Avaliação NA – Toyota Hilux SW4 (4) – Comportamento e consumo estrada

Avaliação NA - Toyota Hilux SW4 (4) - Comportamento e consumo estrada

Viajamos bastante com a SW4 2012 na semana em que a avaliamos. Foram mais de 800 quilômetros pelas estradas de Minas Gerais e São Paulo. Diferentemente da relação de consumo entre cidade e estrada (veja aqui o comportamento da S10 na estrada) existente em carros de passeio a gasolina, o consumo deste utilitário não é muito maior na estrada do que na cidade.


Andando a 110 km/h, conseguimos um consumo de no máximo 11,6 km/l com diesel. Comparando com a versão a gasolina da SW4, a diferença no consumo fica bem menor do que na cidade, já que com motor 4.0 V6 teríamos algo na casa dos 9 a 10 km/l, principalmente por termos câmbio automático com uma marcha a mais.

Saindo do consumo e comentando a respeito da experiência geral que é guiar este veículo na estrada, posso comentar que a posição de dirigir é boa e que temos conforto apropriado para viagens longas, pelo menos devido aos bancos macios. Com o tempo, a suspensão que balança bastante começa a ser cansativa, mas isso ocorre apenas em viagens mais longas.

O câmbio automático de quatro marchas, que foi tido como apropriado em nossa avaliação urbana, mostrou respostas um tanto lentas em retomadas, ponto que incomoda um pouco na estrada. Por termos apenas quatro marchas, o motor berra bastante nas retomadas, e como o ruído do propulsor diesel é bem alto, depois de algumas horas viajando, a gente fica cansado.

Em rotações constantes e em condições de cruzeiro, o ruído dentro da cabine não é muito grande. Apenas o percebemos com mais clareza a partir dos 120 km/h, onde o ruído aerodinâmico das portas se torna forte. Diferente do que parece, andar a 140 km/h ou mais (como acontece com frequência com modelos Hilux que vemos por aí nas estradas) não é muito confortável para quem está dirigindo. O conforto é muito maior em sedãs grandes.

A estabilidade é outro ponto a se levar em conta, para quem quer usar uma SW4 2012 para viajar. Sua suspensão é macia e seus pneus são de perfil alto, então é sempre necessário grandes reduções de velocidade nas curvas.

Quem pensa em uma Toyota Hilux SW4 para viajar com a família, deverá considerar SUVs a gasolina e também crossovers. Minivans importadas de luxo também são uma boa opção. Todos esses modelos trarão mais conforto para você, caso não seja necessário andar de vez em quando em trechos de barro com a tração integral acionada.

Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 15 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.