Audi Finanças Governamental/Legal Montadoras/Fábricas

Audi: produção no Brasil pode ser encerrada definitivamente

Audi: produção no Brasil pode ser encerrada definitivamente

A Audi pode encerrar definitivamente a produção de veículos no Brasil e o fato não está relacionado com a queda nas vendas, em decorrência de pandemia ou crise no mercado automotivo.


O motivo é que o governo federal deve dinheiro ao fabricante alemão. A Audi alega que possui uma dívida pendente em créditos tributários acordados com Brasília no programa Inovar-Auto, que foi vigente entre 2012 e 2017.

Nesse caso, por ter cumprido as metas exigidas pelo governo, a Audi teria direito aos créditos devidos, que totalizam R$ 290,7 milhões que Brasília deve não só para a marca, mas igualmente para BMW e Mercedes-Benz.

Há um ano, o atual governo concordou em pagar a dívida ao longo de dez anos, aceito pela Audi, porém, de lá para cá, o Ministério da Economia não falou mais sobre o assunto.

Para a Audi, a simples decisão do governo em iniciar os pagamentos é suficiente para que a filial negocie um novo investimento com a matriz alemã. Sem o cumprimento de uma promessa governamental, ficaria difícil a empresa convencer o conselho de Ingolstadt a liberar recursos para produção de um novo carro no Brasil.

Audi: produção no Brasil pode ser encerrada definitivamente

Esse novo projeto precisará de um grande investimento na fábrica de São José dos Pinhais-PR para ser executado e a filial acredita que é necessário ter esse produto aqui.

Anteriormente tendo feito o hatch médio A3 em sua primeira geração, a Audi voltou com o Audi A3 Sedan, que é de terceira geração e ainda está em produção no Paraná. Contudo, sua produção será descontinuada em dezembro. A marca pretende ficar um ano avaliando investimentos no país, enquanto a linha fica parada.

Não se sabe ainda qual será o produto a ser feito aqui, mas poderia ser a segunda geração do Audi Q3, que é importada atualmente. A anterior também foi produzida no sul do país. Outra aposta seria a próxima geração do Q2, embora o atual tenha recebido atualização de meia vida recentemente.

[Fonte: Uol]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

                                          Quem somos

                                          O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

                                          Notícias por email