Audi SUVs

Audi Q5 poderá vir do México e ser vendido sem imposto de importação

A Audi planeja montar uma fábrica no México para produzir o modelo Q5. Com isso, a alemã atenderia não só a América do Norte, mas o Mercosul. A informação foi passada pelo executivo Rupert Stadler, em uma entrevista a uma revista alemã.

É claro que o principal objetivo com essa possível fábrica é atender o mercado dos EUA, que é infinitamente maior para a Audi do que os países do Mercosul, mas nós do Brasil nos beneficiaríamos disso diretamente.

O modelo poderia vir do México sem pagar imposto de importação, ficando com um preço mais atraente do que os mais de 200.000 reais atuais. Só que um problema seria o preço do modelo dentro da linha Audi, afinal o Q5 não pode custar no Brasil o mesmo que um Q3, isso mataria o modelo menor.

Mas de qualquer maneira, isso levará muito tempo para acontecer, pois tal fábrica só funcionaria em 2015.





  • TDRamos

    Duvido muito que a Audi Baixe os preços dele aqui, se não canibaliza os outros carros da marca, e se ela tiver algum plano de trazer o Q3 vai acabar com ele
    Vai manter os preços la em cima e ter uma margem de lucro maior ainda em cima dos Brasileiros

    • zemarreta

      E tem mais. Quando eles lançaram o A3 nacional, a marca perdeu sua aura de prestígio porque (alguém entende??) os brazucas acharam que um Audi assim tão barato era carro comum…

      Parece aquela estória de um dos 3 patetas que disse que não dava para levar a sério um clube que o aceitava como sócio… :)

      • P0or outro lado… eu nao vi NINGUEM reclamar de ter um Audi "barato" na garagem. Tatno que mta gente migrava de ter um Golf para ter um Audi.

        A propria Audi conseguiu com isso crescer mto sua imagem no Brasil. Eu nao entendo pq as pessoas dizem isso…. talvez hj seja carro de "vidaloka" mas o Audi tem seu valor e sem duvida perto do que eram os carros de epoca a Audi ajudou a melhorar a qualidade dos demais carros.

    • RFCAR

      A vantagem com certeza so sera 1: Aumentar o LUCRO BRASIL

  • vini_B

    olha interessante deverá ser vendido aki por uns 170 mil e eles podiam fabricar tbm o Q3 pra competir melhor no nosso mercado.

  • viezzer

    bah provavelmente eles nem vão mecher em valores, se isso fosse acontecer seria otimo pq os outros fabricantes teriam que baixar preços…

  • gustavo_bf

    Vai fazer a mesma coisa que a CAOA fez com a Tucson.
    Pode ter certeza.

    • Romulo_Max

      Pior é que não tem a desculpa que a CAOA teoricamente teria: "O Custo Brasil", afinal de contas vai ser feito no México. :|

  • Sias

    E então eles vão poder ter um lucro maior ainda…porque baixar o preço é que não vão.

  • JHerzévRN

    DU-VI-DO.
    Ele pode até ser trazido do México, mas essa conversa de baixar o valor por causa da isenção do imposto de importação só seria benéfica para a Audi mesmo, que vai lucrar mais. O consumidor vai continuar pagando um absurdo.

  • BolGola

    E daí? Diminui o imposto, mas o lucro continua ridículo. Não vejo por onde um Q5 desse, com motor V6, possa custar mais do que um Volvo XC60 T6, de R$ 170.000 na versão TOP.

  • RicRB

    Sem dúvida o preço não vai ser modificado!!!
    Continuará uma pequena fortuna!!!
    Bom… iria de volvo XC60 de qualquer jeito!!!

  • CanalhaRS

    Essas marcas botam o preço que querem, não o que valem, porque o brasileiro aceita pagar. Se fossemos mais inteligentes e racionais na hora da comprar carros, andaríamos de Mercedes C, Audi A4 ou BMW 3 por 70/80 mil.
    Povo ignorante paga mais…..

    • Na verdade Canalha, vc está errado… afinal … "Audi é Audi" (fui ironico)

      Infelizmente enquanto brasileiro babar ovo, ficfaremos assim. Eu quero que todos entendam que eu respeito as alemãs… mas acontece que o que elas trazem deveriam ser obrigação das demais também!!! (não a mesma qualidade e sim suas atualizações).

  • BlueGopher

    Lei básica de mercado:
    "O que conta é o valor percebido: O que vale é o preço que o mercado paga, e não o custo do produto."
    Por isso que uma bolsa Louis Vuitton custa mais de R$ 5.000,00, com custo de produção de poucos reais.
    Quem compra paga pelo carimbo " Eu sou rico" e não pelo produto.
    Audi Q5 vai baixar de preço?
    Uhmmmmm!

    • zemarreta

      Exatamente. Por isso que sempre os alemães vão vender carros caros no mundo todo. No fundo no fundo quem compra um A4 novo (em vez de um coreano/francês com os mesmos equipamentos/motor, mas 20-30 mil mais barato) quer mostrar que é ph*dão e humilhar os vizinhos.

  • Henrique de Campos

    Lembram da matéria do Joel Leite:

    "Quem define o preço é o mercado" (executivo da Mercedes).

    Essa mentalidade medíocre já está intrínseca na cabeça do brasileiro que pode bancar 300 mil, 500 mil ou 1 milhão por um veículo. Então, não adianta. Audi, BMW ou Mercedes não trariam seu veículos do México com o benefício do imposto zero. Se o Q5 reduz seu preço, empurra também Q3 para baixo, o mesmo com Touareg e assim por diante…. Imaginem um efeito cascata de redução dos lucros! E isso fatalmente prejudicaria a concorrência entre essas marcas premium. E mais: duvido que não haja um lobby entre as empresas para que os preços fiquem nesse patamar. É a garantia para que ninguém saia perdendo, afinal nunca se vendeu tanto carro de luxo no Brasil como agora.

  • Acho que o mais inteligente seria produzir o Q5 nos EUA, e Q3 no México, aí sim ele ficaria bem competitivo no Mercosul.
    Sem contar que o volume de vendas do Q3 tende a ser bem maior, maximizando o ganho em escala.

    • MarcosMV

      Eles pretendem abrir uma fábrica nos EUA, e pelo que parece eles já têm condição de produzir o Q3 no México.

  • ADOD2009

    Como já dito acima, tb penso que não vai baixar em nada o preço, já que a política de preços da Audi para o Brasil é a pior possível.

  • MarcosMV

    Essa coisa de carro vindo do México foi a maior engabelação da história, só fez bem para as montadoras, já os nossos bolsos…

    • zemarreta

      Em termos. Alguns carros até conseguem sair realmente mais baratos que vindos do Japão, como o CRV. Veja que o RAV4 (japa) que vende tão bem quanto o CRV nos States, aqui patina nas vendas porque a Toyota não consegue fazer um preço/equipamentos tão bom quanto o da Honda tequila.

      • Porém vemos ai Fusion mais caro que um Azera que é e mto superior.

        Portanto ser produzido no México não faz diferença uma vez que não há um governo que faça controle disso. (pq nao da para deixar apenas nas mãos de consumidores, tem que haver um orgão fiscalizador e há na lei a questão de lucro que tem um limite estabelecido no BRasil).

        • zemarreta

          Edson, vou ser um pouco longo, espero que vc tenha paciência com esse post.

          Como sabemos (embora concordemos ou não) quem define o preço é o marketing. Assim, no exemplo da bolsa louis vouitton que já comentaram antes, pouco importa se o preço de produção dela é 10 ou 20 reais, na loja o que interessa é o que o mercado está disposto a pagar, que é na casa dos milhares de reais.

          Assim, no caso do Audi Q5, que talvez hoje já fosse posível vender com lucro por bem menos de 200 mil (seu preço na loja), mesmo sendo produzido na Alemanha, o fato de mudar sua produção para o México, certamente não traria impacto no preço ao consumidor, pois a Audi provavelmente entende que 200 mil é o preço de "mercado" dela.

          Há, entretanto, uma exceção à regra do preço determinado pelo marketing que é quando o custo de produção é maior que o preço de mercado do produto. Aí, ou a empresa sustenta o prejuízo por algum motivo (dumping, entrar num mercado novo, etc.) ou então tem de repassar os custos.

          Esse foi o caso da CRV. Provavelmente a Honda sabia que o preço ideal de uma CRV 4×4 era os 100 mil cobrados hoje, mas como ela vinha do Japão, o preço era de 125mil, o que fazia suas vendas serem tímidas. Quando passou a ser produzida no México, o custo para o Brasil despencou e ela pôde praticar o preço que o marketing dela pedia.

          Exemplo inverso é do Accord, que veio do México com preço parecido com o do Fusion (vc bem sabe que nos EUA são concorrentes diretos), bombou nas vendas, mas a nova versão deixou de vir do México (passou a vir dos EUA?), o preço foi lá para cima e as vendas hoje são inexpressivas.

          Citaria ainda o exemplo da Edge, que só não vende mais porque não sendo mexicana a Ford não consegue colocá-la no preço para concorrer com Captiva e CRV (seus concorrentes nos EUA).

          Resumindo, há casos e casos. Não para dizer que o fato de ser produzido no México vá automaticamente baixar o preço de uma carro, nem o contrário, quer dizer, que não vá baixar em hipótese nenhuma.

  • HenriqueHJ

    no brasil, carros com isenção de Imp. de importação não acarreta necessariamente em diminuição do valor do automovel. infelizmente essa é a verdade.

    entao nao acho que esse Q5 venha com um preço atrativo.

    • gui_c

      Permite a dominacao absoluta do mercado.
      Caso algum competidor externo venha com precos menores do que os praticados pela montadora que tras do Mercosul, entao esta consegue baixar um pouco e acabar com a concorrente. Mesmo assim ela manteria uma margem de lucro muito maior do que a que traz o carro de fora.

  • Armando_Perez

    Tá bom, e papai noel existe,
    Vocês acham que a Audi, que quer se mostrar premium acima de outras marcas vai largar sua margem de lucro gordissima?
    Jamais,
    para mim a Audi é uma das que mais abusam das margem de lucro já absurdas, ela jamais irá fazer, pois seus carros se tornarão "popular", e ela quer manter sua marca de status e exclusividade que os brasileiros formaram.

  • zemarreta

    Acreditar que o preço desse Audi vai cair porque é mexicano é sonho de uma noite de verão. O preço dele é esse por causa do posicionamento dos outros Audi e dos outros alemães em volta. Se o preço cai muito, vai ter gente dizendo que Audi é carro do povão…

  • Quem sabe o dia em que as montadoras chinesas, ou indianas dependendo da época, estejam desenvolvidas o suficiente e oferecerão carros de luxo por um preço mais camarada como a Hyundai faz nos Eua.
    Até lá, a Audi pode fabricar no fundo da minha casa que não vai baixar os preços de seus carros. E nem tem porque!

  • mateuswp

    Era só vender o Q5 no lugar do Q3.. pronto, não vai canibalizar.. Mas aí eu acordei.

  • LuisRenatoJoia

    Como sempre vai ser vendido no brasil com o preço lá em cima!Não tem jeito o povo aceita.

  • xps1530

    so muito mais a x3,

  • Cil

    Tá mais fácil eles embolsarem os 35% de II do que baixar o preço.

  • kikofar

    Pode até baixar o preço sim, mas 10, 15 mil, no máximo!



Send this to friend