Audi Crossovers Europa Mercado

Audi Q1 deve usar MQB A0 em 2020 e pode ser opção para o mercado brasileiro

audi_q1 Audi Q1 deve usar MQB A0 em 2020 e pode ser opção para o mercado brasileiro

De acordo com a revista inglesa Auto Express, a Audi está preparando a chegada de um crossover abaixo do atual Q2. O chamado Audi Q1 deverá ampliar o acesso de marca de luxo ao mercado de utilitários esportivos e pode ser opção para produção no mercado brasileiro. O produto deverá se beneficiar do desenvolvimento do próximo A1, que deve ser apresentado em breve.



A marca alemã quer surfar no segmento que mais cresce no mercado mundial e para isso usará o sucesso que o compacto A1 tem atualmente na Europa, onde emplaca em torno de 100 mil exemplares por ano. Bram Schot, diretor de vendas e marketing da Audi, diz: “Você não pode ignorar a tendência do SUV; a questão é quão amplo e profundo nós fazemos o programa com SUVs?”

O executivo também responde a questão: “Dependendo das oportunidades de negócios, decidimos sobre o portfólio futuro de produtos. Mas não se surpreenda se em dois ou três anos você ver o carro, enquanto tentamos reagir rapidamente aos mercados”. Então, podemos esperar por um irmão dos Seat Arona e Volkswagen T-Cross, montados na MQB A0 e com 2,56 m de entre-eixos.

audi_q1 Audi Q1 deve usar MQB A0 em 2020 e pode ser opção para o mercado brasileiro



Também o Audi Q1 deve utilizar motores 1.0 TFSI de 115 cavalos e o 1.5 TFSI de 130 ou 150 cavalos numa versão mais potente, bem como diesel 1.6 TDI com 110 cavalos. O câmbio pode ser manual de cinco marchas e DSG de sete marchas, mas essa configuração deve mudar de acordo com o mercado onde atuar. No entanto, um ponto importante é o tamanho. O Audi Q2 mede 4,19 m de comprimento e tem 2,60 m de entre-eixos. Se o Q1 seguir seus irmãos de VW e Seat, ele teria 4,15 m e 2,56 m. Ou seja, haverá conflito. Mas, o Q2 L poderia substituir o atual com entre-eixos maior e foco mais acima.

Caso a Audi defina seu plano estratégico para o mercado brasileiro, o Audi Q1 poderia ser uma opção interessante para ficar na casa dos R$ 100 mil, ocupando o lugar que seria do Q2, ficando abaixo do Q3, que também ganhará nova geração nos próximos meses. Em termos técnicos, a produção brasileira dos modelos Audi Q1 ou Q2 pode ser executada sem grandes problemas em São José dos Pinhais-PR, onde a Volkswagen vai produzir o T-Cross e faz atualmente o Audi A3 Sedan. Aliás, a próxima geração do Q3 deve ser feita também na planta paranaense, que ganhará importância na estratégia de SUVs do grupo Volkswagen na região.

[Fonte: Auto Express]

COMPARTILHAR:
  • Thiago Maia

    O Audi q2 só tem 4.19 m, e Seat Arona tem 4.13m

    Já são quase irmãos. Só trouxa vai comprar esse Q1, tendo opções mais completas e maiores das marcas generalistas pelo mesmo preço

    • Catucadao

      duas marca que passa longe de serem marcas comuns mais entre Audi e Seat vou de Seat por ser algo diferente.

    • th!nk.t4nk

      Cara, o Q2 dá uma surra no Arona em qualidade construtiva e detalhes de projeto. Sao irmaos só na arquitetura-base, mas de resto mudam complemente. Como eu queria que os SEAT fossem pelo menos próximos dos Audi, mas a realidade é outra.

  • rodrigosr

    Qual a necessidade desse Q1?
    Isso só faz a Audi se aproximar mais das marcas generalistas.

    • Natán Barreto

      Necessidade se chama lucro. A Audi tem muito tempo q não é apenas uma montadora de luxo. Tanto Audi como Mercedes e BMW abriram mão da exclusividade em nome do lucro. Isso quer dizer seguir tendências do mercado e atingir categorias cada vez mais acessíveis do mercado.

      • Catucadao

        ainda sim são marcas Premium

        • Osni Duarte

          Ainda “assim”.

          • Catucadao

            tanto “faais”

            • Osni Duarte

              Tá “serto”…

              • Catucadao

                kkk

    • vicegag

      Do jeito que os preços dos carros sobem aqui, nem Q0 daria solução.

    • Fafner

      Por tudo o que já li o Audi Q1 vai ser o VW T Cross, com 4 argolas, melhor acabamento, status e preço nas alturas.

  • Natán Barreto

    Não duvido nada esse Q1 chegando a 180 mil numa faixa de preço q deveria pertencer ao Q3.

    • REDDINGTON

      Como se o Q3 fosse ENORME né…se fizer um carro menor vai concorrer com Ecosport ou Renegade de entrada…e o preço nós sabemos como vai ser…

      • Gil de Piento

        Aqui no Brasil é assim que fazem: lançam um carro menor pelo preço do maior e aumentam o preço deste último. E as classes média e alta compram felizes.

  • Isaac Ferreira Santo

    É aos poucos carros passam a custar 100.000 na maior naturalidade. Todo mundo achando normal.

  • Catucadao

    to nem ai não vou poder comprar mesmo kkkkkkkk

  • Tommy

    Não existe sentindo em um carro com praticamente o mesmo tamanho que o Q2, ambos tem que se diferenciar de alguma maneira, talvez o Q1 seja mais puxado pra um Panda/WR-V da Audi, literalmente um A1 de salto alto, e o Q2 sim, um crossover completamente diferente do A1 e do A3

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email