Avaliações SUVs Toyota

Avaliação NA: Novo Toyota RAV4

novo-toyota-rav4-fotos-2-620x412 Avaliação NA: Novo Toyota RAV4

O Toyota RAV4 está de cara nova no Brasil. Cerca de dois anos depois de termos avaliado uma unidade 2.4 4×4 aqui no NA, andamos na versão topo de linha da “nova” geração do modelo, com motor 2.5 e tração também 4×4, configuração que é vendida pelo preço de 119.900 reais.



O modelo, como comentamos na sua última Avaliação NA, feita em 2011, tem vendas muito tímidas no Brasil, em parte pelo fato de que sua fama é pequena perto do Honda CR-V e em parte pelos preços cobrados, que ultimamente estavam lá nas alturas (108.500 para a versão 4×2 e 124.600 reais para a versão 4×4).

Mas se o RAV4 da última geração aparentava ser um modelo inferior ao CR-V, e também mais simples, agora nesta nova geração as coisas ficam bem equilibradas. Temos um visual bem interessante na dianteira, e na traseira linhas sóbrias. No interior a sensação é de que a qualidade dos materiais evoluiu bastante.

novo-toyota-rav4-fotos-2-620x412 Avaliação NA: Novo Toyota RAV4

Nesta avaliação iremos comentar a respeito do que no Toyota RAV4 mudou para melhor de 2011 para cá, e se hoje ele pode ser considerado uma boa compra em seu segmento. Além da versão que testamos nesta avaliação de uma semana, a topo de linha com motor 2.5, o Novo Toyota RAV4 tem duas versões mais baratas.

Uma de 96.900 reais, com um pacote completo porém simples e tração 4×2, e a versão intermediária 2.0 4×4, que tem vários equipamentos adicionais, como seis airbags, ar-condicionado dual zone, bancos em couro e câmera de ré, mas que continua com um motor um tanto fraco para seu porte e peso.

Avaliamos uma unidade 2.0 quando o Novo RAV4 foi lançado no Brasil, e por isso agora apresentamos esta Avaliação NA com uma unidade 2.5, que tem até 179 cavalos de potência e torque de 23,6 kgfm.

novo-toyota-rav4-fotos-2-620x412 Avaliação NA: Novo Toyota RAV4

Novo Toyota RAV4 – Impressões do interior e qualidade de acabamento

O interior dos carros japoneses costuma ser sempre muito bem montado, porém temos linhas mais simples do que em concorrentes diretos feitos por montadoras de outras partes do mundo. No Toyota RAV4 2.4 que avaliamos anteriormente, a sensação é de que na qualidade de acabamento o modelo está no mesmo nível do Honda CR-V, mas nas linhas e também nos componentes de seu interior, tudo era bem mais simples.

novo-toyota-rav4-fotos-2-620x412 Avaliação NA: Novo Toyota RAV4

Na nova geração é impossível andar no RAV4 sem lembrar de seu concorrente direto vindo da Honda. É claro que cada uma das duas marcas japonesas tem idéias e conceitos diferentes ao montar o interior de um veículo, mas agora o RAV4 se parece muito com o CR-V. E isso é uma coisa boa.

Temos volantes forrados em couro com comandos redondos e um pequeno detalhe meio prateado meio dourado. Na parte central do painel, se a posição da alavanca de câmbio é bem diferente, um pouco acima as coisas ficam bem parecidas. Central multimídia com câmera de ré cercada por saídas de ar verticais. Parece que a Toyota buscou boas idéias no modelo da Honda.

novo-toyota-rav4-fotos-2-620x412 Avaliação NA: Novo Toyota RAV4

A posição de dirigir é boa, o banco do motorista é aconchegante, e ainda por cima conta com regulagens elétricas e aquecimento. A parte do painel que fica mais próxima do contato com os passageiros dianteiros tem um acabamento em couro com costura aparente, o que transmite a impressão de certo requinte (se bem que muitos prefeririam um acabamento macio na parte superior do painel ao invés dessas costuras).

O espaço interno é exatamente o mesmo da geração anterior, com a vantagem de que os componentes da cabine foram colocados em novas posições para otimizar um pouco o espaço, como por exemplo o volante, que foi deslocado para a frente.

novo-toyota-rav4-fotos-2-620x412 Avaliação NA: Novo Toyota RAV4

Na traseira o espaço para as pernas é muito bom, e para a cabeça também não é nada ruim. Apenas o espaço do porta-malas é que não é tão bom, já que o estepe está ali agora.

Novo Toyota RAV4 – Vídeo de detalhes

Novo Toyota RAV4 – Comportamento e consumo na cidade

O Novo RAV4 é um veículo bem mais moderno que a sua geração anterior. Mas em termos de desempenho, quando comparamos o anterior 2.4 com esse atual 2.5, o comportamento é bem parecido. Passamos de 170 para 179 cavalos, e o RAV4 continua esperto nas situações comuns que enfrentamos no trânsito diário.

O desempenho do modelo é um pouco melhor do que do CR-V, com seu motor 2.0 de 155 cavalos de potência. Não temos aquele comportamento esportivo existente em utilitários mais caros, mas o proprietário do modelo não passa vergonha mesmo com o carro cheio, com cinco pessoas e porta-malas cheio.

O câmbio automático de seis marchas trabalha muito bem, e coopera com o motorista, caso seu objetivo seja uma tocada suave ou mais forte. A suspensão do Toyota RAV4, que antes era macia e bem confortável, continua no mesmo caminho, mas agora ficou um pouco mais firme.

E isso não é um ponto negativo, pois continuamos com conforto mas a estabilidade ficou melhor, não fazendo mais com que o RAV4 incline demais nas curvas. Os rangidos dos materiais da cabine foram bem reduzidos. Apenas percebemos um pouco de barulho no acabamento entre a porta do motorista e o painel.

O consumo, infelizmente, aumentou bastante nessa nova versão do RAV4. Se antes ficamos na casa dos 7,0 km/l, agora caiu para 5,4 km/l.

Novo Toyota RAV4 – Comportamento e consumo na estrada

O Toyota RAV4 ficou mais gostoso de usar na estrada. O conjunto de motor 2.5 e câmbio automático de seis marchas representa um salto de qualidade em comparação à geração anterior. As acelerações são mais rápidas.

Apesar do câmbio do RAV4 2.5 ser automático e não de dupla embreagem, ele até que entrega trocas rápidas o suficiente para o comprador desse tipo de veículo. No vídeo do modelo na estrada, comentei que o câmbio do RAV4 mantém 2.100 rotações a 100 km/h e bem neste momento encontrei uma fila de uns 6 ou 7 carros andando a 70 km/h atrás de um caminhão.

Então pisei fundo e ultrapassei todos estes carros, pois a ultrapassagem era totalmente possível com toda segurança. Pisei fundo para ultrapassar e a resposta do modelo foi eficiente, de acordo com o esperado.

A suspensão, como comentamos no texto acima, da cidade, ficou mais firme. E na estrada isso foi uma melhoria muito bem vinda. O RAV4 da geração anterior se inclinava demais nas curvas, e com o modelo novo não foi mais necessário reduzir demais a velocidade antes de entrar em uma curva.

Um detalhe interessante que o RAV4 tem no quadro de instrumentos é um pequeno indicador ECO no conta-giros, que se acende quando estamos dirigindo de uma maneira econômica. Isso ajuda na condução mais econômica mas pode deixar o motorista um tanto obcecado com isso.

A vedação acústica do modelo é eficiente em velocidades de até 110 km/h. A partir de 120 km/h o barulho invade a cabine. E o consumo? Passamos de 12 km/l para 12,5 km/l na estrada, comparando a geração anterior com essa.

Novo Toyota RAV4 – Ficha técnica

Motor 2.5: Gasolina, dianteiro, transversal, 2.494 cm³, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, comando duplo no cabeçote e duplo comando variável de válvulas. Acelerador eletrônico e injeção eletrônica multiponto sequencial.

Potência: 179 cv a 6 mil rpm.

Torque: 23,8 kgfm a 4.100 rpm.

Diâmetro e curso: 90,0 mm x 98,0 mm. Taxa de compressão: 10,4:1.

Transmissão: Automática com seis velocidades à frente e uma a ré. Tração integral. Não possui controle de tração.

Peso: 1.630 kg.

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson com barras estabilizadoras. Traseira independente do tipo double wishbone com barras estabilizadoras. Não possui controle de estabilidade.

Pneus: 225/65 R17.

Freios: Discos ventilados na frente e sólidos atrás. ABS de série.

Carroceria: Utilitário esportivo em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,57 metros de comprimento, 1,85 m de largura, 1,72 m de altura e 2,66 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais (4X2) ou airbags frontais, laterais e de cortina (4X4).

Capacidade do porta-malas: 1.087 litros até o teto ou 2.078 litros com os bancos rebaixados e até o teto.

Tanque de combustível: 60 litros.

Produção: Aichi, Japão.

Fotos Fabio Aro

4.0

COMPARTILHAR:
  • carloscout74

    fico imaginando o valor de uma revisão deste tipo de carro

    • rsc_dhc

      Gira em torno de R$450,00 a R$500,00 as "basicas"…e R$900,00 a R$1000,00 as mais caras que normalmente em carro japones saum feitas de 40.000km em 40.000km!!

  • FabioRuimDeRoda

    Pouca mala; consumo alto; perdeu seu DNA.

  • leoalmeida81

    Como pode, em 2013, a Toyota lançar um carro desse porte, sem ESP? Um Fiat 500 de 40 mil, tem controle de estabildade!!

    • arianoneves

      Eu ia comentar a mesma coisa!! A toyota não está nem aí para a segurança, sério mesmo!

    • andrevidigal

      Tem ESP sim, inclusive tem opção de desligamento! Eu vi na concessionária, não sei o Eber prestou atenção no detalhe.

      • Cristiano_RJ

        Então a Toyota se esqueceu de colocar no seu site e ainda por cima divulgou errado para a imprensa no lançamento, porque TODOS os meios de comunicação divulgaram a mesma coisa, e que está condizente com o site. em questão de segurança temos o seguinte:

        1- 2.0 4×2 CVT – air bags duplos e freios ABS/EBD/BAS
        2- 2.0 4×4 CVT – air bags forntais, laterais e de cortina e freios ABS/EBD/BAS
        3- 2.5 4×4 AT6 – air bags forntais, laterais e de cortina e freios ABS/EBD/BAS

        ESP não está disponível sequer na versão topo de linha que custa altíssimos R$ 120 mil. E a versão de entrada, por R$ 97 mil, está equipada como itens de segurança de um carro de menos de R$ 50 mil.

        • vgdoche

          Temos que boicotas essas Japonesas irresponsáveis.

          • cepereira2006

            Essas japonesas não. A CR-V tem ESP na versão AWD.

        • andrevidigal

          Blz entao, devo estar confundindo, mas acho q vi o desligamento do ESP pelo computador de bordo. Peco desculpas.

  • William_R

    Passei o domingo todo esperando uma avaliação kkkk ufa….saiu .. Rs

  • otavioamartins

    Não sei porque, mas não curti o design do Rav4. Na minha opinião ele não é harmônico; a dianteira não combina com a traseira e, tanto um quanto o outro não chamam a atenção. Ele tá com cara de chinês. Enfim, gosto é gosto.

    • Diegorji

      Concordo contigo. Esse painel é de um mal gosto extremo, beira o desenho de um veículo antigo. A traseira também não me agradou, apenas a frente.

      • otavioamartins

        pois é brother, essa traseira ta com uma cara de anos 90!!!

        • Pedro_Lourenco

          Também não me agradou. Meio "passado" esse design na minha opinião.

  • ygoorr

    Bonita???

  • TacodeSinuca

    Mais um tapa na cara do brasileiro, acho que de todas as montadoras do Brasil a Toyota é que mais capa seus carros, logo em seguida vem a Hyundai

    • AlceuF

      Nissan também.

    • Mauro Junior

      Não esqueceu da Vw antes, não?

      Isso quem está perguntando é um PROPRIETÁRIO de um Fox!

      • TacodeSinuca

        Tambem tenho um… mas VW nem considero carro, é só um meio de transporte

        • Cristiano_RJ

          Depende… ex. Jetta TSI, Tiguan, Touareg, Passat, CC… e o tão esperado Golf VII que em breve chegará ao nosso maltratado mercado. Você não considera esses exemplos de automóveis?

          • TacodeSinuca

            Sim, eu considero, mas sempre vem a preços tão caros que também não da para considerar pelo valor =/

            • Cristiano_RJ

              Sim. São todos modelos da linha premium da VW, e portanto, não são acessíveis. Além disso, a política da VW de vender os equipamentos à parte em pacotes opcionais caríssimos de modo a maximizar sua margem de lucro é deplorável. Mas ainda assim, alguns desses modelos podem ser considerados uma boa compra considerando o que entregam. Um bom exemplo é o próprio Jetta TSI, que entrega uma mecânica inigualável a menos de R$ 100 mil.

  • pablobmw

    Sé fosse comprar um carro deste valor pode saber que este toyota ia estar em ultimo na lista. Nao intendo qual motivo que leva alguem comprar ele. Não tem nada de mais pelo preço. Por este dinheiro vc comprar inclusiva a super carra toyota hilux ou uma ford ranger que é muito mais carro, já que a pessoas que comprar este carro( rav4) vai querer um carro alto e vai ter uma real capacidade off rod.

    O que leva a pessoas a escolher este carro ?

  • braZuca

    Sinceramente?! Achei a RAV4 bonita e tudo mais, mas no meu caso eu não compraria uma não. Eu acho que no mercado atual tem modelos melhores, as vezes não nessa categoria, mas superior ou inferior, que oferecem um pouco mais e algumas vezes até por um preço mais acessível.

    No meu caso, eu daria uma passada na Mitsubishi, pra dar uma olhada na ASX ou até a Pajero. Meu tio, muito próximo, tem uma ASX completa e com todos os opcionais, menos teto – ele pagou 104 mil se não me engano. Acredito ser uma opção mais coerente se tivermos apenas os dois modelos em vista (RAV4 e ASX).

    A ASX tem tração 4×4 com acionamento por botão, câmera de ré, tela de lcd de 7 polegadas, GPS, controle de estabilidade, se não me engano, são 4 ou 6 airbags e um monte de outros mimos que a RAV4 não tem por uma diferença pequena de preço, além do acabamento ser de melhor qualidade.

  • Sigma7

    Gente, pegaram o novo Corolla e suspenderam assim como a Ford fez com o New Fiesta. Quem pagar esses valores nesse carro será um tremendo bobão.

    • Filipe_GTS

      Eu diria um tremendo ricão

    • roberto

      Rá, rá, pode ter certeza que ta cheio de "bobão" por aí…

  • braZuca

    Cinto de segurança abdominal para o quinto passageiro! ¬¬ fala sério!

    • GuiBashop

      Somente AB2 e sem ESP…

      • dudupruvinelli

        E é utilizada pela Polícia… palhaçada.

    • Marco

      O cinto para quinto passageiro é de 3 pontas…

  • Myll

    Muito preço para pouco carro!

  • Andrex2501

    Caramba, a Avaliação NA chegou segunda-feira? Bem mais rápido do que qualquer um imaginava!

    Será que quarta-feira sai outra avaliação?? Esse vídeos do NA são de longe os que mais vejo e gosto de ver!

  • Daniel Goldenstein

    concordo, a Dakar é muito mais negócio, alem de ser um carro muito mais robusto, e por ser Diesel, que vai se desvalorizar muito menos que a Rav

  • Daniel Goldenstein

    Amigos, o valor desse carro e de todos os outros é muito abusivo, embora tenha dito que a Dakar é mais negócio, mesmo assim é cara pra casseta, com 60 mil dólares voce compra um Cayenne nos Estados Unidos. Brasil é foda.

    • saosao

      Vai morar lá então.

  • Daniel Gmrs

    Eber, sabe informar se essa luz de economia no conta-giro também tem na versão 2.0 4×4?

  • Tiago_Beneditto

    Nada como entrar no NA segunda pela manhã e ver uma avaliação do Toyota RAV4, esse modelo ficou nota dez, só estranho que
    o Eber me disse por e-mail que as avaliações do NA ia ser de 15 em 15 dias, mas ainda bem que o Eber mudou de ideia, mais
    tarde vou olhar os vídeos, NA sempre surpreendendo que continue assim.

    • Eu nunca falei que seria de 15 em 15 dias, apenas falei que não é obrigatório ter toda semana.

  • nuss44

    para mim esse carro e um duster de luxo, acabamento muito pobre para um carro dessa faixa de preço, vc paga 80 mil nesse carro e mais o nome da marca que custa uns 20 a 30 mil

    • Filipe_GTS

      Aham, Toyota (FEITO NO JAPÃO) por Duster de lixo, quer dizer, de luxo

    • mgbalbo

      Espero que você já tenha entrado nos dois carros pra dizer esse tipo de coisa, mas suponho que não, pela besteira tremenda que você está falando.

  • gerente

    Gostei do carro. Mas o consumo urbano ( 5,4 km/l) e até o rodoviário achei péssimo para o padrão Toyota.
    Fora os ítens de segurança que faltam.
    E o preço???
    Melhor ficar com o Honda CRV ou Mitsubishi ASX.

    • André Povanni

      Tem coisa errada aí. Um carro que faz 12,4 km/l andando a 110/120km/h, não pode fazer apenas 5,4 km/l na cidade, a menos que tenha percorrido uns 50km andando a 10km/h.

  • Landrutt

    Acabamento pobre? Com couro no painel?
    Acabamento pobre tem o Sportage, todo em plásticos dignos de um carro popular, ou o ASX.

    • Arthiola

      Não é por nada não, mas eu acho o painel de instrumentos muito simples. Prefiro o da CR-V, que pelo menos tem um efeito legal

    • Cristiano_RJ

      Ainda assim, entre um ASX topo de linha, por R$ 100 mil e esse RAV4 de entrada por R$ 97 mil, 1.000.000.000 vezes o ASX.

  • Tiago_Beneditto

    Gostei da ultrapassagem na estrada, só faltou um GPS, nessa categoria são tanta opções que ficaria em duvida entre o Subaru Impreza XV, ASX, Toyota RAV4, e ainda tem os coreanos.

    • saosao

      Também cogito um Impreza XV, porém para concorrer com o RAV4, teria que ser a Forester (Subaru) e Outlander (Mitsubishi).

  • birchip

    Diferentemente da geração anterior, sem estepe na tampa do porta malas ficou bem melhor nessa nova versão.
    Foi uma decisão acertada da Toyota.

  • birchip

    Diferentemente da geração anterior, sem estepe na tampa do porta malas ficou bem melhor nessa nova versão.

  • 3ic

    vi uma ao vivo sábado e achei ela pequena demais perto dos seus concorrentes

  • pumagtb

    Por fora ficou melhor do que o anterior mas está muito caro, creio que a Toyota está esquecendo de conteúdo e vendendo nome, tem opções melhores no mercado sem falar no consumo elevado deste veiculo.

  • ResendeMaster

    Eber não falou nada sobre barulho aerodinâmico nessa avaliação…

  • LeandroBalmant

    Não sei pra vocês mas para mim este carro parece com a Mitsubishi Asx.

  • Leandro1978

    Bonita, mas ainda prefiro a CR-V. Agora se a Ford trouxesse a Kuga/Escape… Mas ainda prefiro uma perua, como a Jetta Variant, Focus S.W. a estes suvs. Consumo na cidade bem alto, principalmente para um mono-combustível, né?

    • dudupruvinelli

      O problema dessas SUVS é o motor! O 2.0 da CRV apanha, ainda mais se estiver carregada. E olha só, a jetta variant era cara? Óbvio, mas olha o que vinha de série:

      – Bancos de couro aquecidos
      – Motor 2.5
      – 6 bags, ABS, ESP e ASR, Bloqueio do Diferencial
      – Porta-malas gigante
      – Teto Panorâmico (opcional de 5k)
      – Regulagem de altura e lombar dos bancos dianteiros

      Eu não entendo como vendia tão pouco! Melhor que qualquer uma dessas suvzinhas.

      • Arthiola

        Melhor parte do Jetta era ser um Golf novo e nenhum boyzinho descobrir. Vendia pouco pq a VW anunciava pouco, mas acredite, nesse caso eu acho que era melhor.

      • Leandro1978

        Vendia pouco porque a moda é suv. Lembro de um comentário do Bob Sharp sobre isso, ele não entendia como os diretores da GM poderiam trocar uma Suprema, uma excelente perua, pela Blazer, definida por ele como "caminhão". Mas a resposta é essa: modismo. Eu prefiro uma perua, como a Jetta Variant, a um destes suvs.

        • saosao

          Eu também. Aliás, será que o Brasil também poderá receber o Corolla SW, haja visto que o nosso novo Corolla será idêntico ao europeu e não mais ao americano?

      • Edson Roberto

        Entretanto o CR-V para a categoria é bem economico. Depois dele vem a dupla Sportage/IX35 e depois os demais. Além disso, citando apenas os modelos "badalados", pois tem o 3008 que realmente é superior a todos não necessariamente no consumo, mas no desempenho sem comprometer o consumo.

  • Cezarskinner

    O Tiguan é mais bonito por fora e por dentro, aliás esse interior ficou muito feio.

    • AlceuF

      Eu também acho mais bonito, porém, gosto é gosto. Mas o acabamento do Tiguan é muito superior. Sem contar que cada vez que você acelera não dá para não sorrir.

    • hoebanger

      Volante de Gol? Nao, obrigado.

      • dudupruvinelli

        HAHAHA só o que faltava! Motor de audi 200cv, câmbio DSG, 6 airbags, ESP e você deixaria de comprar porque tem um volante parecido com o do gol?

      • Gilsom_Moura

        Ui, doeu o cotovelo….

    • baetatrip

      Obvio…..
      Amo o meu ….. 28,5kg a 1700rpm…. Beeeem melho do que esse 'toy' 2.5 de 23,8kg….. Puffffffff ….
      Nao gostei do RAV4…… Ficou meio Corolla ate…!
      O meu e completo….. E utilizo maior parte em estrada… Pego terra tambem… Ele nao nega fogo!
      Vw nao se discute… Excelente em conforto+acabamento+ seguranca…. Nao tenho reclamar com ele….
      Esse RAV4 mal tem controle de tracao?! haja paciencia….!

  • Arthiola

    Saudades das peruas :(

  • adolfofrota

    Parabéns pela avaliação. Que bom que resolveram antecipar a data de publicação.

  • CefasFer

    Rav4 eh bem maior do q o ASX…. Acho o ASX caro para o seu tamanho…. Eu levaria o toyota com certeza.

    • braZuca

      Uma dúvida.. ela concorre com CR-V e quem mais? Sportage?

      • saosao

        Penso que o concorrente da Mitsubishi para CR-V e RAV4 seria o Outlander.
        ASX é menor, algo como uma versão mais civil do TR4. O ASX é um baita carro e cheio de mimos e com certeza valeria meu dinheiro, mas sempre vem alguém que diga que uma Ecosport ou Duster é melhor…

  • Trevor_Z

    Esse carro TOP não devia passar dos 85mil, preço de bananalândia.
    Ridiculo airbag duplo

  • Gaf1991

    O Éber consegue para nós uma avaliação NA do novo Accord !

  • dudupruvinelli

    Não compraria pelo simples fato de não ter ESP. E claro, pelo preço ridículo.

  • raphaelchadias

    É impressão minha ou a bateria ainda é do sistema arcaico em que se coloca água? nossa..

    • Marcio82

      Tive essa mesma impressão!

  • Cassianoccm

    Agora a Avaliação NA passou de quarta pra segunda?

  • radiobrasilcombr

    Impressão minha ou o chão do porta-malas é mais alto em relação a abertura da porta em si?

    • andrevidigal

      é mais alto sim, tem um plástico ali para "contornar" o estepe e deixar o piso plano.

    • JPaulo10

      Mais alto por causa da tração 4×4.
      O pneu pareceu-me normal, sem a "moda" do fino/provisório. Gostei.

      • lachard

        Um carro desse com 400 e poucos litros de mala…não dá!

  • andrevidigal

    A Captiva ainda continua sendo o melhor custo-benefício nessa categoria. Motor melhor, acabamento melhor, mais tecnologia embarcada.

  • Tosca16

    Vamos lá qual é o pior negócio SW4 ou RAV4 ?

    • Arthiola

      Elantra

      • Tiago_Beneditto

        Os dois tanto SW4 ou RAV4 são excelente negócio, da lhe Toyota.

        • Arthiola

          Um erro não justifica o outro :)

    • Bruno_Carros

      SW4 é muito pior.

  • markinmoura

    Continuo sem entender esses pseudo-suvs…..Muito mais dinheiro pelo mesmo espaço que as versões sedãs e uma suspensão mais alta….

  • Gilsom_Moura

    Caro Éber, desculpe, mas achei sua avaliação falha em diversos pontos. Sempre achei suas avaliações muito criteriosas, até mesmo exageradas em alguns pontos, puxando muito para o pessoal ( como exemplos cito a aparência da Touareg que vc classificou de simples e o desempenho da CRV, que foi muito criticado na sua avaliação apesar de estar na média dos concorrentes) mas acho que agora saiu do razoável. Dizer que um acabamento simplório de plástico duro condiz com um carro de 120.000 reais , e essa foi a falha mais leve… Vc não citou a ausência de GPS, sensor crepuscular e , a pior gafe , Não falou da ausência de ESP… Desculpe amigo, mas com essa perdi a credibilidade nas suas palavras. Olhe que acompanho diariamente aqui desde a sua abertura, mas, com esse post me deu um grande desanimo.

    • Tosca16

      o bom do NA é isso, erros acontecem ou contestações são bem vindas . Escreve um texto com sua avaliação ou crítica e certamente será postado aqui como de leitor dando os devidos créditos à vc.

      • Gilsom_Moura

        Obrigado amigo. Muito me chamou a atenção o lançamento da Nova RAV4, por coincidência comecei a ter problemas com o pós-venda da Kia aqui em Brasília e então decidi a troca da Sorento que tínhamos aqui na garagem. Pesquisei muito sobre o modelo e, com os fatores : espaço interno, porta malas, motor 2.5, revisões tabeladas e um emblema toyota vi a oportunidade de ter revisões digamos "razoáveis". Procurei a concessionaria Toyota aqui de Brasília , onde por sinal fui muito bem atendido, já decidido a fazer a encomenda da RAV4 2.5 de branco pérola ; foi onde tive o primeiro contato com a RAV 2.0 4×2, confesso que foi algo frustrante. Painel extremamente simples, reloginho anos 80, plástico duro para todos os lados e um acabamento muito do "Franciscano". Comecei a pensar na idéia estapafúrdia de ir a Honda e pagar o maldito ágio na CRV ( foi somente uma idéia , pois deixo uma compra mas não pago ágio)… Após algumas perguntas sobre o modelo, a vendedora me apresentou o prospecto do modelo "topo de linha", argumentando que o couro , central multimídia , teto solar e ar digital deixavam o SUV bem mais bonito. Confesso que ia fechar negócio, previsão de entrega 45-50 dias, pode do ser antes, tudo bem, até que no prospecto reparei que nos itens de série não se falava em ESP….. Perguntei a vendedora e a mesma não sabia, perguntaram daqui, dali …. No final a resposta: " A RAV4 não vai vir com ESP no Brasil" apesar da mesma ter o item nos EUA e Toda a Europa. Percebi então que a toyota/Brasil não solicitou tal item de fábrica, visto que todas as RAVs saem do Japão. Como não aceito tal conduta, cancelei o negócio e comprei de outra marca. Deixo aqui o meu protesto, não aceito comprar um carro de R$ 120.000 sem ESP, principalmente se tal item consta na lista do modelo em outros países.

      • Gilsom_Moura
  • Freaky_Boss

    A versão 4×2 é o esquemão toyota: pouco conteúdo e preço alto.
    Não é uma boa compra.

    Tudo bem que é um carro que dura 600 mil km, não estraga, bom de revenda, etc, mas muito caro pelo que vem.
    Carro acima de 90mil que não tem 6 airbags, ESP, cont. tração, etc, não deveria existir.

  • Vítor

    Interior nostálgico, com mistura de Santana e Monza 1992.

  • MarceloAmorim

    Avisa pro carinha do video que a lanterna do PC nao é seta e sim ré.

  • duhehe

    Caro demaisss

    A basica é carro para custar no máximo R$ 80.000, isso já na realidade brasileira.

    Por R$ 120.000 eu ando de BMW.

    • Freaky_Boss

      duhehe

      falou tudo.
      Resumiu bem o que eu penso também.

      E por esse preço, sou mais o VW Tiguan. MUITO mais carro (motor melhor, mais tecnologia, etc)

  • AlceuF

    Não tem como comparar isso aí e um CR-V top com um Tiguan básico. O acabamento é infinitamente melhor, e o motorzinho…

    • mrguilhermesosa

      Qual é melhor? O Tiguan ou CR-V?

      Eu acho melhor o Tiguan.

      • AlceuF

        O Tiguan é um pouco melhor de um modo geral. O básico não tem banco de couro, mas a dinâmica é muito parecida com a de um carro mais baixo, com mais estabilidade que o CR-V, e o motor é uma delícia. Mas o CR-V também é excelente. Só mencionei o Tiguan porque não faz sentido dizer que é caro depois de ver as versões top dos outros SUV pequenos por aí.

    • cepereira2006

      Realmente não tem. A Tiguan básica vem pelada e a CR-V top vem com tudo, por um preço praticamente o mesmo da Tiguan básica.

      • AlceuF

        Pelada? Sabe tudo, hein?

        • cepereira2006

          Sim, peladaça. Sem couro, sem teto, sem rodas 17, sem ESP, tudo é opcional e se colocar tudo fica mais cara que uma Land Rover.
          Para um carro de mais de 100 mil eu considero pelada, a não ser que você considere completa por ter direção hidráulica e vidros elétricos.
          A CR-V top vem com tudo isto de série. Fora os sensores de chuva e luminosidade, o hill holder, os 6 ou 7 airbags que já não lembro se a Tiguan tem ou são opcionais também.
          O mérito da Tiguan é seu conjunto motor/tração, mas fora isto ela é pelada sim. No exterior é boa, completa e barata, mas aqui vem cara e pelada, graças à VW do Brasilsilsil.

          • AlceuF

            Aí você só confirmou que fala sem pesquisar. Teto solar e bancos de couro é verdade. Não são de série. Mas a única coisa que eu sinto falta é o couro (tenho um Tiguan 2012). Teto solar não me faz falta nenhuma (já tive em 2 carros, além do panorâmico da 307SW). Além disso, apesar de tecido nas laterais dos bancos, as partes centrais são em alcântara, muito confortável.
            Mas, rodas 17, ESP, sensores de chuva e luminosidade, hill holder (Auto-Hold) e 6 airbags estão todos lá e são de série. Fora A/C dual zone, indicador de perda de pressão dos pneus e outras mordomias que, se menos importantes que couro, são muito interessantes como: espelho retrovisor externo rebatível com desembaçador, luz interna na área dos pés e retrovisor interno com antiofuscamento fotocrômico.
            Ainda, a dirigibilidade e estabilidade são melhores que no CR-V, e o acabamento é muito superior.
            Assim, no final das contas, o que vale a pena trocar mesmo é o couro do CR-V pelo 2.0T do Tiguan.

          • AlceuF

            Aí você só confirmou que fala sem pesquisar. Teto solar e bancos de couro é verdade. Não são de série. Mas a única coisa que eu sinto falta é o couro (tenho um Tiguan 2012). Teto solar não me faz falta nenhuma (já tive em 2 carros, além do panorâmico da 307SW). Além disso, apesar de tecido nas laterais dos bancos, as partes centrais são em alcântara, muito confortável.
            Mas, rodas 17, ESP, sensores de chuva e luminosidade, hill holder (Auto-Hold) e 6 airbags estão todos lá e são de série. Fora A/C dual zone, indicador de perda de pressão dos pneus e outras mordomias que, se menos importantes que couro, são muito interessantes como: espelho retrovisor externo rebatível com desembaçador, luz interna na área dos pés e retrovisor interno com antiofuscamento fotocrômico.
            Ainda, a dirigibilidade e estabilidade são melhores que no CR-V, e o acabamento é muito superior, mas isso são coisas que podem ser relevadas quando se leva em consideração a preferência peça marca.
            Assim, no final das contas, o que vale a pena trocar mesmo é o couro do CR-V pelo 2.0T do Tiguan.

          • AlceuF

            Teto solar e bancos de couro é verdade. Não são de série. Mas a única coisa que eu sinto falta é o couro (tenho um Tiguan 2012). Teto solar não me faz falta nenhuma (já tive em 2 carros, além do panorâmico da 307SW). Além disso, apesar de tecido nas laterais dos bancos, as partes centrais são em alcântara, muito confortável.
            Mas, rodas 17, ESP, sensores de chuva e luminosidade, hill holder (Auto-Hold) e 6 airbags estão todos lá e são de série. Fora A/C dual zone, indicador de perda de pressão dos pneus e outras mordomias que, se menos importantes que couro, são muito interessantes como: espelho retrovisor externo rebatível com desembaçador, luz interna na área dos pés e retrovisor interno com antiofuscamento fotocrômico.
            Ainda, a dirigibilidade e estabilidade são melhores que no CR-V, e o acabamento é muito superior, mas isso são coisas que podem ser relevadas quando se leva em consideração a preferência pela marca.
            Assim, no final das contas, o que vale a pena trocar mesmo é o couro do CR-V pelo 2.0T do Tiguan.

          • AlceuF

            Rodas 17, ESP, sensores de chuva e luminosidade, hill holder (Auto-Hold) e 6 airbags estão todos lá e são de série. Fora A/C dual zone, indicador de perda de pressão dos pneus e outras mordomias que, se menos importantes que couro, são muito interessantes como: espelho retrovisor externo rebatível com desembaçador, luz interna na área dos pés e retrovisor interno com antiofuscamento fotocrômico.
            Ainda, a dirigibilidade e estabilidade são melhores que no CR-V, e o acabamento é muito superior, mas isso são coisas que podem ser relevadas quando se leva em consideração a preferência pela marca.

            Teto solar e bancos de couro é verdade. Não são de série. Mas a única coisa que eu sinto falta é o couro (tenho um Tiguan 2012). Teto solar não me faz falta nenhuma (já tive em 2 carros, além do panorâmico da 307SW). Além disso, apesar de tecido nas laterais dos bancos, as partes centrais são em alcântara, muito confortável.

            Assim, no final das contas, o que vale a pena mesmo é trocar o couro do CR-V pelo 2.0T do Tiguan.

  • RicRB

    A Toyota Rav4 é um bom carro, mas peca no preço!!
    E é realmente inadmissível que não tenha alguns ítens!! ( como controle de tração e estabilidade, vidro um toque para todos…)
    No interior falta um pouco de ousadia!! O relógio usado no painel (digital) remete aos anos 90!! E ainda, abandounou a iluminação permanente, chamada Optitron pela Toyota!! Mas seu espaço interno, é um ponto positivo e tem que ser comentado ( no modelo anterior já era bom e a Toyota conseguiu manter na nova geração)!!
    Bom… e finalmente, a Toyota "abandonou" o step pendurado na tampa traseira!!

  • Gabriel

    E cotando esse preço em dólar, dá pra comprar um corvette e ainda sobra troco. Dá-lhe Brasil!

  • silasrana

    Queria deixar meus parabéns a equipe NA pelo salto na qualidade das avaliações. As fotos estão excelentes e muito bem ambientadas. Melhorou muito mesmo! Parabéns!

  • Kadett

    Mas que lugar lindo é esse? Onde é?

  • Filipe_GTS

    Carro maneiro. É caro, mas é produzido no Japão. Deve ter qualidade irretocável.

  • luisrenatojoia

    Essa versão 2.0 deveria custar uns 80mil na minha opnião!Gostei do suv mais muito caro pelo o que oferece.

  • Cristiano_RJ

    Lançamento do Peugeot 208 só com air bags duplos e sem ESP e dezenas de incomodados dizendo que o carro era pelado, não tinha segurança, que parecia carro popular. Agora, lançamento dessa nova RAV4 a partir de 97 mil com o mesmo nível de segurança de um 208 e ninguém parece se importar com segurança. Até a versão topo de linha, por R$ 120 mil não traz ESP e a maioria não tá nem aí. Vai entender…

    • adolfofrota

      Pelo que tenho lido nos comentários, o pessoal está criticando e muito o valor altíssimo do carro pelo pouco que ele oferece.

    • dudupruvinelli

      Eu já fiz a minha parte… ahhau a proposito, a avaliação do Jetta TSI no BCWB é sua?

      • Cristiano_RJ

        Fala dudu. É minha sim. Foi publicada em 28/06/13. Esperei completar 1 ano com o carro pra poder fazer a análise sem pressa e com maior conhecimento de causa. E aí, achou bacana?

        • dudupruvinelli

          Achei! Só tenha atenção nesse problema com a suspensão. Eles normalmente esperam acabar a garantia para dizer o que realmente é. Pretende mandar para o NA?

          • Cristiano_RJ

            Beleza. Acho que aquele é um bom espaço para ajudar outras pessoas a conhecer melhor um modelo de interesse antes de fechar a compra. Por isso, tentei ser bastante criterioso.

            Quanto à suspensão, valeu a dica. Vou tentar outra autorizada aqui perto de casa e se dessa vez não der certo, vou procurar apoio fora da VW mesmo.

            PS. Não pensei em mandar para a NA não.

  • ToniMontanha

    GPS ( )
    ESP ( )
    Vidros 1 toque para todos ( )
    Atestado de trouxa ( X )

  • Edson Roberto

    Curioso foi o Eber comentar no video de estrada: "Deixei em ponto-morto, mas ao acelerar pouco ainda continua a indicação da luz de ECO e ao pisar se apaga". Eber, será que vc estava em ponto-morto ou sem pisar no pedal do acelerador?

    Sobre a segurança, esse carro não vale o que custa. Achei-o barulhento, desprovido de um conforto maior (ainda que essa não seja um ponto fraco do modelo) e por fim "ser um Toyota" pode não ser o suficiente para manter esse produto como desejado. Lembrando que há uma concorrencia acirrada ainda que muitos ofertem muito do que o que espartano RAV4 oferta. Eu não compraria. E depois dizem que as marcas "não merecidas" são ruins porque tem pessimo pos-vendas…

    • JPaulo10

      Talvez o propósito dele seja esse: espartano. Pelo menos, lá fora.
      Aqui, o preço o nivela com modelos bem superiores. Pode ser que a taxa de importação eleve demais seu custo. Mesmo assim, não vale a pena. (Para mim, nunca valeu).

      • dudupruvinelli

        Exaaaaaaaaaaato! Sempre vejo as pessoas reclamando do acabamento do civic, do fit e de modelos que são consagrados aqui, mas não se dão conta de que em diversos outros países são simplórios carros de entrada!

        • JPaulo10

          Mas não será isso um lado bom?
          Dudu, um dia ainda conversaremos sobre os problemas que a alta teconologia usada nas perfumarias (por exemplo, o Sync, o assistente de rampas, toda essa eletrônica em moda) trás ao bolso do proprietário.
          Contam-me que a Mercedes Benz retirou esses trec-trec de vários de seus modelos, para diminuição de preço ao consumidor e sem alterar a segurança ou qualidade de seus carros. Ou seja, ela tirou o desnecessário/supérfluo.
          Por aqui, dona VW anda dando de ombros para defeitos de sistemas eletrônicos nas Amarok (painel one-touch, sensor crepuscular, entre outros) definindo esses defeitos como "uso severo" da picape (!!!!!!!!!!!!). Reparo em garantia? Niente!
          Meu medo é esse: quanto custa consertar um sensor do assistente de rampa do fiesta?
          Talvez aí a alegria dos donos de Toyota e Honda: são carros simples de reparar.

          • Edson Roberto

            Nem sempre. As vezes o problema não está relacionado a parte elétrica / eletrônica de um produto. Até porque, temos muitos modelos em nosso mercado com muito desses itens sem problemas. Tirando o problemático cambio AL4, não vejo problemas eletrônicos em 308, em C4 Pallas, em Sentra, entre muitos outros. Citei ainda carros famosos por "problemas" de alguma natureza que não necessariamente sejam ligados a parte que estamos conversando.

            Sobre o assistente de rampa: Isso me parece ser mais do modulo ABS do que de uma central eletrônica não?

        • saosao

          Sim, verdade, assim como Cruze, Jetta, Elantra, Focus… são todos carros de entrada nos EUA.
          Só que não… não somos americanos, somos brasileiros e vivemos sob as leis e taxas que temos aqui.

          Ou seja, se quer culpar Civic e Corolla, coloca tbm a culpa no Jetta e Cruze para variar…

      • Edson Roberto

        Eu discordo. Tudo bem que o Japão tem tido os problemas com a sua moeda, mas ainda assim vemos carros coreanos entre outros países que também importam sendo concorrentes diretos. Só para citar um que eu considero o custo x beneficio … é a Captiva. Uma pena que ela deixou de ofertar o interior claro.

  • Lfmorandini

    Bom,isso pra mim é um prognóstico,um exercício de futurologia para a NOVA HILUX!
    pra quem espera uma revolução,uma mega picape e etc ja pode ir se frustando com base nos carros que a toyota traz pro brasil e até pelo mundo mesmo.

  • Agora sim NA, os textos estao mais curtos , esta bem melhor..

  • Silas Coul

    Preferia vídeos da versão 2.0.

  • JPaulo10

    Eber falou sobre o consumo com o combustível colocado pela Toyota.
    Pergunto:
    Gasolina com maior octanagem (podium/premium) poderia deixar esse motor mais econômico (além de maior desempenho, claro)?

  • Joel Almeida

    Por esse preço melhor pegar um Novo Fusion Titanium ! quer carro alto? compra uma almofada que é mais barato ! '-'

  • dudupruvinelli

    Parabéns pela atitude! Muitas pessoas, como o cara que mandou a avaliação da Sportage, não sabem o que é ESP!

  • Neanderthal_Man

    Vejamos, na versão de entrada… aliás deve se chamar "de entrada" porque é por aí que o brasileiro começa a levar, se é que me entenderam…
    Mas nesta verão menos cara (de 97k!) são somente 2 air-bags, SEM TC, SEM ESP, SEM teto, SEM piloto automático, SEM bancos de couro, etc. Esta versão deveria se chamar RAV4 SEM.

  • Rodrigo

    O reloginho de Delrey no centro do painel não faz falta nos carros da Toyota (quer dizer, menos no Fétidos).

  • Rodrigo

    A traseira tá estranha, parece a máscara do Black Kamen Rider… http://www.guiadosquadrinhos.com/upload/personage

    Pelo menos perdeu aquele pneusão brega na tampa traseira que só faz sucesso entre os posers.

  • Fellipe

    A toyota terá que reformular o modelo para o próximo ano e esquecer esse. Pois sem o Controle de tração (ASR/ESP) com esse preço?

    Não Toyota… Bad!… Bad!… Toyota…

  • Jader

    A parte da frente tudo é preto e quadrado, nem visual melhor, como o interior da S10 ou do New fiesta….

  • KTA

    Painelzinho de Gol da década de 90! sem falar no plástico duro em um carro desse preço é de lascar!

    Falando em preço esse carro também deveria ter um freio de mão eletrônico, pelo menos nessa versão topo de linha.

    ESP também faz falta em um SUV acima de 100 mil (new fiesta te dá isso por 50 mil).

    Enfim, quem quiser se assaltados pelos japoneses fique à vontade…

  • exmarujo

    Enquanto o Brasil tiver essa coisa desgraçada a que teimam em chamar de gasolina os consumos seja em que carro for serão sempre altos

  • cepereira2006

    O ASX é um carrão até chegar no porta-malas. Chegando lá, é uma decepção. Foi o que me fez desistir dela.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email