Avaliações Chevrolet SUVs Vídeos

Avaliação NA: Chevrolet Trailblazer V6

chevrolet-trailblazer-fotos-avaliacao-146-620x412 Avaliação NA: Chevrolet Trailblazer V6

De visual imponente e preço exorbitante, a Chevrolet Trailblazer ainda é daqueles carros que as pessoas não vêem pelas ruas. Se trata de um lançamento, e daqueles que vendem pouco: em dezembro e janeiro, seus dois primeiros meses “cheios”, não passou de 150 unidades por mês.



A Chevrolet tratou de manter o utilitário como modelo premium neste seu início de vida ao lançá-lo apenas com versão LTZ, quer seja com gasolina quer seja com diesel. O preço começa nos 145.000 e termina nos 175.000 reais. E por já termos avaliado a Nova S10 com o motor 2.8 turbodiesel, pedimos para a GM uma unidade com motorização a gasolina.

As fotos não conseguem fazer jus ao que se percebe apenas pessoalmente: a Trailblazer é bem maior do que parece. Para perceber melhor isso, veja que as rodas exibidas nas fotos dessa matéria tem nada menos que 18 polegadas. A altura do veículo é grande, fazendo da Trailblazer um utilitário ainda maior que seus concorrentes diretos.

chevrolet-trailblazer-fotos-avaliacao-3-620x412 Avaliação NA: Chevrolet Trailblazer V6

E com isso vem um certo problema, pois faltou uns dois centímetros para o rack de teto raspar no portão da garagem onde acomodamos este grandalhão. Em termos visuais, na frente nada muito diferente da Nova S10, a não ser por um parachoque ligeiramente modificado.

Na traseira, lanternas “modernosas” que agradam a alguns mas não convencem outros, que acham que elas mais parecem lanternas Altezza de vários anos atrás. O modelo é completo, tem banco do motorista com regulagens elétricas e uma central multimídia no centro do painel que tem desde leitura de DVD até câmera traseira de estacionamento e GPS.

Chevrolet Trailblazer V6 – Impressões do interior e qualidade de acabamento

chevrolet-trailblazer-fotos-avaliacao-79-620x412 Avaliação NA: Chevrolet Trailblazer V6

E já que começamos a falar do interior, ali a Chevrolet fez questão de tratar muito bem quem desembolsou uma pequena fortuna para ter uma Trailblazer na garagem. Alguns detalhes diferenciam o modelo em relação à versão top de linha da Nova S10, como bancos forrados em couro bege e também acabamento das portas e da parte inferior do painel no mesmo tom. Ficou muito bonito.

Só que infelizmente a parte superior do painel continuou com o plástico rígido existente até mesmo nas versões 2.4 Flex da S10. O volante e o quadro de instrumentos são os mesmos itens da pickup, e a central multimídia, embora de boa qualidade, não se encaixa muito bem com o resto do painel, e apresenta botões um tanto duros e esquisitos para uma central de um carro tão caro.

chevrolet-trailblazer-fotos-avaliacao-114-620x412 Avaliação NA: Chevrolet Trailblazer V6

Os bancos são confortáveis e a posição de dirigir é boa, até mesmo para quem tem uma estatura menor. A fileira do meio acomoda bem três pessoas, e os dois bancos lá de trás levam os ocupantes com mais conforto do que modelos menores como Spin ou Livina, mas quem tem mais de 1,70 metro de altura ainda sofre.

chevrolet-trailblazer-fotos-avaliacao-44-620x412 Avaliação NA: Chevrolet Trailblazer V6

chevrolet-trailblazer-fotos-avaliacao-35-620x412 Avaliação NA: Chevrolet Trailblazer V6

Chevrolet Trailblazer V6 – Vídeo de detalhes

Chevrolet Trailblazer V6 – Comportamento e consumo na cidade

Como avaliamos anteriormente a Nova S10 com motorização 2.4 Flex e também com o motor 2.8 turbodiesel, escolhemos a Trailblazer 3.6 V6 movida a gasolina para vermos como se comporta o modelo com o único motor com o qual ainda não tínhamos tido um contato de uma semana.

Este motor tem 239 cavalos de potência e 33 kgfm de torque. É mais potência que a versão diesel mas um torque bem menor. Mas não pense que é por causa disso que a Trailblazer com motor V6 a gasolina não anda bem. Ela tem um desempenho bom, é claro que não temos a mesma performance do que a versão diesel, as acelerações acabam sendo um pouco mais lentas, mas ainda adequadas.

E ainda por cima o conjunto da Trailblazer V6 entrega aquele ronco grave característico de brutamontes americanos. Este ronco grave e gostoso se transforma em um som mais metálico e agudo em altas rotações, mas continua igualmente interessante, música para os ouvidos.

Notamos apenas um pequeno buraco entre segunda e terceira marchas, o câmbio fica um pouco indeciso e às vezes temos pouco torque para andar em terceira, o que faz com que o câmbio fique reduzindo e subindo de marcha continuamente.

A suspensão é confortável, mas sempre é necessário se lembrar da origem de um modelo como a Trailblazer, que ainda trepida e balança bem mais do que um automóvel de passeio. Comparando com um sedã grande, a diferença no conforto é bem notável.

O problema mesmo é o consumo, que é bem alto. Veículos com motor V6 já consomem muito, tanto que em sedãs grandes a tendência tem sido motores de quatro cilindros com turbo, para um consumo melhor. E em um utilitário super pesado como a Trailblazer, o consumo fica pior ainda.

Conseguimos uma média de 4,8 km/l na cidade, com ar-condicionado ligado, em um estilo normal de condução, na maior parte do tempo com apenas uma ou duas pessoas a bordo. Dentro da cidade fica muito claro porque a versão diesel custa 30.000 reais a mais. Além de ter uma motorização mais cara de se produzir, o fabricante cobra a mais por um veículo que terá um custo por quilômetro rodado bem menor.

Chevrolet Trailblazer V6 – Comportamento e consumo na estrada

Na estrada, o modelo também vai bem. Temos ainda alguns pontos positivos adicionais neste ambiente, em comparação com a cidade. Andando a 100 km/h temos apenas 1.800 rotações do motor em sexta marcha, e não ouvimos nada do motor dentro da cabine.

Apenas temos um pouco de ruído aerodinâmico nas portas, o que mostra uma forração um pouco deficiente neste área. Os passageiros vão bem confortáveis, pois temos saídas traseiras de ar-condicionado também, que gelam rapidamente, ou seja, se trata de um utilitário bem apropriado para viagens longas em família.

Nas curvas, é necessário um pouco mais de cuidado, pois o peso alto e o centro de gravidade também alto pedem que andemos em velocidades menores em estradas mais sinuosas. Muitas vezes é complicado fazer uma curva a 100 km/h, pois a carroceria inclina bastante e os bancos não tem muito apoio lateral.

E o consumo rodoviário foi alto mais uma vez, ficando em exatos 8,0 km/l, em uma viagem de 1.200 quilômetros que fizemos andando a 110 km/h com ar-condicionado ligado e quatro pessoas mais bagagem a bordo. Na estrada, a diferença de consumo entre um utilitário V6 e um sedã V6 acaba sendo ainda maior, algo na casa de 20%, uma diferença bem maior do que tivemos na cidade.

Chevrolet Trailblazer V6 – Ficha técnica

Motor: A gasolina, dianteiro, longitudinal, 3.564 cm³, seis cilindros em V, quatro válvulas por cilindro, duplo comando e sistema de abertura variável de válvulas. Injeção eletrônica multiponto e acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio automático com seis marchas à frente e uma a ré. Tração traseira, integral com acionamento eletrônico, acoplamento elétrico e reduzida. Oferece controle de tração.

Potência máxima: 239 cv a 6.600 rpm.

Torque máximo: 33,5 kgfm a 3.200 rpm.

Aceleração de 0 a 100 km/h: 9,1 segundos.

Velocidade máxima: 180 km/h.

Diâmetro e curso: 94,0 mm X 85,6 mm. Taxa de compressão: 10,2:1.

Suspensão: Dianteira independente com braços articulados, molas helicoidais, barra estabilizadora e amortecedores telescópicos hidráulicos pressurizados. Traseira do tipo multilink, com molas helicoidais, barra estabilizadora e amortecedores hidráulicos pressurizados. Oferece controle eletrônico de estabilidade de série.

Pneus: 265/60 R18.

Freios: Discos ventilados na frente e atrás. Oferece ABS com EBD.

Carroceria: Utilitário esportivo montado em longarinas, com quatro portas e sete lugares. Com 4,88 metros de comprimento, 1,90 m de largura, 1,84 m de altura e 2,85 m de entre-eixos. Oferece airbags frontais e de cortina de série.

Peso: 2.087 kg.

Altura mínima do solo: 23,2 cm.

Ângulo de ataque: 32º.

Ângulo de saída: 21º.

Capacidade do porta-malas: de 235 a 1.830 litros.

Tanque de combustível: 76 litros.

Produção: São Caetano do Sul, São Paulo.

Lançamento: 2012.

Itens de série: Airbags dianteiros e de cortina, ar-condicinado automático com saída para a parte traseira, assistente de partida em aclive, banco do motorista com ajustes elétricos, chave canivete, computador de bordo, controle de velocidade em declive, controle de estabilidade e tração, faróis de neblina, ABS com EBD, revestimento em couro, lanternas em led, rodas de alumínio de 18 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, trio elétrico, rádio/CD/MP3/Bluetooth/AUX/USB e volante multifuncional.

Preço: R$ 145.450.

5.0

  • Brunobrasil

    Quanto aos preços oficiais, altíssimos, aqui em Pouso Alegre está sendo vendido por R$ 129 mil (gasolina) e 159 mil (diesel). Mas acho que é fabrico de 2012.

    • Filipe_GTS

      Bem verdade, algumas multimarcas independentes têm a pronta entrega por R$ 130mil
      Possivelmente a GM irá baixar os preços em breve

    • Pedro_Rocha

      Ainda assim estão caras.

    • crisburatto

      Passei em frente a concessionária aqui de Londrina, tem uma em exposição escrito no vidro: "bônus de 12 mil reais".

  • ricardo78scs

    Eu já vi várias, pois moro em São Caetano, realmente é um carro bem grande, mas não tem o requinte pra custar tudo isso.

    • Geanmatheus
      • rogerrosato

        HA! Manual?! Tem Evoque manual disponível no Brasil?! Subiu no meu conceito, agora!

        • Geanmatheus

          Hum…. não tinha reparado nisso, realmente.
          Não sei se existe a versão manual no Brasil.

        • radiobrasilcombr

          Eu não compraria um manual NUNCA.

          • rogerrosato

            Eu 100% compraria. Certamente seria entre 5 e 8 mil reais mais barato além de permitir um contato muito mais próximo e esportivo com excelente conjunto mecânico do carro. Por que "NUNCA" compraria? Mora em São Paulo? Fica 3 horas por dia no trânsito? Não sabe dirigir um manual? Por quê? Frescurinha não vale…

            • radiobrasilcombr

              Sei dirigir sim, mas não sou piloto, e opto pelo conforto ao extremo e por isso tenho um automático. E o conforto de um automático pra mim é indispensável, ainda mais num carro "de luxo".

              • rogerrosato

                Bem… talvez quando chegar nos meus 50-60 anos eu pense dessa forma, até lá prefiro mais dirigibilidade que conforto, ou, ao menos, um bom equilíbrio entre os dois, mas sempre com preferência para o prazer em dirigir. Um carro "sala de estar", onde vc se torna um motorista quase expectador pra mim é inconcebível. Gosto de dirigir, talvez seja isto. Nem todos gostam.

                • radiobrasilcombr

                  Gosto não se discute. Eu com 35 estou satisfeitíssimo com um crossover automático.

                  • granrs78

                    Concordo com vc, pois quem defende um carro manual, principalmente um SUV ou Crossover nunca dirigiu um carro automatico com essas novas caixas de marchas bem modernas.

                    • rogerrosato

                      Errado. Já dirigi, sim, e elas continuam a reduzir, em alguns casos de forma dramática, o contato motorista-carro. A sensação de expectador é muito forte quando vc está acostumado com manuais, principalmente naquelas constantes reduções desnecessárias que a absoluta maioria dos automáticos fazem ou naqueles 300 anos que levam para perceber uma aceleração brusca e reduzir marcha. Dirija um carro manual, depois dirija o mesmo modelo na versão automática, vc vai ficar impressionado em como a sensação de desempenho aumenta, parece que o carro libertou-se.

                    • Edson Roberto

                      Tudo depende do tipo de cambio automatico. Ainda que seja mais anestesico, o CVT acelera muito bem, ainda que seja com conversor de torque, 7 ou 8 marchas (mercedes e ZF8 HP) esses cambios são dignos de velocidade de troca muito proximo do manual e com uma entrega de potencia interessante. E ainda os de dupla embreagem que são muito divertidos.

                      Mas aqui eu só coloquei o que tem de opção o que não é necessariamente seu gosto já que gosta de cambios manuais.

                    • rogerrosato

                      Sim, não omito os méritos das excelentes caixas ZF 8 marchas e Mercedes 7 marchas, porém ainda penso que reduzem a interação com o meio mecânico, com o conjunto do carro, além de custarem os olhos da cara.
                      A ZF 8 marchas no BMW série 1 europeu custa em torno de €3.000 a mais e tem um desempenho e economia praticamente igual a manual de 6 marchas da marca. De boa, somente pagaria esses 7-8 mil reais a mais caso o desempenho fosse MUITO superior, ou morasse em uma cidade que me obrigasse a ficar várias horas por dia no trânsito. A BMW deveria focar mais nos dupla-embreagem… é o meu "porém" sobre a marca. O DSG de 7 marchas que a Audi vem usando humilha esse ZF em desempenho e custa menos.
                      Quanto ao CVT, sim é excelente: todo o torque sempre pronto para ser despejado às rodas… mas isso não compensa a mega anestesiada que ele dá no carro, parece que vc está dirigindo um carrinho de bate-bate. Ficaria com um CVT num carro urbano, focado em economia e trânsito caótico, como os Kei Cars japoneses.

                    • granrs78

                      Nesse seu pensamento as Ferrari, Lamborguini, Maserati, Audi R8 e Camaro não dão nenhum prazer ao motorista, afinal ou são automaticos ou automatizados.Eu tenho um carro automatico de 6 marchas e nunca ele fez isso que vc fala em reduções desnecessárias, muito pelo contrário é só pisar que vc vê do que um bom cambio automatico faz junto com um motor ótimo. Não sei em qual carro vc dirigiu para falar que um manual é melhor que um automatico, mas para esses tipos de carros SUv e Crossover é uma total eresia a opção manual, pois quem quer esse tipo de carro quer conforto e não ficar trocando de marchas feito um condenado.

                    • rogerrosato

                      Ferraris, Lamborghinis, Bugattis e outros superesportivos são automatizados, estamos aqui falando de automáticos. Automatizados preservam o desempenho, nos dupla-embreagem até mesmo o melhoram.
                      Mas quanto aos automáticos que dirigi/andei: Honda Civic e Honda City tive a oportunidade de comparar com suas versões manuais que são dramaticamente mais divertidas e "acordadas". Também já tive experiência em um Ford Fusion 2.3, num C4 Pallas e num Camaro V6 (modelo 2000). Quando, em uma subida de uma rodovia, pisa um pouco mais no acelerador para não perder muita velocidade, muitas vezes o câmbio desce uma marcha, quarta, por vezes terceira! Isso faz o motor berrar sem a menor necessidade e aumentar o consumo. Mesmo nos automáticos mais modernos, onde esse fenômero é menos frequente, são claras essas reduções desnecessárias. Essa é uma das coisas que mais me irritam nos automáticos: eles não sossegam! Ficam trocando as marchas como uns retardados, principalmente em situações rodoviárias, onde num manual vc nunca tiraria da 5ª marcha. A outra coisa que disse que me irrita é o mega delay nas acelerações, em alguns modelos, como no Civic, vc chega a ter tempo de perguntar "E aí, vamos?!".
                      De boa, atualmente moro em Maringá, o trânsito está longe de ser ótimo, ainda é melhor que o de Campinas, onde morava, mas ainda não vi a necessidade de me livrar do pedal da embreagem. Trocar de marchas é tão natural, automático, que nem percebo, não tem essa estória de ficar "como um condenado". Se, com a idade, decidir aposentar o pé esquerdo, será por um automatizado de dupla-embreagem.
                      E pare com essa estória de "heresia". Nem todos os Crossovers e SUVs são focados em conforto absoluto. Na realidade o propósito dos SUVs nem é o uso urbano… o Range Rover, por exemplo, é bem mais esportivo que "confortável", portanto fico com sua versão manual 1.000 vezes.

            • hiperleo

              Sou como você, Roger. Mas agora, chegando aos 35 anos, começo a sentir uma certa vontade de ter um carro automático. Moro no DF e o trânsito aqui ainda não é calamitoso, mas já está se tornando cansativo. Por outro lado, adoro a sensação de controle total do carro e quando há um conjunto motor-câmbio-suspensão bem ajustado (o carro que mais senti isso foi um Polo hatch que dirigi), você não sente falta alguma de câmbio automático. Talvez haja mais 'comunicabilidade' entre motorista e carro com um câmbio moderno de cinco, seis marchas e possibilidade de trocas manuais. Mas esses aí de quatro marchas, sem muitos recursos, me desanimam.

        • krestu

          Haha foi a primeira coisa que reparei, afinal na Evoque automática nem alavanca do câmbio não tem, e sim aquela bolinha que sobe para selecionar as marchas.

          • rogerrosato

            Ou seja, uma várzea… antes via alguns automáticos, que reduziam dramaticamente o contato e dirigibilidade do carro, e pensava "Só falta arrancarem a alavanca…", bem… não falta mais.

            • Edson Roberto

              O seu Fiat 500 na versão "Ferrari" (fazendo alusão a aquele em que donso de Ferrari poderiam ficar na falta do seu bolido na manutenção) também eram por botões. Nada pratica e ainda…. DUALOGIC. E então a motorização forte com altos trancos segundo várias reportagens.

              Eu fico imaginando que um dono de Ferrari deve ficar "feliz" com isso.

              • rogerrosato

                Edson, não sei o que lhe faz pensar que vou defender tudo o que a Fiat faz. Colocar um Dualogic 1ª geração na versão esportiva do 500 é mancoso MESMO, eu não compraria. Fizeram-no pensando nas transmissões automatizadas da Ferrari, por certo, mas detalhe que aquelas são de dupla-embreagem. Se colocassem um Dualogic Plus nele, eu concordaria, pois é mais barato que um dupla-embreagem e mesmo assim é MUITO melhor que um Dualogic 1ª geração, melhor que alguns automáticos. Não que seja MUITO de meu interesse… vc já deve ter percebido que eu ficaria com o manual, se houvesse a opção.

                • Edson Roberto

                  Eu não falo que vc defende. Só citei por vc ter o carro pelo simples fato de ser um 500.

                  Quanto a defender… eu acho que eu vejo mais vc citando sua realidade e seus gostos. Como já conversamos antes, eu não levo o que vc pensa para o lado pessoal como se fosse uma ofensa. É que estamos vendo pessoas que levam aqui no NA, mas comigo é uma discussão saudavel onde passo a aprender como todos. :)

                  Eu sinceramente sobre um 500 "Ferrari", ainda apostaria no cambio TCT que seria mais justo para a versão alusiva.

                  • rogerrosato

                    Haha! Adorei seu comentário! Qm não gostaria do TCT, não? Só espero que a Fiat não cobre os olhos da cara por ele quando aportar aqui em terras americanas. Também espero que tenha sido cautelosa com toda essa estória da inexistência do banho de óleo. A Audi teve vários problemas com o A1… eis o custo do pioneirismo. Fico extremamente feliz que as marcas europeias estejam "pulando" os automáticos, haja vista que nunca deram certo por lá, estão investindo pesado nesses dupla-embreagem, indiferente da GM, que parece que ficará encalhada nos seus automáticos de 6 marchas por um bom tempo, ainda, e não parece querer investir em desenvolvimento, pois está desistindo dos automatizados, inclusive nos seus modelos básicos.
                    Quanto ao TCT no 500 esportivo, acho que só não o usaram por se tratar de uma novidade no grupo Fiat ainda, deve ter a produção ainda cara e dúvidas sobre a confiabilidade… no caso, como já disse, um monoembreagem de segunda geração daria conta. Acho que é uma questão de tempo até a Fiat tomar alguma atitude nessa direção.

      • Leo_Galo

        Evoque tem algumas diferenças. Por exemplo, a versão mais completa da Blazer sai por 160 mil, a Evoque, o preço inicial da versão mais básica é aproximadamente 180 mil. E outra, quem compra a Blazer quer espaço e abre mão de tecnologia e acabamento. Por exemplo, a Evoque cabe 3 pessoas no banco de trás apertados. Ja o Chevrolet cabem 5 com conforto. Por outro lado, a Evoque tem muito mais ítens de série e tecnologia e logicamente um preço maior. A versão mais completa da Evoque gira em torno de 250 mil.

        • Geanmatheus

          A versão mais básica custa 164.000, a top sim custa 250-260.000

          • Leo_Galo

            não sei onde você viu esse preço não, mas deve que na sua região sai por 164. Mas aqui em Minas Gerasi, a versão mais basica está 184 mil. E no programa Vruum do SBT, na reportagem falou que o preço inicial é de 180 mil. Mas, devem que lançou uma mais basicona, bem limpa, estilo Brasil…

  • CleSilva

    um belo carro pra quem tem dinheiro de sobra!

  • Realmente, tem loja vendendo por preços bem abaixo da tabela, mas nas nossas avaliações sempre temos de levar em conta o preço de tabela oficial do modelo.

  • Dragoniten

    Eu sinceramente não consigo ver o que nesse carro justifica todo esse preço (na versão a gasolina).
    É um carro de 145 mil que não tem nem AC Dual-Zone. Não estou dizendo que é um item essencial, mas há vários carros de 80 mil que já possuem o equipamento.

    Possui modo 4WD, okay, mas a versão Diesel tem muito mais torque se for pra utilizar em condições off-road.

    • Acport

      Fluence de 57 mil já possui ar dual zone. Quase 1/3 do valor da Trailblazer.

      • GuiBashop

        Eu já comentei algumas vezes aqui que prefiro continuar com meu Captiva. Realmente é um valor muito salgado essa Trail Blazer.
        Mas tenho algumas perguntas para o Éber.
        O espaço na terceira fileira, comparado com o Toyota SW4, é maior ou menor?
        Esses apoios laterais do banco seguram bem o corpo? Não achei muito funcionais, parece que o banco é muito largo.
        O Toyota SW4 que você avaliou também tinha saídas de AC no teto?
        Vlew brother Éber, mto sucesso para o Blog.

  • KawasakiNinja

    O cara paga o preço de um apartamento pra andar num carro com painel de plástico duro e q faz 4,5 kms/litro!!!!!! Tem q ser muito otário mesmo!!!!! Só no Brasil!!!!!

    • Filipe_GTS

      Pra comprar esse carro é requisito que vc tenha uma moradia de mais de 600.000, 850.000 ou 1.000.000 de reais
      Se o cidadão for se matar pra comprar um carrão de 150.000 sem ter dinheiro à vontade sim, aí é um otário de verdade
      Mas não se esqueça que tem muita gente rica no Brasil, que compra iate de 8 milhões, cobertura na beira-mar (de diversas cidades) por 6milhões, 8 milhões… Não faz nem cócegas adquirir um desses aí ou um X6M, por exemplo

      • AniBALL1975

        A Volvo agradeçe o preço cobrado dela Dna GM , assim como agradecia a Land Rover

      • Louis

        Realmente, tem gente que tem muita grana. Se dermos uma volta nessas cidades badaladas de temporada, onde a concentração de "ricos" é grande, podemos ter noção de como tem gente com grana.
        E quem tem casa de R$ 1mi, dificilmente tem só 1 imóvel.

      • riccorreasp

        600 mil? Aqui em SP qualquer apartamento um pouco melhor beira 1 milhão.

    • Jeremy_Hall

      Isso daí não é pra mim, muito menos pra você, meu caro.
      Quem compra um carro desses normalmente mora num apartamento de no mínimo R$600.000 num belo bairro nobre.
      Triste ia ser pra mim, um pobre assalariado, juntando os trocados pra comprar um Logan, chegar em casa com um bicho desses. Não cabe nem na garagem!

      • Edson Roberto

        No meu caso não é um Logan, mas um dos carros fica no supermercado (pago por mes) porque não há vagas disponiveis.

        Além disso, não caberia nas vagas existentes. Impressionante, um dono comprou um Vitara e não coube… na conclusão, trocou por um TR4! rsrsr

    • pauloreis

      realmente, a burgesada paga sem pestanejar…. um carro mau projetado, beberrão, com plástico duro…. tem carro, imóvel, etc… muito melhor que isso, diria até que vale a pena gastar essa grana em um cassino em las vegas do que comprar isso… sem comentário

    • Long_life_tobigcars

      Muitos se esqueceram que há muitos brasileiros como o da foto abaixo.

      <img src="http://perlbal.hi-pi.com/blog-images/2300925/gd/135345732361/Consumismo.jpg"&gt;

  • andrevidigal

    Não, obg, próximo.

  • Chatt08

    Não sei se estou correto, mas essa central multimídia é acessório original vendido nas concessionárias, nem opcional é… Acho que o preço que foi mencionado não inclui essa central!

    • Filipe_GTS

      Tenho a impressão de que vc está correto, acho que li algo a respeito. Esse carro é bem "bruto", poderia ter ar de 3 zonas também.

  • Anderson

    Sugestão: Acelerar mais o motor na apresentação do carro. Nesse carro e principalmente no DS3 é muito frustrante não poder escutar o ronco do motor.

  • fip_mengo

    Éber, se fosse pra escolher, sem levar em conta o preço, você ficaria com a S10 ou Trailblazer?

    • Evil_Kelevra

      Vc vai usar a caçamba ou nao? Responde essa pergunta que é 80% do caminho andado…

      • Filipe_GTS

        Tem muita gente hoje que compra pick up média sem usar a caçamba, por simples questão de gosto
        É, de fato é um desperdício, mas se a pessoa realente quer aquele carro e não compra por impulsividade não vejo problema
        Tem um amigo da família que só compra pick ups diesel há anos, já teve S10, Ranger (ambas das antigas), Hilux SW4 e acabou de comprar uma S10 nova LTZ diesel.
        Todos os carros ele rodou além dos 100.000km, geralmente em cidade e estrada pavimentada.
        Ele tem sítio, mas até um sedã com molas esportivas e rodas 17" é capaz de chegar no sítio dele.
        Como ele roda bastante com os carros, há justificativa para o diesel.
        Também não vejo problema em comprar essas pick ups sem jogar na lama e usar e abusar do 4 x 4, pois ele não troca a cada modelo novo… Usa de verdade, mais de 100.000km cada carro pra depois trocar (O SW4 chegou aos 145.000km, ano 2007 completo. Foi pago R$ 170.000 e vendido por 90.000)

        • Evil_Kelevra

          Entendo, mas a questão que respondi é referente a Blazer ou S10, a maior diferença entre elas é o preço, aí ele falou "sem levar em conta o preço", como os opcionais são os mesmo e a mecânica é a mesma, o que muda é se ele quer caçamba ou 7 lugares… num tem muito segredo.

          Já quanto ao seu comentário, eu acho que é jogar dinheiro fora sim. Ele pagou 145K na SW4, desse valor uns 30K ou mais é referente aos custos com mecânica e engenharia para fazer o carro apto para o off-road e carregar peso(caso das pick-ups), se o cara nunca vai usar essa tecnologia/capacidade, ele está jogando esse investimento fora. Se for questão de economia de combustivel no diesel, qnts km ele vai ter que rodar pra compensar esses ~30K? Se for pra cidade compra qualquer sedan grande, suv ou crossover feito pra cidade!

          • rsc_dhc

            mas ai nesses 30mil q vc disse…tem o gosto do cara!…tem gente q GOSTA de camionete…tem o fator seguranca!…..q ai entendo q pode ser rebatido com a SUV…mas se considerar o primeiro com o segundo motivo q eu dei…e o cara prefeirir uma Ranger nova a uma Edge por exemplo e ainda fala q a Edge eh 15 mil mais cara ainda na versao topo de linha!….e tem o fator economia de combustivel.. mas esse acho q sempre eh a ultima opcao…pq tem q rodar muuuuito pra fazer valer a diferenca de dinheiro!!

    • Antonio De Julio

      Compra um baú e transforma a caçamba em porta-malas.

  • Tah caro demais.

    [youtube 8ERwFooQtvE http://www.youtube.com/watch?v=8ERwFooQtvE youtube]

    • Dragoniten

      HAHAHAHAH Exatamente!

    • alemaomoreira

      Essa propagando é fantástica! Uma pena que sirva para todas as montadoras.

    • josevaldop

      Melhor propaganda de carro do Brasil…. muito boa

  • duhehe

    Com esse dinheiro tem muita opção no mercado, o todas no minimo melhores que essa trailbrazer.

    A versão a gasolina deveria custar R$ 99.000 e diesel no maximo 119.000. E já estaria pedindo tudo e mais um pouco, já que ela não tem porque custar isso.

    • guto05

      Pois é, estava pensando aqui. Uma mit dakar nao seria uma melhor opçao nao?

    • cepereira2006

      Na verdade, a versão a diesel deveria custar no máximo 10.000 a mais que à gasolina. Não acredito que o custo de produção de uma caminhonete a diesel seja maior que isto, em relação ao modelo à gasolina. As montadoras se provalecem, pois o carro terá mais torque, usando um combustível mais barato, e portanto terá mais procura. Como todas cobram mais, isto ficou institucionalizado. A única que não cobra o "ágio" do diesel é a SsangYong, cobrando a mais o valor que, creio, seja o acréscimo no custo de produção.

      • Leonardo Carvalho

        Na época do lançamento da Land Rover Freelander 2011 diesel, esta versão custava apenas 10mil reais a mais que a versão à gasolina. Não sei os preços atuais.

  • tiards

    Deveriam ter feito comparação com a ja testada hilux sw4.

    • dudupruvinelli

      Hilux fica no chinelo comparada com essa.

  • Landrutt

    Sendo sincero, eu não consigo ter como concorrente direto desse carro o XC60, Evoque, Edge e outros "queridinhos" dos comentaristas daqui. Não entra na minha cabeça que alguém possa ser capaz de querer um tiranossauro rex desses(no sentido de ser grandalhão) se não precisar andar corriqueiramente com 7 pessoas, por isso, NA MINHA OPINIÃO, não faz sentido compará-lo com crossovers e SUVs menores. Sempre vou compará-lo ao SW4, Mohave e Pajero Full, que custam aproximadamente o mesmo que o GM, com motores Diesel como o Trail, e ao Land Rover Discovery, que custa bem mais. Tem o SsangYong Rexton, de porte igual e motor diesel, mas que custa o mesmo que o GM com motor V6 a gasolina. No mais, acho um carro bem bonitão, imponente…mas só compraria se realmente precisasse da combinação dos dos 7 lugares em um SUV, e teria que ser o Diesel. E ainda assim eu daria uma olhada com carinho no Rexton.

    • doro

      Melhor comentário ate agora! Concordo plenamente. Pessoal compara SUV grande com Crossovers e SUV pequeno-medio e não tem nada a ver mesmo pois as finalidades são totalmente diferentes. Não adianta chorar o preço de carro no Brasil. Só é o que é pois a galera compra e todos aqui que lêem o NA sabem disso. Só compraria um carro deste porte se nas redondezas de minha fazenda não tivesse uma concessionária da Mit pra comprar uma Pajero Full (temos que pensar na manutenção.
      Agora o que não da pra entender é a galera que compra este tipo de carro e vive em cidades grandes com estas nossas ruas pequenas e vagas apertadas. Mas se ele gosta de sofrer…

    • Filipe_GTS

      Imponente é a palavra exata pra esse carro. Eleva o ego 10x acima da altura que estará o dono nas ruas, efetivamente sobre os outros motoristas. (há quem aprecie, e muito, essa condição e está disposto a pagar por isso)
      Se eu quisesse um carro desse eu compraria o V6 mesmo. O diesel deve apresentar mais conforto em retomadas, por conta do torque. Mas pelo consumo não sei se vale a pena, pois o diesel também está caro e esse carro não vai fazer mais de 10 km/l de diesel na estrada. O SW4 aut. faz 9 km/l no ciclo combinado.

      • hiperleo

        Tem outro aspecto também: assim como eleva o "status" de seu proprietário, é um carro que chama muita atenção da bandidagem. Alguns importados no mesmo preço ou até mais caros podem ser mais discretos e menos "perigosos" de se usar em determinadas cidades. Acho que os compradores da Trailblazer moradores de grandes centros vão querer blindar o carro…

    • MarceloAmorim

      Voce está corretissimo,apesar dos valores parecidos,nao sao concorrentes diretos…A GM com toda certeza só mirou e se baseou na SW4 e na Dakar pra compor a Trailblazer.

    • edvarvilarneto

      Pois é. O curioso é que o pessoal que faz esse tipo de comparação é o mesmo que reclama de quem compra carro para esbanjar/se exibir. Mas ao mesmo tempo o critério levando em consideração por estes é o status da marca.

    • tiards

      a Dakar também entra nessa parada e custa bem menos.

  • Felipe

    As analises são ótimas, mas essa abertura é muito longa, enjoativa e chata. Se fizer uma versão mais curta já melhora bastante.

    • edvarvilarneto

      É verdade. Eu sempre pulo.

  • JoaoPauloGT

    Eu não compraria, acho que o interior deveria ser mais requintado e não tenho necessidade de levar 7 pessoas.

  • Filipe_GTS

    5 por litro na cidade e 8 por litro na estrada: achei que poderia ser pior!
    Esse carro me parece similar à SW4, que já dirigi diversas vezes. A diesel automática é um carro bastante interessante de se rodar, pois é realmente mais alto que grande parte dos demais carros na rua e apresenta um excelente torque em baixíssimas rotações (característica do motor, óbvio).
    Eu entendo a compra de um Trailblazer, pois há pessoas que gostam das características que citei. Esses carros transmitem segurança e superioridade nas ruas.
    Eu teria um desses, se tivesse uma família grande, pra viajar. Com mulher e 5 filhos dentro do carro eu não andaria rápido, então a suspensão ruim de curvas não iria incomodar. A tração seria adequada pra trechos não pavimentados de praia, serras, ou quaisquer outros obstáculos que quisesse transpor. O conforto da família e uma certa segurança num acidente frontal, por exemplo, estariam assegurados. A minha eventual mulher também ficaria contente de rodar com esse trambolho alto e automático quando eu não estivesse usando. Mas seria obrigatório ter um carro menor para o dia a dia.
    Enfim, trata-se apenas de um devaneio, acho que eu não compraria um desses não, com o que custa optaria por um sedã alemão. Mas, novamente, é plenamente possível entender as razões de quem compra (que não são lá muito inteligentes, convenhamos). Porém, como não vai apresentar muitas vendas, que compre quem tem dinheiro.

    • Louis

      É o mesmo consumo da minha ex-S10 V6 CD. Levando-se em consideração o cambio AT, está dentro do esperado.
      Só seria possível melhora com um motor 4 cilindros turbo.

    • canino_preto

      Se botar sete pessoas pra viajar tem que despachar a bagagem!

  • ToNemAi_

    A GMB deve estar fumando… Para lançar esses carros novos com acabamento ruim (pRastico duro) e soube que a Trailbrazer nem o botão do farol tem iluminação ^^. Cobrar 50k num sedanzinho sem vergonha e numa Pick up por esse preço que tem menos que outras…

  • Achei simples, a nível de comparação, uma Prado da de dez a zero em requinte. Painel de plastico duro é complicado.

    Poderia ser rico, jamais pagaria um valor deste a este carro, não vale o quanto pedem.

  • birchip

    Com o preço da versão top de R$ 175.000,00 do Chevrolet Trailblazer dá para comprar também um Land Rover Evoque Pure ou quase dois Fiat Freemont Precision. Com certeza muitos irão rodar bem longe das estradas de terra.
    <img src="http://img822.imageshack.us/img822/2311/compareq.png"&gt;
    Segundo pesquisas Chevrolet Trailblazer é o veículo nacional mais caro do Brasil.

    • cavevolution

      Não seria a SW4?

      • MarceloAmorim

        Nao,a SW4 é feita na Argentina.

        • tiards

          a sw4 é mais barata

          • ManuMessi

            Não é mais barata, se a trailblazer esta 175k e a SW4 185k, onde fica a conta?

            • juliano alex

              mas acabou de falar que é o nacional mais caro

          • MarceloAmorim

            SW4 SRV 7 lugares-181.900
            Trailblazer LTZ-175.450

    • ToNemAi_

      Bobo quem compra esse freemont da fiat. Quem quer mesmo esse carro compra o da dodge que é muito melhor ja pelo painel.

      • juliano alex

        pq diz isso companheiro? não tenho ctz mas quando foi lançada a freemont ela estava à frente da journey (digo em estética, painel,lanternas traseiras de led etc). agora saiu a journey reestilizada que é igual ao freemont mas com motor diferente.

  • Antonio De Julio

    Eu vi na ruas, é enorme. Dá até medo, rs

    Mas, com esse visual chinês, eu sinto saudades dos tempos que eu babava pelos carros da Geme

    Da safra atual, só sobrou o Cruze mesmo…

    • Louis

      Um carro que me impressionou pelo tamanho foi o Toyota Tundra. Aquilo é um monstro! rs

      • fep

        Realmente, a Tundra é enorme mesmo.

    • canino_preto

      Toda vez que alguém fala bem do Cruze me vem a imagem daqueles faróis monoparábola de carro pé de boi.

  • Freaky_Boss

    Com esse preço a GM passa a seguinte mensagem:
    Queremos ter uma margem de lucro exorbitante com esse carro. Vai que cola e vendemos 1 por mês, já terá valido a pena.

    • canino_preto

      Realmente, pague 3 e leve 1!

  • Leo_Galo

    Há alguns pontos que podem justificar esse preço elevado, como o tamanho do carro, durabilidade e porte. Porém, há outros pontos que não. Como falta de sensor automático de limpador de vidro, 6 airbags e até uma economia porca da chevrolet, o stepe em vez de ser roda de liga, é de aço.Mas pelo espaço e tamanho do carro, acho que vale a pena sim, desde que, logicamente a pessoa tenha dinheiro e o comprador se encaixe na proposta desse carro. Gostei.

    • canino_preto

      Nada, absolutamente nada justifica o preço desse carro!

  • vitimsl

    O SUV é muito bonito, isso é fato. O interior também ficou bacana e o consumo, sinceramente, achei que ai ser bem pior. O carro pesa mais de 2T, tem boa potência… Com isso, acho o consumo aceitável. O foda é o preço, que ficou exagerado. Mas se a Hilux SW4 vende bem (em Minas é raridade ver SW4 a gasolina, sempre vejo a versão TOP diesel, ainda mais cara que a TrailBlazer) e é um verdadeiro concorrente da Blazer, o preço não ia ser bom mesmo…

    • MarceloAmorim

      Tbm acho,o carro é lindo,tem mais porte,mais motor que a SW4,perde no requinte e nos equipamentos,o erro pra mim é preço,se baixassem ela pra 150,venderia bem.

    • canino_preto

      Detesto, absolutamente detesto essa linha ascendente das portas traseiras. Parece que o carro é uma adaptação da pickup.

  • leandro_sylvio

    Absurdo,um carro de 145 mil com um acabamento de carro de 30 mil, eu fico revoltado com essas montadoras, e ainda vende 150 unidades.

    • cavevolution

      Acabamento superior do painel do Agile…rs

      • rogerrosato

        Acabamento inferior ao do painel do Fiat 500 ou Punto, que são em torno de 100 mil reais mais baratos.
        Peraí, vou dizer novamente: cem-mil-reais.

    • cavevolution

      No lugar dos plasticos rigidos e duros, poderiam ter substituido com um material com espuma.

    • Filipe_GTS

      Eu nao sei pq veem tanto problema nisso
      Eu mesmo não fico alisando o painel do carro, eu pego ele e dirijo
      Há anos que os carros são feitos de plástico por dentro

      • Rafael_rec

        Eu também queria entender essa obssessão contra o plástico. Se for um painel bem desenhado e bem acabado, tanto faz se é emborrachado ou só de plástico. As partes do carro que eu tenho contato são os bancos e portas, entáo esses devem ser confortáveis. Em relação ao painel, como eu náo dirijo deitado ou com a cara colada nele eu não vejo problema no plástico duro, desde que tenha um desenho bonito e seja bem montado.

        • canino_preto

          É pensando em você que as montadoras locais projetam e fabricam suas carroças…cara, raciocina: o plástico é o material sintético mais barato que existe!

      • leandro_sylvio

        Filipe, quando o consumidor gasta mais por um produto na teoria esse produto precisa ter mais valor agregado que seria entre outras coisas um painel (e toda a forração das portas) com um material melhor, emborrachado seria o caso, porque a borracha atua melhor no isolamento que o plástico por ela ser mais flexsível.A verdade é que carro com a forração interna toda em plástico conforme é utilizado (lembra de nossas estradas esburacadas) dá folga nas peças plásticas ai vira aquela barulheira interna.

  • YoOdEx

    Acho bem legal esses utilitários com 7 lugares. Ta certo que você fica sem porta-malas, mas é muito interessante fazer uma viagem curta de 1 final de semana com várias pessoas!

    Agora, meu carro de 50 poucos mil possui algumas coisas que achei meio inadmissível em um veículo desse preço: Chave presencial e teto solar. Pode parecer bobagem em um carro de 50 mil, mas em um carro de 150 mil é obrigação ter! Hoje em dia eu acho muito arcaico tirar a chave do bolso, colocar na ignição para ligar. É como vidro elétrico. Parecia uma "frescura" no começo, mas é um conforto bem legal de se ter!

    • cavevolution

      Apesar que a sua concorrente direta (SW4) também não possui chave presencial.

    • Louis

      Com uma Spin de 50 e poucos mil também é possível fazer uma viagem com 7 pessoas rsrsrs. E com razoável conforto.

      • 3ic

        2 adultos e 5 crianças. até nisso a gm foi malandra do comercial da spin hehehe

  • Wow02

    Quem compra este carro é otário! Não tem 1 motivo sequer para comprar ese carro frente a outras opções no mercado…

    • cavevolution

      O Carro é ótimo. Se fosse mais barata e eu tivesse grana para comprar um SUV, pegaria uma TrailBlazer.

    • 3ic

      então, quem cmpra qq carro nessa faixa de preço nessa categoria

    • Everton

      Rede de concessionárias Chevrolet.

      Nenhum concorrente tem o pós-venda dele.

  • alexhmoraes

    Curiosidade, como fica as Polícias que utilizavam a Blazer?

    • cavevolution

      A Toyota chegou na frente e colocou a SW4 com viatura.

    • rogerrosato

      Trocaram os capotamentos das Blazers pelos capotamentos das SW4. Muito inteligente nosso poder público em escolher esses carros para viaturas…

      • Louis

        Você só se esqueceu de que viaturas sempre precisam transpor obstáculos como canteiros centrais, passar direto em lombadas, etc, coisa que um SUV tira de letra. Agora, para fazer curvas no limite, um SUV é perigoso mesmo.

  • shdn2010

    Não vale o que pede e ponto final.

  • rogerrosato

    Fui só eu, ou mais gente também achou que esse acabamento interno cheio de superfícies lisas de plástico duro não justifica em nada os quase 150 mil reais pagos pelo modelo?! Aquele volante "à lá" Opala Diplomata também tá difícil de engolir, heim? E os controles do painel naquele termostato de geladeira não me desce. Sinto muito, Chevrolet, assim vc não conquista este cliente!
    Só de olhar para o carro ele já te passa uma imagem de insegurança, e isto pode ser confirmado na análise do NA. Sério mesmo, por 145 mil reais não ficaria com esse interior chinfrim e essa estabilidade de trator. Sou mil vezes mais um série 3…

  • WislenRamos

    E esse interior todo de plástico aí?! R$145k é muito pra esse carro!

  • pumagtb

    Não obrigado, vou de Pajero Dakar, Grand Cherokee, ou Evoque são muuuito mais carros.

    • fep

      Com certeza!

  • Américo Silva Neto

    Sou muito mais uma Dodge Journey!! Carrão, motorzão PentaStar de 286cv, acabamento superior e tudo mais….por R$122 mil….

    • 3ic

      a gasolina somente….suspensão.mais baixa…..parece um celta perto da blazer em tamanho……….menor rede de css……… Esta cara, sim esta, mas comparar carros para finalidades e nichos diferentes fica dificil.

      o correto é comparar com a dakar, sw4 e etc…

  • pauloreis

    A burgesada paga sem pestanejar…. um carro mau projetado, beberrão, com plástico duro…. tem carro, imóvel, etc… muito melhor que isso, diria até que vale a pena gastar essa grana em um cassino em LAS VEGAS do que comprar isso… sem comentário

  • ManuMessi

    Pq preço exorbitante se a SW4 esta custando aproximadamente 185k e a top da trailblazer esta na faixa de 172k. Pq esta colocação de frases indutivas pelo site? Sejamos corretos e se a trailblazer esta cara, tem outras muito mais…

  • Tiago_Beneditto

    Olá Eber será que não tem como você postar o teste que nem era antes, pois apesar de a gente gostar muito de carro, e eu sou
    fã do NA, a postagem dessa maneira fica muito cansativa e se a gente não entra no site todo dia acaba perdendo o teste, só se achar
    no you tube para ver, resumindo, dividido o teste por parte era bem melhor, quando chegava o modelo a ser avaliado você destacava esse modelo e
    depois vinha os vídeos, se você puder voltar como era antes fica a sugestão, obrigado pela compreensão, quanto a Trailblazer é um belo SUV, eu estava ansioso para ver o teste.

  • Caro.

  • Brunocarro1998

    Se a pessoa viaja para lugares com estradas difíceis e com necessidade de 7 lugares, é uma boa compra, até porque não chega ser tão ruim em equipamentos. Agora, se é pra ficar na cidade, temos XC60 para a versão a gasolina e Evoque contra a versão a diesel. Sobre o acabamento, não é essencial ter emborrachado, mas o problema, é que concorrentes já tem até couro no painel.

  • rattrap587

    Com 145K eu não compro um Trailblazer. Com 175K eu tb não compro uma Trailblazer. Tem coisa muito melhor por aí que custa bem menos.

  • Tiago Beneditto

    Olhando o vídeo novamente eu fico em dúvida entre a Pajero Dakar V 6 ou Trailblazer, pois as duas são do mesmo segmento, o ronco do motor V 6 é nota dez.

  • Manoloxuning

    Não vale o que custa, assim como o Camaro.

    • 3ic

      acho que o camaro é o unico carro do brasil que tem um custo beneficio menos ofensivo, comparada a outras aberrações esportivas, off road e etc vendidas por aqui. Caro ele é, mas é o mais proximo do justo nessas terras tupiniquins.

      Nã existe carro em brasilis com mais de 400 cv custando meno de 200 mil. São quase 4 veloster ( considerando a cavalaria liquida e não bruta como é divulgada) ou um pouco mais de 2 jetta Si em potencia

  • fep

    Um preço desse para os retrovisores não funcionarem, absurdo !

  • Adriano_Silva

    Em relação a este carro existem três opções básicas 1º o possível comprado valoriza seu dinheiro e muda de nível, compra um Land Rover, 2º Como a maioria dos donos nunca vai utiliza-la no fora de estrada, prefira um sedã de luxo, e por fim 3º rasgue dinheiro e embarque na onda da GM.

  • granrs78

    O que eu fico muito puto da vida é justamente esses preços altos dos Suvs ou Crossover no Brasil,pois lá fora a diferença de preços para um sedan médio é pequena, e no Brasil dá para comprar dois sedans médios com o preço de um Suv. Quando será que teremos preços desses modelos mais baixos por aqui, pois ter que comprar somente esses modelos usados é bem frustante.

  • nightsky14

    Que vergonha e imagino o quanto a GM está lucrando em cada unidade com esse PORCO acabamento. Até a Freemont possui melhor acabamento, inclusive o Som superior, já fiz o test drive. Imagina a Dodge Journey. Mas a GM aproveita que tem muito bocó que compra por ser "GM" achando que é a mesma qualidade das antigas Grand Blazer..

  • Magnus

    Prefiro comprar uma Suburban usadinha de importação independente . . . . . .

  • 3ic

    acho curioso…ela tem 6 cilindros 239 cv e um torque quase igual a de um opala 4.1 de 134 cv com 30.1 kgfm de torque máximo a 2.000 rpm

  • kikofar

    Até acho que o preço é por aí mesmo, tendo em vista a concorrência. O grande problema é o nível de acabamento desse veículo perante um Pajero Full, um Kia Mohave. É um acabamento muito fraco, com muito plástico duro simples demais. Ouso até a dizer que é um pouco abaixo dos velhas Hilux SW4 e Pathfinder. Essas duas podem estar com design cansado, mas no acabamento chegam a ganhar dessa TrailBlazer.

    Quem compra um carro desses, na imensa maioria dos candidatos a proprietários, já andou ou já até teve carros desse patamar. A GM tem que se ligar! Não estamos mais em 1997, época em que havia poucos SUV's no Brasil, a internet engatinhava nas universidades brasileiras e o conhecimento das opções do mercado era pouco difundido e bastava botar apliques meia-boca de plástico imitando madeira, rodas e apliques "exclusivos" na carroceria para os endinheirados assinarem os polpudos cheques pelas Blazer V6 Executive beberronas.

  • TONY_SHARKS

    É um carrão e tanto, mas o preço tem que ser mais camarada, pois foge muito á realidade do nosso bolso.

  • LS7

    O ronco desse motor acelerando me lembrou o do Diplomata 6 cilindros que tive há alguns anos. É simplesmente delicioso. Apesar de antigo, o torque do 4.1 do Opala chegava perto do torque desse 3.5 da Trailblazer. Na estrada não havia subidas.

    • 3ic

      sim, foi o que citei acima. o opalão tinha "apenas" 30.1 kgfm de torque com metade da cavalaria.

  • Trevor_Z

    175 Mil, e não tiraram nem esse freio de mão de celta, ridiculo..tinha que ser com botão

  • Nasckar

    Por 130 mil, melhor seria um Kia Sorento TOP, meu amigo comprou uma, o carro é espetacular ( Motor de 280 CV).

    • 3ic

      não pode esquecer que, tanto a kia quanto a hyundai divulgam seus pocotos em cv brutos ( norma SAE) enquanto a maioria ( a gm se inclui ai) divulgam seus pocotos liquidos ( ABNT), ou seja, esse 280 cv deve render naverdade uns 238 cv liquidos ( a perda é de 11 a 20 % entre cavalaria bruta para a liquida. Fiz as contas com 15 % para ficar na média. Isso que as coreanas fazem chama-se marketing e a vw ja fez isso na dec de 90 com o santana comparando-o ao monza.

  • Antitruste

    Traseira horrorosa…me lembra suvs antigas americanas, lanterna xuning, nada a ver…sou mto mais a pickup original…a gm qdo parece que vai melhorar soh piora…
    E por esse preço, nao vale…tipico carro camburao arrotando caviar rss

  • fl4v10r04l

    quase nao vejo esse carro… é uma mosca branca!

  • Marcio

    Eber Parabens
    Gostaria que vc fisesse uma comparção com a sw4 tipo estabilidade retomada ja que a sw4 é traçao 4×4 permanente.

  • TonyMontana

    Desliga o carro qdo for mostrar tudo por fora…..mto ruído =)

  • Rafa222

    Por um valor desses muito mais um Kia Mohave

  • Sias

    Este tipo de carro a gasolina não compensa, a menos que tu seja sócio da BR. Acabo de fazer uma viagem de pouco mais de 1 mil km. Na estrada consegui 13,5 km/l e gastei R$178,00. Se fosse com gasolina faria no máximo uns 11km/l e teria gasto R$274,00 (tudo a preços daqui). Minha última média de cidade foi 9,1km/l contra uns 5km/l se fosse gasolina.

  • Claudinei – PR

    Por esse preço compraria um Freemont (de 7 lugares) que tem muita qualidade (é praticamente um Journey), o motor é mais fraco, porém, se é CARRO FAMILIAR, não vamos apostar corrida.
    Com o "troco" de +/- R$ 45 mil compraria um Jetta semi-novo (triptronic) ou outro sedã similar. Ficaria com dois carrões, com excelentes acabamentos e conforto.
    Obs. Minha Zafira Elegance 2008, tem muito mais conforto (portas forradas em tecido, todos os vidros tipo one-toch, mesinhas nos encostos traseiros, os bancos extras deixam espaço para o portas-malas, etc)………do que essa Travecoblaizer…
    Abraços….

    • Diassis

      Eu concordo plenamente com a obervação acima. O Reporter foi infeliz ao dizer que a terceira fileira da TravecoBlazer foi otimizada em relação a Zafira. Não há comparações: a terceira fileira como a da Zafira, não existe. Pessoas com altura de 1.80m pode sim viajar na terceira fileira da Zafira graças a segunda fileira que é corrediça, podendo ser regulada, em quelquer distência, para oferecer mais conforto para a terceira fila. Alias, acho que este tipo dever 'patenteado' ou muito caro ou qualquer outra coisa deste tipo, pois em nenhum outro modelo da GM este tipo de sistema foi adotado. Excelente soluções que infelizmente nunca mais veremos.

  • Pedro

    Parabéns ao N.A. pelas avaliações e por informar os apaixonados por carro dos lançamentos e etc…

    Acompanho o NA há pouco tempo, mas adoro a parte das avaliações, por isso parabenizo toda a equipe do site e especialmente ao Eber pelas excelentes avaliações e também pelos vídeos completos, ricos em informações.

  • Rafael

    Bem normalzinho o ronco desse motor v6.. você precisa ouvir um boxer e mudar os seus conceitos.

  • W_Costa

    Sem dúvida o Trailblazer é um gigante (ainda mais no preço), seria conveniente uma avaliação de SUVs mais acessíveis a maioria que busca dar o primeiro passo para o mundo SUV, como o Duster e o Ecosport, principalmente os 2.0, que têm motor mais adequado pras dimensões dos carros, já vi relatos de ex-proprietários de pickup que teceram elogios (com algumas ressalvas) destes "acessíveis" SUVs, acho que seria interessante vê-los aqui no NA.
    <img src="http://imgsapp.estadodeminas.vrum.com.br/app/noticia_128576568202/2012/10/20/46752/20121020095559205769a.jpg"&gt;

  • Pitaco

    Como tem comentário tosco aqui hein? o nível está pior. Se não vai comprar, não tem grana, não tem interesse, comentem avaliações referente as categorias que interessam. Imagina um barão comentando a avaliação de um gol, não tem sentido, assim como usuário de gol comentar categorias fora de sua realidade.
    Agora tenho uma pergunta para o Éber, o 2.4 flex da nova s10 aproxima do v6., já que tu comentou sobre o excesso de reduzidas nas subidas!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend