Argentina Chevrolet Pickups SUVs

Argentina: candidato fala de projeto “Alto Valor Agregado” da GM

Argentina: candidato fala de projeto "Alto Valor Agregado" da GM

O candidato a presidente da Argentina, Alberto Fernández, revelou após encontro com a diretoria da General Motors Mercosul, em Rosário, que a montadora americana fabricará a partir de 2021, uma nova caminhoneta na planta localizada ao norte do país.


O chamado projeto A.V.A. (Alto Valor Agregado) será um produto com estas características que a GM Mercosul planeja produzir na Argentina, sendo cogitado como um SUV. Uma fonte nos revelou que não será uma picape. Então, o projeto será mesmo baseado em um novo SUV.

Aliás, de acordo com um sindicato local de Rosário, o produto seria um SUV e mais precisamente o Novo Chevrolet Tracker. Na contramão da informação dada pelo candidato à Casa Rosada, a proposta de um utilitário esportivo conflita com outra dada por representantes da GM no México.

Na ocasião, a GM revelou o fim da produção do Chevrolet Trax no México, que após o ciclo de vida da geração atual, cederia a fabricação da próxima geração para a filial brasileira, que seria responsável pela exportação aos EUA, inclusive com apoio de um possível acordo comercial com o Brasil.


Argentina: candidato fala de projeto "Alto Valor Agregado" da GM

 

De olho nesse mercado, a GM empregaria a plataforma compacta VSS, que será feita também em Gravataí-RS e São Caetano do Sul-SP. No caso argentino, a planta de Rosário poderia fazer um outro modelo de SUV, que faria mais sentido que o Tracker, ainda mais com um valor agregado elevado, superior até ao do novo SUV compacto.

Estamos falando do modelo que é vendido na China e EUA como Trailblazer. A GM Mercosul se apressou em dizer que o produto não vem para cá, não só devido ao nome, mesmo do SUV derivado da S10 e feito em São José dos Campos-SP. Este novo utilitário esportivo faria sentido como um anti-Compass com a mesma base VSS do Tracker e ficaria entre este último e o Equinox.

[Fonte: Autoblog]

 

 

Argentina: candidato fala de projeto “Alto Valor Agregado” da GM
Nota média 5 de 2 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • th!nk.t4nk

    Um projeto entitulado Alto Valor Agregado (A.V.Á.) inspira preços altos, isso sim. A GM deveria simplesmente fabricar no local um dos vários produtos que já tem no exterior, ao invés de insistir em criar gambiarras locais e ainda vir com conversa fiada pra tentar se justificar.

    • cobaiao

      hahahahahahahaha exato, quando vem com esse papo de “projeto de alto valor agregado” ou “projeto para mercados emergentes” já dá para entender que “queríamos trazer o carro global, mas preferimos depenar e cobrar caro”

    • Hodney Fortuna

      Para mim, quando ele falou em “alto valor agregado” quis dizer que vai também cobrar impostos bem mais altos. Sinceramente: se houver alguém inteligente na GM deveria estar pensando em retirar sua unidade desse país que logo estará igual a venezuela. A argentina já selou seu fim. E creio que, assim como a Honda que encerrou a produção do HRV por lá, as montadoras façam o mesmo, mas isso depende dos CEOs serem ou não inteligentes. A Argentina agora é uma barca furada que vai afundar muito mais rápido que o Titanic.

  • Rapaz, essas projeções que vocês usam são uma loucura mesmo. Acho engraçado meter a frente de um Tracker numa Toro. hahahaha

    • Ric53

      kakakakak.

      “Já é quase 10hs e ainda não postamos nada! Já sei!”

    • V12 for life

      Pior que todos os sites estão fazendo isso, usam a Toro como projeção de qualquer concorrente, é preguiça de ficar mais tempo no computador.

      • cobaiao

        hahahaha é verdade, pior foi um Toro com frente do Focus quando anunciaram que Ford iria ter uma picape abaixo da Ranger

    • Robinho

      quem sabe fazendo isto para todas as montadoras, uma hora eles acertam…kkkk

    • El Gato!

      Ficou tão ruim que alteraram a imagem.

  • Yuri Lima

    Seria legal outro nome, Montana já se perdeu no caminho, era derivada do Corsa, retrocedeu e virou um armengo do Agile.
    El camino / S500 / s-05 seriam legais

    • João Silva

      Mas a do Agile não era outro nome?? Monstrana

  • Eduardo T. Küll

    A questão básica é que é UM CANDIDATO A PRESIDÊNCIA de um país em crise financeira, com quedas de MAIS DE CINQUENTA POR CENTO nas vendas de carros, então, para começo de conversa, o cara ter essa informação e o atual ocupante da Casa Rosada não ter, é suspeito, pois inclusive indicaria uma preferência da montadora por um candidato e não por outro, é partidarização, algo que as empresas não fazem assim, tão às claras. Depois, tudo o que foi divulgado é dado que o Tracker vai ser feito AQUI, então, sem algo vindo da montadora, fica estranho…

    • cobaiao

      Acho que não, o anúncio já tinha sido feito em 2017 pela própria montadora. Agora com a provável mudança de cenário, a montadora foi pressionar o futuro governante a reafirmar o acordo estabelecido e acalmar os investidores. Na matéria da motor1, está melhor explicado.

    • Will

      E sabendo das tendências populistas do tal candidato, provavelmente acordou algum benefício bem gordo pra GM nas custas do povo argentino.

      • Janduir

        Macri errou em não aplicar as medidas mais duras (e parece que não tinha maioria no congresso) e a zica é que não tinhas reservas. Dólar passou de 8 pra 15 logo no 1 ano e depois chegou a 40. Pobres hermanos, infelizmente não tiveram um Plano Real por lá. E parece que quando a situação ganha, a oposição vai contra tudo e vice versa. Ai não tem governo que dê jeito…

  • Fanjos

    ” projeto A.V.A. (Alto Valor Agregado)”
    Traduzindo: Vender lixo a preço de ouro!

  • Vinícius Sza

    Então o que vai ser fabricado no México ? O Trailblazer chinês com outro nome ?

  • kirig

    Tinha um candidato a prefeito aqui na minha cidade próxima a SP que iria trazer uma fábrica com 10 mil empregos. Ganhou, fez o sucessor, e no local tem capim crescendo que esconde uma girafa

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    OFF: já saíram os preços do novo Corolla. Entre 100 e 140 mil. O de 100 mil vem com aquele rádio do GLi e flutuante, uma gambiarra..

    • El Gato!

      Onde saiu?

  • Murilo Soares de O. Filho

    Mas se entrar esse Alberto Fernandez, não vai sobrar nada da Argentina.

  • delvane sousa

    O cara nem foi eleito e já esta negociando $ com as montadara$$$

  • Jean Lehn

    Não vai ter fabricação de nada, daqui a pouco ate luz vai faltar lá na Argentina, eles estão entrando em Colapso quase igual a Venezuela, e apos o final das eleiçoes se a esquerda voltar, coitado de quem investiu la!

  • Uma coisa que sempre ouvi e com o tempo fui aprendendo com a vivência é: “Nunca acredite em comunistas.”

    • zekinha71

      Eu aprendi é que nunca acredite em políticos.

  • wesley souza

    Essas empresas arriscam demais na Argentina, veja a Fiat com fiasco do Cronos, tenho absoluta certeza de que se fosse fabricado aqui que venderia muito mais, é uma mentalidade que não dá pra entender, basta ver o sucesso da Jeep, Hyundai, Honda, Toyota, poxa o dólar lá está um absurdo, e aí vai de peso para dólar pra depois em real.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email