Argentina Segurança

Argentina aprova lei que obriga luzes diurnas em automóveis

honda-fit-2018-NA-18 Argentina aprova lei que obriga luzes diurnas em automóveis

Seguindo os passos do Brasil, que vai obrigar as luzes de condução diurna a partir de 2021, a Argentina também irá comercializar carros novos somente equipados com este recurso de segurança. O governo do país vizinho aprovou a nova lei no dia 30 de novembro, mas a decisão foi publicada somente nesta semana no Diário Oficial local, ladeada de uma série de outras medidas – como é o caso da reforma tributária.



A partir de agora, todos os automóveis comercializados por lá deverão oferecer o sistema DRL (sigla para “Daytime Running Lights”), que não deve ser necessariamente de LED como em carros mais caros (o uso de lâmpadas comuns está liberado), mas sim um recurso se acenda automaticamente no momento em que o veículo entre em funcionamento. Algumas fabricantes devem adotar a luz baixa do farol ou também os faróis de neblina ao invés de um equipamento destinado exclusivamente a este fim.

Além disso, o governo argentino agora permite a homologação de veículos que seguem a regra de iluminação dos Estados Unidos. Neste caso, os modelos contam com luzes de seta traseiras na cor vermelha, enquanto os demais (que seguem o padrão europeu) mantêm as luzes em tom amarelado – as únicas aceitas até então por lá. Por conta disso, modelos como Chevrolet Camaro e Ford Mustang eram vendidos com especificações europeias. Essa nova medida deve facilitar a importação de outros veículos, como é o caso das picapes Chevrolet Silverado e Ford F-150.

Ainda falando sobre iluminação, fica regulamentado o uso de luzes de emergência (o famoso pisca-alerta) na Argentina. O pisca-alerta poderá ser usado somente para indicar a frenagem para pedestres atravessarem, para executar manobras de risco e para indicar zonas perigosas. Ou seja, tal medida deve acabar com o costume dos argentinos que utilizam o pisca-alerta em situações com neblina, por exemplo.

COMPARTILHAR:
  • Ivan claudio dias florencio

    Os Ford Ka que vão para Argentina vão com DRL no local do farol de neblina com lâmpadas halógenas.

    • No_Name

      Acho que não, hein… Tem imagem disso?
      E é um lugar ruim para DRL, pouco visível na luz do dia. O DRL precisa estar na altura dos faróis principais para cumprir bem com sua finalidade.

      • Matheus Cavalheiro

        Salvo engano, o Passat antigo usava o farol de neblina como DRL.

      • Douglas Takiguti

        Não existe “lugar ruim” para o DRL, mas sim uma legislação técnica que determina os parâmetros/ requisitos mínimo e máximo. Se o carro está na rua com DRL no lugar do farol de neblina, é porque foi homologado e atende à legislação vigente do país

        • Thales Sobral

          Mas não deixa de ser um lugar ruim. Existe legislação ruim também.

          • André Luis Versiani

            Exato, tem muitas leis ruins, infelizmente.

      • Louis

        Aqui na Banânia também deveria ser permitido substituir o farol baixo pelo neblina. O novo Polo tem o DRL bem próximo ao neblina. E acho a visibilidade praticamente a mesma que o farol durante o dia.

        • Basil Sandhurst

          A RDL do Fiat 500 até o modelo 2016 era o farol alto ligado em “meia” potência.

          • Diogo Vasconcelos da Silva

            O novo cruze tbm

            • Daniel

              Isso no LT, né? pq no Cruze LTZ o DRL é no farol principal, um filete de LED que envolve o refletor elipsoidal do farol principal (baixo/alto).

      • Ivan Claudio Dias Florencio

        Eu trabalho na Ford em camacari, basta procurar no YouTube que vc vai ver.

        • Louis

          Além do Polo, também me lembrei do DRL do Mercedes C da geração passada, é ao lado do neblina.

        • Daniel

          Mas eu acho ruim… Cerato antigo, algumas Mercedes e outros carros tinham o DRL em posição mais baixa (altura do neblina). Parece menos eficiente que quando na altura do farol principal.
          Agora, tem a questão do tamanho tbm… o do Civic 10 qse não faz diferença, é muito pequeno no canto do farol.

      • Ivan claudio dias florencio

        https://youtu.be/k3ybEzz-sLM , a versão SE é só DRL e na versão SEL tem duas lâmpadas, um pequena que é DRL e a do farol de neblina.

        • No_Name

          Realmente, o avaliador comentou no vídeo que é farol de neblina e também luz diurna, curioso! Eu acho que isso não funcione bem como DRL, ainda mais porque é com lâmpada halógena. Veja que na imagem do LatinNCAP mal dá para notar. Quando você comentou lá em cima achei que se tratava de LED pelo menos. Abraço.

          • Ivan claudio dias florencio

            é até forte, desde que exportamos o Ka para Argentina ele sai com DRL, um abraço e feliz ano novo.

            • André Luis Versiani

              Entrei no site da Ford Argentina aqui e vi igual o nosso mesmo, seria interessante que aqui viesse também.

            • André Luis Versiani

              Vi o vídeo aqui e parece que o neblina tem uma divisão, nós brasileiros como sempre não temos…

      • Ivan claudio dias florencio

        https://icdn-8.motor1.com/images/mgl/YEN0r/s1/ford-ka-impacto-lateral.jpg, no teste do latin ncap do KA a versão era exportação SE mercado Argentina, embaixo são os DRL veja no vídeo que eles estão acesos e faróis apagados.

      • Matheus Conrado

        tracker LT tem o DRL abaixo do farol de neblina,gigantes e fortes(como o DRL tem que ser)

      • Eduardo

        Não tem essa de lugar ruim para DRL, mas sim o uso de luz adequada. Lâmpada comum não é adequada para uma visualização durante o dia, ainda mais se o farol for do modelo projetor, pior ainda.

    • Kaian Reis

      Igual ao DRL do QQ que também é assim

  • vicegag

    Lá também é para 2021 como na Bananalândia? Não né, lá eles sabem, que para incluir uma micharia destas, não são necessários 3 anos.

    • Thales Sobral

      No texto fala “a partir de agora”, deu a entender que lá a lei já está valendo.

    • Luciano RC

      Só aqui fica dando essa colher de chá para montadoras.

      • Emanuel Schott

        Mudar uma regra de um hora pra outra é péssimo. Tem estoque antigo, tem projeto que deve ser feito pra instalação do equipamento…

        Insegurança jurídica custa caro, seja pro padeiro da esquina, seja pra montadora. Tem que ter presivibilidade.

        • Luciano RC

          Concordo… a falta de planejamento do governo só da instabilidade para os investidores.

    • Emanuel Schott

      Tá, e como faz com os carros que estão em estoque e não foram pras concessionárias? Manda de volta pra linha de montagem? Como faz em carros onde a instalação é complicada (muitos carros morreram no Brasil por dificuldade de instalação de airbags)? Joga fora e perde todo o investimento?

      Não se pode mudar legislação do nada. Isso se chama insegurança jurídica. Custa caro e é um péssimo chamariz pra investidores.

  • JR_BSB

    Luz de seta vermelha é a pior invenção na área, pois não se destaca e confunde. Ao menos pra mim que tenho astigmatismo.

    • Thales Sobral

      Também não gosto. Luz vermelha forte é freio, luz amarela é pisca, num piscar de olhos a gente já vê. Com a luz vermelha dá pra entender também, mas demora um pouco mais.

  • Lukoh

    Bola fora do governo argentino aceitar esse padrão americano pensando só nas importações….

    Acho muito confusa essas luzes vermelhas dos modelos EUA…. Sentra e Fusion são exemplos que rodam aqui nesse formato, enquanto que os Chevrolet e VW mexicanos são corretamente adaptados pro Brasil e usam pisca amarelo.

    • Thales Sobral

      O Camaro também vem com as setas vermelhas, infelizmente.

    • Diego Lip

      Na internet você vê o Ford Fiesta sedã com setas em âmbar por lá. O novo Sentra já tem setas em âmbar.

  • MarcioMaster

    Seguindo uma Lei inutel.

  • Lukoh

    Infelizmente vejo cada vez mais motoristas que parecem ter fugido da auto escola e usam o pisca alerta incorretamente, ou seja, em dias de chuva e com o carro em movimento… :/

    Pisca alerta tem um único significado, que é: CARRO PARADO

    • Ivan claudio dias florencio

      Concordo plenamente.

    • Emanuel Schott

      Pisca alerta significa que o carro tá parado ou com velocidade reduzida.

      Se tiver numa chuva forte e precisa andar a 60 Km/h em uma rodovia de 120 km/h, tem que usar algo pra sinalizar isso.

      Outra coisa: a água ofusca a luz branca dos faróis, mas não a amarela do pisca.

      • Lukoh

        Não… somente parado.

        Se tiver a 60 não deve sinalizar com o pisca alerta, não há previsão disso no Código de Trânsito…. se ligar na chuva forte os demais pensam que vc está parado e aí sim, coloca em perigo todo mundo.

        • Emanuel Schott

          Só por questão de legislação então. Nos EUA por exemplo é obrigatório o uso de pisca alerta caso esteja abaixo de 40 mph em rodovias, não importa as condições climáticas.

          • Alessandro

            só que dirigindo no Brasil segue a legislação do Brasil ou seja, nada de pisca ligado, está colocando os outros em risco por que quer criar a propria lei.

          • Stark

            Mais uma aberração dos EUA, assim como a luz de seta vermelha e o espelho retrovisor plano no lado do motorista.

            Lembrando que o CTB estabelece que a velocidade mínima nas vias é 50% da velocidade máxima, ou seja, numa via de 80 km/h, a velocidade mínima é de 40 km/h. Só que, infelizmente, ninguém leva multa por andar devagar demais, apesar da infração estar prevista no CTB.

      • Alessandro

        Chuva nao precisa de pisca alerta, seu carro tem luz de posição para isso, se vc ta andando a 60 em rodovia de 120 ande a direita que é a faixa de deslocamento lento.

        O CTB é bem claro.

        V – O condutor utilizará o pisca-alerta nas seguintes situações:
        a) em imobilizações ou situações de emergência;
        b) quando a regulamentação da via assim o determinar;

        Chuva não é emergencia! vc apenas tem q ser cauteloso, usando pisca alerta alem de tudo enta andando sem seta sendo muito mais perigoso.

    • Diego Lip

      Pisca alerta também quer dizer atenção, principalmente quando há uma redução brusca de velocidade na pista, que geralmente é algum perigo à frente.

      • Alessandro

        o problema no brasil é que agora virou moda se começa a chover liga o pisca alerta.

        Isso nao é ensinado em lugar nenhum e nao sei pq o pessoal começou com essa idiotice.

  • Luciano RC

    Pisca alerta na neblina é tenso hein… isso deveria ser crime.

  • Renato L

    Aqui o uso do pisca-alerta também foi regulamentado. Só podem usar os espertinhos que param em fila dupla no meio da rua por preguiça de procurar um lugar decente.

    • FabioH

      Não somente em fila dupla, mas em qualquer lugar onde seja proibido estacionar, é como se fosse uma permissão pro espertinho burlar as regras.

    • Alessandro

      e quando chove tambem, cai 2 gotas começa todo mundo a liga pisca alerta, devem achar bonito so pode.

  • Deny Williams Cury Haddad

    O DRL do Polo Highline é ao lado dos Faróis de Neblina. São muito visíveis e não há argumentos robustos que o desabonem. No mais, tenho um Golf com DRL Halógeno e também são bem visíveis. Sempre defendi que os carros tivessem esse recurso, seja halógeno ou em LED. Infelizmente, no Brasil, a maior parte das Montadoras só disponibilizam dado recurso mediante pagamento alto ou por força de Lei.

  • paulootavio

    Essa coisa dos argentinos utilizarem pisca alerta com neblina… podia ser feita uma conscientização aqui no brasil, porque basta chover para muita gente ligar o pisca alerta. Muitos pensam que isso ajuda a prevenir acidentes, mas é justamente o contrário, pois a seta (que somente uns 20% utilizam) se torna inútil, porque é com ela que se indica a mudança de direção e se os piscas estão intermitentes como é que se indica a intenção de mudar de faixa ou de fazer um retorno?
    Morei 10 anos fora do Brasil e é de assustar quando vc começa a andar pelas ruas e vê que ninguém utiliza as setas.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email