*Destaque Cupês Europa Mercado Peugeot Volkswagen

Arteon e 508: duas expressões atraentes de um estilo pouco visto no Brasil

peugeot-508-2019-oficial-3

Eles são belos “sedãs” e possuem linhas bem fluídas, com toques agressivos que fogem bastante da filosofia de estilo que caracterizam suas marcas. Porém, ambos apresentam uma configuração de carroceria que é pouco vista circulando pelo país, mas que já foi bem popular no passado brasileiro.


Para quem não está acostumado com esse estilo de carroceria, pode ficar chocado ao saber que em realidade Volkswagen Arteon e Peugeot 508 não são de fato sedãs. Isso não é devido exatamente ao desenho da carroceria, cujo teto é bem inclinado em direção à traseira, cuja tampa é curta.

Volkswagen-Arteon-2018-eua-4

Em realidade, ambos podem ser considerados fastbacks, mas diferente do que a Ford aplica em seu Focus Sedan, a dupla europeia não possui um porta-malas independente do habitáculo e sim uma enorme tampa com a vigia traseira integrada, criando assim um vão bem grande para acessar o porta-malas, tendo ainda uma cobertura parcial do mesmo.


Se você não gostou, saiba que no passado esse estilo era bem popular. Na Volkswagen, por exemplo, o Passat surgiu com uma configuração semelhante, com tampa e vigia numa peça só. Prevaleceu a tampa curta, que dava acesso apenas ao bagageiro. Na Europa, porém, o estilo fastback só está ganhando força agora, mas formatos como notchback e liftback são bem populares. Outro grande ícone de performance e estilo na região, o Opel Insignia, é adepto da “quinta porta”.

Peugeot-508-2019-3

O mesmo vale para o Fusion. Ou melhor, para o Ford Mondeo, que adotou limpador traseiro e que alguns o classificam como puramente um hatchback. E por aqui, temos fastbacks, liftbacks ou notchbacks? Ter a tampa integrada à vigia não é primazia de carros caros.

O Chery Celer “Sedan” também integrava esse grupo. O antigo e clássico Ford Escort também. Na atualidade, os luxuosos é que usam e abusam, tais como Audi A5 Sportback, Audi A7 Sportback, BMW Série 3 GT, BMW Série 4 Gran Coupé, BMW Série 5 GT ou Porsche Panamera, por exemplo, mas o Toyota Prius também está entre nós. O Kia Stinger é outro desse grupo e, para felicidade de muitos, foi confirmado para 2018 no Brasil.

Volkswagen-Arteon-2018-eua-7

E a dupla que encanta muita gente? Será que vem também? No painel “argentino” da Volkswagen, onde os 20 lançamentos previstos para 2020 foram apresentados aos revendedores, o nome do Arteon não aparece. O carro era e ainda é um forte candidato a ocupar a vaga que foi do CC, o antigo cupê quatro portas derivado do Passat. Nos EUA, o modelo já foi confirmado.

No lado francês, o Peugeot 508 parece mais próximo, pelo menos geograficamente. O modelo deverá ser vendido na Argentina, onde já foi visto rodando em testes. Se de fato for confirmado, seria um belo acréscimo à dupla 3008/5008, revelando um fastback com proposta premium e boa performance, embora seja provável o uso do 1.6 THP com 165 cv e 24,5 kgfm. E você, compraria um fastback ou liftback no lugar de um sedã legítimo?

COMPARTILHAR:
  • sigma7777777

    Em termos de dirigibilidade, o sedan apresenta um comportamento melhor?

    • No_Name

      Pode ser que sim, pois a rigidez a torção e flexão dos sedãs são um pouco melhores. E como o “corte” da traseira é menos abrupto, o coeficiente de aerodinâmica tende a ser melhor.
      Cx do Audi A4 e Mercedes Classe E atuais = 0,23. Do Arteon = 0,265.

      • PEDAORM

        Acredito que deveríamos comprar “bananas com bananas, não com laranjas”. Se pegarmos o Passat, modelo que da origem ao Aerton, tem um Cx de 0,28. Ou seja, O coupé de 4 portas foi melhor que sua variante sedan. Mas existem exemplos do contrário também…

    • thi

      Quase 99% de certeza o vw

  • invalid_pilot

    Para ter uma noção de o quão estamos atrasados, tem barnabé que acha que Corolla é carro moderno e de luxo .

    O que seriam esses 2 por aqui, se o Corolla é luxo?

    • Não é só barnabé não… É comum ver grandes mídias (até na televisão) se referindo como “carro de luxo” ao falar de Corolla e outros carros do tipo em alguma reportagem, por exemplo, de assalto ou de quadrilhas de estelionatários.

      • kravmaga

        É verdade… Rio quando vejo uma reportagem chamando carros de classe média, como Corolla, Civic, etc, de carros de luxo.

        Carro de luxo para mim é Bentley, Ferrari, etc.

        • invalid_pilot

          Concordo! E BMW pra cima da série 5, MB da E pra cima e Audi do A4 pra cima

          • PEDAORM

            Então no caso da BMW o sedan médio não é luxuoso, só o sedan grande, já na Audi o sedan médio A4 concorrente do série 3 seria premium. Difícil essa entender seu critério de lassificação aí… Qualquer carro de marca premium pode ser considerado de luxo, na minha opinião, alguns carros de marca generalista também podem se enquadrar, como os modelos acima.

        • Raul Pereira

          O critério para ser de luxo pode ser o preço XD
          E isso só contribui para que as montadoras subam ainda mais os preços, se achem ainda mais a última bolacha e os tiozão em casa financiem ainda mais pra se mostrar pro vizinho.

        • RRodrigo Souza

          ferrari no meu ver é um super esportivo e nao luxo, luxo ao meu ver sao os carros quem mais conforto,tecnologia e produtos nomes e nao apenas por ser caro

          • PEDAORM

            Entendo o ponto, mas sem duvidas ainda considero Ferrari um carro de luxo, sem duvidas é um artigo de luxo. Até porque refinamento de materiais como o couro e etc são maginificos e hoje vem com altas doses de tecnologia e assistências. Talvez em modelos semi pista, mais espartanos, essa reflexão funcione melhor.

      • invalid_pilot

        Sim! Ridiculo! Corollinha surrado aqui no Braza vale uma grana, enquanto no resto do mundo é carro de entrada – Prisma e Logan do primeiro mundo.

        • Emilio

          Nem tanto. O Corolla e o Civic subiram de nivel até no primeiro mundo. Essa historia de que é carro de estudante, de imigrante ou de pobre não é mais a realidade. Era até, meados de Y2K.

          • invalid_pilot

            Carro de 18k dolares.
            Um Versa custa 14k dolares e é o mais barato dos EUA

            Abaixo dele tem o Yaris por 15k dolares.

            De qualquer forma é carro de classe média baixa nos EUA e aqui tratado como luxo.

      • FearWRX

        Acho pura estupidez quando se referem a sedãs médio como de luxo. E pior que é bem comum mesmo.

    • Ricardo

      Naves!

  • Bruno Costa

    Duas máquinas incríveis, é até difícil dizer qual é mais bonito… Talvez só testando exaustivamente os dois por anos hahaha

    • th!nk.t4nk

      E nem são tãaao carroes assim, curiosamente. São apenas 2 modelos médios, com preços até bem contidos. Produtos voltados pra classe média na Europa, mas que pra serem trazidos pro Brasil é um parto (e ainda viram artigo de luxo).

  • Duh

    508 é lindo demais.

  • Gustavo

    O Arteon é muito mais elegante e bonito.

    • Danillo Santos

      Também gostei mais do vw

    • th!nk.t4nk

      Cara, pra mim empatam no design. Mas o que interessa mesmo é que duvido muito que o 508 sequer se aproxime da qualidade geral do Arteon. Nem sequer gosto da VW (acho os carros sem sal), mas estou pra ver montadora mais competente abaixo das premium. Tudo é extremamente bem-pensado e resolvido (ao menos nos modelos europeus da marca). Já a Peugeot está no mesmo nível da Opel e Ford, que sempre pisam na bola em inúmeros detalhes comparados aos VW (e justamente por isso cobram menos pelos seus carros).

  • igomd

    O A5 é uma opção disponível no mercado com bom valor no semi novo,

    mas os custos de revisão da Audi são insanos

  • Russel Riehle

    Arteon é bonito.

    Mas o 508 levou vantagem na fila da beleza.
    Magnífico.

    • Ricardo

      O 508 é um pouco mais atrevido e isso como sempre enjoa mais rapidamente, o design do Arteon será eterno como do CC e Scirocco.

      • VINÍCIUS FREITAS DE SOUZA

        Ata

  • Luis Burro

    Olhe, sinceramente eu não concordo!Se o terceiro volume é evidente,não é pq a tampa tem formato ou tamanho diferente q mude a definição.
    Antigamente era incomum sedãs poderem rebater o banco pra aumentar o porta malas,e por causa disto deixa de ser sedã?
    Se for formato de Hatch como no Escort, aí até pode ser.

    • Pedro Evandro Montini

      Pois é! Isso é uma discussão de conceito. Eu também entendo que, se o automóvel possui os 3 volumes definidos, o correto seria classificá-lo como sedã, independentemente da solução empregada na abertura do porta-malas. Nesse caso, esses sedãs poderiam receber uma subclassificação. E entre esse Peugeot e o Arteon, apesar de terem a quinta porta, existe uma diferença visual importante: o francês é sedan e o alemão notchback. E agora vem a segunda discussão: até onde um carro pode ser notch antes de ser um sedã?

      • Luis Burro

        Nisto eles ainda diferenciam pela tampa do “chiqueirinho” que é acoplada a tampa,diferente do sedã que a tampa fica “pra fora”.
        O curioso é que o fato do notch ser grudado na tampa é a diferença pro hatch.Quero só ver a classificação se alguma montadora quiser uma solução pra facilitar pro consumidor(como uma tampa escamoteável).

  • Luis Burro

    Prefiro a frente do Arteon(tanto de frente msmo e perfil) e restante do 508.Acho até bonita a carroceria do Volks,mas a traseira de lado é meio estranha pro meu gosto.

  • Matthew

    O Opel Insignia atual segue esse estilo também e me faz lembrar do Monza SR de três portas dos anos 80, sobretudo o GSI. Todos os modelos da Skoda de “três volumes” têm a quinta porta, além de serem enormes em relação aos seus equivalentes da VW.

    • ricmoriah

      e o Opel Monza era um Monza hatch brazuca em escala maior.

  • Eduardo T. Küll

    Tá, MAS E AQUI? Estes modelos chegarão ao mercado brasileiro?

    • Bruno Alessandri

      Os dois últimos parágrafos tratam disso.

    • CanalhaRS

      Leia a matéria, tio. Ela está lá pra isso.

  • rkimwb

    Tem o Kia Stinger também! Trio de fazer entortar o pescoço de qualquer um!

    • ricmoriah

      tem razão. e ele já confirmado para o Brasil.

  • Debraido

    Quero ver como ficará o reposicionamento do 508. A Peugeot diminuiu ele de tamanho.

  • Diego Ribeiro

    O que desfavorece o Arteon, são esses frisos cromados em torno do mesmo.

    • th!nk.t4nk

      O friso é só em algumas versoes. A maioria dos que vejo na rua são sem esses cromados.

  • marc west

    Os dois são muito lindos. Saber qual é o mais bonito é tipo discutir nos anos 80 Xuxa ou Brunet ou hoje em dia Marina Ruy Barbosa ou Bruna Marquezine. Puro gosto pessoal :-)

    • Jurandir Filho

      Hoje em dia a Marina dá de 10 a zero na Bruna, tá só o pau da rabiola, o Neymar acabou com a bichinha kkk

  • Marcio Lenz

    Esse 508 é um espetáculo.

  • Louis

    Eu gosto deste tipo de abertura de porta-malas, fica bem mais versátil para colocar objetos grandes. Esqueceram de citar o Prius.

    • ricmoriah

      não, está lá no texto.

      • Louis

        Foi mal, passou batido hehehe

  • CanalhaRS

    Os dois são belos carros, mas acho que o 508 ganha, porque tem um interior mais ousado, que combina mais com a proposta.

  • Ricardo

    PQP! Esse Arteon é demais!

  • Ademir Junior

    Alguém poderia me explicar uma dúvida que tenho desde sempre, e que nesse artigo me saltou novamente. Por que os sedãs não possuem o limpador traseiro?

    • edgar__rj

      A aerodinâmica do sedã, muito mais inclinado, facilita o escoamento da agua e /ou sujeira… Já os Hatches sao com o vidro traseiro quase em pé nao tem essa facilidade de limpeza natural… Acho que é isso… Abraços

    • ricmoriah

      hatch e perua geram um turbilhonamento na traseira durante a condução, isso faz com que água e sujeira lançada pelo material rodante seja levantada e projetada em direção ao vidro. Nos sedãs, a traseira longa não elimina o efeito, mas como a vigia é bem mais recuada, esta fica “protegida” da sujeira pelo bagageiro proeminente.

  • Erivelton Freitas

    Eu compraria um carro pelo o que gosto, não necessariamente porque algumas empresas decidiram mudar o desenho, ajeitar a carroceria ou aumentar/diminuir um porta-malas. O 508 vale cada centavo, embora eu saiba que se viesse para cá, custaria algo em torno de R$ 160.000.

    Já o VW, não sei o que dizer ou o que pensar, não gosto da marca, então não o veria como opção, contudo, seria difícil posiciona-lo aqui. Aonde ele ficaria e porquê?! Acima do Jetta e abaixo do Passat?! Complicado!

    • ricmoriah

      Acima do Passat, como o CC anteriormente.

    • th!nk.t4nk

      No Brasil creio que o 508 seria muito melhor recebido, porque as pessoas valorizam o design acima de tudo. Mas já adianto: é praticamente certo que o Arteon dê um esculacho no 508 em termos gerais. Considerando os modelos atuais da Peugeot, só por milagre pra terem feito um produto capaz de se aproximar do Passat (no qual o Arteon é baseado). É um abismo de qualidade cara.

      • Erivelton Freitas

        Eu discordo desse seu pensamento. Se pensarmos na representação do VW Passat no mercado dos sedãs grandes, veremos que ele é aquele tipo de carro que muitos elogiam, mas que ninguém compra. Abaixo dos R$ 150.000, tudo é dominado pelo Ford Fusion, e acima, o BMW S3, o Mercedes Classe C e o Audi A4 dominam sem precisarem se esforçar. Passat tornou-se um coadjuvante nesse sentido.

        A Peugeot, por sua vez, já mostrou a que veio com o lançamento do 3008, e considerando a quantidade de equipamentos da versão Griffe Pack dele, se caso o 508 reunisse aquela quantidade de equipamentos, um preço também na casa dos R$ 150.000, fora o Design arrematador no exterior e interior, eu acho que seria um forte candidato a brigar pelo Top 5 dos Sedãs Grandes, ranking esse que o Passat não figura a muito tempo.

        • th!nk.t4nk

          Concordo que de preço no Brasil o Passat é super deslocado, mas em termos globais ele vende absurdamente mais que Fusion e Insignia, por exemplo. Tenho bom conhecimento dos modelos superiores da Peugeot (trabalho no ramo automotivo aqui na Alemanha), e te digo que infelizmente passam super longe dos VW no segmento (em qualidade de projeto). Mas nao se sinta ofendido se você curte a marca (eu também curto), pois o mesmo ocorre com o Opel e Ford. Se você está considerando só o fator custo, e daí especificamente no Brasil concordo totalmente, pois é um país muito sensível a preços. Falando do carro em si, pode ter certeza de que não existe competição, a PSA sempre foi lanterna no segmento de sedãs médios e não é à toa. No Brasil as pessoas basicamente só consideram a lista de equipamentos e o visual, por falta de contato com todos esses modelos (faltam parâmetros pra comparar a qualidade geral de todas as opçoes do mercado). Dito tudo isso, se eu estivesse com a grana curta cogitaria um 508 sem dúvidas. Por que? O que a concorrência oferece também não é grande coisa (como citei, tanto Fusion quanto Insignia têm uma série de pequenos incômodos típicos de projetos mais baratos, e todos os detalhes somados com o tempo te tiram o tesão de dirigir o carro, mesmo que sejam muito recheados de itens e tenham bons motores). Além disso todos custam na mesma faixa de preço, entao por que nao ousar um pouco? E pra quem pode pagar mais, a dupla Passat/Arteon é imbatível (acima deles, só os premium). No fim o custo a mais no caso dos VW europeus se justifica sim (desde que nao seja muito a mais), porque de fato a qualidade é superior à dos concorrentes em quase todos os aspectos. O que nao justifica é o que a VW cobra no Brasil por modelos que estão no mesmíssimo nível dos concorrentes ou até abaixo. Aí sim é roubo descarado, e eles merecem cair nas vendas por isso. Dá-lhe 508 neles!

          • Erivelton Freitas

            Eu realmente estava cogitando a realidade do mercado Brasileiro. Não gosto da VW, e mesmo em mercados onde ela entrega produtos de altíssima qualidade por $$$ justos, eu ainda assim não compraria, pelo design excessivamente chato e antigo. Contudo, considerando a realidade do mercado Brasileiro, Passat tem vendas pífias, e não por nada, acima dos R$ 150.000, chegam as versões de entrada da Mercedes, BMW e Audi, sendo assim, que tem grana para comprar, compra um desses aí! VW Passat por aqui, custa pesados R$ 170.000, e não venderá assim tão fácil, afinal, VW é a marca do Gol, não do Classe C, Série 3 ou A4. As pessoas procuram Glamour e Luxo, e mesmo que o Passat ofereça, ele perde o brilho pelo emblema ‘popular’ da VW na dianteira e traseira.

            Fusion vende bem porque não é considerado um sedã de luxo, embora seja sim um carro posicionado como ‘acima dos sedãs comuns’. A Ford fez um ótimo trabalho com ele e hoje colhe os frutos.

            Acredito que o Peugeot 508 poderia trazer o mesmo. O 3008 foi acertado, e poderia vender bem se não fosse o problema da Importação (demora) e falta de produção local em grande escala. O 508 seria a mesma coisa, mas poderia brigar pelo Top 5 no Brasil entre os sedãs grandes.

            Coisa que o Passat e o Camry não conseguem por serem de marcas populares e sendo vendidos mais caros que os sedãs de marca premium. O Camry custa no BR, quase o mesmo do Jaguar XE, sendo um Toyota! Aí é que não vende mesmo!

            • th!nk.t4nk

              Sim, foi o que me levou a optar pelo Fusion. E olha, por mim a VW do Brasil poderia falir de vez, é uma montadora que foi sacana por tempo demais com o mercado brasileiro. Os carros da marca na matriz européia podem ser o último degrau antes das premium (e sao mesmo), mas o que fazem no BR é chamar o consumidor de trouxa. Se o 508 chegar no país com preços competitivos, merece sim a liderança no segmento.

              • Erivelton Freitas

                Liderança de Segmento eu acho complicado. Muito provavelmente não teria pelos mesmos problemas do 3008 (Seria importado e demoraria a chegar, motivando a desistência), mas acho que chegaria ao Top 5.

              • Ernesto

                Bom, se pensar assim, todas as montadoras que têm fábrica no Brasil deveriam falir. Sacanear não é exclusividade dela. Fiat requentando plataformas, Peugeot tirando barra de proteção das portas, Renault criando o Captur sobre a plataforma do Duster, GM com motores antiquados na linha Onix/Cobalt, além do problema recente de segurança. Toyota vendendo seus carros a preços altíssimos, Honda idem, Ford com seu péssimo pós venda, e assim vai.

  • Robson Mauricio

    Gosto muito do Arteon, acho lindo mesmo….mas esse 508 conseguiu superar, que espetaculo

  • Robinho

    ambos lindo…mas na minha opnião o 508 é mais belo.

  • Pedro Neto

    No meio dessa confusao acescento o tal cupe 4 portas. Tipo MB CLA

  • T1000

    Esse 508 é de parar o trânsito pqp.
    Achei a traseira meio retrô anos 2000 mas muito lindo

  • Eskarmory .

    Rapaz esse 508 foi o lançamento mais bonito do ano até agora. Essa traseira ficou demais, o interior então, uma nave!!

  • Henry

    Se parecem muito com coupe porem de 4 portas exemplo versões 2 portas coupe da Mercedes-Benz, de seus sedãs.
    Esse 508 tem design excelente.

  • thi

    Esse arteon … 💓

  • Celso

    Faltou o mais lindo de todos: Chevrolet Volt.

  • Catucadao

    esse 508 e Arteon são lindus

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email