Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

O Honda Civic 2021 chegou com mais equipamentos há poucos meses, mas já teve um aumento de preço. E a sua versão de acesso, LX, ficou mais equipada e isso conta muito.

Mais barato que o Corolla, o Civic mantém sua motorização antiga, baseada no motor 2.0 i-VTEC de até 155 cavalos, que já tem uns bons anos de estrada, mas ainda valente.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Mesmo sendo um sedã médio de mais de 100 mil reais, o Civic LX não tinha multimídia, mas agora tem e veio com mais algumas coisas, como sensor crepuscular e regulagem de altura dos faróis.

Quanto? R$ 109.300, um valor que está R$ 10.000 abaixo do Corolla GLi, porém, contando com um motor mais fraco. Será que vale?

Por fora…

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

O Honda Civic LX 2021 é um carro bem apreciável e não denota a pobreza que invade alguns modelos de acesso. Com rodas aro 17 polegadas escurecidas e luzes diurnas em LED, ele ainda agrada.

Frisos cromados no para-choque também ajudam, assim como as belas lanternas em bumerangue, com luzes em LED. A silhueta em estilo cupê cativa quem observa o carro.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Os retrovisores não possuem repetidores de direção e você não vai achar os faróis de neblina, bem como teto solar elétrico ou detalhes cromados. Ainda assim, o Civic LX é bem agradável.

O perfil aerodinâmico ainda conta com faróis dotados de sensor crepuscular e ajustes elétricos do facho duplo, longe do full LED da versão EXL da linha 2021 e também da Touring, mais eficientes no dia a dia.

Por dentro…

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

No interior, o Honda Civic LX 2021 tem um ambiente escurecido, com colunas e teto pretos, assim como o acabamento em tecido dos bancos e guarnições.

O painel tem apliques em cinza, assim como os assentos possuem faixas mais claras. O aspecto geral combina com o estilo esportivo do Civic e agrada muito por isso.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Ao centro, a multimídia é a novidade com tela de 7 polegadas, sensível ao toque, portando projeção com Google Android Auto e Apple CarPlay, porém, feita por cabo USB.

Essa tela tem um ajuste de luminosidade que é útil quando se pega estrada de dia, visto que é necessário acender os faróis, ficando impossível ver a reprodução, daí o tal ajuste salva…

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Nela também estão as imagens da câmera de ré com três vistas, ajudando muito nas manobras. Com ar-condicionado automático, o Civic LX tem agora porta-luvas com iluminação.

Além disso, ele ganhou espelhos iluminados nos para-sóis, itens não contemplados anteriormente. E acabou por aí, mas o Civic ainda tem freio de estacionamento eletrônico.

Também vem com Brake Hold, além de cluster análogo-digital, mas com o computador de bordo ainda acionado pela velha haste no display da instrumentação.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

O volante é forrado em couro e tem comandos de mídia, telefonia e piloto automático, daqueles de acelerar com os dedos. A coluna é ajustável totalmente e a assistência é do VSA.

Nos bancos, o tecido é simples, mas resistente, apesar da aparência. Todos os vidros são one touch e a chave-canivete tem telecomando com acionamento dos vidros e das travas.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Com ótimo espaço atrás, o Civic LX não tem difusores de ar nessa posição, isso só aparece a partir da versão EX. Para quem vai no banco de três lugares, há apoio de braço com porta-copos.

O sistema de som tem boa disposição dos falantes, que ficam atrás dos apoios de cabeça traseiros e nas portas dianteiras.

Já o porta-malas com ótimos 525 litros pode ser aberto na porta do motorista, e também pode ser ampliado com rebatimento do banco traseiro, que felizmente é bipartido.

Por ruas e estradas…

O Honda Civic LX 2021 é um bom carro com sua mecânica já bem conhecida. O propulsor R20 é um 2.0 i-VTEC FlexOne SOHC 16V todo feito em alumínio e aspirado.

Com injeção multiponto, tendo ainda pré-aquecimento do combustível para partida a frio, tem seus 1997 cm3 de deslocamento com 150 cavalos na gasolina e 155 cavalos no etanol, ambos a uma rotação de 6.300 rpm.

São números que estão longe do rival Corolla e não apresentam a mesma disposição como a bordo de Cruze e Jetta, que são turbinados e com injeção direta.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Bem conservador nesse aspecto, o Civic LX segue o trecho com o que tem, o que não é ruim, embora os 19,3 kgfm de torque no primeiro combustível e 19,5 kgfm no segundo, aparecem totalmente a 4.800 rpm.

Isso não é primazia dele, visto que o Corolla até assusta um pouco ao fazê-los em rotações ainda mais altas. Ainda assim, a progressão na cidade é agradável, com a boa calibração do câmbio CVT.

Ajustado na linha 2020, ele ficou bem mais esperto na saída, porém, conforme o giro sobe, ele vai amansando e aí o ronco alto vai denunciando o deslizar de correias e polias, ou seja, CVT.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Mesmo com a tal engrenagem de saída, o rival japonês não escapa. Assim, o Civic grita nas ultrapassagens, retomadas e subidas de serra.

Na Rodovia dos Imigrantes, sentido SP, o giro fica nas 3.000 rpm, denunciando o esforço com as relações infinitas do CVT. Contudo, ele gera conforto com uma condução linear.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

A 110 km/h, o ponteiro cai para 2.000 rpm e é onde fizemos 14,2 km/l, com gasolina, o que está bom. Na cidade, conseguimos 10,6 km/l, o que também está bom, ainda mais que é aspirado.

Para quem procura mais agilidade, é melhor subir de versão, pois, o Civic LX não tem paddle shifts e o CVT não tem programação de mudanças manuais, apenas as opções básicas Sport e Low, esta última para subidas.

Em certas ocasiões, ainda mais com um carro de sua categoria, faz falta não intervir manualmente no câmbio em vez de apenas tentar a sorte com o pedal do acelerador.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Se não tem a presteza dos demais, o Civic LX pelo menos mantém a dirigibilidade, melhor que a do rival da Toyota, tendo um handling apurado com a direção elétrica integrada no VSA.

Assim, controles de tração e estabilidade trabalham com o esterçamento do volante, dando mais controle ao motorista.

Já a suspensão trabalha num ajuste fino, o que garante boa pegada.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Mesmo em pisos irregulares, o filtrar das imperfeições é muito bom no Honda Civic, mas é no asfalto bom que ele desliza com suavidade, contornando as curvas com gosto.

Os pneus 215/50 R17 ajudam muito nisso, enquanto a carroceria mantém seu bom equilíbrio dinâmico. Nos freios, nada de pegada borrachuda, servindo-o com progressão esperada.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Tendo uma ótima posição de dirigir, cujos bancos vestem bem o condutor, o Civic LX garante as características gerais do modelo, mesmo sendo a versão de acesso. Isso é muito bom.

Por você…

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Com a decolagem dos preços dos sedãs médios, com todos os outros segmentos, está cada vez mais caro dispor de um produto com preço adequado.

O Civic LX poderia ainda manter-se abaixo dos R$ 100 mil, se a Honda quisesse.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

No entanto, com os efeitos pandêmicos, os valores só desagradam, com as altas consecutivas. Mais equipado agora, o Civic LX até dá gosto de o ter na garagem, diante dos itens adicionados.

É pouco, poderia vir bem mais, porém, sabemos ser assim que trabalham as marcas. Era inadmissível essa versão não ter pelo menos a multimídia, que hoje é mais útil que frívola.

Avaliação: Civic LX 2021 melhora em equipamento, preço incomoda

Tendo um conjunto mecânico bom, o Honda Civic LX só perde em preço para o Sentra, contudo ele está defasado e nem passa de R$ 108 mil. Há também o Novo Cerato, por até R$ 109,9 mil.

Este, no entanto, é importado e não tem o mesmo valor de revenda do modelo da Honda, que ainda continua sendo o vice-líder do segmento e não por acaso. Vale? Na situação atual, sim.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Honda Civic LX 2.0 CVT 2021

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha

Cilindrada – 1.997 cm³

Potência – 150/155 cv a 6.300 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 19,3/19,5 kgfm a 4.800 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – CVT com modo Sport

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 10,9 segundos

Velocidade máxima – 195 km/h

Rotação a 110 km/h – 2.000 rpm

Consumo urbano – 14,2 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 10,6 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 17 com pneus 215/50 R17

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.641 mm

Largura – 1.799 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.433 mm

Entre-eixos – 2.700 mm

Peso em ordem de marcha – 1.285 kg

Tanque – 56 litros

Porta-malas – 525 litros

Preço: R$ 109.300 (versão avaliada)

Honda Civic LX 2021 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.