Avaliações Jaguar Sedãs

Avaliação: Jaguar XE R-Sport é entrada VIP para luxuosa britânica

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (1)

A nova porta de entrada da Jaguar não poderia ser outra coisa, senão VIP. O XE é o mais recente sedã de luxo da marca inglesa e está disponível no Brasil desde o ano passado, tendo preços iniciais de R$ 169.900, hoje já aumentou para R$ 172.000. A versão avaliada pelo NA é a R-Sport, topo de linha do modelo quando equipado com motor 2.0, já que existe a versão S com motor V6 3.0.

O Jaguar XE R-Sport custava R$ 199.900 – o mesmo preço do anterior XF 2.0 – mas agora sai por R$ 206.000. Com foco maior na esportividade, o sedã britânico dispõe de motor 2.0 GTDI de 240 cv e capacidade para alcançar 250 km/h, de acordo com a marca. Bem completo, o modelo também vem com uma gama de opcionais interessantes que, no entanto, o deixarão mais caro.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (74)

Se os tempos fossem outros – mais precisamente uns dois anos atrás – fatalmente o Jaguar XE estaria na lista de luxuosos made in Brazil, mas atualmente não há previsão para ganhar a bandeira verde e amarelo. Quem sabe futuramente. No momento, a Jaguar Land Rover se concentra nos Evoque e Discovery Sport em Itatiaia/RJ.

No mercado, as vendas estão para inglês ver, tendo emplacado 37 exemplares em janeiro, mais que o “popular” Hyundai Azera, por exemplo. Ele também ganhou de outro luxuoso europeu, o Volvo S60. Em dezembro, vendeu 44 e ficou há apenas um exemplar do Audi A4. Ainda são números modestos, mas dada a situação lastimável do país, estão de acordo com a realidade atual.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (7)

Por fora…

O estilo do Jaguar XE é bem mais jovial e agressivo que o do XF, mesmo o da nova geração – que chega nos próximos dias ao Brasil – destacando os faróis de olhar mais cerrado e as lanternas, cuja curvatura interna das lentes remetem aos mais recentes F-Type e F-Pace.

O R-Sport deixa o visual ainda mais esportivo, adicionando spoilers proeminentes, saias laterais, defletor traseiro e rodas esportivas aro 18 polegadas com pneus 225/45 R18, pintadas em preto brilhante. Faróis bi-xênon adaptativos com LEDs e lanternas igualmente iluminadas por diodos emissores de luz dão mais destaque ao sedã, bem como as saídas de ar laterais.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (2)

Acabamento preto brilhante envolvendo janelas, kit aerodinâmico e adornos não são itens exclusivos, já que se pode-se, por exemplo, envolver a bela grade com cromo. Mas isso é opcional, assim como rodas prateadas e de tamanho maior, aro 19. As duas saídas de escape são em aço inox e sem acabamento extra.

Mais discreto em alguns detalhes, o XE R-Sport oferece ainda teto solar panorâmico, antena em estilo barbatana e um quase imperceptível defletor de ar sobre a tampa do porta-malas. O visto Jaguar na traseira é acompanhado pela nomenclatura XE e 25t. Sim, a marca inglesa agora também adota números maiores que a cilindrada para identificar seus motores, como algumas marcas alemãs.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (14)

Por dentro…

Se ainda pode-se perceber muito do antigo estilo da Jaguar no exterior, o ambiente interno é bem mais atual, sendo uma clara referência aos mais jovens membros da nobreza de Coventry. Um dos destaques é o vinco curvado e proeminente na parte superior das portas, unindo-se ao painel frontal e criando um visual esportivo. Toda a parte superior é revestida em couro com costuras vermelhas.

O quadro de instrumentos é compacto e apresenta dois mostradores analógicos bem destacados, além do display central para computador de bordo, mídia, telefonia, navegação, entre outros. Tem iluminação branca, mas fica vermelho no modo dinâmico, ressaltando a performance oferecida.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (46)

O volante R-Sport com paddle shifts também faz a mesma referência, tendo acabamento em couro, múltiplos comandos e uma pegada muito boa. A coluna de direção é elétrica (manual ou automática). Infelizmente nessa versão, não havia o HUD, um dos opcionais. No console central, a tela de 8 polegadas da multimídia é envolvida em acabamento preto brilhante, assim como ar condicionado dual zone (que lembra o dispositivo dos Peugeot 208 e 2008) e o túnel central.

O Jaguar XE traz uma nova multimídia inControl Touch, cuja interface é mais intuitiva que a anterior, tendo comandos sensíveis ao toque. O visual lembra muito o Windows Phone. É bem completa e vem com navegador, funções de mídia, telefonia, climatização, configurações e câmera de ré, que pode ser acionada durante a condução, sendo um recurso a mais em segurança. O sistema de som Meridian com 11 alto-falantes tem excelente qualidade de áudio.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (34)

O túnel central abriga o botão de marchas retrátil (poderia ser aquela alavanca do Range Rover Sport). O botão de partida também pulsa como coração humano em stand by, uma exclusividade da Jaguar. Já os modos de condução (dinâmico, normal, eco e inverno) ficam num seletor igual ao dos Land Rover. Há também Start&Stop e desligamento do ESP. O freio de estacionamento é eletrônico e próximo do piloto automático de baixa velocidade.

Os bancos são esportivos e revestidos em couro Taurus perfurado e costuras vermelhas, sendo de dupla tonalidade nesta versão testada. A cor vermelha também pode ser notada nas portas. O banco do condutor tem três memórias, que ativam também a coluna de direção. Os comandos dos vidros são elevados, mas não incomodam. Soleiras de alumínio R-Sport e outros detalhes em metal, deixam o ambiente refinado.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (15)

Na traseira, o espaço para pernas é menor que o desejável, mas ainda assim há difusores de ar e assentos confortáveis. O porta-malas tem 455 litros e estepe fino. Ao contrário do R-Sport visto no segundo vídeo de detalhes do XE, o veículo de testes não dispunha de fechamento elétrico da tampa. Poderia ter um sistema de estacionamento automático. Há sensores dianteiros e traseiros, apenas.

Não há também entrada sem uso da chave de série, sendo necessário apertar o botão para acessar interior e bagageiro, assim como rebatimento dos espelhos externos. Ou seja, os dois últimos – pelo menos – deveriam estar incluídos no pacote, já que se trata de um carro acima de R$ 200 mil. Acredite, no dia a dia fazem muita falta.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (10)

Por ruas e estradas…

No que diz respeito à performance, o Jaguar XE R-Sport vem bem completo. Esta versão adiciona suspensão mais baixa e com ajuste firme, feito exatamente para condução esportiva. O motor 2.0 GTDI é um velho conhecido e, como sempre, responde prontamente quando solicitado, entregando 240 cv a 5.500 rpm e 34,5 kgfm a partir de 1.750 rpm.

Elástico, ele atende bem em qualquer faixa de trabalho, despejando muita energia de forma suave. Mesmo com o câmbio automático ZF de oito velocidades em D, o XE R-Sport entrega desempenho como um esportivo, mas a coisa engrossa no modo S, elevando rapidamente o giro até a faixa vermelha.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (57)

Mas ainda assim, com retomadas muito rápidas – lembrando que o XE tem 75% de alumínio no geral e pesa 1.530 kg – e excelente condução em alta, o sedã anglo-saxão ainda conta com o modo dinâmico, que torna a direção mais direta, realça as reações de motor e câmbio. A Jaguar diz que o XE vai de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e alcança 250 km/h.

Além disso, ele oferece um equilíbrio dinâmico muito bom, reforçado ainda por vetoração de torque, onde as curvas fechadas em alta passam quase despercebidamente aos olhos do condutor. Mesmo com tração traseira, o modelo se mantém muito neutro a maior parte do tempo, mas se forçar uma saída, ele é facilmente corrigível.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (41)

Mesmo não sendo exclusivos da versão (e nem tendo pintura alusiva à performance), os freios atuam muito bem no XE R-Sport. Já a direção é perfeita para o dia a dia e rápida em direção esportiva. Os paddle shifts também são uma atração a mais, garantindo agilidade quando se assume o comando do câmbio.

O conjunto de suspensão é bem equilibrado, mesmo com rodas aro 18 e uma proposta mais agressivo. Exige asfalto bom, mas não reclama muito em irregularidades, o que é bom. Apesar de ser um carro baixo, este Jaguar dificilmente encostou nas muitas lombadas por onde passou, mesmo com lotação completa.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (12)

Tendo ótima posição de dirigir, o Jaguar XE R-Sport é muito prazeroso no dia a dia, além de um pouco frugal, fazendo 7,3 km/litro na cidade e 13,6 km/litro na estrada. Rodando a 110 km/h, o ponteiro marca apenas 1.900 rpm em oitava.

Dessa forma, garante-se mais conforto a bordo e prazer ao dirigir. O piloto automático é um recurso a mais em comodidade durante viagens longas (adaptativo apenas no V6). O nível de ruído é igualmente digno da marca. Sem dúvida, dá para ter o melhor de dois mundos nessa proposta mais esportiva, que é o R-Sport.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (11)

Por você…

Nessa faixa de preço, os germânicos emplacam mais com os Mercedes C250 e o BMW 328, mas o XE R-Sport não parece incomodado. Em realidade, quem busca este belo Jaguar quer sair um pouco mais do lugar comum. Afinal, é muito mais fácil ver os germânicos nas ruas do que este felino de alumínio.

O estilo é jovial e agressivo por fora, enquanto seu interior se revela muito mais atraente que os irmãos maiores, sóbrios e elegantes. Talvez o único detalhe seja o botão de marchas, pois uma alavanca tipo joystick completaria o bom trabalho feito em design e refinamento dos detalhes, voltados naturalmente para performance.

jaguar-xe-r-sport-avaliação-NA (4)

O XE R-Sport é bem completo, mas poderia rever alguns detalhes citados acima, deixando-o mais próximo dos alemães. Mas, no que diz respeito à performance, o sedã de Whitley manda muito bem e entrega muito prazer ao dirigir.

Ele reúne um conjunto muito equilibrado e acabamento naturalmente de um Jaguar, sem comentários nesse aspecto. Tecnologia e sofisticação embarcadas são de primeira linha. Tudo isso reunido em um belo carro, que agora tem a missão de trazer novos clientes para a Jaguar. O XE, sem dúvidas, é entrada VIP ao felino de presas afiadas.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Jaguar XE R-Sport 2016

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 4 em linha, injeção direta, turbocompressor
Cilindrada – 1.999 cm³
Potência – 240 cv a 5.500 rpm (gasolina)
Torque – 34,5 kgfm entre 1.750 e 4.000 rpm
Transmissão – Automática com oito marchas e mudanças sequenciais por paddle shifts

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 6,8 segundos
Velocidade máxima – 250 km/h
Rotação a 110 km/h – 1.900 rpm
Consumo rodoviário – 13,6 km/litro
Consumo urbano – 7,3 km/litro

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Multilink
Elétrica

Freios
Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Liga leve aro 18 com pneus 225/45 R18

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.672 mm
Largura – 1.850 mm (sem retrovisores)
Altura – 1.416 mm
Entre-eixos – 2.835 mm
Peso em ordem de marcha – 1.530 kg
Tanque – 63 litros
Porta-malas – 455 litros
Preço – R$ 206.000

Galeria de fotos do Jaguar XE R-Sport:





  • Ficaria em uma grande duvida entre o C250, XE e 328i caso considerasse comprar algum desses. O novo série 3 seria legal ser avaliado, ele parece muito bonito mesmo com o pouco face lift. A Jaguar realmente é uma marca que surpreende no design. O Jaguar XJ é o mais bonito sedã na minha opinião.

    • Martini Stripes

      C250, XE e Volvo V60 (sim é uma perua, mas é estonteantemente linda) =D

      • A nova 328i seria minha opção, eu acho. Mas se tivesse dinheiro para escolher o carro que eu quisesse, escolheria um Jaguar XJ.

    • Clovislauro

      O novo A4 que ainda não chegou ao Brasil também é show, não poderemos esquecer dele. A Audi está tentando, com algum sucesso, empurrar o A3 sedã como concorrente de Serie 3, Classe C, XE e S60, mas é uma piada isso.

      • Roberto

        Na verdade eu acredito que não, comprador de série 3 ou classe C nem olha pro A3 sedan, também não costumam olhar pro a4 atual. Já esse Jaguar sim tirou compradores do 320 e classe C, digo isso porque dois amigos meus encomendaram um e olha que eles não são típicos compradores da Jaguar, será o primeiro carro da marca para os dois. Nós temos outro amigo em comum que o pai tem tido problemas com a Jaguar mas nem isso fez com que eles pensassem duas vezes.
        Acredito que os compradores de A3, em geral são pessoas que estão chegando a esses sedãs “premium” pela primeira vez. Possa ser que o novo a4 mude isso.

  • fbl

    Nao trocaria uma 328 ou c250 por esse jaguar de jeito nenhum, apesar das qualidades do XE. Bom para o mercado ter mais essa opção, mesmo levando em conta a situação lastimááááveeel do país do pt.

  • Fábio

    Ficaria com esse Jaguar! BMW e Mercedes já enjoaram. Quero novidades.

  • Tosoobservando

    Achei bonito mas nao compraria pq quero um Lexus ou um Genesis.

  • Bittencourt

    Eu acho essa traseira dele deprimente, totalmente sem expressão…uma pena, pois a dianteira e o interior são bem legais.

  • Luciano

    Depois que você entra nesse jaguar vc esquce mercedes e bmw facil…digo por experiencia propria.

  • GPE

    O preço desse carro, em todas as versões, deveria cair, pelo menos, 5%. Se for comparar essa versão testada com a C250, a MB tem mais equipamentos e anda igual e a BMW 328 tem o mesmo nível de equipamentos e anda mais. O que pesa a favor do Jaguar é o design e a exclusividade, já que o valor de revenda é inferior.

  • Gabriel Oliveira

    (suspiro)

  • kravmaga

    É um belo carro.

    Tem motor de Ford Fusion 2.0 turbo mas tem menos peso (por causa do uso de alumínio), um design mais exclusivo, câmbio AT melhor (ZF) e um preço que está competitivo.



Send this to friend