Avaliações Cupês Esportivos Honda

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

O Si anterior era bem interessante em termos de proposta. Mas, com a décima geração do Civic, sua variante cupê foi beneficiada igualmente com design, nova motorização e maior eficiência, que assim deu ao Honda Civic Si Coupé 2019 melhor performance no geral.


Com uma nova plataforma, mais equilibrada, o cupê esportivo tem uma dirigibilidade superior. O novo motor 1.5 VTC Turbo de 208 cavalos permitiu maior torque em baixas rotações e uma disposição melhor em giros mais altos.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Além da estética melhorada com um estilo mais expressivo, o Civic Si Coupé 2019 trouxe também alguns itens interessantes para diversão do condutor, bem como manteve a obrigatória transmissão manual de seis marchas, que dá liberdade ao motorista.


O Civic Si Coupé é realmente um carro de nicho e quem curte um cupê com foco realmente esportivo não terá muitas opções com preços convidativos. Nesse caso da Honda, o modelo sai por R$ 162.900.

Por fora….

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Visualmente, o Honda Civic Si Coupé 2019 é um carro agradável de se observar. A frente baixa e larga tem um olhar agressivo, especialmente com seus complexos faróis full LED e grade completamente preta.

O para-choque com spoilers acentuados é somente um complemento eficaz para um carro com a performance que ele oferece.

Com frente elogiável do Civic Sedan, o cupê tem ainda uma traseira com lanternas em LED envolventes e lente contínua sob o vistoso aerofólio traseiro.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Também é de se observar o escape central único e achatado, que dá mais exclusividade ao Civic Si Coupé.

As rodas aro 18 polegadas também compõem um belo visual, mas é de estranhar o teto alto, embora seja a curvatura engane, pois ele ficou apenas 0,6 cm mais elevado que a geração anterior.

Por dentro….

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

O Civic Si Coupé 2019 herda o mesmo painel do Civic Sedan, cujo cluster análogo-digital tem pouco apelo esportivo, mesmo com iluminação vermelha.

Porém, o computador de bordo é completo o suficiente para medir tempo de volta, força G, mudança de marchas e gráficos de funcionamento do turbo e aceleração, entre outros.

O volante não é diferente daquele do Civic comum e apenas a costura vermelha do couro destaca o esportivo, o que é uma pena, pois a Honda podia ter adicionado uma direção exclusiva. O painel também segue o roteiro, mas com um aplique para imitar fibra de carbono.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

A multimídia tem fundo vermelho e as mesmas funcionalidades, destacando câmera de ré com tripla visualização, navegação GPS integrada e o LaneWatch, que permite visualizar a lateral direita do carro em movimento, durante indicação de direção ou acionamento na haste da direção.

A alavanca de câmbio de pomo metalizado e capa com costura vermelha é boa de manusear. Já os pedais são de alumínio e ajudam a compor o estilo do Civic Si Coupé.

Os bancos esportivos são revestidos em tecido exclusivo do Si, com dupla tonalidade. Eles têm acabamento macio e seguram bem o corpo nas curvas. O ar-condicionado dual zone confere mais conforto no ambiente escurecido do Civic Si Coupé, que ainda tem teto solar.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Feito para dois passageiros e duas caronas eventuais, apesar dos cinco lugares, o espaço geral não é ruim para um cupê, especialmente em relação à altura para o condutor, mas para quem vai atrás é apertado. Não em termos de espaço para pernas e sim na altura, já que o teto cai agressivamente em direção à traseira.

Já o porta-malas de 334 litros pode facilmente ser ampliado com o rebatimento automático do banco traseiro, que é bipartido.

Por ruas e estradas….

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Como já andamos anteriormente na pista com o Civic Si 2019, explorar seu outro lado longe do circuito foi bem interessante. Equipado com motor 1.5 VTC Turbo, o cupê não adicionou apenas mais desempenho ao pacote.

Com duplo comando de válvulas variável, injeção direta de combustível e turbocompressor com intercooler, o 1.5 VTC Turbo pode não agradar aos puristas, mas realmente não deixa a desejar no que se propõe.

Entregando 208 cavalos (2 cv a mais que o antigo 2.4) a 5.700 rpm e 26,5 kgfm (2,6 kgfm a mais) entre 2.100 e 5.000 rpm, o propulsor de quatro cilindros é muito elástico, tem curva plana de torque máximo praticamente em todo o regime de trabalho.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Agora a força toda começa por volta dos 2.000 rpm, mas antes disso ele já mostra boa parte do total. Além disso, o 1.5 VTC Turbo acorda rápido e tem um turbo lag muito breve, suficiente para evitar críticas.

Com subida de giro muito rápida, o Si Coupé faz condutor e ocupantes grudarem nos assentos, deixando que a aceleração vigorosa e empolgante domine o ambiente. Para que a diversão seja completa, o japonês tem um câmbio curto e preciso com seis marchas adequadas à proposta, que é a de manter o motor cheio.

Isso significa retomadas muito boas e ultrapassagens com vigor maior. Com a alavanca de curso curto e um túnel elevado, basta apoiar neste e seguir o ritmo exigido pelo Civic Si, que adiciona uma embreagem macia e devidamente calibrada em ajuste.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Mas, se isso ainda não é suficiente, o Civic Si Coupé 2019 oferece o modo Sport, que altera o ritmo do 1.5 VTC Turbo e torna a entrega de potência ainda mais eficiente, deixando o carro mais sensível ao pé do condutor. Nessa condição, fica fácil se deixar envolver pelo clima e pisar mais.

Com o ponteiro batendo nos 6.500 rpm quando corta, o Civic Si Coupé nem precisa mais dos 7.000 rpm do antigo 2.4 para alcançar seu máximo. Energia e disposição, no entanto, contrastam com funcionamento suave no dia a dia e comportamento de fazer inveja a muito sedã 2.0 tradicional.

Mesmo com essa performance toda, o Civic Si Coupé 2019 é frugal. Ele bebeu um litro para cada 11,5 km percorridos na cidade e outro para 14,5 km na estrada. Isso sem contar um nível de ruído bom na rodovia, onde gira a 2.500 rpm aos 110 km/h.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Na cidade, ele nem precisa mostrar muito e anda sem indicar que é tão forte, girando em média a 1.500 rpm. Claro, nas saídas de semáforo, deixa meio mundo para trás. Além disso, com seu conjunto equilibrado, garante dirigibilidade boa no trânsito.

Na estrada, a calibragem do conjunto direção/suspensão é muito boa, com o Civic Si Coupé 2019 grudando bem ao chão e fazendo curvas fechadas com leve saída de frente, divertidamente corrigida.

O controle de estabilidade é outro que atua rápido se a brincadeira for mais ousada, afetando diretamente a direção para ajudar a colocar o Civic Si no curso novamente. Dotado de uma dinâmica de condução agradável, o cupê tem direção bem precisa e divertida, assim como freios eficientes.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

No asfalto ruim, até que ele filtra uma parte com destreza, mas é feito mesmo para piso bom, ainda mais com seus largos pneus 235/40 R18. A boa posição de dirigir também é outro fator que deixa o Civic Si agradável em qualquer ambiente.

Com uma pegada legal em termos de sensibilidade, o carro da Honda transita bem desde a cidade até a pista fechada. Só não se pode esperar maior conforto no primeiro caso, pois é manual. Fora isso, no que se propõe, agrada muito.

Por você….

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

O Civic Si é um carro para quem quer curtir a vida em regimes mais elevados de performance, mas ainda assim, serve para todo santo dia, não sendo aquele carro incômodo de ir ao trabalho ou mesmo de fazer compras.

Dotado de um conjunto que ficou melhor em relação ao antigo, o cupê da Honda permite andar rápido e ainda ser de certa forma econômico, não que isso vá fazer diferença para o cliente típico dele, mas é um ponto positivo que mostra que a tecnologia aplicada está no caminho certo.

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente

Mediano em conteúdo, o Civic Si Coupé não precisa se dar ao luxo de oferecer comodidades demais aos ocupantes. Ele é mais racional nesse aspecto, deixando o emocional para o pé do motorista.

No mercado existe o MINI Cooper S por um preço pouco acima, mas a dinâmica de condução é diferente, especialmente porque é automático, diferente do Civic Si Coupé. Isso sem contar aquela aura de carro japonês de performance, que muitos adoram.

Procura um esportivo mais purista? Este atende.

Medidas e números….

Ficha Técnica do Honda Civic Si Coupé 2019

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha, turbo e injeção direta

Cilindrada – 1.498 cm³

Potência – 208 cv a 5.700 rpm (gasolina)

Torque – 26,5 kgfm a 2.100 rpm (gasolina)

Transmissão – manual de seis marchas

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 7,2 segundos

Velocidade máxima – 238 km/h

Rotação a 110 km/h – 2.500 rpm

Consumo urbano – 11,5 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 14,5 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 18 com pneus 235/40 R18

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.522 mm

Largura – 1.799 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.421 mm

Entre eixos – 2.700 mm

Peso em ordem de marcha – 1.321 kg

Tanque – 47 litros

Porta-malas – 334 litros

Preço: R$ 162.900 (versão avaliada)

Honda Civic Si Coupé 2019 – Galeria de fotos

Avaliação: Honda Civic Si Coupé 2019 é empolgante e eficiente
Nota média 4.7 de 3 votos

  • Ricardo

    Única vantagem sobre o Golf GTi é o câmbio manual. Q manopla foda, adoro essas manoplas curtinhas!

    • Oliveira

      acho o hatch Type-R mais bonito ainda..

    • Wrangler95

      Não é só o câmbio MT.
      Civic Si tb é superior ao Golf GTi em termos de dinâmica, suspensão melhor acertada, e dirigibilidade mais afiada.
      Nas acelerações em linha reta o Golf GTi toma a ponteira, mas nas pistas o Civic Si devora com muito mais vigor.
      O erro desse modelo foi a Honda se limitar ao 1.5T qdo deveria ser o 2.0T, além de não oferece um AT esportivo ou o DCT-8.

      • Luconces

        Ele pode ser superior em alguns itens mas o GTI sempre leva a melhor em todos os comparativos feitos pela gringa.

        O Golf carrega já a idade enquanto o Civic traz um projeto mais novo, natural ser melhor em alguns requisitos.

        • Cristiano_RJ

          Não só no exterior. Todos os comparativos que vi entre os dois aqui no Brasil também o GTI levou a melhor, pois tem mais equipamentos, anda mais e melhor acabamento. Enfim, entrega mais por R$ “investido”. Fora que é um carro bem mais versátil. O Civic Si agradará mais a quem está atrás de um esportivo mais “raiz”, digamos assim.

      • Pedro

        Tá doido? Golf GTI 2018 massacrou o Civic Si 2018 em todos os testes de pista. Olha o Acelerados no Vellocitá, quase 7 décimos de diferença.

        • Wrangler95

          Esse Novo teste não sabia.
          Mas fica evidente que a capacidade dinâmica do Civic Si é admirável.

    • Bruno N

      Imagino que poderia ter opção de cambio automático (sem ser cvt claro), nao vejo tanto interesse por parte de compradores dessa faixa de preço em carro manual, até pq 200 cv atualmente nao considero um super esportivo.

      • Cláudio Modesto

        Motor 1.5 de 200cv é massa.
        Super esportivo hj tem 1500cv
        Evolução monstra, né?

      • Louis

        O CVT pode até ser mais “chato”, mas o Civic Touring acelera mais rápido que este SI manual por causa do CVT.

      • Ricardo

        Não há interesse de manual nessa faixa de preço, mas há muito interesse de manual num esportivo de verdade.

    • Cláudio Modesto

      E os 10kg de torque. Não é pouca coisa.

      • Ricardo

        A mais do Golf né!

    • Cristiano_RJ

      Vantagem em termos, vai depender do que busca o comprador, se um carro mais versátil e que possa ser utilizado no dia-a-dia sem nenhum comprometimento ao conforto e praticidade ou se apenas um esportivo mais “puro sangue”.

  • Gabriel

    Visualmente acho o Civic SI9 muito superior a esse. Ja me acostumei com o visual do Civic10, achei horrível inicialmente, não acho mais, mas tbm não consigo gostar muito.

    Dinamicamente o Si10 está bem superior, e em questão de motor esse 1.5T vai bem melhor que o 2.4, tbm a Honda cagou naquele 2.4 já ouvi de muito Hondeiro fanático que aquele 2.4 é um “meio vetec” que embora tenha litragem maior não é como o K20.

    • Alvaro

      Pois é, a cada geração, o Civic está cada vez mais rebuscado e “indiscreto” nas versões esportivas. Particularmente acho o visual do Si condizente, depois de ver o novo Type R que virou um árvore de natal.
      O Type R antigo EK9 ou FD2, discreto, mas a cor branca com rodas brancas e aerofólio já era suficiente para demonstrar o seu pedigree. O atual virou um show de adereços, extratores, aerofólios, spoilers…

      • TchauQueridos

        Si e o Type R estão mais pra carros de Filmes de gosto muito duvidoso…

  • th!nk.t4nk

    Pelo preço e visual eu esperaria que ele andasse mais. Parece bem simplório, mas imagino que entregue uma condução bem esportiva que compense o resto. E claro, o câmbio manual é um bom diferencial no segmento.

  • Bruno Silva

    Sei que não anda tanto, mas o C180 Coupé estava sendo vendido por 169mil, motor 1.6 turbo com câmbio automático, anda relativamente bem e ainda têm o peso da Mercedes, acho difícil optar pelo Civic, somente para quem realmente faz questão do câmbio manual.

    • Ricardo

      Tem o A3 também.

      • fschulz84

        E por 20k a mais, temos o WRX

        • Tulio Bianchini

          Que para mim vale muito mais a pena…

      • Marcos Megda

        A3 2.0 turbo dá uma canseira nesse Civic. Acabamento muito melhor também.
        Menos purista claro, mas uma opção interessante mesmo.
        A C180 é bem bonita, mas com esse 1.6 nao empolga

        • DrG

          Acho que as propostas são mto diferentes, a princípio o comprador da C180 não considera um Civic Si e vice versa

          • Marcos Megda

            Isso sem sombra de dúvida. O Civic Si atualmente tem um público muito específico e cativo. Ja o C180 coupe ja agrada mais pessoas.

    • GreatU2

      C180 Coupe é sensacional! O câmbio dele não deixa nem um pouco a desejar. Sonho de carro.

      • Filipo

        É um Mercedes, mas o motor é manco! Com 156 cv, 25,5 kgfm e 1.430 kg, só milagre para fazer esse carro andar bem. Não que o carro seja ruim, mas tem desempenho de Cruze. Quem quer desempenho, não o procura.

        • GreatU2

          Cara. Sem sacanagem. Vc dirigiu ele já? Ele corre bem! Lógico q não é desempenho de AMG, mas o bicho é bem esperto.

          • th!nk.t4nk

            O C180 Coupé faz 0-100 km/h em 8,5 s. Não é lento, mas é “ok” pra um modelo de entrada. Considero como tocada realmente animadora de 7,0 s pra baixo. Ou seja, mesmo esse Civic Si aí não é tudo isso também. E de um Civic pra um Classe C tem muuuuuito chão, é água e vinho. Enfim, pra mim esse Civic tá com custo x benefício bem ruinzinho.

            • Filipo

              0-100 em 8,5s? Pelos dados de fábrica ele faz em 8,8s! Na prática deve fazer em 8,9-9s. Peso elevado e potência baixa, não tem câmbio que faça milagres.

              • Cláudio Modesto

                Anda junto com 1.4tsi

              • th!nk.t4nk

                Filipo, me referia aos dados aqui da Europa. Com o combustível brasileiro realmente é mais lento. Mas repito: é um modelo de entrada, feito pra ser econômico e não rápido. Nesse contexto é um carro “ok” sim. A gama desse carro é enorme, tem potência pra todas as necessidades, é só optar pelo modelo certo.

          • Cristiano_RJ

            Não é desempenho de AMG não, não é desempenho sequer de um Civic Touring, quanto mais de um verdadeiro esportivo.

        • Cláudio Modesto

          Sim, mas proposta dele é ser tranquilo, a Mercedes tem alguns carros com centenas de CV.

        • Marcos Megda

          A C180 coupe realmente é só pra visual mesmo e status. Quem quer desempenho passa longe com certeza.. Mas é linda mesmo, traseira muito mais harmonica que o sedan dela

    • TchauQueridos

      Eu não vejo nenhum sentido em pagar 162k num carro manual e com esse acabamento duvidoso.

    • Cláudio Modesto

      Mercedes tem pedigree e Civic não.
      No mundo todo, exceto aqui, mercedes, audi, BMW, accura, lexus são marcas de luxo. Aqui o Civic e o Corolla são carros de bacana.
      É muita exploração.

    • mjprio

      Mas o motor da MB tem 156CV e o carro meio pesado. Será que ele é tao divertido como o japonês?

  • Domenico Monteleone

    São quase 10 kgmf a menos que o gti, por um preço maior, respeito o gosto de quem prefere o Civic, mas eu iria de Golf.

    • Mr. Pennybags

      2!

    • DrG

      Se tivesse a grana Eu só iria de Si pelo câmbio manual. Se o Golf tivesse, aí seria Golf sem nem pensar 2x

      • Cláudio Modesto

        Mas DSG é show, já dirigiu um? Tu nem lembraria do câmbio manual.

        • DrG

          Dirigi um DSG6 num Passat 2011 do meu pai. Sem dúvida um câmbio de trocas instantâneas, mas ainda assim sou cativo de câmbio manual em esportivos

          • Cláudio Modesto

            É outra pegada mesmo. O problema é quando vc cansa de passar marcha no engarrafamento.
            O lance é ter um carro automático pro dia-a-dia e outro pra brincar de piloto no fds :)

  • Ric53

    Nos Estados Unidos: Um belo presente para o filho adolescente por ter entrado na universidade.
    No Brasil: Carro de milionário.

  • Paulino Lino

    Belíssimo e salgado! Por pouco menos que isso eu iria de Golf GTI

  • Marcus

    2019 ou 2018?

  • Charlis

    Esse carrinho deve ser sensacional!
    Mas, poderia muito bem custar o que o Touring custa, como no resto do mundo.

    []s

  • dudupruvinelli

    Salvem os manuais!! A Honda podia ter dado mais um capricho naquele banco de trás, nem parece o interior do SI na foto que mostra ele.

    • Louis

      Fala rapaz, ainda está com o Golf? Só alegrias com o VW?

  • Bruno N

    Com o foco no consumidor purista, faltou algo neste civic, falta motor para ser um verdadeiro esportivo e o câmbio manual, apesar de ter um apelo por pequena parte desse publico, é algo que quem pega 170k, nao sei se vai abrir mao do conforto de um bom automatico, principalmente em um transito caótico. Design também ainda duvidoso, acabamento simplorio e preço abusivo. moral da história, vai vender pouco e nao deve conseguir alcançar o sucesso da penúltima geração.

  • Lucas

    Ou compra um Civic Touring por 123k, faz um remap por 2k e economiza 45 mil em relação ao SI, andando até mais e com melhor conforto.

    • andrei petreira

      Excelente raciocínio. E se a ideia principal for performance e cambio manual, independente de fanatismo por marca, é infinitamente melhor comprar um 208 GT fazer um remap e economizar 83 mil.

    • V12 for life

      Acho muito engraçado comentários como o seu que acha que a diferença entre um carro comum e sua versão esportiva e só a potência, fica evidente que você nunca dirigiu um esportivo.

      • Lucas

        Aham, então justifica esse carro custar quase 50 mil a mais que o Touring, quero ver.

        • V12 for life

          É simples, basta você ir na concessionária e fazer um teste drive em ambos.
          A justificativa é bem simples, brasileiro acha que Honda e Toyota são marcas de luxo, e elas sabem e cobram por isso.

          • Lucas

            Ou seja nenhuma justificativa. Só tem câmbio manual (que é mais barato que o automático), acertos de suspensão e adornos estéticos. Deveria custar pouca coisa a mais que o Touring. Inclusive os EUA o SI custa apenas 4 mil dólares mais caro que o Civic convencional, então não interessa se você adora um esportivo, nada justifica tornar 4 mil dólares (que é a diferença lá) em 13 mil dólares (que é a diferença aqui). Por isso ainda fico com o Touring remapeado, abraço.

        • Maledeto

          A justificativa é que o Si vem importado do Canadá, e o Touring é fabricado aqui. A incidência de imposto no Si é muito maior, mais que a já absurda aplicada no Touring mesmo sendo feito aqui.

      • Filipo

        Sem defender o @disqus_hvQPclV5Wc:disqus e sem desconsiderar o que você disse, mas na prática (digo dia-a-dia), a diferença entre um Si e um Touring com remap + molas esportivas é pouco perceptível. Poucos são aqueles que levam seus veículos para track-days, onde realmente os amortecedores diferentes (adaptativos) juntos com barras estabilizadoras mais grossas podem fazer diferença. Nos EUA, o módulo (vulgo chip) Hondata FlashPro para o Civic Touring CVT o deixa com 214 cv e 30,4 kgfm. Tem concessionária que faz esse serviço por lá por apenas USD 350,00. Fica mais rápido em retas que o Si, também por conta do câmbio CVT. E se economiza uma grana doida!

        • V12 for life

          Nesse caso já entra outras modificações além do remap, o que eu quis dizer que apenas isso não é o suficiente para transformar o Touring em esportivo, o desempenho dinâmico tem que acompanhar.

  • Thiago

    Opinião de quem viu o carro ao vivo: ele chama muito a atenção, não dá para comparar (nesse quesito) com o GTI, A3 ou jetta.
    Alguns talvez o achem um pouco espalhafatoso demais, mas é o estilo japonês…
    Para quem quer se destacar no trânsito não tem igual.
    Acho injustas as comparações com motores 2.0 da VW/AUDI, até porque a honda possui um 2.0 de 252 cv e uma caixa de 10 marchas no accord e poderia utilizar ela.
    Quando ao motor 1.5 não ha milagre para fazê-lo andar igual a um 2.0, menos ainda com caixa manual.
    Agora não há como tirar o mérito da honda de fazer um motor de apenas 1.5 render tudo isso. Desconsiderando o motor a combustão do BMW I8 (B38 – 1.5 – 3 cilindros – 223cv) não há outro motor1.5 com tanta potência em carros de produção.
    O fato do carro ser mais rápido em pista se deve ao acerto dinâmico, já que em pista não basta apenas ter motor.
    Racionalmente falando: vale muito mais a pena comprar um touring e fazer remap, sendo a opção mais barata
    Fato curioso: não vi sensores de estacionamento nem na frente, muito menos atrás.

    • Filipo

      Permita-me discordar, ainda que parcialmente. Para mim, não é injustiça compará-lo com o GTi, por exemplo, uma vez que são concorrentes. E o Si é bem mais caro, mesmo com motor menor e com o GTi usando a cara caixa de dupla embreagem banhada a óleo. O Type R compete com o Golf R, de 310 cv. Se um Si custa atualmente 163k por aqui, imagine o quanto custaria um Type R. Que a VW cobra caro, todo mundo sabe, mas a Honda é ainda mais arrogante em seus preços.
      Mas concordo que o motor de 1,5L seja brilhante para a sua cilindrada. Realmente rende bastante.

      • Thiago

        Sim, pela faixa de preço não há o que falar, a honda viaja na maionese forte…
        Até acho que o correto seria o SI ser uns 15 mil barato que o GTI e o argumento de vendas seria bem convincente:
        “o nosso carro é mais barato por ser mais fraco de motor, mas te diverte igual”.
        Depois que vi lançarem o accord a 199 (mesmo preço do camry), tendo passat e fusion muito mais baratos, vi que a política de preços é: o preço vai ser esse, se quiser, paga.
        Tinha touring 2018 na promoção sem troca por 120 mil (encalhado) na minha cidade.

  • Filipo

    Bem mais caro que o GTi, que é mais rápido tanto em retas como em circuitos*. Bola fora!
    Pela cilindrada, o motor de 1,5L não faz feio, mas o Si merecia o propulsor do Accord (o mesmo do Type R, mas com mapeamento mais contido), ainda mais tendo uma versão “comum” com o mesmo motor e até mais rápida no 0-100 (Touring CVT).

    * Vejam no Volta Rápida, do programa Acelerados, com Barrichello.

  • Marcus Vinicius

    O câmbio podia ser um automatizado

  • afonso200

    gostei do escapamento, da pra plugar um mini USB, kkkkkk

    • Edson Fernandes

      Mini USB gigante! rs

  • Cláudio Modesto

    Nada na Terra justifica esse preço.

  • saulo

    Galera comparando SI com GTI……um é 1.5T outro 2.0T, nao sei se essa comparação de desempenho (em linha reta) é muito justa, seria mais perto comparar o Golf 1.4T então.

  • Mauro Banqueiro

    Lá se foi o roncar aos 8000rpm

  • Pedro

    Por esse preço compro um Golf GTI 2.0T de 230 cavalos, 36 kgfm de torque, DSG, 0-100 em 6,2 segundos, máxima de 250 km/h, com todos os opcionais possíveis.

  • fsjal

    Como qualquer Honda, cobra muito e entrega pouco.

    Não faz sentido custar mais que um Golf GTI ou um Impreza WRX, ainda mais tendo câmbio manual.

    7,2s é o que um Jetta 2.0 TSI fazia.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email