Crossovers Peugeot

Avaliação completa do Peugeot 3008

peugeot3008-auto-press-1 Avaliação completa do Peugeot 3008

O lançamento do 3008 representou algumas novidades para a Peugeot em todo o mundo. No Brasil, ele chega para ser o representante da marca francesa entre os modelos familiares de médio porte, substituindo o 307 SW, que deixou de ser importado em 2009. Além disso, o crossover é um dos responsáveis por introduzir uma linha de modelos mais ousados e com apelo mais esportivo dentro da Peugeot. Ele ainda vai inaugurar um motor que deve ser utilizado por diversos modelos – o hi-tech 1.6 THP. Fora isso, o 3008 é o primeiro representante do fabricante em um segmento de mercado que aumenta cada vez mais e ganha novos integrantes para a briga, o de crossovers.



A aposta da Peugeot foi rechear seu crossover com equipamentos tecnológicos, seja no compartimento do motor, na transmissão, na plataforma ou no interior. A começar pelo propulsor, o 1.6 THP desenvolvido em parceria com a BMW – o mesmo utilizado na linha Mini –, que gera 156 cv de potência a 6 mil rpm, mas com um ótimo torque de 24,5 kgfm a baixas 1.400 rotações. O “culpado” por gerar tanta força é o turbo de alta pressão, que aumenta a mistura ar/combustível dentro dos cilindros. A transmissão, por sua vez, é uma automática de seis marchas – duas a mais do que as usadas até hoje pela Peugeot no Brasil. Para uma condução mais esportiva, é possível acionar as trocas manuais na própria alavanca.

peugeot3008-auto-press-2 Avaliação completa do Peugeot 3008

Já a plataforma é a mesma do 308 europeu – uma evolução da arquitetura do 307. Apesar de ser simples em sua concepção, a Peugeot usou uma solução engenhosa. Introduziu um sistema chamado de Dynamic Rolling Control. A tecnologia regula mecanicamente os amortecedores das rodas traseiras para que a diferença entre as duas seja pequena. Na prática, isso significa mais estabilidade e menos torção de carroceria durante as curvas.

O desenho não chega a ser novidade, mas se diferencia do resto da linha. Os designers da Peugeot mantiveram a identidade visual da marca, mas parecem tê-la ampliado. Na dianteira, a “boca de tubarão” é imensa e chama toda a atenção. Os faróis são espichados, no tipo felino, e escapam pelas laterais até quase o início do grande para-brisa. Na lateral, o perfil é mais de um hatch “altinho” do que de uma minivan ou de um SUV. Na traseira, as grandes lanternas com um formato triangular saltam aos olhos, mas o destaque é para a tampa do porta-malas. A abertura pode ser feita de duas maneiras: levantando apenas a parte superior, no estilo de um hatch, ou rebatendo também a seção inferior, o que cria uma plataforma para facilitar o acesso.

peugeot3008-auto-press-3 Avaliação completa do Peugeot 3008

Outro ponto que a Peugeot resolveu apostar pesado foi na lista de equipamentos. A versão de entrada, Allure sai por R$ 79.900. Por esse valor, o crossover já conta com ar-condicionado dual zone, direção assistida, seis airbags – frontais, laterais e de cortina –, ABS, ESP, rádio/CD/MP3/USB/Bluetooth, sensor de estacionamento, head up display, cruise control e rodas de liga leve de 17 polegadas. A configuração testada, a Griffe, ainda adiciona revestimento interno de couro, sensores de chuva e luminosidade, retrovisor interno eletrocrômico e teto solar duplo panorâmico. Nesse caso, o preço sobe para R$ 87.900. Valor elevado, mas competitivo se comparado com os principais oponentes de tração dianteira, todos a partir dos R$ 90 mil.

Por exemplo, a Toyota RAV4 na variante 4X2 conta com propulsor maior, de 2.4 litros, mas tem uma lista de equipamentos mais enxuta – não inclui nem computador de bordo. Já o líder Honda CR-V é equipado com motor 2.0 de 150 cv e não conta com bancos de couro, nem ar-condicionado dual zone. Outro rival é o Chevrolet Captiva Ecotec. A fabricante norte-americana retrabalhou o motor 2.4 para render 185 cv, mas falta o ar-condicionado automático de duas zonas.

peugeot3008-auto-press-4 Avaliação completa do Peugeot 3008

E a estratégia da Peugeot vem dando certo. Desde o começo da importação do veículo, em novembro de 2010, todas as unidades que chegaram foram vendidas. Isso significa um total de 466 carros comercializados até o fim de fevereiro. Atualmente, a lista de espera é de 90 dias. E já há informações de que algumas concessionárias estariam cobrando cerca de R$ 10 mil a mais no 3008 por causa da alta demanda.

peugeot3008-auto-press-5 Avaliação completa do Peugeot 3008

Instantâneas

# Os números 00 na sigla do 3008 significam o segmento de carros de maior porte do que os tradicionais feitos pela marca.

# O motor 1.6 THP será usado pela Peugeot em uma versão topo de linha do sedã 408, provavelmente com a potência aumentada.

# Na Europa, o mesmo propulsor 1.6 THP é responsável por mover o esportivo RCZ. No caso, ele desenvolve 200 cv de potência.

# No Salão de Paris de 2009, a Peugeot apresentou uma variante híbrida e com tração integral do 3008 chamada de Hybrid4. A sua produção é esperada para 2011.

# O 3008 é vendido no Brasil com três anos de garantia.

peugeot3008-auto-press-6 Avaliação completa do Peugeot 3008

Ficha técnica – Peugeot 3008 Griffe 1.6 THP

Motor: Gasolina, dianteiro, transversal, 1.598 cm³, alimentado por turbina de hélice dupla, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro. Comando duplo de válvulas no cabeçote com sistema de variação de abertura na admissão e escape. Injeção direta de combustível e acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio automático de seis velocidades à frente e uma a ré. Tração dianteira. Oferece controle eletrônico de tração.

Potência máxima: 156 cv a 5.800 rpm.

Torque máximo: 24,5 kgfm a 1.400 rpm.

Diâmetro e curso: 77,0 mm X 85,8 mm. Taxa de compressão: 11,0:1.

Suspensão: Dianteira com rodas independentes, pseudo McPherson, com barra estabilizadora, molas helicoidais, e amortecedores hidráulicos pressurizados. Traseira com rodas independentes, barra de dois braços deformável, barra estabilizadora, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos pressurizados.

Freios: A discos ventilados na frente e discos sólidos atrás. Com ABS e EBD.

Carroceria: Crossover médio em monobloco, de quatro portas e cinco lugares, com 4,36 metros de comprimento, 1,83 m de largura, 1,63 m de altura e 2,61 m de entre-eixos. Airbags frontais, laterais e do tipo cortina.

Peso: 1.459 kg em ordem de marcha.

Capacidade do porta-malas: 432 litros; 1.008 litros com o banco rebatido.

Tanque de combustível: 60 litros.

Produção: Sochaux, França

Lançamento mundial: 2009.

Lançamento no Brasil: 2010.

peugeot3008-auto-press-7 Avaliação completa do Peugeot 3008

Ponto a ponto

Desempenho – O resultado de uma pisada no pedal do acelerador do 3008 é uma sensação de surpresa, tamanho o vigor explicitado pelo motor. Também é dificil de acreditar que sob o capô fica um propulsor de apenas 1.6 litro. Grande parte do ótimo desempenho fica por conta do turbo de alta pressão, que consegue fazer o torque máximo – de ótimos 24,5 kgfm – aparecer logo nas 1.400 rpm. A potência de 156 cv também agrada. Aliado ao 1.6 THP se encontra uma eficiente transmissão automática de seis marchas com opção de trocas manuais. Graças ao bom conjunto, o zero a 100 km/h é feito em 9,5 segundos. A velocidade máxima, segundo a Peugeot, é de 202 km/h. Nota 9.

Estabilidade – Outro ponto onde o 3008 não se parece com um crossover de grandes dimensões. Mesmo com a carroceria alta, o modelo da Peugeot se comporta de maneira exemplar quando encontra um trajeto sinuoso. Mesmo quando o motorista força uma condução mais agressiva, o crossover desempenha um excelente papel e o carro pouco aderna nas curvas. A direção também é precisa. Nas retas, mesmo em altas velocidades, não se percebe maiores flutuações. Nota 9.

Interatividade – A Peugeot recheou o 3008 de equipamentos para mimar o motorista. O mais interessante deles é o head up display. Sobre uma placa de policarbonato, próximo ao para-brisa, são projetadas a velocidade e informações do cruise control. Só falta uma opção que também mostre o conta-giros quando o câmbio for colocado na posição de trocas manuais. O console central parece “virado” para o motorista, o que chega a dar a impressão de se estar num carro esportivo. O rádio é bom, com diversas funções, mas tem o mesmo display de outros modelos mais antigos, como o 307. Nota 8.

Consumo – Ter um motor de apenas 1.6 litro sob o capô ajuda no consumo do crossover. Muito por isso, o Peugeot 3008 Griffe conseguiu a boa média de 10,2 km/l com gasolina em um percurso misto urbano e estrada. Nota 8.

Conforto – A faceta de minivan é a que mais aparece nesse ponto. Isso porque o espaço interno do 3008 é farto para todos os cinco ocupantes. Mesmo quem vai no banco traseiro não têm problemas para posicionar as pernas. Os bancos fazem bem o seu papel e são bastante confortáveis, mas poderiam ter regulagem elétrica, pelo menos para o motorista. O isolamento acústico é outro item que impressiona pela eficiência. Nota 8.

Tecnologia – Como o último número do nome do carro indica, a plataforma do 3008 é a mesma do recente 308 europeu – evolução da arquitetura do 307. Além disso, o modelo vem de série com seis airbags – frontais, laterais e de cortina –, ABS e ESP. O rádio/MP3 com entrada auxiliar e USB com comandos na coluna de direção e com ar-condicionado dual zone. Outro ponto a favor do Peugeot é o moderno motor 1.6 THP, de 156 cv, que foi desenvolvido em parceria com a BMW. Nota 7.

Habitabilidade – A Peugeot soube aproveitar com competência o bom espaço interno de seu crossover. A oferta de porta-objetos não é tão grande, mas a capacidade de armazenamento do que fica sob o apoio do braço é respeitável. Além disso, é refrigerado. As portas também são amplas e ajudam no acesso. O teto solar panorâmico consegue deixar o ambiente mais bonito e iluminado. Na versão testada, os vidros traseiros tinham persianas. Nota 9.

Acabamento – Para um carro de mais de R$ 80 mil, o acabamento do 3008 fica dentro do esperado. O console central é em black piano, com boa sensação ao toque. A parte superior do painel é emborrachada, mas o que mais chama a atenção é a alça que fica no console do lado do passageiro. Além de ser bonita, é revestida com o mesmo couro de qualidade presente nos bancos. Outro item interessante no interior são os botões abaixo das saídas de ar, que foram inspiradas em comandos de aviões. Nota 8.

Design – A Peugeot manteve a sua atual identidade visual no 3008, principalmente na dianteira aonde a imensa grade estilo “boca de tubarão” rouba a cena. O problema é que no crossover, o design não ficou tão harmonioso. É um carro imponente e chama atenção, mas não chega a ser belo. Nota 7.

Custo/Benefício – Mesmo com a boa oferta de equipamentos e tecnologia embarcada no 3008, o crossover da Peugeot custa R$ 87.900. O valor cobrado é inferior a todos os seus concorrentes com tração dianteira, como Honda CR-V, Toyota RAV4, Chevrolet Captiva e Hyundai ix35. Nota 8.

Total – O Peugeot 3008 Griffe somou 81 pontos em 100 possíveis.

peugeot3008-auto-press-8 Avaliação completa do Peugeot 3008

Impressões ao dirigir – Personalidades distintas

O 3008 marca a chegada da Peugeot em um nicho de mercado em que a marca francesa nunca tinha participado no Brasil. E, para isso, a escolha foi de um modelo com linhas imponentes e marcantes. O design pode não agradar a todos, mas chama a atenção de muita gente nas ruas. Esse desenho também faz parte da tática da Peugeot em juntar a robustez de um utilitário esportivo, com a praticidade de uma minivan.

A tática funciona, pois além do bom porte e da posição de dirigir elevada, a cabine é espaçosa e conta com soluções interessantes, como o porta objetos refrigerado localizado sob o apoio de braço. Os bancos traseiros correm sobre trilhos, o que deixa os ocupantes de trás com ainda mais espaço para as pernas. Mesmo assim, a capacidade do porta-malas não fica prejudicada. Ele pode receber entre 432 e 512 litros de bagagem, já que o compartimento tem altura varíável do piso.

Mas o que mais impressiona é o desempenho. Neste ponto, é fácil fazer a comparação com um esportivo. O motor é excelente. Um 1.6 THP que gera 156 cv de potência e torque de 24,5 kgfm já a 1.400 rpm. É o primeiro carro da Peugeot que usa o propulsor, porém é esperado que ele comece a ser expandido para o resto da linha gradativamente. A força é muito bem distribuída em todas as faixas de giro e é dificil acreditar que sob o capô se encontra um motor de apenas 1.598 cilindradas.

Para acompanhar o 1.6 THP a Peugeot não poderia escalar um câmbio qualquer. A transmissão automática de seis marchas é rápida nas trocas e não hesita na hora de uma pisada mais funda no acelerador. As trocas podem ser feitas manualmente na própria alavanca. O jogo de suspensão também é interessante. Independente na traseira, o conjunto deixa o crossover agarrado no chão. Os trajetos sinuosos são superados com facilidade e muita agilidade e mesmo assim o conforto não é prejudicado.

Por dentro, o acabamento agrada. Há até uma grande difusão de plásticos, principalmente no console central, mas o encaixe e a qualidade fazem jus aos R$ 87,9 mil gastos no carro. Outro ponto interessante é a alça de apoio para o passageiro, revestida com o mesmo couro de qualidade dos bancos. Logo acima dos instrumentos se situa o head up display, pequena tela de policarbonato com informações de velocidade e do cruise control, para que o motorista não precise desviar os olhos da estrada. Solução de esportivo para um carro com porte de SUV e interior de monovolume.

peugeot3008-auto-press-9 Avaliação completa do Peugeot 3008

peugeot3008-auto-press-10 Avaliação completa do Peugeot 3008

Por Rodrigo Machado – Auto Press

4.0

  • netto

    Pessoalmente ele passa mais robustez ainda!

    OBS: Essas fotos de interiores da Auto Press são estranhas o.0

    • brunonunes497

      De interior eles usam lentes grande angulares "Fish Eyes"…

      • netto

        Ah, sim.. :D

      • Fredxyz

        pois é, podiam colocar umas normais tbm (grande angular certo?).

    • Fabaum_ITB

      A distancia eh muito curta e esse tipo de lente eh usada pra mostrar mais amplamento o interior, pode ver q em fotos normais vc nao consegue enxergar tudo como nessas ai.

    • LEOFX182

      É verdade , quando vi esse carro por foto eu achei ele feinho estranho, mas quando vi um preto aqui no shopping CNacional, fiquei de cara o carro é muito lindo, e achei que era muito mais caro bem mais caro mesmo, e gostei do consumo dele, é um carrão!!!

  • MarlonJean

    Carro Até Legal, Com Preço Baixo Perto Dos Equivalentes Nacionais!

    • Pedromachado

      tambem acho…com certeza ….boa compra..

  • joaopbezerra

    Puxa, o painel realmente decepciona.
    Poderia se ter feito um melhor aproveitamente do painel, reposicionando as saídas de ar e o computador de bordo, que assim como o aparelho de som, deveriam ter ganho pelo menos uma nova estética, ao invés da mesma do 307 de 8 anos atrás.

    Realmente, o interior decepcionou.

    • Caramba, pois comigo foi o contrário, o interior foi o que mais me impressionou (positivamente).

      • Concordo contigo, diante dos interiores que vi do ix35 e Sportage na faixa de 85 mil reais, esse Peugeot está bem melhor.

        • Mora17

          Exatamente… o acabamento é muitoo bom! os materiais e os encaixes.. o único pecado é realmente o radio… poderia ser um mais moderno… double din, com uma central multimidia… pelo menos na top…

        • bailascomigo72

          Bem, não. Digamos melhor. O da Sportage tem, sim, bastante qualidade, sendo bem encaixado e com materiais macios.

    • eduardogege

      Realmente poderiam ter feito um aparelho de som mais bonito, é um item que por ter vários botões as vezes acaba dando a impressão de ser um carro superior. Um exemplo é o Civic que tem um player que ocupa boa parte do painel e que no meu ponto de vista faz bastante diferença aos olhos.

  • Depois de ter dado uma olhada nesse texto e nessas fotos, mudei (para melhor) a minha concepção sobre o 3008. É uma boa escolha diante da concorrência. Agora como ele consegue ter um bom custo-benefício mesmo vindo da Europa?
    E que painel, hein… Show!

    • Até ver o 3008, achava o ASX melhor opção. Mas o 3008 é disparada a melhor opção para quem não se incomodar, com o ar um pouco menos másculo que um Sportage ou ix35.
      Pra mim o defeito do carro é a longa espera, e esse ágio informado no texto.
      Acho que ele tem potencia, para vender pelo menos uns 500 carros/mês. O ASX vende isso oferecendo menos e consumindo mais.
      Mas se a Peugeot resolvesse montar na Argentina, vendendo por uns 75 mil reias, acho que triplicaria as vendas.

      • Leandro1978

        Infelizmente sempre que há um lançamento é cobrado ágio, com raras exceções. Até o J3 já estão cobrando. Porém se tiver paciência, não só o ágio "desaparece", como alguns descontos são possíveis. O Sonata na tabela sai por R$ 105.000, teve ágio de R$ 12.000 e atualmente já possível encontrar com desconto de R$ 2.000 ou R$ 3.000. Acredito que o mesmo ocorrerá com o 3008, é só esperar.

        • Se não me engano, já tem sonata na casa dos 95k…

          • pablo

            To pensando em quem pagou 115k hehe

    • parmeso

      tá barato assim porque o concessionário só ganha 200,00 na venda!

      • Pedromachado

        boa…kkkkkbem lembrado..e de dar ate do…por favor quem comprar carros novos,favor de deixar gorjeta para eles dividirem no natal…

  • MarcosMV

    É um carro interessante, muito bonito e com o interior muito bem acabado, mas não compraria, acho 156cv(apesar do ótimo torque) pouco para um carro com essa faixa de preço e sem tração integral.

    • totorocho

      Mas o importante Marcos não são os cavalos só…voce tem boa parte da força com só 1400 rpm…tem motores de 250 cv que tem força só em 5 mil rpm…eu acho pior ainda pagar 105 mil numa i35…

      • MarcosMV

        Concordo, e deixei claro em parêntese, também não pagaria mais de 100 mil numa i35 (muito menos 90 mil).

    • KTA2010

      156 cv está na média dos Sedans médios nacinais, com a difirença que esse carro, importado diretamente da Europa vem com o padrão europeu: ESP, 6 air bags, teto de vidro, e muitos mimos internos…

    • RFF

      Mas ele faz 0 a 100 km/h em 9,2s. Ou sja, não fica muito atrás de uma Captiva V6, que faz a mesma prova em 8,7s.

      Abraços

      • Fla3D

        E ainda é muito mais econômico e com esse torque a apenas 1400rpm deve ser muito melhor de dirigir.

    • bailascomigo72

      Infelizmente peca no design "by Doblo" geração 1 visto de frente, e para-lamas desenhados por uma criança de 6 anos. Também o teto-solar deveria ser basculante, as rodas de 5 furos (pelo porte do carro) e umas borboletas atrás do volante caíriam muito bem… De resto, nota 10!

  • Educhs

    Esse motor é show de bola!

  • pools

    Muito boa a matéria!

    Confesso que curti bastante o 3008, espero ver mais nas ruas.

    Eber, o site tá ficando show no smartphone. Só as fotos que estão mto grandes ainda.

    Até mais,

    • Fredxyz

      Ta saindo uma versão mobile do NA? Seria ótimo, pois o site normal é bem pesado pro telefone.

      Mas se for a versão normal, as fotos tem que ser grandes mesmo.

  • Gabriel_Nint

    Esse carro é maravilhoso e não é tão caro. Pena não ter uma versão de 7 lugares, como a irmã Citroen faz com o C4.

    • AF1979

      Peugeot de sete lugares e tamanho geral assemelhado ao do 3008 existe na Europa, sob o nome 5008. É basicamente um Grand Picasso com outra lataria. Segue informação da internet:
      http://www.peugeot.com/en/products/cars/peugeot-5

      • Gabriel_Nint

        Existe na Europa, mas não no Brasil.

    • bailascomigo72

      Fico imaginando a m*rda que seria esse design com 7 lugares… Melhor não.

  • Romulo_Max

    Eu acho a concepção desse carro interessante, situado entre uma minivan e um suv, e o preço agrada.
    Todavia, acho q se eu fosse escolher um modelo similar ficaria com um C4 Grand Picasso ou um SUV ao estilo do Santa fé, Sorento ou Dodge Journey. Mesmo assim acredito q o 3008 vai ter uma boa aceitação, principalmente entre as mulheres.

    • Paulo1899

      Verdade, é carro de mulher mesmo, na sua lista incluiria o ASX, é lindo demais!

  • JosePedrosa

    Lembrando que ele custa apartir de 79.900. E beeeeem mais econômico (teste quatro rodas 10,9 cidade e 15,9 estrada) e mais barato que qualquer outro carro automático da "categoria". Motor feito pro mercado europeu, só dá nisso.

    • Leandro1978

      A revista está testando um por 60.000km, vamos ver como se sai.

  • RafaMarinheiro

    Motor de Mini Cooper…

    • Felipe_Henrique

      A diferença é que um motor 1.6 no Mini, o deixa "esportivo", já que ele é pequeno e leve comparado ao 3008.
      No Peugeot, que é maior e mais pesado que o Mini, o 1.6 THP de 156 cv leva o carro numa boa!

      Nem sempre capacidade cúbica maior significa maior potência.
      Se o 3008 usasse um certo motor 2.0 Flex que equipa um "latino-alemão" ae, com certeza ele iria penar fácil – e muito – em algumas situações. Então, viva o downsizing: https://www.noticiasautomotivas.com.br/downsizing-

      Abraço!

      • matheusfr94

        afff, bem lembrado, o APzão 2000 gambiarrado com peças alemãs, troço que bebe por natureza, e é basicamente um 1.8 querendo se achar (120cv e 17,3kgfm??? tá bom que isso é 2.0 …)

        • O pior é que é um 2.0… Mas o rendimento é que fica aquém da cilindrada…
          Parece até que os engenheiros da VW ainda não chegaram nem na era do Ciclo de Otto… Que vergonha esse motor.

        • sam_85

          verdade, o motor 1.6 da peugeot q vem no 207 tem 115 cv, como pode um 2.0 ter so 120

      • _Pedroking

        O 1.6 high presure e otimo comparado a qualquer motor mesmo com capacidade cubica maior

        Os testes nao deixam mentir por exemplo o-100 do 3008 =10,2
        0-100 do dodge journey (2.7 v6)=11,1

  • AF1979

    Uma correção ao pessoal do NA: a numeração x00X na Peugeot não significa carro de maior porte que os tradicionais da marca, mas sim identifica os segmentos diferentes dos normalmente explorados pela fábrica. Exemplos disso, além do 3008: a extinta microvan 1007 (que cedeu suas lanternas para a pick-up Hoggar) e a minivan pequena-média 5008 (basicamente um Citroën Grand Picasso com outros painéis). Alguns se perguntarão o porquê de a minivan 807 não ter migrado para a classificação com dois zeros, mas temos de lembrar que esta é herdeira de estirpe iniciada com a 806 e, portanto, muitos anos antes de terem a ideia de patentear como marca todas as milhares com dois zeros no meio.
    Em tempos: o maior de todos os Peugeots foi o 607, que seguiu designado por centena com zero no meio. E como o próprio NA noticiou, pode ser que, após sua substituição pelo 508, a marca lance um modelo chamado 601.

  • James_Tiberius

    Melhor opção do segmento. Quando se percebe que ix35, Sportage, CRV, Rav e Captiva oferecem muito menos e custam muito mais fica imbatível. Compra inteligente.

    • Leandro1978

      Concordo, acredito que hoje, no segmento, ela seja a melhor opção, apesar de ser um crossover e não um suv como as demais.

    • _Pedroking

      Eu prefiro um captiva usadao do que um desses ix 35 sportage rav4 e 3008
      O captiva é um suv esportivo o seu v6 alloytec bate de 10 a 0 nesses 4 cilindros coreanos da hyundai que no quesito desempenho sao carros de mae.

  • Fla3D

    É realmente interessante e com um ótimo motor, mas ainda acho essa frente um pouco estranha…

    Por sinal é um motor bem versátil, usado em diversos tipos de carros. Estranho que não mencionaram o sistema de variação do tempo de válvula que dispensa a borboleta e evita as perdas por bombeamento, da mesma forma que o fiat multiair, só que esse sistema surgiu primeiro nessa união da BMW com PSA.

  • davi_auto

    Ótimo custo benefício! Melhor opção nessa faixa de preço! Muito melhor que CR-V, Captiva, Sportage, etc…

    • totorocho

      Criticam o motor dela, mas nesse quesito é bem melhor que CR-V, Sportage, i35, e Captiva !

      • Leandro1978

        É engraçado, criticam um baita motor destes, que rende 156cv e 24,5 kgmf, mas elogiam os "modernos" 2.0 da GM e da VW que equipam Astra/Vectra e Golf/Jetta, vai entender este pessoal que se diz tão entendido e acha que quem compra um carro que não seja chinês é otário…

        • matheusfr94

          pior que gente desse naipe tem de monte…
          do tipo que ainda prefere os motores 8v de concepção de 1789A.C. , tipo VW EA, GM F1-F2, Fire, Rocam…
          resultado é que só se ouve esses nomes na maioria das conversas…

      • Fla3D

        Quem critica esse motor não deve saber o que está falando….

  • Educhs

    Quatro rodas conseguiu 10,9 km/l na cidade e 15,9 km/l na estrada com esse carro. Ótimo resultado.

  • mzmaximo

    belo carro, ao vivo eh bastante interessante. o console abraça vc. ate o meio do ano terei um com certeza.

  • Kenny_

    Exelente opção o 3008 é sem duvida alguma. O problema é a fila de espera e o agio que tão cobrando nele.

    • Leandro1978

      É só esperar…

      • Kenny_

        E o Agio?

        • vinicarioca

          é só esperar tbm ;]

  • 4NasCarro

    O farol não combina muito com a frente mas mesmo assim é bonito!

  • Cezarskinner

    Gosto desse carro, é muito bem equipado e bonito, só acho que podia ter um design mais voltado para um estilo Sportage e Tucson, ele ta com muita cara de minivan.

    • Porque é uma minivan… Mas a Peugeot teima em dizer que é um crossover.

      • Cezarskinner

        Ah nem sabia disso, nossa querer concorrer com Sportage e Tucson com uma minivan.

  • Tiago_Beneditto

    Aprovado belo desing e motor moderno sem essas palhaçada de motor Flex bem mais bonito que o C4 Picasso, melhor que Honda CRV, só não vamos elogiar muito o preço, porque se não a Peugeot vai subir o preço.

    • Leandro1978

      Não duvido que em breve venham com flex…

  • HelioReis93

    Ficou faltando a sofisticação e elegância dos Citroens. A Peugeot sempre foi a "prima pobre" dos Citroens. Esse carro não seria diferente…

    • Paulo1899

      Verdade, sou mais a C4 Picasso. O 3008 de bom só o motor.

      • Joao_Melo

        andei pensando justamente isso esses dias. estava em dúvida sobre qual seria melhor e fiquei pendendo mais pro lado do c4. exceto pelo motor. deveriam fazer uma comparação entre os 2.

  • Tiago_Beneditto

    Eber, muito boa a matéria só que as fotos poderiam ser de melhor qualidade.

  • Potiguar

    Acho esse carro lindão, acho que esse ano teremos um aqui. Minha mãe já pensa em trocar o CR-V e eu mostrei o 3008 à ela, que gostou bastante do carro, mas ficou na dúvida entre ele, um CR-V zero ou um SsangYong Kyron…não queria que ela ficasse com o coreano, apesar de conhecermos 3 pessoas que possuem SsangYongs e todas falam bem da marca. Vou ver se faço a cabeça dela pra pegar o PUG, de preferência esse Griffe.

  • luisfelipecd

    Eu acho esse carro lindo, luxuoso e bem diferente da mesmice imposta por Tucson, Sportage e cia.
    Outro dia fui deixar meu carro pra revisão e me deram uma carona até o serviço em um 3008 e a boa impressão sobre o carro só aumentou.

    • Sias

      Quero arrumar um tempo de fazer um test drive. Coloquei este carro na minha lista de futura troca, gostei muito.

      Como ele é com relação aos defeitos da pista?

      • luisfelipecd

        Bem, o trajeto que eu fiz não tinha ruas ruins, apenas algumas com calçamento de paralelepípedos bem encaixados, então não haviam grandes irregularidades, mas de qualquer maneira, ao passar pelas pedras a impressão era a de se estar no asfalto.
        E o som do motor é muito bonito!

        • Sias

          Valeu!

  • johnnygalvao

    Nossa gente,esse interior tah torto ou é impressão minha?
    É volante pra um lado,é banco pro outro,que bagunça heim??
    Aliás,uma pergunta…
    Ele leva 7 passageiros??

    • Sias

      É a foto. Foi usada uma lente grande angular e por isto está assim.

    • AF1979

      7 passageiros com essa plataforma e marca Peugeot, só se for o 5008, que não é vendido aqui.

  • Rochahofman

    bonitão esse carro

  • Euzi0

    Gostaria de saber, porque será que a PSA não usou o mesmo motor no “ AirCross “ ?? O motor é pequeno e acho que caberia no AirCross…

    Abraços

    • Fla3D

      Sem duvida pelo preço, ja que teria que importar esse motor. Na verdade pelo lucro né? Pelo que custa o aircross dava pra colocar esse motor tranquilamente… :p
      Demorou é pra fabricar esse motor aqui e colocar logo nos carros mais tops da PSA, o 408 mesmo ta precisando com urgência.

  • CanalhaRS

    Mistureba de segmentos: não é perua, nem carro, nem van e nem SUV….resumindo uma droga, horrível.
    Eu não daria quase 100 mil em um crossover desajeitado desses, só porque é bem equipado. Veículo caro tem que ser bom em tudo, se falhar em algum aspecto, já fica comprometido.

    • Felipe_Henrique

      Mas… nenhum crossover é perua, nem carro (sedan/hatch), nem van e nem SUV.
      É exatamente um mix de características que fazem de um veículo, um crossover e isso é comum à todas as marcas que fabricam crossovers. Seja a Peugeot, GM, Ford, Audi, BMW, Honda, Hyundai… Todas!
      Aliás, isso é comum nesse segmento de crossovers: reunir algumas caractreísticas de diferentes segmentos em um único automóvel.
      Quanto ao valor, se você compará-lo com outros crossovers em relação à custo x benefício, verá que ele é a melhor opção hoje.
      Abraço!

    • pablo

      Ele é uma droga apenas por não se enquadrar, na sua opinião, nas categorias 'convencionais', mesmo sendo bem equipado e tento um ótimo motor e acabamento?
      Aliás, ele é um carro sim! As peruas e SUVs também são. Ou estou louco?

    • Fla3D

      Não é porque vc não faz parte do publico alvo que ele é uma droga, eu também não faço parte do publico alvo mas reconheço as qualidades dele.

  • kikofar

    Vi o veículo exposto num shopping daqui e particularmente eu gostei muito do que vi. Ótimo acabamento, muita funcionalidade e aparente robustez. O interior é muito bonito e de bom gosto. O exterior… não posso dizer a mesma coisa. Acho a frente muito bojuda.

  • ebasone

    Está difícil achá-lo para comprar………….

  • carlosaoandrade

    Ótima opção do mercado! Apesar de achar todos esses carros caros pra burro no brasil!

  • leonnardovidal

    É um bom carro. A peugeot deveria renovar toda a linha com carros no padrão europeu.

  • DouglasDejos

    apesar de vários comentarios sobre que o interior é fraco, eu achei bonito (tanto exterior quanto interior), me passou uma imagem de robustez, e na minha humilde opnião os concorrentes tem que abrir os olhos.

  • SamukaGT

    Deu uma vontade de guiar um *_*.
    Esse interior com teto de vidro, ficou muito massa.

  • BrunoAQuadros

    eu particularmente gostei muito do carro so achei a traseira meio estranha

  • TudoParaEmpresas

    Sky window… ainda vou ter isso.

    • pablo

      Não é o skywindow, que é exclusivo da Fiat e por enquanto só foi usado no Stilo. Mas é um belo teto sim.

      • TudoParaEmpresas

        Ah sim. Falei pelo que é a coisa em si. Normalmente chamo de "Tetão de vidro". hehehe

  • Cil

    Absolutamente lindo esse carro! Por dentro e por fora! E com um ótimo preço, já que seus concorrentes na versão básica não passam nem perto do que esse carro tem. Certamente teria um na garagem caso estivesse interessada em um CrosSuv… eeheheheheh…

    Defeito: a PUG BR não vende na cor vermelha.

    Faltou dizer uma coisa importante. Ele é importado e foi testado pelo EURONCAP: 5 estrelas.

  • Paulo1899

    O carro é do porte de uma Perua. Muito gente vai achar q vc comprou um 307 SW, ou seja, não dá status algum. Por este valor sou muito mais um ASX, sem comparações, além do Sportage e Ix35.
    O carro era para custar 72 k, no máximo!

    • eduardogege

      No meu ponto de vista você viajou bonito nas comparações.
      Apenas no preço concordo que poderia ser um pouco mais barato ou muito mais se não estivéssemos no Brasil.

    • Para Status, deve ser melhor pegar o CRV, ix35 ou Sportage.
      O ASX, pelo que vi pessoalmente deve estar mais próximo do 3008, do que o CRV & Cia.
      Pelo texto , dá idéia que é um crossover bem equilibrado, com espaço próximo de minivan, itens de conforto de sedan, altura e suspensão mais próximas de um pequeno SUV, no entanto rodando macio, e com motor relativamente forte que consome de forma modesta.

  • Gustavo

    Só eu que acho essa lanterna paga-pau do Vera Cruz?

  • tiago90j

    falaram q esse carro era concorrente do journey 2.7 v6, mas eu vi um hoje, estacionado ao lado de um fiesta hatch, sinceramente achei q ele era maior, perto do fiesta ele não muito maior. agora o motor bmw deve ser ótimo. torque muito em baixa, deve cantar pneu facinho, se não tiver aqueles negócios eletronicos.

    • RFF

      Ele é completamente diferente do Journey V6. É bem menor, mas muito mais refinado, mais euipado, mais bem acabado e ainda anda bem mais gastando bem menos.

      Abraços

    • Compararam eles na 4R, e eles pra mim se comparam na proposta e no preço.
      O Journey é pouco mais de 50cm e pesa quase 500 kg a mais.
      No fim vitória do 3008, mas fiquei pasmo com o consumo do carro.

  • matheusfr94

    carrão, nesse segmento a Peugeot fez um ótimo trabalho (diferente do 408…), vi um pessoalmente e me agradou muito, muito bem equipado de série, teria um desses fácil…
    motor de concepção moderna, com um torque absurdo (24,5kgfm, se fosse de motor aspirado a clindrada teria que ser pelo menos 2.5) proporcionado pelo turbo de alta pressão (daí o nome da unidade de força, THP, Turbo High Pressure).
    tem tudo pra vender bem…

  • Renatto_A.

    Pensei q a foto do interior foi feita depois do car-tresh, kkk brincadeiro, curto muito esse carro 1

  • HumbertoFB

    Pessoal eu fiz um comparativo entre SUVs, CROSSOVER E MINI VANS vendidas no mercado nacional e de mesmo porte, baseados nas informações das Revistas 4 RODAS e CARROS. Aqui em São José dos Campos-SP não estão cobrando ágio, somente algumas concessionárias de SP. No comparativo estão os seguintes carros:3008 / Honda-CRV / Toyota-RAV / Kia-SPORTAGE / Hyndai-IX-35 / GM-CAPTIVA / Dodge-JOURNEY / CITROEN C4 / CITROEN Gran C4 / Mitsubishi-ASX e o Honda NEW CIVIC pois é o meu carro atual para servir de comparação.. No comparativo estão também dados do EuroNCAP sobre os Crash Test e o 3008 foi muito bem também.
    O link para obter o comparativo é: http://www.4shared.com/file/_e97qmb8/Comparativo_

  • vjtarkan

    apertado na frente.

  • vinicarioca

    esse teto solar é fantastico

  • Marciliosp

    nunca foi e agora Sportage/Ix35 são menos negócio ainda mais

  • CRW_09

    Acho que fui a unica pessoa que não gostou desse carro. Vi um ao vivo e fiquei muito decepcionado. Ele tenta concorrer com crossovers, mas me pareceu tender visualmente mais pra um Picasso do que pra um SUV. A lateral dele é grande demais e com rodas minúsculas. Torcia muito para esse carro, mas a Peugeot pode ESQUECER a idéia de que ele vá incomodar Captiva, iX35, ASX…

    • Felipe_Henrique

      Extraído do seu comentário: "…me pareceu tender visualmente mais pra um Picasso do que pra um SUV".
      Talvez, justamente por esperar que ele se parecesse com um SUV, que vc se frustrou.
      O 3008 não é um SUV, é um crossover, o que o torna realmente completamente diferente de um SUV.

      Abraço!

      • CRW_09

        Sim, eu sei que ele é um crossover, mas achei ele MUITO sem sal, parece uma minivan gorda e desajeitada como outra qualquer. Pelo fato da Peugeot coloca-lo no segmento de CR-V, RAV-4, ASX, eu esperava no mínimo um visual mais agressivo, afinal de contas, é isso o que um crossover deveria passar e não essa coisa que tá mais pra um 307 acima do peso. Pode ser sim um bom carro, completo, ser uma boa alternativa em relação ao Aircross, agora a Peugeot achar que vai roubar cliente da Captiva, ix35? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Dr_calucho

    nao sei… ele parece meu dash hound quando ta nervoso pq nao consegue dar a patinha…

  • BrunoMulsane

    Bonito carro, mas frances não dá!

  • Anderson_mg

    é pessoal podem me criticar mas acho a compra mais sensata do segmento , lindo carro , muito bem acabado e recheado e com esse motor em mais carros da linha aqui no brasil com certeza sua manutenção nao vai ser das mais crueis

  • [Shw 1981]

    Eu tenho uma 307 SW que é um carro fantastico, adoraria ter $$ para comprar um 3008 pena que a grana não da!!
    este carro é uma evolução natural da 307 SW ou seja tração, motor melhor, cambio..

    Sem falar que a 307Sw este carro para curva é o que ah, imagino este 3008, e olha que ja tive CIvic, Cirtoen, 307Hb, Focus e outros carros bons de curva todos calçando rodas 17" mas a 307Sw é insuperável!

  • bailascomigo72

    Com o ágio de 10 mil, fica inviável, considerando-se que há descontos na CR-V e Tiguan, e a Sportage é infinitamente (mesmo!) mais bonita, em qualquer ângulo, e é bem mais resistente do que a Pôjo.

    • HumbertoFB

      Aqui em São José dos Campos-SP não estão cobrando ágio como também algumas cocessionárias de SP.

  • JulienAvril

    espetacular, ja tive a oportunidade de dirigir um griffe também.. sensacional !! o motor é um show a parte … imagina o 207 europeu com esse motorzinho..

  • lcpoletto

    Ele é feito na França, logo paga os 35% de imposto de importação. Alguém aqui acredita que se ele viesse do méxico custaria 30% menos e sairia em torno de R$ 56.000? Eu duvido!

  • phaelrj

    carro muito shOw………as saídas centrais do ar condicionado lembram as dos 306…….ótimo carro…custoxBeneficio imbativel……….pena que a peugeot parece estar perdendo força no mercado……

  • CWBdriver

    Pessoal, este carro eh tudo de bom, especial para familias..incluiria apenas um GPS integrado ao painel. Agora a logistica da Peugeot eh uma piada mesmo, mes passado trouxeram apenas 160 carros? estao esperando o pessoal desistir? Pedi informacao a uma concessionaria e o vendedor sequer me ligou, apenas respondeu o email…

  • eficiented

    Torque de gente grande a 1400rpm, parabens pra peugeot, esse teste nao deve ter sido na estrada, nao acredito que o consumo fique só nisso, um carro maravilhoso com Head Up Display, coisa de caça, assistente de rampa, e o preço é bem conivente (um pouco menos de roubalheira) seria um carro perfeito pra minha mulher, deve ser uma delicia de dirigir um carro com torque integral tao perto da marcha lenta, perto de tanta noticia horrivel que tenho lido no seu site Eber, não é culpa sua, é desse nosso povinho mediocre, essa é uma noticia que mereçe muito destaque, parabens pelo teste, no seu eu confio, já 4R, Best Mutreta Cars e afins passam batido, carrasso no nosso mercado desejo sucesso a esse modelo

  • HumbertoFB

    Olá EBER (editor)
    Você mencionou no seu texto: "Os bancos traseiros correm sobre trilhos, o que deixa os ocupantes de trás com ainda mais espaço para as pernas…"
    Nas versôes 2010/2011 vendidas no Brasil não há este recurso, será que na versão 2011/2011 há?
    Um abraço.
    Humberto.

  • Joao_Melo

    eber, vocês poderiam fazer um comparativo desse carro com o c4 picasso. o que acha?

  • felipesfc87

    Um puta carro, só que a peugeot n tem!!, 3 a 4 meses de espera! A versão top que é muito mais custoxbenefício é mais difícil ainda de achar.

    • HumbertoFB

      Olá Felipe!
      Aqui em São José dos Campos na concessionária Val du Lion tem 3008 para entregar no mês de maio sem ágio.
      Abraço.
      Humberto.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend