de carros que são compatíveis com o CarPlay. Em 2018, essa lista já conta com mais de 300 carros, e está aumentando a cada ano que passa. Deixamos aqui também o link para quem quer saber como configurar o Apple CarPlay no seu carro.

Apple Car Play atualizado reproduz aplicativo de mapas na multimídia
Nota média 5 de 1 votos

51 Comentários

Clique aqui para postar um comentário

  • Esses navegadores com função de trânsito ainda não chegaram no nível do Waze, no sentido de cortar caminho e lhe fazer poupar tempo no uso urbano. Uso coligado com o Waze o TomTom com trânsito em tempo real, e o primeiro se sai melhor.

    • Tanto o Google Maps e o Apple Maps, nativos respectivamente do Android e do iOS, têm informações de trânsito, rotas alternativas mais rápidas e todo o resto que fez o Waze famoso, porém milhares de vezes mais seguros de se usar enquanto se conduz um veículo.

      • Inclusive com avisos enviados por outros usuarios sobre problemas nas vias, acidentes, carros no acostamento, etc ? E qual qual a razão do “milhares de vezes mais seguros de se usar” ?

        • Acidentes: sim;
          Trânsito: sim;
          Bloqueios/obras: sim;
          Carros no acostamento: não (afinal, nunca vi a menor utilidade nesse recurso do Waze. Quando vc chega no local, nunca tem carro algum);
          Polícia: não, até pq é contra a lei em muitos países incitar evasão;
          Radares: não, afinal se vc não anda acima do limite, não será multado e Google + Apple não se meteriam em induzir comportamento infrator;

          Milhares de vezes mais seguro, pois o Waze requisita interação constante do usuário com o aplicativo (ex. confirmar um carro no acostamento, radar, obras etc). Tanto o Google Maps quanto o Apple Maps não requisitam qualquer interação ou intervenção com o usuário.

          • Discordo, ele não requer interação constante, interage quem quer, pois o pop-up some em alguns segundos, além do que essas notificações podem ser alteradas dentro das configurações do aplicativo.
            Se o Maps ou o GMaps tiver a quantidade de usuários ATIVOS que ajudam no trânsito, eu toparia fazer um teste!

              • Farei um teste depois com o Maps e o GMaps, quero ver como são essas notificações sem interação. Eles são imputados por usuários ou pela empresa ?

                • Já aviso que essa minha impressão advém de uso onde moro atualmente, em Vancouver, Canadá. As notificações de ambos os aplicativos vêm de diversas fontes, mas em especial de órgãos de trânsito. Para funcionar o ditado curva-a-curva no iOS, tem de alterar o idioma da Siri para português.

            • Que discussão impertinente rapazes, rs!
              A Google comprou o Waze há um bom tempinho (uns 3 anos se não me engano)…
              E os avisos que vocês estão discutindo, vêem do mesmo banco de dados, pois são integrados!
              No demais, eu concordo com o @rogerrosato:disqus, também acho o Google Maps mais seguro, por estes motivos que ele destacou, sem contar que tem muito menos bugs, e para visualizar o mapa como um todo, é muito mais prático.
              Mas como a Google é dona de ambos, sintam-se a vontade em utilizar qualquer um, rs …
              Abcs!

              • Ah Charlis, como uso bastante o GPS, aplicativos melhores sempre são bem vindos! A boa conversa com o Roger me fez abrir os olhos a outros sistemas, que irei testar para ver se me agradam!

              • Mas algo que vc disse que faz todo o sentido: a visualização do mapa do Maps é inteiramente superior ao Waze. Eu acho que vc cria uma confusão gigante porque no Waze a indicação de entrada em um local cria duvidas se a saida for de curva aberta. Já o Maps mostra um auxiliar que ajuda e muito a entender, além do mapa ser mais claro.

                Outro ponto positivo atualmente é que o maps não tem propagandas ao contrário do Waze que mostra muito isso. Se torna um saco usar o Waze.

                Um ponto que tenho notado no waze e esse é motivo de eu deixar de utiliza-lo várias vezes é o fato de que as vezes “os cortes de caminho” as vezes é um quadrado que mais pioram para vc entrar na via do que te ajudam. O Google esta melhor nesse aspecto.

                E como o pessoal cita pouco, acho bem interessante o Here Maps que além de tbm avisar do transito, tem o mapa em si offline.

          • O waze ja me ajudou inumeras vezes em comunicar um buraco, carro parado, policia, chuva e até radares escondidos.

            Sou totalmente a favor do waze, tanto que uso ele até pra ir a padaria.

              • Até por que atualmente em SP tem mais buraco que radar.
                Tem uma rua proximo de casa que é atalho para o Shopping Aricanduva, que até um trator de esteira teria dificuldade em passar.

                • Eu sei onde é. Alias, eu sou o tipo de pessoa que a depender da região, prefiro pegar transito do que passar em buraco. Tanto que analiso bem se é tão interessante evitar o trajeto cheio de transito para pegar buraqueira até mesmo se for levar mais tempo.

                  • Quando eu tinha a Cherokee, por ser blindada e V8 tinha um consumo muito elevado. Meu costume era ficar em avenidas de trafego continuo para evitar tanto os semáforos, quanto valetas e buracos de ruas menores paralelas.

                    Isso me poupava um custo absurdo em buchas, amortecedores, pastilha de freio e combustível.
                    Por ex, sair de Moema até o Tatuapé era melhor e mais barato vir pela Marginal do que por dentro mais curto.
                    Isso por que, o carro tinha um desgaste absurdo.

                    Tbm prefiro pegar transito do que ir cortando por dentro. Odeio rua estreita, pegar caminhão manobrando ou aquelas ruas esburacadas e cheias de remendo.

          • Pra ser sincero, acho que a piar característica (e isso que foi melhorado bastante) do Waze é a tela extremamente poluída e a quantidade absurda de alertas que pulam na tela. Por exemplo, 200m antes da esquina a virar aparece um alerta de radar que cobre metade da tela….

            Nesse ponto concordo contigo que ele é menos seguro, mas não pela interação do usuário com o aplicativo mas a interação exagerado do aplicativo com o usuário.

            Ainda uso Waze pelo habito, e porque não suporto a voz da mulherzinha da Google. Apesar de ser fã da Apple, deixei de usar o Maps no 1 dia de lançamento e nunca mais abri aquele app.

            • O Maps da Apple era bem ruim, quando foi lançado, mas foi melhorado muitíssimo desde então. Hoje está no mesmo nível do Google Maps, mesmo que seu alcance ainda seja menor para vários serviços.

          • Noa vivemos no País das Mafias, claramente eles não visam a segurança de transito e sim arrecadação, ir do Rio de Janeiro ate Paraty vocé passa por mais de 200 cameras, algumas com limites ridiculos , isto é que é absurdo!

      • Na questão da segurança pra mim não afeta, pois não interajo com o aparelho enquanto guio.

        Vou atualizar o Maps pra ver se os desvios de engarrafamentos em tempo real é tão boa como no Waze, acredito que deve ser, já que a Google é dona do Waze. No TomTom a “cortada de caminho” tem a vantagem de não te jogar em vias muito locais, internas aos bairros, embora demore mais. Já o aviso de câmeras – inclusive móveis – do TomTom é bom.

      • +1 voto para o Google Maps aqui.

        Avisos significantes aparecem e para ver o tráfego é só ativar “tráfego” que ele mostra por meio de cores (verde, amarelo e vermelho) como estão as vias e direciona sozinho para as que estão com menos trânsito quando se utiliza no modo gps.

    • O Waze é imbatível nesse aspecto. A funcionalidade de reportar problemas pelos usuários de forma descomplicada acho que é o fator diferencial do aplicativo.
      Meu único “senão” para o Waze é manter a geolocalização ativa mesmo com o app fechado. Gasta muita bateria (por mais que eles digam que não).

      • Melhorou muito na ultima atualização. Antes vc rodava 1h com ele e a bateria ia inteira.

        Parece que o consumo de dados e de bateria reduziu drasticamente daquelas versões de 2013 e 2014.

        • Mas poderia ao menos ter a opção “enquanto o app estiver em uso” como ocorre com outros aplicativos.
          Eu deixo-o sempre desligado (para uso do GPS) e só marco como “sempre” quando preciso usar o Waze.

    • Gosto do Waze, mas tem vezes que ele pisa na bola. Outro dia ele me fez perder 30 minutos no transito pois me colocou num caminho horrivel indo para o Roldao do Ipiranga. Fiquei muito p da vida quando percebi o que ele fez. Fora outras vezes que deu problema.

    • A inovação da Apple não provém de ideia puramente criativas. A criatividade deles é reconhecer como ideais que antes não funcionavam podem funcionar quando combinadas e modificadas.
      Ex receita do iPhone:
      – Touchscreen
      – Smartphone
      – Aplicativos
      – Design atraente
      Todas coisas que, separadas, não conseguiram fazer celular nenhum antes fazer tanto sucesso.

      • Verdade. Mas também é verdade que a Apple tem errado demais nos últimos anos. O Apple Maps continua um produto bem inferior à concorrência, por exemplo, e o Apple Watch decepcionou de forma geral. Eles continuam sendo muito competentes como um todo, mas hoje em dia em termos de criatividade e inovaçao pararam no tempo.

        • Na minha opinião o principal “erro” da Apple é querer se tornar uma marca de luxo. Até nos EUA ela vem sendo bastante criticada nesse aspecto e tem perdido clientes para marcas “menos nobres”.
          Uso Apple e Android, por mais limitado que o iOS seja frente ao primeiro, é notória a estabilidade e integração entre software e hardware no iOS. Sem contar a facilidade de uso.

        • Andei lendo bastante sobre o Apple Maps e é impressionante o tanto de esforço e dinheiro que a Apple vem investindo na sua melhora através de acordos e compra de empresas de mapeamento. Após isso decidi dar ao App nova chance e fiquei surpreso. A eficiência e riqueza de detalhes (note que não falo das imagens por satélite) stá no mesmo nível do Google Maps, porém a interface é mais simples e amigável. Ainda perde no quesito alcance, uma vez que vários serviços, como trânsito e transporte público, ainda é limitado a cidades grandes e/ou EUA/Europa.
          Para um usuário de iOS, dado a integração com outros aplicativos e com a plataforma, torna-se uma ferramenta até melhor.
          Sobre a inovação, não é um fenômeno da Apple. Toda a indústria de tecnologia está meio incerta sobre o caminho a seguir, agora.

          • Então Roger, mas a Google se adiantou na melhoria e por isso hoje tem esses itens. Eles se integram com diversos departamentos e areas dos países.

            A Apple foi se aproximando disso em meados de 2013 apenas e investe forte. Ainda vai levar um periodo para se igualar.

  • Acho um tanto bizarro que somente agora o car play foi atualizado para reproduzir o GPS em tela. Mas eu mesmo adoraria ter uma central para consumir menos do meu celular e já ter uma tela que opera tudo.

  • Tenho um Hyundai HB20 de 2016 com CarPlay é um iPhone 6S com iOS 10. No iPhone aparece o aplicativo Mapas. Quando plugo no carro, o aplicativo (ícone) desaparece! Será que o Mapas ainda não funciona no Brasil?

  • De forma geral o transito no Brasil é um caos. Autoridades de países mais civilizados eliminam condições perigosas das vias além do que investem significativamente em educação para o transito de toda a população.
    Eu estude fora do Brasil todo ano tinha um bombeiro, uma policial e uma pessoa do Detran nos ensinando sobre como se comportar no transito de forma defensiva (segura).
    Também tirei minha carteira fora do Brasil além de me ensinarem e treinarem em direção defensiva fui treinando em direção evasiva para ganhar alta habilidade para enfrentar perigos e poder velar pela segurança e pela fluidez do transito nas vias, pois como ser inteligente caberia a mim tomar decisões e não a radares burros e mal sinalizados em lugares inconvenientes. Por exemplo na Alemanha se você está dirigindo em vias de velocidade livre, caso aconteça alguma condição insegura na estrada aparece em sinal luminoso: Procure não ultrapassar 100 km por hora perigo a frente.
    Então lá fora como responsável e parte do sistema, sou a parte inteligente do sistema, parte que decide visando o bem comum (de todos inclusive do meu). As autoridades são importantes eliminando situação inseguras que possam dificultar minhas decisões.
    Por exemplo na em Madrid nos últimos anos forma construídos 500 km de metro. Enquanto isso em Salvador forma construídos 6 km de metro em 12 anos. Sabe quando foi construído em SP, valores vergonhosos.
    Fui ensinado que eu decido não um semáforo. O motorista é responsável por garantir a segurança e a fluidez do transito. Claro todos isto não vale no Brasil
    No Brasil nada do que eu falei acima tem nenhum sentido. Você na estada vê motoristas a 180, 190 km por hora. São pegos? Claro que não a polícia não está atrás deles. Além disso eles usam poderosos e sofisticados detectores de radares que os coloca fora de vista dos radares de polícia (aqui não tem policiais fiscalizando tem radares, isto é, loura? É sim com certeza). Também têm alcoólatras rodando como loucos, mais como são infratores por natureza também se equipam com poderosos detentores de radares, da mesma forma criminosos de todas as espécies. São pegos, nunca houve falar que a polícia brasileira seja eficiente nisto, além do que, quando pegos, os juízes mandam soltar.
    Agora o cidadão comum tem que enfrentar o caos do transito e da desorganização ruas e avenidas com mudanças repentinas de velocidade, via de regra insuficientemente sinalizadas para garantir que a mudança de velocidade da via seja vista de forma a permitir que o motorista adeque a velocidade do perigo em segurança. Em vez de investir em sinalização e educação as autoridades outorgam licença a empresa que colaram radares e ganham fortunas com multas, autoridades usam como esse dinheiro, dinheiro de multas está fora de controle. Então se crio a indústria das multas.
    A indústria da mulata tem deixado muito empresário muito milionário, tem autoridades apoiando tudo isto, enquanto isso matamos, mas de 80 mil pessoas no trânsito no Brasil, os culpados pelas mortes estão soltos. Para compensar os brasileiros comuns são multados. Da mesma forma que está preso em Brasília um pai de família e trabalhador que arrancou uma casquinha de uma árvore para fazer um chá medicinal. E os responsáveis pelo desmatamento da Amazônia, cada vez mais milionários.
    Então para resolver todo este problema queria proibir o Waze que avisava da velocidade da via e sinalizava que você ultrapassou de velocidade (isto é inteligente). Tinha gente, muitos delas entendo do crime organizando defendendo o a proibição do Waze no Brasil.
    Em cumplicidade com esta gente o Android Auto (voluntariamente ou não) até agora não liberaram o Waze nesse aplicativo. Será que a Google está demorando tanto porquê? Esta adaptando o aplicativo para ganhar mais dinheiro e não está nem aí para problemas do bem comum?
    Pense…….

  • O caos no transito na américa latina, no Brasil causa a morte de mais de 60 mil pessoas ano. Um verdadeiro genocídio. As autoridades parecem somente preocupados com multar eliminando a ação fiscalizadora da polícia e colocando radares de empresas que criaram a Industria das Multas. Quem ganha com isto? Porque juízes mandam soltar os assassinos do transito e condenam pequenos infratores, multando pessoas que excederam o limite de velocidade em grande parte pelas deficiências de sinalização de velocidade das vias e mudanças de velocidade aparentemente sem nenhum sentido real de segurança. Leia e comente o escrito abaixo. Não se omita.

  • Quando o Waze estará disponível no Apple Car Play? Minha cidade participa do “Programa Connected Citizens” tornando-o a mais atualizada ferramenta de navegação. E o Maps da Apple nem aparece na tela espelhada do meu carro (Ford Sync 3).

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email