*Featured Avaliação 365 Chevrolet Hatches Populares

Avaliação 365 – Chevrolet Onix – chegamos ao fim de nossa primeira avaliação de um ano

chevrolet-onix-final-avaliacao-365-3-700x525 Avaliação 365 - Chevrolet Onix - chegamos ao fim de nossa primeira avaliação de um ano

Depois de 30.000 quilômetros rodados, chegamos ao final da nossa primeira Avaliação 365, feita com um Chevrolet Onix LT 1.0. O veículo foi comprado em 9 de novembro de 2012, por R$ 35.890. Neste valor o modelo veio equipado com todos os equipamentos possíveis para essa versão mais a pintura metálica.



Na época, o modelo era visto como o responsável por uma revolução no segmento dos carros populares, juntamente com o Hyundai HB20, afinal entregava mais espaço que a média, conforto ao rodar, bancos macios, design moderno e também alguns acessórios que geralmente não viamos nos modelos 1.0, como a central MyLink… essa avaliação tinha tudo para ser ótima e não apresentar muitos percalços. Mas não foi exatamente o que notamos.

Começamos nossa avaliação com uma viagem de 2.000 quilômetros até Santa Catarina, onde percebemos várias qualidades do Chevrolet Onix. Ele se mostrou um carro silencioso, confortável e com um fôlego razoável para um carro 1.0. Mas depois vieram alguns problemas, como revisões caras e defeitos que de maneira alguma deveriam acontecer em um carro tão novo e tão pouco rodado, ainda mais se considerando que a maior parte da quilometragem, em torno de 70%, foi feita em estradas.

Abaixo falamos do Onix dividindo nossas impressões em tópicos, e assim faremos na conclusão de todos os modelos que passarem por nossa Avaliação 365.

foto0015-700x525 Avaliação 365 - Chevrolet Onix - chegamos ao fim de nossa primeira avaliação de um ano

Motor/câmbio

O motor 1.0 do Onix não é aquele primor de modernidade, se trata daquele motor da Família I que existe a mais de 20 anos em nosso mercado. Atualizado, ele ficou um pouco mais leve e agora tem até 80 cavalos. Mas seu funcionamento é de certa forma suave. O câmbio tem engates razoavelmente precisos, e a alavanca um pouco mais curta que de outros modelos da Chevrolet ajuda na hora das trocas.

Desempenho

O desempenho é aquele esperado de um carro 1.0, em certas horas inferior a este nível. Junte a isso o fato de que o Onix pesa mais de 1.000 quilos em todas as suas versões e verá que se trata de um carro que exige paciência no uso diário. Dentro da cidade isso não é notado tão facilmente, acontece mais quando temos quatro ou cinco pessoas a bordo e o ar-condicionado está ligado. Na estrada a situação fica pior. Em estradas com muitas subidas e descidas, como acontece em Minas Gerais, o popular perde o fôlego rapidamente se tivermos mais de duas pessoas dentro, então constantes trocas de marcha são necessárias. As rotações do motor ficam muito altas andando a 110 km/h, como é comum em modelos 1.0. Compramos essa unidade 1.0 pois no segmento dos populares são muitas pessoas que compram carros com motor “mil”. Mas para uso pessoal teríamos escolhido um 1.4, sem a menor dúvida.

chevrolet-onix-final-avaliacao-365-8-700x525 Avaliação 365 - Chevrolet Onix - chegamos ao fim de nossa primeira avaliação de um ano

Consumo

O consumo do Onix é alto. Como sabemos, peso alto, carroceria volumosa e motor 1.0 não combinam. Assim que compramos o carro marcamos 8,7 km/l com gasolina na cidade, com ar-condicionado ligado o tempo todo. Depois, com o passar do tempo, notamos que este consumo melhorou um pouco, ficando na casa dos 9,5 km/l. Mas ainda assim é um consumo ruim, visto que o carro é usado na cidade muitas vezes sem ar-condicionado ligado (aqui na região o clima é frio no inverno). Na estrada, a mesma coisa: ficamos muito longe das marcas de 18 ou 19 km/l conseguidas pelos populares mais econômicos de nosso mercado e não passamos dos 14 km/l. É uma diferença muito grande.

Suspensão

O Onix 1.0 tem uma suspensão macia, que te satisfaz em uma tocada tranquila mas que assusta um pouco quando o motorista quer andar um pouco mais rápido. Mas isso não é muito um problema pois andar rápido com carro 1.0 é algo que não acontece com muita frequência. Na estrada, percebemos uma boa estabilidade graças ao entre-eixos longo e também aos pneus um pouco mais largos.

Ruído interno

Nas primeiras centenas de quilômetros rodados com um Onix novo o motorista se surpreende ao perceber um nível de ruído de carro de categoria superior.

Serviços em concessionária

As concessionárias fazem os serviços corretamente. Marcamos as peças a serem trocadas e elas sempre foram substituídas, nunca tentaram nos enganar neste ponto. Mas o papel da concessionária acabou se resumindo a isso. Parece que elas não sabem fazer nada além do programado. As concessionárias Chevrolet não resolvem problemas sobre os quais os proprietários reclamam. Nas revisões que fizemos com o Onix, sempre reclamamos de problemas do carro, e nessas ocasiões ou o mecânico autorizado diz que não conseguiu reproduzir o problema (não é verdade) ou ele diz – acredite se quiser – que “é assim mesmo”. O problema do cheiro de gasolina dentro do carro também não foi resolvido.

Preço das revisões

Este ponto foi criticado em algumas reportagens de nossa Avaliação 365. As concessionárias Chevrolet fazem uma empurroterapia bem forte, oferecendo serviços desnecessários que levam a revisão a custar mais do que o dobro do valor oficial da Chevrolet. Vimos a revisão de 20.000 quilômetros ser oferecida por quase R$ 900. Mas este não é o único problema. Para um carro popular, o Chevrolet Onix tem revisões bem caras. Elas sempre ficam acima dos R$ 400, o que é muita coisa para quem tem um carro 1.0 na garagem e convenhamos: é muita coisa apenas para trocar óleo e um filtrinho aqui ou outro ali. A marca não pode reclamar que a grande maioria dos veículos comprados não fazem sequer uma revisão em concessionária.

Qualidades

As principais qualidades do Onix são: baixo nível de ruído interno, espaço para os ocupantes e suspensão macia. O sistema MyLink, apesar de apontado como uma central super simples por nossos leitores, é bem interessante para um carro do preço do Onix. Os faróis que se acendem quando destravamos o alarme também é uma boa adição a um modelo deste segmento.

Defeitos

Não gostamos do consumo alto, do desempenho fraco e também do carro ter apresentado muitos problemas, conforme você vê abaixo.

Problemas apresentados

1.945 km – Escape fazendo um barulho diferente, parece que o silencioso está furado
2.265 km – Tampa do porta-malas com barulho
3.576 km – Maçanetas externas com um líquido escuro escorrendo (problema não resolvido)
4.321 km – Ré ruim de engatar (este é um problema crônico de modelos 1.0 da marca)
10.521 km – Revisão de 10.000 km feita – concessionária não troca filtro de combustível
12.657 km – Marcador digital de combustível não mostra tanque cheio, mesmo enchendo até a boca
14.932 km – Sistema MyLink trava completamente, aparecendo uma mensagem de erro, mas logo em seguida volta ao normal
15.491 km – Barulho na dianteira ao esterçar o volante (problema não resolvido)
20.345 km – Revisão de 20.000 km feita – orçamento muito acima do preço de tabela da GM
24.512 km – Volta o barulho ao esterçar o volante
26.790 km – Cheiro muito forte de gasolina dentro do carro sempre que o tanque está acima da metade (problema não resolvido)
28.933 km – Faróis apagam durante condução, necessário parar o carro e desligar tudo
29.014 km – Faróis apagam novamente, mas voltam a funcionar em seguida
30.000 km – Revisão de 30.000 km feita – problema do cheiro de gasolina não foi resolvido

Como se percebe, a lista acima é bem ampla. Você pode ver maiores informações no histórico do Onix. Foram nada menos que 13 ocorrências em 30.000 quilômetros, ainda por cima em um carro muito bem tratado e usado na maior parte do tempo nas estradas, em velocidades permitidas por lei. Os primeiros problemas sumiram milagrosamente. Não notamos mais nenhum barulho no escapamento nem na tampa do porta-malas. E dizemos “milagrosamente” pois as concessionárias visitadas na época não tinham resolvido o problema.

As maçanetas externas com um líquido escuro escorrendo continuam com este problema até hoje. A ré continua ruim de engatar, e quando esterçamos o volante, ainda temos barulhos estranhos na suspensão dianteira. Este problema da suspensão, o mecânico teve a cara de pau de dizer que é assim mesmo ANTES de sequer mexer no carro. O MyLink continuou travando, mesmo depois de feita uma atualização no seu sistema, e o marcador de combustível voltou a marcar corretamente após a troca da bóia.

O cheiro forte de combustível com o tanque cheio continuou, mesmo com pedidos nossos de uma verificação sobre isso na revisão dos 30.000 quilômetros. Mais uma vez as concessionárias da marca mostram que não se importam muito com problemas que tem de ser resolvidos em garantia.

E fora isso temos algo muito esquisito que aconteceu apenas alguns dias atrás. Os faróis do Onix se apagaram, sem motivo aparente. Tivemos de encostar o carro, desligar o motor, desligar todas as luzes e ligar de novo. Aí perguntamos: e se isso acontece em uma estrada, com chuva, e o veículo fazendo uma curva?

Conclusão

A conclusão que tiramos é que o Onix tem suas qualidades, mas hoje para nós ele não é nem de perto o carro que imaginávamos no começo da avaliação. Ele tem sim suas qualidades, está acima de populares mais antigos no mercado, mas infelizmente ele se mostrou um carro com desempenho fraco, consumo alto, vários problemas estranhos e uma rede de concessionárias que não resolve nada. Acaba não sendo um bom negócio. Ainda mais se levamos em conta os sucessivos aumentos de preço do Onix nos últimos meses, elevando o preço do modelo que compramos de R$ 35.890 para mais de R$ 38.000. Já a versão LT com motor 1.4 tem um conjunto melhor, com desempenho satisfatório e também consumo ótimo, como atestamos quando avaliamos o Onix 1.4.

Venda/Avaliação de mercado

Este Chevrolet Onix não será vendido agora. Ele continuará sendo usado por algumas pessoas de nosso relacionamento por um certo tempo. Mas mesmo assim, pesquisamos qual é o valor dele de mercado neste momento e percebemos que carros da mesma versão, com o mesmo pacote de equipamentos e com a mesma quilometragem estão sendo vendidos por algo em torno de R$ 31.000. Para entregarmos ele em alguma concessionária ou loja de venda de carros o valor oferecido fica na casa dos R$ 26.000 a R$ 27.000.

Próxima avaliação

Nos primeiros meses de 2014 iremos adquirir mais um veículo para passar por nossa Avaliação 365, aguardem.

Confira também todas as matérias desta nossa Avaliação 365.

4.0

COMPARTILHAR:
  • Eita, cheio de problemas, e pos venda ineficiente. Eu insisto, quase ninguem liga pra pós venda, só olham ficha tecnica e pede truco.

    Qual proximo carro poderia ser testado? Eu acho que o Eber vai querer um lançamento, entao o Logan, Up, ou Ka. Derrepente um Ka Sedan.

    • sergiopsy

      Podia ir mais longe… kkkk. Trazer o novo Golf, lançamento com motor turbo monofuel.

      • Off topic. No seu golf, quando você o desliga, porém deixa a chave na primeira posição, o one touch dos vidros dianteris funcionam? Estranhamente, os meus vidros dianteiros só funcionam a função one touch na chave na segunda ou terceira posição, enquanto os traseiros funcionam em qualquer uma!

        • PortoWF

          não me perguntou mas eu não vou perder a unica chance de tirar sarro do seu Golf.
          A do Fiesta funciona o One Touch por temporizador enquanto a chave esta na ignição.

    • Thiagusss

      o logan seria uma boa…
      acho que o ka sedan só vem no final do primeiro semestre…

      • PortoWF

        O Logan tem historico de carro resistente, não terá lá muitas novidades pra analisar durante o teste, bom seria se o BOSS tiver condições financeiras de pegar ou o Golf Turbo com DSG ou o Focus com Injeção direta e Powershif, esses sim, temos varias duvidas a respeito do comportamento no longo prazo.

    • Andrex2501

      Sabe oq penso, já que o NA não vai vender o Onix, mesmo já tendo passado os 30000km, poderia continuar postando vez ou outra ademais. Para sabermos como que agora ele vai se portar!

    • Queremos algum lançamento sim, mas ainda estamos decidindo qual. Sobre outros que comentaram aí de Golf ou outros modelos mais caros, infelizmente tem dois problemas.

      1) O valor de compra desse carro é muito alto para um site independente que não tem um portal ou uma revista por trás como o nosso comprar (lembrando que o carro de Avaliação 365 não é o meu carro pessoal ou carro pessoal de outra pessoa, é um carro comprado SOMENTE para a Avaliação).

      2) Um teste de um ano com um Golf seria algo prático e interessante para poucos leitores, ao contrário de um teste com um carro barato.

      • Fellipe

        Eber, manda bala num Up ano que vem! Guarda dindin aí!

      • Acho que seria interessante um Renault, um Peugeot… pra sair das 4 grandes e mostrar que a qualidade dos "franceses" é melhor do que se pensa.

        • Dragoniten

          Ou não, rs. -brinks

          • experientdriver

            Os franceses estão sempre nas piores colocações nas pesquisas de mercado com os proprietários.

            • ismajunior

              Pelo contrário, a Renault, por exemplo, é super elogiada entre os proprietários.

              • tatu_peba

                A Renault tem uma média de 1/172 (1 reclamação para 172 veículos vendidos), considerada boa. As outras duas francesas estão abaixo da Renault. Tem chinesa com média de 1/19 e alemã de luxo com média de 1/105. As campeãs em satisfação são Fiat, Toyota e Honda, nessa ordem. Fonte: Pesquisa do IG no Reclame Aqui.

        • CharlesAle

          Tanto pode ser que sim,como pode ser um desastre também,queimando ainda mais o filme dos carros franceses.E como eu disse antes,não existe carro ruim,é só seguir o plano de manutenção de cada fabricante,quando trabalhava na manutenção de frota,fazia isso e quase não tinha problemas.

        • AndreSS

          Também acho.. 208 seria uma boa pedida.

      • gcarlos

        2 _ perfeitamente! Pra que o blog seja mais acessado, tem que ser um modelo que interesse a mais pessoas. Muitos carros que vendem 1000 unidades/mês vai atrais menos pessoas….Poderia ser (New) New Fiesta, 208, c3. .. no mínimo

      • Bernardo B

        Bem que poderia ter uma revista do NA, pra desbancar aquela quatro-patas comprada pelas 4 grandes.

      • Renan L.

        Um Up seria show msm.

        To muito curioso pra saber a economia de combustível, já que seria um carro pra trabalho.

        Fica a dica ai!

      • hugogyn94

        Se eu fosse você eu pegaria o Logan 1.6.

      • PortoWF

        Chefe, podendo, encare um com cambio automatizado, muitos aqui precisam de mais dados sobre o comportamento desses cambios no longo prazo pra se sentirem mais confiantes.

        • tulio

          isso aí! Algum automatizado seria bacana, esclarecedor na verdade, já que muitos(eu me incluo nesses muitos) tem dúvidas a respeito do comportamento desse tipo de tecnologia. Parece ser fantástico: conforto e praticidade a um preço mais acessível, sem contar que é, muitas vezes, questão de necessidade mesmo e não de luxo.

    • Perceivve

      O meu esta com 22.000 Km, na minha mão faz 9.8 cidade e 16 km/l estrada, na da minha mae que tem pé pesado
      faz 9.3 cidade. O meu é 1.6, completo + abs e airbag, 11/12, quase sempre ando com ar ligado.

    • Corvo

      Mas estou achando o consumo um pouco alto em cidade. Num Fox 1.6 faço 10 km gasolina fácil e na estrada faz uns 14-15 km (rodando sempre em SP e transito as vezes bem pesado). Mesmo assim usando etanol semana passada cheguei a fazer 7.7 km na cidade (rodei 350 km com um tanque)…
      Realmente o custo-benefício do Fiesta está imbatível…

    • CharlesAle

      Na minha opinião ,um fiesta rocam 1.6 é disparado a melhor compra hoje em dia,tai o teste do Onix para provar..com seu péssimo consumo!!!bem melhor um 1.6,que anda muito bem e é bem equipado como o fiesta….

      • bedotRJ

        Fiesta Rocam é pé de cana sim. Falo como usuário desse motor 1.6 há mais de 5 anos em um carro que é ainda mais leve, o Ka. Parece que o Rocam 1.0 também é chegado na 'marvada'.

        Esses Fords têm custo-benefício razoável por já serem carros antigos, em vias de sair de linha. Acabam sendo vendidos, mesmo com motores 1.6 bem mais potentes, por valores significativamente inferiores aos dos novos 'queridinhos' (HB20 e Onix) com motor 1.0. Eu não descartaria por completo um Fiesta Rocam 1.6 hoje, mas acho que, na hora H, acabaria dando preferência ao Etios ou ao March.

    • joaquim vaz

      acho que o consumidor deveria pedir 6ssssssssssss ladrãooooooooo, o que vc acha????

  • ViniciusSantoro

    Nossa, passou tão rápido. Acho que o NA pode fazer uma enquete perguntando qual carro os leitores gostariam de ter na próxima avaliação 365, dentro da categoria ($) escolhida, parabéns.

    • Fabaum_ITB

      Fox 1.0 bluemotion, já me adiantando hehehe

      • Andrex2501

        Seria uma boa opção! Ótima pedida

    • Sinceramente prefiro várias avaliações bem feitas de vários carros do que uma hiper avaliação de apenas um… Poderiam voltar com os videos de avaliação, não precisaria andar milhares de quilômetros para medir o combustível… um vídeo mostrando o interior e um vídeo dando uma voltinha pela cidade já estaria bom.

      • morais_13

        Concordo plenamente!

      • Só que escolher uma coisa ou outra não é o caso. Nós já fazemos várias avaliações bem feitas de vários carros em um ano e em adição a isso ainda fizemos a Avaliação 365 do Onix.

  • dracconitos

    Aqui em casa tem um 1.4, alguns defeitos são comuns, como a ré, o escorrimento nas maçanetas, está com 7500km e por enquanto foi só, mas pelo jeito vem mais bronca pela frente kkkk.

    • Gabriel Pereira

      Tente, antes de engatar a ré, primeiro engatar a 3ª marcha, voltar ao ponto morto e depois engatar a ré. Tive Montana e Corsa que tinha essa "característica".

      • O Observador

        eu tinha um corsa e eu tb fazia esse procedimento, para engatar a ré com mais facilidade.
        mas não deixa de ser um absurdo!!

      • Marvan Boff

        No meu sandero tem um problema semelhante, o que parece resolver é colocá-lo em ponto morto, tirar o pé da embreagem e depois engatar a ré(pisando na embreagem obviamente).

        • silasrana

          Marvan, também tenho um Sandero e esse problema não mais acontece.
          No manual do Ford Focus, há um procedimento para que isso não ocorra. Antes de engatar a marcha-à-ré, passe pela primeira marcha. Simples. Pise na embreagem, engate a primeira e, logo em seguida, vá até a marcha-à-ré. Ela entrará lisa, sem 'arranhar'. Faço isso constantemente em ambos os carros aqui de casa e nunca mais tive este problema.
          Faça a experiencia…

    • silasrana

      Cara, aqui em casa temos um Focus 2.0 que também tem essa característica para engatar a marcha-à-ré. Tanto que no manual do carro é citada dois procedimentos para que esta marcha entre sem 'arranhar'.
      Antes da ré, passe pela primeira marcha. Ou seja, pise na embreagem, engate a primeira e logo em seguida mude pra pré. Ela entrará lisa, sem problemas.
      Outra solução é, antes de engatar a ré, manter a embreagem pressionada, com o câmbio em ponto morto por 5 segundos. Os dois métodos funcionam, mas aqui em casa adotamos o primeiro, por ser mais rápido. Faça a experiência. Acho que pode funcionar.

      • PortoWF

        são macetes pra enganar o sincronizador, mesmo exemplo de Onibus ou caminhões com sincronizador antigo de baixa eficiencia, pra primeira entrar facilmente vc coloca primeiro a segunda e depois puxa a primeira, entra q nem manteiga.

      • Markin

        Tenho um Siena 1.8 2003 que de vez em quando tenho que fazer isso também prá ré entrar mais facilmente. Detalhe, ele é motor 1.8 do Astra. O mais engraçado que já tive um siena 1.0 16v Fire, ano 2001 em que isso não acontecia. Será que o tipo de motor influencia no câmbio?

  • carrosecompania

    espero que o novo ford ka não seja assim.

    • Leandro1978

      A Ford está tendo problemas de acabamento em todos lançamentos nacionais e até no novo Focus. Você acha que não terão no novo Ka, um popular abaixo do New Fiesta?

  • Antitruste

    E depois vem gente falando mal dos carros franceses, mas esse relato ai se me falasse q seria u peugeot ou renault, eu acreditaria…mas vindo de um chevrolet, q q tah acontecendo c essa marca??? Quero mais eh distancia…

    • Edson Roberto

      Como é que é????

      Preconceito exarcebado de algo que nunca existiu nas marcas? Legal isso….

      Vc já sentiu cheiro de combustivel dentro de um carro dessas marcas? Vc já viu maçaneta escorrer liquido preto? Eu nunca vi. Já vi outras coisas como barulhos, problemas elétricos, mas esse tipo de problema que aconteceu no Onix nunca.

      Pelo historico que podemos dizer, no passado o maior problema era mecanico e o custo de manutenção, além de barulhos internos. Hoje em dia a parte mecanica diminuiu, os problemas eletricos acontecem e o custo de manutenção já é falacia.

      Aí a pergunta… o que jsutifica a compra de um Onix 1.0 LT? Eu não compraria um 207 no lugar é verdade, mas compraria um 208 no lugar de um Onix 1.4.

      • JPaulo10

        Para mim, ficou claro que o motor 1.4 não é interessante mesmo para um Ônix, quanto mais para um Prisma.

        Estamos satisfeitos com o 1.6 da PSA, primeiro num C3, depois no 207 Passion AT. Pode não ser o primor em economia de combustível (sobretudo no AT), mas é um bom motor.

        Quanto à GM, acho que poderia fabricar logo o 1.6 do Sonic no Brasil, deixando o 1.4 para Celta, Ônix e Classic.

        Edson, depois dizem que comprador de Toyota/Honda é medroso e conservador. Viva! para o pós-venda da GM rsrs.

      • Alvacir Gonçalves

        Interessante o que falam do Peugeot. Tenho um Sedã 207 1.4 2009/10. Acabou de chegar nos 50.000km e até hoje, excetuando o cabo da máquina de vidros dos dois lados que se romperam, de resto só as revisões normais. Estou muito satisfeito com o carro.

    • Fabio D.

      Não me leve a mal, mas faça a gentileza de avaliar melhor seus pontos de vista. Nunca, absolutamente nunca, vi esse tipo de coisa acontecendo no meu Clio, ou vi qualquer contato que possui carro francês reclamar disso. O meu antigo carro, um 206 2003, apagava a iluminação e enguiçava do nada, mas era um carro velho e malcuidado, com a elétrica toda mexida (não descobri o que o antigo dono fez ali, porque batido o carro não era), ou seja, era de se esperar defeitos frequentes.

      Num carro novo, não é aceitável esse tipo de defeito, seja ele da Chevrolet, da Renault, da Lifan ou qualquer outra marca.

      Agora, uma coisa é certa, a revisão desse carro está muito cara e o produto perdeu qualidade.

    • Jymonotaka

      Vamos refletir um pouco.
      Esse negócio de Chevrolet ser boa vem lá da época que eles ainda vendiam opala e tals, que era um mercado fechado com baixa concorrência, sendo assim, os carros não eram lá grande coisa, além de já serem todos ultrapassados. O próprio opala quando estreou aqui já era ultrapassado e tinha problemas, como: sair de traseira, console trincar, problema crônico da suspensão dianteira bem famoso. Carros da chevrolet que eu me lembro de não ter ouvido grandes reclamações de problemas foram só Omega e Vectra, mas também, sobre eles não se vê muita gente comentando.
      Então, esse negócio de chevrolet ser boa acho que é muito mais coisa que os pais e avós passaram pras próximas gerações que realidade. Um parente comprou um celta novo no começo desse ano e só teve problema, meu pai comprou um monza 0km também e quase toda viagem ficávamos na pista.
      Um chevrolet com 30mil km ou um ano apresentando vários problemas não foi uma surpresa pra mim.

  • Cassianoccm

    Iniciativa sensacional, já parabenizei no ano passado e vou parabenizar de novo.

    • Obrigado!

      • Luís Tiago

        Também quero lhe parabenizar, Éber, continue o bom trabalho! Essa avaliação é um dos motivos que me faz acessar o site diariamente.

  • Lord Krauser

    JAC J2 ?

  • Pega um fiesta 1.6 manual ou automático. O pessoal anda reclamando muito de problemas com ele. Seria legal um tira teima.

    • thales_sr

      Que pessoal? Quais reclamações?

      • PortoWF

        o pessoal do Reclame Aqui e do Yahoo Responde! kkkkkkkkkkkkk

    • CharlesAle

      O colega Porto acabou de fazer um relato da revisão de seu New Fiesta,só reclamou da pintura,que se resolveu com polimento,o câmbio até agora tá jóia.Não sei porquê o pessoal implica com um carro que foi um dos melhores lançamentos recentemente…….

      • PortoWF

        Imaginação desse povo vai longe,!!!! kkkk

  • AndreMartini81

    Parabéns pela iniciativa do Notícias Automotivas.

    Apenas acho que na próxima Avaliação 365 a quilometragem rodada seja maior, como 50.000 ou até 60.000km como faz a Quatro Rodas.

    Minha sugestão para a próxima compra: Celer se a faixa de preço for até 35.000 reais ou Lifan X60 se for uma faixa de preço mais alta.

    • O problema é que os carros dessa revista servem a pessoas que trabalham em outras revistas também. Muitas vezes eles comentam que a revista X, que fala de viagem, usou o carro tal pra ir até o nordeste, etc…. nós do NA somos uma empresa pequena perto de uma editora enorme, e somos poucas pessoas para conseguir rodar 60.000 km em um ano.

      E outra, nem eles rodam isso em um ano, o Onix deles mesmo está com 39.000 se não me engano.

    • Alex_abade

      Avaliar um chines seria bem interessante mesmo… Até mesmo pra avaliar a rede de concessionárias, além do carro obviamente.

  • Igor

    Incrível como a GM não consegue fazer motor econômico…

    • João Cagnoni

      Mas o Vectra GT é econômico, eu tinha uma Cherokee V8 e o Vectra agora consome um pouco menos.

      • Fabio D.

        Que ironia horrível! Hahahaha!

    • thales_sr

      Rapaz, consegue. O Celta é econômico. Mas 1.0 num carro de mais de 1000 kg, bebe mesmo. Fiesta é assim, Palio é assim…

    • realista

      Mas este motor tem 20 anos, neste periodo foram feitas algumas motificações, então não tem como tirar mais economia deste jurrassico motor.

    • LS7

      Para mim esse Onix foi muito exigido para que apresentasse um consumo assim. Tive um Corsa sedan (mod. mais novo – mesmo motor desse Onix) 1.0 (79 cv). Na época eu usava mais álcool. Certa vez experimentei forçar ao máximo na estrada para ver o consumo. Resultado: 11 Km/l de álcool!!! Por isso estou duvidando desses resultados do Onix, que não é mais pesado que um Corsa sedan.
      Já tive Corsa sedan 1.4, e o consumo era excelente. Na estrada fazia mais de 17 Km/l. Aqui em Brasília, mesmo no trânsito caótico, nunca baixava de 14 Km/l.
      Hoje tenho um Cruze AT que faz 15 Km/l na estrada (14 Km/l com ar ligado), e um Cobalt 1.8 AT que faz 15,5 Km/l com ar ligado.
      Me diga qual motor que equipa carro do porte desses que eu citei, que tenha potência equivalente, é melhor. Lembrando que o Cruze pesa 1.430 Kg e o Cobalt pesa 1.173 Kg.

    • PortoWF

      também, tudo motor da epoca q eu era Virgem!! kkkkkkkkkkk

  • Silva

    Poderiam manda um teste com mais de um modelo, não é? Este e o próximo ano foram bem fortes em lançamentos de novos modelos! Serial legal testarem carros de categorias semelhantes para poder realizar uma comparação de qual é a melhor opção (só por favor não caiam na rede e fiquem puxando sardinha pra algumas montadoras específicas, como fazem alguns sites/revistas especializados por aí!!!!!).

    Eu aconselharia a mandarem um teste de Up e novo Ka! ;)

    • Eita…. gastar R$ 60.000 ou R$ 70.000 em dois carros de uma vez seria complicado.

      • Leandro1978

        Quem sabe futuramente, né? Lembro que a QR também começou avaliando um por vez e tb à quilometragem semelhante. E naquela época, os carros apresentavam muito mais problemas que os de hoje.

        • Fabio D.

          Pois é, todos esperamos ver o NA crescendo, a equipe merece um futuro promissor. Só que, comparando à QR, os caras têm mais de 50 anos de mercado, sendo que o primeiro teste de Longa Duração aconteceu em 73, com um VW Variant. Nesse tempo, os caras cresceram bastante, ganharam dinheiro e, óbvio, ganharam força pra fazer testes com carros mais caros. O NA ainda não fez 10 anos, apesar de já ter crescido muito em conceito com o público, então é mais difícil bancar um carro mais caro, ou dois, como a galera tem falado.

      • Jymonotaka

        Bora simular a situação real da maioria mesmo, só parcelar cada carro em 60 vezes!
        E se no final vc pagar duas vezes o preço do carro e ele vai estar valendo metade não tem problema, pq cabe no bolso!
        Brincadeiras a parte, mas infelizmente essa é uma situação muito comum…
        Gostaria de ver teste de duração de algum modelo da cherry, já que eles tem carros interessantes em questão de design mas se comenta muito pouco sobre a marca. Além disso, chinês já viu, né? A galera só comenta quando é pra meter o pau!

  • Rafael

    O LOCO! Fiquei assustado com a quantidade de problemas!

    • luta4ever

      Só problema pequeno, qualquer carro está sujeito. Sempre tive carros importados e todos deram problemas parecidos. Nunca vi carro que não dá defeito.

  • PONCIO PILATOS

    cê tá doido meu… problema demais para um carro que seria a "revolução"…

    • Leandro1978

      Será que não devido justamente a isso? Embora tenha minhas dúvidas se os mesmos ocorreriam em um projeto global, isto é, estivesse presente tb em mercados, digamos, mais exigentes …

    • CharlesAle

      Pois é,a revolução virou só apurrinhação!!!

    • luta4ever

      Esperar revolução de um popular é muita ingenuidade.

  • PauloPGomes

    Eber, bem que no proximo 365 você poderia pegar o New Fiesta hein? O 1.5 de entrada mesmo! Abraço!

  • GSouza

    Sinceramente, eu tenho um prisma 2013 com 10.000KM e o único "defeito" é o engate da ré que arranha quase todas as vezes, mas isso acontece na maioria dos veículos GM (celta, corsa, meriva, onix, prisma, etc). Eu não tenho nada a reclamar do meu carro, esta sendo muito bom, me atende muito bem, ando tanto em estrada e cidade quase 50KM por dia. Minha mãe tem um onix também não apresenta defeitos e esta com quase 8000KM. As únicas coisas são o consumo e o motor 1.0, que vamos concordar a maioria dos carros 1.0 não anda bem, é um motor limitado.

    • erick

      Pra resolver o problema da ré: aperte a embreagem espere uns 2 segundos ou mais e engate a ré, ela não vai arranhar.

    • fschulz84

      Um carro com 10000kms e outro com 8000kms, se der problema para né…

      Meu ex Old-Focus 2008 ficou comigo até os 90000kms sem problemas/defeitos.

      • GSouza

        Mas comparando com a Avaliação parece que os dois estão se saindo melhor.

    • Wellington Myph13

      Até Gol faz isso
      Já tive 3 classics, 1 corsa e 1 celta…
      Todos eles, pra não arranhar, você engata 2a logo antes de engatar a ré que não faz mais…

    • Tejolo

      Esses 18.000km dos carros eu rodo por mês, em três carros (18.000 no total dos três, para ficar claro). Seu carro e de sua mãe sao zero, Não pode mesmo dar problemas. Da GM quero (muita) distância, tive um astra, que carro ruim! andava bem, mas batia tudo e era um beberrão inveterado, não aguentei nem 1 ano com ele. Ainda tentei um cruze, mas o câmbio é louco (era, pois parece que corrigiram) e muito duro . Agora só japa, franceses e ford por falta de opção de pick-up melhor com preço não tão absurdo.

  • WagnerSCS

    Eh, Onix… Sem chance…

  • Hugo

    E ouvi dizer que o Palio attractive 1.0 é que não andava, resumindo quem anda mais ?? O preço do onix ta muito alto pra um 1.0, daqui a 2 anos iremos comprar um 1.0 completo por 40.000 reais kkkkk

    • aleneo2

      Já compra olha o HB20S.

      • schweinerei

        Fox 1.0 completo beira os 44k.

        • Bernardo Brasil

          Foi trend 1.6 completo é encontrado em recife por 36.000

          • schweinerei

            Defina "completo". A minha definição para tal é o modelo com todos os opcionais possíveis.

    • Anderson_sp

      O melhor "popular" 1.0 até agora, tanto em rendimento quanto desempenho é o Fox Bluemotion 1.0, acredito que o Up ! por ser mais leve pulverize os dados do Fox e saia na frente.

      • luta4ever

        Fox Bluemotion se resume a pneus, compre os pneus iguais do FOX coloque no seu carro e calibre com 45 psi e terá ou XY Bluemotion

        • Ricardo Rangel…

          Além dos pneus de baixo atrito, há também o motor de três cilindros…

  • pauloreis

    falam do pos venda da FORD, FIAtT, RENAULT, não é dieferente, todas tem as mesma respostas mencionadas aqui pelo Eber para outros problemas, que na verdade devem ser considerados vícios… conclusão: No Brasil tudo pode, e não pensam que as asiáticas são diferentes: a KIA, experiência da minha irmã, é igualsinha… empurram até a mão nas revisões, 5 anos de garantia e sinal de preju na css. Agora, a toyota e a honda teem participação pífia no mercado, (menos de 7%), desta forma, teem a OBRIGAÇÃO de terem um melhor pós-venda, até pq seus carros são considerados premiuns ou superior.

    • Tejolo

      De pós vendas é muito difícil de falar, pois cada css tem atendimentos que variam de região para região. Eu só tenho elogios ao pós vendas da Renault e da Honda, e acho o da VW horrível. Da Ford é bem ruim, isso ainda pois sou muito amigo do dono da css, senão tava realmente em maus lençóis. A GM daquí é pior que a Ford, e Toyota é boa, assim como a Fiat. Portanto, falar de pós vendas é complicado.

  • Não acho o desempenho fraco do carro um defeito, é um motor 1.0 que é feito pensando na economia e não no desempenho.

    • Discordo. Foi pensando em ser barato, somente. Veja nas próprias avaliações do NA que além de melhor desempenho, o motor do Onix 1.4 é mais econômico.

      • O Onix 1.4 é uma compra mil vezes melhor que o 1.0.

  • Poderia ser um veículo popular de outra marca como o Logan e assim, em dez anos dá para se ter um panorama geral do pós-venda das marcas mais vendidas. Precisa ser popular também, porque é o carro mais acessível para a grande maioria dos leitores.

    • Sim, pensamos que populares são os mais indicados para esse tipo de Avaliação, pois ainda são os mais comprados.

  • Bruno

    tá aí pra quem falava que o Astra/Vectra fazendo 8,5/9 km/l na gasolina era gastão tá aí o moderno Onix com seu revolucionário 1,0,baita saudades do Corsa…

  • Magnosam

    ÓTIMA avaliação. O NA está de parabéns.

    Aguardo por uma destas sobre o GOLF.

    • Almeida77

      Boa… que venha a avaliação 365 com o Golf ou o Up! =D

  • Rods

    Todo Onix que vejo, de cor clara, tem óleo escorrendo pelas maçanetas. E o donos acham normal.

    • O_Corsario

      Mas é óleo ou sujeira? POr exemplo, quando chove, a água pega a sujeira e escorre. Dependendo do desenho e da aerodinâmica, essa água tende a escorrer por determinados pontos, no caso do Onix pode ser as maçanetas, por exemplo.

      • Rods

        É óleo mesmo Corsário. Da lubrificação do mecanismo de abertura. Já passei a mão na "sujeira" e comprovei.

        • O_Corsario

          Nesse caso, não falo mais nada! rs

        • CharlesAle

          Também já vi,em um estacionamento de mercado,um Onix com algo escuro escorrendo das maçanetas,mas achei q era água suja,já que o carro também tava bem sujo e eram dias de chuva aqui na região…..

          • Ricardo Rangel…

            Onix, Prisma, Cobalt… Claros ou escuros, o óleo corre pelas maçanetas…

    • bedotRJ

      Não é óleo. Vou reproduzir o comentário que fiz lá em baixo na lista de posts:

      Sobre o lance do líquido escorrendo pela maçaneta, na verdade não é um líquido do carro. É que a região das maçanetas do Onix e do Cobalt forma pontos de fluxo aerodinâmico que permitem a acumulação de poeira. Esta poeira em contato com umidade acaba formando esse tal líquido. É um "defeito" que fica visível nos carros de cor clara (o Cobalt da minha mãe é branco e tem o "problema"). Mera sujeira concentrada. Basta manter o carro limpo.

      • PortoWF

        quase todos os carros formam essas manchas em alguns lugares depois de rodar muitas horas em estradas, é só reparar ao final da viagens, principalmente sob chuva.

  • Cezar

    Bem, foi muito bom ter lido a respeito deste 12 meses com o ONIX, pois reforça a minha tese que quer os carros, pelo menos os 1.0 da GM são problemáticos, e sempre os mesmos problemas, pois tenho um Classic 2012 que com 1 ano e 10 meses, com 13.100 km rodados já me deu várias dores de cabeça, tipo:
    Se mudar o tipo de combustível, e o tanque estiver abaixo de 1/4 no outro dia ele não funciona, já levei para a concessionária, eles fizeram uma programação, e ficou a mesma coisa.
    O carro começou um pequeno vazamento na tampa de válvulas do motor, levei para um centro automotivo, e não para a concessionária, mas foram honestos e falaram que está muito pouco e não era necessário mexer, pois caso efetuassem a troca, este defeito iria passar a ser crônico, pois é um defeito antigo deste tipo de motor chevrolet.
    Com apenas 1 ano e meio, o carro apresentou ferrugens nas 2 portas traseiras, e na tampa do porta malas traseiro, mas liguei para o SAC da GM, fiz a reclamação, e fui muito bem atendido, o serviço foi feito mesmo o veículo fora da garantia.
    Esta semana ao abrir o capô para verificar os níveis da água, verifiquei que estava iniciando também ferrugens, porém era bem pouco e ainda estava apenas na pintura, neste caso mandei um pintor de confiança fazer o serviço, onde ficou perfeito, já que foi a parte interna próximo a quina, e o valor cobrado foi super barato, apenas R$ 50,00, mas este preço por amizade mesmo.
    Cheiro de gasolina, isto é normal, já tive loja de seminovos, e todos os GM que eu vendia, de vez em quando aparecia este cheiro, o que não é diferente do meu classic atual, mas não fica frequente, é apenas de vez em quando, e não precisa o tanque está cheio, meio, ou 1/4, este cheiro pode ter certeza que é da bomba de gasolina que fica em baixo do banco traseiro.
    Quanto ao marcador de combustível, o do classic mesmo sendo analógico, após abastecer em alguns momentos ele fica no mesmo lugar, e depois de um certo tempo é que vai para o lugar certo.
    Barulho ao virar o volante tipo uma mola ressecada, e outro barulho ao pisar na embreagem, que já foi detectado logo que comprei, era a mola, eles lubrificaram, mas recentemente voltou.
    Então, já tive carros de outra marcas, mas nunca tive com nenhum os problemas que tenho com este classic, portanto não tenho interesse em adquirir outros carros da GM, pelo menos 1.0, pois a minha cunhada tem uma SPIN, já tem mais de 01 ano, e o carro até o momento não apresentou um problema sequer, salvo as manchas de óleos das maçanetas.

    • jOe

      quanto ao fedor de gasolina, também sofria com isso. Se você não usa etanol e se ai não faz frio, e você só utiliza gasolina, experimente esvaziar o tanquinho de partida à frio e andar com ele sempre vazio. Tome cuidado também em sempre que abastecer, ir verificar se a tampa do bocal do tanque principal está realmente bem fechada pois essas tampas vem com algum defeito que mesmo fechadas, escapam fedor.
      Realmente o CLASSIC 2012 veio com uns probleminhas a mais que o 2008 que eu tinha.

    • Leomt

      Kkkk, é incrível como a GM e outras nacionais continuam tendo esse problema na troca de combustível por outro. Em casa já tivemos celta, corsa sedan, fox, ka, etc, e todos tinham problemas para ligar após troca de combustivel principalmente em dias frios. Com meu fit 2008 nunca tive esse problema. Não quer dor de cabeça, vá de japonês, nem q seja usado.

  • Castle_Bravo

    O cheiro de gasolina, na linha Corsa e Meriva, que tenho mais experiência, sempre foi por causa da tampa de combustível aberta, que algum frentista deixou.

    Não sei como é no Onix, se o sistema é igual, mas no Corsa é ela é meio "boba", às vezes parece que fechou, mas não fechou, daí "vaza" um cheiro forte de gasolina que chega a invadir o habitáculo, só um aperto na tampa e o problema se resolve.

    • Verificamos a tampa algumas vezes mas não era o caso.

      • PortoWF

        o Onix tem o acesso a bomba de combustivel em baixo do banco traseiro ?
        Dá uma cafungada pra ver se o cheiro não vem dali!

      • Hans

        Vejo muita reclamação na internet com cheiro de gasolina nos novos Chevrolet. No Reclame Aqui tem várias. Sempre mencionam o canister, mas a fábrica não resolve o problema.

    • Fabio D.

      Cara, cheiro de gasolina em carro novo é coisa de se espantar… Tô acostumado a ver (e ser defumado haha) em Fusca, Opala, Brasília, mas num Onix? Acho improvável, mas, seguindo sua linha de raciocínio, pode ser o tanque de partida a frio mal fechado.

      O Polo Sedan que minha mãe tinha apresentou, com 4 anos e meio de uso, problema de cheiro forte de gasolina. No carro dela, era o reservatório de partida a frio que estava rachado e acabou vazando, mas contaminou a ventilação e o carro fedia muito. Enfim, tinha conserto, mas ela tem pavor de incêndio (já perdeu um carro em um e se machucou na brincadeira), então preferiu consertar e vender o carro.

      • CharlesAle

        Tive um fusca verde,e para abastecer tinha de abrir(lembro disso e vejo como os jovens de hoje são privilegiados!!!!) o capo,esse era terrível,o frentista deixava algumas gotas pingarem e pronto,o cheiro invadia,pelo porta luvas,dentro da fuca..Naquela época a gasolina tinha cheiro bem mais forte q hoje,andava até com bafo de gasolina hehehe!!!!

        • Tejolo

          Ainda mais que na época deveria ser aquela gasolina com chumbo. Se a atual já tem cheiro forte, a antiga é muito pior.

        • Castle_Bravo

          Lembro quando era criança, meu pai tinha um e não tínhamos rádio, logo havia um buraco de acesso direto ao porta-malas e na maioria das vezes acontecia isso, pingava gasolina fora e o cheiro invadia o habitáculo!

      • EduardoHaddad

        tive esse problema no meu polo tb. mesmo arrumando demorou para sumir totalmente o cheiro, por causa do sistema de ventilação! No meu caso foi pq a antiga dona nunca tinha colocado gasolina no tanquinho!

    • jOe

      verdade. Tenho um CLASSIC 2012 e tomo cuidado com isso. Mas o fedor só parou mesmo quando passei a não utilizar aquele tanquinho de partida à frio, deixando-o sempre vazio.
      Os frentistas realmente, vacilam em deixar a boca do tanque principal aberta.

  • Iuri

    Tenho um prisma 2013 com 9.500km tambem escorria lubrificante pela maçanetas vivia limpando mais agora parou estranhamente tem um barulho na parte da frente do carro q vou pedir p ver na revisao dos 10.000km e o barulho ao esterçar o volante tambem tem, acabamento interno bom por enquanto poucos ruidos de acabamento levando em conta q moro numa cidade com muitas ruas de calçamento, mais no geral é um carro bom melhor q o classic 2011 q eu tinha.

  • Paulo

    Mais um site que a GM vai boicotar depois da conclusão… hehehe!!

    • Nós apenas apresentamos fatos nessa nossa avaliação. Não é opinião, é fato. Se a marca fosse boicotar todos que fizessem isso, iria boicotar muita gente, pois carros de todas as marcas apresentam problemas em avaliações, principalmente avaliações de longa duração.

      • Paulo

        Sim, concordo com você. É umas das poucas avaliações na qual observei imparcialidade na conclusão. Nada mais justo do que apontar todos os erros do veículo para quem deseja adquirir um. Quanto ao fato de o outro site ter sido boicotado, foi covardia da GM, pois também era imparcial e apontava, além dos defeitos dos veículos da época (idade dos projetos de todos os modelos, entre outros), a falta de investimentos da marca no país mais lucrativo para ela.

      • Fabio D.

        Acho uma "jumentice" sem tamanho boicotar site. Cara, é veículo de imprensa, como vc boicota quem vende seu peixe? Hahahaha se fôssemos boicotar a Globo por falar mal da empresa onde trabalho diuturnamente… na moral, ia fechar a porta e o último que saísse que apagasse a luz.

        • PortoWF

          vc trabalho pro Governo? kkkk

          • Fabio D.

            Porto, não, iniciativa privada mesmo! E onde já se viu governo falir por causa de imprensa? Ainda mais no Brasil, com Dilmão no poder. Manda fechar a televisão e pronto! Ou, se quiser pagar de bacana pro povão, fecha a torneira do empréstimo público que eles voltam a ficarem pianinhos…

            Mas a piada foi boa hahaha!

        • Hans

          Houve site que foi boicotado por duas fábricas… uma chinesa e uma alemã, após relatarem defeitos e falhas de projeto em seus carros.

  • Éder Belo

    Sobre algumas sugestões, acredito que carros caros demais não atenderiam o objetivo do teste, assim como remodelações (Logan) e carros que serão substituídos em breve (Fox Bluemotion). Acredito que um forte concorrente à vaga seria o Up! Ao meu ver seria a escolha mais sensata, uma vez que será um projeto novo e adaptado ao "gosto brasileiro" e direcionado à massa, ou seja, vai vender muito. Assim, todos aqueles que compraram (ou que irão comprar) podem acompanhar o teste e tirar suas dúvidas e satisfazer suas curiosidades, ainda mais em um modelo com proposta totalmente inovadora, se tratando de VW.

    • Leomt

      Tb acho. Melhor ainda um up Imotion, pois será o primeiro 1.0 automatizado. Adoraria ver esse teste para ver se ele será um bom candidato para enfrentar o trânsito infernal das gdes cidades. O restante dos concorrentes automáticos estão com preços absurdos para a maioria da população brasileira.

  • Carlos Alves

    Tenho um Celta e pra resolver a ré arranhando ou dura na hora de entrar é so botar a primeira antes, ou então esperar uns 5 minutos. Uma gambiarra, é lógico, mas é melhor que passar por braço duro na rua com o carro gritando na hora de manobrar.

    • Manolo

      Esperar cinco minutos para engatar a ré ? Fala sério.

  • Duda1565

    Fazendo o mesmo consumo do meu carro. A diferença é que é um Cruze Automático, quase 1/2 tonelada mais pesado…
    Carro 1.0 econômico é para quem se arrasta, e sem ligar o ar.

  • Vish, eu pensará em comprar um, já fiquei com o pé atrás.. :(

  • wrossini

    Bom trabalho feito.

    Continue postando uma vez ao mês e compra o UP! logo de cara, que será uma pre serie, terá um monte de erros de produção que serão aperfeiçoados no decorrer do tempo, como no Gol GV.

    Qto ao valor do Onix, que desvalorização do Onix hein!
    Quase 30% em um ano considerando o valor dado nas lojas.

  • BrennoF

    Eber esse problema do cheiro de gasolina se deve a bomba de gasolina, no meu antigo corsa hatch tivemos esse problema varias vezes, o tanque de combustível fica instalado logo abaixo do banco traseiro e o acesso a bomba de gasolina era por debaixo do banco, bastando levanta-lo, o problema só foi ser solucionado com a troca da bomba de combustível. Recomendo dar uma olhada, pois se for na mesma localização do antigo corsa, é isso ai a fonte desse forte cheiro de gasolina. Abraço.

    • Interessante, vou ver isso.

      • aiantos

        Eber, tive problemas como cheiro de gasolina dentro do carro e houveram duas possibilidades:

        1 – No meu Prisma (Onix Sedan) o Frentista quando abasteceu o sistema de partida a frio (dentro do cofre do motor) do veículo derramou um pouco de combustível, o sistema de ventilação do veículo "puxa" o ar na mesma região do sistema de partida a frio, fazendo com que o habitáculo ficasse com o odor.

        2 – Também tenho um Gol G4 e a mangueira do sistema de partida a frio dele se partiu por ressecamento, o combustível que vazou por alí levou meses até se "livrar" de dentro do carro.

        Espero ter ajudado

    • Rodrigo_Galera

      Boa parte das bombas não fica justamente no banco traseiro? O meu também fica (Escort Sapão) e também estava com problemas com cheiro. (no meu caso, álcool).
      E não é que era JUSTAMENTE a bomba o problema? Troquei, PAROU!

  • radiobrasilcombr

    A falha nos faróis deve ser no relê…. verifica os reles dos faróis Eber.

  • Sugiro pegarem um chinês (Jac J2 ou J3). Muita gente (eu inclusive) tem curiosidade sobre o dia-a-dia de um carro desses e sua durabilidade no uso contínuo de um ano.

    De todo modo, independente do modelo a ser escolhido, ficam meus parabéns ao NA pela pioneira avaliação! Esperamos a próxima ansiosamente!!

    • O_Corsario

      Boa idéia, eu tbm gostaria de ver na prática um chinês.

  • André Silvestre

    "Tivemos de encostar o carro, desligar o motor, desligar todas as luzes e ligar de novo. Aí perguntamos: e se isso acontece em uma estrada, com chuva, e o veículo fazendo uma curva?"

    Como diria o GTA V: "Se fodeu"

  • MuriloSoares

    Além de achá-lo horrível, acho que apresentou muitos defeitos em 1 ano, depois vêm falar que o carro é bom!.
    Tenho um Palio 1.4 do modelo novo, com ar, nem mesmo usando o ar, ele gastão feito esta merda de Onix. Meu carro está exatamente com 18 meses de uso, e nunca apresentou um defeito, e não é defendendo a Fiat não, pois ela faz muita cagada nos seus carros. Ao meu ver, qualquer não deveria apresentar nenhum defeito no período de um ano.

    • luta4ever

      Tenho o novo Mercedes Classe A e em alguns meses já deu mais defeito que esse Onix e não sou o único azarado, pois o da revista quatro rodas também está apresentando diversos defeitos e Onix deles pelo contrário não apresentou nada de anormal.

  • André Silvestre

    Avaliação de 1 ano do HB20!!!

  • wellington

    E tá vendendo bem, oitavo mais vendido em outubro.

  • Anderson_sp

    A GM tem o mesmo bloco 1.0 com 16v guardado lá no almoxarifado dela e deveria trazer ele de volta nesta versão SPE/4, seria mais econômico e potente que esse 8v atual, com a atualização das concorrentes para 3 cilindros e multi-válvulas, ela vai ser a única com este motor antigo no mercado.

  • rogerrosato

    Mas que porcaria de carro, heim?! Depois falam da Fiat… mas tenho um 500 que com 14.000 km ainda não deu nem 1/3 dos problemas que esse Onix deu com a mesma quilometragem… e olhe que meu uso é muito mais urbano que rodoviário, bem mais desgastante ao veículo.

    • Rods

      Procura no Youtube o Punto do Raul Monte pra você ver…

      • rogerrosato

        Eu sei dos problemas do Punto, mas tbm nunca disse que a Fiat não tem seus produtos ruins. O que acontece é que as pessoas falam como se ela fosse a UNICA montadora que tivesse tais produtos quando, na realidade, poucas escapam.
        Na média de qualidade eu colocaria a Ford, a Chevrolet, a Fiat e a VW, sendo que modelos importados da Ford e da VW já considero acima da média. Honda, Toyota e Mercedes, por exemplo, considero confiáveis.

        • Rods

          Não não foi isso que você quis dizer não, ficou bem claro qual foi sua intenção, eu tenho absoluta certeza que se fosse um carro da Fiat com esses defeitos você ia dizer que acontece, é normal e etc…como aliás disse na sua réplica. Faz tempo que você comenta aqui como se a Fiat fosse a única montadora que presta, lembro bem dos seus comentários quando apareceu o problema do E-torq, do Punto com lanternas cheias de água…se falam da Fiat é por que ela fez a fama.

          • rogerrosato

            Eu dizer que a Fiat é uma montadora "na média", que tem carros que dão problemas é MESMO o que vc chama de "comenta aqui como se a Fiat fosse a única montadora que presta"? Sério MESMO?! Vamos distorcer menos as coisas, né? Eu já disse 1.000 vezes que não defendo os problemas que os carros da Fiat têm, mas creditar a ela toda a falta de qualidade da indústria automotiva nacional, como fazem, é totalmente desproporcional, pois outras montadoras têm casos tão graves quanto, no entanto é da Fiat que falam quando esses problemas aparecem. Quando a Ford fez m e r d a com o câmbio do Ka e a VW c a g o u no motor 1.0 do Gol, todo mundo fez de conta que era normal.
            A Fiat tem a fama que tem por conta de um passado ruim, mesmo hoje fazendo carros muito bons (SIM, existem os ruins tbm), bem como a GM tem uma fama que tem por conta de um passado bom, mesmo hoje fazendo carros bastante medíocres (SIM, faz carros muito bons tbm).

    • schweinerei

      O Onix deu muito problema, ok. Mas não é grande coisa um 500, montado no México para atender o mercado americano, não dar 1/3 dos problemas do Onix. Na verdade o 500 não deveria apresentar qualquer defeito. Afinal é um carro de nicho, muito melhor construido e acabado.

      • rogerrosato

        Para não ser parcial, digo que meu carro apresentou um único problema até hoje (está com pouco menos de 14.000 km), e foi uma falha no sistema de alimentação causado por bicos injetores precocemente sujos. Foram limpos gratuitamente na CSS e FIM. O problema é provavelmente mais culpa do combustível ruim do que do motor propriamente dito. Tbm ouço um ou dois grilos internos em pisos irregulares que são baixos e não incomodam, por isso não levei o carro na CSS para repará-los.
        O meu 500 é a versão básica Cult, que é exclusiva para o mercado brasileiro. Paguei por ele o mesmo que se paga por um popular com motor acima de 1 litro e alguns poucos ítens de série. R$43.000, para ser mais exato. Não vejo como não poderia comparar modelos de preços semelhantes…

        • luta4ever

          Não vi nenhum defeito grave no Onix, o piorzinho são os faróis apagar, mas isso deve ser facilmente resolvido.

          • madsauro

            O do meu irmão já foi mexido nos conectores de bateria, trocadas duas rodas, verificação na linha de retorno de combustível e verificação da fixação do pedal de freio. Acho o carrinho show de bola, mas pelo que vem acontecendo não me sinto confortável em adquirir um.

  • Realmente o pessoal do N.A estão de parabens pela avaliação 365. Vi algo semelhante na revista QuatroRodas so que la o teste é por quilometragem e foi com o HB20 1.6 e o resultado me surpreendeu, vale a pena dar uma olhada tambem pois são concorrentes no segmento.

    • madsauro

      Se considerar os ditos 'populares', o Hyundai HB20 está muito a frente de seus concorrentes em qualidade, preço das peças e revisão nas concessionárias. Só acho que a Hyundai poderia baixar um pouco o preço do carro, sendo que foi muito bem aceito no mercado nacional.

  • Antoio Js

    A GM deve desenvolver uma nova linha de motores e câmbios em breve para o projeto JADE, provavelmente com 3 cilindros e novo conjunto de transmissão onde os problemas crônicos devem ser suprimidos e talvez os carros tenham sua dinâmica melhorada com peso menor e menor coeficiente de atrito das partes internas graças a supressão de um cilindro.
    Devem surgir opções com turbo mais para frente,pois parece-me que este é um gargalo mundial , pois a demanda é alta.

    • O_Corsario

      Parece que alguns modelos já estão recebendo uma evolução deste câmbio, que evita estes arranhados. Demorou só um pouquinho, uns vinte anos? rs É osso!

    • Castle_Bravo

      Dificilmente a GM abandonará os motores Opel, para um possível três cilindros já existiria o Family 0 para servir de base.

  • figado

    Excelente avaliação, a GM anda cobrando muito caro em seus veículos pro pouco refinamento que anda oferecendo.

    Sobre o próximo veículo, minha sugestão seria um 208. É um popular moderno e de quebra uma análise longa em um PSA seria bem interessante, sempre temos discussões aqui sobre durabilidade e pós venda franceses.

  • RodrigoMUN

    Meu Sonic Sedan 1.6 AUTOMÁTICO (ecotec) 100% ar ligado faz 8.7 no trecho urbano e 15.5 na estrada.

    O Onix/Prisma estão com os preços do Sonic que tem um padrão de acabamento incomparável.

    • Rodrigo

      Verdade, reforço seu comentário.

    • PabloPP

      Meu cunhado comprou um Sonic SD LTZ aut.

      Só louco mesmo para dizer que tem saudades do astra, o Sonic é um BAITA carro e muito moderno (pena que está uns 5mil mais caro do que deveria, mas TODOS os carros aqui são caros).

      • marcello7007

        gosto desse carro só não sei seu futuro pelo auto custo das peças

  • Joao

    Se fosse um francês não presta, como não é…

  • Gallo

    Éber, um carro que causa polêmica aqui sempre é o Fiat Punto, alguns apontam defeitos graves, outros dizem que é um carro confiável. Pertence a uma faixa importante do mercado e não custa uma nota, que tal?

  • Éber, não lembro se foi feito isso ano passado..

    Mas como forma de sugestão (desculpe se já tiver feito isso)

    Poderia colocar as opções de intenção de compra e colocar para votarmos, para ajudar na compra…

    • Del_Jr

      Também Acho uma Boa Eber!!! Coloca tipo uma enquete! E o meu voto vai para Fox BlueMotion… Quero ver como se sai o novo motor de 3 cilindros.

  • Fábio

    No lançamento achei o Onix um produto interessante, até mais que o HB20. Mas de 1 ano pra cá, acompanhei revistas e o NA e notei que o carro é cheio de "probleminhas". Cade o controle de qualidade Chevrolet? Quero saber como o HB20 se saiu na 4Rodas.

    • madsauro

      O HB20 foi perfeito, li a revista e me surpreendi com o resultado. Vale a pena dar uma olhada no carro, a Hyundai fez a lição de casa.

  • Corvo

    Q avaliação legal !!!
    Que consumo é esse ?? Tenho um carro 1.6 que ainda não está nem amaciado e pegando transito em SP faço médias bem melhores que esse Onix, que além de caro no preço, é caro para mante-lo.
    Por isso digo, carro 1.0 já não vale mais a pena, nem por desempenho, nem consumo, revenda, vida útil do motor, etc

  • Lucas

    Podia fazer a avaliação do peugeot 208 na versão allure

  • Elton

    Chegou um Onix na oficina com 14.000 km e já trocando as pastilhas de freio e o meu Sandero as pastilhas duraram 25.000 km ( obs: a pastilha nova do Onix é superfina a metade de uma nova do Sandero ). Feito para não durar mesmo! Mas o carro é bom e confortável, é somente uma observação de manutenção!

  • bbrasil2

    A impressão que tenho do Onix se confirmou nesse relato, é um trambolhão, aquele vidro traseiro então é muito feio…

    Num sei pq mas eu não me surpreendi com os problemas, isso é normal, ja tive carros 0km "nacionais", no primeiro foram 60mil/km e o outro 30mil/km, só problemas e empurroterapia forte, hj de japonês nem sei mais o q é isso…

    • O_Corsario

      Bom, isso é relativo, meu "nacional" não me deu nenhum problema até hoje, com 85.000km. Sò manutenção de rotina. Então é menos por ser "japonês" ou "nacional" e mais pelo controle de qualidade e projeto de cada modelo.

      • bbrasil2

        Por isso coloquei entre aspas (""), mas vc sabe q a maioria sempre decepciona, salvos poucos casos de total satisfação, ao contrário de carros de origem nipônicas, e quando digo origem, é o projeto e não uma marca, vide VW que nada tem haver com os primos BMW, merça, etc…

        • O_Corsario

          Não entendi muito bem seu comentário, o que me parece é que VW, Fiat, Ford e GM atuam em vários segmentos em grande escala, coisa que as "japonesas" ainda não fazem por aqui, pois a Nissan ainda não fabrica March e Versa e Toyota, mesmo com o Etios, ainda fabrica poucas unidades perto de um Gol, Onix ou Uno, por exemplo.
          Outra coisa que pesa é pós-venda, canso de ver gente malhando as "Nacionais" mas "esquece" que instalou um monte de acessórios por fora, ou que nunca fez revisão, só levava no zé do posto para trocar óleo, usando o que o frentista recomendou.
          UM conhecido meu tinha um FOcus sedan automático, rodou uns 40.000 km, nunca fez uma revisão, troca de óleo, nada. Daí o câmbio automático deu pau, ele passou pra frente e comprou um corolla. Agora leva o corolla direitinho na revisão, só usa peças originais, e fala que "Japonês não dá problema"… rs

          • bbrasil2

            O interessante das pessoas que comentam por aqui é que sempre são do contra, se vc frequenta sempre aqui, sabe muito bem do q estou falando…

            Se não mesmo, caiu de paraquedas, da uma pesquisada nos maiores frequentadores de oficinas mecanicas, dai vc vai entender, capitche ?!

            • O_Corsario

              Hehehe deixa pra lá… Já dei meu ponto de vista.

  • pc1980

    Tinha que ser carro francês. Essas porcarias! Ops, o ONIX não é francês!
    E agora?

    • Alex_abade

      Correção: **Tinha que ser carro Chines. Essas porcarias! Ops, o ONIX não é francês!**

      OBS: Reconheço o preconceito com os franceses, mas não podia perder a piada. hehe

      • luta4ever

        Se fosse francês dos 365 dias pelo menos uns 100 estaria parado na concessionária.

  • Mc_

    Vocês apontaram quase que os MESMÍSSIMOS defeitos que meu Corsa 1.0 de 10 anos atrás também tem (talvez o Onix tenha até alguns defeitos a mais). Agora, se uma montadora, em uma década, não consegue melhorar um produto, como esperar que eu tenha ânimo em trocar meu carro por um mais caro pra ficar com algo praticamente igual? Digo e repito, GM virou uma montadora de carroça pra atender a classe média emergente que não tem muita noção do que é qualidade. Gosto do meu carro e aguento todos os defeitos porque sei que é um carro velho, agora pagar um 0km com os mesmos erros de projeto horrorosos de um 2003, da licença né?

  • CanalhaRS

    Já que marca vai esperar até o começo de 2014 para testar um novo veículo, eu sugiro o Up.
    Se for antes do lançamento dele, quem sabe o HB20 ou New Fiesta.

  • schweinerei

    Sugiro aguardar a chegada do UP!, já que virá para ser um player importante no mercado e que trará soluções interessantes e ainda não utilizadas ou suficientemente testadas em outros carros. Existe uma grande expectativa quanto ao consumo principalmente, já que o 3 cilindros vem fazendo maravilhas no Fox.

  • Baralho

    Eber, será que não dá para desmontar e buscar a causa dos problemas não resolvidos?
    Acho que seria interessante ter as respostas para tantos problemas.

    Abs.
    Ernandes

  • diegoandrade1

    esses 1.0 consomem muito cara. é incrivel.

  • zeuslinux

    Não querendo defender a Chevrolet mas eu achei que este tipo de avaliações de UMA UNIDADE de um carro, ainda por cima pouco depois do lançamento do modelo, tem que ser analisada com cuidado e não se dele linchar o modelo por causa das críticas feitas.

    TODO modelo recém-lançado, ainda mais com grande volume de vendas, sofre de alguns defeitos de fabricação que vão sendo resolvidos ao longo do tempo. Além disso, a amostra de 1 unidade não é suficiente para dizer que TODAS as unidades fabricadas do mesmo modelo vão ter esses mesmos problemas. Muitas vezes somos "sorteados" com um carro com defeitos exclusivos da unidade.

    Quanto ao consumo, só demonstra o que sabíamos, que o motor 1.0 é insuficiente e inadequado para o peso do carro, que também foi aumentado graças ao que tiveram que fazer para ter maior conforto e isolamento acústico. Esse Onix é o tipo do carro que pede mesmo o motor 1.4.

    Quanto às concessionárias GM eu confirmo que várias delas praticam essa empurroterapia mesmo. O consumidor tem que ler o manual e ficar de olho mesmo no que tem que ser feito a cada revisão. Isso é realmente uma coisa muito chata e que existe na grande maioria das outras marcas também. Nesse ponto a Toyota e Honda se destacam positivamente, se bem que com o tempo e aumento de concessionárias e de modelos de entrada baratos, o atendimento também tende a ser como as outras.

    • rlobueno

      pesquise por meuonixquebrou

  • PANDAGWALRHALCKIE

    Bem não me surpreendi em nada com os relatos, só confirmou o que eu já achava. onix é uma porcaria. Pior compra do setor.

  • Caretinha

    Agora é hora de vender o carro, juntar a grana e comprar outro para próxima avaliação. Matéria muito interessante e parabéns pelo pioneirismo.

  • Diego

    Sem mais comentários.

    Tem que ser muito ingênuo para comprar este Onix 1.0. Ainda mais um lançamento, digamos "primeiro lote". SEMPRE DÁ PROBLEMAS, COM TODAS AS MARCAS. Pois elas tem que atender a demanda enorme, já trabalhei em uma fábrica da GM e posso garantir, quando começamos o trabalho em cima dos lançamentos, É UMA CORRERIA SÓ, UMA PRESSÃO ENORME, HORRÍVEL! Não diria que é tudo feito nas coxas, mas são coisas que poderiam facilmente ser evitadas, se o "pessoal de cima" desse uma atenção a mais ao consumidor e não apenas no lucro.

    Enfim, se querem algo que compensa, HB20 1.6 ou o Onix 1.4. De resto, é só lorota, e das brabas. Bom, você estão vendo, ou melhor, lendo ai.

  • Evil

    Sou de Aracaju e tive dois GM Corsa/montana e agora estou com o Agile, todos dois tiveram problema do cheiro de gasolina enquanto na garantia e todos dois foram sanados! O primeiro foi em uma peça no tanque de combustível e no agile foi uma mangueira que estava furada, todos dois muito rápidos na troca!

  • Evil

    O meu corsa era exatamente o mesmo problema acima da metade do tanque dava o cheiro e aqui em Aracaju a concessionária resolveu rápidinho!

  • Leandromaues

    Gostei muito da matéria, estimo que continuem com essas avaliações. Sugiro para a próxima um hb20 1.0, pois é um dos maiores concorrentes do onix hoje, então seria uma boa comparação.

  • José

    Ano passado quase comprei um Onix para a empresa. Comprei um Palio Fire, economizei 6 mil na hora da compra (o Palio é mais barato) e em 1 ano, 45 mil km rodados, nenhum defeito, apenas as revisões na concessionária e trocas de óleo e agora com 40 mil troquei os pneus. O Palio faz tranquilamente 10 km/l na cidade e 16 na estrada com gasolina. Melhor custo benefício para trabalhar. Já tive um Corsa EFI e um Celta VHC, agora de Chevrolet passo longe.

  • jaozinho

    Seria interessante um Etios, um carro popular com fama de ser "Japonês da Toyota".
    Seria bom para desmitificar vários pontos.
    Além de um motor mais forte 1.3 / 1.5.

  • marciotb13

    Eu tive um Corsa Wind 1995 zero km e foi o pior carro que já tive em toda a minha vida. Pior doque todos os demais carros usados comprados até então. Aconteceu de tudo neste carro: a coluna de direção teve que ser trocada duas vezes, o circuito de alimentação trocado uma vez, o catalizador foi trocado duas vezes, o escapamento todo enferrujou após um ano de uso, o módulo principal também foi trocado, o motor quebrou com 45mil km, por excesso de borra resultante da gasolina de péssima qualidade. E o pior é que a fábrica não deu garantia ao motor. E quanto aos preço abusivos e mau atendimento, parece que já é norma da fábrica. E isso tudo com um carro que na época era considerado moderno. Imaginem hoje, com estas antiguidades todas que são os carros da GM. Sei que em outras concessionárias a história não é muito diferente. Porém, para mim, GM nunca mais!

  • Eduardo

    Possuo um celta 2010/2011 que está com seus 98000km rodados e realmente isso é mal de chevrolet mesmo.
    Problemas que aparecem e somem sem interferência algumas, abuso das concessionárias na hora da revisão, não correção de problemas durante a garantia, …
    Meu celta tb começou a fazer barulho na descarga como se estivesse furada e este problema parou sem intervenção.
    Na revisão de 20000km rodados cobraram nada menos que R$2000,00 e incluíram limpeza dos bicos injetores, limpeza do ar condicionado, …
    Até hoje somente tive 2 problemas com o veículo e 1 deles foi causado por erro do mecânico que apertou demais o rolamento ao verificar o estado das lonas traseiras, gerando a necessidade da troca do rolamento de forma precoce.
    O outro problema foi a mangueira do radiados que rompeu, mas parei o carro e reboquei o mesmo até uma oficina de confiança que trocou a mesma por outra original, mas de resto somente trocas comuns como óleo, filtros, pastilhas e discos de freios devido a pastilha de mal qualidade utilizada.
    Posso afirmar que o carro é confiável e suas peças possuem boa durabilidade pois a embreagem por exemplo ainda é original.
    Comprei um C3 novo, mas vou manter o celta por algum tempo, pois sem limpezas de bico desde a compra faz 14km por litro na cidade e ainda sinto confiança nele.
    Poderiam testar o novo fiesta ou C3, para testar carros que realmente serão comprados pelos brasileiros ou para ver se tudo que falam da Citroen é mito ou verdade…

  • Anderson_sp

    Interessante seria o UP que já sai em Fevereiro, ou o New Fiesta 1.5.

    • Almeida77

      Sou mais o VW Up que acredito que será o próximo caro popular de sucesso da VW.

  • Saulo

    Que bom ler isso, tenho um Palio 2010 há 2 anos e a unica dor de cabeça que tive com ele até agora foi mandar limpar o sistema de injeção eletrônica. To passando longe desse Onix.

  • portela_lucas_

    Seria uma ótima ideia pegar um JAC J3, até para quebrar aquele tabu de que chinês não presta… poderia ser colocada à prova o modelo, avaliando a rede JAC Motors no geral, e comparando para ver se o modelo é melhor que os atuais nacionais.

    (Fiquei super decepcionado com o Onix, esperava um carro bom, e tinha muito interesse para adquirir ele como o meu primeiro carro)

    Alguém poderia me falar sobre as melhores escolhas para primeiro carro?

  • Rodrigo_Galera

    GM está pisando na bola… DE NOVO! Dois Celtas na família com problemas! Problemas GRAVES! E agora esses recalls um atrás do outro…
    É GMB: a coisa vai começar a feder caso não seja feito nada!

  • Seria interessante ver um teste do chery qq.

  • pedro souza

    Da onde que tem popular fz 18 19 km/l

    • Wellington Myph13

      O Classic 2013 do meu pai fez 20km/l numa viagem pra Minas… mais de 800km sem abastecer…

  • David

    essa avaliação 365 foi muito legal, tanto nos comparativos, dados de consumo, desempenho, agora quero ver o VWUp! ou o Ford Ká, acho mais provável o Up! por estar mais perto do lançamento, gostei do comparativo porque não tem marca preferida, fala bem e mau do carro, a única falta que senti foi dos videos que eram muito melhor do que esses textos aí que acabam cansando um pouco, mas no mais esta avaliação foi muito legal

  • Landrutt

    Putz, se me mostrassem a lista de problemas e me fosse dito que era de um Lifan ou Chery eu acreditaria. Quantos problemas! Parece o dossiê que eu recebi do meu vizinho sobre a porcaria do Cielo Sedan que ele tinha e pretendia colocar a Chery na justiça mas por sorte em uma batida o seguro deu PT na porqueira. rsrsrs
    Me espantei com o consumo, absurdo. Meu Idea 1.8 E-torq tem consumo igual na cidade e estrada, com a diferença de que o AC fica ligado 100% do tempo…e eu achava beberrão.

    Na boa, esse Onix, ao menos o da avaliação, é um lixo.

  • janduir

    Éber, parabéns pelo teste. Faltou somente o desmonte que a 4R faz. Mas nos últimos 5 anos tive 2 Chevrolet seminovos, e realmente a qualidade caiu muito. Foram vários defeitinhos no Corsa 2005 que tinha, tipo tampa arrefecimento rachada, vazamento de agua, motor partida,etc. E por ultimo comprei um Astra com apenas 50.000km. Ele está atualmente com 77.000km e faz 1 ano que o tenho. Mas já deu zica no sensor abs dianteiro, alternador, e outras coisas, mas o pior foi o compressor do ar condicionado que travou. Tive 3 carros japoneses comprados com 50.000km e vendidos por volta de 130.000km e praticamente fazia somente manutenção preventiva. Já estou pensando em voltar para os japoneses…

    • Wellington Myph13

      Infelizmente, tudo é questão de Sorte…
      Quando falam de carros japoneses, TODO MUNDO comenta " Mas vão melhorar o problema de peças? " mas como você mesmo disse, de 50 a 130k km nunca te deram dor de cabeça pra que se preocupar com as peças que todo mundo reclama?
      Imagino que muitos tiveram problemas com eles também, assim como os Chevrolets vem dando problema…
      Não estou defendendo, apenas notando que, é questão de sorte mesmo…
      Eu tive 3 Classics que nunca me deram NENHUM problema… vendidos com 60k km… o Corsa 1.4 2011 já veio com uma parte do arrefecimento trincada, que teve que ser trocada por inteiro…
      Meu pai teve 2 Corsa hatch antigo, os "pequenos" e 2 Classics, e no caso dele nenhum deles deu problema…
      Carro é uma caixinha de surpresa…

      • janduir

        É verdade amigo, mas pelo que vi, os seus eram zero km. Nunca comprei carro zero e sempre pouco rodado. Voltei a comprar chevrolet pois gosto de carros completos, como pc de bordo, aviso de lampada queimada, etc. Carro japonês, é meio sem sal, tá certo que a manutenção é pouca, mas eu particularmente prefiro carros macios, confortáveis, etc. Tive uma Caravan Diplomata 86 4cc alcool em 2001 no qual fiquei 4 anos e rodei 100.000km. Não tenho recordações de grandes manutenções como no caso do meu Astra que tive que comprar um compressor novo. Entendo que além da sorte, a qualidade dos carros tem que melhorar. Um amigo trabalha numa fábrica que vende peças para as montadoras e eles dizem que para a Honda, tem que olhar 3 vezes a peça e mesmo assim a japonesada devolve peça com qualquer minima falha… Quase comprei um Corolla Seg 2009 na época por 50conto com 40.000km rodados, mas acabei optando pelo Astra Elite 2005 AT com 53.000km no qual paguei 22conto e apesar da trabalheira que ele me dá, gosto muito do mesmo. 50 conto acho muita grana para dar num carro. ..

  • bedotRJ

    Parece que a revisão de 20.000 km é quando as concessionárias são orientadas a meter a faca de uma forma vergonhosa. Foi nessa revisão que tentaram ROUBAR (o verbo, literalmente, é esse) R$ 1.700,00 da minha mãe na manutenção do Cobalt há algumas semanas. É um tipo de prática que não vi nem na criticadíssima Ford, por ocasião das revisões do meu Ka, nem na Renault. Situação lamentável, que deveria estar recebendo maior atenção da montadora, já que sua imagem está sendo bastante arranhada.

    Obs.: sobre o lance do líquido escorrendo pela maçaneta, na verdade não é um líquido do carro. É que a região das maçanetas do Onix e do Cobalt forma pontos de fluxo aerodinâmico que permitem a acumulação de poeira. Esta poeira em contato com umidade acaba formando esse tal líquido. É um "defeito" que fica visível nos carros de cor clara (o Cobalt da minha mãe é branco e tem o "problema"). Mera sujeira concentrada. Basta manter o carro limpo.

  • Diego

    28.933 km – Faróis apagam durante condução, necessário parar o carro e desligar tudo
    29.014 km – Faróis apagam novamente, mas voltam a funcionar em seguida <<< serio isso???

    E ainda continua vendendo 12 mil unidades por mês???

    Povo BURRO!

  • Heisenberg

    Pela avaliação do NA, o desempenho e qualidade do carro consagra muito bem o tipo de produto medíocre a nós ofertado. O preço cobrado na venda dessa carroça é uma coisa abominável. Enfim um produto que só é vendido pela GM do B internamente, projetado para o mercado subdesenvolvido, não pode honrar o título "qualidade internacional". Pessoalmente, jamais compraria.

  • Adriano_Silva

    Sinceramente….. a GM trata muito mal seus clientes, o produto tem defeitos e qualidades mas a marca não liga para a insatisfação do cliente, pode reclamar, mas eles não te atendem.

  • ismajunior

    Parabéns NA!

  • Lucas Purificação

    O próximo poderia ser o Peugeot 208 – 1.6 Griffe Manual…

  • Alex Alves

    Tenho um ONIX 1.4 LTZ branco 7.100km rodados e até agora nenhum problema foi apresentado estou muito satisfeito com o carro

  • agregado

    kkkkkkk pessoal burro tambem existem milhares de onix , só porque o onix da avaliação deu esses problemas não quer dizer que todos sejam uma porcaria . tenho um exatamente igual a esse sitado e avaliado e pra mim nunca deu nenhum problema e garanto que é muito melhor que andar a pé e ficar falando mal de algo que não conhece e não tem .

  • LS7

    O cheiro de gasolina pode ser por conta do bocal do tanquinho de partida a frio. Se a tampa não estiver bem apertada, a gasolina acaba derramando e caindo próximo da entrada de ar. Isso já ocorreu com meu Cobalt.
    Foi só apertar a tampa. Simples de resolver.

  • PortoWF

    Viram pq o Fiesta se mostra um excelente produto?

    • EliasCe

      verdade eu tinha um fiesta sedan 10/11 e rodei 83k nele, e chamado ele de camarão a água e óleo.

      troquei pelo new fiesta SE 1.6 MT que tem me dado bastante dor de cabeça, acabei de chegar da CSS e vão ter que trocar a base superio do motor devido a ruídos! o carro tem um mês e 10 dias de uso.

      • PortoWF

        sei……

        • luta4ever

          Resumindo o bom é o meu carro o dos outros é lixo…

  • Алекс Истребитель

    O carrinho mais feio tá louco!!!!

  • Robert Henrique De Bona

    Cara… acho q tudo vai do carro/sorte (não deveria ser assim, em virtude do valor q pagamos)….
    Eu tenho um Cruze AT, comprei no lançamento, tah com 20 mil km e nada de defeito… dah tudo q eu preciso no carro… Mas jah vi alguns reclamando de descoloração da base do retrovisor, ruídos sem solução e suspensão… até do câmbio…

    Minha namorada tem um Celer… não preciso nem falar o que falam dos chineses por ae neh… tah com 15 mil km… dentro eh horrível, mas defeito? NENHUM! nem da concessionária posso reclamar, deram um bom desconto na primeira revisão.

  • gustavo ce

    Testa o Novo Logan ou abre uma enquete pra gente escolher o próximo carro.

  • seria muito bom se o proximo carro da avaliacao fosse um LOGAN, UP! ou um novo KA "escort?"

  • essa serie de problemas no onix da avaliacao nao e comum, e um carro infelizmente "premiado" pois a grande maioria fala muito bem do carro, ja tive 2 modelos chevrolet e nunca me deram nenhum problema, nem na revisao tmb…

  • waltervac

    Quando falo bem da Nissan, o povo não acredita, e ficam falando que o pós vendas é ruim ou que tem peças caras. Peça é tudo cara em CSS de qualquer marca, e é barata no paralelo, o que diferencia mesmo um CARRO POPULAR é se ele é feito fora do Brasil (com exceção da China, o que vier do exterior é mais bem feito que aqui) e sobre popular feito aqui, o único que presta é o Etios (falo em bem feito, e não em bem feio, risos). Assim, opção "popular" bem feito é March e New Fiesta (os ainda importados), e Picanto, só.

    • 1mais8

      Um outro carro bateu no meu Tiida, amassou o para=choque traseiro, já tava imaginando quanto seria um e se teria a peça a venda. Surpresa, ele custa 420,00, até o mecânico não acreditou e ligou para outra CSS para confirmar, e era isso mesmo. O cara me falou que um para-choque do Gol ou Palio está por volta de 900,00…

  • Marcio Mendes

    Testem um carro chinês, para analisar realmente a qualidade do produto!

  • pivetta01

    ah se fosse um carro frances…..

    gm, volks, ford, produzem verdadeiras bombas entupidas de defeitos e problemas e nao se ve os haters de plantao apontando isso.

    • Anderson_sp

      Carro francês é perfeito, é isso que quer dizer ?

  • Markin

    O mais interessante é o Onix da 4 Rodas até o mês passado e com 31.586 km rodados não apresentar "NENHUMA OCORRÊNCIA SIGNIFICATIVA A REGISTRAR". Isso tá com cara de teste comprado, pois é impossível um carro, qualquer que seja, passar por quase 32 mil km sem se ter absolutamente NADA a registrar. Quanto à mancha de óleo que escorre das maçanetas dos veículos GM, já notei isso em vários modelos da marca e pelo visto se deve ao excesso de óleo lubrificante que colocam nas maçanetas. Quanto aos serviços de concessionária, possuí por vários anos carros da GM e hoje em dia possuo FIAT (um Siena, prá ser mais exato) há 4 anos e posso afirmar com propriedade que os serviços cobrados nas concessionárias da marca italiana são bem mais em conta que os praticados pela GM. Como exemplo, limpeza do sistema de arrefecimento (que faço todo ano) e troca de fluídos de freio e direção hidráulica, na concessionária fica mais barato que em mecânico particular. Só a revisão geral que sai mais em conta no mecânico e não na concessionária. E os concessionários GM adoram uma "empurroterapia", como limpeza de bico na 1a revisão e descarbonização aos 10 mil km, coisas desse tipo… Grande abraço a todos!

    • Anderson_sp

      Não é comprado, tem que saber que problema varia de carro pra carro, se fossem crônicos seria feito um Recall do mesmo, não por causa que o carro que possui é uma droga e vive com o mecânico, que um parecido vai agir da mesma forma.

  • Jivago Freitas

    O projeto em si é muito bom, o problema é o descaso da rede GM…seria legal colocar um HB20 hatch no testes, ele tem os mesmos destaques do ONIX (espaço interno, itens acima da média do mercado), a diferença fica por conta do pós venda que pelo jeito é bem melhor na Hyndai.

    Abraços e parabéns pelo trabalho realizado.

  • André Luiz Ramos

    Cara esse problema com as pós-venda é muito estressante e na boa não é "privilégio" só da chevrolet n. Já tive carros da VW e estou no meu segundo carro da Fiat e o procedimento é bem semelhante ao relatado no caso do Onix. Infelizmente ficamos a mercê desses caras.

  • RNT

    Tive um gol G5 e Novo Voyage o primeiro fazia de 15,5 a 16,7 o segunda chegou a fazer 17.1, esses 14 do Onix é sacanagem.

    Att

  • W_Costa

    Sugestão: Um sedan entre 1.4 a 1.6 seria interessante para a avaliação 365, pra quem esta começando uma família sempre procura um carro com amplo espaço e porta malas e que de queba seja econômico e acessível.

  • velhomisantropo

    Sei lá. Esse carro envelheceu muiiiito rápido.

  • Vitor Borges

    Eu não considero o Onix uma boa compra. Há muitos relatos de defeitos que a GM não soluciona, e isso atinge todos os carros com a mesma motorização. Uma prova disso é o relato de uma "vítima" da GM que prerdeu o motor aos 7.000km.

    Link: https://www.facebook.com/meuonixquebrou
    http://www.meuonixquebrou.com.br/

  • Angelo

    Éber, só faltou uma coisa: dizer em quais concessionárias ele passou e nos problemas não foram resolvidos. Claro, coloca também daquelas nos quais foram resolvidos.

  • marcello7007

    muito problema GM inovou pouco e não consegue fazer motores econômicos sugestão compre motores de outras montadoras o cobalt 1,8 motor jurássico gastao

  • andre

    caros amigos o meu onix 1.4 esta completando um ano agora em dezembro e já esta com 19000 km, rodo em media 60km por dia , e acreditem o carro não possui barulho algum , e super silencioso,e o consumo esta satisfatório, a única coisa que esta me deixando chateado e o valor da revisão de 20000km,aqui no rio de janeiro esta ficando entre 850,00 a 900,00 reais, valor muito alto para essa categoria de veículos , fora isso estou muito satisfeito com o meu onix. vale ressaltar que a única visita a concessionaria ate hoje foi na revisão de 10000km

  • Henrique

    Acho que dei sorte com meu onix, está chegando nos 10mil e não tive nenhum problema citado.

    Moro em Belo Horizonte e onde comprei meu carro a revisão é o preço de tabela, não empurram nada e sempre ligam perguntando se estou satisfeito.

    O meu está fazendo 10Km/L na cidade e 16 na estrada com gasolina, o consumo é realmente baixo.

    Mesmo assim preferi comprar o onix LT 1.0 2013/2013 por 30.800 do que comprar Pálio, Clio, Fiesta Rocam ou qualquer outro 1.0 pois pra mim o interior e o conforto vale mais a pena que outras vantagens dos outros modelos.

    E a quem diz que com 30mil é melhor comprar um usado de categoria superior, concordo plenamente com isso quando se tem o dinheiro na mão, mas as pessoas do forum parecem esquecer da realidade brasileira.

  • bilharinho

    O próximo carro poderia ser um chinês. Sem sombra de dúvidas no nosso mercado estes modelos são os que geram mais polêmica e desconfiança.

  • Mundico

    Caraca, quanto defeito, parece os relatos dos proprietários da Jinbei Topic eheheheheh…tomara que na versão 2014 tenham sanado pelo menos alguns destes problemas pois encomendei um pra mulé. Devemos lembrar também que cada carro é um modelo único…tem carro do mesmo modelo, ano, tudo, que pra uns é só alegria e pra outros que só tem alegria no dia da compra e no dia da venda.

  • Robério

    Recebi meu ONIX LT 1.0 ontem às 11:30 e acreditem, logo que saí da concessionária a luz da bateria começou a piscar e não parou mais, terei que perder meu precioso tempo amanhã para resolver esse problema. Lamentável!! Afinal comprei um carro zero para não ter que ir a oficinas.

  • E depois ainda dizem que carro chinês é lixo, tenho um Chery QQ há quase 2 anos e ainda não apresentou nenhum defeito.

  • Eddie

    Eta carrinho ruim esse 1.0 litro, como pode vender tanto. Um carro desses é visitação constante na rede GMB.

  • Silvio Tanaka

    Pra resolver o problema do cheiro de combustível é o seguinte. Eu tive uma Spin, vendi e estou com o Onix do meu sogro temporariamente até que o novo carro chegue. Na Spin havia o mesmo problema de cheiro invadindo a cabine, na verdade esse é um projeto mal feito de engenharia tupiniquim. Como o tanquinho de gasolina (reservatório de partida a frio) fica próximo a entrada de ar, se o frentista exagerar na medida (o que sempre ocorre) ele irá derramar gasolina para fora do bocal, derramando a gasolina o cheiro da mesma percorre o sistema de ar do carro e invade a cabine quando utilizada a função sem recirculação de ar. Para evitar o mal cheiro sugiro que vocês fechem bem o bocal do tanquinho de gasolina e joguem muita água pra lavar e remover toda a gasolina que ficar ali. Pronto! Ao abastecer novamente peça para ter muito cuidado e não derramar. A minha dica para o cheiro é essa! ;) Infelizmente esse é um problema de projeto do Onix e Spin, a Chevrolet deveria mudar o local de abastecimento. Fica a dica! Grande abraço!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email