Governamental/Legal Motos Segurança Trânsito

Assaltos fazem motociclista ficar sem capacete nos postos de combustíveis em São Paulo

moto-clic

A alta criminalidade no estado de São Paulo forçou a criação de leis para tentar reduzir a violência. Não se pode mais usar o celular dentro de bancos, assim como entrar com metais nos bolsos e bolsas. O mesmo vale para o capacete do motociclista. Ele não é aceito no interior de estabelecimentos comerciais, por medida de segurança.

Agora, o mesmo também deixará de ser usado no acesso aos postos de combustível e estabelecimentos comerciais de São Paulo. Desde o último dia 13, motociclistas estão proibidos de acessar a área de segurança dos postos, que separa a calçada do estabelecimento, com capacete na cabeça. Quem desobedecer leva multa de R$ 500 e o reincidente terá o valor dobrado. A fiscalização ainda não foi definida por falta de regulamentação.

[Foto: Clic RBS]





  • O_Corsario

    Quanta idiotice! É mesmo o país das leis vazias. Me lembra aquele projeto de lei que queria proibir garupa em moto.
    E me diz uma coisa, se o cara foi assaltar o posto, vai estar preocupado com a lei impedindo que use o capacete? rs

    • PONCIO PILATOS

      por absoluta incompetência estatal, os justos pagam pelos pecadores.

    • andy_irons

      eu sei que não adianta julgar ou generalizar, mas tem uns motoqueiros por ae que pela madrugada, é só absurdo, seja no transito desrespeitando os outros motoristas como aterrorizando os pedestres, além de dar uma mão para atos criminosos. Devia era ser proibido esse tipo de meio de transporte, mas para isso precisaria melhor o transporte público e deixa-lo mais acessível economicamente. Aqui em São Paulo seu carro pode ser chutado ou você pode ser xingado e até agredido, simplesmente por não deixar o corredor com um bom espaço para esses marginal "vida loka" passar, mesmo estando dentro da sua faixa com todo o seu direito de andar até o limite pontilhado.

      • wasdyn

        Não acho que proibir seja a saída. Acho que educar, fiscalizar e punir é mais eficiente. Senão cai no negócio de proibir a internet para acabar com os crimes virtuais e cortar o negocinho dos bebês para controlar a natalidade.

      • Castle_Bravo

        Pessoalmente nunca compraria uma moto, por opção pessoal mesmo, mas proibir motocicletas e forçar quem depende delas a usar transporte de cargas, digo, transporte público? por favor, né? as leis existem, o culpado por esse caos no trânsito envolvendo motocicletas é a falta de fiscalização e impunidade, este é o ponto principal que precisa ser exigido dos fiscais de trânsito.

        • Edson Roberto

          Alias,
          Andar no meio dos carros poderia server de várias multas se houvesse fiscalização. Não entendo porque não o fazem. Sei que muitos vão me criticar, mas poderia inicialmente dar a orientação, reincidiu, multa nele.

          • Castle_Bravo

            Até hábitos simples como a aglomeração de motociclistas à frente ou em cima da faixa de segurança poderia render um bom dinheiro às autoridades, caso houvesse uma fiscalização mais rígida.

            O que chamam de "indústria da multa" não é nada, perto do que poderia ser explorado graças à falta de educação de motociclistas e motoristas.

            • Edson Roberto

              Assim como seria ótimo ter CET a espreita do lado de escolas só aguardando as mães fazendo filas duplas… como seria ótimo ver esse tipo de infração sendo tomada.

              • wasdyn

                Concordo. A fiscalização é extremamente precária e, mesmo sendo proibido, por que eu deixarei de fazer se não há punição?

                • granrs78

                  Simples, por que se a lei existe, mesmo que a fiscalização seja falha, temos que fazer a nossa parte e cumprir a lei e não simplesmente já que não multam eu vou fazer errado, no meu ponto de vista se fizessemos a nosso parte, garanto que o nosso transito seria muito melhor.

                  • wasdyn

                    Concordo com você, mas não é assim que o pessoal pensa. Tem um jargão jurídico que diz algo como "não há lei sem coerção" – não adianta proibir se o transgressor não for punido, a lei acaba virando apenas um concelho.
                    Infelizmente não dá para partir do pressuposto de que "se todos fizessem sua parte…". Eu também faço a minha (inclusive denuncio infratores pelo 1188) porque tenho consciência de que a evolução só vem se todos colaborarem, mas em qualquer lugar do mundo as leis são necessárias porque sempre tem alguém querendo levar vantagem em cima dos outros, em alguns lugares mais, em outros menos. Infelizmente tem hora que dá desgosto de ser um "bom cidadão", você faz, faz, faz e não ve resultado, enquanto o "esperto" ve o resultado e não é punido, é frustrante.

            • wasdyn

              Faltou citar ciclistas e pedestres, que também gostam de abusar por serem o "lado frágil". Existem previsões de multas para estes no CTB.

      • SilenceBass

        Até concordo, mas proibir "os fins" não justificam "os meios".

        "o problema do Brasil é o brasileiro".

        • granrs78

          Discordo, pois sou brasileiro e tento cumprir com a minha obrigação de cidadão e respeito os pedestres e não paro em lugar proibido, ou vaga preferencial. Não podemos generalizar, pois garanto que ainda existam muitos brasileiros que respeitam as leis. Temos que fazer a nossa parte e cumprir a lei, simples assim.

          • wasdyn

            Eu concordo que o problema do Brasil são os brasileiros. Um país não é definido pelos governadores, mas pelo povo. Se o país está na m**** que está certamente é porque o povo quer isso ou, se não quer (que é no que eu quero acreditar), nada faz. O governo nada mais é do que o reflexo de seus representantes. Eu ia começar a escrever uns negócios mas o pessoal ia achar que estou estimulando uma rebelião geral, então… Suhsuhaushaushsuhsuha
            Também acredito que existam muitos brasileiros "de bem", mas parece que são minoria ou, caso sejam maioria, estão escondidos em algum lugar se conformando com a situação.

      • Cidadão ovelha!? Boca aberta!?

        Nossa! Que comentário infeliz! Tipo…os incomodados que se mudem, não é?

        Não são os incomodados que devem se mudar mas, os incomodadores.

        Nós não podemos nos submeter ao crime pela incopetência do estado! São os bandidos que devem deixar de usar as motos e não nós!

        Ok, acabam-se as motos e usarão carros…vão acabar com os carros também? Muda-se para helicópteros e usarão os helicópteros, etc…

        O que tem que acabar é o crime e não nossos meios de transporte!!!!

    • NitroBR

      eles esperam oq com isso, que agora o bandido vai tirar o capacete antes de assaltar?! o.0
      "isso eh um assalto!"
      "moço, nao pode usar o capacete no estabelecimenteo, senão o senhor levará uma multa de 500 reais!"
      "ah ta desculpa!"
      …tira o capacete…
      "isso eh um assalto"…

      vai entender

  • wasdyn

    O criminoso também terá que tirar o capacete?

    • CharlesAle

      pelo jeito sim.,e não usar arma também!!!!

      • wasdyn

        Poxa, se é assim eu apoio a lei. Shhsahsuahushssuahsu
        Infelizmente as coisas são assim por aqui, cria-se uma lei que obviamente não resolverá o problema e quem se dá mal (mais ainda) é o cidadão de bem. Mas o importante é criar a lei, mostrar serviço e dizer que está fazendo o possível para resolver o problema.

        • danieldourado_2

          Acho que vocês não entenderam o propósito… Não é obrigar o bandido a tirar o capacete, mas sim facilitar a identificação dos bandidos quando alguém tiver entrando em local proibido com capacete, né? O bandido perde a vantagem da surpresa, já que vai ser o único a entrar com capacete, logo vai inibir a ação (não evitar)

          • wasdyn

            Sim, eu entendi, mas será mesmo que ele tirará o capacete? Não há qualquer barreira para entrar num posto, como há em bancos, desta forma o acesso será possível tanto com quanto sem capacete. Quero ver o frentista que vai reclamar do capacete vendo uma arma na mão do cara, e depois, se vier multa, quem terá dor de cabeça com recurso será o dono da moto (porque provavelmente o bandido estará com uma moto roubada).

            • danieldourado_2

              Claro que o bandido não vai tirar o capacete, é prejuízo pra ele. O que vai acontecer é o povo ver alguém chegando de capacete, o que é proibido, e vão ficar alertas. Pensando nisso, o bandido vai pensar duas vezes antes de assaltar dessa forma, já que vai ser mais arriscado.

              • Tito Reis

                Ah tá, espere e verá logo logo nos noticiarios que inocentes foram mortos a tiros só por entrarem nesses estabelecimentos usando seus capacetes, por simplesmente desconhecerem a lei.

                Sim Desconhecimento que irá tirar vidas, seja de um turista (afinal isso não é lei federal), seja de uma pessoa que não leia, seja de uma pessoa desinformada, afinal isso aqui é Brasil.

              • wasdyn

                Pode até ficar esperto, mas o assalto acontecerá da mesma forma, a única diferença é que o "susto" será menor. Até porque para entrar num posto de moto não é demorado, em 1 segundo o sujeito já passou da rua para o lado do frentista (um segundo não é forma de falar, é tempo mesmo).

          • Felix_S

            Parece que vc foi um dos poucos que entendeu o espírito da coisa. Chega de crítica pela crítica (gostei, parabéns!)

            • wasdyn

              Desculpem mudar um pouco o assunto, mas vejo este tipo de lei da mesma forma que a lei de cotas. Ao invés de resolverem o problema pela raiz (falta de segurança pública no caso da moto, a precariedade do ensino público no caso das cotas) querem mascará-lo, o que acaba prejudicando quem está com a razão e em nada resolvendo o problema. O correto seria melhorar o policiamento e fiscalizar e punir eficazmente no caso da moto e melhorar o ensino público no caso das cotas, ao invés de garantir vagas nas faculdades públicas para alunos de escolas públicas, mesmo que menos preparados e tirando vagas de quem realmente está preparado.
              Mais uma vez peço desculpas, mas para mim quem acha que este tipo de lei está correto simplesmente não analisou a questão com um mínimo de aprofundamento.

              • wasdyn

                Se é para resolver os problemas desta forma vamos proibir que todos saiam de casa, os acidentes de trânsito zerarão e os crimes certamente cairão mais que pela metade. Vamos proibir também os pobres de se reproduzirem, assim acabamos com a pobreza do país. E nem só de proibições as coisas se resolverão, podemos obrigar todos os ricos a dar metade do seu salário aos pobres, reduzindo (e muito) a desigualdade social.

              • _redrum

                Ué wasdyn… Justo vc que é tão favorável à lei seca indo contra essa nova canetada? Pensei que você ia gostar dessa também!!

                • wasdyn

                  Redrum (tem algo a ver com "O Iluminado"? Hahaha, meio fora do assunto).
                  Então, a lei seca vejo como necessária e justa porque visa punir aqueles que realmente estão errados (dirigindo alcoolizados) e tem capacidade de resolver as coisas se utilizada em conjunto com boa fiscalização. Esta lei do capacete no posto vejo como algo que prejudica todos pelo erro de alguns. Seria muito mais fácil, no caso da lei seca, proibir o consumo de bebidas alcoólicas no país, seria legalmente impossível alguém dirigir embriagado (tirando o Listerine, os bombons de licor e algumas outras bobeirinhas, hehehe), mas estariam fazendo uma abordagem errada do problema, ao invés de punir quem bebe e dirige estariam punindo TODOS, inclusive os que gostam de tomar uma cervejinha depois do trabalho ou um vinho no jantar e voltam de carona/táxi/ônibus/metrô/a pé… [continua].

                  • wasdyn

                    [continuação]
                    Pois bem, partindo do pressuposto que o consumo de bebidas alcoólicas está proibido torna-se inútil a utilização do bafômetro ou de alguma lei que regulamente quem dirige alcoolizado, sob pena de o Estado estar afirmando que é incapaz de fazer cumprir suas leis. Se não há bafômetro nem lei, vou dirigir alcoolizado e não serei punido, pelo menos não por DIRIGIR alcoolizado (se em algum momento eu for pego alcoolizado as consequências serão maiores porque, para estar alcoolizado eu fiz uso de alguma bebida alcoólica, e seu consumo é proibido (provavelmente a nível Federal). [mais uma vez, continua]

                    • wasdyn

                      [continuation]
                      O que esta lei do capacete está fazendo é justamente isso, ao invés de aumentar a segurança (seja aumentando o número de policiais, seja melhorando seu treinamento ou qualquer outra coisa) e pegar quem realmente está cometendo crimes proíbe-se o uso do capacete em determinados locais, tornando juridicamente impossível alguém assaltar um posto utilizando capacete.
                      Não sei se fui claro ou se enrolei muito, tenho este problema de querer explicar as coisas muito detalhadamente e, no final, o texto fica muito comprido, com muitos parênteses e exemplos.
                      [continua {será a última vez}].

                    • wasdyn

                      [última continuação]
                      Em alguns posts cheguei a fazer a comparação com a lei de cotas, que garante que "x" vagas de uma universidade estarão reservadas a alunos de escolas pública, estejam eles preparados ou não. O correto, para assegurar o ingresso destes alunos na universidade, não seria melhorar o ensino público? Sim, mas do modo que está agora é mais barato e fácil, e de quebra garante alguns votos.
                      Acho isso extremamente injusto por dois motivos: primeiro porque querem acabar com o problema de um ponto que não é a raiz; em segundo lugar porque pessoas que realmente têm capacidade de entrar na universidade e têm mais a oferecer (sem preconceitos aqui -aliás, aqui e em qualquer outro lugar) estarão perdendo a oportunidade para dar lugar aos "coitadinhos".

                    • wasdyn

                      Finalizando, é isso aí. Se não tiver ficado claro sinta-se a vontade para perguntar e se não concordar com algum ponto meu sinta-se igualmente para iniciar uma discussão (saudável). ;)
                      Abraços.

    • PONCIO PILATOS

      sim sim..kkkk a lei é para todos afinal, poder cogente…
      agora se vão usar, aí já são outros quinhentos….

  • kikofar

    Idiotice é pouco!!!!!! País de m… esse nosso. Ao invés de endurecer as penas e dotar a polícia de equipamentos e gente bem treinada/remunerada pra prender esses vagabundos, acham a solução mais simples e ineficaz. SERÁ QUE O BANDIDO VAI TIRAR O CAPACETE DELE PORQUE EXISTE UMA LEI????

    Repito: país de m… mesmo!!! Parece a estória do maridão que flagra a mulher dando pra outro no sofá da sala. E pra acabar com o problema, joga fora o sofá! kkkkkkkkkk OHHH PAÍS DA PIADA PRONTA!!!!!!!!!

  • wasdyn

    Não seria mais eficiente proibir todos de sair de casa? Assim todos os acidentes de trânsito e mais da metade dos crimes acabariam. Se é pra fazer m****, que faça bem feita.

    • Marciomaster

      Ja estão proibindo, não pode fumar, não pode beber e em são paulo, estão fechando as zonas, então ja não pode F… tambem. Enquanto isso os bandidos andam armados, matam, estupram, tudo com o amparo da lei branda, que acaricia o vagabundo e maltrata o trabalhador…eita brasilzão

      • wasdyn

        Frase de programa sensacionalista, mas "quem está preso somos nós".

  • CharlesAle

    Brasil é um País que se recusa a ser sério,em nenhum lugar do mundo bandidos tem tanto privilégio,aliás,cadê os mensaleiros,estão presos já???

  • Tosca16

    Eu como motociclista me sinto injustiçado, sou sempre o propício criminoso . Até as fiscalizações que deveriam ser pra todos focam os motociclistas , tá chato isso . Pelo que anda um dia moto será pra um só passageiro por que já ví tentativas de proibir garupa , quando chegar a esse ponto eu num quero está mais aqui.

  • eduardo_ogg

    Promoção = Seja assaltado e ganhe grátis uma multa

    • wasdyn

      Prefiro a promoção que abastece 20 reais e ganha uma ducha. Mas parece que não dará para escapar da "sua" promoção. xD

  • AutoNacional

    Se um motociclista entrar no posto de capacete ( que pela lógica é bandido se tomar essa atitude ), e um segurança habilitado atirar neste motociclista ( que esta de capacete ) o segurança agiu dentro da lei ? Seria um caso de legitima defesa ? Seria o mesmo principio de atirar em alguém que entra no patio da sua casa com arma em punho ?

    • Andre Dias

      Um segurança habilitado não deveria atirar uma arma de fogo dentro de um posto de gasolina, independentemente da hipótese, pelo risco de explosão envolvido. Caso ele não possa conter o criminoso sem disparar, deve esperar até que saiam do posto para área segura para só então reagir.
      E ele precisa estar ciente que é uma lei estadual, não uma lei federal. Imagine se um motociclista de outro Estado, que não sabe da lei, entra de capacete em um posto e logo já é recebido a tiros?

    • wasdyn

      O simples fato de o cara entrar de capacete no posto não o torna um criminoso (acho que a lei considera isso como infração, ou não?). Mesmo que fosse um criminoso o segurança só poderia atirar se realmente houvesse algum risco, como por exemplo o bandido sacar a arma e apontar para ele. Senão isso justificaria dar um tiro num garoto que está furtando balas na padaria (ele está cometendo um crime).
      Acho que o princípio é diferente, porque no caso da casa o bandido está armado e representa um risco para você, no caso do posto ninguém garante que ele está armado ou que seja um criminoso (pode ser só um turista que desconhece esta lei sem nexo).

      • _redrum

        O simples fato de beber uma taça de vinho também não!! Mas vc sempre vem e defende com unhas e dentes a lei seca! Mantenha a coerência nos seus argumentos!! Não mude sua opinião só quando a água tocar a parte de cima de suas coxas… Todas as canetadas são desse tipo: o marido encontra a mulher e o amante no sofá… Como solução ele vende o sofá…

        • wasdyn

          O que eu quis dizer é que não é só porque o cara entrou de capacete no posto que automaticamente ele é um criminoso e está disponível para tomar uns tecos sem consequência ao atirador. Mesmo que seja um assaltante, se sua vida (ou de outra pessoa) não estiver em risco a lei não te dá o direito de atirar no bandido. Atirar na cabeça do bandido que está ameaçando dar uma paulada na coxa do frentista é "excesso punível", quando há desproporção entre a ameaça e o meio utilizado para combate-la.
          Com relação a beber uma taça de vinho e se tornar criminoso, é complicado. EU particularmente sou a favor da tolerância zero (ressalvada a margem de erro do aparelho), acho que por menor que seja o efeito de uma taça ou uma latinha, este efeito existe e, quando estamos dirigindo temos que estar no mínimo 100% concientes.

  • Castle_Bravo

    Por que não proíbem roubos e porte de armas também para que assaltos não aconteçam? ah… já proibiram também…

    Brasileiro acha que tudo se resolve com leis. "Proíbe isso!", "Proíbe aquilo!", "Tem que proibir!", como que se magicamente os problemas se resolvessem com um canetaço.

  • jnasser

    Era mais fácil proibir o assalto a postos.

    • wasdyn

      shausuhauhsuuahsuua
      É verdade. O que parece é justamente que não existe lei contra isso. O cara assalta , ou responde em liberdade ou cumpre 0,5% da pena (e o tempo que passou preso serve para aumentar seu potencial ofensivo), e já volta a barbarizar.

  • MecanicoDigital

    Deviam proibir o uso de capacete em todas as situações. Os motociclistas seriam mais responsáveis no trânsito, pois pensariam duas vezes antes de se arriscarem tanto, e os bandidos não teriam mais a vantagem do anonimato.
    Sei que muitos podem discordar da minha opinião, mas é o meu ponto de vista. O capacete hoje acaba encorajando muitos a serem irresponsáveis no trânsito, e outros a cometer vários delitos, o que foge completamente da finalidade deste dispositivo. Na prática, o capacete se tornou um acessório da imprudência e da criminalidade.

    Sou a favor da abolição total do capacete.

    • radiobrasilcombr

      Ou.. q tal um capacete transparente? rss

    • rafa_marcao

      Se é assim, vamos tirar os cintos de segurança!

      • MecanicoDigital

        Cintos de segurança não impedem a identificação do condutor.

        • wasdyn

          Mas ele não falou em identificação, apenas em "baixar a bola" de quem exagera achando que o cinto salvará sua vida, pois você mesmo utilizou no seu post a questão da identificação E a questão da segurança/irresponsabilidade ("os motociclistas seriam mais responsáveis no trânsito, pois pensariam duas vezes antes de se arriscarem tanto…").

          • MecanicoDigital

            A questão da lei não é pela segurança do condutor, e sim por sua identificação ….

            • wasdyn

              Então, mas acho desnecessário se identificar sabendo que bandido nenhum fará isso. Para mim essa é uma lei que não tem capacidade demresolver o problema, apenas gerar transtornos para gente de bem, além de ter sido criada para mostrar serviço.

              • MecanicoDigital

                Por isso eu sou a favor da abolição do capacete. Pois todos estariam de cara limpa, sem nada a esconder. O cidadão de bem estaria mais seguro, sabendo quem está na sua frente, e os bandidos não teriam mais este artifício legal para praticar seus crimes.

    • wasdyn

      E os acidentes que não acontecem por imprudência dos motoqueiros, mas de terceiros? Por exemplo o caso dos policiais que caíram de moto porque havia areia na pista, imagine se um deles está sem capacete e bate a cabeça no chão.
      Se é assim, vamos proibir também o cinto de segurança, os airbags, abs… Assim os motoristas ficariam menos seguros e "andariam na linha". Esses itens não dificultam a identificação, mas como você mesmo citou o fato da responsabilidade e de se arriscar…

      • MecanicoDigital

        Entendo o seu ponto de vista, e concordo que o capacete é um item de segurança importante para seu portador no caso de acidentes com motos. Entretanto, acho válido refletirmos até que ponto este objeto deixa de ser um item de segurança e passa a ser um acessório a favor da impunidade, da imprudência e da criminalidade. Se observarmos dessa forma, chegaremos à conclusão que o capacete não cumpre mais seu objetivo de segurança, pois quem o utiliza põe em risco a vida de outras pessoas.

        Entendeu o paradoxo?

        • wasdyn

          Isso entendi e até concordo que ele aumenta a sensação de segurança, mas acho que não a ponto de ser o responsável pela irresponsabilidade de alguns. Se o cara é imprudente provavelmente o será tanto com quanto sem capacete. Resumindo, não se pode deixar a pessoa ainda mais vulnerável apenas para que ela ande na linha.

          • MecanicoDigital

            O problema amigo Wasdyn, é que a segurança dos motociclistas está sendo garantida às custas da insegurança de toda uma sociedade.
            Ou seja, a segurança de alguns motociclistas está sendo preservada em detrimento da segurança da sociedade inteira.

            Neste aspecto, o capacete acaba sendo o vilão da história.

    • Marciomaster

      Concordo com mecanicodigital, ja que não estão resolvendo a fundo o problema da violencia,que se resolve sim é com punição, é com conseguencia ao infrator, que pelo menos em prol da sociedade, pela segurança de todos que proibam o uso do capacete.

  • Andre Dias

    É sempre a proibição xiita.
    "Não pode passar 5km/h da velocidade máxima pois pode have rum radar, não pode beber um copo de cerveja, não pode usar capacete em posto de combustível, não pode usar celular em banco"
    Os legislasdores brasileiros e a população que apóia essas medidas esquecem-se que, por causa de alguns a liberdade de todo o resto está sendo cerceada. O pior de tudo é que são medidas que educam de uma das formas menos eficazes que os pedagogos conhecem: pelo medo. Investir na educação de base nas escolas, procurar melhorar a vida do cidadão, a cultura, isso ninguém faz. Fácil é dar canetadas criando leis Datenísticas.

    • expresso222

      Concordo com vc Andre Dias. Para acabar com um carrapato estão matando o boi.

  • Diggo

    Não é fácil viver no Brasil e ainda pensar que existe país pior! Nossa!

  • ubiratamuniz

    Na real?

    Sou motociclista e SEMPRE que entro no posto pra abastecer a moto tiro o capacete, justamente para facilitar minha identificação pessoal (mesmo quando estou usando capacete do tipo "aberto"). Não custa nada e não faz mal nenhum.

    Se todos os motociclistas "de bem" tivessem essa simples atitude de educação (que facilita muito a identificação da pessoa e não faz perder tanto tempo assim), a lei seria desnecessária. Mas como tá cheio de "esperto" aí que não admite perder, sei lá, 30 segundos pra tirar e colocar um capacete, acaba sendo obrigado por uma lei a fazer o que deveria fazer por simples bom senso.

    Então, podem jogar pedra, mas sou motociclista e sou favorável a essa lei. Entrou no posto, parou a moto, tira a droga o capacete e mostra a cara. Devia ser automático, mas infelizmente no Brasil as pessoas só fazem isso se tiver ordem de cima.

    E obviamente, sem contar a questão da educação, ainda tem o fato: se a polícia fizesse seu trabalho direito (e muitas vezes não o fazem não por falta de vontade, mas por falta de condições mesmo, falta pessoal, falta equipamento, falta salário) isso sim diminuiria a criminalidade. Mas já que isso é uma utopia, não custa nada fazer a nossa parte pra fazer com que os outros se sintam um pouquinho mais seguros. E se a medida que eu posso tomar pra fazer com que o funcionário do posto se sinta um pouco mais seguro é tirar o capacete e mostrar minha cara quando paro minha moto, que o seja!

    Mas infelizmente é assim no Brasil, no local onde trabalho (Não tem nada a ver com segurança pública, mas é só mais um exemplo de norma que seria totalmente desnecessária se o povo tivesse um mínimo de educação e cortesia) tiveram de estabelecer escala de elevador no horário de almoço (um não para no térreo e outro não para no subsolo) por causa dos espertos que pegavam o elevador descendo no térreo pra não pegar elevador cheio subindo do subsolo (aí enchiam o elevador no térreo e o pessoal do subsolo ficava chupando dedo), só porque não são capazes de esperar dois minutos até o próximo elevador.

    O que eu queria mesmo era que houvesse fiscalização séria com as películas super-escuras (leia-se além do limite previsto em lei). Não dá pra ver quem tá dentro do carro, quantas pessoas estão dentro do carro, e no trânsto, quem tá no carro/moto atrás não vê o trânsito à frente e dificulta a antecipação de manobras defensivas.

    • wasdyn

      Não vejo o fato de tirar o capacete como bom senso. Também não vejo o fato de não tirar o capacete como "espertisse" e não querer perder tempo (vejo esse tipo de pensamento no cara que não respeita a preferencial ou atravessa a rua quando não tem a preferência ou, pelo menos, segurança).
      Acho que tirar ou não o capacete vai de cada um, não vejo necessidade real para tirá-lo. EU, pelo menos, se fosse motociclista só passaria a tirar se a lei me obrigasse, o fato de eu estar com ou sem capacete em NADA mudará.
      Com relação ao elevador, concordo com você e infelizmente as coisas são assim por aqui. E o legal é que não proibiram (porque proibição depende da vontade da pessoa respeitar ou não), mas impossibilitaram, o que realmente resolve o problema.
      Bom, essa é minha opinião, espero que a leia desta forma, e não como uma crítica.

  • CeloSurf_

    Ao invés de investir em policiamento, segurança, combate ao tráfego, etc… Aqui se investiu todo dinheiro que tinha e o que não tinha em estádios, agora ficam com estas palhaçadas. O importante é que a copa vai ser aqui!

    • jonasperola

      Excelente comentário, pra começo do assunto nem me interessa se vai ter copa, não vou gastar um centavo pra perder tempo nesse caos, vou acompanhar pela TV de graça e sem raiva, pra começar eventos desse tipo é pra que é endinheirado, baixa renda se muito ficar fora do estadio, que o ingresso deve custar os dois olhos da cara.

      • wasdyn

        Posso parecer espírito de porco, mas torço para que aconteça alguma m**** em algum estádio durante a copa (mas que nenhum inocente se fira) para mostrar como as coisas são por aqui, tudo feito às pressas na base do adorado jeitinho.

    • wasdyn

      Ah, só uma observação. Creio que você quis dizer "tráfico" ao invés de "trafego", correto?

      • CeloSurf_

        isso isso isso

  • pumagtb

    Como sempre neste país se pune o honesto ao invez dos bandidos. Mais uma prova do despreparo e incompetência dos governantes.

    • wasdyn

      Acho que não é despreparo, eles apenas não têm interesse em fazer a coisa certa porque demanda muito tempo, dinheiro e preparo. Além disso eles não são afetados por estas leis medíocres que criam. Qualquer um com pelo menos um neurônio funcionando percebe que este tipo de lei não resolve o problema.
      Resumindo, não creio que seja despreparo, apenas desinteresse.

    • jonasperola

      O governo da preferencia para o rico, o pobre (assalariado) é pisoteado com a pesada carga tributária e de brinde recebe em troca ruas e rodovias esburacadas, saúde um caos, segurança publica nem se fala, eu queria ver se fosse na Grécia, Europa, o governo faz firula mas o povo responde a altura na base do quebra quebra. Aqui somos roubados na cara dura e ficamos calados, do tipo "deixem que roubam". Eu sozinho não tem como ir até o Planalto central, por isso temos que nos organizar e reivindicar nossos direitos (de forma pacifica).

  • DanielPiccoli

    em sao paulo tem quadrilah especializada em assalto de madrugada a taxis da Grarucoop…. vejam o simples fato:

    Que voos chegam de madrugada ? Internacionais,
    Quem paga 150 reais num taxi da guarucoop em SP? quem tem um pouco mais de dinheiro

    Logo esses taxis viraram alvos de assalto na madrugadas por transportarem passageiros, vindo do exterior com compras e malas cheias.
    Nas entradas dos bairros nobres de SP, taxi guarucoop de madrugada é alvo de assalto.

    Olha que a que nivel chegou esse pais.

    • Marciomaster

      Estamos na beira do caos em segurança publica, mas tem mais gente indo para as ruas protestar contra a cubana que esteve aqui esses dias, do que pessoas cobrando segurança publica. O novo codigo penal esta sendo refeito (e diga-se de passagem, esta mais brando ainda) e ninguem se manifesta, o presidente tem mais de 60% de aprovação, e esta facil comprar parcelado, seja carros ou qualquer outra coisa, então esta tudo bem no Brasil……sinceramente não me conformo

  • Esta lei chegou agora no interior em minha cidade



Send this to friend