Avaliações Fiat Hatches

Avaliação NA – Fiat 500 Cult Dualogic 2 – Impressões do interior e qualidade de acabamento

O interior do Fiat 500 com certeza já é algo diferenciado o suficiente para colocar o carrinho em um nicho à parte de outros compactos da faixa de 40.000 reais ou pouca coisa a mais. Uma parte do painel é pintada na mesma cor externa da carroceria, e os controles, hastes e volante podem de um bege bem claro como você vê na foto acima, algo que não é possível encontrar nem mesmo na lista de opcionais de modelos da mesma faixa de preço.

E é isso que o modelo tenta destacar, para que a falta de espaço interno não fique em tanta evidência. Se o carro for usado apenas por duas pessoas, você não notará tanto a falta de espaço. Ela é muito mais evidente no banco traseiro, onde pessoas com mais de 1,70 metro de altura certamente sofrerão ao ficar ali em percursos mais longos.

Quem tem 1,80 de altura, por exemplo, não consegue ficar com a cabeça totalmente reta, e as pernas também sofrem, principalmente se for uma pessoa razoavelmente grande que andar na frente. Mas é aquilo, muitos Fiat 500 por aí são de propriedade de pessoas solteiras ou casais sem filhos, aí esse problema acaba não importando muito.

Apesar da parte superior do painel do Fiat 500 Cult ser de um material rígido, não temos uma impressão de acabamento ruim não. Os componentes são bem alinhados, não temos frestas grandes nem rangidos ao passar por trechos de piso ruim. O painel das portas também é inteiramente rígido, embora uma parte macia com revestimento de tecido da mesma cor dos bancos (no caso do carro em questão, vermelho) dê um bom toque ao acabamento ali.

Os bancos do Fiat 500 Cult Dualogic que estamos avaliando são de um acabamento vermelho e bege. Este acabamento pode também ser cinza e bege, se você preferir. Essas duas opções são disponibilizadas quando o carro é pintado de um branco perolizado. Se a cor de pintura for outra, as opções de cores do acabamento interno também são diferentes.

Caso você esteja se perguntando se aquelas áreas claras no banco, no painel e no volante se sujam facilmente, a resposta é sim. O Fiat 500 tem de ser usado por pessoas que não irão sujar muito as suas mãos no trabalho diário, e também deve ficar muito longe de estradas de terra e áreas rurais. Caso isso não seja observado, você terá um problema.

O quadro de instrumentos é bem pequeno, ao estilo Gol G4 de ser, mas é mais completo e bonito, o que compensa o fato de ser muito pequeno. No centro do painel, temos um sistema de som incorporado ao visual do painel, e abaixo os controles do ar-condicionado.

A alavanca do câmbio Dualogic tem um revestimento cromado na parte traseira, o que dá algum requinte a esta área também. Veja nas fotos que os bancos dianteiros tem uma área de assento mais larga do que o comum em carros compactos, afinal, o 500 também é vendido nos EUA. Os bancos são confortáveis e o banco do motorista tem regulagem de altura.

O porta-malas do Fiat 500 é bem pequeno, e não é apenas ruim para viagens, mas também ao se fazer coisas corriqueiras, como ir até o supermercado. Mesmo com o carro sendo usado por apenas duas pessoas, muitas vezes a compra do mês não cabe no espaço do porta-malas mais o espaço do banco traseiro. Fica complicado.





  • KaiserM606

    Tenho no meu 500 e recomendo a todos o Kit que inclui volante de couro e os comandos no volante. Dá outra cara para o interior, sem o volante de couro o volante parece bem pobre. Um ponto que a Fiat esqueceu foi a iluminação interna do porta luvas. Outra coisa que eu mudaria de lugar é o extintor de incêndio, fica horrível no local onde vem de fábrica.

    Não foi falado e muitos donos nem sabem que isso existe: no banco do carona existe uma gaveta.

    • andy_irons

      sempre bom umas dicas… pra quem gosta de coisas diferentes esse carro é muito legal

    • MyFault!

      Acho q o dono do 500 avaliado deu uma olhada nessa gaveta depois de ler esse comentário.

  • Gregori_Costa

    Não curto o interior no Cult, as cores não ficam boas na minha opnião, curto mais o do sport multi-air, que é escuro.
    Fora isso, esse carrinho é muito interessante, se eu pudesse ter um segundo carro ele ficaria no topo da lista de opções.

    • giodoesitbetter

      Curioso. Optei pelo Cult justamente por essa opção de cor. Se fosse escolher um carro com interior claro, tem milhões de opções no mercado.

      • Gregori_Costa

        Isso é que é legal, quase sempre existe um carro que agrade o gosto das pessoas. Eu num curto muito a coloração do interior desse cult, já você curte, isso que dá diversidade no mundo automobilistico.
        Nesse caso em especifico o que não me agrada mesmo é a cor do volante, acho estranho ele em claro. O porsche com o interior bege tem a mesma coisa.

    • Leandro1978

      Eu gosto, principalmente a disposição das cores dos bancos (vermelho e bege), achei que ficaram boas. Assim como o painel claro. Foge justamente do marasmo dos nossos modelos monocromáticos de hoje. Obviamente que isto tem o preço de se tomar mais cuidado para não sujar, mas basta ser cuidadoso.

    • rogerrosato

      Vc pode optar por um conjunto mais discreto de cores. O meu 500, por exemplo, tem os bancos cinza e preto, painel e volante pretos. Como a carroceria é chumbo (cinza metálico), a parte colorida do painel é desta cor, portanto fica um interior bem sóbrio, porém com bom acabamento.

      • Gregori_Costa

        Não sabia que o Cult tinha como ter o interior mais discreto, bom saber. Mas creio que mesmo assim eu preferiria o sport por causa do 1.4 multiair.

        • Edson Roberto

          Que segunda diversos donos que já dirigiram os dois, disseram que a diferença é minimo para o 1.4 16v. Que não vale a pena se for pensar apenas no motor. O que vai valer para ele, será os itens que o carro terá.

  • Luiz FMS

    É muito interessante o custo benefício desse carro, mas não consigo gostar do design interior e exterior dele.

    • Carlosdub

      Amigo, com todo o respeito, mas não consigo enxergar custo-benefício nesse carro.

      • rogerrosato

        E vamos lá nós novamente…
        Se o custo-benefício do 500 é tão ruim quanto fala, vc tem a obrigação de nos apresentar ao menos dois exemplos de carros que tenham ABS, EBD, sistema de tração, sistema de estabilidade, airbag duplo, freio a disco nas quatro rodas, direção elétrica de dois modos, ar-condicionado, limpador e desembaçador traseiro, computador de bordo A e B, rádio/CD player MP3 com entrada USB, faróis com regulagem de altura, retrovisores elétricos e rodas de liga leve, por (bem) menos de 40.700 reais.

      • Felix_S

        é que vc não pode analisar esse carro como quem olha para um popular.

    • rogerrosato

      Vc precisa vê-lo ao vivo. Não dava bola para o carro até vê-lo e entrar nele. Sentado nele dá a impressão que vc não vai ter $ para pagar! XD

      • Dragoniten

        E sentando atrás dá impressão que você não vai ter mais pescoço pra levantar.

        • rogerrosato

          Mais um comentário absolutamente exagerado para a coleção desse carro. Vc ao menos conhece o carro? E digo conhecer, não sentar nele por 3 minutos.

          • Dragoniten

            Absolutamente exagero? Certeza que não é você que está exagerando? Quanto você mede? Quanto tempo VOCÊ passou no carro sentado atrás? A pessoa na frente era pequena?

            Meu amigo tem um. Ele mede 1,85+ e eu meço 1,83m. Sentei atrás por 15 minutos, passando por alguns buracos ocasionalmente.

            Não recomendo nem ao meu pior inimigo.

            • rogerrosato

              Tenho 180 cm. Já sentei-me atrás com pessoas de 176 cm e 180 cm no banco da frente. Já viajei com ele por 250 km com dois amigos, um de 182 e outro de 183 (um atrás do outro). Um outro amigo meu de 193 cm sentou-se banco traseiro atrás de um outro de 173 cm (por curto percurso) e ainda disse "achei que fosse menor!".
              Ficaram confortáveis? Não. Mas certamente não ficaram lesionados como vc atesta que quase ficou. Esse carro é cercado de opiniões parciais e exageros, como se todos estivessem acostumados a Bentleys Mulsanne. O cara da sua frente deve ter ajudado pouco, espremendo-lhe. Também deve-se saber sentar num subcompacto, postura ereta não é a mais confortável no caso.
              O carro é meu, vale lembrar. Não andei nele por 15 min.

  • Konell

    Pq a visualizaçao de fotos esta carregando foto por foto em outra pagina e nao como slideshow?

  • deeeenn

    carrinho feio, pequeno é caro, só pra quem gosta jogar o dinheiro.

    • giodoesitbetter

      Diz um carro melhor por 43 mil.

      • Leandro1978

        Com ESP, Hill Holder, etc de série no valor cobrado? Acho que ele vai procurar muito tempo…rs…

      • Carlosdub

        Na boa, eu consigo carros bem melhores por menos de R$ 43 mil. Vamos lá: HB20, ONIX, COBALT, C3, TIIDA, PUNTO.

        Fora que você ainda consegue um New Fiesta completo por R$ 44 mil.

        Enfim…. acho um absurdo um ovo desse custar 43 mil reais.

        • hal_cwb

          Eu também compraria algum destes que você citou, mesmo porque eu não poderia comprar um carro para somente duas pessoas. Mas todos os citados não tem quantidade de equipamentos e o acabamento dele.

        • rogerrosato

          Todos têm direção elétrica de dois modos, sistema de tração e estabilidade, freio a disco nas 4 rodas, camputador de bordo A e B, faróis com regulagem de altura, rodas de liga leve, retrovisores elétricos e limpador e desembaçador traseiro? Tem certeza disso? HB20, Onix, Cobalt e Punto, tenho certeza que não têm.
          Se o carro não te agrada pela aparência, este é seu gosto, mas dizer que ele não vale a pena com base nisso é demais…

          • giodoesitbetter

            Amigo, você foi muito educado em não citar as diversas "letrinhas" que o 500 tem a mais que os concorrentes.

        • Esse carrinho é pra quem quer um estilo diferente, não para quem quer bom custo benefício… se quiser empregar melhor 45.000 reais, sugiro a compra de dois populares zero 1.0….

          • radiobrasilcombr

            Ou um bom semi-novo de categoria superior… Civic, Corolla

          • herr_le

            Realmente, na época que compramos, pelo que minha esposa precisava o custo beneficio do carro é dos melhores, com todos os itens de série conforto e tamanho, do jeito que ela precisava, caso não existisse optaríamos pelo smart que custa bem mais. Desculpe aos que tanto falam mal do carro sem saber, cada carro cabe ao gosto e bolso de cada um, não critique sem saber…

  • Felix_S

    Carrinho moderno, seguro e tipicamente europeu. Se tivesse espaço na garagem, teria um para meu dia-a-dia.

  • carrosempre

    Não sou muito chegado a interiores assim, devido a facilidade de sujar. Prefiro e também acho mais bonito o interior preto. Em poucos carros (como os VW caros, e alguns Hyundais), o interior claro fica bonito. O grande problema do 500 é a mistura do vermelho, destoou. Mas sei que isso não lhe tira o mérito de ser um dos melhores custo/benefício para quem não precisa de espaço do Brasil.

    • rogerrosato

      Vc pode optar pelo interior preto e cinza.

      • carrosempre

        Que eu saiba é só nas versões mais caras :(

      • carrosempre

        Ah não, acabei de ver no site da Fiat, o interior varia de acordo com a cor!!! Ou seja, desde da versão de entrada pode ser cinza com preto / cinza com marfim / vermelho com marfim. :D

        • rogerrosato

          Eu não disse que não variava com a cor, mas o interior preto e cinza está disponível para TODAS as cores de carroceria da versão Cult, pode olhar no site da Fiat, se quiser.

          • carrosempre

            Eu sei, mas me refiro a algumas configurações de interiores só estão disponíveis para determinadas cores.

            • rogerrosato

              Ah sim, tudo bem. De qualquer forma, eu havia dito "Vc pode optar pelo interior cinza e preto", daí vc rebateu "Que eu saiba é só nas versões mais caras", o que me levou a crer que estava dizendo que eu mentia. Mas efim, relaxe, esqueça. Não é importante.

              • carrosempre

                Não foi essa intenção, me desculpe. É que de fato, achava que só as versões top de linha poderiam ter essas opções de cores, pois eu nunca vi a Cult com as cores cinza e preto, por isso achava que só tinha vermelho e marfim. De qualquer forma, valeu por me alertar!!!B)

                • Oba_

                  O meu é preto. Um dos poucos que foram vendidos no pais.

                  • rogerrosato

                    Oloko! É assim tão raro?! O meu tbm é preto… nunca trocaria pelo bege.

  • Diego Casagrande

    a maçaneta interna me lembrou dos de Fusca dos anos 60.

  • MecanicoDigital

    Vejo o 500 como um concorrente do Smart, sendo o 500 uma opção bem mais racional.

  • carmanbhz

    Me parece que terá uma versão algo maior, com 4 portas, essa iria adorar…esse 500 é show! Porque não produzem ele no Brasil ? Venderia bastante!

    • Juniorfillingam

      este o fiat 500L, Ele e todo maior.

    • Neanderthal_Man

      Nem diga isso. Se o 500 for produzido no Brasil provavelmente irão capá-lo o quanto puderem. Vão retirar toda a sopa de letrinhas, usarão aço de baixa qualidade mas o preço é capaz de se manter o mesmo. Este carro só é completo porque é produzido para o mercado americano, onde esp é obrigatório.

  • carmanbhz

    Vi no google, show!

  • Juniorfillingam

    resumindo o carro e mais adequado para no máximo duas pessoas, e ficar na cidade, pq não tem muito espaço para bagagem ao não ser se usar rebater os bancos de trás. Mas um carro muito bonito e tecnológico, mas faltou uma entrada USB no som, sério, a não ser que colocaram em outro lugar.

    • Mr. Potato

      A maioria das pessoas anda sozinha nos carros a semana toda. Pra quem precisa de um segundo carro também é uma boa.

    • gsrbinha

      caro amigo, esta entrada usb para plugar o pen drive fica dentro do porta luvas, o foco do carro foi em otimizar o espaço pensando nas necessidades dos motoristas no dia-dia, viabilizando suas manobras em lugares com pouco espaço. tks

  • YoOdEx

    Isso sim é interior bacana! Não tem curvas complicadas, não precisa ter um design futurista. Mas é simples, eficiente e maravilhoso! Apesar do branco poder sujar, fiquei com a impressão que é bem fácil de limpar!

    A Fiat está de parabéns com esse carro nesse aspecto!

  • Filipe1020

    Por falar em passageiros, eu já vi uma vez um Fiat 500 preto com 4 pessoas dentro

  • Castle_Bravo

    O carrinho até que é interessante, com o câmbio automático seria uma bela opção, o único problema é o pseudo banco traseiro! com o banco regulado para minha altura, acho que até uma criança teria dificuldadesa para sentar atrás, fica bem apertado! se era para fazer algo tão diminuto, só pra dizer que tem, poderiam radicalizar e fazer como o SmartForTwo e ter um baita porta-malas, mas lugar para apenas duas pessoas.

  • granrs78

    Muito bonito o interior do 500. Acho qua a Fiat poderia nos presentear com a versão Abarth desse carrinho, aí sim ficaria o leque de opções do modelo bem completo por aqui.

  • rogerrosato

    Eber,
    acredito que algumas pessoas acabaram achando que o interior claro é a única opção e, de fato, você se esqueceu de dizer que também há a opção de interior cinza e preto, sem o bege.
    Resumindo, há quatro opções de interior: bege e vermelho, bege e cinza, preto e cinza e preto e vermelho. Há uma variação de disponibilidade conforme a cor da carroceria, mas o preto e cinza está disponível para todas elas.

    • Você esqueceu de ler essa parte do texto?

      "Os bancos do Fiat 500 Cult Dualogic que estamos avaliando são de um acabamento vermelho e bege. Este acabamento pode também ser cinza e bege, se você preferir. Essas duas opções são disponibilizadas quando o carro é pintado de um branco perolizado. Se a cor de pintura for outra, as opções de cores do acabamento interno também são diferentes."

      • rogerrosato

        Bem… diria que não estava escrito desta forma na primeira vez que li. Vamos presumir que cometi um engano, desculpe-me.
        Parabéns pela análise. Gostei de ter destacado a possibilidade de levar pessoas adultas no banco traseiro (mesmo que por curtas distâncias) em oposição ao "pessoas muito pequenas ou crianças" da última vez, que foi um pouco exagerado.

        • Não precisa se desculpar não, apenas te informei que tinha essa informação no texto…. e não modificamos a frase, ela já estava assim…

  • jvjv

    Alguem sabe como estão as vendas dele nos EUA?

  • figado

    Acho bem simpático e ao mesmo tempo racional esse carro, já que tem vários itens. Pensei em pegar um quando troquei de carro, mas como costumo viajar com mais pessoas a bordo e ainda pego estrada de terra no interior de SP, acabei desistindo. Mas se fosse pra ter um segundo carro o 500 estaria bem cotado pra mim.

  • rogeriulima

    Eber, se os bancos traseiros forem rebatidos o 500 não fica com um porta malas aproveitável, cabendo aí as compras do mês de um casal sem filhos?

    • gsrbinha

      caro amigo, depende o ponto de vista, estive fazendo uma analise de como aproveitar o espaço do porta-malas, somos em tres na familia, entao quando vamos fazer as compras, observei que se voce coloca nesta sacola que o mercado fornece, o porta-malas vira uma bagunça, ai sim tendo de rebater os bancos para caber tudo, mas ai descobri que se voce tiver estas sacolas ecologicas, essas mesmas que sao retornaveis, voce consegue fazer uma distribuição bem unifome no seu porta-malas, fiz o teste e coube toda a compra do mes, basta saber organizar . tks

  • REUSAN

    É carro para uma pessoa!

  • Dcyno

    Putz ! Que lata de sardinha retrô ! Que tipo de consumidor paga mais de 40 K numa coisinha dessas ? … Mas pra pegar leve com ele, cofrinho ou chaveirinho tá de bom tamanho.

    • carrosempre

      Tem duplo air bag, ABS, controle de tração, controle de estabilidade, hill holder, som, roda de liga-leve, motor 1.4 que faz andar perto de alguns sedans médios. Se tiver um carro que tenha tudo isso por 40.770 me avisa.

      • tiago90j

        vale lembrar q ele é pequeno, mas NÂO é leve, então 1.4 evo talvez seja apenas suficiente.

        • carrosempre

          1.080kg, não chega a ser um carro "leve", mas também é longe de ser pesado. O 500 é mais do que suficiente para cidade, e na estrada não deixa a desejar. 0 a 100 em torno de 12,5s é uma excelente marca para um compacto.

        • rogerrosato

          A relação curta de marchas o deixa tão esperto quanto muito 1.6 por aí, principalmente nas retomadas, o problema é que isto tira-lhe velocidade final. A 120 km/h o motor bate os 4.000 rpm (apesar da boa vedação, o ruido do motor fica evidente) e o consumo sobe para 15 km/l, portanto não é um carro para altas velocidades.
          Em rodovias, uma boa velocidade gira em torno de 100-110 km/h, com o consumo entre 17 e 16 km/l e o motor mais calmo e silencioso, ou então opte pela versão Sport MultiAir, que tem 6 marchas. No entanto lembro da proposta urbana do carro, e que o Cult se sai bem na estrada, no final das contas, principalmente em estabilidade.

          • fabiosne

            Ele é mais rápido que o palio 1.6 em retomadas em subida? Por um bom tempo tive palio 1.4 8v, e agora tenho palio 1.6 16v. Sinceramente na estrada em subida numa ultrapassagem acho que o palio 1.6 16v deixa um pouco a desejar, a menos que esteja sempre em alta rotação, de 4.500 rpm pra cima. Se estiver em 3ª marcha a 3.000 rpm mesmo pisando fundo na ultrapassagem, principalmente em subida, no começo parece que não vai, o que passa uma certa insegurança se o local de ultrapassagem embora permitido não seja tão longo assim. Ele só acorda de verdade quando se está pra cima dos 4.500 rpm, independente da marcha, e aí não dá pra aproveitar tanto assim a marcha né, coisa que eu não sentia no palio 1.4 8v. No palio 1.6 o mais chato é quando se está em 3ª marcha na subida se preparando para ultrapassagem, a uns 60 km/h. Se continuar em 3ª marcha e mesmo pisando fundo, ele só acorda DE VERDADE quando chega nos 80km/h. Então a opção mais segura é colocar 2ª marcha mesmo a 60km/h, e aí o carro ronca pra burro, rsss, e só dá pra aproveitar a 2ª dos 60 aos 80km/h, que é o limite da 2ª marcha, e aí sim colocar 3ª marcha. Se fizer assim tudo bem, mas é chato porque ele ronca demais, desconfortável. No palio 1.4 8v eu não sentia esse tipo de incômodo, tenho a impressão que ele respondia melhor em 3ª marcha na subida mesmo em 3.00 rpm, melhor que o palio 1.6. E o fiat 500? Como ele é sobre isso? Ele é mais pesado até que o palio 1.6, mas é 8v. E aí? Como é? Qual é melhor nessa situação?

            • rogerrosato

              Raramente o dirijo em rodovias de mão-dupla, por isto não tenho muita experiência com ele em ultrapassagens apertadas, mas posso afirmar que seu desempenho em retomadas é muito bom. Por ser 8v, seu torque máximo está disponível bem antes do que o 1.6 16v do seu Palio (3.500 rpm X 4.500 rpm). A necessidade de se reduzir marcha em estradas normais ou autoestradas é rara, uma vez que a 5ª marcha já é "pedida" a 60-65 km/h. O mais próximo que sinto com o 500 o que vc diz sentir com seu Palio talvez seja em episódios de saída de lombadas em subidas íngrimes e mais de 2 passageiros no carro. Nestes casos, numa velocidade de 10-15 km/h, a 1ª marcha geraria um tranco ao engatar (pois é curtíssima), portanto perco uns segundos na 2ª marcha enquanto o motor não acorda (o que ocorre a uns 20 km/h).
              Mas sendo específico à situação rodoviária referida: se quiser, pode esticar a 4ª marcha até uns 80 km/h. O giro vai bater mais de 3.500, mas a aceleração vai ser mais incisiva. É por isso que digo que o 500 1.4 tem desempenho por vezes superior a muitos 1.6. É um 8v com torque máximo em médias rotações e relação curta de marchas o que o faz muito esperto para baixas e médias velocidades, mas barulhento em altas velocidades (superior a 115 km/h).
              Desculpe-me a demora, só vi agora seu comentário…

  • Daniel Ramos

    Uma coisa é certeza, o acabamento e qualidade do material desse carro é uma das coisas mais incriveis da fiat, se não for a melhor, aqui no brasil.
    Belo carrinho, acabamento nota mil, ja entrei dentro de um e o negocio é bem feito.

    • carrosempre

      Só acho o do Bravo melhor, por causa do emborrachado, mas sem dúvida o 500 deveria ter os materiais interiores expandido para os outros Fiats populares.

  • Antonio_Brust

    Esse carro tem cara que não aguenta uso severo…

  • edu100022

    Muita gente acha que o 500 é leve, mas dá uma olhada na ficha técnica de outros carros que você verá que ele é mais pesado que muito carro por ai, como por exemplo o Nissan Versa que é quase 1 metro maior, mas é mais leve que o 500 , quando eu falo isso ninguém acredita.

    • nightwishjp

      Ele é mais pesado porque usa chapas de melhor qualidade e é bemmmmm mais seguro que o versa. Ele foi reforçado estruturalmente quando foi fabricado para os EUA para poder aguentar as pancadas com os carros gigantescos de lá.

  • edu100022

    Outra coisa meu carro foi pra concessionaria hoje pra tentar resolver os varios problemas que surgiram. Vamos ver no que vai dar!!!!

    • nightwishjp

      Quais? Seria uma boa você contar pra gente!

      • edu100022

        Os problemas que apareceram foram os seguintes: Quebra sol do motorista solto, coluna de direção dano trancos ao manobrar, teto solar vibrando demais quando aberto, suspensão traseira rangendo demais, tampa do porta malas vibrando e barulho no cambio.

  • fabiosne

    Mas o cult dá pra montar com cinza e preto no interior, aí apenas o painel fica da cor do carro, nesse caso acho que o problema de sujar muito facilmente, que foi citado na matéria, não acontece. Acontece?

  • fabiosne

    Estava notando agora também que o volante não tem aquela saliência onde se posiciona o polegar, que já existia no punto, e que não existia no palio e agora existe. É uma coisa que dizem que melhora a empunhadura e força a pessoa ficar com as mãos na posição correta no volante. Mas eu não gosto daquilo não, rss, acho uma chatice, rss.

  • fabiosne

    Uma coisa que eu não gosto no punto e no novo palio, e não sei como é no fiat 500, é sobre o retrovisor interno. No novo palio, por causa do vidro da frente estar ligeiramente mais deitado, por ele querer ter virado um mini-punto, o retrovisor interno ao meu ver ficou muito baixo demais. No meu caso, que gosto de dirigir com o banco mais alto, o retrovisor atrapalha consideravelmente a visibilidade da direita quando se pára antes de uma esquina e vai virar a direita. As vezes um pedestre está justo no local que não se tem visibilidade por causa do retrovisor interno ser baixo demais. No peugeot 206 e no palio anterior não era assim, a gente tem uma visibilidade inteira. Com isso a nossa direção fica mais rápida. Você pára na esquina, bate rapidamente o olho dos lados e já vira à direita. Já no punto e agora no palio, não é assim, as vezes dependendo do caso tem que se abaixar um pouco a cabeça pra enxergar tudo o que se tem à direita, passa uma certa insegurança que de repente algum pedestre esteja justo no local onde o retrovisor interno não deixa enxergar, e a gente acha que está enxergando tudo e pode-se ter uma surpresa. Não que isso seja o fim do mundo, mas a gente sente a diferença quando se anda por alguns dias com o peugeot 206 e depois pega o palio novamente. Depois até se acostuma, mas no começo incomoda aquela coisa atrapalhando a visibilidade, rsss. No palio anterior também não era assim, a visibilidade era boa. Já no fiat 500 não sei como é, vou fazer o test-drive pra ver, mas se alguém quiser me responder como o fiat 500 é em relação a isso, agradeço. Se é mais parecido como antigo palio, ou com o punto e o palio novo. Obrigado.

  • mottervictor

    O 500 é um carro urbano ponto . Mas que esses botoezinhos de geladeira nos controles de ar , nao passa a minima "seguranca" de um botao , parecem que vao quebrar . Quando fiz o test drive nem mexi no ar com medo de quebrar .

  • fabiosne

    Na minha opinião o que deixa bastante a desejar, em se tratando de um carro que presa por ser pequeno mas mais seguro que muitos outros do mesmo preço ou até preço maior, é que a propagando de que ele tem até 7 air bags só vale para as versões mais caras e só gasolina. Na cult que é mais interessante, não tem nem como opcional.

  • Eu simplesmente sou fã desse carro: por ser um tapa na cara de muita gente preconceituosa que simplesmente diz que a Fiat não faz bons carros, porque ele é racional, retrô, um carro urbano, bom acabamento e boas sacadas.
    Desculpa, posso ser preconceituoso, mas é o tipo de carro para quem é "antenado", mas inteligente, pode ver que o carro é meio "fashion" e isso não é ruim. É como se você pudesse comprar algo de grife sem necessariamente ser espalhafatoso nem caríssimo.
    PS: o pessoal reclama, mas o 500 é simplesmente um carro preparado e seguro para o mercado norte-americano, só isso, compare com Palio, Gol G4/G5 e concorrentes….

  • diegoandrade1

    Eu me esqueci de perguntar la no post de perguntas para o Fiat 500, mas eu gostaria de saber:

    Qual o perfil de dono desse carro?

  • Rodrigoww

    Porque eu compraria um 500 Cult por 40k ?

    – Feito para o mercado americano (interior refinado, com materiais de qualidade e estrutura do carro resistente a batidas)

    Itens de série:
    * ASR (Controle de Tração)
    * Dual drive – Direção elétrica com dois programas de condução – (Tecla Sport)
    * EBD (Corretor de Frenagem Eletrônico)
    * ESP (Controle Eletrônico de Estabilidade)
    * ESS (Sinalização de frenagem de emergência)
    * Hill Holder (sistema ativo freio com controle eletrônico que auxilia nas arrancadas do veículo em subida)
    * Rodas de liga leve 6.0 x 15"
    * Rádio CD MP3 com RDS e entrada auxiliar
    * Computador de Bordo A e B.
    * Ar-condicionado, Vidros elétricos e trava automática das portas à 20km/h.

    Nem pagando mais outros populares nacionais conseguem ter esses itens.

    Um desavisado acima falou que por 44k se compra um New Fiesta hatch. Só que ele esqueceu que ele NÃO TRAZ DE SÉRIE.

    -CD MP3
    -Rodas de Liga leve aro 15
    -Freios ABS
    -Airbag Duplo

    • Carlosdub

      Amigo, acredito que isso que seja uma questão bem subjetiva.

      Acho esse carro feio demais. Não curto design retrô (exterior e interior).

      Por R$ 43 mil reais na minha opinião eu consigo carros bem mais interessantes.

      E acredito que o desavisado seja você, pois se você olhar com mais atenção que o Fiesta de R$ 44 mil vem de série com roda de liga e CD MP3. E vem bem completinho também. Enfim, na minha opinião um carro bem mais bonito e apesar de caro, com um bom custo benefício na realidade Brasil.

      Mas é questão de opinião amigo.

      O 500 poderia voar que eu, repito, EU EU EU não compraria.

      • fabiosne

        Mas se roda de liga leve e cd mp3 é o importante num carro, então está ruim heim….

  • Landrutt

    Se a FIAT resolver o problema da importação e da fila de espera até próximo ano esse será minha primeira opção de compra, mas não um Cult e sim um SportAir Automático. Estava em dúvida se trocaria meu Fit por um 500, um Punto T-Jet, um Fit zero ou um Suzuki SX4 e parti para analisar todas as opções a fundo. Descartei o Punto turbinado porque o seguro ficaria um absurdo para o meu perfil (24 anos, solteiro, morando em Natal),o menor preço que consegui em cotação foi de modestos R$5.150, inviável. Gosto bastante do Fit, do seu espaço gigantesco, mas como a garagem daqui de casa já é habitada por dois grandalhões(Camry e CR-V, com previsão de substituição por modelos equivalentes em breve) posso abrir mão do espaço do Honda e quando precisar usar um dos grandes, sem problemas. O SX4 é bem legal, minha segunda opção de compra, mas o 500 me chama mais atenção, depois que um amigo meu comprou um Cult e eu andei no carrinho fiquei ainda mais convencido a pegar um.

  • fabiosne

    O banco traseiro é rebatível? No site da fiat não diz nada sobre isso, apenas diz que é bipartido, mas notei duas alavancas na parte de trás do banco ali na foto do porta-malas. Ele é rebatível?

    • edu100022

      Quando ela diz que é bipartido é porque você pode rebater apenas uma parte do encosto ou o encosto todo entendeu, diferente do Novo Palio que você só pode rebater o encosto todo.

  • gsrbinha

    caro amigo, conforme sua analise nas fotos, podemos dizer que este botão é sim o sistema que faz a trava dos bancos a serem rebatidos, basta apertar e dobra-los, muito pratico e fácil. tks

  • herr_le

    Olá, vim dar minha contribuição ao site, já que me ajudou na época da compra postando uma matéria de um proprietário de fiat 500. Minha esposa comprou-o no início do ano, na época conseguimos um bom desconto e itens de série, no caso temos um Fiat 500 cult dualogic branco gioioso (leia-se branco perolizado) com comandos de som e piloto automático(my car) por R$43.000,00 hoje com pouco mais de 15 mil km rodados e primeira revisão feita.
    Tentarei ser mais específico possível, então farei uma análise no circuito urbano, estrada e pontos negativos e positivos:
    Na cidade o carro é excelente, com seu tamanho é fácil encontrar vagas tanto na rua como em comércios fechados, sua direção elétrica extremamente leve facilita demais as manobras e seu raio de esterçamento é bem amplo. Seu consumo no álcool (só abastecemos com esse combustível, gasolina somente no tanque de partida a frio), gera em torno de 7,5 a 8,5 km litro lembrando que comigo só consigo médias de 6 a 7,5 km litro pois utilizo muito o modo sport e tenho pé pesado, a tendencia é melhora no consumo pois o carro esta praticamente amaciado( hoje em dia não existe muito isso, mas na concessionária foi me dito que isso influencia um pouco o consumo nos primeiros Kms), quanto a posição de dirigir tenho 1.81 metros, consigo até achar facilmente uma posição boa, o banco tem regulagem de altura que particularmente não uso, e o volante tem regulagem de altura também o que torna mais facil se encontrar dentro do carro. Quanto ao cambio dualogic, depois de algum tempo ao volante você acaba percebendo que muito ainda tem de ser melhorado, mas o fato de não precisar acionar a embreagem já se facilita muito a condução, mas esta muito longe de ser um automático, então minha opinião quanto a ele é que se você puder esticar um pouco o orçamento para um automático o faça, na época que compramos o veículo ainda pouco se tinha sobre esse cambio no 500, então só o test drive foi pouco para se ter uma boa base, no momento achamos uma boa compra, mas com passar dos dias o cambio mostra alguns detalhes que tentarei explicar melhor. Em uma reta as trocas de marchas se fazem perfeitamente, sem trancos, sem aumentos de giros etc, mas suponhamos que tenha uma subida a frente o cambio demora demais a perceber isso e a troca manual faz se necessária senão o carro perde demais a potência, giro e a velocidade, então você deve a todo momento fazer o acionamento manual da marcha, para uma condução melhor e rápida lembrando que no modo sport o carro fica mais esperto e as trocas são bem melhores, mas isso afeta diretamente o consumo.
    Na estrada um dos pontos negativos se faz, por seu tamanho pequeno e suspensão alta, as curvas em velocidade maior devem ser feitas com cautela, pois o carro tente a sair de traseira ou mesmo se perder, já tomei alguns sustos tentando fazer algumas ultrapassagens e exigindo um pouco mais do carro, no modo sport o carro realmente se torna outro em condução, o cambio faz as trocas em um giro bem maior, o volante fica mais firme e você consegue fazer boas ultrapassagens e consegue se distanciar bem, mas um outro detalhe é que até os 110km hora o carro se comporta bem, passando disso, os giros já começam a subir demais chegando aos 5000rpm aos 130km/hora e o barulho do motor invade demais a cabine, ficando estressante a condução em velocidades maiores, quanto ao piloto automático sua ação começa aos 60km/h e com um apertar de botão a velocidade é ajustada, deixando a condução mais agradável.
    PONTOS POSITIVOS: Seu tamanho, computador de bordo completo, luz diurna, painel de instrumentos de facil utilização e bom gosto, consumo, modo sport, visual bem acabado, itens de série e segurança com ESP, bom espaço interno pelo seu tamanho externo, freio a disco na traseira, radio com usb e bom nível sonoro comandos aos volante de fácil acesso e uso
    PONTOS NEGATIVOS: Cambio dualogic com problemas (ja nos deixou na mão duas vezes até então necessitava de atualização no software), ar condicionado (em dias de calor não gela bem a cabine e quando se necessita mais do carro é desligado), barulhos internos nas portas e painel (segundo o consultor fiat isso é normal pois o carro com suspensão mais firme gera maiores danos as partes plásticas), acabamento nas portas bem mediano com plástico e tecido ruins ao toque, ruído do motor invade a cabine em rotações maiores, suspensão um pouco dura não corrigindo todas as imperfeições da rua, piloto automático não mantém bem a velocidade ajustada, variando mais ou menos em 5km/h para mais ou menos. Qualquer duvida estou a disposição…

  • herr_le

    Lendo esse tópico como em alguns outros fico indignado com certas pessoas que ao invés de dar uma opinião conclusiva sobre os aspectos do tema tópico ficam apenas à criticar o carro (feio, caro, não compro, etc)não levando a nada de útil e construtivo ao mesmo, antes de comprar o 500 de minha esposa como já era leitor do NA, utilizei-o para saber mais do carro e ter uma opinião do próprio dono (que na época foi postado aqui), e lembro-me que foi de grande valia para minha compra, até então só tinhamos o honda fit (mais caro e menos equipado) e Smart fortwo como opção, Incluindo que ela queria um carro pequeno para o transito e com bons itens de série, e por aqui decidimos ficar com o fiat 500 por ter melhor custo-benefício. Postei minhas experiências com o carro, e estou a disposição a quaisquer duvida que quiserem tirar. Obrigado NA.



Send this to friend