Argo 2018: consumo, detalhes, preços, versões, motores e equipamentos

Lançado em maio do ano anterior, o Argo 2018 foi a novidade mais importante da Fiat desde o Palio, já que ele surge como seu sucessor, assim como também do Fiat Punto.

O modelo chegou com a proposta mista de unificar os dois segmentos da Fiat, reduzindo assim o portfólio da marca e tornando a oferta mais interessante com uma gama de versões adequada ao momento.


Utilizando ainda a plataforma anterior do Punto, mas extensamente modificada e reforçada, o Argo 2018 nasceu para ser uma proposta atraente em estilo, acabamento, conectividade, economia e desempenho.

Desenvolvido totalmente no Brasil, o Argo é um carro exclusivo da região do Mercosul, sendo um projeto maduro com nível de proteção, embora tenha recebido três estrelas no Latin NCAP.

Tendo originado também o Fiat Cronos, o compacto chegou com uma oferta interessante de versões, indo desde a opção de acesso sem denominação, criada posteriormente ao lançamento, até uma proposta mais ousada em visual, com a HGT.

Contudo, o Argo não surgiu com uma proposta mecânica realmente condizente. A Fiat apostou na simplificação do motor Firefly, tanto 1.0 quanto 1.3, deixando ainda o fraco E.torQ 1.8 presente no topo.

Também deslizou em manter o câmbio automatizado, agora chamado GSR-Comfort, apesar de ter adicionado a transmissão automática Aisin de seis marchas no 1.8.

Bem equilibrado na versão Drive e completo na Precision, o Argo patinou no HGT, que apesar do visual e motor 1.8, não tem desempenho de esportivo, mesmo no manual.

Soluções como controles de tração e estabilidade, bem como Start&Stop, assistente de partida em rampa e direção elétrica, foram integrados ao projeto, assim como ar condicionado automático e multimídia com Android Auto e CarPlay.

Índice

Detalhes

O Argo 2018 chegou com um visual bem jovial e emotivo, bem ao gosto italiano, que se adéqua bem ao perfil cultural do brasileiro. Buscando mais expressão, o hatch chegou em um tamanho bom, medindo 3,998 m de comprimento.

Ele também tem 1,724 m de largura, 1,503 m de altura e 2,521 m de entre eixos, sendo ainda menor que o Punto, porém, maior que o Palio. Nesse porte, ele esconde um porta-malas de 300 litros e um tanque de combustível com outros 48.

Com seus faróis de olhar aguçado, o hatch traz assinatura em LED e dupla parábola, dependendo da versão. A grade superior tem elementos que imitam escamas, com o logotipo vermelho da Fiat.

Na grade inferior, a grelha tem desenho de colmeia, sendo ladeada por faróis de neblina circulares e pequenas molduras laterais, que imitam entradas de ar. Na versão HGT, o acabamento da grade inferior é vermelho.

Tendo uma carroceria bem equilibrada em suas linhas, o compacto vem com vincos marcando as saias de rodas e laterais da carroceria. Na HGT, estas saias e a base das portas possuem acabamento preto, assim como spoilers dianteiros.

Maçanetas e retrovisores são na cor do carro, sendo que este último pode ter repetidores de direção, além de rebatimento e cores em cinza ou preto.

O teto tem um rebaixamento em relevo e pode ser preto na versão HGT. Na traseira, ele traz um grande defletor de ar sobre a tampa, cuja vigia vem com lavador e limpador, além de desembaçador.

As lanternas em formato de camarão são bem atraentes visualmente e são cortadas pela tampa do bagageiro. Ao centro, o nome Fiat fica destacado, assim como Argo e a motorização, já que a versão tem badge nos para-lamas dianteiros.

O para-choque chama atenção pelos refletores em forma de bumerangue. Na versão HGT, o protetor possui difusor de ar e escape cromado retangular, dando um ar mais esportivo ao compacto.

Por dentro, o hatch chama atenção pela mescla de tonalidades e texturas. Nas versões mais baratas, no caso da Drive, o acabamento tem a cor cinza brilhante em destaque no painel do Argo 2018.

Na Precision, a tonalidade é a mesma, enquanto na HGT, o painel tem a parte central em vermelho. O conjunto frontal destaca um cluster analógico com displays de 3,5 ou 7 polegadas, dependendo da versão.

Também deixa em evidência a tela elevada da multimídia do modelo 2018, que também tem tela de 7 polegadas e botões físicos nas laterais, assim como acabamento preto.

Os difusores de ar laterais são retangulares e podem ser cromados, enquanto os centrais são circulares e em trio. Teclas para funções abaixo, ar condicionado manual ou automático, bem como slot para USB estão presentes.

O volante é grande e tem múltiplos comandos, incluindo de controle de cruzeiro quando houver, além de ajustes ocultos de mídia e volume, além de paddle shifts nas versões com Drive GSR, Precision e HGT. Tem couro nas duas últimas.

No HGT, os pedais também são esportivos, assim como soleiras personalizadas. O porta-luvas é mediano e vem com iluminação. Já o console da transmissão tem três formatos.

Um dos desenhos é para alavanca de câmbio manual, que pode ser ou não em couro. A segunda é para a automatizada GSR-Comfort, que tem botões para marchas e USB reposicionado, assim como o porta-copos.

Por fim, o automático tem um desenho próximo da Fiat Toro, por exemplo. Já as portas possuem puxadores em forma de arco e maçanetas expostas na parte superior, tendo acabamento diferenciado nas versões mais caras.

As portas do Argo 2018 podem ter ou não revestimento em tecido ou couro, além de comandos dos vidros elétricos e dos retrovisores, inclusive com o rebatimento automático dos espelhos do Argo 2018.

Os bancos são confortáveis, tendo basicamente três padronagens diferentes, sendo que na HGT, é ainda mais personalizado, além de opção de revestimento em couro. Dependendo da versão, há apoio de braço dianteiro.

Na traseira, o banco pode ser inteiriço ou bipartido, tendo cintos de 3 pontos e apoio de cabeça para todos. Há também saída USB, mas sem apoio de braço central. No teto, luzes de leitura são opcionais, assim como espelhos iluminados.

O retrovisor interno eletrocrômico é outra opção, de acordo com a versão. Sensor de faróis e de chuva também são pagos à parte. Bem ajustado ao brasileiro, o hatch tem ajustes de altura e/ou profundidade na direção.

O banco do motorista e os cintos dianteiros também possuem ajuste de altura. Já o porta-malas tem tampa com destravamento elétrico e estepe temporário, além de iluminação.

A multimídia Uconnect vem com Android Auto e CarPlay, podendo ter ainda câmera de ré. Ela dispõe ainda de Bluetooth. Havia um rádio simples como opção de acesso. Alças no teto também estão presentes, tal como alarme.

Versões

Argo 2018: consumo, detalhes, preços, versões, motores e equipamentos

  • Fiat Argo 1.0 MT
  • Fiat Argo Drive 1.0 MT
  • Fiat Argo Drive 1.3 MT
  • Fiat Argo Drive GSR 1.3 AMT
  • Fiat Argo Precision 1.8 MT
  • Fiat Argo Precision 1.8 AT
  • Fiat Argo HGT 1.8 MT
  • Fiat Argo HGT 1.8 AT

Equipamentos

O Argo 2018 teve quatro versões, incluindo opções de transmissão manual, automatizada e automática. Estas versões e seus equipamentos de série e opcionais, seguem abaixo:

Fiat Argo 1.0 MT – Motor Firefly 1.0 com câmbio manual de cinco marchas, mais ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, trava central elétrica, direção elétrica, volante com regulagem de altura, sistema Start & Stop, computador de bordo, ESS (sinalização de frenagem de emergência), lavador e limpador do vidro traseiro, ISOFIX, desembaçador traseiro, cintos de segurança retráteis de três pontos para todos os ocupantes, apoios de cabeça para todos os ocupantes e rodas de aço aro 14 polegadas com pneus 175/70 R14.

Opcionais:

Kit Convenience, que inclui retrovisores externos com ajustes elétricos e função tilt down, luzes indicadoras de direção nos retrovisores, rádio Connect com USB e vidros elétricos traseiros one touch com anti-esmagamento.

Kit Rádio Connect, adiciona Bluetooth, streaming e volante com comandos de rádio.

Fiat Argo Drive 1.0 MT – Alguns itens acima, mais banco do motorista com ajuste de altura, travas elétricas e vidros dianteiros com acionamento elétrico.

Opcionais: 

Kit Multimídia com entretenimento Uconnect e tela de 7 polegadas com Google Android Auto e Apple Car Play, Bluetooth, USB e comandos de mídia e telefonia no volante.

Kit Convenience, que inclui retrovisores externos com ajustes elétricos e função tilt down, luzes indicadoras de direção nos retrovisores e vidros elétricos traseiros one touch com anti-esmagamento.

Kit Rádio Connect, adiciona Bluetooth, streaming e volante com comandos de rádio.

Fiat Argo Drive 1.3 MT – Motor Firefly 1.3 com transmissão manual de cinco marchas, mais itens do Drive 1.0 e Kit Multimídia, além de monitoramento de pressão dos pneus.

Opcionais: 

Kit Convenience, que inclui vidros elétricos traseiros one touch com anti-esmagamento.

Kit Stile, que trazia rodas de liga leve aro 15 polegadas com pneus 185/60 R15 e faróis de neblina.

Kit Parking, incluindo sensor de estacionamento traseiro e câmera de ré.

Fiat Argo 2018 Drive GSR 1.3 AMT – Itens do Drive 1.3, mais transmissão automatizada GSR-Comfort com botões e modo Sport, volante multifuncional com paddle shifts, apoio de braço dianteiro e central, controle de cruzeiro, retrovisores elétricos com função tilt down, vidros elétricos traseiros com one touch e anti-esmagamento, controle de tração, controle de estabilidade e assistente de partida em rampa.

Opcionais: 

Kit Stile, que trazia rodas de liga leve aro 15 polegadas com pneus 185/60 R15 e faróis de neblina.

Kit Parking, incluindo sensor de estacionamento traseiro e câmera de ré.

Fiat Argo Precision 1.8 MT – Motor E.torQ 1.8 com transmissão manual de cinco marchas, mais itens do Drive 1.3 GSR e faróis com assinatura em LED, rodas de liga leve aro 15 polegadas, banco traseiro bipartido, alarme e faróis de neblina.

Opcionais:

Kit Stile, incluindo rodas de liga leve aro 16 polegadas com pneus 195/55 R16 e bancos em couro.

Kit Tech do Argo 2018 com ar condicionado automático e entrada e partida sem chave (por botão).

Airbags laterais.

Fiat Argo Precision 1.8 AT – Itens do Precision 1.8, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças na alavanca, volante com paddle shifts, apoio de braço dianteiro e central, controle de cruzeiro, luz ambiente e volante em couro.

Kit Stile, incluindo rodas de liga leve aro 16 polegadas com pneus 195/55 R16 e bancos em couro.

Kit Tech com ar condicionado automático e entrada e partida sem chave (por botão).

Airbags laterais.

Fiat Argo HGT 1.8 MT – Itens do Precision 1.8, mais rodas de liga leve aro 16, grade estilizada, faróis com máscara negra, lanternas escurecidas, saias de rodas e laterais revestidas em preto, spoiler laterais dianteiros e difusor de ar traseiro, escape retangular cromado, suspensão mais firme, grade inferior com friso vermelho, controle de estabilidade esportivo, painel em cor vermelha e tela TFT de 7 polegadas no painel.

Opcionais:

Kit Stile, incluindo rodas de liga leve aro 17 polegadas com pneus 205/50 R17 e bancos em couro no Argo 2018.

Kit Tech com ar condicionado automático e entrada e partida sem chave (por botão).

Fiat Argo HGT 1.8 AT – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças na alavanca, volante com paddle shifts, controle de cruzeiro e apoio de braço central dianteiro.

Opcionais:

Kit Stile, incluindo rodas de liga leve aro 17 polegadas com pneus 205/50 R17 e bancos em couro.

Kit Tech com ar condicionado automático e entrada e partida sem chave (por botão).

Preços

Argo 2018: consumo, detalhes, preços, versões, motores e equipamentos

  • Fiat Argo 1.0 MT – R$ 44.990
  • Fiat Argo Drive 1.0 MT – R$ 47.790
  • Fiat Argo Drive 1.3 MT – R$ 54.990
  • Fiat Argo Drive GSR 1.3 AMT – R$ 59.990
  • Fiat Argo Precision 1.8 MT – R$ 62.290
  • Fiat Argo Precision 1.8 AT – R$ 68.290
  • Fiat Argo HGT 1.8 MT – R$ 65.290
  • Fiat Argo HGT 1.8 AT – R$ 71.390

Argo 2018 – motor

O Argo 2018 é equipado com duas linhas de motores, sendo uma composta pelo Firefly e outra pelo E.torQ. O primeiro é um desenvolvimento da Fiat da família GSE (Global Small Engine), que consiste em dois motores por aqui.

O Firefly 1.0 tem três cilindros e um cabeçote de duas válvulas por cilindro, tendo assim apenas seis válvulas. Acionado por corrente, o comando é único.

Este pequeno motor do Argo tem 999 cm3 e entrega 72 cavalos com gasolina e 77 cavalos com etanol, ambos obtidos a 6.250 rpm. O torque é de 10,4 kgfm no primeiro e 10,9 kgfm no segundo combustível, alcançados em 3.250 rpm.

O Argo 1.0 tem apenas transmissão manual de cinco marchas, mas dispõe de sistema Start&Stop. Logo acima dele, aparece o quatro cilindros 1.3 da família Firefly, tendo 1.332 cm3 e usando os mesmos pistões, mas com acréscimo de um.

Assim como o 1.0, é equipado com injeção eletrônica multiponto sequencial com sistema de pré-aquecimento do combustível para partida a frio.

Dessa forma, o Argo 2018 com motor Firefly 1.3 alcança 101 cavalos na gasolina e 109 cavalos no etanol, ambos a 6.250 rpm. O torque é de 13,7 kgfm no derivado de petróleo e 14,2 kgfm no combustível vegetal, atingíveis a 3.500 rpm.

O Firefly 1.3 é equipado tanto com transmissão manual quanto com sistema automatizado GSR-Comfort, acionado por botões e com modos de mudança manual ou Sport.

Neste último, a programação do motor é alterada, assim como do câmbio, permitindo um ganho de desempenho acima do normalmente ajustado para um conjunto desse porte.

Por fim, o maior motor é o E.torQ Evo 1.8, que é um desenvolvimento original da Tritec, uma empresa criada pela BMW e Chrysler para fazer motores no Paraná.

Eles eram destinados à exportação para os modelos PT Cruiser e Neon (Chrysler) e Cooper (MINI, do grupo BMW).

O E.torQ surgiu quando a Fiat (FPT) comprou a Tritec, modificando e aumentando o antigo 1.6. Sua arquitetura tem comando único no cabeçote, mas 16 válvulas e acionamento por corrente, no Argo 2018.

Foi modernizado para o padrão Evo e possui injeção multiponto flex. Assim, ele possui 1.747 cm3 e entrega 135 cavalos na gasolina ou 139 cavalos com álcool, atingidos aos 5.750 rpm.

O torque é de 18,8 kgfm na gasolina e 19,3 kgfm no etanol, ambos a 3.750 rpm. Com o E.torQ, o Argo 2018 tem câmbio manual de cinco marchas ou automático Aisin com seis marchas e conversor de torque, mas sem opção esportiva.

Ainda assim, ele traz mudanças manuais na alavanca ou volante (paddle shifts).

Desempenho

Argo 2018: consumo, detalhes, preços, versões, motores e equipamentos

Fiat Argo 2018 com aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade final:

  • Fiat Argo 1.0 MT – 13,4 segundos com 162 km/h
  • Fiat Argo 1.3 MT – 10,8 segundos com 184 km/h
  • Fiat Argo 1.3 AMT – 10,8 segundos com 184 km/h
  • Fiat Argo 1.8 MT – 9,2 segundos com 192 km/h
  • Fiat Argo 1.8 AT – 10,4 segundos com 191 km/h

Consumo

Argo 2018 tem consumo em cidade/estrada com etanol e gasolina:

  • Fiat Argo 1.0 MT – 9,9/10,7 km/l e 14,2/15,7 km/l
  • Fiat Argo 1.3 MT – 9,2/10,2 km/l e 12,9/14,3 km/l
  • Fiat Argo 1.3 AMT – 8,9/10,0 km/l e 12,7/14,4 km/l
  • Fiat Argo 1.8 MT – 8,1/9,9 km/l e 11,6/13,8 km/l
  • Fiat Argo 1.8 AT – 7,1/10,1 km/l e 9,5/13,2 km/l

Argo 2018 – manutenção e revisões

Argo 2018: consumo, detalhes, preços, versões, motores e equipamentos

Os preços das revisões são atualizados para abril de 2020:

Revisão 10.000 km 20.000 km 30.000 km 40.000 km 50.000 km 60.000 km Total
1.0 R$ 252,00 R$ 508,00 R$ 432,00 R$ 1.084,00 R$ 452,00 R$ 664,00 R$ 3.392,00
1.3 R$ 300,00 R$ 556,00 R$ 480,00 R$ 1.224,00 R$ 500,00 R$ 692,00 R$ 3.752,00
1.8 R$ 368,00 R$ 628,00 R$ 552,00 R$ 832,00 R$ 568,00 R$ 1.296,00 R$ 4.244,00

Argo 2018 – ficha técnica

Motor 1.0 Firefly 1.3 Firefly 1.8 E.torQ
Tipo
Número de cilindros 3 em linha 4 em linha 4 em linha
Cilindrada em cm3 999 1332 1747
Válvulas 6 8 16
Taxa de compressão ND ND ND
Injeção eletrônica Indireta Flex Indireta Flex Indireta Flex
Potência máxima 72/77 cv a 6.250 rpm (gasolina/etanol) 101/109 cv a 6.250 rpm (gasolina/etanol) 135/139 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo 10,4/10,9 kgfm a 3.250 rpm (gasolina/etanol) 13,7/14,2 kgfm a 3.500 rpm (gasolina/etanol) 18,8/19,3 kgfm a 3.750 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas Manual de 5 marchas/automatizada de 5 marchas Manual de 5 marchas/automática de 6 marchas
Tração
Tipo Dianteira Dianteira Dianteira
Direção
Tipo Elétrica Elétrica Elétrica
Freios
Tipo Discos dianteiros e tambores traseiros Discos dianteiros e tambores traseiros Discos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson McPherson McPherson
Traseira Eixo de torção Eixo de torção Eixo de torção
Rodas e Pneus
Rodas Aço, aro 14 polegadas Aço ou Liga leve, aro 14/15 polegadas Liga leve, aro 16/17 polegadas
Pneus 175/65 R14 175/65 R14 ou 185/60 R 15 195/55 R 16 ou 205/50 R17
Dimensões
Comprimento (mm) 3.998 3.998 3.998
Largura (mm) 1.724 1.724 1.724
Altura (mm) 1.503 1.503 1.503
Entre eixos (mm) 2.521 2.521 2.521
Capacidades
Porta-malas (L) 300 300 300
Tanque de combustível (L) 48 48 48
Carga (Kg) ND ND ND
Peso em ordem de marcha (Kg) 1.105 1.140 (MT), 1148 (AMT) 1.229 (MT), 1264 (AT)
Coeficiente aerodinâmico (cx) ND ND ND

Argo 2018 – fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.