Avaliações Citroen Minivans

Avaliação NA – Citroen C4 Picasso 3 – Comportamento, consumo cidade

Avaliação NA - Citroen C4 Picasso 3 - Comportamento, consumo cidade

Você pode até ter estranhado que nas duas primeiras matérias que fizemos sobre a minivan Citroen C4 Picasso, apenas tecemos elogios ao modelo, sem criticar nada. Mas é que o visual e também a vida a bordo da C4 Picasso são realmente muito elogiáveis. Só que isso não se estende muito aos momentos depois que giramos a chave e damos a partida.


A minivan tem um bom comportamento, isso temos que admitir. Sua suspensão é bem macia, os bancos são confortáveis, do jeito que um carro familiar tem de ser. Temos um bom espaço interno tanto na frente como atrás e seus equipamentos de série trazem um bom conforto.

Aliás, um detalhe pequeno, mas que me agradou demais foi o freio de estacionamento elétrico que liga e desliga sozinho. Como assim sozinho? Bem, digamos que você acabou de ligar o carro. Engatou o D e acelerou. Não precisa desligar o freio de estacionamento, ele percebe que você está acelerando e desliga sozinho.

A mesma coisa acontece quando você para o carro e desliga a chave. O freio é acionado sozinho. Estes detalhes são muito bons para quem entra e sai do carro toda hora. É uma mão na roda. Só que depois de falar do lado bom, temos na hora de acelerar temos aquele velho problema dos modelos atuais da Citroen.


Estamos falando da mistura desagradável de peso de mais e motor de menos. Acontece em quase toda a linha da Citroen. O C3 tem um bom desempenho com motor 1.6 16v, mas C3 Picasso, C4 e Xsara Picasso ficam lentos com o mesmo propulsor.

E no topo da linha, temos modelos como C4 Picasso, Grand C4 Picasso e C5 com um motor 2.0 16v que não dá conta de seu peso. A minivan que estamos avaliando pesa 1.511 quilos, sua versão de sete lugares pesa 1.560 quilos, e o C5 também passa dos 1.500 quilos. Números que deveriam ser acompanhados de um motor maior, V6, ou pelo menos um 2.4 com uns 170 cavalos, mais ou menos.

Em todas as avaliações da imprensa voltadas para estes modelos da Citroen, os comentários são de que o desempenho é fraco ou apenas satisfatório. Poderia ser melhor, se o câmbio automático instalado tivesse pelo menos cinco marchas, mas continuamos com o velho câmbio de quatro marchas.

Ele reduz ainda mais o desempenho do motor, e aí acabamos precisando de uma certa paciência ao guiar a C4 Picasso. Se você não tiver pressa, tudo bem, as coisas melhoram e você curte o passeio, que fica interessante graças ao parabrisa panorâmico.

E por falar em desempenho fraco, quando temos um carro com essa característica, o consumo não consegue ser bom. Com o Citroën C4 Picasso, ficamos com uma média de 6,0 km/l na cidade, alternando momentos com o ar-condicionado ligado e outros com ele desligado.

Você tem que forçar mais o motor em subidas e outros momentos, além de que o câmbio automático da minivan insiste em manter marchas mais baixas quando poderia soltar um pouco mais o carro e engatar a próxima marcha.

Consegui resolver isso por sempre selecionar a próxima marcha através da borboleta para trocas de marcha que existe atrás do volante, mas mesmo assim o consumo ficou ruim.

Avaliação NA – Citroen C4 Picasso 3 – Comportamento, consumo cidade
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email