Audi Sedãs

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

O Audi A8 é tanto o maior sedan da marca quanto o mais luxuoso.

Em 2018 ele completou nada menos que 24 anos de vida, e nessas duas décadas o Audi A8 foi um dos maiores precursores de tecnologias e inovações dentro da gama da Audi.


Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Uma das maiores novidades que o Audi A8 trouxe para a indústria automotiva, foi o fato de ser o primeiro veículo a ser produzido em larga escala com chassi de alumínio.

Então vamos conhecer as quatro gerações desse mito tecnológico chamado Audi A8!

Audi A8 de primeira geração (1994 a 2002)

A primeira geração do Audi A8 foi apresentada ainda sob a forma de conceito em setembro de 1993, durante o Salão do Automóvel de Frankfurt.

O conceito do Audi A8 era chamado Aluminum Space Frame – ASF – era todo feito de alumínio polido e era feito em ação conjunta com a Alcoa (Aluminum Company of America) que adiantava muito do que seria o novo sedan de luxo da marca das quatro argolas.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

O belo modelo de alumínio era basicamente um Audi A8 pronto para fabricação, com exceção da carroceria toda de alumínio, é claro.

O modelo de produção do Audi A8 apareceu em fevereiro de 1994 durante o Salão do Automóvel de Genebra na Suíça.

O A8 foi então o responsável também por inaugurar uma nova plataforma dentro da gama Volkswagen para modelos grandes, a plataforma Volkswagen Groupe D2, que utilizava alumínio para reduzir o peso total do veículo e auxiliar na dinâmica geral.

O Audi A8 foi vendido com duas opções de carroceria, a comum e a alongada que atendia pelo nome de Audi A8 L – que ganhava cerca de 12,7 centímetros em relação ao modelo tradicional.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Seus principais concorrentes eram o Mercedes-Benz Classe S e o BMW Série 7, fora os modelos japoneses da Infiniti com o Q45 e o Lexus LS 400 e o britânico Jaguar XJ.

Segundo revistas especializadas da época, o Audi A8 batia de frente com todos os modelos citados acima e ainda ganhava em todos os aspectos, mesmo sendo um novato.

Por ser um substituto direto do Audi V8, o novo Audi A8 trazia motores modernos para todos os gostos e bolsos.

O modelo tinha motores que iam do V6 de 2.8 litros e poderia chegar ao V8 de 4.2 litros com potência máxima de 300 cavalos, e ainda ter tração integral.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

O estilo da linha Audi A8 era sóbrio e elegante, sem quaisquer exageros estilísticos.

A primeira geração contava com uma grade em formato de trapézio invertido de tamanho reduzido, se comparado ao que vemos atualmente na gama Audi, por exemplo.

Os faróis do Audi A8 eram retangulares e contavam com luzes do tipo canhão que iluminavam melhor que as lâmpadas comuns.

As laterais eram elegantes e a moldura das janelas contavam com um friso cromado. Na base das portas, um friso cromado que ia do começo das janelas até o final delas na coluna D, para dar mais requinte ao Audi A8.

Já na traseira o modelo contava com lanternas também retangulares dividiam espaço com o porta placas na traseira do Audi A8.

No interior do A8, requinte era a palavra de ordem.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Materiais de qualidade, acabamento refinado, mas sem muitas firulas, afinal o comprador de um Audi A8 era alguém bastante endinheirado e com bom gosto.

Em 1997, o Audi A8 ganhava novos recursos de segurança como o ESP – Controle Eletrônico de Estabilidade – além de Air Bags laterais e para os passageiros do banco traseiro.

No mesmo ano a linha A8 ganhava opção de tração dianteira para os modelos que usavam o motor V6 e V8.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Audi S8

Uma versão esportiva do Audi A8 foi apresentada em 1996, e atendia pelo nome de Audi S8.

Ele era uma resposta direta aos modelos AMG, da divisão esportiva da Mercedes-Benz. O modelo vinha com pequenas diferenças visuais em relação as versões tradicionais do A8, como novas rodas de 18 polegadas.

A primeira versão do Audi S8 vinha com um motor 4.2 litros V8 com quatro válvulas por cilindros e cerca de 335 cavalos de potência.

Para 1999 o modelo recebe um pequeno Facelift, ganha novas rodas, novas opções de cores e outras pequenas atualizações para se manter firme até a chegada da segunda geração que apareceria em 2002.

Leia também sobre o Audi A6.

Audi A8 de segunda geração (2002 a 2010)

A segunda geração do Audi A8 foi apresentada em novembro de 2002, e utilizava uma nova plataforma agora chamada D3 do Grupo Volkswagen para modelos grandes como ele o Volkswagen Phaeton.

O Audi A8 ganha alguns centímetros a mais que a geração anterior, o que dava mais espaço interno para os ocupantes.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

No quesito design, o novo Audi A8 agora contava com novos faróis ainda em formato retangular, com novas lentes internas.

A grade agora era mais retangular e ainda era separada pelo para choque. As laterais continuavam idênticas ao do modelo anterior, com o friso cromado contornando o arco das janelas.

Já na traseira o Audi A8 ganhava novas lanternas que agora estavam levemente maiores e perdiam o desenho retangular em prol de um desenho um pouco mais anguloso.

O porta placas ainda estava na tampa do porta malas, mas o desenho de forma geral era mais limpo que da geração anterior.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

No interior, o luxo tomava conta como manda o figurino.

Era primeira vez que o Audi A8 ganhava atualizações grandes no interior como um novo sistema de ar condicionado automático de quatro zonas.

Também tinha freio de estacionamento automático, acesso ao veículo sem a presença da chave, controle de distância e um novo sistema de entretenimento chamado MMI – Multi Media Interface.

As versões de carroceria comum e longa estavam presentes nesta nova geração do Audi A8 assim como a opções de motores V6 e V8.

Para 2007 o Audi A8 recebeu um facelift, onde ganhou uma nova grade dianteira em formato de trapézio que estava maior e ia do capô até a base do para choques, dando assim um visual mais agressivo e moderno ao A8.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Já na traseira as lanternas do Audi A8 recebem um novo desenho interno com direito a luzes de LED e um visual mais elegante que a versão original apresentada em 2002.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Com relação a versão S8, agora ela atendia sob o nome de Audi S8 5.2 FSI Quattro.

O motivo da mudança era o novo motor 5.2 litros V10 que era nada mais que o mesmo motor do Lamborghini Gallardo, mas com um pequeno aumento na litragem e algumas novas melhorias.

Audi A8 de terceira geração (2010 a 2017)

A terceira geração do Audi A8 foi apresentada em Miami nos Estados Unidos em 2009, e agora o modelo utilizava uma evolução da plataforma D3 do Grupo Volkswagen, que agora atendia pelo nome de D4.

A nova geração do Audi A8 tinha um visual ainda mais elegante e tecnológico que as gerações anteriores.

Os faróis vinham com xênon de controle variável e a central de entretenimento MMI agora reconhecia movimentos de um touchpad que estava instalada no console central.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Na dianteira do novo Audi A8, além dos novos faróis uma versão um pouco maior da grade trapezoidal estava presente.

Os faróis também ganharam assinatura em LED assim como as lanternas traseiras, que tinham um desenho levemente novo em relação ao modelo de 2002.

No interior, novos materiais melhoravam o tom de luxo e sofisticação que o Audi A8 sempre teve. Um novo quadro de instrumentos era visto no painel e um novo volante de quatro raios complementavam o interior.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

O Audi A8 de terceira geração ainda mantinha as versões de carroceria tradicional e longa, com opções de motores V6, V8 e W12, além de uma nova versão com opção híbrida.

O modelo mais “verde” da gama vinha com um motor 2.0 litros com 211 cavalos associado a um motor elétrico que rendia 55 cavalos de potência.

O resultado era 245 cavalos de potência e 49 kgfm de torque total. O Audi A8 com esse motor fazia o 0a100 em 7,7 segundos e atingia a máxima de 235 km/h, bons números mesmo para um veículo tão grande como o A8.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Em 2013 o Audi A8 ganha uma pequena atualização de estilo, com nova grade com desenho levemente mais retilíneo e novos faróis que agora contavam com luzes de LED Matrix, iguais ao do Audi R8.

O visual mais agressivo contrastava com interior mais clássico e elegante.

Na traseira as lanternas ganhavam um desenho novo com direito a um filete cromado que interligava elas e também a iluminação por LED estava disponível.

O Audi A8 ficaria com esse visual até 2017 quando ele entraria na quarta geração.

Audi A8 de quarta geração (2017 em diante)

A quarta geração do Audi A8 foi adianta pelo conceito Audi Prologue que foi apresentado em 2014 em duas variantes que nunca teremos na linha A8, um cupê e uma perua.

O conceito adiantava muito do que o novo Audi A8 teria, como a nova e enorme grade dianteira que agora ocupava grande parte da dianteira e as novas lanternas de LED interligadas entre si.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

O visual clássico foi preservado nessa nova geração que agora utiliza a nova plataforma modular do Grupo Volkswagen a MLB Evo que também é utilizada em outros modelos do grupo como o Porsche Cayenne, Bentley Bentayga e Lamborghini Urus, apenas para citar alguns.

O modelo aposta também numa grande diversidade de motorizações a gasolina e a diesel, passando também pelos modelos híbridos.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

O interior está mais moderno e mais tecnológico que nunca, contando com condução autônoma e outros inúmeros novos recursos.

As motorizações do Audi A8 atual começam com um motor 3.0 litros TFSI V6 com 340 cavalos e vão até um W12 TFSI de 6.0 litros emprestado do grandalhão Bentley Bentayga com 608 cavalos de potência e 91,8 kgfm de torque a 1250 rpm.

As versões diesel começam com o 3.0 litros TDI V6 com 286 cavalos e vão até o 4.0 litros TDI V8 de 435 cavalos, que também é emprestado do Bentley Bentayga.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

O novo Audi A8 vem de fábrica com tração nas quatro rodas em todas as versões e com câmbio automático de 8 velocidades Tiptronic.

A versão que é vendida por aqui é a A8 L 60 TFSI – na versão longa – com 5,30 metros de comprimento, e com motor 4.0 litros TFSI V8 de 460 cavalos e 67,3 kgfm de torque, associado ao câmbio automático de 8 velocidades e a famosa tração integral Quattro.

Por aqui não teremos a versão que tem todos os módulos de condução autônoma que por exemplo estacionam o veículo com o condutor fora dele e ainda faz uma baliza com maestria de piloto.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Por outro lado, o Audi A8 vendido por aqui terá todos os requintes presentes da versão global, como a suspensão ativa, faróis dianteiros em LED, câmeras de 360 graus, 12 sensores ultrassônicos e um inédito sistema de monitoramento dos arredores feito por laser.

No interior, o Audi A8 conta com um quadro de instrumentos 100% digital em HD e uma tela para o sistema de multimídia de 10,1 polegadas e GPS em 3D.

Os bancos dianteiros contam com massagem, aquecimento e até resfriamento.

Audi A8 no Brasil

O modelo sempre teve vendas muito tímidas por aqui devido ao seu alto preço ou a grande variação cambial.

Mas isso não era problema para quem queria um sedan grande e com muito espaço e conforto, aliado a um poderoso motor.

Como era basicamente um carro de nicho, é difícil encontrar um modelo muito antigo por aí, mas sempre existem os clubes do modelo onde pode se encontrar inúmeros modelos de várias versões.

Audi A8: conheça detalhes de todas as suas gerações de 1994 até hoje

Atualmente, estamos aguardado a quarta geração do modelo que deve ser revelada em breve, mas caso você caro leitor não queira esperar tanto, pode correr para o setor de seminovos de alguns sites famosos e encontrar raridades como alguns modelos de 1995 a venda por cerca de R$ 25.200 para um Audi A8 4.2 litros V8 1995 com 107 mil km rodados, ou encontrar algo mais recente como um Audi A8 L 3.0 litros TFSI V6 2016 com apenas 5 mil km rodados, por cerca de R$ 450 mil reais.

Ficha Técnica

Audi A8 6.0 litros W12 Quattro 2016

Motor: 12 cilindros em W, 48V, duplo comando continuamente variável, injeção direta, desativação de cilindros, start-stop
Cilindrada: 6299 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 500 cavalos a 6.200 rpm
Torque: 63,7 kgfm a 4.750 rpm
Câmbio: automático sequencial, oito marchas
Tração: integral
Direção: eletromecânica
Dimensões: 5,265 m (c), 1,949 m (l), 1,471 m (a)
Entre eixos: 3,122 m
Pneus: 225/45 R19
Porta-malas: 520 litros
Tanque: 82 litros
Peso: 2.150 kg 0-100 km/h: 4s6
Velocidade máxima: 250 km/h (limitada)
Consumo cidade: 6,4 km/l*
Consumo estrada: 11,5 km/l* (*norma europeia)

Avatar

Kleber Silva

                  Quem somos

                  O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

                  Notícias por email