*Destaque Audi Cupês Lançamentos Preços

Audi A5 2018 começa a ser vendido no Brasil e parte de R$ 190 mil

Audi-A5-2018-br-1 Audi A5 2018 começa a ser vendido no Brasil e parte de R$ 190 mil

A Audi anunciou nesta quinta-feira, 29, a chegada da nova geração do A5 no mercado brasileiro. O modelo já pode ser adquirido nas concessionárias, mas começará a ser entregue somente em agosto. A linha do novo carro é composta por quatro versões de acabamento, sempre com motor 2.0 TFSI com duas configurações. O preço inicial é de R$ 189.990.



Além do visual mais moderno e do interior mais refinado e tecnológico, o novo Audi A5 2018 está ligeiramente maior que a geração anterior, com 4,73 metros de comprimento (2 cm a mais), 1,84 m de largura (1 cm) e 2,82 m de entre-eixos (1 cm). O porta-malas segue com 480 litros. Além disso, graças ao uso de novas ligas de aço de alta resistência, o carro está 85 kg mais leve.

Audi-A5-2018-br-2 Audi A5 2018 começa a ser vendido no Brasil e parte de R$ 190 mil

O motor do novo Audi é um 2.0 TFSI de quatro cilindros a gasolina, que rende 190 cavalos de potência ou 252 cv, sendo esta última configuração com tração integral quattro.

A versão mais em conta da linha do A5 2018 é a Attraction, equipada com seis airbags, rodas de liga-leve de 17 polegadas, ar-condicionado digital, bancos em couro com ajustes elétricos, retrovisor antiofuscante, sensores de luz e chuva, ajuste dos modos de direção e destravamento das portas e partida do motor sem chave.

Há ainda o Ambiente, que inclui rodas aro 18, painel Audi Virtual Cockpit configurável, bancos dianteiros esportivos e sistema multimídia MMI com navegador.

Audi-A5-2018-br-4 Audi A5 2018 começa a ser vendido no Brasil e parte de R$ 190 mil

O Ambition segue os mesmos itens de série do Ambiente, mas se diferencia pelo motor mais potente. Por fim, o Ambition Plus agrega teto solar panorâmico, faróis full LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, retrovisores com rebatimento elétrico, câmera de ré e ar-condicionado digital.

Como opcional, há os pacotes Assistance City e Assistance Tour, que incluem controle de cruzeiro adaptativo, sistema Traffic Jam Assist que controla a direção em velocidades de até 65 km/h e sistema Active Lane Assist que mantém o carro dentro da faixa de rodagem.

Confira os preços do Audi A5 2018:

  • Audi A5 Attraction 2.0 TFSI (190 cv) – R$ 189.990
  • Audi A5 Ambiente 2.0 TFSI (190 cv) – R$ 213.990
  • Audi A5 Ambition 2.0 TFSI (252 cv) – R$ 239.990
  • Audi A5 Ambition Plus 2.0 TFSI (252 cv) – R$ 268.990

Opcionais: 

  • Teto solar elétrico (de série no Ambition Plus) – R$ 9.900
  • Pacote Assistance City (exceto Attraction) [Audi pre sense/Audi Side Assist/Câmera de ré (de série Ambition)] – R$ 12.600
  • Pintura metálica/perolizada – R$ 2.000

 

Galeria de fotos do Audi A5 2018

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

  • GABRIELCSFLORIPA

    Com opcionais vai passar dos 300 mil.

    • GPE

      O top nao tem opcionais

      • GABRIELCSFLORIPA

        Então não está tão caro. (para o padrão brasileiro)

      • Eduardo Edu

        Tem, som bang & olufsen, condução semi autônoma entre outros…

  • Jonas

    Um dos carros mais bonitos que já vi. O mais bonito dentre todos da Audi.

  • Roberto

    Tive um A5 Coupe Ambition 2013 0Km, o carro era muito bom, mas relato minha experiência: paguei 200k nele na época e não tinha GPS (opcional por 10k) nem ar condicionado dual zone (coisa que carros 2013 de 60k tem).
    Gostei muito do carro mas rolou uma desvalorização monstra (usei ele na troca por 110k em 2016 com pouco menos de 10 mil KM rodados) e revisões semestrais caríssimas da Audi (de 800 a 1800 por revisão).
    Foi a coisa com pior custo x benefício que já fiz na vida e não terei outro carro da marca nem se ganhar na Mega Sena!

    • Eduardo Edu

      Audi é Vorsprung durch Technik, mas desvaloriza muito, tem seguro e manutenções a custos estratosféricos.

      • th!nk.t4nk

        Audi, BMW, Mercedes e Volvo são ótimos pra ter fora do país. No Brasil nunca “valem a pena” de fato, no máximo o prejuízo é menor às vezes.

        • Gran RS 78

          Tenho uma X1 à 2 anos e meio e estou muito satisfeito com o carro. Até agora foi só alegria.

        • OtarioBrasileiro

          Valer a pena é relativo. Eu não acho que vale a pena andar de Gol. Mas é claro que se o objetivo for ir do ponto A ao B apenas o custo-benefício de um Gol é melhor. Mas se formos discutir custo-benefício de carro, vamos chegar a conclusão que é melhor andar de Uber… enfim, cada um com suas prioridades…

    • Creio eu que esse tipo de carro vale mais a pena quando o proprietário fica com ele vários anos, ainda mais se usar pouco. Desvalorização é muito alta, até porque ele vira um resto de rico. Quanto a manutenção talvez seja mais viável fazer fora das concessionárias.

      • Leonardo

        O problema é quem compra esse tipo de carro tem grana para trocar com frequência. Geralmente vendem ao fim da garantia.

      • th!nk.t4nk

        Na Europa quem compra carro dessas marcas premium fica às vezes mais de 1 década com o carro. Compram quase como investimento mesmo, e não pra mostrar (até porque ninguém vai se impressionar nesses lugares com um A5 mesmo). No Brasil que é carro de rico e trocam anualmente.

        • oloko

          Sim mas lá da pra ficar com um carro desse e ter outro sem ter que deixar o salário, o filho e um rim pra manter, além de que toda estrutura é melhor pra manter um carro desse sem ele se desintegrar, uma pena aqui ter que ser rico mesmo pra fazer algo assim

        • OtarioBrasileiro

          Verdade. Mas a manutenção lá e menos extorsiva do que aqui. E não há falta de peças. Por isso você vê muita gente com Mercedes com 20 anos de uso numa boa!

      • OtarioBrasileiro

        Na verdade o melhor negócio com importados é pegar um com dois anos e vendê-lo após 1 ano, isso se você souber a procedência. Assim vc já pega o carro desvalorizado, curte um pouco e repassa.

    • Miro Saraiva

      Depois de uma Revisão de grand Siena de 25mil km por mais de 1300$ revejo meus conceitos. Acho q enrolaram feio meus pais. Triste

      • oloko

        Pois é , mas essa é a famosa ”revisão da concessionária” que eles fazem um monte de coisa que o carro não precisa e metem a faca,o negócio é a revisão recomendada pela montadora e já era, o resto que eles cobram nessas revisões você faz por fora e mais barato

    • Lucas

      Compartilho do mesmo sentimento, amigo. Tive um A4 ambiente 2015 e me desfiz dele com menos de 12 mil km rodados há 6 meses, por 90 mil na troca por outro veículo, porque NINGUÉM queria comprar. O valor da nota foi cerca de 130 mil na época.
      Até mesmo a concessionária queria pagar menos de 80 mil nele na troca por um zero, um ABSURDO!!
      Hoje em dia, infelizmente eu dirijo um Toyota, que é um lixo se comparado a um alemão, mas pelo menos não me cobram 3 mil numa revisão e tem boa liquidez.
      Mas que de vez enquanto bate saudade, ah, isso bate…

      • Louis

        É o que eu já disse, conheço bastante gente que poderia ter um alemão premium, mas está de Corolla / Civic porque não querem ser “esfolados” nas manutenções destes premium.

      • Romualdo Vieira

        Lucas, vc não pensou em fazer revisões fora da concessionária e continuar com o Audi? De repente valeria a pena. Não sei onde mora, mas há em São Paulo várias oficinas especializadas em marcas premium, que são honestas e cobram valores aceitáveis por revisões…

        • Lucas

          Pensei, amigo. Mas moro em Belém e aqui é bem difícil encontrar oficinas realmente especializadas. Fora o fato de que aqui ninguém compra carro premium se ele for revisado fora da concessionária. A primeira coisa que as pessosa que entravam em contato me perguntavam, era:”Foi revisado na concessionária?”.

    • Roger Bersch

      Feliz quem comprou por 110k um A5 com menos de 10k rodados.

    • cepereira2006

      Imagina se chega a acontecer uma batidinha com uma jaca destas. Só o farol do A3 (veja bem, A3!!!!) da 4rodas que pegou uma pedra custou 7.000 reais, imagina um pequeno encostão em uma árvore ao estacionar, que pegue parachoque, lanterna e um pouco de lata. Seria algo escusável, uma vez que você não foi avisado sensor de estacionamento (ausente na versão attraction). Seria coisa de 20 mil para cima. Daí o cara dirige todo cagado, não vale a pena. Mesmo pegando usado o pepino é grande.

      • Leonardo

        Também penso nisso. Você dirigir morrendo de medo de bater qualquer coisinha corta o tesão total da direção. E quem não se preocupa com o valor de um eventual reparo, provavelmente não tá andando de a4 ou a5 e sim de a7 ou q7.

        • OtarioBrasileiro

          Conhece seguro (2)? Rs

          • Leonardo

            Tanto o seguro quanto a franquia de um carro desses é ABSURDAMENTE alta. Seguro desse tipo de carro é só pra PT mesmo.

            • OtarioBrasileiro

              Calma: então vc compra um carro de 200k e fica torcendo para não ser roubado ou morrendo de medo de bater??

              • Leonardo

                Claro. Alguém torce pelo contrário?

                • Louis

                  Já tive carro caro 0km, cada vez que parava na rua era uma preocupação… Hoje com carro velho, sou um cara mais livre, mais leve…Chega de ser escravo de carro.

                • OtarioBrasileiro

                  Ninguém torce o contrário, só me espanta viver esta vida de risco! Rs

            • Vinicius

              Farol tem cobertura separada, tal como vidros. A franquia é bem menor. É só o cidadão se atentar em contratar a cobertura correta.

      • OtarioBrasileiro

        Conhece seguro? Rs

        • cepereira2006

          Conhece franquia e perda de bônus? rsrs

          • OtarioBrasileiro

            Conheci bem em 1999, última vez que bati e usei o seguro. Hoje minha classe de bônus é 11. Tenho uma c180 Exclusive 15/15 que peguei zero e pago 3000 de seguro total. Franquia de vidros e lanternas de 200 reais. Para um carro que vale zero 171.900 e 15/15 na casa de 120.000 pra mim está ok.

            O que vc não pode fazer é bater todo ano… rs

    • Charlis

      Realmente pra andar de premium no BR, tem que amar MUITO carro, acima de muitas coisas.
      Pois é fato, que as manutenções custam o dobro ou triplo do valor de um carro não premium.
      Sobre a desvalorização, eu já tenho uma visão que é a mesma.
      Os percentuais são muito próximos (salve as exceções).
      Claro que 10% ao ano, em cima de 60 mil reais, é uma coisa, e em cima de 200 mil reais, é outra.
      Sem contar, que quando o carro é zero KM, além dos 10% do anual, tem os 10% que você perde só de emplacar o carro.

      Mas para contornar isso, a melhor maneira é comprando seminovos.
      Hoje a BMW, Audi, MB, Jaguar, e RR, vende seminovos, utilizando a mesma taxa de financiamento do zero, KM, e dando garantia total de 2 anos (em alguns casos apenas 1).

      Com um valor entre 100 ou 130 mil reais (preço de um Civic Turbo), é muito fácil encontrar Serie 3, A4, C180, entre outros, com 2 anos de uso, e menos de 20 mil km rodados.
      Utiliza financiamento do zero, e 2 anos de garantia total.
      Quando vender, vai perder muito menos, do que se fosse o zero km.

      []s

      • Hulk

        Carro não é investimento, mas despesa, simples assim.

  • NaoFaloComBandeirantes

    O Audi A5 tem abertura da tampa traseira como o “Passatinho”?
    Se sim, que legal.

    • Luiz

      Sim

    • Louis

      É uma das coisas que mais admiro estes coupês. Fica bem mais versátil para carregar o carro com objetos maiores.

      • NaoFaloComBandeirantes

        Sim.
        Eu acho o visual de um sedan muito bacana (é meu preferido como design).
        Porém, não é prático. Você não coloca um microondas grande no carro, pois não passa na boca do porta-malas e nem pelas portas.

        Um coupê desses une o melhor dos dois mundos: a conveniência do hatch com o design e aerodinâmica parecidos com o de um sedan.

  • Robson Mauricio

    Carro lindo, uns dos mais belo da Audi. Será que a de 252cv, vem com tração quattro?

    • oloko

      Sim

  • George

    Eu só tenho um carro deste se virar um político brasileiro rsrsrs

  • Eduardo Edu

    Ambition Plus por 270 mil. Adicione som Bang & Olufsen por 10 mil, assistente de tráfego, etc mais 15 mil. Tanto que no A4, ver esses opcionais é quem nem cabeça de bacalhau

  • dsralves .

    “Ambition Plus agrega teto solar panorâmico, faróis full LED, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, retrovisores com rebatimento elétrico, câmera de ré e ar-condicionado digital.” Tem carro de R$ 110.000,00 que tem tudo isso de série!
    Só quem rasga dinheiro compra Audi, BMW e Mercedes no Brasil…

    • Eduardo Edu

      Depende o que vc quer da vida… vc pode comer muito bem numa churrascaria ou ter uma experiência como cliente premium num restaurante da moda. Agora quem não dá bola ou não entende isso, que compre um Cruze e seja tratado como se tivesse comprado um Celta.

      • dsralves .

        É, você vai ver a conta “premium” que é uma simples troca de óleo numa concessionária Audi.

        • Lucas

          Exatamente 1600 pra óleo, filtro e mão de obra, para um A4 2015, com revisões duas vezes ao ano. A terceira manutenção me custou 2.300 reais com “desconto”, sendo que orçaram em mais de 3 mil! Carro alemão é pra maluco ou pra político. O friso cromado que fica ao redor das janelas oxidou na garantia, e pra conseguir, fiquei mais de 5 meses enchendo o saco do gerente. Hoje em dia se eu cruzar com esse cara na rua, no mínimo um foguete eu dou nele. O sorriso cínico que ele fazia quando eu entrava na css, como se estivesse pensando: “lá vem o otário”, era de doer…

          • Leonardo

            Tive uma Mercedes e era de dar raiva. Não porque eu não pudesse pagar a revisão, mas pagar 1500 para trocar o óleo é de dar raiva. É um dinheiro muito fácil para eles. Eu sou assalariado, tenho que trabalhar um monte para ganhar o meu, daí ver eles cobrarem isso para um serviço básico como esse me doe no senso de justiça.

        • Eduardo Edu

          É o preço de ter um atendimento sem bagunça, tomar um café na mesa do gerente, leva-e-traz de Q3…Sem contar os eventos exclusivos, no Salão do Automóvel era só mostrar a chave para usufruir de um lounge exclusivo open bar e open food … Agora se vc não sabe ou dá bola para nada disso, não adianta nem perder meu tempo explicando.

          • dsralves .

            Amigo, se você quer pagar R$ 1.000,00 a mais toda vez que vai trocar o óleo pra “tomar um café na mesa do gerente” e “ter um lounge open bar e open food” no Salão do Automóvel, quem sou eu pra discutir né…

            • Eduardo Edu

              Vc que está falando sem saber:
              http://www.audi.com.br/content/dam/nemo/br/pdfs/preco-revisao/preco-revisao-05-05-2017.pdf
              E tem mais, se vc leva uma vida low profile e não dá bola para nada disso, não tem porque comprar um carro de uma marca que tem um ótimo relacionamento com o cliente. Fique vc na sala de espera tomando “café passado” junto com a galera de carro com escada no teto.

              • Daniel Alves

                Rapaz, sei nem porque ainda to discutindo com alguém que usa o termo “vida low profile” como se isso fosse algo ruim, mas, enfim, só pelo apreço à informação:
                Tenho um Golf TSI com o mesmo conjunto mecânico desse A3 da tabela. Só a soma das 5 primeiras revisões do Audi custam quase 3 vezes o valor do VW, uma diferença de mais de 3 mil reais (insisto, O MESMO CONJUNTO MECÂNICO).
                Se pra você isso não é ser extorquido, mas sim símbolo de uma “vida high profile” (???), siga em frente.
                Vou pegar essa diferença e passar umas semanas bem low profile tomando café de verdade com meus familiares e amigos em lugares interessantes. Não na concessionária que troca o óleo do meu carro.

                • Eduardo Edu

                  Não devias ser tão literal por entender que o termo low profile é pejorativo. Pelo visto não és muito fã de lógica por achar que tudo que eu disse foi em tom irônico. Na verdade, dependendo do tamanho da cidade, nem vale a pena ter um carro importado e se deslocar até outra fazer uma revisão uma vez que as cidades pequenas estão bem fornidas de concessionárias VW, Ford, Fiat e Chevrolet.

      • XandeeM

        Se quem compra um Celta é tão bem tratado quanto eu,que tenho um Cruze,excelente! Não vejo porque um tratamento inferior.

        • Leonardo

          Eu faço revisão do meu Azera numa CSS de hb20 e o gerente só falta beijar meu pé e me levar no lombo. Quando tinha mercedes parecia que estavam me fazendo favor.
          Na hora da compra foi excelente, até espumante importado estouraram.

          • OtarioBrasileiro

            Quando levo a minha Merça pra revisão levo uma facada mas o gerente só falta me oferecer o c. Tive vários Volvos e as revisões eram ainda mais caras e era mimado também. Pra terem uma ideia me chamavam pelo nome e sobrenome e sabiam da minha vida inteira. Era legal ouvir na oficina: “ze, pega o carro da Paula Toller! Joao, pega lá o carro do Dr. Niemeyer! Paulo, o carro do Tande tá legal?”

            Isso é ser premium! Nas outras vc cai na vala comum.

            • Leonardo

              Bom, na Hyundai sou atendido única e exclusivamente pelo gerente e nem com o mecânico eu falo. Me conhece pelo nome, me oferece café e água, NUNCA perdeu um prazo e sempre me liga quando diz que vai ligar.
              Não faço questão de fazer revisão na mesma concessionária que gente famosa, aliás muito pelo contrário, pois você acaba virando ralé. Na MB nunca me ligavam, cobravam uma facada, todos os serviços demoravam. Péssimo.
              Acho que o que ajuda na Hyundai é eu ir numa concessionária de hb20/Creta com um carro que na tabela custa 180 mil. Certamente tratam diferente. Isso tudo cobrando um preço justo nas revisões.

              • OtarioBrasileiro

                Aí que tá, nunca me senti ralé. Só porque não sou famoso, eles não me tratavam diferente das estrelas. E é muito legal poder conversar com a Paola Oliveira ( que tem um Volvo) enquanto esperava me entregarem o meu carrinho limpinho.

                Mas isso tem um preço: a revisão do meu XC60 ficava na casa de 10mil aos 50mil Km. É uma facada!

                • Leonardo

                  Bom, mas aí é na Volvo. Minha experiência foi na MB.
                  Acho que não conversaria com artistas anyway, afinal nem os conheço.

                  • OtarioBrasileiro

                    Hoje tenho uma C da MB e sou mimado. Enfim, achava que fosse um padrão da marca, mas pelo visto não é.

                    • Leonardo

                      Depende muito da concessionária. As aqui de Brasília só te davam bola se fosse classe E para cima. De qualquer forma, não compensa esse tipo de atendimento pelos valores extorsivos das revisões. Acho preferível uma revisão a preço justo com atendimento honesto, até porque meu tempo e paciência para cuidar de carro é mínimo.

        • Eduardo Edu

          Isso que é democracia!

      • cepereira2006

        KKK Comprei um Cruze e sou tratado melhor do que muita gente de Audi. E sem ninguém querendo me extrair um rim nas revisões. Procure se informar antes de sair falando bobagens.

        • Eduardo Edu

          No Salão do Automóvel, no estande da “Chevrolet”, vc mostrava a chave do seu “Cruze” e te levaram para um lounge exclusivo open bar e open food? Te trataram assim lá? Te convidam para fazer um test drive num “Camaro Amarelo” em eventos exclusivos? O leva-e traz da revisão é de Blazer e te levam sozinho sem precisar dividir espaço com ninguém? Toda vez que vc vai na concessionária, te oferecem um Nespresso na mesa do gerente? Se sim para todas as peguntas, então vc foi tratado “igual muita gente da Audi”

  • RKK

    Esse ficou muito bonito, finalmente a Italdesign Giugiaro na VW honrou o nome.

  • Alexandre

    Vai vender que nem água. Esse design é matador!

    • cepereira2006

      kkkk Gostei do seu otimismo. A versão que poderia vender não tem nem sensor de estacionamento.

  • V12 for life

    A5 só o cupê pois se é pra ter mais que duas portas prefeito o A4, essa traseira sempre foi horrível.

  • oloko

    Muito bonito, só acho que a audi vacila em deixar alguns itens que deveriam ser de série na versão de entrada já de fora, como GPS,rebatimento do retrovisor, camera de ré, que são coisas que um HB20 tem por exemplo, como que não vem num audi de 190 mil?
    De resto o carro é muito top!!

    • th!nk.t4nk

      Bom, tudo o que você disse não vem de série nos Mercedes, BMW, Audi e Volvo de entrada. O que acontece é que nos seus países de origem estes são carros mais acessíveis, não são nem de longe tão exclusivos quanto no Brasil, e por isso tem versões pra todos os gostos e bolsos. No fim até concordo, às vezes o cara só quer um carro confiável, mas não faz questão de tantos mimos. Acho mais difícil justificar a existência do HB20 até, que é um sub-compacto vendido como carro de família no Brasil. Isso é algo bem mais tenso, pois faltam itens bem mais básicos (como segurança passiva e ativa, um projeto mecânico decente, qualidade construtiva, etc).

      • oloko

        Eu entendo o que você quis dizer, e justamente por isso que a audi e as outras marcas vacilam, do mesmo jeito que uma 320 de 160 mil não vem com camera de ré também. O que eu quis dizer foi que pelo fato de o a5 aqui não ser um modelo tão acessível quanto na europa, a audi deveria colocar mais coisa no modelo de entrada, e a comparação que fiz com o hb20 foi porque um carro dessa faixa de preço tem coisa que esse a5 de 190 mil não tem(longe de comparar um hb20 com um a5, e sim puramente alguns itens que tem em 1 mas não tem no outro).

  • Elfo Safadão.

    Quase de graça…

  • Audi a5

    Considerando que a Mercedes c250 coupe tem apenas 211 cv, tração não é integral, nem painel tft e custa 250 mil, este audi com 252 cv, tração integral e virtual cockpit por 230 está uma pechincha.

    • Luiz

      A C250 coupe custa 250 mil não? Acho que vc se enganou. Também prefiro o A5, mais bonito e melhor CxB

      • Audi a5

        Vi em vários anuncios, c250 coupé entre 252 e 269 mil. 16/17 e 17/17.

    • OtarioBrasileiro

      A c250 coupé concorre com o A5 coupé que deve vir mais cara na nova geração. Logo, está comparação está injusta em termos de preço com a MB

  • afonso200

    epoca que vinham com V6 e V8

  • Luiz

    Esse Sedan é PERFEITO, adeus série 4 Gran coupe.

  • Elizangela Oliveira

    Li em outro site que cobram R$26mil pelo motor mais potente a tração quattro!!(Audi A5 Ambiente 2.0 TFSI (190 cv) – R$ 213.990/Audi A5 Ambition 2.0 TFSI (252 cv) – R$ 239.990). Confere?

  • Alexandre Paulino

    Não entendo porque a Audi não faz como a BMW e a Mercedes e vende as versões sem opcionais. Eles seguem a mesma receita da VW.

    • Leonardo

      Spoiler: é um VW de paletó

  • OtarioBrasileiro

    O carro mais bonito da Audi! Mas ainda ficaria com o MB C Class Coupé ou o BM serie 4 coupe para comparar carros da mesma categoria.

  • Vinicius

    Não vem mais com bancos em alcantara? Era sensacional na geração anterior.

  • Fhiasco

    É sério que o ar digital só vem na versão top? Um carro de quase 200k sem ar digital? Brincadeira isso hein…

    • Marcos megdA

      Provavelmente deve seguir o do A4. O ar condicionado é digital de série, mas o opcional é o trizona digital

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend