*Destaque Audi Esportivos Lançamentos Peruas Salões do Automóvel

Audi RS4 Avant 2018 estreia em Frankfurt com motor de 456 cv

Audi-RS4-Avant-2018-3 Audi RS4 Avant 2018 estreia em Frankfurt com motor de 456 cv

Lançado há cerca de quatro anos, o Audi RS4 Avant acaba de chegar a sua segunda geração. O novo modelo chega para fazer companhia ao RS6 Avant na linha de peruas esportivas da marca alemã e está sendo uma das principais atrações da empresa no Salão do Automóvel de Frankfurt, até o dia 24 de setembro. E como não poderia ser diferente, o modelo chama a atenção pelo conjunto mecânico mais agressivo.



Sob o capô, o novo Audi RS4 Avant 2018 traz um motor 2.9 V6 TFSI biturbo, que consegue desenvolver 456 cavalos de potência e 61,2 kgfm de torque, disponível entre 1.900 e 5.000 rpm. Junto a ele está um câmbio automático Tiptronic de oito marchas e sistema de tração integral quattro, com diferencial traseiro esportivo como opcional.

Audi-RS4-Avant-2018-10 Audi RS4 Avant 2018 estreia em Frankfurt com motor de 456 cv

Segundo dados da Audi, a nova geração da perua esportiva acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos e alcança velocidade máxima de 250 km/h ou 280 km/h com o pacote RS Dynamic opcional. O consumo médio é de 11,4 km/l, com emissões de CO2 de 199 g/km.

O conjunto inclui também a suspensão esportiva RS, que é sete centímetros mais baixa que a do A4 convencional, além de controle dinâmico de condução, freios de cerâmica e direção com acerto exclusivo.

Audi-RS4-Avant-2018-14 Audi RS4 Avant 2018 estreia em Frankfurt com motor de 456 cv

No visual, há sistema de escape com ponteiras ovais, rodas de alumínio forjado de 19 polegadas, spoiler traseiro, arcos de roda alargados em três centímetros, grade dianteira com formato diferenciado, para-choque mais agressivos, entradas de ar mais amplas, faróis Matrix LED como opcional, entre outros.

O interior do carro oferece bancos esportivos RS, volante esportivo multifuncional com revestimento em couro, painel de instrumentos Audi Virtual Cockpit com informações como força g, torque e pressão dos pneus, detalhes de acabamento em alumínio, fibra de carbono e preto brilhante, entre outros.

O Audi RS4 Avant 2018 chega em breve às concessionárias alemãs, com preço inicial de 79,8 mil euros.

Galeria de fotos do Audi RS4 Avant 2018

  • Charlis

    Se procurar no dicionario a definição de sonho, vai encontrar uma foto dessa maravilha azul!

    • É linda demais mesmo, e olha que eu nem sou fã de peruas.

  • Robson Mauricio

    Linda! Linda! Linda! Linda!!! Acabou meu vocabulario…rs

  • thi

    uma obra de arte!!

  • Ricardo Almeida

    Imagine quando vier a nova geração do A6 e A7… Já imagino a RS6 e RS7…

    • Ricardo

      Animais também, mas muito grandes, prefiro a RS4.

      • Marco

        Me too!

      • Car’s Fan

        Eu queria ter é TODAS!!!
        É pode colocar nessa conta as peruas da Mercedes-Benz e da BMW (em versões nervosas) juntas também!!!

        • Charlis

          Todas juntas e misturadas, sem preconceito ou torcida alguma!!
          Em breve, vou fazer isso! Assim que lançar o Gran Turismo novo pro playstation, rs!

  • alannikit

    Na Rio x Santos com esta belezoca azul…sonhando

    • Ricardo

      E rodando a 110 km/h por causa dos malditos e ridículos radares!

      • Lucas de Lucca

        Radar fixo, em pontos perigosos sou a favor. O que ferra são os malditos radares móveis escondidos atrás de mato, em 99% das vezes em locais ridículos e que não tem nenhum propósito educativo, apenas servem de indústria de multas mesmo. Fábrica de dinheiro.

        • Ricardo

          Sim, mas até os radares fixos atrapalham a viagem, vc está a 110 km/h, daqui a pouco tem que diminuir para 60, depois 80, as vezes 40, é um saco! Acho que fica até perigoso, tira a atenção do trânsito e rodovia!

  • Ricardo

    Este é O Carro Perfeito!

  • th!nk.t4nk

    Apesar de achar a A6 Avant mais bonita, confesso que considero o A4 a perua de tamanho ideal. Nao é aquela barca absurda, é o tamanho certo. E na versao RS é simplesmente um sonho.

    • Ricardo

      Bem isso!

    • Charlis

      Concordo em gênero, número e grau, rs!
      A RS6 sempre foi o sonho…
      Mas realmente, a A6 Avant é bem grande, embora por foto não aparenta.
      Agora essa coisinha azul, é do tamanho perfeito!

      []s

  • Leonel

    Que coisa mais linda!!! Teria FÁCIL um destes…

  • oloko

    Ficou excelente, só que porque a audi não lança mais o RS4 sedan? E tambem o RS6?

    • Car’s Fan

      O RS6 já teve no passado, mas acho que a graça que envolve a linha RS está no RS7 e das peruas das versões de A4 e A6

      • oloko

        Sim já teve os 2 no passado, mas eu acho que tem mercado para esses carros, tendo em vista que as outras marcas tem exemplares nesse segmento. Nada contra as peruas, são lindas, mas acho que tem espaço para os sedans

  • Eduardo Edu

    Lindo carro, essa S4 já dá vontade de vender tudo e fazer uma loucura: https://www.youtube.com/watch?v=JMK2oCNbnOg

    Agora banco elétrico sem memória é o mesmo que não ter…A Audi derrapou nisso.

  • V12 for life

    Segunda geração? Lançada a 4 anos? Não revisaram o testo do estagiário, novamente.
    A primeira geração é de 2000 e já tinha um 2.7 V6 biturbo de 380cv.

    • JP_SP

      Parece que Audi, Mercedes e BMW tem pavor de banco elétrico no Brasil. O Fusion 2010 tinha banco elétrico para motorista e passageiro, agora vai em alguma concessionária dessas que eu citei pra ver se acha banco elétrico nos carros abaixo de 200 mil reais.

  • Luis LC

    Maravilhosa mas sem Autobahn fica difícil

    • Ricardo

      A salvação são os Track Days!

      • Luis LC

        Que cada dia mais se proliferam no pais, ainda bem!!!

  • NaoFaloComBandeirantes

    Que tesuda! #meunumero

  • Pipo pipo

    Desse audi eu gosto.

  • Lucas de Lucca

    Não sou muito fã de peruas, mas olha, essa eu levava feliz pra casa. Muito linda.
    Alguém sabe por que não veio com câmbio S-Tronic DCT? Será que a AUDI vai abandonar o dupla embreagem em detrimento desses novos epicíclicos com 8 ou 9 marchas?

    • Charlis

      Também reparei isso! Muito estranho…
      Se isso acontecer em mais algum outro carro da Audi, acho que a profecia da BMW pode se tornar realidade.
      Pois a BMW e a MB abandonaram os DCT.
      O grupo da VW é o que mais investe ou aposta nesse câmbio.
      Enfim, estranho, rs …

      []s

      • Willian Gabriel

        Esse automatizados só conseguiam ser rápido no Upshift no Downshift são mais lentos que um AT convencional, fora que esse câmbios novos da ZF são muito mais resistentes do que esse automatizados além de conseguir trabalhar com mais torque também

        • Charlis

          Acho que a grande evolução dos câmbios ZF, junto com sua robustez, colocou o DCT num patamar abaixo.
          Hoje o ZF troca de marchas praticamente tão rápido (na percepção de um ser humano, rs) quanto o DCT, e consegue ser tão econômico quanto também, devido ao bloqueio do conversor de torque em várias marchas, e principalmente pela escalonabilidade de tantas marchas.

          Então o DCT já não tem essa vantagem toda de velocidade, e principalmente o desgaste do kit de embreagem e seu altíssimo preço, fica complicado justificar.

          []s

          • Lucas de Lucca

            Concordo com tudo que falou e ainda acrescento o conforto maior desses câmbios em relação aos DCT.

            • Charlis

              Cara, em casa temos o ZF e o DSG6, no quesito conforto a briga é boa…
              Talvez o ZF ganhe por ter mais marchas, então, em velocidade de cruzeiro na pista, o giro fica um pouco mais baixo na 8ª.
              Mas as trocas no modo automático são imperceptíveis em ambos.
              No modo manual (esporte), o ZF da um leve tranquinho, mas eu particularmente gosto, lembra o que acontece em um carro mais bruto e esportivo, aquelas trocas estupidas, rs.

              Acho que o maior pepino do DSG é o constante medo de acender uma luz no painel, e sabendo que acima dos 200 mil km (com certeza o carro será vendido antes), a embreagem pode ser trocada a qualquer momento …

              []s

              • Lucas de Lucca

                Bacana. O DCT que tive mais contato foi o Powershift da Ford, e foi o pior câmbio que dispensa o pedal de embreagem que já vi, lento, confuso, dava trancos, fora os problemas de trocar embreagem cada 25 mil km quando começava trepidar igual um Fusca 70 com embreagem patinando, uma desgraça. Nunca tive um DSG pra uso diário, os contatos que tive com ele foram test-drives e carros de amigos que já guiei por curtos períodos e nesses casos senti ele um pouquinho mais ríspido que um AT convencional, mas nada que tenha me incomodado, muito pelo contrário, teria um DSG úmido sem nenhum problema. Quanto a trocar o kit de embreagem acima de 200 mil km acho bem aceitável até. É uma km bem alta, não vejo como um problema no caso, apenas desgaste natural mesmo. Se não me engano o preço do kit do Jetta gira em torno de 4500 reais, não acho tão caro assim pela tecnologia que há ali. Gastar uns 8 mil reais numa revisão do câmbio após 200 mil km acho que está bem dentro da manutenção de um veículo desse preço.

                • Charlis

                  Sim Lucas…
                  O único pepino é que não é tão comum pessoas colocarem a mão nesse câmbio (acredito que num ZF também não seja, rs), porém, já está melhorando.
                  Antigamente era apenas a Automatik de Sampa, agora já existem outras, até mesmo no interior de SP que colocam a mão.

                  Além disso, o Kit de embreagem é possível comprar nos US, por 600 dolares :)

                  Mas tudo isso, vai ocorrer depois de rodar MUUUUUUITO, ou não cuidar bem dele, tais como as trocas de óleo, não ficar segurando o carro em rampas na embreagem, e afins.

                  O meu Jetta é pouco rodado, está com 40 mil.
                  Mas tenho 2 amigos no trabalho que tem o Jetta também, com bastante quilometragem (acima dos 120 mil), e até hoje, nunca tiveram problemas… Por isso acredito que cuidar bem é o segredo!

                  []s

        • Lucas de Lucca

          Cara, você tem razão na questão do downshift lento dos DCT, quando este é executado pela própria caixa, através do kick down. Colocando de maneira simples ao extremo, o AT convencional tem uma embreagem para cada marcha, o que permite redução sem interrupção de torque, enquanto o DCT tem 1 embreagem para ímpares e outra para pares. Logo, reduzir num DCT de 6ª para 4ª é mais lento que em um AT na mesma condição, levando-se até o dobro do tempo, pelo fato da marcha estar no mesmo disco acoplado no momento. O DCT nasceu no mundo esportivo das corridas e veio para os carros de passeio. Se você usar o DCT no modo sequencial, reduzindo marcha uma a uma como num carro de corrida, ele funciona bem melhor que um AT, que além de mais lento nesse caso, tende a dar trancos (pelo menos todos os que tive contato davam).
          Outro ponto importante é que o AT, pela atuação do conversor que multiplica o torque tem mais força na saída, dando a impressão de sair mais “cheio”, enquanto o DCT demora um pouco mais para “encher”, já que não multiplica o torque. Claro que o contra disso é o gasto maior de combustível e a perda de potência.

  • Vattt

    Arrancando meu suspiro!!!! Sou fã incondicional de peruas.

  • Danilo

    isso sim eh carro!!!! Quem nunca viu, deveria ver essa cor de perto. É simplesmente sensacional. Eu teria qualquer modelo que fosse da linha RS nessa cor.

    Pra quem nao sabe, essa cor chama-se Nogaro Blau ( Azul Nogaro)

    • Lucas de Lucca

      Eu teria qualquer Audi da linha RS na cor que fosse hahahahaha.

  • Diogo Reis

    Estava lendo o NA hoje, vi essa notícia da RS4, vi o novo S63 e a nova Cayenne Turbo. Todos com 0 a 100 em 4s ou menos. E ainda tem porta malas, carregam 4 pessoas ou mais, são confortáveis e ainda vem com tecnologias para auxílio na condução semi-autônoma. No brasil, com esse asfalto “radical” que temos, acredito que é mais vantagem do que comprar um super esportivo.

  • Eduardo Edu

    NA como sempre arrasando na galeria de fotos.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend