Avaliação 365 Chevrolet Hatches Populares

Avaliação 365 – Chevrolet Onix – Pequenos problemas

chevrolet-onix-pequenos-problemas-1-620x413 Avaliação 365 - Chevrolet Onix - Pequenos problemas

A primeira revisão do Chevrolet Onix 1.0 deve ser feita apenas com 10.000 quilômetros. Já estamos chegando nessa marca, mas nas últimas semanas resolvemos fazer um apanhado geral de algumas coisas que não estavam indo muito bem em nosso carro, e levar ele até uma concessionária para que esses problemas fossem resolvidos.



Alguns desses problemas foram notados por nós, do NA, já outros foram apontados por outras pessoas que usaram o carro recentemente. Notamos que o escapamento estava fazendo um ruído diferente, um pouco mais agudo do que o normal, o que normalmente denota que existe um furo no silencioso. Isso foi percebido já na nossa viagem inaugural de 2.000 quilômetros até o Sul do país.

chevrolet-onix-pequenos-problemas-3-620x413 Avaliação 365 - Chevrolet Onix - Pequenos problemas

 

chevrolet-onix-pequenos-problemas-2-620x413 Avaliação 365 - Chevrolet Onix - Pequenos problemas

Depois disso, percebemos que a ré está ruim de engatar, que a tampa do porta-malas estava bem desalinhada e também que as maçanetas estavam com uma marca escura abaixo, indicando que algum líquido estava escorrendo dali.

Ligamos na concessionária e nos foi indicado que existiria a possibilidade de deixar o carro ali dentro de cinco dias, e que o carro teria que ficar o dia todo por lá. No final das contas o carro teve de ficar até meio-dia do dia seguinte, e os problemas foram solucionados ou descartados.

Descartados no sentido de que “o carro é assim mesmo”. Isso nos foi relatado a respeito do escapamento, que não estava com nenhum furo, e também a respeito do engate da ré. O mecânico da concessionária nos disse que tanto o Onix quanto o Sonic tem esse problema, e que depois de andar com o carro é necessário ficar quatro segundos com ele parado, em ponto morto, com a embreagem acionada antes de engatar a ré, senão ela vai arranhar e não entrar.

chevrolet-onix-pequenos-problemas-4-620x413 Avaliação 365 - Chevrolet Onix - Pequenos problemas

Achamos estranho essas orientações, já que o câmbio do Sonic não tem nada a ver com o câmbio do Onix 1.0. E também que a GM não traz essa recomendação de “quatro segundos”. Mais uma invenção de mecânico de concessionária.

Sobre os outros problemas, a tampa do porta-malas foi alinhada, ficando perfeita. E as maçanetas foram limpas e lubrificadas corretamente. Desde então não tem mais a sujeira saindo de debaixo delas, mas lubrificante escorrendo foi encontrado em outros lugares logo depois de deixarmos o Onix na concessionária.

chevrolet-onix-pequenos-problemas-5-620x413 Avaliação 365 - Chevrolet Onix - Pequenos problemas

Isso apareceu abaixo das lanternas traseiras e também no interior, abaixo do controle interno de regulagem dos retrovisores. Mas deve ser apenas o caso de o mecânico ter usado lubrificante demais.

3.0

  • Euzi0

    Resposta para o que não se sabe: '' É assim mesmo…'' ou '' É característica do carro ''

    Pra acabá …

    • FenderBrasil

      No Brasil eu sempre ouço ''É assim mesmo… deixa 'pra' lá!'' Odeio isso pqp…

      Por isso o Brasil vive na merda que é hoje. O país é bom. O problema todo é o povo ignorante que existe aqui. Fazem tudo para as coisas erradas daram certas e vice-versa!

      • Rubens Filho

        Onde o errado é o certo.

        • Achei que eram os carros chineses que vinham "cheios de probleminhas"…

    • AnderPvai

      tenho uma montana para o trabalho, minha sogra um agilie, a ré é despresivel nos 2, nao engata uma sem raspar, meu vizinho comprou um sonic esta reclamando d+ da ré tbm, rapazeada e concessionaria nao da jeito nao, levei a montana para melhorar a ré, veio pior e com a segunda escapando, GM é TENSO !

      • Malikoff

        Prezado, para aumentar essa lista, o meu Celta LT 2012 apresenta o mesmo problema de "arranhar" ao engatar a ré. Na época que ainda tava na garantia levei a Concessionária aqui em Natal-RN e o mecânico de lá me deu a mesma explicação que foi informada na reportagem acima, que os câmbios da GM tinham essa característica de que antes de engatar a ré eu deveria pisar na embreagem por 3-4s para que a marcha entrasse sem dificuldades…

        Ele me explicou o porquê disso, mas infelizmente não consigo me lembrar direito a razão alegada… Ele também disse que em modelos como o Cruze isso não acontece. Pensei que ocorria só com os de entrada, mas acontecendo com o Sonic também é demais…

        O fato é que se eu esqueço de fazer o maldito procedimento acontece o problema… Depois disso acho que quando for trocar o meu carro vou considerar trocar por de outra marca!

        • Luiz

          Segundo o manual do Celta 2012 – Nota em Destaque: "Coloque a alavanca seletora de marchas na posição R somente com o veículo parado e alguns segundos após pressionar o pedal da embreagem. Se a marcha não engrenar facilmente, retorne a alavanca ao ponto morto e retire o pé do pedal da embreagem; pise novamente e mova a alavanca."

          • Malikoff

            Muito obrigado! Confesso que não tinha lido essa parte…

      • Waldemir

        Meu corsa Hatch, tem o mesmo problema de arranhar a ré, assim como o Celta do meu primo.

        • Paullo_Oliveira

          Isso é caracteristico deles mesmo. Temos um Corsa e um Celta aqui. Uma solução que dá certo ao menos no Celta, eu coloco a primeira (nem precisa engatar toda, só "fingir" que vai) e dps põe a ré. Pronto, nem um mínimo ruído.

          • Fake_of_Silva

            Eu aprendi essa manha quando tinha o Celta e hoje ainda uso ela instintivamente com o meu Punto T-Jet. Sempre funciona.

        • Castle_Bravo

          Aqui comigo também é assim, Corsa 2010 com este mesmo problema, se não engatar a ré com o carro 100% parado e um com calma, ela pode arranhar.

        • Neni

          Miinha antiga meriva e novo prisma 1.4 também fazem isso

      • Meu Vectra Elegance 2010 tb tem esse problema de arranhar a ré é uma M****, para mim isso não é característica do câmbio, mas sim defeito do msm. Não me interessa se é falha no processo de produção ou na engenharia do msm que é um defeito é. O pós-venda das concessionárias da GM é horroroso, te tratam com descaso e para arrumar um problema na garantia demoram muito tem que entrar na fila de espera, isso qnd arrumam, não compro mais carro 0KM da GM, sem mais !

        • Waldemir

          É revoltante, pouco tempo depois de ter comprado meu corsa, era novo ainda, fui na chev e me deram essa mesma resposta que deram a Equipe NA: "é normal" normal é o K** ja pensou rapaz, revoltante.

        • andrebritoleite

          Temos dois Vectras aqui em casa !

          O Elegance 2010, como o seu, também apresenta esse problema ! Um defeito chato!
          A ré dele é "" para frente"" ao lado da primeira.
          Já o meu Vectra GT, também 2010 é só elogios, sem problemas. Mas a ré dele é " para trás" ao lado da quarta! Uma outra caixa… Elas têm até nome mas não me recordo!

          • A do meu é para frente tb como o seu Elegance 2010!

            • andrebritoleite

              É…. Realmente " ré pra frente "" é algo complicado! Kkkkk

              Mas acredito que seja algo crônico dessa caixa de câmbio, visto quem em toda a linha gm, "com ré pra frente", esse problema aparece.

              Fiquei 6 anos com um corsa classic 2004 com a tal ré pra frente, e nele o problema aparecia, de uma forma mais suave que o Nosso Vectra Elgance, mas aparecia!

          • vitimsl

            Tem isso mesmo… o Meu pai teve um 2006 e a ré era ao lado da primeira. Nesse, a ré arranhava. Hj ele tem um 2011 com a ré ao lado da quarta, e não acontece isso. As caixas com a ré ao lado da quarta possuem sincronizador na marcha ré, por isso não se houve nada. Uma coisa: vc notou que os engates da caixa com a ré para tras são mais duros? Nos la de casa eu notei isso…

            • andrebritoleite

              Perfeito vitimsl!!!
              Realmente já havia observado isso realmente a caixa com os engates para trás são mais duros, comparado com a caixa com ré a frente. Além disso, as relações também parece mais curtas que na caixa com ré a frente.

              Estou comparando dois Vectras de mesmo ano, 2010, que temos em casa. Tenho vontade quando tiver um tempo fazer um relato dos dois e enviar para o NA!! Mto boa a parte Usados da Semana!!

              • vitimsl

                Faça isso, essa coluna é boa mesmo. O Vectra 2006 que meu pai teve tinha ótimos engates, curtos, macios e precisos, gostava d+ do cambio dele. Já o que ele tem agora não é assim. Os engates são curtos, mas duros, em reduções bruscas então são muito duros. Se ele tivesse o cambio do primeiro, o carro ia ser outro, muito bom. Gosto muito do Vectra (mecânico, pq o aut. é tenso).

      • afonso200

        simples, vai p/ otra marca, fale isso na frente do vendedor que lhe vendeu o produto

        • AnderPvai

          concerteza, assim que puder saio da gm mesmo, nao tenho rab* preso com marca alguma, e falar com o vendedor acho bobagem, tem q ir logo na gerencia mostrar sua insatisfação, foi o que fiz, e pra mim GM é nunca + ! de popular a modelos de alto valor gm perdeu muito em qualidade, cruze com problema no altomatico, s-10 estourando caixa de cambio, ta um lixo gm

      • Fabricio

        Os cambio da Chevrolet é uma porcaria meu Corsa Hatch Maxx 1.4 2012 com 4 meses de uso estou com dificuldade de engatar ré as vezes arranha, tenho tbm dificuldade de engatar 3º e 5º lixo esses cambio da GM.

        • Waldemir

          o problema aqui mesmo é engatar a 1ª e a segunda, além do arranhão na ré, claro.

      • VendrameGui

        Esse problema da ré não acontece só com GM, meu Stilo 2004 tem a mesma coisa… A ré do stilo vc precisa levantar uma coisinha embaixo da manopla e engatar pro lado da 4ª… E é raro quando não se ouve uma bela raspada seca… Parece um problema crônico de varios cambios

        EDIT: Se bem que o motor desse stilo é o 1.8 da GM que era usado na Meriva. Não sei dizer, mas o cambio provavelmente também é da GM, se alguém puder me informar isso eu agradeço

        • riccorreasp

          Sim, era da época que existia a tal Fiat-GM Powertrain. Câmbio e motores eram cedidos pela GM.

    • Edson Roberto

      O revoltante é… vc compra um carro novo e quer o silencio a bordo e N caracteristicas de um carro novo e começa a encontrar detalhes que poderiam com boa vontade ser resolvidos e as pessoas não querem resolver.

      É nessas horas que eu falo, cada uma garantia que o produto está bom? Cade a garantia em que se algo apareça eu possa ir lá resolver? E o detalhe mais interessante… DEPOIS DE APENAS 5 DIAS do conversado para trazer o carro e passar o dia todo e meio dia do dia seguinte. Ou seja, se é um problema sério, o consumidor que espere.

      E o pior que tudo isso não é só da GM não… são de todas as marcas!

    • mmcinza

      isso é uma das razões que eu não compro mais carro novo, eu prefiro os semi-novos.

      Muitos dos que compram carros 0km, tem a sensação de que estão livres dos defeitos, pois pensam que os carros passaram pelos "rigorosos" testes de qualidade.

      Alguém aqui acha que com o volume de carros que eles fabricam hoje, eles gastam tanto tempo assim, atento a esses detalhes (rangindos, alinhamentos, etc) no controle de qualidade antes da entrega?
      Basicamente hoje, eles fazem um teste para checar se a suspensão está ok, se não há infiltração e dão uma volta com o carro. Se estiver bom, passou. Mas não vão ficar checando detalhes…..esqueçam.

      Muitos menos as concessionárias se preocupam com isso, pois mal tem capacidade para cuidar da oficina do pós-venda.

      Então eles consideram que a média dos consumidores não se preocuparão com esses "detalhes" e assim, poupam recursos na sua linha de produção.

    • C_Siega

      O meu Ford Ka também tem um "problema" parecido. Para engatar a ré precisa do mesmo procedimento indicado pelo engenheiro da GM.

      • rvieria

        Estranho, tenho um New Fiesta (Mexicano) e o engate de ré dele só arranha se a embreagem estiver "mal-pressionada".
        Pelo que notei, as marchas normais entram tranquilamente com o pedal semi-pressionado, já a ré tem que pisar até o fundo, mas ela entra sem nenhum ruído, só é mais dura.
        Mas não sei como é a disposição das marchas nos outros veículos da Ford (O NF foi meu 1º Ford), no NF é do lado da 4º.

        • C_Siega

          Ah sim, as outras marchas são normais. O "arranho" só ocorre na ré. Mesmo semi-pressionado a ré entra, mas se pisar tudo na embreagem e imediatamente engatar a ré, ela realmente arranha, fiz o teste hoje. Já esperando uns segundos, ela não arranha.

    • PONCIO PILATOS

      Engracado ne? Somente as coisas caras e complicadas ee que e assim… ee o famoso tirar o c.. da reta…

    • Luiz

      Voces não sabem nada de problemas de ré da GM, eu aprendi a dirigir num chevrolet 1947, aquilo sim era problema, uma missa em cada marcha trocada.

  • Myll

    Está ai um problema, esse liquido pretoe escorrendo das maçanetas, já vi em outros blogs e sites que vários clientes estão reclamando dessa mesma coisa. Acredito que seja ao se verificar a fundo.

    • dferraz88

      Eu já vi vários com este problema, tem um branco no estacionamento do meu trabalho que quando chove fica essa mancha escura. Certeza que é algum problema em relação ao escoamento da água através da porta.

    • Paulo_T

      aí venho falar q meu march com quase 1 ano e meio e 36 mil km, no qual já fiz 20.2 km/l, é praticamente o mesmo desde que comprei, o povo faz piada… q bom mesmo é fiat, gm, vw… nunca compraria carros nacionais dessas marcas… principalmente compactos…

  • R0CKERZ

    foda viu…mecanico eh foda!!!

  • danieldourado_2

    EU em, cada problema bizarro… Mal rodou 10.000 km e o carro já ta torto?

    • Jorge_Nobrega

      Amigo, não vi nenhum problema bizarro. Procure pelas reclamações a respeito do Sandero no "Reclame aqui", aí sim verá reclamações bizarras, inclusive de ordem mecânica, em carros com poucos meses de uso.

      • Edson Roberto

        Então se for assim, há de todos os carros.

        Todos eles possuem reclamações no Reclame Aqui, principalmente de carros comapctos de entrada.

        • silvio_Brito

          Entao o cara compra um carro zero pra nao ter dor de cabeça … Complicado!

          • Edson Roberto

            Olha… sendo sincero, é por conta disso que hoje eu não vejo mais sentido em comprar carros 0km. Como eu posso ter que acreditar que comprar carros 0km é loteria? Não deveria ser assim.

            Mas sabe o que é pior? Saber que antigamente era muito pior… pois devido a não internet, tudo era ocultado e quem ficava encarregado de se virar era o consumidor.

            • Eugenio C.

              Eu ainda me lembro do teste de longa duração do Gol CL na 4 Patas de 1992. Rodaram praticamente o teste inteiro com um coxim quebrado, o motor caindo de um lado, comprometendo um monte de peças, e nenhuma autorizada "percebeu"… Imaginem quantos carros zero deviam rodar nas mesmas condições naquela época sem os donos saberem?

              Mas hoje ainda é complicado porque, mesmo aqui no NA, vemos muitos consumidores que preferem se livrar de um carro zero com um problema (e dizer: "Marca X nunca mais!") a ter que "fazer escândalo" com a internet, jornais, TV etc para denunciar concessionárias e montadoras com essas práticas… e continuam comprando carros zero sem se informar sobre possíveis defeitos que o modelo tenha. Nem sobre os próprios direitos o pessoal se informa…

        • Jorge_Nobrega

          É verdade, mas é que o colega acima gosta muito dos veículos da "renault-nissan" e adora criticar outras marcas, apenas usei o Sandero como exemplo, já que é um veículo que possui um número enorme de reclamações. Na verdade, proporcionalmente, a Renault possui MUITO mais reclamações que VW e Fiat, mesmo vendendo uma quantidade de veículos infinitamente menor e tendo uma pequeníssima parcela do mercado brasileiro, possui 3000mil reclamações, contra 3300 da Fiat e 3700 da VW.

          • danieldourado_2

            Eu não gosto muito dos carros da Nissan Renault. Pra mim elas são indiferentes. O que eu acho errado é nego achar que um Sandero é muito pior que Gol, Uno, Pálio, sendo que é tudo farinha do mesmo saco. Dacia é uma marca de carros de baixo custo, e mete o pau nela, mas o povo parece que esquece que nossos carros populares são carros de baixo custo também.

            • EduBebeu

              Em relação a um carro ser pior do que o outro, temos que nos lembrar que o Sandero foi reprovado no crash test, assim como Jac J3. Partindo dessa premissa, de cara o Sandero é sim pior do que os outros. Mas, de fato, os populares são bem similares em relação à qualidade dos materiais e à simplicidade de montagem.

              • rgmmelo

                Eu pensei que o GOL , sem Air Bags, tinha tirado nota baixa também, sendo Igual ao Sandero…Mas sei lá, acho quem Bebeu foi eu….olha la o Latin Edubebeu, e veja a diferença entre sandero e gol….

            • Jorge_Nobrega

              Sempre vejo o amigo defendendo carros desse grupo(ou franceses) e criticando carros das maiores montadoras do Brasil. Também nunca vi um comentário seu criticando veículos da Renault ou da Nissan, por exemplo. Também acho errado achar que Gol e Palio são muito melhores que o Sandero, mas não é por isso que o amigo deve criticar apenas essas marcas(VW, GM, FIAT) e apenas defender as menores, tais como: Renault, Nissan, Peugeot e Citroen. E acredite, cada marca que tem uma reputação "X" não construiu essa reputação da noite para o dia. Onde há fumaça, há fogo! Pós-venda ruim, alta desvalorização, revenda ruim(nem a css da própria marca avalia seu veículo decentemente), demora para chegar peças, peças caras, manutenção problemática… TUDO isso construiu o preconceito que algumas marcas sofrem hoje em dia. Chegar aqui criticando os problemas do Onix como se fossem coisa de outro mundo é muita hipocrisia da sua parte. Duvido que se fosse sobre um carro de outra marca você não soltaria algum comentário no sentido de dizer que todas as carroças de entrada brasileiras apresentam defeitos do tipo.

      • mmcinza

        São problemas normais, especialmente para o segmento de carro que comprou.

        É importante ter a expectativa alinhada, um Onix não vai ter o mesmo nivel de qualidade que um Cruze, por exemplo

        • Cara, desculpa aí, mas acho esse pensamento muito conformista, vc tá comprando um carro 0Km, está colocando bastante grana nele, o mínimo que tu pode esperar é que o carro mantenha-se em condições nas primeiras semanas de uso. Tirar um carro da css e ficar com a marcha arranhando não me parece uma expectativa muito alta não, seja Cruze, Onix, Agile, o que for.
          Mas essa é só a minha opinião.
          Abraço.

          • mmcinza

            Vc não está errado e não estou falando que deve se conformar com isso e pronto.
            Um carro de produção em massa, a empresa não vai ficar se preocupando em detalhes como em um carro de valor agregado maior.
            Eles já assumem que possivelmente estes carros possam ocasionar mais retornos as autorizadas, mas vai depender também do perfil do comprador e se lembrarmos que muitos compradores de carros populares são empresas, então o retorno dos mesmos para ajustes vai ser bem menor.

            Se todos os compradores destes carros, fossem os leitores do NA, eles estariam ferrados e possivelmente o nível de exigencia seria maior.
            Aí podemos voltar em outra discussão sobre o quão pouco exigente é o brasileiro em tudo o que compra (roupa, comida, demais produtos em geral..)

        • danieldourado_2

          Problemas normais? Que isso, cara? Nenhum problema é normal. Os problemas não são normais. Pode não ter a mesma qualidade de um Cruze, mas o que ele tem deve funcionar normalmente.

          • Jorge_Nobrega

            Lubrificante que escorreu, marcha ré difícil de engatar e tampa do porta-malas desalinhada são problemas pequenos perto do que se encontram em vários populares brasileiros. É claro que não deixam de ser problemas, mas são coisas extremamente comuns nos populares brasileiros e, geralmente, acontecem até coisas piores com outros populares, a exemplo do Sandero, que vende pouco, mas possui uma quantidade de reclamações no "reclame aqui" enorme, maior até do que o Gol, que é disparado o mais vendido.

          • mmcinza

            Tomando como base o volume de vendas, hoje a GM deve produzir hoje quase de 11.000 Onix/mês, ou seja se a produção for 24 x 7, atualmente saem da linha de montagem, um Onix a cada 15 minutos (fora o Celta) em Gravataí.

            Antes de sair da linha, o carro faz o teste de suspensão e depois outro para verificar infiltração de agua. Dão uma voltinha no carro e um abraço.
            O controle de qualidade versus o volume de produção tem que ser algo muito rápido e preocupado em olhar erros grosseiros. O resto passa…

            Uma empresa produz o carro contando no lapis tudo o que se consome de insumos e também o custo homem/hora para produzir o carro.

            • Jymonotaka

              Então pq a fábrica quer produzir muito rápido ela tem direito de entregar produtos novos a seus clientes já com defeitos? Isso não é explicação pra nada. Se eles querem produzir o mesmo volume de carros que aumentem a fábrica e façam direito o teste de qualidade.
              Vc está pagando por algo novo, não é aceitável que ele já venha com algum problema. Essa sua comparação entre cruze com um onix chega a ser boba. Vc compra um cruze e paga mais caro por uma mecânica mais desenvolvida, por um acabamento melhor, por um espaço melhor, por mais segurança e por um design mais agradável. Tanto o cruze quanto o onix tem que oferecer perfeitamente aquilo que eles tem. Não pode um carro sair de fábrica com um problema na ré e não ser arrumado, muito menos esse negócio estranho escorrendo da maçaneta.

  • Dornnelles

    Já era de se imaginar esses tipos de problemas, são carroças do Brasil, nem mim surpreende mais esses tipos de reclamações!

    • Thiago Bressa

      MIM surpreende kkkkkkkkkkkkkk

  • thales_sr

    Enquanto está na garantia, "isso é normal, é do carro mesmo", depois que passa da garantia, "tem que trocar a rebimboca da parafuseta, passar uns 3 dias ajustando o carro, e esperar umas 2 semanas pra peça chegar"…

    • R0CKERZ

      Infelizmente é bem por ai mesmo ¬¬
      Nesse quesito eu penso que as CSS da Renault tem uma assistência muito boa a garantia, porquê quando precisei levei e nao cobraram nada. Levei em oficinas por fora primeiro estavam cobrando de 500 a 1500 por um problema na direção do meu Sandero… eu hein!!

    • AlexandreCE

      Infelizmente é desse jeito mesmo… pelo menos na GM fui tratado assim.

    • Edson Roberto

      E o pior… geralmente condenam diversas peças que são extremamentes caras!

      • O_Corsario

        E que NÃO vão resolver os problemas…

  • dudupruvinelli

    Só eu que acho esse carro horrível?

    • Landrutt

      Também acho.

    • RafaelPimenta

      eu tambem acho. traseira parece que levou uma porrada

    • Gaba

      Olha, eu estava gostando desse Onix. O visual dele me agradou, e internamente também.

      Mas depois deste post do NA, e também da avaliação dele na cidade (vídeo), ele já foi retirado da minha lista de possibilidades.

      No Vídeo vi que ele bate pra caramba (a câmera pula muito). Comparei com o vídeo do Etios, e pula muito menos. Alias, já fiz test drive em um Etios, e sei que ele é muito confortável ao dirigir. Não que eu vá comprar o Etios, mas o Onix ta perdendo feio nesse quesito…

      Além do mais, este post mostrou algo que eu já deveria saber. Tenho um PRISMA, e tem o mesmo problema de engate de ré. Muitas vezes nem consigo engatar, e a marcha nunca é precisa. Acho isso ridículo, e só por isso, já passei a não gostar do Onix. Sem falar nos outros problemas…

      Acho que Onix pra mim… não vai rolar… acho que se o Etios fosse (bem) mais barato, eu compraria ele, pela boa mecânica (creio eu) e mais potência no motor 1.5 que do Onix 1.4…

      • dudupruvinelli

        E provavelmente o novo prisma será do mesmo jeito que o onix.

      • Leonardo Marques

        Etios é mais confortável, só que o 1.5 não é mais potente que o 1.4 do Onix.
        Meu Onix está com 2mil Km e não tive nenhum problema ainda, entre tantas unidades já vendidas uma ou outra apresentar problema
        é absolutamente normal. Todos os carros, de todas as marcas dão problema, máquinas dão problema.
        Depois que vi um fusca fazendo "chupeta" em uma bmw (com uns no máximo quatro anos de uso) nada mais me surpreende, quando
        ocorre um defeito realmente sério que compromete o funcionamento do carro ou a segurança aí sim é normal que se descarte um carro.
        Acho são problemas normais para um lançamento e que é o primeiro a reclamar disso. Olha que leio muito sobre o carro.

        • Tejolo

          em relação à potência, a GM é campeã no marketing… 106cv à 6.000RPM não me convence. Por curiosidade, fui buscar o torque de ambos, e são exatamente iguais (13,9 kgf.m), porém a maior cilindrada do Etios dá uma vantagem considerável à ele, pois este torque está disponível desde os 3.100 RPM, enquanto no ônix aparece em altos 4.800 RPM. Portanto, no meu ponto de vista, o motor da Toyota apresenta melhor compromisso com o uso cotidiano.

    • DMBBR

      Pois é, também acho. O problema do Onix é que ele é totalmente desproporcional. Quando eu olho um na rua não consigo acreditar como tem tanta gente que acha esse carro bonito. Por foto em determinados ângulos ele até que engana. Parece até um médio nesta foto.

      <img src="http://www.compreauto.com.br/img/cache/ch/596854_100836_chevrolet_onix_preto-640×480.jpg"&gt;

      • dudupruvinelli

        Ele parece um gol anabolizado.

        • PKuster

          É o "GOLNIX" …

    • fep

      Também acho.

    • vera

      Caro amigo vc tem toda a razão a minha prima pegou este carro e esta com um problema serio na ré e as vezes ate para partir e quando vai na agencia comentan que é assim mesmo na verdade eu não recomendo ninguem comprar .Um abraço vera RJ

  • fabritch

    Esta lubrificaçao escorrendo pelas maçanetas tb apareceu no modelo da Quatro Rodas. Eu hein.

  • PKuster

    Quando o defeito não é resolvido pela Concessionária, nem pela Montadora, ambos fazem "cara de paisagem" e sempre falam que "é uma característica do veículo" – fica por isso mesmo e o prejuízo vai todo para o consumidor – se fôsse num País onde as leis são respeitadas, dava até cadeia.

    • Edson Roberto

      Cadeia não, mas certamente um consumidor dos EUA em não ter seu problema resolvido ameaçaria facilmente a concessionaria de processar e caso essa fizesse pouco caso, ela se daria mal no tribunal. Tanto que lá, as concessionarias não só respeitam como procuram dar todo o suporte possivel.

  • AlexandreCE

    Você deu sorte de a tampa traseira vir apenas desalinhada. Em muitas unidades acontece de ela vir frouxa e ficar batendo.

    Sobre a ré, uma dica: antes de engatar a ré passe a primeira. Acho que a ré do Onix é para a frente, levantando o botão, correto? Em caso afirmativo, pela experiência que tive com um Classic que possuí, basta fazer isso que se evita que a ré arranhe.

    • Rodolfo_PR

      Eu faço isso com o celta e montana, só que passo a terceira ao invés da primeira! Dar a partida pisando na embreagem também resolve, no caso da primeira saída.

      • SilenceBass

        Isso é mesmo, quem teve carro japonês ou derivados (aliás, acho que todo importado é assim…) acostuma a ter que pisar na embreagem pra ligar o carro, consequentemente pra engatar alguma marcha… eu tive um Accent e era assim, só ligava o motor pisando na embreagem, e mantenho o costume.

        Outra coisa que todo mundo aprende na auto escola e desaprende (brasileiros…) é que se deve "destracionar" o carro pisando na embreagem antes (ou logo em seguida, quase sincronizado) do freio, pois além de ajudar na frenagem, esse costume ajuda também a esse problema de engate, no meu Celta nunca arranhou.

        • danieldourado_2

          Como é? Tem que primeiro pisar na embreagem para depois freiar o carro, e isso ajuda na frenagem? É isso que você está dizendo?

          • SilenceBass

            Leia direito, não tem interpretação no texto e muito menos afirmações.

            • rpasini1

              Cara, não sei em que auto escola se aprende esse absurdo, mas eu não aprendi isso não.

              • teste

                Não em qualquer frenagem, mas em frenagens de emergência onde é preciso "socar o pé" o melhor é pisar na embreagem sim, pois o motor, mesmo que não acelerado estará exercendo uma força contrária à dos freios.

                Agora, dirigindo o carro normalmente, só se aciona a embreagem quando o carro está prestes a parar, para o motor não morrer.

    • tuduff

      Esse fato curioso acontecia cmg no meu antigo corsa 1.0 16v ( 2001), a ré arranhava mto…. se o motor não mudou, acredito que o cambio tmb não….

      • CleSilva

        pois é tenho um celta 2011 e isso acontece mesmo… se colocar a ré de uma vez ela arranha mesmo! colocou primeira e depois a ré e problema resolvido!

    • Dani

      Meu Prisma tem vezes que a ré não entra, aí acelero o motor um pouco ou deixo o carro andar um pouco tirando o pé do freio aí engata normal…

  • LSAraujo

    Apesar que meu carro é bem velho (95) no manual dele diz que se o carro estiver em movimento e,
    ao parar pra engatar a ré tem que esperar 3 segundos, o lance de esperar é esse. E realmente o câmbio continua girando um pouco
    depois que pára.

    • Rafael

      Na verdade, tenho um Ka, e tambem apresenta esse problema. Mas não tem nada a ver com a questão do cambio continuar girando. Pois quando vou sair de manhã ligo o carro e já tenho que engatarrar a ré pra sair da garagem e ja precisa aguardar estes tais 3 segundos.

    • Edson Roberto

      Curioso. Bem.. o meu é um C3 e a unica recomendação que é feita no manual é deixar o carro totalmente parado para engatar a ré, pois caso esteja em movimento, poderá trazer problemas de funcionamento ao cmabio. E realmente, eu sempre segui isso mesmo antes de olhar no manual. (pois já fazia isso com outros carros).

      Alias, peça para alguem experimentar fazer isso em carro automatico para ver o que acontece…rs

  • Júlio César

    E vai ficar por isso mesmo sobre o problema da marcha ré e escapamento?

    • CleSilva

      a marcha nao tem nenhum problema acredite! tenho um celta com mesmo cambio com ré pra frente e isso acontece tambem! é so colocar a 1 depois a ré e problema resolvido!

  • Myll

    Eu que trabalhei na FORD que o diga sobre formas de tentar manobrar o cliente para falar sobre coisas que não tem conserto e tentar fazer com que ele acredite que aquilo é caracteristica do carro. ^^Mas eu não era mecanico e sim entregador tecnico.

    • Edson Roberto

      Então nesse caso, não seria mais viável encaminhar a pessoa ao consultor técnico para que ele pudesse avaliar com maior precisão ?

    • Escridelli

      Pô me ajude, vc foi da FORD, existe solução para um barulho que existe no interior do FUSION 12/12…. parece que existe algo solto como algum chicote no teto ou dentro da forração das portas do lado direito do carro……é irritante esse barulho e nenhuma FORD consegue resolver!!!!

  • Renan21

    kkkkkkkkkkkkk e cada mecanico que me aparece
    Será que tem que esperar 4 segundos para abrir a porta para parar de cair lubrificante ?

  • fredcdb

    "É característica do carro" é o equivalente a ir no médico se sentindo mal e receber como resposta "deve ser uma virose"…

  • dudupruvinelli

    A ré do ka também tem esse problema.

    • Max

      Verdade, desde os mais antigos até os mais novos. Andei num endura 98, e num Sport 2012, ambos tem que "socar" o cambio prá ré engatar. A Ford troca a casca, mas o cambio continua a mesma porcaria de sempre.

  • raphaelpmc

    A ré não é sincronizada, logo realmente tem de parar o carro antes de engrenar a ré…..Quanto ao silencioso, é so levantar o carro é verificar o furo, se tem furo e não foi feito nada culpa da CCs, caso não haja furo é caracteírtica do carro. Não estou defendendo nem a GM nem suas CCS, mas reclamar sem entender fica muito tendencioso.

    • Edson Roberto

      Rapha,
      Mas há casos em que o furo fica na parte de cima do silencioso, não sendo possível sem retirar o silencioso do lugar de se observar. E nesses casos? É por isso que eu falo, a pessoa tem que olhar direito para ter certeza. Nem sempre o mecanico estava errado de fato, mas julgando por tudo que foi dito ao Eber de uma vez, se denota ser realmente falta de atenção do mecanico.

      E também, vc como dono de carro agora precisa obrigatoriamente saber do que se trata? Se vc começou a ouvir um barulho diferente, não seria um ponto de atenção já detectado para isso? Se a GM informar abertamente que o ruido do motor ou mesmo do escapamento com o uso mesmo novo pode mudar, é uma coisa, mas agora, detectar isso em um carro com menos de 10000km? Muito do suspeito não ?

    • Sias

      Que a ré não é sincronizada se sabe, mas nunca precisei ficar esperando pra engata-la….em carro nenhum.

  • vitimsl

    Já vi alguns carros com essa orientação no manual, de esperar alguns instantes para colocar a ré, não é o caso do Onix? Quanto ao escapamento, quando for fazer a revisão, peça para que o mecânico lhe mostre outro Onix com o mesmo defeito…

    • LSAraujo

      Essa orientação é somente quando o carro acaba de parar…

  • willian kimieck

    serio mesmo esse carro é uma porcaria o acabamento interno até por fora esta nos nível dos chineses sem dizer q tem muita potência para um motor 1.0 a taxa de compressão muito alta quero ver a durabilidade desse motor é uma vergonha a chevrolet assim como a toyota produzir o etios carros com ótimas dirigibilidade e conforto mais cobrarem um preço ridículo

  • RafaelPimenta

    kkkk vai la, o brasileiro adorou o onix. gostou pq é mais uma carroça porca dessa selva brasileira. triste realidade

  • paranaiba

    Eu tinha um Celta que arranhava a ré e as vezes nem entrava, o que eu sempre fazia era colocar primeira e depois a ré, é de cair o c* da bunda mesmo, meu pai tinha um Voyage 1990 com 500 mil kms rodados que não tinha nenhum problema no cambio!

    • silasrana

      Cara, acho que isso não é de fato, um problema. É uma característica do cambio. Inclusive consta no manual do Focus aqui de casa. Não sei se é o caso do Celta, mas pelo menos o Focus e o Sandero, como eu disse em algum comentário abaixo, não tem 'trava' para engate da ré. Essa trava foi 'substituída' por este mecanismo…

      • Edson Roberto

        Mas a questão é… se o Eber usava antes normalmente e o produto começou a apresentar dificuldades, como isso pode ser caracteristica?

        É o mesmo que eu começar a ver meu farol ficar todo embaçado em dia de chuva e vc mecanico ao invés de me dizer que há um problema de vedação, me dizer que isso é caracteristica e que sempre ficará desse jeito. É inaceitavel isso.

        • vitimsl

          Eis a questão… Se o problema apareceu agora, é pq tem coisa errada…
          Mas essa da ré é uma característica das caixas GM que não possuem o sincronizador na ré…

        • silasrana

          Pensei justamente o que o 'vitimsl'.
          No texto não deixa claro se o problema apareceu agora ou se sempre foi assim.
          Se é uma situação que não ocorria antes, aí concordo plenamente contigo. Porém, do jeito que foi escrito no texto, claramente aponta para uma característica mesmo (veja bem, apenas a situação do câmbio – o desalinhamento e o barulho do escapamento, não). Tanto é que, se você ler todos os comentários, vários citam a mesma coisa que eu, no que diz respeito ao engate da marcha-a-ré.

  • ernandes1

    A pior resposta que existe é essa: "É assim mesmo, sempre foi assim", em todos os lugares.

    Eu ouço isso no trabalho e fico P….

    – Fulano, isso ta ruim
    – A normal, sempre foi assim

    Mas e ai? O que faremos pra melhorar?
    Resposta típica mau profissional

    • Edson Roberto

      E as vezes qdo se pergunta realmente para se melhorar, o cara fala que sempre foi feito assim. Ou seja, mesmo querendo melhorar, o cara não liga para isso.

      Eu por diversas vezes qdo tenho oportunidade, sugiro algo novo no serviço. Talvez uma mudança de fato. Mas qdo se pega uma pessoa que não quer, é muito ruim emsmo.

    • leonardovano

      Cara, eu tenho uma consultoria de processos e melhores praticas, vc nao tem ideia da vontade q eu tenho de da uma voadora no cara que fala isso pra mim! hauhahuaha

      • Pedro_Rocha

        Melhoria contínua é para clientes exigentes e mercado competitivo; ambas as premissão não se coadunam em nosso mercado automotivo abaixo de 110K.

  • Absinthe666

    o meu ka tem o mesmo problema, as vezes a ré não engata, ela parece que entrou mas arranha sem tentar movimentar o carro
    tenho que soltar a embreagem bem de leve sem acelerar, ai ela engata tranquilo e depois o problema para
    acontece normalmente na primeira ligada do dia

  • silasrana

    Eber, o câmbio do Onix tem alguma trava para o engate da marcha-à-ré?
    Pergunto pois o Focus daqui de casa não tem trava e tem essa recomendação dos 4 segundos no manual. No Focus, se você ligar o carro e de cara já engatar a ré, ela arranha bastante e dá até um tranco para trás. A recomendação era de que ao ligar o carro aguardasse 5 segundos com o pedal da embreagem pressionado (se não me engano, era por alguma questão de lubrificação). Na concessionária me deram outra dica que uso tanto no Focus quanto no Sandero aqui de casa, que não possuem trava para engatar a ré – já virou costume até.
    Antes de engatar a ré, passe pela primeira marcha. Bem rápido mesmo. Pisou na embreagem, leva o cambio a primeira marcha e logo em seguida, a ré. Assim você não precisa esperar os 4-5 segundos e também não tem problemas no engate da marcha reversa.
    Teste aí e veja se funciona com o Onix.

    • Gaf1991

      Pelo que conheço fora o macete da 1a e depois ré , que também faço no meu . O caso de ligar o carro com o pé na embreagem é afim de diminuir a força do motor de partida para se ligar o carro , você pode observar que quando você liga o carro com o pé na embreagem ele liga mais suavemente que sem o pé na embreagem .

      • silasrana

        Sinceramente, eu nunca notei diferença. Faço isso de ligar o carro com o pé na embreagem por costume. Mas as vezes me esqueço e não noto diferença, confesso.
        Outro macete que eu aprendi e que tenho feito ultimamente é não ligar o ar condicionado com o motor em alta rotação. Se estiver na estrada, por exemplo, eu piso na embreagem, deixo a rotação cair, ligo o ar e volto a andar normalmente…

    • jnsilva

      Nao tem meio a ver mas as motos cg150 inferior a 2006 se nao me engano elas possuem a mesma caracteristica, tem que ligar o motor desengatado pq se nao ela da tranco por falta de lubrificação. E sobre cambio, é porque nao estao se lembrando da kombi… fora os erros de errar a segunda da quarta, a ré entrar junto com a primeira e raspar quando nao se quebra, e errar a terceira com a primeira, fora isso, é totalmente normal ahuahuahuahu

  • RTEC29

    Compre da concorrência.
    Leve em consideração quando forem pedir um desconto. Se informar é a melhor decisão.

  • CharlesAle

    Essa espera de 4 segundos é para esperar o câmbio parar de girar,pois a ré gira ao contrário de outras engrenagens….

  • JulioCMO

    "Esperar 4 segundos pra engatar a marcha ré" – A tecnologia dos carros de hoje é incrível… as engrenagens da caixa de marchas tem inteligência artificial pra saber quando o dono está com pressa, para que assim possa evitar da marcha ser engatada fora do tempo e o câmbio ter desgaste prematura.

    Aiai, é cada uma que ouvimos dos "técnicos" de concessionária rsrs'

    Bom, já ouvi algo parecido com o lance da ré, dela "travar/arranhar", mas somente quando ela é engatada com o carro estando levemente em movimento para frente, ou seja, um engate "no tranco". É até algo parecido com o "clutchless-shifting" utilizado principalmente por motociclistas profissionais, porém, hoje em dia não se vê muito em carros… ENFIM, capaz que a boa-vontade do mecânico foi uma tentativa de adotar uma "justificativa técnica" para um simples "Engate devagar, pois o fabricante não se deu o trabalho de configurar corretamente os engates" rsrs'

    Fora isso, o fato da tampa do porta-malas estar torta é um tanto curioso… seria a extrema força G que o Onix vigora durante a "condução esportiva" que o programa televisivo (Rede GRobo) tanto elogiou? rsrsrs'

    • Edson Roberto

      Pera, pera, pera… para tudo.

      Então vamos considerar que os "imprecisos" cambios da Fiat são bons? Pois o que desejamos é um carro que tudo funcione sem esforço ou anormalidade com tempo de uso. Além disso estamos falando de um uso totalmente não severo e principalmente antes de 10000km!!!!

      Olha… historico de carros da minha familia que nunca deram nada disso e que diziam que a marcha sincronizada de Uno são ruins….rs

      Meu Deus! eu não consigo crer o quão é revoltante crer que em pleno 2013 temos esse tipo de problema, que para mim, seria um dos problemas que não deveriam existir em carros, já que se trata teoricamente de um item mais do que difundido no nosso país!

      • JulioCMO

        Isso que eu não entendo, falam e falam do pequeno nipo-indiano Etios, criticando sua má-fé com os possíveis clientes, mas todo mundo esquece que os carrinhos nacionais são igualmente podres no quesito redução de custos rsrs'

        Sinceramente, não vejo diferença entre esses carros populares, vide: Gol, Onix, Palio, Etios e afins. O que um """ganha""", em outra ponta eles perdem, por isso nem entro no mérito dessas discussões. Como diria Clarkson: "There is no such a thing as cheap and cheerful. It's cheap and natsy"

        Mas de uma coisa eu sei: pra que uma montadora iria se preocupar com engate de câmbio se o que vai vender mesmo é o carro bonitinho?

        • Edson Roberto

          Bem… mas se todos são problematicos, porque tenho que escolher justamente o mais feio? rs (Etios)

          Mas o que eu não entendo nas pessoas é tendo tantos produtos "compacto premium" nessa faixa de R$40000 optar pelo modelo de entrada. De problematico para problematico, eu escolheria pelo menos um bonitinho…rsrrsrsrssrsrrsrs

          Falando sério, isso é algo que eu sempre priorizo a procurar por um modelo. Pelo menos não tenho nada a reclamar sobre problemas desse tipo :)

          • JulioCMO

            Dentro desses, eu só dirigi o Gol G5, o Palio, o Fiesta Elza e de "relevantes"… o March entra nessa categoria? Eu escolheria o modelo que fosse melhor ao volante, visual entraria em segundo lugar. Me espantei com a direção do Etios durante o video, parece ser extremamente mole, algo que existe no March também, no entanto, o Nissan compensa com agilidade extrema com o motorzinho HR.

            Mas enfim, como eu disse, não consigo escolher nenhum deles sequer pelo visual… talvez o Gol "G6" 2P pelo fato dele lembrar bastante o Polo europeu, mas o preço e a dirigibilidade matam o coitado. É complicaaaado…. rsrs'

  • fabio_augusto

    Vc´s não viram nada!!! Minha irmã tem um Onix LT 1.4 e depois de uns dias, acendeu no painel, uma luz indicando problemas elétricos. Daí, no manual diz para recorrer a uma cc da Chevrolet. Ela foi na cc e o mecânico disse que o problema foi o mal uso da embreagem (?), se ficar com o pé muito tempo pode dar um problema na mesma. Daí ela disse que sempre dirigiu normal, e que o Classic anterior dela nunca deu problema do tipo. Porém, o mecânico diz que nesses carros novos da Chevrolet, a embreagem gera um código quando se pisa pela primeira vez (????), e que se fazer mal uso "descansando o pé" nela, pode dar erro no código gerando esse problema (???????????). Enfim, o problema foi resolvido em 5 minutos e o mecânico querendo jogar a culpa na minha irmã por CAUSA DE UM CONTROLE DE QUALIDADE PÍFIO DA CHEVROLET!

    • Edson Roberto

      Absurdo.

      Eu presenciei um Honda Civic (da geração anterior) em que o reclamante falava de alto consumo e trancos no cambio. Segundo o técnico que o atendeu é o fato "dele dirigir esportivamente". Foi até engraçado ouvir isso, já que o proprio dono (e meu conhecido) anda feito uma tartaruga. Ele não acreditava no que ouvia do técnico. Ele ficou tão bravo que quis vender ali na hora o carro. Para a sorte dele, em 5 MINUTOS um outro atendente veio, pegou o carro, passou um scanner e atualizou possivelmente algo no carro. (não vi o que fora realizado)

      O problema pelo menos do cambio foi sanado. PS: Curiosamente, fui conhecer nesse mesmo dia o Civic atual e por isso me encontrei com vizinho meu dono do Civic).

      • danieldourado_2

        Devia ter chamado o gerente e esculachado esse mecânico incompetente aí…

    • SilenceBass

      Putz cara, inacreditável, é pedir pro cliente assinar um atestado de débil mental isso aí…

  • Salazar1966

    Falar o quê do carro chinês, diante de toda esta qualidade do carro "nacional"?

    • Jorge_Nobrega

      O problema dos chineses é que eles oferecem penduricalhos e barateiam a estrutura do veículo para suprir os custos com os acessórios. O resultado foi o visto no crash test do J3, que fez Gol e Palio parecerem veículos seguros.

    • Armando Cunha

      Como se isso justificasse…

  • Mak06

    Enquanto o carro estiver na garantia qualquer problema encontrado no carro a concessionária irá dizer que está tudo normal.
    Depois que acabar a garantia,a concessionária irá dizer que tudo está ruim e que deverá ser trocado.

  • edu100022

    No meu serviço eu utilizo uma montana 2012 e a ré dela é ruim de engatar na maioria das vezes e a 1ª marcha também. Outra coisa também é que as vezes sobe um cheiro forte de gasolina dentro da cabine e eu a levei até a concessionaria pra reclamar disso e eles falaram que isso é normal na montana. Agora o lubrificante escorrendo nas portas também aconteceu com a que eu uso, nas maçanetas e nas dobradiças da porta.

  • edu100022

    Agora problema é o que eu estou tendo com o meu Fiat 500 Cult 2012. O meu carro está com 9 meses de uso e 7400 km rodados e nesse tempo ele já teve problema no som 2 vezes, no vidro eletrico do motorista, o teto solar já foi lubrificado e reapertado 4 vezes devido a barulhos, a motor já teve que ser regulado, a coluna de direção já foi trocado e o eixo traseiro e suas buchas já foram trocadas e ele já ficou 17 dias na concessionaria para tentar resolver um forte barulho que faz na parte traseira do carro e agora faz 1 mes e meio que estou a espera de uma peça que seria a barra de proteção da lateral traseira direita do carro que segundo um engenheiro que a Fiat mandou seria o causador de todo o barulho que faz na parte traseira do mesmo.

    • herr_le

      Eu já fiquei parado 3 vezes na rua por causa do Dualogic, mesmo atualizando o software já tive problema de novo, peças soltas no painel e barulho dos vidros dianteiros, e dias pra cá com carro frio não dá para sair, tem de esperar ele "esquentar", já estou me arrependendo desse Fiat 500, já fiz diversas reclamações e nada de solução desses problemas, como não podemos deixar o carro parado na CCS temos de aguentar esses tormentos.

      • edu100022

        Nem me fala!!! Eu me arrependi de ter trocado meu antigo 206 por esse 500, pois meu antigo 206 nunca me deu um problema sequer em 5 anos!!!!! E o pior é que nós não temos a quem recorrer, pois a Fiat não dá a minima.

  • edu100022

    E como eu disse acima meu carro ficou 17 dias na css para descobrirem a fonte do barulho mas para isso eles desmontaram todo o interior do carro e a parte traseira ttoda foi desmontada incluindo tampa do porta malas, lanternas traseiras, parachoque traseiro e o suporte do estepe e ainda a Fiat teve que mandar um tecnico e um engenheiro para descobrir o barulho, e agora vem a outra parte da historia, a falta de capacitação dos mecanicos, pois eles deixaram varios vestigio no meu carro. Como a parte debaixo do painel mal encaixada, os bancos traseiros soltos, o acabamento da coluna traseira fora do lugar, o tapete do porta malas solto e a tampa do aplificador e o mesmo solto, a tampa do porta malas desregulada e desalinhada e ainda por cima amassaram a coluna do meu carro proximo ao teto solar. Agora vamos ver se os problemas serão resolvidos.

    • danieldourado_2

      Caraca… Que pena tenho de você… COlocar esses caras pra desmontar depois montar o carro inteiro de novo…

      • edu100022

        E o detalhe o meu carro é marfim/cinza por dentro e o mecanico pegou no volante e nos bancos com a mão suja e quando eu peguei o carro já stava escuro e só no dia seguinte eu vi a merda que estava, o volante esta amarronzado e cheio de marcas de dedo nos bancos e no teto do carro. No teto e nos bancos eu consegui tirar agora o volante manchou, não sai por nada. É complicado!!!

        • Pedro_Rocha

          Por isso que o pessoal paga mais caro na Toyota, onde eles forram o banco do motorista e o volante com plástico para não ficar fedendo mecânico.

  • douglas_bm

    Engraçado que as coisas no Brasil parecem piorar com o tempo, tive um Vectra 96/97 que nunca, eu disse nunca deu problema no câmbio, sequer arranhava marchas sem que essa fosse a intenção e a ré entrava limpinha, mesmo em manobras que foram feitas de maneira mais velozes.

    Aliás, o único problema que esse carro sempre dava era vazamento na tampa do cabeçote, coisa "normal" nos carros da GM.

    • Meu Vectra Elegance 2010 tb tem vazamento de óleo no cabeçote e segundo os mecânicos da GM isso é normal nesse motor e que eu poderia ficar tranquilo que não traria nenhum tipo de problema. Um absurdo ouvir isso se tratando de um carro 2010 que me custou R$ 60.000 e ainda está na garantia, pois tem 3 anos de garantia. Eu já até desisti de dialogar com algum mecânico de concessionária, desisti tb dessa garantia inexistente que a GM não respeita, agora só levo meu carro na minha oficina de confiança e NUNCA mais compro carro GM!

      • vitimsl

        HEHE, na verdade, acho que todos os motores da GM (familia I e II) tem esse problema da junta da tampa de valvulas. O que eu acho engraçado que é um problema velho mas eles não resolvem. Pelo menos, com o meu pai (ele possui um vectra), eles trocaram essa junta sem falar nada. Aliás, o atendimento da GM em nossa cidade é muito bom!

  • Quase todo Celta tem essa de a ré "arranhar" se não estiver totalmente parado pra engatar. Tem algo a ver com a tal (falta de) "ré sincronizada"?

  • Miguel

    No meu Agile (e antes com Prisma e Classic), antes de engatar a ré, devo primeiro passar pela primeira, segunda e ai sim engatar a ré, para que não arranhe! Digamos que ele precisa estar com as engrenagens "soltas" par que ela engate perfeitamente, faça esse teste!

  • Eliabe Pina

    Gente… Todos os carros q peguei até hoje, desde o Corsa ao Astra que possuí, apresentavam este problema do engate da ré. Percebí que era por conta da aceleração do motor na partida de manhã. Solução: Engatava a ré e ligava o carro…

    • Ughadoo

      Tenho um Astra modelo 2010; a ré só arranha quando a rotação do motor está alta. Basta deixar a rotação do motor cair até valores próximos ao da marcha lenta antes de engatar para que a ré não arranhe. Deve ser esse o motivo de alguns manuais falarem para esperar de 3 a 5 segundos antes de engatar; esperar a rotação do motor diminuir.

      Não sei se esse é o mesmo problema do carro da avaliação 365; se for é bem provável que seja uma característica do câmbio. Normalmente é irrelevante, mas pode irritar quem não conhece o carro e engata a ré em manobras com o motor acelerado.

  • AndredeAzambuja

    Não estou dizendo que é uma solução nem que é o ideal, mas pra não arranhar a ré nesse tipo de câmbio, engate antes a primeira e aí engate a ré na sequência, vai bem mais suave.

  • WFDC0

    O Problema é que levamos na concessionaria e sempre somos enrolados,enrolados, PQP Brasil

  • anderson_sp

    Tem uns mecânicos de autorizadas que são tão ruins quanto a estes de bairro que só mexem com Brasilia e Fusca, a pessoa leva o carro em uma rede autorizada achando que a pessoa que está ali é a melhor pessoa pra lidar com seu automóvel e de repente é obrigado a ouvir pérolas destes funcionários, lamentável, deveriam ter cursos de intenso e reciclagem para este povo, se quem está ali não gosta do que faz ou não se esforça pra aprender, que vá procurar outra coisa.

    Tá mais fácil fazer um curso de mecânica e aprender a mexer no próprio carro, do que deixá-lo em mão de 3º desqualificado.

  • Gui_Dias

    Sobre a ré, no meu Astra é a mesma coisa. Se eu engatar logo, ele arranha. Se esperar por volta de 3 segundos, engata sem problemas.
    Vi isso no fórum do Astra Club.

    • Ughadoo

      Mesma coisa no meu. Mas notei que não é o tempo; é a rotação do motor – quando o motor está em rotação alta o câmbio pode arranhar ao engatar a ré. Se o motor está em rotação baixa (ou esperar uns 3 segundos para a rotação cair) a ré não arranha.

  • Prime_rafael

    O Classic 2012 faz isso também ao engatar a marcha à ré, se não esperar uns segundos com a embreagem acionada raspa mesmo, a engrenagem qualquer dia vai ficar banguela.

  • wbianchi

    seria legal mandar o carro em um mecanico bom e confiável
    assim teriamos o laudo dele e para avaliar o serviço da css (e o embramation)

  • AMG0001

    4 segundo pra engatar a ré…. e vc enfia a paciência aonde quando estiver manobrando? Aí trânsito, esperem 4 segundos que eu estou tentando engatar a ré!!

    Esse negócio do cambio eu já tinha percebido em outros GMs. Eu resolvia da seguinte forma: Quando tentava engatar a ré depois de andar normalmente, ele ia arranhar. Aí eu tirava o pé da embreagem em ponto morto, pisa na embragem de novo e coloca a ré. O esquema é não manter pressionada a embreagem quando tirar a 1a. ou 2a. e depois engatar a ré.

  • subzero99

    Bem, eu ia falar umas verdades aqui, mas como tem muito puxa saco e fã da GM, é melhor deixar pra lá…

    • MHO

      Quem desdenha quer comprar

      • subzero99

        Ôôôô !!!

  • Mc_

    O câmbio do meu Corsa C também tem esse problema… não é sempre que acontece, mas vezes ele não engata a ré de jeito nenhum, sendo necessário desengatar e engatar de novo. Também noto isso no Ágile da minha mãe.

  • RafaPinheiro

    E o consumo eber. Melhorou alguma coisa?

    • sdrmiguez

      Também tenho essa dúvida, houve melhora no consumo, Eber?

  • duhehe

    Esse problema do cambio é classico de GM , só engatar a primeira antes e depois a ré.

    • coresplendor

      Exato. Tenho um corsa o qual se se tentar engatar a ré logo de cara, é muito provável que vá arranhar, sempre estranhei isso, até que um dia me deram a dica de sempre engatar a 1 marcha, depois engatar a ré, e pronto, a ré jamais arranhou. Fica a dica.

      • Gaf1991

        Exatamente como faço , mas não é apenas na gm no caso . O carro que tenho hoje para uso urbano acontece igual .

    • PONCIO PILATOS

      Eé vero… é o famoso " limpar a caixa…" em meu karmann ghia 69 sempre faço isso, é bater e valer. Kkkkkk

  • Juniorfillingam

    Resumindo bucha!!

  • Cezar

    Parte 1:
    Não defendo marca. Mas vou comentar os “supostos” problemas ou defeitos:
    1)Escorrendo manchas pretas pelas maçanetas:
    Não é defeito nem problema, é só excesso de óleo que quando lubrificado na fábrica zero, sai, mas depois que esse excesso de óleo sai não volta mais. Só lavar.

    2)Surdina:
    O som muda mesmo e é em todos carros zeros devido queimar a lã de vidro e o catalisador ,etc.. Dento da surdina nova. A casos também de cheiro muito forte de queimado e fumaça branca nos primeiros quilômetros ,mas é normal, é a lã de vidro queimando e sai esse cheiro de queimado e fumaça branca um pouco. Depois que a lã de vidro queima, o som muda. Normal.

  • Cezar

    Parte 2:

    3)Engatar a ré:
    Não vi nenhum problema ou defeito, carros GM são assim é característico mesmo. Mas to para ver carros que entram a ré de 1º e não arranham, sei que muitos não o fazem, mas não é uma exceção assim arranhar e não entrar. se vc deixar em giro alto e tentar engatar a ré arranha sempre ou não entra. é uma característica. Dica: antes de engatar a ré com o carro com motor frio, antes engate a 1º, 2º,3º e 4º marcha e de pois engate a ré, viu simples. Sempre sem acelerar o motor.(serve para todos os carros)

    4)tampa porta mala desalinhado:
    Embora não seja um defeito é um problema e demonstra a ma qualidade ou desleixo na montagem do carro. a concessionária deveria alinhar.
    Observem também que o pinel o Onix da avaliação veio com o alinhamento painel porta desalinhado também, já demonstrado em outro avaliação publicada. Mostrando que o carro nessa versão pelo menos 1.0 é feito nas coxas e sem o mínimo de qualidade esperado.

    O único defeito seria o desalinhamento da tampa do porto mala e da porta com painel e só.

    • Sias

      Então tenho muita sorte, nenhum carro que já dirigi, inclusive GM, tive problemas de re arranhando, sempre de primeira. O meu caro atual então até parece que tem re sincronizada.

  • bedotRJ

    A sujeira embaixo das maçanetas também acontece no Cobalt. Sei disso porque o carro da minha mãe é branco e dá prá notar bem quando o carro está sujo. Acredito que seja normal. O design dos carros acabou fazendo daquele local um ponto de dispersão aerodinâmica. Assim, a sujeira de locais próximos acaba sendo acumulada por ali após alguns dias. Ao lavar o carro as "manchas" saem normalmente.

  • Ivan_Correia

    Infelizmente os carros da GM são assim. Meu antigo Astra 2002 tinha esse negócio de ficar um pouco com o pé na embreagem antes de engatar a ré, se não ela entra arranhando. E dirigi Classic, Celta… sempre com esse negócio da ré. Um amigo que possui um Astra 2011 também me relatou esse macete pra ré não arranhar

    • LS7

      Nem todos GM são assim. O Astra 16 V usava câmbio com marcha ré sincronizada. Podia engatar até com o carro andando para frente que não raspava. O Vectra do último modelo também.
      São poucos carros fabricados no Brasil que utilizam câmbio com marcha ré sincronizada. O câmbio VW do Gol G4 para trás não arranhava tanto no engate da ré porque o motor era longitudinal. Nos Gol/Voyage/Fox mais novos já vi muitas arranhadas, e não foi só da ré.

    • Gaf1991

      Comigo em outras marcas que já passei tb foi algo costumeiro de ter de aguardar um pouco para engatar a ré ou jogar a primeira e em seguida a ré .

  • Rodrigo

    "O mecânico da concessionária nos disse que tanto o Onix quanto o Sonic tem esse problema, e que depois de andar com o carro é necessário ficar quatro segundos com ele parado, em ponto morto, com a embreagem acionada antes de engatar a ré, senão ela vai arranhar e não entrar."

    Meu Sonic não tem isso aí não! A ré engata de primeira. A única vez que não engatou, eu estava estacionado em um declive bem acentuado, mas bastou abaixar o freio de mão que a ré engatou sem arranhar…

  • Junior

    Fico imaginando se estes problemas estivessem no meu Chery Tiggo….Aliás, com 60.000km rodados, o carro está ótimo.

  • TONY_SHARKS

    Desculpa esfarrapada do mecânico, mas infelizmente o cambio da gm não é aquelas coisas

  • Gaf1991

    Isso do tempo de engate acho que é normal , no meu carro de uso na cidade é a mesma coisa , e quando não quer entrar a ré , engato a primeira depois jogo a ré novamente . Quando a desalinhamentos na carroceria , é algo muito ruim , porém é mt facil de encontrar principalmente nesses novos lançamentos , ao acaso vi uma ecosport powershift se , que estava com uma fissura entre a tampa do porta-malas e a lataria que cabia um dedo ! Então o erro não é apenas desse carro especifico , mas sim da fabricante e a falta de qualidade na montagem . Quanto a assistencia tecnica isso daí é normal , pior está sendo achar um mecanico que preste tanto dentro quanto fora das css . Todos são iguais ou pela falta de conhecimento tecnico do produto (No caso mecanicos particlares) quanto na loucura pelo dinheiro do cliente (Css e mecanicos particulares) . Tá complicada a situação …

  • yago_natan

    Mas isso são todos os carros, os próximos carros da avaliação 365 claramente também terão esses probleminhas bizarros e mau atendimento das concessionárias.

  • murillo

    e depois ainda querem falar mal dos carros chineses…

  • Richard

    Todo Chevrolet de motor transversal que não tem a ré sincronizada tem o engate da ré difícil, á não ser que se faça a segunda antes de engatar o ré, pra facilitar o engrenamento. Isso desde o primeiro monza cinco marchas. Engatar o ré andando, nesses carros, não é possível se arranhar. O cambio é o mesmo de todo o resto da linha "barata"da casa, mudando só as relações de um modelo pra outro. Até onde sei, apenas o feioso do Cobalt tem o ré sincronizado nessa linha e o ré é um doce pra engatar. Outra muito boa era a F23, que equipava alguns vectra e astra. vazamento de óleo nas maçanetas, sim, deve ter alguma galeria de óleo que passe por ali pra refrigerar o lubrificante que vai pro motor, uhauhauha, fala sério, isso é a graxa usada na montagem da maçaneta plástica, normal ser tirada pela água e marcar a lataria. se vc lubrificar, sempre volta a ocorrer. A tampa achei meio fora mesmo, mas nao deve ser dificil de reparar. Os escapamentos as vezes "torram" internamente com o tempo, então é normal alterar o ruído em alguns casos,. o que não se pode ter é um ruído exagerado…

  • Renato_Savio

    A GM deve ter um grande problema com relação ao alinhamento das portas, comprei um corsa 12/12 e fiquei um dia todo na concessionaria para alinhas a tampa do porta malas e a porta direita traseira, andei no showroon da concessionaria havia classic e cobalt com desalinhamento pior que o meu carro. Eles precisam inspecionar melhor os carros antes de enviar as concessionarias.

  • jcperes

    Esse negócio da ré é mal de chevrolet, mesmo que os câmbios sejam diferentes. No meu Astra, pra não raspar não precisa esperar esses 4 segundos, é só fazer o movimento de engate bem devagar … quando eu faço rápido, por estar com pressa, sempre raspa! E é assim desde quando comprei (e eu comprei ele 0km). Meu Astra anterior (do modelo antigo) também fazia. E no Vectra de um amigo meu também faz. A Montana do meu pai já é mais de boa.

  • ismajunior

    "Onix, eu escolho você!"

    Só que não.

  • Mirazi

    Tenho um Onix com 5mil km e estou adorando o carro. Recomendadíssimo!!
    Nada desse problema de câmbio. Muito pelo contrário.
    Tinha receio do motor, por ser um 1.4. É mais fraco que o Fiesta 1.6 que tive, óbvio, mas dá conta do recado com folga. E com bem mais economia!!
    Excelente isolamento acústico. Sei lá, no geral, dá até impressão de se estar num carro de segmento maior.
    Por enquanto, só tenho elogios!

    • Joao Junior

      Cara, também digo o mesmo… O único problema que é unânime aí é a cor escura na porta… como existe solução vou correr atrás….

  • 3ic

    todo carro com ré para frente ( inclusive ônibus com chassi mercedes) tem esse problema com ré . O macete é colocar a segunda e depois colocar a ré ou esperar 3 segundos com o pé na embreagem.

  • kleber jr

    o problema é as fábricas trabalharem no máximo e tudo que é feito "nas presas" da nisso….ou vcs já ouviram falar que o cuidado aumenta com a rapidez?…imagina os carros que levam em torno de 120 dias para serem produzidos…lamborguine…rolls royce..e etc…por bem mais de meio milhão um exemplar desses esta em sua garagem sem nada de rebarbas…engates arranhando…sujeira nos trincos…porta desniveladas…

    • Sr_Andante

      O cuidado aumenta através de Leis mais específicas e com a atuação de instituições públicas rápidas e eficientes que lhe garantam seus Direitos, preventiva ou coercitivamente.

  • jonasperola

    O melhor laboratório pra testar o carro é nas ruas, não vai demorar muito pra GM fazer um recall dos defeitos apresentados.

    • Ivan_Correia

      não creio que seja motivo pra recall

  • miguelito00

    vendo um jogo da nba pela internet hoje, pela espn.uk, no intervalo passou uma propaganda da vauxhall com o novo corsa.
    depois fui no site da montadora e constam lá: corsa, meriva, astra, new astra, zafira..

    a pergunta é: por que é que a GM retira tais carros do mercado brasileiro, não reovando-os? o BR foi em 2012 o 4o. maior mercado do mundo em número de vendas, e deve ser o número 1 em margem de lucro das montadoras.
    por que é que somos obrigados a engolir essas spin, cobalt, agile, onix, celta.. essas porcarias regionais que inventam para "mercados emergentes", como se convencionou designar. até quando quem vai definir o produto produzido será a fabrica, e não os consumidores? em vários outros segmentos quem define é o cliente, e as fábricas correm atrás para conquistá-los. aqui está acima de tudo o lucro, produzir uma charrete com bastante plástico e com um design meia boca, 4 rodas e uma direção, e colocar à venda. (na outra ponta, dos carros de alto padrão, os carros são bons e mudiais, como o cruze e as picapes novas da gm).
    enfim, no mercado de carros parece haver uma lógica inversa, as fábricas sabem que não haverá um boicote a um produto lançado, que o povo não clama pelos lançamentos mundias. elas dominam o consumidor e definem qual será o carro disponível em tal segmento, de modo que a Spin é hoje a única opção aos finados Meriva e Zafira, no caso da GM.

  • miguelito00

    em tempo, a melhor definição da Spin q escutei, de um taxista q possui uma meriva: "a spin e aquela tampa de carro de funerária não dá.."

  • leonardovano

    pensando como consumidor:

    o lance da mancha nas maçanetas é muito feio! comprei um carro 0km e nao foi por 5 mil reais, entao quero as coisas decentes!!!
    se é problema ou nao, a css que arrume!!!

    o escapamento, realmente, os carros zeros que tivemos em casa sempre teve esse lance do barulho diferente, e o cheiro de queimado que ficava na garagem nos primeiros km era um saco! kkk

    desalinhamento, putz, relaxo heim dona GM, mas fazer oq, agente engole o carro assim mesmo e vcs nao estao nem ai!!!

    engate: quando trabalhei na ecovias, todas as viaturas GM tinham esse problema, ainda mais que ficavam quase 24 horas rodando, entao tinha que engatar a 1º e depois a ré, ai ia na boa!!! isso tbm é outro relaxo de mecanica.

    sobre o atendimento da css, pra variar tbm, uma vez tava dentro de uma fiat, e uma mulher encheu o saco pq tava fazendo barulho estranho, falou varias, quando ela foi embora, um mecanico falou pro outro: "…deixa la no fundo, manda lavar e amanha devolvemos."

    um dia as marcas vao se importar com o atendimento dado pelas css… um dia!!!

  • diegoandrade1

    parabéns ao NA pela excelente avaliaçao do Chevrolet Onix, unica e sincera dentre todos os blogs automotivos brasileiros. vejo muitos blogs colocando esse carro em primeiro lugar no ranking dos populares, mas nem sequer o testou para pré julgar.

  • Sr_Andante

    Já que existem sites de Compras Coletivas, porque não Reclamações Coletivas ?

  • Carlosr2011

    "Ligamos na concessionária"…não seria "Ligamos para a concessionária" ?

  • lucasbp8

    Eu falo Chevrolet eh uma MERDA!!!! Tenho um Chevrolet agile, comprei para reduzir os gastos, foi a pior coisa que ja fiz. Alem do carro ser muito feio, o ruido interno dele por ser feito de material de EXTREMA ma qualidade, eh muito alto, parece q o carro vai quebrar inteiro a qualquer instante, tenho o mesmo problema com o barulho do escapamento, e acreditem se quiser, para engatar a ré sem arranhar, só consigo se antes engatar a segunda e depois a ré, e olhe lá.

    • Rodrigo

      Hahahaha e tu fostes escolher justo o pior Chevrolet de todos os tempos! Até um Celta tem mais qualidade que um Agile

  • RNK

    Unico problema real que vi foi o do cambio. De resto não chegam a ser problema de verdade. Agora: reclamar de sujeira na maçaneta? por favor né gente! lave o carro uma vez por semana que o "tal problema" nao aparece mais!

  • Rafael

    O barulho que vc se refere não é furo no escapamento….acontecia com meu classic, aconteceu com a minha meriva. O problema é na caixa onde vai o filtro de ar. O plastico que a gm usa é um pouco mole, dai quando você acelera o carro em determinada rotação (lembrando que só da para ouvir o barulho andando….parado não consegue), o ar suga a tampa…deixando uma fresta minima na lateral, na junção entre a parte de baixo e a de cima, causando assim o barulho. Para sumir com o barulho de vez, é só colocar uma espuma para vedar a junção das partes da caixa do filtro de ar, dai o barulho some. O rapaz da concessionaria da minha cidade viu o que fiz e passou a fazer o mesmo nos carros que as pessoas estavam reclamando….resolveu o problema.

  • mikaelbrian

    depois tem gente que fala que problemas assim só ocorre em carros chineses cambada de preconceituosos

  • Pedro

    Pior que já vi Cobalt novo, 1.8 e automático LTZ branco (a cor da moda) com o mesmo problema nas maçanetas. Pior que carro claro acaba mostrando isso mesmo.

  • O_Corsario

    Essa da marcha é novidade para mim… Sinceramente, um problema tão antigo e não resolvem? Aí tem que ficar apelando para macete do tipo "passa a primeira e depois a outra" ou "espera quatro (!!!) segundos antes de engatar"…
    Poxa, em outros carros isso não ocorre, portanto porque não melhorar este câmbio já que é um problema tão antigo?

  • marceloduart3

    Só digo uma coisa " Satisfeito" com meu Ka 2011, já tive um Corsa que me infernizava com barulho na suspensão traseira e no suporte do motor.

  • mjprio

    eu tinha o mesmo problema da ré com meu classic 2009. Praticando essa "dica" do vendedor ( 4 seg ou então engatando a 1a depois a ré em seguida eu evitava as horriveis arranhadas que faziam eu passar vergonha na rua pois todos ficavam olhando

  • RAFAEL D'AMICO

    É , pessoal tenho 65 anos , e já escutei de tudo, no dia 9 de novembro retirei um COBALT LTZ 1.8 (sem câmbio automático) em uma concessionária daqui de Campinas, sp. Lero vai , lero vai, papo fiurado daqui e dali, e recebo o carro com uma RECOMENDAÇÃO: O Sr. tem que abastecer o primeiro e o segundo tanque só com alcool, porque senão pode dar um "CALÇO HIDRÁULICO", e o senhor perde a "garantia". comecei então dar risada, manja cara quando voce esta em uma igreja ou num casamento , onde não se pode rir e voce não conseque se conter. FOI ASSIM COMIGO , CARA; SÓ FALTOU EU ROLAR NO CHÃO. disse ao imbecíl , quem vai parar e encher o tanque sou eu , para comemorar a besteira que tu disseste. QUANTO O FATO AQUI RELATADO . A solução EDER é a seguinte, para numa encruzilhada e coloque um pouquinho de sal grosso na alavanca de câmbio e : CHAME PELA MÃE DO ENTREGADOR , com aquelas sonóras palavras que voce conchece . TÁ RESOLVIDO . Para uma imbecilidade nada melhor que outra. Infelismente esse é o mundo automotivo do BRASIL.

  • Ughadoo

    Por curiosidade resolvi consultar o manual do Onix; o texto abaixo está na página 186 do manual:
    ———————————

    Marcha à ré:
    Pressione o pedal da embreagem,
    puxe o anel para cima e pressione a
    alavanca de câmbio na direção da
    posição R.

    Nota
    Coloque a alavanca de câmbio na
    posição R (marcha à ré) somente
    com o veículo parado e poucos
    segundos depois de pressionar o
    pedal da embreagem.

    Se a marcha não engatar com
    facilidade, retorne a alavanca de
    volta ao neutro e retire o pé da
    embreagem, pressione novamente e
    mova a alavanca de mudança.
    ——————–

    Como alguns colegas disseram, esse procedimento consta no manual de outros carros, como o Ford Focus. Se o problema citado com a ré se resolver seguindo o procedimento acima, significa que é realmente algo normal. Se não resolver então é mesmo um problema e deve ser relatado quando retornar à concessionária.

  • Adriano_Silva

    Esse "problema" com a ré também percebi no Corsa e depois de muita "graxa branca" tive a mesma orientação de esperar alguns segundos antes de engatar a marcha.

  • David

    Essa questão da Ré é verdade. Tenho um corsa e ja tive inumeros chevrolets e todos eles fazem isso, se não esperar um tempo com a embreagem acionada, ela arranha.

  • IronMan10

    O meu Onix LT tb arranhava a ré vez ou outra, mas depois que ponho a 1ªmarcha >>ponto morto>>Ré, não arranhou mais. Tentem depois respondam se deu certo com vcs.

  • Cassianoccm

    Estava notando nos Onix que via na rua que muitos deles tem esse probleminha das maçanetas. não é um caso isolado.

  • Mário Lago

    Vou contar uma. Tenho uma parati 89 que você acelera em ré, embala, engata primeira e fica patinando ahahahahha… Que barbaridade esses carrinhos de plástico. Eu tive um corsa 2007 1.6. Apresentava o mesmo problema no câmbio. É como falava minha prof. de história do direito: "acreditar que a evolução é para melhor é um equívoco".

  • Rodrigo Pereira

    O interessante é que no manual do Siena EL da minha esposa tem essa recomendação de esperar alguns segundos com a embreagem acionada para depois engatar a ré. Já me habituei a fazer isso e faço também no meu Onix, e realmente, fazendo isso, a ré não arranha .

  • Iago Lopes

    No caso do engate da ré deve ser a mesma coisa do celta que você tem de engatar a primeira e depois ré assim não arranhando mesmo pois se tentar engatar a ré de uma vez só ira arranhar mesmo, característico de alguns carros da gm.

  • Vai_a_merda

    Em relação à ré, já tive um Corsa Maxx 1.4 2009 e algumas vezes arranhava. Depois troquei o Corsa por um Classic 2011, que também às vezes arranhava, só que nele tive um problema na caixa de câmbio que estava vazando sei lá o que era. Uma coisa eu digo, essas caixas de câmbio da GM, principalmente do Celta/Corsa/Classic são umas porcaria! Principalmente no Classic que ficava fazendo barulho da quinta.

  • Louis

    Sobre a questão do engate da ré, essa característica está descrita no manual do proprietário. Você deve pisar na embreagem e engatar a ré após alguns segundos e jamais engatar a ré com o carro em movimento. Caso a marcha não entre, voltar o cambio na posição neutra, pisar na embreagem e após alguns segundos engatar a ré.

    Seguindo as instruções descritas no manual ela não ira arranhar

    Abraço

  • Thalita Ruas

    O meu ONIX 1.4 LTZ tem um problema diferente de todos esses relatados ai (problema na injeção eletrônica com perda da potência do motor) mas, além deste grave problema também já observei no carro essa manhca na maçaneta ao lavar o carro e o barulho no escapamento. Temos que mobilizar forças para solução de tantos problemas.

  • EDMILSON

    Parabéns ao blog passei na espacial veículos Natal-Rn, e contatei esses defeitos!

  • wilder

    onix e sonic ambos possui a msm transmissao desde que nao seja automatico ….tenho um sonic 1.6 16v ecotec acho um carro exelente meu irmao tem um onix acho que a marca nas portas e onde a aqua escorre ou coisa assim acho que nao e de se esquentar a cabeça nao eee a marcha re arranhando tive fiat ford todos foram as mesmas coisas ….vlw ate mais

  • fernado

    tiggo…60,000 km kkkkkk lixo em forma de SUV

  • Odair

    Comprei um PRISMA LT. Na entrega do carro não notei e depois de 3 dias em casa notei que o porta malas está desalinhado, a lanterna traseira do lado esquerdo está 5mm para fora da carroceria e o carro começou a fazer barulho na porta do motorista. Em contato com a concessionária ouvi assim: "Carro novo é assim mesmo, uma coisinha ou outra sempre vem!" . Hehe são 44 mil reais não 44 reais….

  • Leyd

    Meu onix tem 3 meses de uso e ele simplismente travou na rodovia, desligou e travou o volate, se eu estivesse correndo muito nao sei o q poderia acontecer…

  • Eduardo Castro

    Pessoal Comprei um Onix 0km e digo à vocês , tem problema de alinhamento da tampa traseira, ja estou com o
    carro pelo menos 20 dias, levei na concessionária 2 vezes, ja vou pela terceira vez e até agora nada. Outra coisa é o alinhamento da direção o carro puxa pro lado direito e o mecanico da cencessionaria disse que poderia ser pneu, fez o rodizio, por 12 horas o carro ficou legal, depois voltou o problema, o detalhe é que o mecanico esta fazendo de tudo pra não colocar o carro na maquina de alinhamento. ( da uma certa impressão que se colocar o carro na maquina ira aparecer um problema de fabrica e como eles não querem trocar o carro, estão esperando o carro rodar o máximo possivel para dar uma quilometragem alta e depois se justificarem dizendo que não podem garantir.)

  • Simone

    Meu prisma com 3 meses de uso, simplesmente não entra as marchas, nem primeira nem ré, faz um barulho horrível. Agora apelar para a garantia. Uma merda, vc compra carro novo pra não ter problemas e dá nisso! GM nunca mais!

  • angela

    Meu onix tem 6 meses de uso e esta com o capecote batendo tucho

  • José Antonio

    Calma eu também comprei um Onix é um espetáculo com 1000 km pegou fogo na roda dianteira deu espetáculo na rodovia , 15 dias na oficina , depois chamaram para revisão nos freios, depois chamaram devido problemas no my link agora esta lá de novo trocando cambio e segundo o mecânico a peça veio errada mandaram a do 2014 …caralho meu carro é 2013 e se já mudaram a peça é porque a antiga é errada..e agora vão dar recal ou não .;;bem em suma e resumo tomei agora é advogado ou prejuizo ..mas no geral o carro é otímo em economia não anda .!

  • roger

    alguem pode me dizer porque a barra do engatte do onix fica aparecendo quando colocado no carro?? e nao fica totalmente escondido??

  • Leandro Segatti

    Meu dois Onix estão apresentando um problema com o tapete que fica sob os pés do motoristas, eles deslizam e chegam a uma posição que qualquer pisada na embreagem a trava, o tapete desliza e serve como uma trava para a embreagem. Isso já aconteceu algumas vezes, e tenho q puxar com os pés o tapete para trás para poder trocar de marcha. Alguém mais já percebeu isso?

  • O meu Onix desde que saiu da concessionária tem nos presenteado com surpresas desagradáveis conforme imagens anexo. A ultima foi aos 26.000km, depois de muita insistência a concessionária percebeu que o amortecedor da roda traseira estava vazando um liquido estranho. Nas revisões ninguém disse nada e na minha opinião não fizeram as inspeções conforme manual. Foi alegado nesse momento que se tratava de uma peça de desgaste e que não seria substituido pela Chevrolet em garantia. Mas o barulho do qual reclamava da roda traseira desde os 5.000km nunca tinha sido resolvido. Conforme orientação, já estava acreditando que se tratava de barulhos do step ou chaves de rodas, ou que provavelmente estava fantasiando coisas. Mas para minha surpresa, resolveram fazer a substituição alegando que se tratava do sinistro ocorrido a alguns mês atras, desta forma a minha seguradora assumiu a responsabilidade e estão substituindo a peça referida. O veículo esta desde o dia 12/05 fazendo substituição de “eixo” “semi-eixo” e “cubo de rodas”, porque reclamei que o carro estava vibrando ao acelerar. Peças que também foram consideradas “complemento” do sinistro e antes era somente problema de balanceamento local, balanceamento nas rodas e alinhamento. Fizeram alinhamento e balanceamento 3 vezes em menos de um mês. Eu pergunto a vocês… Essa é a experiência que você gostaria de ter em comprar um Onix da GM?

  • O meu Onix desde que saiu da concessionária tem nos presenteado com surpresas desagradáveis conforme imagens anexo. A ultima foi aos 26.000km, depois de muita insistência a concessionária percebeu que o amortecedor da roda traseira estava vazando um liquido estranho. Nas revisões ninguém disse nada e na minha opinião não fizeram as inspeções conforme manual. Foi alegado nesse momento que se tratava de uma peça de desgaste e que não seria substituido pela Chevrolet em garantia. Mas o barulho do qual reclamava da roda traseira desde os 5.000km nunca tinha sido resolvido. Conforme orientação, já estava acreditando que se tratava de barulhos do step ou chaves de rodas, ou que provavelmente estava fantasiando coisas. Mas para minha surpresa, resolveram fazer a substituição alegando que se tratava do sinistro ocorrido a alguns mês atras, desta forma a minha seguradora assumiu a responsabilidade e estão substituindo a peça referida. O veículo esta desde o dia 12/05 fazendo substituição de “eixo” “semi-eixo” e “cubo de rodas”, porque reclamei que o carro estava vibrando ao acelerar. Peças que também foram consideradas “complemento” do sinistro e antes era somente problema de balanceamento local, balanceamento nas rodas e alinhamento. Fizeram alinhamento e balanceamento 3 vezes em menos de um mês. Eu pergunto a vocês… Essa é a experiência que você gostaria de ter em comprar um Onix da GM?

  • Vinícius Appel

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend