*Featured Avaliações Ford Hatches

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Ele se renovou em 2017, mas não como alteração de meia vida. Na verdade, o New Fiesta 2018 surgiu como alternativa para não morrer antes do tempo. Como a nova geração não vem e a produção no México findará esse ano, o hatch feito no ABC Paulista será a única opção para a região latino-americana.


Por conta disso, a Ford investiu para que seu compacto “premium” tivesse um visual levemente atualizado, a fim de manter-se por mais tempo no mercado nacional. As mudanças não ocorreram apenas no visual, mas também no conteúdo, conforto e conectividade.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Com a motorização centrada no já conhecido Sigma 1.6 Ti-VCT de até 128 cavalos – embora o Style seja um alento com o bom EcoBoost 1.0 – o New Fiesta Titanium Plus 2018 se mostra um carro comportado, completo e ainda belo. Seu preço está na faixa dos mais completos do segmento: R$ 75.190. Por aí você encontra VW Polo Highline e Fiat Argo Precision, por exemplo.


E no mercado? O Ford New Fiesta continua a vender razoavelmente bem, tendo emplacado 19.057 unidades em 2017 e 2.859 exemplares só no primeiro bimestre de 2018. Com boa variedade de opções, o compacto se mantém bem por aqui. E ao volante? Vejamos.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Por fora….

Ele não é novo, mas a pequena atualização visual na linha 2018 trouxe um reforço no belo visual que o New Fiesta exibe desde o lançamento da atual geração em 2010. O compacto tem um design fluído e linhas harmônicas que superam a de muitos concorrentes ainda hoje.

O conjunto ótico dianteiro com LEDs diurnos melhorou o que já era bom. Já a grade revisada com elementos cromados isolados, dá ao compacto um ar mais sofisticado e elegante. As molduras laterais em forma de “L” com cromados e faróis de neblina, atualizam o New Fiesta de São Bernardo do Campo com o equivalente de nova geração, feito em Colônia, Alemanha.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

As rodas de liga leve aro 16 polegadas com pneus 195/50 R16 são elegantes e combinam com o visual, que ainda conta com retrovisores dotados de repetidores de direção. A base das janelas nesta versão Titanium Plus apresenta frisos cromados.

As lanternas com detalhes cromados e iluminação parcial em LED realçam o visual da traseira, para alguns, enquanto outros não gostaram da atualização. Ali ainda vemos um friso cromado sobre a placa e para-choque atualizado com sensores de estacionamento. Há câmera de ré também. No teto, spoiler e antena simples poderiam muito bem ter a companhia de um teto solar.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Por dentro….

Sem mudanças no design base do painel, o New Fiesta 2018/2019 apresenta como destaque a tela de 6,5 polegadas sensível ao toque do SYNC 3, que é um acréscimo muito bom ao conteúdo do hatch da Ford, trazendo consigo os sistemas Google Android Auto e Apple Car Play, além do AppLink, imagens da câmera de ré, comandos de voz e um navegador nativo com mapas em 3D.

O conjunto é completo e ainda é realçado com conexão Bluetooth, hot spot Wi-Fi e duas entradas USB. Ou seja, para quem criticava o antigo SYNC com sua telinha pouco amigável, agora dispõe de uma central de entretenimento intuitiva e de aparência mais convidativa. Mas, sua tela é envolvida por uma cobertura que denota a idade do projeto do New Fiesta. Poderia ser uma capa curta e vertical, e não um prolongamento, que parece saltar de dentro do conjunto.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

No mais, o painel mantém a boa instrumentação, de fácil leitura, embora com display digital ainda diminuto e seguindo a tendência anterior. O mesmo em relação ao ar-condicionado automático. O volante tem boa empunhadura e o suficiente em termos de controles, mas faltaram paddle shifts.

Visualmente com acabamento aceitável para a realidade do segmento, o New Fiesta Titanium Plus vem ainda com bancos em couro dotados de espuma de densidade ampliada, que são mais firmes e parecem que não agradam num primeiro momento, mas com o tempo, percebe-se que eles têm efeito contrário, tornando a condução menos cansativa ao acomodar melhor o corpo. Poderiam apenas ser mais fechados nas laterais para segurar melhor o corpo, mas fora isso agradam.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Com boa visibilidade e ergonomia aceitável, o New Fiesta 2018/2019 tem espaço mediano na parte traseira, embora a altura interna seja razoável, assim como a largura. Já o porta-malas carece de um pouco mais de espaço, ainda mais quando se compara com os rivais mais recentes.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Por ruas e estradas….

Para quem esperava pelo Dragon 1.5 Ti-VCT do EcoSport 2018/2019, ver o Sigma 1.6 Ti-VCT pode ter sido uma decepção, mas apesar da idade, o propulsor da Ford ainda cumpre seu papel na proposta que a marca definiu para ele, que não é a de inovar, apontando para o futuro. Isso deve ficar a cargo do Ka 2019.

Além disso, como se sabe, o New Fiesta brasileiro não deve ir muito longe de forma isolada, ainda mais na condição financeira em que se encontra a região onde passa a atuar. Por isso, não parece mesmo lógico ter um motor mais moderno. Como já dito, com o Sigma ele ainda vai bem.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

O propulsor de quatro cilindros entrega 125 cavalos com gasolina e 128 cavalos no etanol, ambos a altos 6.500 rpm. Com torques de 15,8 kgfm no primeiro e 16,0 kgfm no segundo, ambos a 5.000 rpm, o Sigma Ti-VCT até que funciona bem quando usado em baixa rotação, ajudado enormemente pelo duplo comando de válvulas variável.

O motor responde a contento, não decepcionando ao ser exigido. Com subida rápida de giro, ele oferece nível de ruído um pouco elevado, no entanto. Com o criticado câmbio automatizado de dupla embreagem e seis velocidades, o chamado Powershift, o New Fiesta tem um desempenho bom com o Sigma 1.6, trocando as marchas de forma suave e sem tranco aparente.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Mas, é perceptível certo ruído no funcionamento. Com ele, o compacto da Ford tem retomadas adequadas, garantindo boas ultrapassagens e com certa elevação de giro, na casa dos 4.000 rpm, sendo algo esperado em um motor aspirado. Nessa hora é que lembramos mais do EcoBoost 1.0… Rodando a 110 km/h, ele se mantém pouco abaixo de 3.000 rpm.

Na cidade, a frugalidade do Sigma foi revelada com média de 11,5 km/litro na gasolina, enquanto na estrada ele fez bons 15,3 km/litro, números que o deixam em paridade com os rivais já citados. Carregado, ele se ressente um pouco, buscando força em alta, mas não entregando nada surpreendente.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

As mudanças manuais na alavanca são pouco ergonômicas e o gerenciamento não dá muita liberdade para explorá-las. No modo Sport, o New Fiesta 1.6 2018 mantém giro alto e disposição extra com respostas interessantes, sempre com o motor cheio para eventuais retomadas com pé embaixo. No dia a dia, é um carro comportado e de boa dirigibilidade. A direção elétrica é muito leve e precisa, gostosa de manusear.

Com posição de dirigir correta, o Ford New Fiesta 2018/2019 tem um ajuste de suspensão muito firme e que em pisos com muitos defeitos ou de outros tipos, como bloquetes e paralelepípedos, passa muito desse contato irregular para o interior, não agradando muito nesse aspecto. Nas curvas, ele mostra boa estabilidade e controle, assim como nas frenagens mais fortes.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Por você….

O Ford New Fiesta 2018/2019 é uma opção interessante para clientes que buscam estilo, mesmo que o carro já tenha lá seus sete anos de vida. Ele também oferece uma conectividade mais intuitiva e completa que os principais rivais, bem como design interno coerente. O pacote de equipamentos é bom também, assim como a segurança nessa versão topo de linha.

São sete airbags, afinal, bem como controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, Isofix, MyKey e assistente de frenagem de emergência, fora o assistente de emergência propriamente dito, que liga para o SAMU (192) caso os airbags sejam acionados ou haja uma colisão traseira. Coisas que não podem ser ignoradas na hora de considerar sua compra.

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo

Partida por botão, trio elétrico completo, retrovisor eletrocrômico, sensor de chuva, piloto automático, sensor crepuscular, som com seis alto-falantes, entre outros, fazem parte do pacote. Mas, o New Fiesta 2018/2019 tem ainda um custo de manutenção alto até 60.000 km, cujo custo chega a R$ 4.036. Só a quarta revisão custa nada menos que R$ 1.128!

Em resumo, o New Fiesta Titanium 2018 é um bom carro, que poderia ser um pouco mais silencioso e macio, bem como poderia oferecer um custo de revisão menor. Fora isso, tem estilo, conectividade em dia e performance satisfatória. Vale a pena? De certo modo sim.

Medidas e números….

Ficha Técnica do Ford New Fiesta Titanium Plus 2018

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha, flex

Cilindrada – 1597 cm³

Potência – 125/128 cv a 6.500 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 15,8/16,0 kgfm a 5.000 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – Automatizado de dupla embreagem com seis marchas e trocas manuais na alavanca

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 12,1 segundos (etanol)

Velocidade máxima – 190 km/h (etanol)

Rotação a 110 km/h – 2.900 rpm

Consumo urbano – 11,5 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 15,3 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 16 com pneus 195/50 R16

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 3.969 mm

Largura – 1.722 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.464 mm

Entre eixos – 2.489 mm

Peso em ordem de marcha – 1.152 kg

Tanque – 51 litros

Porta-malas – 281 litros

Preço: R$ 56.690 (básico) – R$ 75.190 (versão avaliada)

Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 – Galeria de fotos

Avaliação: Ford New Fiesta Titanium Plus 2018 é atraente em conteúdo
Nota média 4.5 de 2 votos

  • Leonardo Balieiro

    É um ótimo carro. E é impressionante como a versão AT é econômica, dirigi um por certo tempo. Tenho um 2012 mexicano e não troco por nada em sua faixa de preço. Mas por R$ 75 K… não obrigado. Não só pelo Fiesta, mas nenhum pseudo hatch premium por este valor. Entrei pro mundo dos semi novos e não saio mais. Rs.

    • SDS SP

      Infelizmente o usado é o que tem para hoje. Se pudesse, só teria 0km.

    • CharlesAle

      Colega da empresa saiu de um UP básico,para um NF 1.5 2015. Ta muito contente com o carro.

      • carlos4carros

        Nem se compara, mano.

      • Cláudio Modesto

        Eu acho o up uma afronta intelectual. Se ele custasse 30k completo, aí sim.

  • carloscomp

    2 coisas me vem na mente ao pensar no New Fiesta: Powershift e Claustrofobia

    • Piston head

      Já acho o mais bacana de guiar do segmento e o mais bonito.

    • Matthew

      O que me dá claustrofobia é aquele Hyundai HB20 R-Spec com o interior full black (teto, colunas e painel). Vi outro dia na concessionária, não sei porque cargas da água já tava com insulfilm super forte instalado, não dava pra enxergar nada dentro do carro, mesmo com a iluminação do show room. Só os bancos vermelhos que parecem ter saído de um sofá de bordel. Além de ser esteticamente feio e reduzir a sensação de amplitude no interior do veículo, deve aquecer pra caceta sob sol intenso. Ar-condicionado tem que trabalhar dobrado.

      • Whering Alberto

        Pra mim, todas as versões do compacto da Hyundai são. Aqueles bancos são muito baixos!

        • Eduardo Alves

          eu tenho um hb-20 e vim de 408, pensa no baque que senti em relação ao espaço. O hb 20 é muito apertado, loquei um etios por um tempo e fiquei surpreso com aquele monstrinho, achei bemm mais espaçoso que o hb20.

          • Edson Fernandes

            E tbm deve ter se incomodado com o conforto. Porque o HB20 é bem duro. Além do que, o “ajuste de altura” do banco na verdade é do assento… o que tira o encosto das costas se aumentar mto a altura…rs

            • Eduardo Alves

              Cara ate que a suspensao nao achei muito diferente nao pois o 408 era um toco. Sobre aquele ajuste de altura, é ridiculo, ele na verdade inclina o branco pra frente e pra trás.

    • Alessandro

      O espaço interno dele (principalmente para o motorista) é coerente com a categoria de compacto (Similar a Palio, Gol, etc).

    • leandro

      O PowerShift é o que o carrinho tem de melhor. Tive um Sedan Titanium por 3 anos e 110 mil felizes km..
      Ainda tá aqui na região, toda vez que ele passa me dá um frio na barriga de sdd dele

      • CharlesAle

        Desculpe mais é proibido elogiar powershift. Espero q entenda!

        • leandro

          Kkkkk. Verdade

          • Edson Fernandes

            E eu namorando um Focus titanium plus….

        • Fabio Marquez

          Um amigo trocou 3 vezes em menos de 2 anos no Focus, outro tinha um NFiesta Sedan e ao acelerar para retomadas tremia como se o carro estivesse com pneus deslocados, trocou em uma HR-V com o carro dando problemas… Fico com pena, pois são dois senhores carros.

      • Tygra

        Concordo com vc, o powershift é realmente muito bom. Estou com o meu a 4,5 anos e no início pensava em trocar com dois anos de carro, mas com o passar do tempo fui vendo o quanto o New Fiesta Sedan é bom e decidi continuar com ele, não me arrependo, são quase 5 anos, 79 mil km rodados e só felicidades.

      • PEDAORM

        Aqui idem Focus 1.6 Powershift, e só alegria. O cambio um dos brilhos do carro com as trocas super rápidas e imperceptíveis, sem roubar potência do motor. Acaba salvando o desempenho, já que é um carro pesado para esse motor. Além disso a versão PS agrega os controles de estabilidade e tração e o hill holder, indisponíveis na versão manual (do mesmo ano) e indispensável (ESP) nos carros que considero.

    • REDDINGTON

      Ri alto kkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Marciofilho Santos

      é impressionante como esse carro é apertado!!!!!!!!!!!!!!!!1

      • HugoCT

        Ele é muito apertado mesmo, atrás nem se fala.

    • Leandro

      Como se os co correntes fossem enormes né…

      • Luis Burro

        Nossa,o Pólo parece outra categoria.

      • Whering Alberto

        O problema é que se você entra num Ka e depois num Fiesta, a impressão é de que você está no mesmo carro (tanto pelo espaço quanto pelo acabamento).

  • cefaf

    Tive um New Fiesta por três anos. Gostava muito do motor Sigma, do consumo adequado, da dirigibilidade, do conforto enquanto motorista, e dos itens de segurança. Porém, odiava que o meu era muito fácil de raspar em lombadas e garagens, tanto que comprei um SUV depois. Espero que a Ford tenha resolvido este problema.

    • Michel

      Não resolveu.

      • Whering Alberto

        Principalmente se ele estiver falando de um Renegade flex. kkkkkkk

    • Piston head

      Depois que cai o defletor não raspa nada, haha

    • Gabriel Medeiros

      O meu nunca raspou, devo estar fazendo algo errado. Só o protetor de Carter instalado na concessionária que deu dor de cabeça, logo mandei consertar.

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Tive um NF 2015 por 2 anos, tive amigos que reclamavam bastante disso de raspar mas nunca usavam as medidas de calibragem que vem no carro de 31-26 pq achavam pouco d+, porem e usava e ficava bem balanceado coma frente sem raspar o tempo todo.

  • Michel

    Esse carro é muito gostoso de guiar.

  • Unknown

    Para quem preza a dirigibilidade, é uma excelente opção!

  • pedro

    Apesar da idade, ainda acho ele mais caprichado que o Polo (principalmente o interior) e o Argo. O motor dele ainda é um dos melhores. Até vejo que este Sigma melhor que o Dragon. O Dragon, na real, nasceu para baratear o processo produtivo da Ford com o 1.0 e 1.5, três cilindros, evolução efetiva, não se tem muito.

    • Leandro

      Interior só peça nessa central encaixada, mas os bancos e as portas são mais bonitas que do polo. Polo tem o painel bonito, mas os Bancos parecem de gol.

      • pedro

        O painel bonito é só na versão top, nas de entrada, é sofrível.

        • Alessandro

          Até que não, abandonaram aquele painel tosco do 1.5s… agora a versão de entrada já vem com sync 1

  • Jomario Borges

    Os problemas com o Powershift foram solucionados. Tenho um 2016/2017…23 mil rodados, já tive outros automáticos, adorei o cambio de dupla embreagem, rápido nas trocas, suave muito prazeroso dirigir esse carro. Excelente combinação de cambio e motor, carro veloz e muito econômico.

    • Tygra

      Isso desde agosto de 2016, mas o pessoal da internet teima em não reconhecer isso. O meu tá com 79 mil km sem nenhum problema. Tudo que vc falou é a pura verdade, o powershift é sem dúvidas um dos melhores câmbios automáticos (tanto convencional ou dupla embreagem) do mercado.

      • Mr. On The Road 77

        No último trimestre de 2017 estava pensando em pegar um Focus Powershft zero, seria 16/17. Tinham muitos encalhados e o preço era bom (em torno de 68~70 mil naquela época).
        Aí entrei no Focus Club no facebook.
        Muita gente reclamando, muita gente com duas ou três trocas de embreagem. Muitos proprietários de modelos 16/17 também com problemas. E como tinha gente que achava que eram fakes, a galera postava fotos que comprovavam que os carros estavam com problemas mesmos.
        Resumo: não era o ‘pessoal da internet’ não.
        A gota dágua foi um cara que tinha tirado um 17/17 e com uma semana de uso teve que deixar o carro na css pra trocar embreagem…

  • yurieu

    O pessoal não vai concordar comigo, mas nenhum Ford vale a pena no momento.

    Fiesta, já morreu. Focus, fantasma. Ecosport, nem o modelo americano foi elogiado. Fusion? Vai morrer. Ranger? Só o modelo americano para dar vida às pick up médias. Mustang? Sem comentários.

    • Jomario Borges

      Pelo tom do seu discurso, quem vai morrer de inveja é você por não poder comprar nenhum deles.

      • Nicolas_RS

        Menos por gentileza, agora pq critica alguma coisa é pq não tem dinheiro? Parece até discurso de fanboy da Apple, “quem critica é pq não tem dinheiro para comprar”. Os carros da Ford são sem “graça” feio que doí, principalmente o EcoSport, o mais bonito é o Focus por fora, pq por dentro também é feio e de péssima qualidade.

        • Piston head

          Focus feio e de péssima qualidade por dentro? Faça-me o favor né. Ninguém é obrigado a gostar de nada, mas isso não corresponde a realidade.

          • Nicolas_RS

            Nos modelos 2015 o forro simplesmente é feito de papelão mole, se fizer um pouco de forca afunda!

          • Manfred Smile

            O interior do Focus é fraquíssimo. Pode ser que você tenha um e esteja defendendo, mas para achar aquilo bom, só nivelando muito por baixo…

        • Alessandro

          Qual sua base para dizer que o Focus é Mal acabado? (feio é subjetivo, eu já não acho ele feio).

          É um dos interiores mais top que tem em questão de acabamento, tudo em plástico emborrachado, sem rebarbas.

          • Nicolas_RS

            Nos modelos 2015 o forro simplesmente é feito de papelão mole, se fizer um pouco de forca afunda!²

            • Piston head

              Está dizendo o forro do teto?

              • Nicolas_RS

                Sim.

            • Piston head

              Existe a necessidade de ficar apertando esse forro pra ver se afunda? Rs.

              • Nicolas_RS

                Não, kkkkkk mas que ficou feio, fico.

              • SDS SP

                Acabamento do forro é ruim mesmo, meu old Cruze (nunca foi um exemplo de acabamento) tinha um forro de melhor qualidade.
                Mas cá entre nós, não deixaria de comprar um Focus por isso.

                • PEDAORM

                  Por outro lado o Cruze só usa plástico rígido, enquanto o Focus tem o painel todo macio.

            • Leandro

              Você dirige olhando pro teto? O forró do teto torna o interior feio?

              • Nicolas_RS

                Não é questão de olhar, quando for acender a luz e pressionar com forca afunda…

                • Leandro

                  Quem fica apertando o teto do carro no dia a dia?

              • Edson Fernandes

                além do que, o painel dele com os itens que ele possui e nas versões de topo, tirnado amenidades frutode algumas concessões da Ford, não dá para entender como o Focus não é elogiado…

                E o interessante … é um carro de pouquissima reclamação.

                • Leandro

                  Sou suspeito para falar, pois sou dono de um Titanium. Para mim o painel é um dos mais bonitos. Tanto que se repararmos o Cruze copiou a disposição da central e das saídas de ar do Focus.

                  • Edson Fernandes

                    Mas aquele painel todo digital bem bonito do Focus, não chega perto. É em alta resolução, colorido… faz diferença.

                    Você sabe qdo o retrovisor ilumina o chão, o tilt down ajusta para manobras, os automatismos que devem inclusive ao proprio Cruze.

                    O pessoal falar de um mero forro de teto como justificativa para dizer que o interior é feio ou que o carro é antiquado por conta disso, minimiza num exagero grotesco.

                    • Leandro

                      Exato, eles nem entraram no carro. Viram aquele vídeo no Youtube, de uma unidade com problema e acham que todo forro afunda. O meu não afunda nada.

                    • Edson Fernandes

                      Mas Leandro, mesmo que afundasse, pra mim o forro sendo macio assim é até bom.

                      Não entendi a falta de qualidade em ser daquela forma.

                      O que eu sei e já vi na pratica foi a diferença entre os modelos com e sem teto solar. O de teto solar é um forro comum, firme como os demais carros e eu já andei em Focus 2.0 SE e 1.6 SE, ambos eram fofos.

                      Mas na pratica isso não mudou nada. Mas devido a ter um Fluence Privilege, só o Focus titanium plus para até ter inclusive mias ofertas de itens de conforto e segurança. (e também porque obviamente me atrai nos itens existentes)

                    • Leandro

                      Custo benefício do Focus é muito bom, problema é fama do câmbio, que afasta quem não conhece.

                    • Edson Fernandes

                      Como eu já te disse em outras oportunidades né… no Focus é pontual os problemas do Powershift.

                      Eu teria um sem nenhum problema. (tanto que até hoje fico pesquisando a possibilidade de compra).

                    • Leandro

                      Sim, os problemas maiores foram ligados ao motor 1.6, mas o pessoal generaliza e acha que todo carro vai dar defeito.

                    • Edson Fernandes

                      Sem dúvida. Mas eu não acho que as poucas vendas do Focus sejam culpa disso sabe….

                      Eu acho que o mercado está rejeitando os hatches médios e aos poucos os sedans médios. Mas acho que um defeito sério para o Focus sedan é o pouco espaço interno. O hatch ainda pode até passar devido a finalidade, mas o sedan pegou.

                      Mas como te disse, eu tenho pesquisado. Para vc ter ideia, entre um Golf TSI DSG e um Focus Powershift, eu prefiro o segundo (e só compraria usado o segundo)

                      Atualmente mesmo tendo por parte da VW um retrocesso na linha Golf, eu so teria o tiptronic deles, mas aí o custo de compra pega. Ou seja, novamente volto a considerar o Focus porque ele é interessante.

                      E um detalhe importante: O Focus é um carro de poucos problemas nessa atual geração, outro ponto levado em consideração. O Cruze mesmo, vira e mexe tem problemas corriqueiros (felizmente tbm nada sério, mas de barulhos, de menu que desaparece informação e em alguns casos, alto consumo) então o Focus pra mim é um bom player de mercado.

                    • Leandro

                      Sim, o meu em 4 anos só tem um problema na bateria, que vazou pelo contato, trocada na garantia. Nem grilo interno tem. Tô ta o satisfeito que pretendo pegar outro. Quanto ao sedan, realmente ele fica apertado em comparação com os concorrentes. Essa geração atual tem espaço interno menor que a anterior. Torcendo pro mk4 vir pro pra BR, mas parece que não vem. Uma pena. Abcs

                    • Edson Fernandes

                      Eu tbm torço para que venha.

                      Abs

        • Marcelo Alves

          Eu falo que os fanboys da Ford são os piores que tem, experimenta criticar a Ford, eles sempre aparecem, rsrsrs…

          • Fernando

            Tem piores: os da DAS AUTO.

        • Jomario Borges

          “Criticar alguma coisa”
          O cara parece uma metralhadora, detona toda a linha da montadora…de picapes ao Mustang…
          Nobre advogado, impossível defender esse cliente…caia fora.

        • Leandro

          Focus feio por dentro? Não acho.

      • yurieu

        Poder eu posso. Mas convenhamos que a Ford Brasil está 20 anos atrás em comparação a todas as outras Ford da América Latina à exceção da Venezuela.

        • Leandro

          Lembra da professora que pedia a resposta e sempre falava “justifique-se”. Pois é, ela fazia isso pra te ensinar a não sair falando qualquer coisa na internet. Falar do Mustang é um atestado de ignorância sem tamanho.

          • CharlesAle

            Nem Mustang satisfaz Brasileiro. Povo de ultra primeiro mundo é fogo!

          • yurieu

            Sugiro o sr. comprar um em breve, antes que ultrapasse os 450 mil reais em 2019.

        • Robinho

          aff quanta asneira.

      • Lzu

        Concordo, rss…

    • Leonardo Balieiro

      Calma jovem revoltz… Analise bem o seu mercado… A Ford é uma das poucas que sem seu line up atualizado globalmente. A maioria são gambiarras e projetos malditos feitos só pro Brasil. Pesquise mais.
      Os problemas da Ford no Brasil são: pós venda e falta de peças, isso todo mundo sabe…

      • yurieu

        Isso que o sr. disse é só mais consequência do atraso da Ford, cujo lançamento mais badalado e inédito foi o novo Escosport. Os veículos Ford Brasil deixam muito a desejar, salvando-se apenas o Fusion que aposto já ter sido cogitado ter a importação suspensa. Até no Uruguai há o Explorer e na Argentina o Escape. Eu já vi um Escape chileno na fronteira, e Jesus, que carro maravilhoso.

      • REDDINGTON

        Se vc observar o Fiesta europeu atual e o atual brasileiro vai ver que o projeto One Ford já era né…só “pesquisar mais”

      • 🅰🅽🅳🅴🆁🆂🅾🅽 – 🆂🅿® ✅

        Esse Fiesta é uma gambiarra tupiniquim, o tal One Ford já era.

    • Leandro

      Bater detected. Quando começou a falar do Fusion parei de ler. Nao sabe o que está falando.

      • yurieu

        A Ford também deve ser hater, visto estar na corda bamba.

    • Manfred Smile

      Cara, o Fusion é top. Ranger condizente com suas concorrentes. Mustang é de nicho. O Edge está com um preço estrambólico. Os outros realmente são mortos-vivos, com exceção do Ka.

    • Gil de Piento

      Note seu entendimento sobre carros: diz que o mercado americano – acostumado a comprar carros desnecessariamente enormes – não elogiou um carro minúsculo pensado para o mercado europeu; diz que o Fusion vai morrer, porque não prestou atenção nos textos das notícias para entender que a produção deste seria transferida para a China; entre outras besteiras típicas de quem não raciocina sobre o que lê. Menos, menos.

    • Edson Fernandes

      Olha se for falar de “valer” nenhum vale.

      Mas na boa, tudo depende de parametro.

      O mercado de compactos no Brasil está ruim. Não dá para encontrar um carro que se encaixe em todas as variaveis de forma aceitavel. Qdo tem uma coisa, falta outra.

      Igualmente aos altinhos compactos. Só dando um exemplo: Creta.

      A versão prestige, é bem completa de itens de série e colocaram o motor 2.0 que na verdade é a proposta de performance. Porém e o consumo?

      Aí você vai passando, um que poderia desbancar bem os demais no meu ver, é o kicks. Mas daí a Nissan tira itens da versão nacionalizada sem muito motivo…. e deixa seus compactos em uma situação pior. Vai olhar a renault que abandonou os médios, só tem compacto e de certa forma depenada…. ganha somente no mais ou menos….

      Se olhar a fundo, verá que não é só a Ford assim. Mas veja que curiosidade:

      Motor 1.0 mais potente da categoria e um dos mais economicos
      Motor 1.5 dragon moderno e economico, um dos mais potentes na faixa intermediaria de motores 1.3 a 1.8…
      Motor 1.6 sigma economico e anda similar a maioria dos 1.6 (uns mais, outros menos)
      Motor 2.0 com injeção direta e é aí que mora o problema: Muito 2.0 do mercado é de uma geração antes e concorrentes a ele, apenas o 1.6 THP, 1.4 TSI e abaixo 1.0 ecoboost e 1.0 TSI.

      Estou aqui colocando esses pontos “de Ford” para vc ver como o mercado está. Se olhar e analisar verá coisa muito pior e que precisamos melhorar. As fabricantes reclamam um monte de Rota 2030 e blablabla… mas a verdade é que falta boa vontade de concorrencia para levantar mesmo o mercado. O polo mostra bem essa situação. Vende muito bem porque falta um concorrente direto a altura das suas versões TSI e até algumas das versões de motores mais fracos.

  • A atualização não ficou das piores, mas caramba… Só eu que não gostei das lanternas com esse troço cromado ridículo na parte central? Colocassem os LEDs sem esse detalhe, ficaria muito melhor.

    • Leandro

      Sao feias mesmo.

  • Alexandre Maciel

    Ford matou o carro que um dia deve ter sido quase o mais vendido da marca. Não trouxe nova geração, deixou tudo como está, mesmo motor (bom, mas já datado), mesmo câmbio criticado (dizem ter consertado mas paga pela fama), espaço interno limitado, assentos dos bancos dianteiros estreitos, etc. Poderia ter descontinuado o veículo. Seria menos desonroso.

    • Alessandro

      O sigma 1.6 TiVCT pode até ser datado, mas apresenta números de performance e economia melhores ou iguais aos mais recentes, cito o MSI 16V VW, SCE Renault, etc.

      • Alexandre Maciel

        Eu sei disso. Por isso observei que é um bom motor.

      • CharlesAle

        Para mim, um dos melhores do mercado(sigma)

    • REDDINGTON

      Resumiu a ópera!!

  • klaus

    um carrinho bem prazeroso de dirigir

  • klaus

    enquete: new fiesta ou 208? (justifique)

    • Alessandro

      Depende,
      Quer um carro economico e prazeroso de dirigir, recheado de tecnologia? New Fiesta.
      Quer luxo e mimos? 208.
      Pra mim esses dois fazem um mercado separado de Argo e Polo (acho esses dois muito grosseiros)

    • Lucas086

      Ia de 208 pelo teto e agora pelo cambio at6, mas o fiesta tem dinâmica melhor, tem esp/tsc e o motor um pouco melhor.

    • Luconces

      Eu iria de 208, design mais bem resolvido, o teto e agora o AT6. Fora o i-Cockpit que é show e os itens embarcados.
      Peca no ESP.

      Acho que o Fiesta está perdido, essa reestilização foi meia boca. O Ka acaba sendo um produto mais interessante, principalmente se vier com o 1.5 Dragon e o AT6 da Eco.

      Ambos são apertados internamente.

    • Duh

      Fiesta tem a melhor dirigibilidade da categoria, 208 o melhor acabamento junto com o Argo. O francês tbm é bom de curvas, possuí mais itens de conforto, já o Fiesta de segurança. Pegaria o Ford pela segurança mas chorando pela falta do acabamento refinado do francês.

    • kirig

      o cara do guincho falou que é meio pau a pau.

  • Lucas086

    Gosto do Fiesta, principalmente o 2 portas, mas saber que o Ka foi o eleito da marca para ganhar motor novo e câmbio automático e o fiesta continuar com o powershift, é broxante demais.

    • Tygra

      O powershift é ótimo! Não tem porque tirar, o meu New Fiesta está com 79 mil km sem nenhum problema.

  • No_Name

    Se o avaliador diz que a suspensão desse atual é “muito firme”, o que diria então do anterior a este… Tive um ’13, depois um ’15 e agora estive com um ’18 por uns dias e a suspensão ficou MUITO mais macia que antes. Achei melhor até que meu Focus, que eu achava melhor que os meus Fiesta anteriores.

    O Fiesta precisava de muito pouco para continuar extremamente competitivo no segmento dele, era só a Ford trazer o acabamento que existia no europeu e mais alguns pequenos detalhes que continuaria um carro imbatível, uma vez que seus concorrentes por aqui no Brasil são cheios de deficiências. Mas infelizmente a Ford não viu “futuro” com o Fiesta e preferiu por abandoná-lo a própria sorte.

    • REDDINGTON

      Segundo a Ford, o modelo europeu se tornaria inviável no país…a Ford rifou esse carro mesmo.

      • No_Name

        Acabamento que existIA no europeu. Tô falando dessa geração mesmo e não da nova europeia.

        • REDDINGTON

          Entendi. Mas foi o que vc disse mesmo, a Ford jogou a toalha com o Fiesta…

      • Leonardo

        Na minha humilde opinião, o Fiesta vendido atualmente na Europa é beeeeemmmm superior ao Polo. Ficou um carrinho bem bacana. Como curiosidade, acho que é o DRL mais brilhante de todos os carros que já vi na minha vida, é muito forte mesmo de manhã!

        • REDDINGTON

          Quando estive na Europa a ultima vez ele ainda não tinha sido lançado, mas vi fotos e concordo com vc. O polo é mais do mesmo, morno, sem sal.

        • Cláudio Modesto

          Tá comparando ele com o polo brasileiro? Compara com o polo europeu que é bem diferente.

      • Leandro

        Como a vw faz o Polo aqui entao? Ford deu muito mole, poderia estar vendendo 2 ou 3 mil por mês se tivesse o europeu aqui. Pessoal perdeu poder de compra pra ter um médio, tem muita gente que não quer um trambolho de um sub. pólo e fiesta caem como uma luva.

        • SDS SP

          É a minha realidade. Tinha um médio e um subcompacto. Agora estou atrás de um compacto que fique na intermediária.

        • REDDINGTON

          Óbvio que não justifica né. Depois reclama por que as vendas caem.

    • Tommy

      O Fiesta se tivesse ganho o interior do Ecosport, mais versões com o 1.0T e o 1.5+AT6 bateria qualquer concorrente atual tranquilamente, quase tudo tá lá na “prateleira”, mas a Ford preferiu desistir.

      • d59

        Provavelmente seria a minha compra. Aguardei “ansiosamente” pela reestilização com interior do Ecosport, mais versões com o 1.0T e o 1.5+AT6, mas aí a Ford foi e encomendou o enterro do carro com a reestilização apresentada.

        • Matthew

          Eu não entendo esse fetiche todo por motores de três cilindros como se o Sigma 1.6 fosse uma coisa jurássica. Ele dispõe de diversos recursos atuais, como duplo comando de válvulas variável. O 1.5 de 3 cilindros sempre terá problema de vibrar mais e estes motores são otimizados pra render muito torque em baixa, mas em alta apaga e não parece ter os 137 cavalos declarados. O que importa é o resultado prático, e não os números de ficha técnica. O 1.6 tem excelente índices de desempenho e consumo. Eu particularmente só trocaria o câmbio por um automático convencional pra tirar a zika do PowerShifit.

          Outro carro que vi esses dias na concessionária e achei bem meia boca foi o HB20. Apesar dos materiais texturizados que dão alguma sofisticação ao interior, tem muita peça mal encaixada em colunas, ficando um vão enorme. Algumas borrachas de vedação das portas grosseiramente encaixadas também. E todas as portas só fechavam na base da força. Pra não dizer que era um problema isolado, todos os carros expostos no showroom da loja tinham essas característica,até os Cretas precisava fazer força pra fechar as portas e é uma reclamação recorrente no de longa duração da 4 patas.

          Palhaçada também diferenciar versões do HB20 com base em besteiras. Acho que só na Premium tinha as alças de teto, iluminação nos espelhos dos para-sóis e no porta-malas, e a coluna de direção com regulagem de altura e profundidade. Todas as versões abaixo fica devendo um desses itens. A Comfort 1.6 sedã não tem aquele luzinha ridícula no porta-malas, pois a Hyundai deve considerar um acessório muito sofisticado e tecnológico destinado apenas à versão mais cara de 70 mil reais, assim como as alças de teto que nem retorno suave têm (fazia anos que não via uma coisa dessas). Você solta e bate com tudo no teto. Enfim, pessoal mete a boca no Onix, mas achei o agabê tão medíocre. Talvez a motorização seja melhor mesmo por ser 1.6-16v. Mas é só.

          • Cláudio Modesto

            O fiesta 1.6 anda pacas.

          • d59

            kkkkkk Calma, rapaz! Quem aqui falou que o 1.6 Sigma era jurássico ? É um bom motor. A questão é que eu não darei meu dinheiro suado em troca do New Fiesta com o atual acabamento e câmbio powershift. O novo interior e acabamento do Ecosport 2018 é melhor que o apresentado no Fiesta e, além disso, a Ford adotou um AT convencional.

            • Matthew

              Concordo em relação ao câmbio, mas de resto acho exagero do pessoal, sim. Acho o Fiesta um carro extremamente honesto e num estágio de evolução maduro.

              Tirando o fator novidade, o acabamento interno dele não fica atrás do Argo. Aliás, tem muito “especialista” de canal do YouTube que não sabe diferenciar desenho de acabamento interno. Aqueles garotos do Top Speed sempre rasgam elogios ao acabamento do Argo como se fosse uma revolução no segmento. Cheira a propaganda paga.

              Embora o visual de fato esteja em linha com as tendências mais atuais de design e layout, o acabamento em si só é melhor que o do Palio. A meu ver está abaixo do Punto e Stilo, por exemplo. O painel de porta é bem meia boca, sobretudo naquela região onde a maçaneta é abrigada, com textura estranha e porcamente feira. A própria maçaneta não recebe nenhum tipo de trabalho, mesmo nas versões mais caras. É sempre aquele pedaço de plástico preto mal confeccionado. Tinha que ter um decalque simulando aço escovado, Black piano ou cromado.

              No caso do Fiesta o Layout do dashboard já tá bastante superado em concepção, mas o acabamento (texturas, encaixes, vãos etc) estão na media do segmento. Estou torcendo pra que a Ford acabe trazendo a nova geração européia, porque tá muito na cara que o Ka vai engolir o Fiesta atual. Além do espaço interno maior — sobretudo no banco traseiro — tão falando no câmbio automático convencional pra ele. Aí vai ser a pá de cal do irmão mais velho, mesmo.

  • Rodrigo Sanvido

    Vejo o Fiesta como uma das melhores opções do segmento. Seu 1.6 tem um ótimo desempenho e consumo… é super equipado e tem um acabamento melhor que o Polo. Não tem o apelo da novidade, mas na minha opinião entrega mais que os concorrentes com a vantagem de comprar com desconto por não ser lançamento.

    • Cláudio Modesto

      O polo trouxe um salto tecnológico pro segmento, inclusive em termos de plataforma.
      Se fosse mais nem acabado e tivesse 7 airbags seria imbatível. Embora seja indistinguível de um gol.
      Mas logo isso acaba, pois até o fim do ano custará 90 mil.

  • ocampi

    Carro muito bom. Tenho um 1.6 SE. Carro completo, seguro e econômico até no seguro.

  • REDDINGTON

    Desatualizado em relação ao europeu, caro pra manter, seguro caro, desvaloriza muito e com futuro incerto no Brasil…passo!

  • Robinho

    o carro continua lindo como sempre, os únicos senão vai para este detalhe branco na lanterna traseira e esta tela de TV de tubo no painel.

    • Leandro

      Exato.

  • Samuel Campos da Silva

    Acabaram com o visual , esse para-choque dianteiro é sem duvida um dos menos harmoniosos que eu já vi , e os 2 anteriores são muito bonitos .

  • Alexandre

    Ficaria ótimo um teto solar.
    Encararia um com esse equipamento.

    • Robinho

      cara ja pensei nisso, realmente ira dar um “plus” para o carro…

      • Alexandre

        Na Argentina o Titanium é importado do México e tem teto solar e os modelos mais simples são fabricados no Brasil que seriam o SE e S. Não sei se tem SEL .

        • fschulz84

          Por aqui, somente trouxeram algumas unidades do Titanium Plus na versão sedan, vindas do México que já vinham com teto solar e a central.

          • Alexandre

            Pois é. Deveriam ter feito o mesmo aqui. O acabamento , além do teto, seria bem melhor com o painel emborrachado etc etc etc

            • fschulz84

              Não sei como estavam os últimos modelos antes do facelift, mas em 2014, meu pai comprou um Sedan Titanium… No test-drive, não havia a versão sedan no modelo Titanium, somente o hatch… Era visível a diferença de acabamento entre eles… Meu pai ainda ficou pensando se realmente fecharia o carro por causa do acabamento do hatch… Mas mesmo na versão SE, o sedan tinha acabamento bem melhor que o hatch e assim, meu pai decidiu fechar o sedan Titanium…

              Foi um carro mto bom, meu pai o vendeu recentemente sem problemas relatados no Powershift (durante as reviões, sempre checavam se a versão do software do câmbio estava atualizada).

              • Alexandre

                Hoje apesar de não ser emborrachado e os etc’s , parece que a qualidade do plástico está melhor. Senti mais solidez . Os das portas estão mais firmes tb. Quando ocorreu a mudança em 2014 eram terríveis. O puxador da porta rangia ao ser apertada ou puxada. A tampa do porta luva desalonhada.Mas hoje mesmo com essa melhorada ainda está longe da qualidade do mexicano. Imagino que a qualiade dos metais e reforços estruturais devem ser inferiorés.

  • Erivelton Freitas

    Pode vir banhado a Ouro, somente o fato de manter o PowerShift, já torna ele inviável para qualquer um que não queira ‘morrer’ num acidente de carro. Sim, eu já li relatos de gente que tirou o carro da estrada e quase bateu com ele devido a travamentos e trepidações nesse câmbio do capeta! Ford não aprende! Enquanto insistir nisso, vai matar as vendas do Fiesta/Fiesta Sedã/Focus/Focus Fastback por aqui!

  • Cláudio Modesto

    Galera, pra vocês 75 mil é muita grana e 100 mil? Baseado no salário médio de um brasileiro, fico pensando como o povo tem coragem de comprar carro. Entendo que o transporte público seja um lixo humilhante, mas já passamos do limite de preços.
    Esse lance de carro como patrimônio tinha diminuído, mas voltou com tudo agora.
    Adoro carro, tenho grana pra comprar, mas não tenho coragem. É muito mais negócio deixar a grana rendendo. Vamos focar nos restos de rico mesmo ;-)

    • Jefferson A.

      haha pode cre, nego pira em carro novo e não da valor no dinheiro, fiesta deste não deveria passar de 45mil, mais brasileiro é assim mesmo, não sabe oq fazer com dinheiro e vai la e desperdiça com carro novo.

      • Cláudio Modesto

        É osso.

  • Luis Burro

    Muito caro.Não resolveu seus maiores defeitos.Se for pra levar só 2,um kwid ou uma moto já dão conta.

  • Abdallah

    Acho extremamente feio o painel deste carro, mesmo assim nao teria justamente pelo powershift, por mais que dizem que atualmente nao incomoda fiquei com uma má impressao, nao arriscaria.

  • Andre Henrique Melo

    Algumas Css do Rio encontra ele por R$ 52.990.

  • Pedro Cunha

    Por mais que não pareça, hoje vivemos uma espécie de “remake” dos anos 90, com boa parte do lineup de carros de maior volume de vendas com grande defasagem em relação aos equivalentes internacionais. É muita propaganda de “novo isso”, “novo aquilo”, mas sobre plataformas repaginadas e motores requentados.

  • Ralex

    Tive um mexicano … realmente era otimo para dirigir. Faltava apenas o teto.. disponivel claro… na argentina. Mas nao compraria outro pelas revisoes.. a cada 6 meses. Rodo muito pouco… em 24 meses estava fazendo uma revisao obrigatoria de 40k com o carro com 12k

    • REDDINGTON

      Ford mudou o plano de revisão, agora é a cada 10 mil ou 1 ano. A última que relutou mas teve que acompanhar o mercado foi a VW, que também adotou o plano anual…revisão a cada 6 meses é um roubo, a Audi ainda mantém e a preços exorbitantes, assalto mesmo.

    • Esquilo Tranquilo

      Quando compramos o nosso em 2014, foi só a primeira revisão na concessionária, as demais todas em mecânico de confiança, só alegrias, gastos em torno de 200~300 reais nas revisões, nenhuma incomodação.

  • ocampi

    Sou suspeito para falar….tenho um Fiesta SE 1.6. O carro é excelente com itens de categoria superior tal qual ESP, controle de estabilidade e Hiil Assist. Porta malas elétrico, vidros 4 com auto baixar e subir. Carro com mais de 70.000km e todo perfeito. O ar condicionado digital gela de forma rápida e facil de mexer parece que a temperatura do ar fica exatamente na qual se determina no console digital. ´Só tenho elogios para o Fiesta. Já andei de Ka e já dirigi o KA+ Sedan e o Fiesta é superior, basta entrar na primeira curva em velociadde alta pára sentir o Fiesta na mão, já o Ka não é tão bom de curva. Fiesta é superior.

    • Esquilo Tranquilo

      Tenho um igual ao seu, ano 2014, só elogios também, anda bem, economico, não dá problema algum, revisão sempre só o básico, não largo ele tão cedo, confirmo tudo q vc disse quanto ao fiesta…

  • Gilberto Silva

    Só eu acho que por esse valor o motor deveria ser o 1.0 ecoboost? Esse 1.6 não rola

  • Edson Fernandes

    Incrivel como a Ford é confusa. Qdo li a avaliação pensei: “O Eber errou na versão, ele deve ter testado a titanium com motor 1.6”.

    Mas não… entro no site e vejo o que? VERSAO DE TOPO com motor 1.6 no lugar do 1.0 turbo!

    Pelo amor de Deus Ford!!! Depois não vem chorar que brasileiro não dá bola para motor turbo viu. São VOCÊS que não tem vergonha na cara. Feliz da pessoa que comprou o Titanium Plus sem esse facelift mas tem os 7 air bags. (perde “a tv de tubo” mas ganha em segurança, minha preferencia).

    E dá para entender porque a VW aumenta o preço do Polo e porque ele vende bem. É melhor equipado e tem opções atraentes ainda mais por R$75000. Eu não daria esse valor, mas iria no Polo ou pensaria no 208 GT.

    • Esquilo Tranquilo

      Eu nesse valor iria de 208GT sem dúvidas, tenho avistado muitos relatos de problemas com o polo, admissível aparecer algumas coisas com todo produto recém lançado, mas tem umas coisas que assustam…

      • Edson Fernandes

        Concordo contigo. Confesso que os problemas apresentados para um produto que promete revirar o mercado, assustam mesmo. Suspensão, cambio (com trancos), tremedeiras, entre outros detalhes que não deveriam mesmo.

        Mas vamos deixar com o tempo para ver se atualizam e melhoram o produto. Porque prazo de entrega, esse a VW não respeita mesmo.

  • Ric53

    Não me fala que aquilo ali no meio é um toca cd

  • Thiago André

    Era para ter ganho o mesmo painel de instrumento do novo EcoSport e a tela deveria ser 8 polegadas de série desde das versões mais baratas.

  • mael_cds

    Tive um Sedan 15/15 SE “AT”e troquei no 17/17 na versão mais completa titanium plus com teto, como gosto do carro, troquei mesmo sabendo que ele sairia de linha, o carro é bem completo para a categoria, tem muito equipamento nessa versão, o ambiente – Sistema de personalização da luz ambiente do veículo (7 cores) que de noite fica muito bacana. sabendo disso tudo comprei o veiculo 0km com R$9.000,00 mil reais de desconto.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email