Fiat Hatches Sedãs Segurança Toyota Vídeos

Argo e Cronos apenas com 3 estrelas no Latin NCAP – Etios ganha 4

Argo e Cronos apenas com 3 estrelas no Latin NCAP - Etios ganha 4

O Latin NCAP mais uma vez testa carros populares vendidos no Brasil para medir a segurança oferecida aos consumidores locais, assim como de outras regiões da América Latina. Os modelos Argo e Cronos da Fiat, assim como o Etios da Toyota, foram avaliados por pedido dos consumidores, de acordo com a entidade independente, sediada em Montevidéu, Uruguai.


Argo e Cronos receberam apenas três estrelas nos testes de segurança do Latin NCAP, sendo que até elogiados quanto ao desenvolvimento da plataforma dessa dupla de compactos, fabricados respectivamente em Betim e Córdoba, na Argentina. No entanto, a entidade se diz preocupada como um fabricante de automóveis ainda não disponibiliza o controle de estabilidade como item de série.

Na análise da avaliação, o Latin NCAP apontou o seguinte: “proteção fraca no peito do adulto no impacto lateral e estrutura instável no limite da estabilidade.” Também foi apontada ausência de lembrete para uso de cinto de segurança para o passageiro dianteiro, assim como criticada a ausência de proteção lateral contra impactos por meio de airbags. A proteção de criança com cadeira virada para trás, foi elogiada.

Argo e Cronos apenas com 3 estrelas no Latin NCAP - Etios ganha 4


No Etios, o Latin NCAP elogiou o controle de estabilidade de série. Apontou ainda o lembrete para uso de cinto nos bancos dianteiros e elogiou a decisão da Toyota de recomendar o uso de cadeira infantil para até três anos de idade, voltada somente para trás.

Entretanto, o compacto feito em Sorocaba, São Paulo, teve duas observações ruins: “estrutura do veículo e a área dos pés instáveis.” Ainda assim, Etios e Etios Sedan mostraram boa proteção contra impactos laterais, embora não tenham airbags laterais.

As melhorias de segurança desses dois modelos populares são bem recebidas e mostram, mais uma vez, o potencial dos programas independentes de informação ao consumidor. Os fabricantes estão reagindo aos testes do Latin NCAP, proporcionando segurança para além dos requisitos regulamentares. Foi comprovado, mais uma vez, que os SRIs voltados para trás,para crianças de três anos, têm benefícios muito importantes”, disse Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP.

Fiat Argo e Cronos

Toyota Etios e Etios Sedan

Argo e Cronos apenas com 3 estrelas no Latin NCAP – Etios ganha 4
Nota média 3.5 de 4 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • EGITO

    Mais uma vez o dito como “feio” fez bonito e o dito como “bonito” fez feio

    • Vitor

      É… quem vê cara não vê crash test.

      • Murilo Soares de O. Filho

        Mais ou menos né, ninguém compra Etios pelas 4 estrelas e sim por ser Toyota, mesmo assim fica difícil engolir algo tão feio, da mesma maneira que um carro bonito chama atenção, o feio também se destaca.

        • Gran RS 78

          Na verdade hj em dia ninguém mais compra essa coisa horrível chamada Etios.

          • Verdades sobre o mercado

            Tem quem compre sim. PEssoas que querem um automóvel econômico, baixo custo de manutenção, boa revenda, gostoso de dirigir e que NÃO deêm a menor importância para estética (tanto interna quanto externa).

            • Murilo Soares de O. Filho

              Somente um meio de transporte.

              • Ernesto

                Que seja, mas pelo jeito, é mais seguro que o seu querido FIET Argo.

                • Murilo Soares de O. Filho

                  Quando os testes forem com os carros equipados exatamente com os mesmo equipamentos, aí seria justo comparar, mas não é a questão, o Etios mesmo sendo 4 estrelas é um engodo de carro, um carroceria justa com acabamento e visual ridículos, como eu disse antes, nem mesmo sendo Toyota.

                  • Verdades sobre o mercado

                    O Etios não é um engodo, ele é um carro feio por dentro e por fora só isso. No restante ele é bem honesto, pois faz praticamente a mesma função de um Argo 1.3 com a vantagem de ter um câmbio AT decente, ter ESP de série em todas as versões e pontuação de segurança pós-impacto ligeiramente superior ao Argo. Em tempo: eu não deixaria de comprar o ARgo em detrimento ao Etios, apenas manifestei que o Etios não é um engodo.

                    • Gran RS 78

                      Cambio automático descente o Etios? Com aquele com somente 4 marchas? Onde que esse cambio é descente, pois todos os concorrentes dele oferecem cambio com seis marchas.

            • Gran RS 78

              Pelo que estamos vendo no ranking de vendas, isso que vc falou não procede.

        • Leonardo Carneiro

          Eu comprei um Etios X 1.3 MT reestilizado 0km e posso garantir que é um bom carro, apesar de feiinho. Como atributo posso afirmar que é espaçoso, possui uma boa ergonomia, motor responde bem e sua suspensão é resistente as ruas lunares brasileiras. Em contrapartida, ele me desagrada no painel (você acostuma com o tempo e até acha agradável), excelente LCD (hodômetro), falta de isolamento acústico principalmente no teto(experimente conversar com alguém ao telefone em uma chuva torrencial), pintura descasca com facilidade em pequenas batidas, painel com plásticos de pote de margarina e não poderia deixar faltar o design estranho, que você acostuma com o passar do tempo. Resumindo: É um excelente carro para quem tem pouca grana e precisa acertar a compra.

    • Emanuel Schott

      Com ESP, Argo tem a mesma pontuação do Etios.

      • Jorge

        Mas cadê o esp que a Fiat não colocou de série no argo?

        • Ela pode colocar ESP, so não colocou para ter preço, focando no custo beneficio. O povo quer mais não quer pagar. O Polo tem tudo, mas cobra por isso.

    • SDS SP

      É, mas se engana quem só analisa o resultado pela as estrelas. Apesar das 4 estrelas, o Etios ainda tem uma estrutura instável.
      De qualquer forma, a nota do Argo foi decepcionante.

  • El Gato!

    Ué… não era o “indiano de baixo custo” que era inseguro? Tem argo errado nessa história aí…

    • Emanuel Schott

      Pela nota de ambos, Argo é tão seguro quanto quando é equipado com ESC.

      • Verdades sobre o mercado

        As notas de estrutura realmente são bem próximas, mas creio que o espanto de todos foi o Etios ter uma estrutura equivalente à do ARgo, ou seja, uma surpresa. Minha expectativa é de que as notas do Etios seriam equivalentes ou inferiores às de Onix e Ka, justamente por ser um projeto para países emergentes. Quanto ao ARgo, creio que ficou dentro do esperado, ou seja, um pouco melhor que Onix e Ka.

    • Airplane

      Etios 4 X 3 Argo ! Kkkkk …

  • Emanuel Schott

    Por que Argo e Cronos foram testados sem ESP, sendo que ambos possuem como opcional nas versões de maior volume (Drive 1.0 e Drive 1.3 respectivamente) e Polo e Virtus foram testados com o sistema, sendo que na época as versões MSI (as mais vendidas) também não possuíam tal equipamento de série (agora tem)?

    Dúvida real mesmo, sem fanboizice por favor.

    • Geraldo Xavier

      O teste foi um pedido dos clientes e não patrocinado pelo fabricante como no caso da vw.

      • Emanuel Schott

        E o que isso tem a ver? Os testes não foram padronizados, logo não dá pra comparar.

        • Matafuego

          Ambos testes seguiram o mesmo protocolo. No relatório do teste do Argo, o instituto fala que a estrutura do carro é instável. No caso do Polo, dizem que a estrutura é estável. ESP e AB não vão deixar a estrutura do Argo mais estável.

          • Gran RS 78

            Mas se tivesse sido testado com o esp, pode ter certeza que o Argo teria alcançado as 4 estrelas como no caso do Etios.

            • Verdades sobre o mercado

              Não é uma questão de ser testado com ESP ou não, é de ofertar de série na versão mais vendida, o que não é o caso do Argo. Se o Argo tivesse ESP em todas as versões ele provavelmente teria 4 estrelas visto que sua pontuação de impacto aos ocupantes foi quase igual à do Etios e Yaris (Ambos com 4 estrelas)

              • Gran RS 78

                Mas a versão mais vendida é justamente a com o esp, e não a mais básica, portanto, o instituto de testes de impacto, teria que ter pego a versão mais vendida, e não a mais barata que quase não vende nada.

                • Verdades sobre o mercado

                  A versão mais vendida não tem ESP de série.

                  • Gran RS 78

                    Errado, a versão mais vendida tem sim o esp. A mais básica é que não tem, e essa versão é só para chamar os clientes para as concessionárias, justamente pelo atrativo do preço.

        • Geraldo Xavier

          O que tem a ver?
          Tem a ver que se o teste fosse com a versão msi sem o controle de tração o polo não teria 5 estrelas. Simples

          • Pedrov154 #BATDAT

            Todas as versões do Polo possuem ESP de série.

            • Geraldo Xavier

              Tem certeza da besteira que vc está escrevendo?

              • Pedrov154 #BATDAT

                Ué, quem tá escrevendo besteira é você. Pesquisa. Todas as versões do Polo possuem 4 air-bags e ESP de série. Cada uma que aparece…

                • Geraldo Xavier

                  vem de série no pacote safety que é opcional?
                  sei…

                  • Pedrov154 #BATDAT

                    É só pesquisar, meu caro. Veja a matéria de lançamento do Polo 2020.

            • Gran RS 78

              Isso só ocorreu à partir desse ano, pois no ano que o Polo foi lançado e testado, a 1.6 não tinha esp de série.

      • Rodolfo Deo

        Dizer que o teste foi patrocinado não melhora a nota do Argo.

        • Fernando Gabriel

          Se A Fiat tivesse patrocinado, talvez a nota fosse diferente, explico: Ela enviaria o Argo mais completo e poderia passar das 3 estrelas, já que apesar de o máximo ser 5, veículos sem controle de estabilidade, não passam de 3.

          • Verdades sobre o mercado

            Ela poderia mandar o Argo Top de equipamentos que não iria ganhar as 5 estrelas:
            1) as notas de impacto não foram altas o suficiente
            2) mesmo que fossem altas, a versão mais vendida do Argo não oferece ESP de série.

          • Emanuel Schott

            Não é a fabricante que escolhe o carro.

        • Geraldo Xavier

          Mas piora a do polo. Até aonde sei o controle de tração que não é de série no polo também faria o mesmo tirar no máximo 4 estrelas.

          • Ernesto

            Copiando o comentário de um colega: nas normas do LatinNCap, ao lançarem um carro como o polo onde o ESC só vinha de série na versão top, a fabricante assina um termo de compromisso de colocar ESC em todas as versões dentro de 2 anos após o lançamento. O polo 2020 vem com ESC de série em todas as versões não é a toa não, foi justamente esse termo que ela assinou para poder atingir as 5 estrelas.

            • Geraldo Xavier

              Vem de série no pacote safety que é opcional?
              sei…

    • SDS SP

      O teste do Polo / Virtus foi patrocinado pela VW aí ela mandou um veículo com os opcionais.

      De qualquer forma, a estrutura do Argo / Cronos foi considerada com instável, o que achei frustrante, pois estamos falando de um carro de projeto moderno e que pode passar da barreira dos 80k.

      • Emanuel Schott

        Teste patrocinado não é feito entregando os carros pra teste. A montadora só paga, mas o instituto compra anonimamente um carro aleatório nas concessionárias. Pelo menos é o que dizem que fazem.

        Outra coisa que citaram nos comentários de outra matéria: os testes de colisão frontal são feitos jogando o carro em um muro, então o peso do veículo influência no resultado. Sedãs vão pior nesse teste, devido ao peso maior. Já nos testes de colisão lateral, são os hatches que são mais fracos devido a forma da estrutura lateral, mas olha que interessante, pra não dizer suspeito:

        Nos Fiat, colocaram o hatch no impacto lateral e o sedã no frontal. Nos VW foi o contrário, Polo no lateral e Virtus no frontal.

        • Cesar

          Procure e verá que quando saiu o teste do Polo, este sequer tinha sido lançado. Portanto, não teria como o LatiNcap consegui-lo se não fosse pela VW.

          • Rodolfo Deo

            Nesse caso o instituto escolhe um carro aleatório no pátio da fábrica, além do mais, tem um vídeo clássico de um Polo que beijou um poste e o interior ficou intacto, o para-brisas não saiu do lugar e inclusive as portas abriam sem nenhuma dificuldade. Não adianta tentar diminuir o bom resultado pra disfarçar o mal resultado do outro.

            • Cesar

              Não estou fazendo isso.
              Simplesmente respondi ao colega acima que o carro não havia sido escolhido em concessionária.

            • Fernando Gabriel

              Nisso eu concordo, o Polo é muito bom em segurança, mas o pessoal ataca o mesmo, devido seu acabamento de gol quadrado, que acredito que a VW vai resolver no próximo face.

        • SDS SP

          No caso do Polo, o teste foi feito antes do lançamento (a exemplo do Up), então a VW forneceu o carro mais conveniente para a avaliação.
          Quanto aos comentários questionando o protocolo, ainda prefiro confiar no instituto. O que eu vi de comentário de fanboy da Fiat relativizando o resultado do teste, não está no gibi.
          O fato que o resultado foi medíocre e acaba colocando o modelo testado no mesmo pé de carros com projeto mais antigo. Decepcionante, esperava mais.

        • Eduardo

          Vc tá defendendo tanto o carro que acho que deve trabalhar na rede FIAT kkk.

        • Malvino Jose Moreira Junior

          cai por terra quando os UP tira 5 estrelas , no caso de colisão lateral!

          • Emanuel Schott

            Up tem 5 estrelas no teste antigo, no atual não tira a mesma quantidade.

            • Malvino Jose Moreira Junior

              Verdade 2013 e 2015 , agora tem que ter ESP , vc sabe se o UP tem?

        • Jorge

          Mas nós testes patrocinados a montadora pode escolher a versão do carro que será testada

          • Emanuel Schott

            Pode não.

            Tem dois casos:

            1) Quando o carro já está sendo vendido, o Latin Ncap escolhe uma concessionária aleatória, compra o carro e manda a conta pra montadora.

            2) Quando não está sendo vendido, vão até a linha de montagem e pegam um carro qualquer.

            Nos dois casos, são eles que escolhem qual a versão. Existem alguns critérios pra essa escolha. Já explicaram na minha pergunta por aí.

      • RodrigoABC

        Pelo contrário, pode ver nas normas do LatinNCap que, ao lançarem um carro como o polo onde o ESC só vinha de série na versão top, a fabriante assina um termo de compromisso de colocar ESC em todas as versões dentro de 2 anos após o lançamento. O polo 2020 vem com ESC de série em todas as versões não é a toa não, foi justamente esse termo que ela assinou para poder atingir as 5 estrelas.

        Vamos se informar melhor. O @disqus_tiudatPTQe:disqus falou com mais detalhes logo abaixo

        • SDS SP

          Entendi, grato pelo esclarecimento.
          No site “KBB” explica de maneira mais clara.

    • Wellington Myph13

      Tem no site da Latin Ncap a regra pra que ela considere o ESP no carro que não tenha.

      A montadora precisa disponibilizar ESP mesmo que opcional desde a versão de entrada e como de série na versão de maior venda.
      A montadora também se propõe a colocar de série em todas versões em até 2 anos após o lançamento (no caso em 2020 já vai ser obrigatório).
      A VW deu números que os Polo Comfortline e Highline passariam de 50% das vendas, o que de fato tornou real, então a Latin Ncap manteve a nota. Mas caso o 1.0 e 1.6 sem esp de série fossem os mais vendidos, ela ia revogar a nota.
      No caso do Argo, ela já tem os dados que os mais vendidos são 1.0 e 1.3, ambos sem ESP de série. Então não foi considerado no teste.

      Edit:
      Só pra completar, quando a montadora patrocina o teste, ela não dá um carro que ela escolhe para o teste. Como não estava ainda a venda, a Latin Ncap pede a versão de entrada para os testes de impacto, e uma versão com ESP para o teste do ESP. E Ela vai até a montadora e escolhe da linha fabricada que está registrada para ser revendida. Não é de um lote só pra testes.

      • El Gato!

        Post recheado de informação. Obrigado por compartilhar!

      • Emanuel Schott

        Entendi..

        Por isso então que a VW colocou de série em todas as versões. Perderia estrela caso não fizesse, já que MPI e MSI já são mais vendidas que as versões com TSI agora. Ponto pra ela, preferiu perder vendas, já que teve que aumentar os preços, mas manteve a segurança.

        • Wellington Myph13

          As versões TSI do Polo correspondem a + de 60% das vendas. A Comfortline ainda é a líder com 35%.

          • Emanuel Schott

            A Quatro Rodas (ou a AutoEsporte, sei lá) de vez em quando divulga as versões mais vendidas. Da ultima vez, usando números do ano passado, MSi e MPi já haviam passado as versões TSi.

            • Wellington Myph13

              Não encontrei dados atuais, mas é baseado na versão mais vendida, a Soma do MPI e MSI não influi se a Comfortline sozinha ainda é a mais vendida em % individual.
              Tipo: MPI 20%, MSI 35%, Comfortline 40% e Highline 5%.
              A versão mais vendida ainda é a com ESP de série. De qqer forma, eles foram obrigados a colocar pelo acordo de 2 anos, lançou o 2020, obrigatório ter ESP desde a versão de entrada.

    • André

      Pelas normas do LatinNcap, eles só pegam o versão com ESP se a maioria das versões do modelo tiver o ESP de serie. No caso do Polo/Virtus, Comfortline e Highline sempre tiveram ESP de serie e as MP! e MSI já tinham ESP no primeiro
      pacote opcional, ou seja, só os Polos/Virtus com calota que não tinham ESP de serie (hoje tem ESP em todas versões). Já no caso do Argo/Cronos, a maioria das versões não contem ESP de serie. Fato é, que se você procurar um Polo/Virtus no mercado de usados, é dificilíssimo achar um sem ESP, já Argo/Cronos, são a esmagadora maioria.
      Pra mim, carro compacto é Polo ou Etios, o resto não vale o que custa, eu acho. Pagar o mesmo valor num Argo ou Onix ou Ka ou HB20, C3 ou 208 ou Sandero não faz sentido, se o problema for preço, ai já prefiro ir de Kwid, pelo menos é no minimo tão seguro quanto ou mais e é bem mais barato.

      • Emanuel Schott

        Então no caso se a Fiat tivesse mantido as versões manuais com motor 1.8, teria sido testada com ESP? Já que nesse caso teria 2 versões sem (1.0 e Trekking), 2 como opcional (Drive 1.0 e 1.3) e 5 de série (GSR, Precision e HGT manual e automático)? Sem as versões manuais, acaba que fica com a maioria das versões como opcional ou insdiponivel.

    • Verdades sobre o mercado

      O critério do ESP serve apenas para poder atingir ou não as 5 estrelas. Temos que lembrar que ESP é um item de segurança ativa e está disponível(ainda que opcionalmente) para quase todos os hatches compactos analisados no critério atual, ou seja, é uma questão do consumidor escolher um veículo/versão que tenha o equipamento. Valoriza-se demais as estrelas e pouco se fala dos pontos obtidos à proteção aos passageiros que foram submetidos ao impacto(onde o ESP não tem qualquer influência), ou seja, qual o nível de segurança passiva (pós-impacto). É aí que deveria se concentrar a discussão(afinal o ESP não muda em nada o estrago feito se o acidente aconteceu, de forma que um veículo sem ESP pode oferecer menos estragos que um com ESP), onde o Argo(24,41 diant./ 37,47 tras.) é superior à Onix(20,24/32,59) e Ka(22,83/35,41), perde por pouco para Etios(25,42/40,00) e Yaris(26,99/38,05) e perde para Polo(32,13/43,00) com diferença significativa. É indiscutível, o Polo é o mais seguro entre os citados (atingiu 95,7% da pontuação máxima na proteção dianteira e 87,7% da pontuação máxima na proteção traseira) com diferença significativa e Argo está longe de ser ruim como alguns querem fazer crer, ele está em patamar mediano(71,8% da pontuação máxima na dianteira e 76,5% na pontuação máxima na traseira). Onix foi o pior com 59,5% da pontuação máxima na dianteira e 66,5% na proteção traseira.

      • Emanuel Schott

        Prefiro um carro com pontuação baixa na estrutura, mas com ESP que o contrário. Se for uma batida forte, não tem estrutura que aguente, não importa o quando estrela ela tem. Mas o ESP pode fazer com que ele não aconteça. Nesse sentido acho o EuroNcap bem mais realista. Se não tiver um mísero aviso de cinto ou mesmo algo complexo como frenagem automatica, o carro zera, não interessa o quão forte é a estrutura.

      • Cristiano França

        Excelente comentário!
        Todos deveriam ler o seu comentário para aprenderem a analisar corretamente os teste do NCAP e não olharem apenas para as estrelas

        • Verdades sobre o mercado

          Um pouco acima escrevi sobre uma sugestão de critérios de pontuação (Estrelas) do LatinCap, mais fácil e justo que o confuso sistema atual.

    • 4lex5andro

      Bom post, todos os carros testados o deveriam ser , em suas versões mais básicas, sempre.

    • Jorge

      O teste foi realizado com a versão de entrada. O padrão do latin ncap é usar a versão de entrada em testes não patrocinados

      Por isso que a Toyota colocou controle de estabilidade em todas as versões do Etios.

  • Rodolfo Deo

    É o ponto final pra quem acha que o Argo é melhor que o Polo por ter um painel mais bonito e disfarçar melhor o interior simples.

    • TchauQueridos

      Pra mim Argo é concorrente de Onix e KA.
      Essa da Fiat dizer que concorre com Polo eu não caio!
      A FIAT é cheia de lançar carros “populares” querer concorrer um nível acima.

      • Emanuel Schott

        Polo realmente foi melhor nos testes, mas o Argo foi bem melhor que Onix e Ka (não se iluda com estrelas, entra lá no Latin Ncap e compare a nota, não as estrelas).

      • A Fiat ja disse que os concorrentes do Argo são: Ka, Onix e HB20. Quem diz que é o Polo foi a mídia e dos haters. É so ver a live do lançamento do argo e entrevistas com pessoal da Fiat, até mesmo depois do lançamento do Polo.

    • Verdades sobre o mercado

      Sem considerar versões/motorizações: o ÚNICO ponto onde o Argo se destaca frente ao Polo é no acabamento interno que tem uma aparência bem superior ao Polo. Nos demais itens em sua maioria o Polo se equivale ou é superior ao ARgo.

      • th!nk.t4nk

        Sim, mas o acabamento interno e visual são os aspectos mais importantes pro consumidor brasileiro. É só ver os comentários aqui nas matérias mesmo: o povo só fala de bonito/feio, de formato do painel, de estilo do volante e roda, se tem material fofinho na porta, etc. A maioria não tá nem aí pra qualidade de projeto, só olha a “casca” mesmo.

    • Emanuel Schott

      1) Eu não vou sair batendo o carro por ai.
      2) O Argo foi acima da média nos testes, sua pontuação é de 4 estrelas, perdeu uma pela falta de ESP de série nas versões mais vendidas.

      • Anti-Hater

        Como comentei abaixo:

        O fato de poder receber “só 3 estrelas” sem os controles eletrônicos é só porque os outros critérios para elevar as estrelinhas dependem dos controles eletrônicos e não que necessariamente isso refletiria num desempenho melhor. Em questão de nota, a comparação que está mais famosinha é Polo vs Argo, e nisso a diferença é colossal, o Polo recebeu uma nota 32 de 36 possíveis (muito mais próximo de médios como Golf e Civic com 34) e o Argo 24 de 36 possíveis (muito mais próximo de compactos como Onix, Ka e March). Quantos pontos o Argo receberia a mais com o ESP? Só 1 ponto, longe de colocá-lo pra rivalizar com VW e Honda.

        • Emanuel Schott

          O que disse é que sem teste nenhum de ESP (que elevaria sua nota), ele já tem pontuação suficiente pra 4 estrelas (acima de 22), mas perdeu uma devido a falta do equipamento.

          A Toro foi outra Fiat que perdeu estrelas por não ter equipamentos exigidos. Tem pontuação de 5 estrelas, mas a falta de bolsas laterais rebaixou sua nota.

      • th!nk.t4nk

        “1) Eu não vou sair batendo o carro por ai.”
        Po Schott, nunca bateram em você? Aconteceu comigo um par de vezes, inclusive a ponto de me jogarem pra pista ao lado na via expressa. Se viesse um caminhão na sequência, se bobear eu nem estaria mais aqui. Você pode ser o melhor piloto do mundo, mas no trânsito sempre vai encontrar imprudentes e malucos de todo tipo.

      • Retrato do Papai

        “1) Eu não vou sair batendo o carro por ai.”

        nem vou falar “apaga que dá tempo”, deixa essa pérola aí huehuehue

      • Ernesto

        Emanuel, seus comentários muitas vezes são bons, mas este seu, item 1, foi infeliz.

        • Emanuel Schott

          O que quiz dizer é que não vou abrir mão de um carro visualmente melhor por causa de uma estrela em Latin Ncap. A nota do Argo é de quatro estrelas, perdeu porque não tem ESC de série, basicamente colocando o opcional já tem-se esse nível de segurança.

          Obviamente, se fossem carros de mesmo preço e a diferença fosse absal, eu penderia pro melhor avaliado, mas não é o caso aqui.

  • Luiz

    Quando troquei meu carro estava na dúvida entre o Cronos e Virtus, gostei mais do interior do Cronos, porém, o ponto decisivo no momento da compra foi o fator segurança, pois considero os dois veículos bonitos e espaçosos e no valor que paguei no Virtus com todos os itens de segurança não conseguiria pegar o Cronos com os mesmos itens e esse teste só conformou que fiz a escolha certa.

    • Bruno Albuquerque

      Mas tem consumidor que prefere painel bonito, telinha. No meu caso, o Argo foi o primeiro a ser descartado (pós-venda horrível da Fiat e identificação de velhos defeitos ao entrar no Argo que lembraram o meu Punto 2012). Terminei optando pelo Polo e estou muito satisfeito com a compra até o momento.

    • Cristiano França

      O seu critério deveria ser o de todos os brasileiros. Assim as montadoras ficariam pressionadas a fazerem carros mais seguros

  • Dafomg

    Olha só, o Argo pode até ter recebido 3 estrelas, mas pelas imagens dá pra ver que o habitáculo se deformou muito pouco com os impactos. Se tivesse esp e mais airbags, a nota, com certeza, seria melhor. Só pra avisar, não sou fã e não tenho carro da Fiat.

    • André

      Se tivesse, mas não tem. Melhor Polo ou Etios.

      • Murilo Soares de O. Filho

        Polo pode até ser, mas Etios nem o nome Toyota paga o quão feio é!

      • Murilo Soares de O. Filho

        Não tem os aibags, mas tem controle de tração e estabilidade opcionais.

      • SDS SP

        Precisa olhar a pontuação também. Se observar, verá que o Etios tem estrutura instável também. Análise pelas estrelas mascara muita coisa.

      • Emanuel Schott

        Polo realmente, esse quase gabaritou, mas o Etios obteve a mesma pontuação que um Argo equipado com ESC obteria. Ambos tiveram nota de quatro estrelas, mas o Fiat perdeu uma pela falta do equipamento de série.

    • TchauQueridos

      Se…

  • Samuel Inácio

    Tenho um Fox 16/17 o carro teve o teste revisto há algum tempo e manteve uma boa nota, baseando-se em um projeto antiguado, os carros FIAT’s em geral (sem ser fãnboize) são projetos que não sei por que não passam credibilidade é incrível, são carros por vezes bonitos e até com bom custo benefício porém pecam no quesito segurança! Estou procurando um sedã para aquisição e cada vez mais o Feioetios vem sendo a mais coerente escolha, custo x benefício + segurança e um custo meno alto em relação ao virtus.

    • RodrigoABC

      Aqui tem um Fox 16 e um etios 19. Digirindo os dois percebe-se claramente que o Fox é mais “sólido” que o Etios. E o Fox teve sua estrutura considerada “estável” e o Etios “instável”. Como ambos possuem AB2 e ESC, incrivelmente o Fox passa maior sensação de segurança pela resposta que o Etios, onde percebe-se que é uma latinha. Apenas estrelas não traduz um resultado, tem que ver as considerações, ler as normas e testes, ler os resultados, etc. Um carro ganhar nota por aviso do cinto de segurança não é necessariamente mais seguro.

      • Cesar

        Põe o Fox para testar com as regras de hoje e veja se terá o mesmo resultado.

        • RodrigoABC

          Fox foi testado recentemente, diferente do Etios o VW teve uma estrutura “estável” e não “no limite da capacidade”. Pena que não vende mais com ESC para conseguir as 4 estrelas e não possui cinto de 3 pontos atrás no assento do meio.

          De resto, como ainda tenho a versão com ESC, então diria que estou no lucro rsrsrs

    • Retrato do Papai

      o etios só conseguiu as 4* pois o modelo testado tinha ESC (o argo não tinha o ESC), se você reparar bem no teste de ambos as notas foram muito próximas, na parte que mostra os danos nos dummies eles também ficam muito próximos, e ambos tem estrutura instável. Em contrapartida, a área dos pés do argo foi considerada estável, enquanto a do etios saiu instável. Resumindo, se você pegar um cronos com ESC terá o mesmo nível de segurança do etios.

      Sobre o Fox, apesar das 3* ele se saiu ligeiramente melhor que os dois modelos, os dummies receberam proteção um pouco melhor e a estrutura foi considerada estável (coisa que nem etios nem argo conseguiram), se tivesse o ESC certamente ficaria com 4*. Isso mostra o quanto a segurança do nosso país está atrasada, visto que um projeto barato derivado do polo de quase duas décadas atrás ainda consegue uma nota elevada nos padrões atuais.

    • TchauQueridos

      Muita coisa mudou, relembre os casos Onix e Ford KA.

    • Emanuel Schott

      Não olhe só estrela, olhe a pontuação.

      Fox fez 20.98 pontos, nota de fato 3 estrelas. Argo (24.41) e Etios (25.42) tiveram notas 4 estelas, o Fiat perdeu uma pelo fato de não ter controle de estabilidade de série.

      • Retrato do Papai

        rapaz o argo ainda conseguiu ser pior que o fétidos, as definições de porqueira foram atualizadas com sucesso

  • Chap

    Ambos medíocres. 10 pontos na batida frontal é inaceitável para os tempos atuais. A FIAT segurou o máximo que pode para que esse modelo não fosse para o crash test pois já tinham conhecimento de que seriam ruins.

    • BuffyDawnSum

      Não acho que se trata de segurar porque quem escolhe o carro é o Latin NCAP aleatoriamente. e ai a fabricante nada pode fazer. No máximo, eles podem não ter “patrocinado” o teste.

      • Chap

        Segurou que digo no sentido de não fornecer voluntariamente.

  • BuffyDawnSum

    Tá todo mundo reclamando do teste do Argo x Polo, que tem o ESC, que muda os critérios, etc, mas apenas ASSISTAM O VIDEO.

    Não sou fã de VW ou Fiat. Meu único carro nacional foi um KA de segunda geração. Isso dito… Não tem comparação. O habitáculo do Polo nem se mexe. A onda de choque vai bem além do frontal no caso do Argo. A parte da carroceria no parabrisa também empenou.

    • Vae Victis

      O Argo nunca foi usado no teste frontal. Eles usaram um Cronos que é mais pesado, então é normal sofrer mais dano que um Polo.

      • Matheus

        Aí é só comparar com Virtus, ou seja, o polo sedan que também manteve o mesmo nível de segurança.

        • Vae Victis

          O Virtus nunca foi usado no teste frontal. Eles usaram um Polo que é mais leve, então é normal que sofra menos danos do que um Virtus (a estrutura frontal sendo idêntica).

          • Matheus

            É possível. Mas ainda assim, o Virtus se sairia muito melhor que seus concorrentes, já que utiliza de aços de alta e ultra resistência (que a maioria ainda nem sonha em ter).

            • Vae Victis

              Todos os carros têm aço de alta resistência e ultra resistência. O Argo tem a carroceria composta por 25% de aço comum, 55% de aço de alta resistência, 10% de aço de ultra resistência (colunas A, B e assoalho dianteiro), 10% de aço estampado a quente (o mais resistente de todos os aços).
              A grande diferença em testes de colisão é o número de airbags e o ESC.

              • Matheus

                Desculpe amigo, me expressei mal. Não possuem nas mesmas proporções. E acredito que como a VW manteve a estrutura do Polo europeu no nosso, os resultados em relação aos concorrentes vão continuar sim sendo superiores quanto a segurança. Espero que incluam logo os airbags de cortina ao modelo para que assim seja ainda mais seguro. E sem querer defender um carro ou outro, gosto de carros seguros. Quanto mais seguro, melhor. Pena que ainda haja modelos 0km com tão baixo nível de segurança… Só airbags e ABS não resolvem se a estrutura for fraca…

  • Alexandre

    nao entendo porque defendme marcas e modelos preferidos, inclusive acho que os testes devem ser rígidos sim. de que adianta todos ganharem 5 estrelas se nem todos sao de fato 5 estrelas

  • Airplane

    Etios 4 X 3 Argo !

  • Murilo Soares de O. Filho

    A Fiat economizou nos itens de segurança, essa é a verdade, mas olhando pelo vídeo a carroceria ao menos se mantém intacta, ironicamente ela inaugurou ontem seu centro de segurança na América Latina na Unidade de Betim MG, quem sabe agora, façam as alterações necessárias. Antes dependiam sempre dos centros de segurança na Europa Itália, e EUA Chrysler para ajudar a desenvolver seus projetos, hoje 100% do projeto pode ser definido aqui. Vamos lembrar também que apenas GM e VW possuem centros de segurança no Brasil, caso não me falhe a memória. Antes que seja apedrejado, um dos meus dois carros é um Argo 1.3, onde tinha total ciência que o modelo conseguiria 3 estrelas na configuração atual. Eu mesmo entrei em contato com a Fiat após o resultado dos testes via Watsapp, eles possuem essa forma de atendimento aos seus clientes e protocolei minha reclamação quanto ao resultado dos testes.

    • RodrigoABC

      Só pra completar, o Argo foi considerado que possui possibildiades de melhorias na estrutura, o Etios e Yaris não. É só a fabricante se esforçar um pouco mais.

      • Murilo Soares de O. Filho

        O projeto permite melhorias, a Fiat que economizou mesmo…

      • TchauQueridos

        Só você se esforçar um pouco mais e não comprar de fabricante que desvaloriza sua vida…

        • RodrigoABC

          Concordo, porém cada um possui sua época, condição, necessidade, etc.

          Eu queria sempre andar em tesla, volvo, BMW, lexus e etc. Acho que vou me esforçar mais um pouco para andar em carros desses fabricantes, faltou andar mais uma esquina para saber disso

        • D34D P00l

          O pior é que não repassou a economia. Cobra o mesmo tanto do polo, que custou muito mais pra desenvolver.

  • Anti-Hater

    Como comentei em outro site, número de estrelas é irrelevante, é quase um enfeite pra ficar bonito na propaganda. O que interessa são as notas nos testes para adultos e para crianças, que são o que medem efetivamente a segurança do modelo. Pra quem está achando que Argo/Cronos foram prejudicados por estarem sem ESP, foram, mas muito menos do que imaginam. O fato de poder receber “só 3 estrelas” sem os controles eletrônicos é só porque os outros critérios para elevar as estrelinhas dependem dos controles eletrônicos e não que necessariamente isso refletiria num desempenho melhor. Em questão de nota, a comparação que está mais famosinha é Polo vs Argo, e nisso a diferença é colossal, o Polo recebeu uma nota 32 de 36 possíveis (muito mais próximo de médios como Golf e Civic com 34) e o Argo 24 de 36 possíveis (muito mais próximo de compactos como Onix, Ka e March). Quantos pontos o Argo receberia a mais com o ESP? Só 1 ponto, longe de colocá-lo pra rivalizar com VW e Honda, atualmente as duas com os projetos mais seguros de compactos. A proteção foi considerada marginal em vários pontos, a carroceria deformou mais que o rival e ficou aquém inclusive do Etios que é um projeto de baixo custo. Então não, não foi só testar sem ESP que prejudicou o Argo, é o projeto “moderno” da Fiat ser bem fraco mesmo.

    • Vae Victis

      A leitura do manequim é modificada sem regras precisas, mas a partir de opiniões pessoais do LatinNCAP, cujo site diz:

      “The score generated from dummy data may be modified where the protection for different sized occupants or occupants in different seating positions, or accidents of slightly different severity, can be expected to be worse than that indicated by the dummy readings or deformation data alone.
      There is no limit to the number of modifiers that can be applied, neither per body region nor in total amount.”

  • Retrato do Papai

    Se a gente comparar esses dois testes com o teste do Fox a gente vê o quanto estamos atrasados em termos de segurança automotiva. O Fox tirou as mesmas 3*, as notas dos testes foram próximas, os testes de danos nos dummies foram iguais (ou até ligeiramente melhores), e a estrutura dele foi considerada estável (coisa que nem etios nem argo conseguiram), e com ESC certamente receberia 4*. Resumindo, um empate. Só que eu estou falando de um projeto barato derivado do polo de quase DUAS DÉCADAS ATRÁS.

    • Cesar

      O Fox foi testado em 2015 com outras regras e critérios. Se fosse testado hoje teria outro resultado.

      • Malvino Jose Moreira Junior

        isso ai tanto que ka e onix eram 3 estrelas e dpois tiraram zero e graças o teste receberam reforços estruturais e hoje são 3 estrelas. Mas o Fox é um projeto bem melhor sim é so olhar as soldas e a grossura da colulas

      • Retrato do Papai

        ele foi testado novamente esse ano, quando caiu de 4* para 3* por conta da falta de ESC

        • Cesar

          Ok!
          Falha nossa. No site do Latin Ncap está como Suran.

        • Emanuel Schott

          Não, sua nota é de fato 3 estrelas. Não foi o fato de não ter controle de estabilidade que rebaixou sua nota final.

      • Pedrov154 #BATDAT

        O Fox foi testado novamente em 2019 e recebeu 3 estrelas.

        • Cesar

          Sim. No site do Latin Ncap ele está como Suran por isso não tinha visto.

        • Matheus

          Realmente. Projeto derivado do polo de 2003, que era bem seguro para a época (considerando-se versão com airbags e ABS). Se analisar que 17 anos depois têm carros novos apenas empatando com ele, é lastimável.

    • Emanuel Schott

      Menos, bem menos. Fox foi muito pior que a dupla aí. Tirou 20.98, pouca coisa acima do Onix com 20.24. Essas notas são de fato 3 estrelas segundo o critério da Latin Ncap.

      Argo tem 3 estrelas devido a falta de ESP de série, só isso. Sua nota (24.41) é de 4 estrelas, mas o critério do instituto é não dar mais que 3 quando não tem o equipamento de segurança de série nas versões mais vendidas.

      Mais que estrela, tem que ver a pontuação, isso é o que realmente interessa.

      • Retrato do Papai

        UAU quase 4 pontos de diferença entre um carro moderno* e um carro vovô que já tem seus 16 (DEZESSEIS) anos de mercado, agora me sinto muito mais seguro num argo

        *se moderno significa porqueira hahaha

  • Verdades sobre o mercado

    Esta regra do Latin NCap é muito confusa, e dá margem para muita discussão. Sugestão de regra para deixar mais simples e claro:
    5 Estrelas: apenas veículos que ofereçam ESP de série e atinjam no mínimo 90% da pontuação máxima de impactos (média combinada de tras/diant)
    4 Estrelas: veículos que atinjam os 90% de pontuação máxima de impactos (média combinada de tras/diant) mas não ofereçam ESP de série em todas as versões OU veículos que tenham ESP de série em todas as versões mas atinjam entre 80% e 90% de pontuação máxima de impactos (média combinada de tras/diant).
    3 Estrelas: veículos que atinjam entre 80% e 90% da pontuação máxima de impactos (média combinada de tras/diant) mas não ofereçam ESP de série em todas as versões ou atinjam entre 70% e 80% da pontuação máxima de impactos e ofereçam ESP e série em todas as versões
    2 Estrelas: veículos que atinjam entre 70% e 80% da pontuação máxima de impactos mas não tenham ESP de série em todas as versões.
    Veículos que não ofereçam ESP mas conseguissem os intervalos de pontuação máxima de impacto perderiam 1 estrela.
    Veículos abaixo destes critérios seriam classificados como: “abaixo do nível mínimo de segurança recomendado”

    sob estes critérios, ARgo e seus concorrentes teriam as seguintes classificações:
    Polo(em 2017 quando foi testado): 4 estrelas
    Polo(hoje): 5 estrelas
    Etios: 3 estrelas
    Yaris: 3 estrelas
    Argo: 2 estrelas
    Ka e Onix: abaixo do nível mínimo de segurança recomendado

    • Matafuego

      Onix é 3 estrelas, refizeram o teste.

      • Emanuel Schott

        Ele tá falando no critério que ele explicou, não do Latin Ncap.

        • Verdades sobre o mercado

          A prova de que o critério atual é muito falho é Onix e Argo terem ambos 3 estrelas, sendo que o Onix não oferece ESP em nenhuma versão e suas pontuações são inferiores às do ARgo. Obviamente que não tem lógica.

      • Verdades sobre o mercado

        Nos critérios atuais, o que considero muito falho. Onix não oferece ESP em nenhuma versão, tem pontuações de estrutura inferiores ao Argo (que oferece ESP opcionalmente em algumas versões e de série em outras) e ambos tem as mesmas 3 estrelas ! Não me parece nem um pouco lógico.

        • Matafuego

          Não é falho, é bem objetivo e o teste de impacto frontal segue exatamente o mesmo critério do Euro NCAP. O site do Latin NCAP disponibiliza os critérios de avaliação e como eles chegam nas pontuações.

          Ambos estão na faixa de 3 estrelas pq, de acordo com os critérios adotados, entregam segurança (ou falta de) semelhantes.

          • Verdades sobre o mercado

            ainda que a faixa de pontuação seja considerada para atribuir as estrelas (e enquadrar Onix e Argo na mesma faixa) o Onix não oferece ESP em nenhuma versão. Como querer que tenha a mesma nota do Argo que oferece ao consumidor a possibilidade de ter o modelo com ESP ?! Muito falho em minha opinião.

            • Matafuego

              Já leu as regras sobre o ESP no Latin NCAP?

              6.1.1 ESC (Electronic Stability Control)
              The test model must be standard fitted with Electronic Stability Control (ESC). To demonstrate functionality, the car manufacturer must sponsor an ESC test according to the GTR8 test conditions and pass fail requirements. The ESC (Electronic Stability Control) must be fitted at least in 100% of the best selling variant (or same amount of units as the best selling variant across all the variants) of the tested model and after 2 years in the 100% of the units of this model for Latin NCAP markets. During the 2 years period the ESC must be offered as “lonely” optional (not linked to other equipment or packages in all variants) until the 100% of units are equipped with ESC. The manufacturer must commit to fit 100% model units in no more than 2 years after the result publication.

              O Argo não se aplica a estas regras, logo, está classificado na mesma faixa do Onix.

    • TchauQueridos

      Onix e Ka já receberam melhorias no projeto. 3 e 4 estrelas respectivamente.

      • Pedrov154 #BATDAT

        O Ka também recebeu 3 estrelas.

    • Emanuel Schott

      Já eu faço outra proposta. Da forma que fazem, a divulgação não condiz com o objetivo dos testes. O objetivo é mostrar que ao andar em carro X, o quanto você está propenso a sair ileso dele ou não, seja evitando um acidente (segurança ativa) ou, se ele acontecer, você sair sem grandes problemas (segurança passiva). Mas dão tanta importância pra segurança ativa que ofusca a segurança passiva, dando a entender que o objetivo é evitar o acidente e não sair ileso do carro, com ele acontecendo ou não.

      As notas deveriam ser de 0 a 100 pra facilitar as coisas, só pra começar. De 0 a 70 condiz com a segurança passiva, o quanto a estrutura do carro aguenta impactos. Nisso, soma mais até 15 pontos referentes a eficiência do ESC (carro que não tem já leva 0 nesse quesito) e mais 15 pontos referentes a outros itens de segurança (frenagem automática, aviso de cinto, aviso de ponto cego, etc). Carros que fizerem de 0 a 25 são inseguros, de 26 a 50 são abaixo da média, de 51 a 70 são ok, de 71 a 90 são acima da média, acima de 90 são excelentes.

      Note que dessa forma, um carro ruim de estrutura mesmo que conte com itens de segurança será reprovado. Um carro com o minimo de proteção passiva que conte com itens de segurança ou com excelente proteção passiva, mas sem itens, vai ir na média (oi Up). Um vai evitar que o acidente aconteça, outro vai te proteger caso aconteça, ambos vão te proteger da mesma forma. Pra conseguir ir acima da média, terá que ir bem no teste de impacto e contar com alguns itens de segurança. Pra “gabaritar”, vai ter que ser ótimo de estrutura e contar com quase todos os itens ativos. A minha metodologia ainda dá mais importância pro quanto o carro te protege em um acidente que o quanto ele vai evitar que ele aconteça, já que esse ultimo caso é impossível de atingir com 100% de certeza.

      Essa forma é bem menos confusa que essa sopa de “estrelinhas” que o instituto divulga.

  • Diego G. de Lima

    Me impressiona como esse Isofix salva vidas, caraca, o bonequinho fica completamente protegido.

  • 4lex5andro

    Dois carros que não passariam de baixas classificações em um Euroncap…

    No caso da Toyota na verdade nem surpreende tanto, salvo o fato de se situar á frente de um modelo supostamente de categoria superior, o Argo/Cronus da Fiat (Fix it again tony)…

    • Emanuel Schott

      Todos os compactos vendidos aqui seriam reprovados devido a falta de equipamentos de segurança ativos exigidos por lá.

      • Vinicius LMS

        Bom, alguns desses equipamentos seriam “simples”, pois seria “só” equipar, agora quanto a estrutura é bem mais complicado.
        Se não me engano em algumas regiões do mundo o carro tem que atingir 4 estrelas para ser aprovado.

  • Tosca16

    Concorrem com Prisma e Onix, estão no mesmo nível…

  • Luis Carlos Saccon

    E vai começar o desfile do “Etios é feio” — “carrinho horrível” — “ninguém mais compra Etios hoje em dia” — “só vende porque é um Toyota” …… ….. acho que estão se esquecendo que segurança é um dos mais bonitos acessórios de um carro ….. ponto para o Etios !!!

  • Fabão Rocky

    hahahahaha! carro brasileiro é uma piada! E ainda falam mal do Onix e do Ka c/ 3 estrelas.

  • fsjal

    É o que eu esperava da dupla da Fiat. Talvez com ESP chegasse a 4.

  • Fanjos

    Sucata

  • Jorge

    Polo 5 estrelas
    Yaris 4 estrelas
    Argo 3 estrelas

    Do meu ponto de vista o Polo não possui concorrentes em sua categoria.

    • Samuel Jesus de Sousa

      Um carro não é formado apenas pelo quesito segurança, há “n” fatores. Mas sim, analisando pelo ponto de vista segurança e motor não há concorrência mesmo.

  • Marcos Pastori

    Etios – Estrutura Instável
    Argo/Cronos – Estrutura Instável

    Polo/Virtus – Estrutura Estável
    Fox/Suran(SpaceFox) 2019 – Estrutura Estável

    Em quesito segurança a Volks tá um passo na frente das concorrentes.

  • Pedrov154 #BATDAT

    Principal fator que me fez escolher o Polo (e também meu antigo carro, um up!) foi a segurança.

    Lamentável que a maioria das montadoras ainda considerem segurança como um custo a ser cortado de um projeto.

    Enfim, o Polo continua sendo a referência do segmento nesse aspecto. Creio que em seguida venha o Honda Fit e só.

  • Doyle

    March, 208, Mazda 2, Kia Rio conseguiram no LatinCap menos que 2 estrelas ou menos. Argo não foi ruim

  • Bruno Schat

    Kkkkk fanboy Fiat pira…. cadê o povinho que reclamava das 3 estrelas do ônix. Jkkkkkk

  • Murilo Soares de O. Filho

    Comprar carro é subjetivo, se o fator principal fosse segurança, eu compraria um Volvo.

    • Thiago

      Muito bom. Duas perguntas:
      1) Volvo está na mesma faixa de preço do Argo?
      2) SE o fator principal for segurança, Argo é a melhor aplicação do seu dinheiro, ou há opções mais seguras na mesma faixa de preço?
      Frases de efeito não ganham discussões. Sejamos coerentes.

      • Murilo Soares de O. Filho

        Entendi perfeitamente seu raciocínio, não quero ganhar discussão com ninguém, até porque não ganho nada por isso, se você ler meu comentário logo no início deste post, vai entender. Porém muitos tem que entender, não é porque modelo tal é mais seguro, mesmo que na mesma faixa de preço, que a pessoa vai comprar, vários fatores definem uma compra, e ninguém pensa em bater o carro, se a pessoa não gosta de tal modelo, ela não vai compra-lo só porque tem estrela a mais, a não ser que tenha zerado no teste e oferecer muito perigo.

        • Thiago

          Entendi, Murilo, e li seus outros comentários também. Só parti da premissa que você colocou aqui: SE o fator principal for segurança. Isso é diferente do que você coloca agora por último (“não é porque modelo tal é mais seguro, mesmo que na mesma faixa de preço, que a pessoa vai comprar, vários fatores definem uma compra”). Concordo com isso, mas SE a prioridade número um for segurança, o argo não é a melhor opção na faixa de preço dele. Isso é fato. Abs

          • Murilo Soares de O. Filho

            Se, mas acho difícil alguém comprar considerando apenas um fator. Eu mesmo não compraria um Polo, não me agrada apesar de ser o mais seguro…é preciso gostar também, não sou racional a esse ponto. Você compraria um carro apenas analisando um único fator?

            • Ernesto

              Claro que o Polo não lhe agrada, é VW. O que lhe agrada é FIET.

              • Murilo Soares de O. Filho

                Lógico que não, para seu conhecimento, possuo dois carros, sendo um deles VW, então não é questão de marca. Se estivéssemos falando do segmento acima, Hatch médios, sem dúvida a minha escolha seria o Golf, incontestavelmente o melhor em todos os sentidos, que não é o caso do Polo. Mas é minha opinião, acho que opinião cada um tem e deve ser respeitada, caso contrário não seria aberto espaço para comentários.

  • Felipe

    Entre os Hatchs Compactos avaliados pelo padrão novo (34 pontos máximos), as notas obtidas ficam assim (proteção ao motorista):
    Polo (4 airbags) 32.13
    Yaris 26.99
    Argo 24.41
    Kwid (4 airbags) 22.85
    Etios 22.85
    Ka 22.83
    Onix 20.24
    March 20.11
    208 18.27
    Sandero 18.27
    Palio 2016 18.09

  • Marcio Souza

    É tão fácil com o acesso a tecnologia e materiais q temos hoje para alcançar 5 estrelas, mas o povão não faz questão das estrelas. Nessas horas apoio o Estado intervir com leis que obriguem os fabricantes a fazer veículos mais seguros. O ABS e o Airbag foram dessa forma. Agora está na hora de elevar o nível. Vejo tantos acidentes com vítimas fatais. Mas se fosse num veículo 5 estrelas poderia ter sobrevivido.

    • Murilo Soares de O. Filho

      Não acredito nisso, mas acho que segurança deveria ser obrigatório nas legislação. Quanto a acidentes, a grande maioria está relacionado a alta velocidade, imprudência. Lógico que em situações normais, com certeza seria uma ajuda a mais.

      • Marcio Souza

        Essas são variáveis que estão fora do controle de um projeto (pelo menos até os autônomos ). Mas é só a legislação apertar que teremos carros mais seguros. NCAP aqui na AL não é levado a sério pelo consumidor. Alguns nunca ouviram falar.

  • Rodrigo

    Fiat sendo fiat.

  • kirig

    Rio muito do pessoal que vem aqui esculacha o carro, aí pega a CG e sai a milhão no corredor entre os carros.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email