*Featured Avaliações Lançamentos Sedãs Volkswagen

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

O Volkswagen Jetta 2019 chegou em um ponto sem retorno. Ou continuava a ser o carro “esporte” de antes ou seguia para um caminho de frugalidade com comportamento mais ameno.


A marca decidiu seguir o que a maioria dos compradores desse segmento querem.

Assim, o Jetta 2019 agora está mais conservador, embora ainda conserve uma boa dose de performance com seu pequeno motor 1.4 TSI, agora flexível. Maior e mais espaçoso, ele ficou mais confortável.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes


Apostou em um visual mais chique, porém, com visível redução da qualidade do acabamento interno, compensando os ocupantes com as tecnologias que a VW quer colocar em evidência: Active Info Display e Discover Media.

Em um segmento que está cada vez mais espremido por causa dos SUVs e devido a maior importância dos sedãs compactos, o Jetta 2019 não terá uma vida fácil nesse mercado que parece ir em direção ao nicho.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Por fora….

O visual ficou melhor, mais global, diferente do anterior, já cansado.

A semelhança com outros carros do grupo assusta, especialmente em relação ao Virtus, olhando ele de lado. Mas o aumento de tamanho deu ao Jetta 2019 um ar mais elegante.

A frente com faróis de LED chama a atenção e olha que nem são os faróis mais sofisticados, presentes nos modelos americano e mexicano.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

A traseira com lanternas em LED também funciona bem, assim como as rodas de liga leve aro 17 polegadas, que lembram o Virtus.

A inserção de uma vigia nas colunas tirou um pouco do DNA do Jetta, trazendo ele mais para perto do irmão menor e do próximo Passat sino-americano. O teto solar panorâmico destaca bem o modelo, mesmo na versão Comfortline.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Por dentro….

No ambiente interno, não há como negar a influência de projetos como o do Virtus, mas o conjunto elevado no painel dá ao Jetta 2019 mais individualidade e nos faz lembrar que algo assim era feito por um antepassado distante, o Santana.

Não é demérito, ele quer ser mais elegante, algo que o clássico era sem dúvida. Mas, olhando para o presente, o Jetta 2019 na versão Comfortline tem um visual sóbrio e comportado, apesar do cluster analógico com grafismos vermelhos.

Aliás, falando em cores, o sedã médio nessa opção mantém o sistema de iluminação personalizada, mas sem envolver diretamente a instrumentação como no Active Info Display, exclusivo do R-Line.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

É fácil notar, mesmo de dia, as luzes de LED sob o painel, console e portas.

O ar-condicionado dual zone, o revestimento touch costurado sobre o painel e o aplique cinza texturizado na parte central deixam o Jetta Comfortline mais comportado e interessante.

Não há um apelo esportivo como do R-Line, o que ajuda a compensar a falta do mesmo.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

O volante sem paddle shifts e com botões inoperantes (ACC funcional apenas no R-Line) desanima quando se sabe que a performance e o preço – de R$ 114.990 na versão avaliada – exigem tais itens. A partida por botão e o freio de estacionamento eletrônicos hoje são obrigatórios na faixa de preço.

Com bancos confortáveis e revestidos em material que imita couro, o Jetta Comfortline tenta compensar tais perdas com um bom teto solar panorâmico, que ilumina mais e dá algum status. Pena que não corresponda ao que há (ou não há) no banco traseiro.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Sem difusores de ar, porta quase toda em plástico duro, lataria aparente e nem ao menos um USB para carregamento (o que fica mais próximo está sob o apoio de braço central dianteiro), destoa muito da proposta que a VW oferece na frente. Parece outro carro.

Pelo menos os espaços para as pernas e cabeças são bons, assim como o tamanho do porta-malas, mesmo com os pescoços de ganso. Afinal, 510 litros são bem-vindos em qualquer segmento.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Por ruas e estradas….

Mesmo mais comportado, o Jetta 2019 não deixa de lado a performance que tanto marcou a geração anterior (exceto é claro, em relação ao 2.0 8V), trazendo de volta do México o nacional EA211 1.4 TSI com 150 cavalos a 5.000 rpm e 25,5 kgfm a 1.400 rpm.

Flex, os valores independem do combustível. Assim, a escolha vai mais pelo valor do litro do que exatamente pelo consumo, embora o 1.4 TSI tenha bons números oficiais nos dois casos.

Nós fizemos 11,2 km/l na cidade e 15,1 km/l na estrada, com a ótima gasolina da VW.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

O propulsor teutônico é muito forte, seja o flex ou o movido a gasolina, ele entrega uma boa resposta em quase qualquer regime. Pode-se andar esportivamente, que ele compreende e atende. As retomadas, mesmo no modo Eco são pontuais numa emergência.

É fácil chegar aos 6.500 rpm, quando há o corte de giro. O câmbio no modo manual atua igualmente bem e é bem independente nesse modo. No modo Normal, o Jetta 2019 anda solto, divertido. As respostas são mais previsíveis, mas compensadoras.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

No Sport, o novo Jetta mantém o EA211 cheio e aproveita todo o torque abundante em sua longa faixa de plenitude. Normalmente fica entre 4.000 e 5.000 rpm em sua atuação, o que deixa o Jetta 2019 bem esperto.

Com trocas de marchas suaves e em regimes bem acertados, não há do que reclamar em termos de desempenho, exceto pela falta dos paddle shifts, para tornar a brincadeira mais agradável. Dada a maciez maior da suspensão, por momentos parece que há mais motor que carro.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Falando em comportamento, a plataforma modular MQB é bem rígida e neutra, garantido boa dirigibilidade, mesmo em curvas bem fechadas, mesmo com o eixo de torção traseiro. Obviamente, com multilink ele seria ainda melhor.

Pelo comportamento em asfaltos ruins e ruas esburacadas, o Jetta 2019 foi bem acertado em termos de suspensão, assim como uma direção adaptativa e agradável. Os freios também ajudam no bom equilíbrio do Jetta 2019. De maneira geral é um carro gostoso de dirigir.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Por você….

Se não pensa em ser o passageiro traseiro, então não se preocupe com as críticas em relação ao que está atrás.

Centrado na parte frontal do habitáculo, os recursos oferecidos pelo Jetta Comfortine são interessantes.

Obviamente seria bom ter o Active Info Display e até o AAC com Front Assist, mas o pacote oferecido não é de todo ruim, tendo ainda multimídia com Android Auto, Car Play e Mirror Link, câmera de ré, gestão de climatização e configuração pessoal personalizada.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Os modos de condução são um diferencial, especialmente o Individual, que pode ser salvo. A iluminação personalizável também.

O teto solar é legal, mas custa R$ 5.000. A Volkswagen até está promovendo o pós-venda com três revisões grátis, mas o valor de R$ 109.990 é realmente alto.

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes

Por esse preço, há o interessante Cruze LTZ 1 por R$ 109.790, embora não tenha o mesmo conteúdo, tem melhor acabamento e desempenho próximo.

Enfim, o Jetta 2019 é um bom carro dentro de sua proposta, mas é preciso olhar em volta.

Medidas e números….

Ficha Técnica do Volkswagen Jetta Comfortline 250 TSI 2019

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha, flex

Cilindrada – 1.395 cm³

Potência – 150 cv a 5.000 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 25,5 kgfm a 1.400 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – Automática com seis marchas e trocas manuais na alavanca

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 8,9 segundos

Velocidade máxima – 210 km/h

Rotação a 110 km/h – 1.800 rpm

Consumo urbano – 11,2 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 15,1 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 17 com pneus 205/55 R17

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.702 mm

Largura – 1.799 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.474 mm

Entre eixos – 2.688 mm

Peso em ordem de marcha – 1.331 kg

Tanque – 50 litros

Porta-malas – 510 litros

Preço: R$ 109.990 (preço base), R$ 114.990 (versão avaliada)

Volkswagen Jetta Comfortline 2019 – Galeria de fotos

Avaliação: Jetta 2019 foca no conforto, mas peca nos detalhes
Nota média 4 de 4 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email