Avaliações Híbridos Hatches Toyota

Avaliação NA – Toyota Prius 2 – Impressões do interior e qualidade de acabamento

Alguns detalhes internos do Toyota Prius acompanham seu exterior. São modernos e de qualidade, deixando claro que se trata de um carro importado. Já outros denunciam que nos EUA ele custa a partir de 24.000 dólares, ou seja, ele é na verdade um carro de nível ainda inferior a 24.000 dólares, pois neste preço temos embutido o custo elevado do sistema híbrido e de suas baterias.

Abrimos a porta do Prius e somos recebidos com um interior realmente moderno. A Toyota realmente inovou, e o que mais chama a atenção é o console central grande que sobe até o painel, com um formato diferenciado e com uma alavanca de câmbio bem pequena e exclusiva. Neste ponto notamos como que o marketing envolvido em um carro híbrido também é importante, ao passar uma sensação de algo futurista ao comprador em potencial.

Em vários componentes da cabine, notamos que se trata mesmo de um carro da Toyota, pois até a desajeitada alavanca do piloto automático no volante, existente também em modelos como Corolla e RAV4, está ali. Sento no banco e percebo como que carros feitos para serem vendidos nos EUA tem acomodação mais confortável. O banco é largo, macio, bem voltado a quem quer conforto.

Percebo que o espaço lateral para as pernas não é muito amplo, por causa do console central gigante no centro do carro. Pego a chave e fico procurando onde a colocar. Isso porque mesmo modelos que não tem chave metálica, do tipo que você enfia no bocal e gira, tem também um pequeno compartimento no painel, como por exemplo, alguns carros mais caros da VW.

A chave não vai em nenhum lugar, pode ficar no bolso mesmo, ou ser colocada em algum porta-objeto. Com ela detectada dentro do carro, basta pressionar o botão Power do painel para ligar o veículo. Sabe aquela economia dos modelos Toyota, de usar painéis digitais ultrapassados até mesmo em alguns carros caros, como a Hilux SW4? Também acontece no Prius. E isso pesa totalmente contra a proposta de modernidade dele.

O display do ar-condicionado é arcaico, bem como o sistema de som logo acima. A Toyota nos informou que os Prius que serão vendidos no Brasil terão uma central com tela grande no local daquele rádio, o que é interessante. Olhando para o painel digital acima, que reune informações de consumo, velocidade, etc, vemos também que ele não é dos mais modernos.

Mas isso não faz com que deixemos de olhar para ele o tempo todo. Afinal, ali temos muitas informações, o que te deixa até um pouco perdido no começo. Fora várias luzes nas extremidades esquerda e direita, que servem para indicar o acionamento de itens como controlador de velocidade, cinto de segurança, etc, ao centro temos as informações principais.

Do lado esquerdo vemos um velocímetro digital, e do lado direito um painel que alterna mostrando a informação que você desejar. Esta região pode até mesmo mostrar uma animação indicando se naquele momento o motor a combustão está carregando as baterias ou se elas estão sendo usadas para impulsionar o carro.

Sabe aquele console central que mencionamos no começo da matéria? Embaixo dele temos uma área grande destinada a guardar objetos variados. Uma ótima maneira de se aproveitar o espaço e também esconder coisas como bolsa e carteira de pessoas que olhem dentro do seu carro quando estacionado.

Depois de acionarmos o botão Power, vemos que o Prius conta com um heads up display, ou seja, um sistema que projeta informações no parabrisa. No caso específico do híbrido da Toyota, a velocidade é mostrada ali, algo bem legal.

O descansa-braço central pode ser movido para frente e para trás, deixando aparente um porta-objetos logo abaixo dele. O ruim é que quando ele é jogado mais para trás, sua extremidade traseira chega até a área das pernas do ocupante traseiro do meio.

Sobre o espaço interno do Toyota Prius? É muito bom para o tamanho do veículo. Temos o mesmo espaço que em um sedã médio, e em certos aspectos até um pouco mais. No banco traseiro, o espaço para as pernas dos ocupantes é notável.

O porta-malas também não é pequeno, levando generosos 439 litros. O tanque de combustível que é pequeno em comparação com o porta-malas: são apenas 45 litros. Mas também, com o propósito que o Prius tem, tanque grande não combina nem um pouco.

O banco do motorista do Prius que estamos avaliando não conta com ajustes elétricos, embora o modelo possa ser equipado com este item nos EUA. Aliás, lendo o manual de instruções do Prius notamos outros itens que nossa unidade não tem, como teto solar, por exemplo.

Nas próximas matérias entraremos bem a fundo a respeito do sistema híbrido do Prius, como ele anda, qual é o seu consumo e assim por diante.





  • GusRamirez1

    Se vier com preços competitivos vai vender, caso contrário, vai micar…

    • cavevolution

      Vai custar algo em trono de R$100mil.

      • vonask

        eu tambem chutava este valor, mas chutava 55 pro aveo top, e ele vem por 60. acho que agora vou chutar 120 neste….
        14 a menos que o fusion hybrid

    • Felix_S

      Acho que no caso do Prius não é uma questão de micar ou não, afinal não acho que exista quem acredite num sucesso imediato de um carro híbrido. E pior ainda se fosse o plug-in, afinal esse Prius da avaliação é abastecido no posto igual a qualquer carro normal. Mas sinceramente eu gostaria que houvesse um programa de incentivo aos carros "ecologicamente corretos", pois esse Prius é um carro que teria sem dúvidas.

      • leitorNA

        o que poderia ser feito:
        retirar a sobretaxa de 30% do IPI para carros importados, para todo e qualquer veículo elétrico híbrido
        carros elétricos e híbridos teriam alíquota de IPI mínima e até isenta.
        No caso dos hibridos, mesmo que o motor a gasolina seja 1.8 como no caso do Prius, não seria aplicada a mesma alíquota de IPI para carros 1.8 normais, mas sim a alíquota mínima
        NO caso de carros elétricos puros, deveriam criar um alíquota especíifca para estes motores, e de preferência a menor possível ou até mesmo zerá-la. Atualmente, a alíquota é a maior possível, pois não possui categoria própria e é enquadrado como "outros", que recebe a maior alíquota possível.

        No caso de IPVA, os Estados poderiam entrar em acordo e estabelecer a menor alíquota possível para os carros hibridos ou elétricos, ou até mesmo isentá-los. Vários Estados isentam o IPVA de carros elétricos (Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe )

        Em SP, o IPVA de carro elétrico puro é 3%. Um híbrido como o Prius, por usar motor a gasolina, seria de 4%, somente por usar motor a gasolina, pouco importando ser híbrido.

        Pagar 4% de IPVA no Prius em SP, mesmo sendo um carro híbrido, é fogo

        • Sr_Andante

          O estabelecimento de alíquotas diferenciadas para elétricos é um bom motivo para enviarmos e-mails aos deputados e senadores que elegemos para que coloquem este assunto na pauta do congresso.

    • Antonio_Brust

      Brasileiro gosta de velharia, meu amigo. Tá aí os 8v de 100hp da VW pra provar isso. Carro híbrido é algo muito distante no Brasil.

      • Dragoniten

        e a desvantagem de um carro 8v é…?

        • Antonio_Brust

          Andar menos.

          • YoOdEx

            Em altas rpms.. no uso diário, normal é até mais prazeroso.. mas não adianta passar de 4000 rpm que não vai andar muito mais..

          • Dragoniten

            Mais torque em baixa, mais gostoso de dirigir na cidade…

            Ka 1.6 8v 945kg 0-100 9,15s
            March 1.6 16v 982kg 0-100 9,5s
            …ambos com álcool

            A vantagem do 16v é que ele acaba sendo mais econômico, por não ter tanto torque em baixa, bebe menos em baixas rotações, mas pra alcançar o mesmo desempenho de um 8v, tem que subir a rotação.

            Se você diz que anda menos, no mínimo tentou trocar a marcha de um 8v lá pelos 5800rpm, hahahahaha, aí não anda mesmo, amigo. As trocas tem que ser bem cedinho…

            Use fatos pra comprovar o que você fala. Ficar difamando sem informações na mão, só acabam com a sua credibilidade…

            • JPaulo10

              E se for 16v com comando variável de válvulas? Não é bem melhor do que um 8v?

              • Dragoniten

                Cara, depende muito do que você considera melhor, do que realmente você faz questão.
                É bom um motor econômico? Sim.
                É bom um motor com torque em baixa? Sim.
                É bom um motor que ande bem na estrada? Sim.
                É bom um motor com maior potência? Sim.
                Mas vai de cada um ponderar suas prioridades, se tiver a opção da escolha entre um 8V e um 16V.

                Comando variável de válvulas é superior ao padrão, mas não quer dizer que vai dar uma melhor performance. Na citação que fiz, o Rocam do Ka 1.6 é 8v padrãozin, o 16v do March é CVV.

              • Stark

                Comando de Válvulas Variável não faz milagres amigo! Dirija um 1.8 16V com Comando Variável e um mesmo 1.8 ou 2.0 8v (com mesmas potências) e tente passar a marcha na faixa dos 1.800~2.000 rpm nos dois motores que você vai ver a grande diferença de um pro outro. Comando Variável é uma excelente tecnologia mas não faz milagres.

                Porém com Câmbio Automático sem sombra de dúvidas que eu prefiro um 16V, mas com Câmbio Manual um 8V é bem mais gostoso de dirigir. (meu gosto)

            • Antonio_Brust

              ""A vantagem da 16V ocorre porque seu motor entrega mais torque em qualquer rotação. A 2400 rpm, quando a 8V atinge o torque máximo de 17,3 kgfm, a 16V fornece 17,9 kgfm. E a 4000 rpm, quando a 16V chega aos 19,2 kgfm, a 8V está em torno dos 17,0 kgfm, já perdendo força. Por essa razão, a 16V se saiu melhor nos testes de retomada de velocidade."

              Fonte: http://quatrorodas.abril.com.br/carros/comparativ

              Tenho um 1.6 8v e nunca passo marchas em altas rotações, no entanto, já dirigi 1.6 16v e notei diferenças perceptíveis. Como você pode afirmar com tanta veemência que eu fiz ou não fiz algo?

              Amigo, use fatos pra comprovar o que você fala. Ficar difamando sem informações na mão, só acabam com a sua credibilidade…

              • arianoneves

                Amigos, as montadoras lá fora nao empregam motores 8v e blocos de ferro como no Brasil! Acorda, temos motores velhos sim! Nunca vi Ferrari, porche, bmw, etc com motores com 2 válvulas por cilindro.

              • Dragoniten

                Pelo jeito você não olhou a relação de marchas, que é mais longa no 8v…
                Você citou um caso de comparação de motor GM, eu citei o Zetec, que do que eu conheço (que por sinal, não é lá muito), é o aspirado com melhor torque em baixa.

                Não afirmei com veemência nenhuma, releia meu post, eu apenas supus, fazendo uma brincadeira, que pelo jeito não foi bem aceita.

                Que diferenças tão perceptíveis você notou? De qual 8v pra qual 16v?

                —-

                Agora que percebi que é um comparativo de DOIS MIL E UM com um 2.0 8v com super 116cv contra um 2.0 16v com outros maravilhosos 136cv.

                Amigo, estou falando de motores "atuais" (mesmo sabendo que são muito ultrapassados), que estão no mercado NO MOMENTO, não um teste de, literalmente, 10 ANOS ATRÁS.
                Citei dois motores com potência semelhante, do Nissan March, que é CVV 16v 1.6 (down-sized do 1.8 do Tiida) contra um 1.6 8v tosco da Ford que já está no mercado há anos, com uma simples comparação de 0-100.

        • CherokeeV8

          Desempenho pífio por exemplo.

      • tiards

        Micar não vai, vai ter comprador, é claro as vendas serão baixas mas vai vender. É Toyota e é um carro conhecido no mundo todo, mas no brasil pode ter certeza que como um carro hibrido, sucesso só depende do nosso próprio governo.

  • fep

    Ele vende muito, muito mesmo nos Estados Unidos, sei que é muito barato por lá,
    mas vejo muito dele até mesmo em qual quer filme de lá. O que ele tem de tão bom que os americanos gostam tanto ?

    • Marciomaster

      Tambem me pergunto isso e só vejo uma resposta: modismo, é moda estar na onda verde, ter um carro mais ecológico etc. Só isso justifica a compra de um carro tão feio e até caro nos EUA.

      • Cil

        Mas se for modismo, foi um modismo que veio para ficar, pois o carrinho existe por lá a bem mais que uma década, considerando que até a mãe do Charlie Harper, em 2003, tinha um… kkkkkkkk

        • jeep12

          a old Christine Campbell tambem…

        • Marciomaster

          Falar do seriado é até mais interessante que esse carro, rsss. Aliais perdeu a graça com o cara do the 70's show. Nunca se esqueça carros em seriados são pagos, marketing.

      • Louis

        Modismo??
        Eu acho que é consciência ecológica. Pois este carro, apesar de não ser muito bonito, é muuuuito mais econômico que as barcas utilitárias dos EUA.

        • Americano pode ser o que for, mas quando o bolso aperta, ele se redefine e vai atrás de opções mais econômicas

      • jpmocellin

        Pra ver como existem opinioes diversas. Eu por exemplo, acho muito mais bonito do que os hatches medios vendidos aqui (tirando as rodas), alem de ser economico, coisa rara em tempos de flex.

      • vonask

        Ele não é barato lá não, por 24mil (preço dele) pode-se comprar camry, pode comprar um taurus ou um mustang V6 base ou premium, e fora o premium todos sobram mais de 3mil de troco…

  • X11auto

    Tirando o painel e o volante, o interior é perfeito!

  • rodrigo_tm

    Eu particularmente não gosto de carros com painel central, acho que fica um vazio estranho na frente do motorista. Agora, uma duvida q tenho com relaçao a esses carros em que não há lugar para colocar a chave: O que acontece se a bateria estiver fraca ou algo assim, não tem uma forma "manual" de ligar o carro?

    • jpmocellin

      Creio eu que o sensor que existe no carro capta do mesmo jeito o chip da chave, apenas acho que o comando do alarme na chave nao vai funcionar.

  • Giorgio

    Não me agrada. Só vou conseguir mudar minha opinião quando ver o interior de um pessoalmente. Assim, pelas fotos, não me dá vontade nenhuma de ter um.

    • GreatU2

      Eu já dirigi o Prius. Realmente as fotos não favoreceram muito. O interior dele é absurdo, vc se sente numa nave. Espera sair e vê pessoalmente.

  • Dmuf

    não é uma unanimidade, é apenas um carro híbrido, a tensão encima desse carro é muito grande, aqui no brasil é inedito , mas lá no exterior se duvidar até defasado ja deve está , to tranquilo.

    • danfm1982

      Em Nova Iorque é muito comum, muitos taxistas estão optando por ele.

  • alyalysson

    um sensor de estacionamento traseiro não seria ruim…
    rádio e controles do ar condicionado estão parados no tempo.
    e o interior claro (quase branco!) não vai agradar o brasileiro, vai?

    • jpmocellin

      Se for analisar, o Corolla tambem tem o interior claro, e vende no fim das contas. Estranho esse gosto brasileiro por interiores escuros, eu particularmente acho bonito claro desse jeito.

      • alyalysson

        eu tb não acho feio e dependendo do material não é dificil de limpar.
        mas a maioria (o povão) quer interior preto.
        tanto é que foi uma das modificações no carro da JAC e da Lifan

  • KzR

    Essa modernidade no painel não me convence. É legal a proposta mas acho que seria mais conveniente um painel normal atrás do volante como todos os carros normais e uma tela maior no centro do painel para dar suporte as informações. Nesse ponto dou mais crédito ao Fusion Hybrid

  • Digao250

    É um Toyota, vai vender com certeza, a 100 ou a 120mil!!

  • willyaugusto

    O banco é largo porque americanos são gordos…
    O interior parece bem acertado, mas os displays e os controles do ar condicionado poderiam ser mais modernos. O Controle do ar condicionado no volante poderia dar lugar ao piloto automático.

  • duhehe

    Eber, você sempre reclama do espaço para as pernas.

    Notei no teste do Cruze que seu joelho fica flexionado.
    Você não esta usando o banco muito para frente não ??

    Já vi pessoas com 1,90 se encontrar bem nos sedans medios … apenas jogando o banco todo para tras e deixando o encosto mais reto.

    Pois olhando pelas fotos o espaço é bem generoso no caso do Prius.

    • Edson Roberto

      Du,
      A questão é que não basta ser grande em comprimento, tem que ter largura também. E o console do tamanho que é, acabo por limitar o seu espaço interno. E perceba que essa coisa de "criar um cockpit" segundo algumas montadoras fazem, roubam um bom espaço interno para tal. E o Cruze é desse tipo. Vc realmente senta em um carro que demonstra pretensões facilmente esportivas, mas para quem procura um carro familiar, a proposta esportiva não é o desejado e por isso, a limitação acaba sendo um ponto negativo e nesse caso, eu "combino" com o gosto do Eber.

  • Herbet23

    Poderiam por leds nessas lâmpadas do interior, né?? Essa lâmpada amarela que clareia mal e ainda esquenta e resseca o plástico não tem que existir mais! Eu comprei pro meu Siena por menos de 7 dólares na china…

  • TiagoMegane

    Se vier a mais de 100 mil vai ser um tiro no pé

  • marcello7007

    SEra q nao vai ter um modelo nao hibrido projeto parece interessante, so o preço q parece fora da realidade.

  • Louis

    Tem gente aí achando que a Toyota quer rachar de vender esse carro por aqui.
    Mas vai ser um carro de imagem no Braçil, vender caro e para poucos! Essa deve ser a meta da Toyota.

  • Stark

    Esse Prius que voces estao testando funciona legal com a Gasolina E25 aqui do Brasil? Eu não entendo mas lá nos EUA é Gasolina Pura né não? Ele foi adaptado pra rodar aqui no Brasil? Como é?

    • Edson Roberto

      Stark,
      Esse carro roda com até gasolina E15. Ou seja, 15% de alcool. Isso nos EUA.

      Mas esse mesmo carro tem feito testes no Brasil, e então, logo a Toyota já calibrou e adaptou de acordo com a gasolina daqui.

  • granrs78

    Será bem caro, somente mais um carro de nicho, infelizmente, pois no nosso Brasil, somente motores com concepção atrasada é que fazem sucesso por aqui. Vide os Monzatech e Vw da vida.

  • exmarujo

    O problema do Prius não será o preço pois o pessoal por aqui compra tudo e mais alguma coisa, o grande problema vai ser na altura das revisões e manutenção que é carissima

  • Ground_Zero

    Andei bastante de Prius nas férias. Na Europa esse carro é o queridinho dos motoristas de táxi. Vi até umas versões a gás natural (de fábriaca, fui informado). O carro é extremamente silencioso, bem macio, tem boa visibilidade e espaço interno. Muito interessante na cidade, acho que deve ficar devendo na estrada.

  • raphaelchadias

    Não gostei desse novo layout de visualização das fotos, no anterior, podia ir passando as fotos em tamanho grande pelas setas direcionais do teclado :/

  • Landrutt

    Interior bonito e bem feito, sem recorrer aos detalhes arabescos nem a poluição visual que alguns ostentam hoje em dia.

  • Vitão

    Eu sou fã deste carro…. Mas ainda utilizar do painel de calculadora foi sacanagem……

  • hugogyn94

    Putz, e bom torçer pra a toyota vender R$ 70.000,00.

    • lbonventi

      Seria bom, mas não podemos esquecer que essa é a mesma Toyota que vende Corolla por quase 90k, então infelizmente é pouco provável.

  • davi_auto

    Só eu acho esse carro maravilhoso? Não sei se é porquê eu gosto dessas coisas de "ecologicamente correto", mas cada vez que vejo esse carro dá ainda mais vontade de ter um, acho ele bem mais bonito que o Corolla, e até do Fusion Hybrid, eu também gosto do interior, os bancos parecem ter um ótimo acabamento, o painel também, só não gosto desse volante e do rádio que parece dos anos 90, ainda bem que vão colocar uma tela alí.

  • Mak73

    Creio que daqui uns 25 anos compre um carro hibrido.
    Pois lembro quando começaram a lançar carros com ABS/AIRBAGS no Brasil e somente depois muitos e muitos anos consegui comprar um carro com esses equipamentos.

  • rohkess

    corolla s = 18 000 dolares corolla altis = 90 000 reais
    prius = 24 000 dolares prius = 120 000 reais
    e qual é essa de interior moderno? esse interior é horrivel!

    • GreatU2

      O interior é absurdamente moderno, totalmente futurista. Essas fotos não favoreceram. Eu já entrei em um. Sei o que estou falando

  • Jason V.

    Tudo bem apelar para um design futurista, mas poderiam pegar mais leve nessas adaptações.

    O interior desse carro, apesar de entregar conforto e boa funcionalidade, parece muito exagerado. Espero que não vire tendência.

  • Castle_Bravo

    Carro feio demais e extremamente caro para uma tecnologia relativamente nova.

    Todas as vezes que vejo no mercado um produto que só pode dar certo quando um governo ajudar, nota-se que há algo errado aí, por que todos que não queremos ou não podemos comprar um carro deste tipo deveremos ser punidos pagando a excentricidade de alguns?

    Ademais, o que levaria uma pessoa a comprar este carro horroroso, quando um Fusion Hybrid custa praticamente o mesmo preço?

    • GreatU2

      Mais um que não entendeu o conceito do Prius.

      Quem quer um híbrido e compra um Fusion, é como quem quer uma SUV e compra Ecosport

      • Castle_Bravo

        Será? amigo, ambos são mid-size, ou seja possuem espaço interno e dimensões externas semelhantes, a única diferença prática é um ser sedã e outro hatchback, porque ambos estão na mesma categoria no mercado americano, sendo um concorrente de outro.

      • Castle_Bravo

        Entre Eixos – 2728 mm (Fusion) X 2700 mm (Prius)
        Comprimento – 4841 mm (Fusion) X 4460 mm (Prius)
        Largura – 1834 mm (Fusion) X 1745 mm (Prius)
        Altura – 1445 mm (Fusion) X 1480 mm (Prius)
        Peso – 1690 Kgs. (Fusion) X 1379 Kgs. (Prius)

        São idênticos, nem se compara ao absurdo que é chamar uma EcoSport de SUV!

        Sobre o Prius ser vantajoso, ao menos que sejas uma celebridade ambientalista que levanta a bandeira do "Politicamente Correto", ele é a única opção a ser considerada, racionalmente, tanto no Brasil quanto em outros lugares, é questionável a escolha.

        • GreatU2

          Exatamente. Ai está a prova de que não entendeu o conceito do Prius. Tanto que está se baseando apenas em medidas. Mas é normal. O carro ainda não existe no Brasil, e muitas pessoas não entendem mesmo. Não falei em tom ofensivo.

          O Prius é um carro DESENVOLVIDO pra ser ambientalmente correto e econômico. Desde o início do projeto, o intuito do carro foi esse. Cada detalhe dele foi feito pensando nisso. A aerodinâmica do teto, do aerofólio, dos vincos, tudo foi desenvolvido pra ter o menor consumo possível. O Fusion é apenas um carro comum, com uma bateria.

          O resultado disso é que o Prius faz 25km/l na cidade, enquanto o Fusion faz 12.

          Mas tem muita gente que confunde mesmo. Quando o carro efetivamente chegar no Brasil, as pessoas vão entender essa diferença

          • Castle_Bravo

            Na verdade são 17,4 km/l na cidade com o Fusion contra 21 km/l do Prius, segundo o departamento de energia dos EUA, a diferença é considerável até, mas não tão grande ao ponto de pagar uma pequena fortuna por um carro horrível.

            • GreatU2

              Isso são medidas dos EUA, com gasolina dos EUA. Eu falo de Brasil.
              Quanto a você especificamente achar ele horrível, ok. Cada um tem seu gosto

              • Castle_Bravo

                Apostaria um doce que a diferença não será muito maior que 10% usando nossa gasolina, mas aguardemos os resultados.



Send this to friend