Avaliações Sedãs Volkswagen

Avaliação NA – Volkswagen Jetta Comfortline 3 – Comportamento e consumo na cidade

jetta-comfortline-cidade Avaliação NA - Volkswagen Jetta Comfortline 3 - Comportamento e consumo na cidade

Concorda comigo que a coisa mais comum hoje na internet do Brasil é pessoas falando mal do Jetta Comfortline por conta de seus 120 cavalos? Muitos ficam indignados e acham um absurdo que o modelo tenha 20 ou 30 cavalos a menos que seus principais concorrentes.



Sem dúvida, é claro que a motorização do sedã da Volkswagen teria uma potência menor, afinal ele tem apenas oito válvulas, coisa que fica mais rara a cada dia que passa. E é claro também que seu motor é ultrapassado, está em uso na marca alemã por muitos e muitos anos aqui no Brasil.

Mas o que precisamos analisar é se na prática o Jetta anda menos que outros sedãs médios. Se isso não acontecer, não existe nenhum problema em ele ter 120 cavalos. Acelerando forte para ver o comportamento do Jetta em uma saída, por exemplo, vemos que ele não anda menos que um 1.8 16v de 140 cavalos ou algo parecido.

Isso porque ao andar na cidade, torque, peso total do veículo e relações de marcha também são importantes para que um carro ande bem e satisfaça seu motorista. Com certeza ao analisar tudo isso, os engenheiros da Volkswagen viram que seria possível usar este motor de apenas 120 cavalos sem que isso comprometesse a mobilidade do sedã e também o prazer ao dirigir que ele entrega.

Notamos um ruído um pouco mais alto do que existente em outros sedãs médios, vindo do motor. Também no sistema de escape, nota-se claramente que o conjunto faz mais barulho. Isso, se formos ver um lado positivo, agradará quem quer uma condução um pouco mais esportiva, mesmo que com pouca potência.

O conjunto mecânico do Jetta Comfortline agrada ao típico brasileiro, que gosta de torque em baixa e de trocar de marcha com menos frequência. Apesar de nos números o torque do Jetta não ser muito melhor do que de modelos concorrentes, na prática se sente que o seu motor 2.0 está impulsionando o veículo com facilidade, ao contrário do que percebemos em alguns sedãs 1.8 que já testamos, como o Civic, que precisam de uma boa dose de acelerador e rotações mais altas para ficarem fortes.

Em termos de suspensão, foi agradável ver que na versão Comfortline o modelo tem um conjunto mais macio do que na versão Highline. Isso seria óbvio, pois o Highline é esportivo, mas eu imaginava que o Jetta de 120 cavalos teria uma suspensão quase tão dura quanto a de seu irmão mais caro.

Mas ela é mais macia, mesmo com as rodas opcionais de 17 polegadas, com pneus de perfil 45. O que ajuda na percepção de conforto é o banco do motorista que é bem macio. Ele tem abas laterais pronunciadas, que apertam um pouco o corpo, mas isso não incomoda muito não.

Consumo: o Jetta Comfortline fez 6,5 km/l com álcool na cidade e 8,6 km/l com gasolina, sem usar ar-condicionado, já que os dias estavam bem frios por aqui quando avaliamos o modelo. Mesmo assim, se trata de mais um ponto onde o Jetta surpreende.

Como se não bastasse seus 120 cavalos não perderem em nada para motores mais modernos em desempenho na cidade, o consumo dele foi melhor que o consumo que aferimos nas avaliações de Corolla, Cruze e Civic. Todos eles beberam mais na cidade, com médias de 7,8 km/l, 7,0 km/l e 7,1 km/l, respectivamente, com gasolina.

O Jetta talvez faça 7,5 km/l com o ar-condicionado acionado, o que ainda assim é melhor que Cruze e Civic.

O interior do Jetta Comfortline se mostrou bem montado, em nossa avaliação, não tivemos componentes soltos ou rangendo.

5.0

COMPARTILHAR:
  • Stark

    Motores 1.8 16V, com Comandos Duplos e Variáveis, alguns todo em Alumínio bebendo mais que um simples 2.0 8V ?
    Queria entender porquê essa bagunça, pra mim era pra ser o inverso! hehehehee

    Não acho que seja culpa do Câmbio pois a própria VW anuncia que o TipTronic6 tem o mesmo consumo do Manual.

    Enfim excelente avaliação, aguardando o Vídeo da Cidade mas acho que na Estrada talvez ele não deve ser tão econômico como foi na cidade!

    • radiobrasilcombr

      Acho que a "tecnologia" está só dando mais potencia aos 1.8.
      Final dos anos 80, e década de 90 os 1.8 tinham uns 100cv e olhe lá.

      • Stark

        Ou então é a tecnologia dos "cavalos" que não vai bem com o nosso Combustível, essa deve ser a causa mais provável.

        Pois antes dos anos 2005~2006 os Japoneses eram extremamente economicos, muito mais que esses simples 8V. O que aconteceu hoje em dia é que os Japoneses regrediram em consumo mas os simples 8V se manteram do jeito que estava e se deram muito bem com o Flex.

        Eu não entendo nada de combustiveis mas outra causa pode ser o Álcool misturado na Gasolina pois esses mais modernos tem tudo pra serem os mais economicos.

        • thales_sr

          Os corolla monocombustível eram bem econômicos… Viraram flex, começou a m****…

          • bandaxadibar

            a tecnologia flex é uma verdadeira mentira!!!!

            • thales_sr

              Nada rapaz, os donos de usinas de açúcar adoram! rs

          • Eugenio C.

            Um colega que teve vários Corolla não viu diferença no consumo do flex com gasolina… Acho que o que deixou o Corolla gastão foi o novo motor 2.0 das versões XE-i e Altis.

            Mas se lembrarmos que o Ford Fusion 2.5 16V tem um consumo muito baixo para o peso, cilindrada e potência do carro, vemos que não houve assim tanta "involução".

            Aliás, sempre considerei o 2.0 da Volks econômico. Chegava fácil nos 14 km/l na estrada. E estou falando da velha Quantum…

      • Acelerando

        Nos anos 80 a alíquota do IPI era maior para potencias maiores, então alguns carros tinham nominalmente 99 CV provavelmente na realidade tinha um pouco mais.

        • MecanicoDigital

          Sim sim … no anos 80 tinha o Gol e o Santana 1.8, o Monza 1.8, e nos anos 90 tinha o Tempra 2.0, o Marea, o Astra … todos com potência inferior declarada , apenas para se beneficiar de um imposto menor … Como agora a forma de tributar mudou, a cavalaria está liberada, então a forma da mentira também mudou: Antes mentiam a potência pra menos, por causa dos impostos, agora mentem pra mais (Alô Hyundai!), pro consumidor achar que "y" é melhor do que "z", sem nem fazer um teste antes …

    • MecanicoDigital

      Pra você ver que na prática, esse lance de motor 16v ser mais econômico é puro maketing, já que esta máxima só é verdadeira em situações de condução esportiva.
      No dia-dia, um motor 8v rende tanto quanto um 16v.
      Valeu Eber por nos mostrar isso na prática :)

      • thales_sr

        É que o Jetta consegue andar bem com giro baixo, isso faz diferença na hora do consumo.

        • ernestojr

          Cruze aqui está fazendo 8.5 na cidade com gasolina ..

          • thales_sr

            Estou meio por fora do consumo desses carros maiores, 8,5 km/l é um bom valor pra categoria?

            • mho

              Depende da cidade e da tocada do motorista.

            • josenum

              ele é 2.0, uma otima média, melhor que motores menores como foi dito, vide 1.8 cruze, vovorola e civic.

          • zemarreta

            Meu 3008 está fazendo 9~9.5. Estou chegando à conclusão de que pra melhorar consumo mesmo é com turbo. Já as 16V x 8V nos aspirados, realmente parece que a experiência está mostrando que não faz tanta diferença no consumo…

            • Eugenio C.

              Realmente, um turbo bem calibrado é a melhor pedida. O 1.8T da VW-Audi era potente sem ser gastão, e tinha torque alto em rotação baixa. Em relação às 16V, sou da opinião de que só melhoram o desempenho, mas não necessariamente alteram o consumo. Uma amiga teve Gol 1.0 16V e 8V, o primeiro era mais econômico. Um primo teve Tempra 8V e 16V, o 16V gastava mais…

          • josenum

            motorista e condicoes diferentes… pega essa mesma pessoa que faz essa media no cruze e coloca no jetta, vai surpreender.
            ja fiz otimas medias em todos carros, desde moto até carro e jurassicos como kombi(impossivel fazer mais que 8km/l)

            • ernestojr

              Olhe .. Antes do Cruze o carro daqui de casa era um New Beetle .. Fazia 7 km /l mesmo motorista e condição …

        • MecanicoDigital

          Sim, pois com seu cabeçote de 8v, o motor privilegia o torque em baixa rotações…

          • zemarreta

            Mas o VTEC e os outros variáveis, EM TESE, deveriam também abrir apenas 8 válvulas em baixa e aproveitar o torque, e em alta abrir tudo e extrais mais potência. Não sei nos outros, mas no Old Fit 1.5 eu percebia que ele até era forçudinho para um 1.5 em baixa rotação.

            • MecanicoDigital

              Na verdade, nenhum sistema "desliga" totalmente metade das válvulas do cabeçote. O que os sistemas de válvulas variáveis no mercado na verdade fazem é diminuir o tempo de abertura de metade, ou de todas as válvulas de cada cilindro. No caso do iVTEC da Honda por exemplo, ele atua diminuindo o tempo de abertura das válvulas de admissão do cilindro, quando está desativado, melhorando (eu disse, "melhorando") o tempo de resposta do motor em baixa rotação. Quando o motor sobe de giro, em determinado momento a central eletrônica ativa uma válvula solenóide no cabeçote, que trava um ressalto maior que existe entre os balancins, liberando as valvulas para total abertura, melhorando o desempenho em rotações mais altas. O vídeo do link mostra o funcionamento: http://www.youtube.com/watch?v=ukJ7Az1FtF8&fe
              Lembrando que o tempo de resposta em baixa rotação melhora em comparação a um motor 16v sem o sistema, não em comparação ao motor de 8v, que possui sistema mais simples, e desde o início projetado para funcionar assim.

            • MecanicoDigital

              Apenas complementando o comentário anterior, para que um motor 16v possa disponibilizar torque em baixa rotação e termpo de resposta em quantidade igual ou superior a um motor equivalente de 8v, além de comando variável de válvulas, também precisa ter coletor de admissão variável, e em alguns casos, até mesmo sobrealimentação.

  • netto_57

    "Concorda comigo que a coisa mais comum hoje na internet do Brasil é pessoas falando mal do Jetta Comfortline por conta de seus 120 cavalos? "

    Concordo plenamente, porque muitos adoram falar mal de um VW, só porque se trata de um VW, e pior, ainda falam mal sem ao menos terem andado no carro, é fato que 95% dos que falam mal do Jetta sequer sentaram no banco do caro do carro… Maldita inclusão digital, em um país onde a maioria esmagadora de carros vendidos é popular, como podem falar tão mal de carros melhores. Isso vale pra outras montadoras como Chevrolet, onde também falam muito mal de Colbalt outros… É uma pena, perder tempo lendo comentários tão inúteis para garimpar algum comentário realmente útil e condizente com a matéria….

    • tiards

      Principalmente os fãs das outras marcas, especificamente da dona "fiat". Birra..

    • rodrigorsr

      Pois é, muita gente fala mal sem conhecer, baeda apenas em números. Se esquecem que uma montadora como a VW não irira colocar sua reputação a perder num segmento desse se não tivesse certeza do que o carro entregaria com esse motor né?

      Porém, a ignorância e o puro prazer de falar mal por falar, baseado só em números, agora provam que tava todo mundo errado e o desempenho do carro não deixa nada a desejar…

      • simoloko

        Eber, faça uma retomada na estrada para uma ultrapassagem difícil ou aguarde que o motor chegue acima dos 4,5 mil rpm na aceleração, comparando com o Civic ou Cruze. Verás que o Jetta fica muito lerdo em altas rotações.

        Não tem milagre: É engenharia.

        Comando duplo variável terá mais potência e melhor alimentação nessas situações – e mais quilos de torque torque.

        • 3ic

          tenho carro 8 valvulas, nunca precisei ir alem de 4 500 giros numa ultrapassagem a cada mudança de marcha. Ou seja, não precisa fazer isso no jetta se não é a praia dele. Para que complicar se pode simplificar..
          hehehe abração

          • thales_sr

            "não precisa fazer isso no jetta se não é a praia dele. Para que complicar se pode simplificar.."
            É isso que o pessoal não entende… rs Da mesma forma que não dá pra querer o Civic andando bem nos 2000 rpm. Cada carro deve ser conduzido de acordo com suas características.

    • Marco_Aurelio

      Concordo plenamente contigo netto. Cada vez que leio alguma matéria relativa ao Jetta, mais gosto desse carro. Mas com relação ao Cobalt, ele não está tendo o apelido de "coCôbált à-toa não. Experimenta só andar em um com 4 adultos, bagagem e enfrentar uma serra prá vc ver só a lerdeza. Um tio meu comprou um assim que lançou e não conseguiu ficar 3 meses com ele. É até perigoso de tão lerdo. Sem falar que é feio prá burro, uma banheira com cara de tratorão. No mais, parabéns pelo comentário. Gde abraço companheiro.

      • netto_57

        Pois é marco, citei o Cobalt pq foi o primeiro apedrejado da GM que me veio à cabeça, mas o foda aqui é ler os comentarios em busca de alguma informação util, e até achar uma tem que passar por um monte de "tejolices" … No mais obrigado pela sua resposta. Abraço

      • Tripa-Seca

        O seu tio colocou 4 adultos, bagagem e enfrentou uma Serra? Curioso: Fez exatamente o cenário que todo mundo critica o carro, como se ele fizesse isso o tempo todo! E se a pessoa só andar na cidade e para isso precisar de espaço e porta-malas? O cenário que você descreveu não faz do Cobalt um carro ruim: Faz dele um carro impróprio para ESSE cenário…

        • bedotRJ

          Minha mãe comprou um Cobalt ontem. Deu na troca um Logan 1.0. Propensão p/ gostar de carros detonados pelos fóruns, rsrs.

          Mas o teu comentário é bem pertinente. Não é que o Cobalt não suba uma serra com 4 adultos e bagagens. Até o Logan 1.0 faz isso. Só que não farão com rapidez e agilidade. Exigirão reduções de marchas. Se o comprador rotineiramente sobe serras com o carro carregado e detesta ficar trocando marchas, já deve, de antemão, descartar os sedans com motores 1.0 e 1.4. Compre um Versa (120 dias de fila), um Grand Siena ou um Symbol que estará muito bem atendido.

    • marcosldesouza

      Um amigo meu tinha um astra de 140cv e trocou por um jetta idêntico…ele disse que o jetta é maior e mais confortável, mas o astra anda bem mais…
      e não sei da grande maioria…mas pelo que vejo de comentários aqui, vários são donos de carros de igual ou maior categoria que o jetta…e a grande maioria é apaixonada pelo sentra(que tem um trem de força sensacional com o câmbio cvt, mas tem um visual um pouco antiquado).
      Acho que os donos de populares não tem tempo pra ficar vendo um site como este e ainda lendo os comentários das reportagens…no máximo ficam lendo a reportagem…

      • Tripa-Seca

        Tem um austríaco que adorava esse tipo de visão século passado…

        • marcosldesouza

          Não entendi o seu comentário, tripa-seca,
          só disse que alguém q tem um carro popular nao ficaria lendo comentários e pensando em falar mal de carros "melhores" só por falar mal igual o netto diz…acho q deveriamos falar apenas do que podemos comprovar, e se alguém tem tempo de falar mal de todos os carros aqui, essa mesma pessoa deve ter tido o tempo de ir concessionária e fazer um test drive….isso nada tem a ver com a visão desse certo austriaco que na verdade não era contra a pobreza, e sim contra uma "genética" que ele dizia ser inferior. Esse mesmo austriaco não era de classe social alta, enquanto os judeus que ele tanto odiava sempre foram de classe média/alta pela condição de ótimos negociantes…
          não confunda questões culturais, como fato de falar ou não mal de um produto pelo simples prazer de fazê-lo (eu acho q a maioria dos leitores e escritores dos comentários aqui não devem fazer) com ideologias que causaram o segundo holocausto. Não esqueçamos que o primeiro foi causado pela igreja católica e é mais conhecido como inquisição.
          Trocando em miudos, eu sei que existem dois tipos de usuários deste site: os que conseguem acessar ele 2 a 3 vezes por dia, ler quase todas as notícias(pois elas são muitas…de longe o site automotivo mais atualizado de todos) e ainda por cima ler os comentários e postar. E outros usuários que leêm apenas algumas noticias…as que consideram mais interessantes para si, e não dão muita importância ou não tem tempo de ler os comentários e ainda por cima escrever aqui… Não adianta ser hipócrita e achar que classe alta compra carro 1.0, ou achar que classe baixa(na maioria das vezes) tem tempo de ficar tanto tempo neste site…não estou sendo preconceituoso, só acho que as coisas funcionam assim. Não sou contra a inclusão digital…só considero que ela ainda não está tão avançada assim como vc pode achar. Quem é preconceituoso é quem fala: "maldita inclusão digital"…não é o meu caso…

          • netto_57

            Caro marcos,
            Já é conhecido de todos nos leitores do NA que aqui está infestado dos chamados "FanBoys" das montadores, os vulgos "fieteiros" "APzeiros" e vários outros, estes veem aqui apenas para encher o saco falando mal dos carro "concorrentes" da sua montadora predileta. Eu lhe pergunto, pode um motor 2.0 consagrado da VW onde em qualquer padaria voce leva uma biela pra casa, qualquer bom mecânico sabe trabalhar no motor, tem índices de poluição dentro dos aceitáveis, consumo não é alto por ser 2.0 ser criticado abusivamente nos comentários do NA? Pode, e os fieteiros adoram…. Criticas devem vir com certeza, mas que sejam no mínimo construtivas, e não simplórias e destrutivas… Você disse "acho q deveriamos falar apenas do que podemos comprovar", é exatamente esta a filosofia do meu comentário, mas fica apenas no "DEVERIA" na prática isso nao acontece, o cara tem tempo pra fazer mil comentários aqui, mas nao vai querer fazer teste drive na concessionária "inimiga"… Também Não acho que donos de carro 1.0 só vão comentar sobre carros 1.0 como voce disse. Se fosse assim, noticia da lamborghini aventador teria 3 comentários…
            Só mais uma coisinha, o famoso "maldita inclusão digital" é um jargão comum na internet hoje em dia quando queremos nos referir a comentários completamente vazios de informação, que te faz perder seu tempo. Como eu disse, muitas vezes é necessário ler uns 20 comentários pra chegar a uma informação que lhe ajude a entender melhor a noticia ou esclarecer uma duvida.
            Enfim, o comentário é livre (se nao for bloqueado na moderação), e deve ser mesmo. Mas ás vezes são tantas baboseiras que chega a incomodar, como andar no ônibus lotado ouvido o funk do celular dos camaradas no ultimo volume… Até o próprio Eber já soltou os cachorros em certo post sobre comentários muito mal feitos aqui.
            Mas essa é uma questão de cultura e nao muda em pouco tempo, essa discussão aqui é como discutir religião, não vai levar a nada…

  • CanalhaRS

    Boa avaliação do NA. Desmistificando alguns mitos sobre o carro. Parabéns Eber.

  • wirr1

    é um excelente carro, por mais que ele contenha apenas 120 cv, anda muito mais que vectra com seus 140cv, civic e derivados!
    é uma pena que existe uma grande demora na entrega do mesmo! Pedi o meu Jetta Comfortline Manual, com teto, banco couro bege, ar dualzone, roda 17 TSI, e radio touchscreen a 2 meses e ainda estou no aguardo! Esses mexicanos… rsrs.

    • Gabrielbrandao

      Forçou hein amigo ! anda mais que civic e vectra onde ? tem praticamente o mesmo peso e 120 cvs…..
      fora que ele faz de 0 a 100 em 12,8 segundos.
      Como outros aqui acho o carro muito bonito, elegante, até gostaria de ter um. apenas pelo fator beleza. pq se não fosse o tamanho deste carro. pode-se tranquilamente jogar ele pra faixa de briga com o cerato, j5 , etc…..
      Depois vem gente aqui falar do honda city. motor ruidoso. 115 cv… etc. carro caro 10 mil reais acima do preço. assim como o city.

      • FuncSist

        Gabriel, voce está enganado. A versão com cambio manual faz de 0 a 100 em 10 segundos cravados! E digo mais, após 140km/h voce ve o civic lxs (141 cv) bem pequeno no retrovisor. Lembre-se que a cada faixa de rotação o motor tem uma cavalaria… as montadoras divulgam apenas o pico de potencia.

    • vitimsl

      Kra, é um bom carro, com desempenho razoavel, mas um modelo que sempre sofreu críticas em relação a desempenho devido a seu motor velho é o vectra, que no modelo de 140 cv com cambio manual andava muito. Na boa, pelos numeros que vi na net, o vectra anda um pouquinho mais que o jetta… mas nada d+. Mas sempre falei isso, que motor pra mim nao é valorizado por numeros de valvulas ou por idade, mas sim por eficiencia. E isso os motores "Monzatech" e "APtech" mandam muito bem.

    • viniciusbonelli

      Boa sorte :D Meu pai pegou o dele ano passado graças aquele rolo que houve com o carro de deputados se nao me engano, que cancelaram as vendas dos jettas… uma dessas unidades ta aqui em casa :D

    • Stark

      O vectra de 140cv bebe igual e anda igual mas em altas rotaçoes o monzatech rende muito bem.

  • Kuri

    Boa avaliação , Mas cada vez mais o consumidor deve pedir por inovação tecnológica , nao é atoa que Europa e EUA tem motores de ultima geração. consumidores exigentes , gera um certa correria das montadoras em oferecer o melhor …
    Ja aqui no brasil… ;(

  • Sias

    Nas vezes em que dirigi este carro (mas era AT) eu gostei. Poderia ter mais motor? Poderia, mas o que tem é suficiente para andar na boa.

  • Pedro_Rocha

    O consumo na cidade até que está razoável mas aquém do Corolla GLI 1.8 AT que parece ainda ser o motor mais econômico entre os sedãs médios. Mesmo sendo automático de 4 marchas, poucas vezes marca médias abaixo de 9 Km/l com gasolina.

    • tiards

      O meu XEI 1.8 AT 2009 faz 8 – 10 na cidade.

    • jpmocellin

      O Corolla 1.6 2003 que temos aqui, tudo bem que não é flex, mas chegou a fazer 12 na cidade e 16 na estrada, isso com média 110, 120. O único sedã que vi fazer essa economia foi o Civic 1.7, aquele vendido antes de 2005. Só para constar que o câmbio do Corolla é manual.

  • radiobrasilcombr

    Pro uso diário, urbano, EU prefiro ter mais torque em baixa, como nos GM do Astra/Vectrastra.
    Engano meu ou os 140cv de um Civic por exemplo, serão mais úteis em velocidades maiores?

    • 3ic

      em estradas planas o civic é melhor. falou em serra o vectrastra volta a seu reinado

      • radiobrasilcombr

        Quando eu tinha um Next Edition, na Serra Dona Francisca adorava dar "tchau" pros Japas na subida … é verdade!

        • jpmocellin

          Mas o ronquinho do Corolla 1.6 na Dona Francisca dá gosto de ouvir cara. Tudo bem que não é aquele torque, mas o funcionamento em alta rotação é muito bom.

    • Adriano_Silva

      Verdade ele demora a acorda rsrsrs.

    • Gregori_Costa

      é assim mesmo, ele se mostra so alguns giros maiores, acredito até q seja por isso que muitas pessoas reclamam do consumo do civic, pq ele precisa de mais giro, então se pisa mais.
      Pelo que andei lendo eles deram uma modificada nisso com a nova geração, mas não sei se adiantou muito.

    • MecanicoDigital

      Eu também prefiro assim …

  • F75

    Bom, devemos realmente levar em conta alguns fatores:
    Cavalos; torque; peso do veículo; de 0 a 100 em qtos segundos etc. A análise desses dados é feita por pouca gente qdo vai comprar.
    Muitos consumidores não sabem quantos cavalos e torque o carro dele tem.

    Quem olha isso de maneira superficial deve pensar que um carro com 120 cv é impotente ou BELO ANTÔNIO (Bonito, mas impotente – apelido do Simca Chambord)

    Eu ainda nã dirigi o Jetta pra ver se posso dizer que pode ser chamado de BELO ANTÔNIO

  • silvio_Brito

    De fato tudo é muito relativo.
    Eu ando de palio 1.3 se pegar um jetta desse ai vou ficar rindo atoa (desempenho), agora o cara que atualmente ja tem um 2.0 ou 1.8, deve reclamar um bocado.
    Como eu ja disse outras vezes. Acho o jetta um sedan bonito, o pecado mesmofica por conta do desenho simplista do painel.
    E pra variar o preço, mas ai é um problema GERAL!

    • JuniorSE

      Pois é.
      O painel do Jetta é simples. Lembra o painel do Fox (modelo atual)

      • Gambixx

        eu gostei do painel do fox porque lembra do jetta, kkkkk.

  • Adriano_Silva

    Para quem conheceu o Santana pode perceber nas acelerações do Jetta um som que rapidamente pode ser associado ao finado motor do Santana, no mas, não acho esse carro ruim, minha decepção maior fica por conta de ter conhecido o modelo anterior e entender que essa nova geração ficou sem graça.

  • Jun_TS

    Achei essa avaliação meio tendensiosa, afinal esse motor tem praticamente o mesmo torque do 1.8 8v gm, que cansei de ler em varios sites especializados dizer que ele era manco, fraco, e outros, principalmente quando se tratavam dos fiats que usavam esse motor. Mas para um Volkswagem, tudo certo. Na minha opinião o desempenho dele é simplorio, não decepciona em ladeiras e tal, mas está anos luz de condizer com a proposta do segmento. A relação de peso/potencia dele é um pouco melhor que de um celta 1.0. Se vc que tem um jetta e está viajando com sua familia com ar ligado, se trombar com um celtinha vazio, vc vai ter que pisar um tanto bom para deixa-lo pra tras.

    • Já andou no Jetta Comfortline? As pessoas precisam emitir suas opiniões apenas depois de andar no carro em questão. Você falar que de acordo com sites um motor da GM é manco não significa nada. O que isso diz a respeito do 2.0 do Jetta? Nada a ver. Falar que ele vai sofrer para deixar um Celta 1.0 para trás não mostra a realidade do carro, que sentimos na avaliação.

      • Euzi0

        O pessoal não consegue ler no titulo da matéria: Comportamento e consumo na CIDADE.

        Na BR/Estrada é OUTRA avaliação, aguardando ansioso para a avaliação na estrada

        Abraços

      • Jun_TS

        O quero comparar é o torque e relação peso/potencia para se ter ideia de quanto é medio o desempenho do Jetta. Nada contra, até porque meu carro atual tem essa potencia e torque e pra mim, agrada. Mas a verdade tem que ser dita, o desempenho dele é fraco, queira vc ou não, tratando do segmento que ele atua. Nada contra o carro, até porque na versão de 200 cv não existe concorrente a altura. E se estamos falando em dar opinião, esta é a minha.

        • Sim, é claro que todos tem a sua opinião, mas o fato é que você chamou nossa avaliação de tendenciosa, isso vai além de simplesmente dar a opinião. E você não respondeu a minha pergunta: já andou no modelo em questão?

          • Jun_TS

            Sim já andei no jetta, tenho um stilo e o desempenho dos dois é equivalente, ou seja, na minha opinião fraco. Vc disse que testou sem ar ligado, o que faz bastante diferença. meu carro com ar, na cidade varia de 7.5 a 8 km/l, sem ar passa de 9 na cidade com gasolina.
            Me desculpe se te ofendi dizendo ser tendenciosa sua avaliação, só acho que ela não condiz com a realidade.
            Retiro o "tendenciosa" da minha opinião

            • OK, obrigado pela consideração. Sobre achar ele fraco, tranquilo, isso também é uma coisa relativa, opinião cada um sempre vai ter a sua…

      • granrs78

        Eber, achei estranho vc comparar o consumo ou mesmo o desempenho com os outros sedans médios, pois os que vc testou foram todos automaticos, e agora com um carro manual, o consumo e desempenho tende a ser melhor no manual, isso sem contar que vc fez as medições geralmente com o ar ligado, diferentemente do que ocorreu com o Jetta, que vc mesmo disse que por estar frio, o mesmo ficou desligado. Só isso já da uma boa diferença para os outros carros testados, levando vantagem para o sedan da VW.

        • No caso do desempenho, o automático também tem um desempenho legal. Mas sobre a VW ceder um manual, o que eu vou fazer…. se manual levaram um ano para nos ceder o carro, imagina se eu fizesse questão do automático?

        • Ah, esqueci de falar uma outra coisa…. o Jetta tem a vantagem de ser manual, mas tem 20 cavalos ou 24 cavalos a menos que os concorrentes citados. E na parte do consumo, mesmo que fosse com o ar ligado, nunca que baixaria de 8,6 para menos que 7,1 ou 7,0.

          • Kenny_

            Não tenho muita ideia do quanto do motor é exigido, mas os motores desses carros chegam a ter que usar sua potencia total na cidade?

            De qualquer forma acho que seria melhor se no fim da avaliação vocês tambem tivessem mencionado que o os outros modelos avaliados eram automáticos e que isso pode influenciar contra eles nas médias de consumo.

            • thales_sr

              Normalmente, se usa uns 50% da potência, no máximo, na cidade… Como a diferença de potência entre esse 2.0 8v e os modernos 1.8 16v da concorrência aparece em faixas superiores de giro, na cidade a diferença de desempenho é praticamente nula.

      • MecanicoDigital

        E outra, esta história de que o 1.8 8v era manco é balela. Andei em duas Dobló Adventure, uma 1.8 8v GM e a mais nova Locker, com seu e-Torq de 16v… A própria dona dos carros constatou o que eu tinha percebido: o carro perdeu muito com o motor Fiat/Tritec. Mas falar isso pras pessoas parece uma ofensa, só pq alguém leu por aí uma coisa que não reflete a realidade, e sai falando como se fosse.
        Pra ter opinião, tem que vivenciar a coisa.

      • cepereira2006

        Quem já andou em Celta sabe a m… que é.
        Acho um exagero absurdo comparar Celta com Jetta.

        • josenum

          pelo menos no jetta voce passar de 100km/h nao faz muita diferença ne? vai passar disso com celta o perigo que é aquela coisa instavel, medo de andar em rodovias naquilo, prefiro onibus que é mais seguro!

    • Holland

      Acho que o Sr. não conhece o NA para emitir um comentário desse, mas, vai de celtinha que eu vou de jetta!!!!!

      • Jun_TS

        vai com deus!

    • thales_sr

      Você já dirigiu um carro com esse GM 1.8? Pode chamar de beberrão, que não gosta de girar, mas MANCO ele não é.

      • Jun_TS

        Tenho um stilo! na minha opinião é fraco sim!!!

        • thales_sr

          Claro, o Stilo é bem mais pesado que Palio e Corsa, não tem mágica…

          • Jun_TS

            A mesma relação peso/potencia do jetta, com torque igual. se não tem magica no stilo tbm não tem no jetta.

            • thales_sr

              Acho que você está confundindo as coisas…
              O Eber não falou que o carro é um arroubo de desempenho. Mas anda bem nas condições de giro baixo. E já andei no Stilo, e o carro não me fez passar raiva, apesar de ter desempenho similar ao meu VW 1.6.
              Se não é o desempenho que você espera ao pagar tanto pelo carro, é um direito seu, mas não dá pra meter o pau no desempenho.

    • anbraneto

      Caro Jun_TS, tbém achei estranha essa reportagem. Mais ainda os comentários. Parece que existe uma legião trabalhando de forma organizada para defender o indefensável e ajudar a impulsionar as vendas deste ve[iculo que, apesar de interessante, é sabidamente manco.
      "Uma mentira repetida incessantemente torna-se verdade"

      • Mais um que deve pensar que o NA recebe uma grana da VW para falar bem de seus carros…. não se esqueça que dizendo que uma mentira repetida várias vezes se torna verdade, você está nos acusando de estar mentindo na avaliação. Seus comentários poderão ser bloqueados. Reclame do que quiser, mas faça isso com educação, sem nos acusar de algo que você não tem provas.

        • anbraneto

          Eber, é mais uma ironia disfarçada de comentário do que uma acusação. Realmente achei estranho repentinamente muitas pessoas passarem a defender um carro anteriormente tão criticado em artigos e comentários em geral, mas realmente não sou fã das “teorias da conspiração”.
          O que me deixa um pouco desanimado é um blog independente e bem conceituado elogiar produtos defasados e passar a mão na cabeça de uma montadora que representam a retaguarda da atual indústria automotiva. Esperava de vocês um empurrão em busca da modernidade e eficiência, senão o próximo lançamento terá carburador e distribuidor, já que é mais barato para manter e não tem muita diferença em desempenho e economia.

  • Readgis

    Lendo sobre o carro em matérias de descrição simples, só são pedradas em relação ao motor antigo. Mas andando com o carro é que se percebe que o APssauro ainda ruge forte e convence na hora da compra.

    • Acho que as pedradas podem ser dadas, afinal, é um motor bem antigo, mas na hora de andar, ele não é ruim não.

      • wrlopes

        Mas Eber, minhas críticas vão no sentido de o Volks não trazer um motor mais moderno, econômico e silencioso, poderia ser de características idênticas mas algo mais moderno.
        Quanto ao consumo carro flex é uma porcaria, meu carro 2.0 16v 143cv só a gasolina faz 8,5km/l com ar ligado.

        • Com certeza o Jetta deveria ter um motor mais moderno sim, o que destaquei na avaliação é que como isso não vai acontecer, este atual não é tão ruim como colocam.

          • O_Corsario

            Pois é, eu acho que falta uma opção entre eles que alavancaria muito as vendas.
            120cv serve bem ao uso moderado e atinge o público conservador que procura um motor de concepção simples (8v por ex.)
            Poderia ter uma versão desse motor com 16v e mais alguns aprimoramentos para quem quer uma folga maior no desempenho mesmo que a um custo maior de manutenção.
            Afinal nem todo mundo quer pagar ou precisa de um canhão como o TSI!

            • tiards

              Curti a foto, parabéns Eber.

            • josenum

              Ao que todos falam, precisa de uma versao intermediaria! poderia ser um 1.4tsi, ou 2.0 16v com melhoramentos, apesar que equipando o jetta fica em torno dos 70~75mil ja bem proximo do tsi.

            • JottaElle

              A VW vai mudar esse motor colocando mais 8 válvulas. Anote aí, vão estragar o motor! Para nosso trânsito urbano um motor com 2 válvulas por cilindro é muito melhor, já que possui uma curva de força melhor em baixas rotações. Tenho um 2.0 flex desses e acho o desempenho muito bom em todas as situações. Quanto ao consumo, minha média dos últimos 1300 km foi de 9,7 km/l (alc/gas) na cidade com a/c ligado na maior parte do tempo, com essa média variando desde 7 km/l até 16 km/l. O método de condução que uso é o método de carga preconizado pelo pessoal do Best Cars Web Site (BCWS). O método de carga se caracteriza por maior abertura do acelerador (carga) e menor rotação para um mesmo desempenho.

              • O_Corsario

                Sim, tenho um polo 2,0 e na estrada faço entre 15-17… Acho um motor muito bem acertado para quem não faz questão de passar dos 140km/h, que é onde começa a faltar fôlego. Porém, para viajar a 120km/h e ocasionalmente ultrapassar, é mais que suficiente.

                • JottaElle

                  Tenho um Polo também, só que é um sedan. Pensava que era só meu carro que conseguia essas boas médias na estrada. Tive um 1.6 e fiquei receoso que o consumo fosse maior, mas tive uma agradável surpresa quando verifiquei que a economia era bem maior.

                  • Stark

                    Hehe e eu tive um Golf com o identico motor mas mono e tinha as mesmas medias do corsario, esse motor é bem economico.

  • jeep12

    Tenho um Beetle com essa motorizacao e cambio tiptronic de seis marchas. De fato, o carro puxa bastante bem nas situacoes cotidianas, ate meia ace;leracao e sem passar dos 3 mil giros – depois disso ele "acaba" rapido. Faço facil mais de 7 km/l na cidade e entre 12 e 13 na estrada. Mas acho interessante lembrar que o consumo é bem melhor usando gasolina Podium da Petrobras, apesar de nao ser um motor de alta potencia especifica nem alta taxa de compressao. Talvez por ser importado do Mexico? Em todo o caso, fica a dica. Vale a pena o preço extra por litro na bomba.

    • ernestojr

      Concordo plenamente … Dá um desgosto depois das 4000 mil rpm , e sofria na estrada para ultrapassagem . Troquei por um Cruze , faz 8.5 na cidade e é mais silencioso .

    • Armando_Perez

      cara, quanto vc faz com a gasola normal e com a podium?

    • Ricston

      Olha, pode ser comigo, mas eu coloquei Podium em meu carro por vários meses e não notei esta diferença de consumo não. Aqui em Belo Horizonte, dava na mesma, em termos de consumo.

  • GuilhermeMMatos

    Concordo com o Eber. Eu já tive um civic manual e fiz um test drive ontem em um manual também.
    Tive a oportunidade dirigir o Jetta manual mês passado e posso dizer que me agradou mais…
    Prefiro o Jetta

    • MecanicoDigital

      Então Guilherme, esse é o ponto. O que muitos não entendem é que o motor 16v só leva vantagem em cima dos de 8v em giros mais altos, o que nem sempre se consegue, já que esta condição seria alcançada em uso constante na estrada. No dia-dia, o 8v é sim melhor, já que a força do motor está disponível nos regimes de trabalho em que o mesmo é mais utilizado. Muitos defendem a tecnologia A ou B, mas no final, o que vale mesmo é a necessidade de cada um. Acho importante o depoimento de pessoas como você, que andaram nos carros e possui conhecimento de causa pra falar, pra desmistificarmos essa idéia criada nos departamentos de marketing, que o motor 16v é sempre melhor.

      • GuilhermeMMatos

        Obrigado. Eu concordo com você.
        Eu faço questão de elogiar o Jetta, pois muitos (que sequer entraram alguma vez no carro) tem uma opinião muito forte esse motor e também o acabamento.
        O acabamento por exemplo, os materiais utilizados chegam a ser superior aos de muitos concorrentes.

    • rodrigobertoldo

      Eu tenho um Civic manual, e isso realmente é correto. O civic, quando vc pisa fundo, demora um tempo pra dar a resposta, em baixos giros ele realmente é meio lerdo, se você pisar fundo, ele vai subindo o giro até sua faixa de torque e de repente ganha força e dá uma puxada maior. Mas tem que manter o giro mais alto, e isso é característico de carros 16v.
      Um 8v é bem mais divertido de andar pois o torque vem mais cedo, em isso é traduzido em arrancadas mais fáceis, embora quando o giro suba demais, o desempenho piore um pouco e o ruído do motor seja mais ouvido.
      Já testei o Jetta Manual, e também senti isso no carro. O carro tem força, mas falta fôlego em alta velocidade, quando o giro está muito alto, mas como todos que pesquisam e andam em carros sabem, é o "defeito" do motor de 8v.
      Quem esculhamba o Jetta, pelo menos ande nele antes de falar.

  • Chatt08

    O grande diferencial do NA para qualquer outra forma de mídia automotiva é a sua credibilidade!

    Se eu visse esse texto em qualquer outro lugar, eu nao acreditaria. Por ser aqui, eu acredito e fico intrigado! Parabéns ao NA por mais uma avaliação lúcida e imparcial!

    • muito obrigado!

      • GuilhermeMMatos

        Boa tarde Eber.
        Acredito que a fase de perguntas já passou. Porém, gostaria de sugerir, talvez uma matéria, em que fossem ranqueados os sedans médios que você testou junto com os motivos para tal colocação.
        E uma pergunta mais polêmica, qual você compraria?

        • xi… infelizmente falar qual eu compraria eu prefiro não falar…. já entraria na parte de ser um pouco parcial… abs

    • wrlopes

      Um ranking seria bem legal, já que as últimas 3 avaliações de Jetta, Civic e Cruze foram recentes.

  • thiagolamim

    o consumo é bem ruim para o motor.
    com ar ligado é capaz de cair mais…

    • Acelerando

      Pode ser ruim para o motor, mas está parelho com a concorrência.

    • 8,6 se for ruim, 7 de cruze e civic é péssimo…. e olha que os percursos que fazemos com os carros avaliados são sempre iguais.

      • rodrigorsr

        e civic e cruze possuem motores bem mais modernos…

      • josenum

        Detalhe que sao modernos, e menor cilindrada( 1.8), pra um 2.0 antigo, rende muito!

    • rodrigorsr

      se você conseguisse essas médias em São Paulo, estaria mais do que satisfeito.

  • Leandro1978

    O desempenho deste Jetta não é tão ruim como muitos aqui criticam. Pelo menos na cidade não fica a dever para os rivais mais potentes e ainda consome menos. A própria matéria fala isso. Agora, vamos ver na estrada, talvez as coisas se invertam.

  • victorbueno10

    já andei em um Jetta Comfortline e sim é um carro ruim se for comparado com o cruze afinal sua potência não é das melhores na estrada
    para realizar uma ultrapassagem é quase como se estivesse em um monza. não vale a pena quase morri tentando passar um caminhão.

    • SonataRio

      Por favor, traduza;

    • conformado

      Nem com meu fox 1.0 morro pra fazer uma ultrapassagem. hehe.
      P.S. e VW tem ótimos cambios, basta reduzir e deixar o carro andar!!!

    • wrlopes

      Era só apertar mais o pedal à sua direita, ninguém sofre para ultrapassar um caminhão, me desculpe

      • Tripa-Seca

        Pois é, típico caso de quando o carro não é o problema, mas o coxim de ligação volante-banco

    • 3ic

      eu tenho um monza tb e não sofro para fazer ultrapassagem. por sinal, o cambio isuzu do monza é bem mais escalonado que o do cruze para uem necessita de torque.

    • Tejolo

      E eu quase morri quando o Cruze automático que estava dirigindo resolveu subir de quarta para sexta numa ultrapassagem em pista simples….mesmo com o pedal do acelerador até o fundo e o giro abaixo de 4.000RPM na quarta.

      • victorbueno10

        o câmbio do cruze é um lixo eu concordo. mais na estrada garanto que é bem dificil sair de 130 para 150 no jetta não estou falando que ele é melhor ou pior pois com a versão R do câmbio automático ele responde bem melhor que outros carros por ai …

        • Tejolo

          O cambio não é ruim, mas me deu um único susto que foi o suficiente para desistir dele como opção de troca do meu civic 2008. Peguei outro civic, que apesar de várias características de projeto que para minha avaliação são problemas, é um bom carro na média.

      • radiobrasilcombr

        Cambio "loco" kkkkk Subir 2 marchas quando vc pisou pra fazer o kickdown, pqp. Quantas vezes isso ja aconteceu?

        • Tejolo

          O carro não é meu, comigo só esta vez. dirigi o carro por alguns dias. E foi antes da história de cambio louco estar sendo divulgada. Na época cogitava trocar meu civic 2008 por um cruze, mas depois desta desisti… Não gosto de passar sustos.

    • O_Corsario

      Por isso existe uma coisa chamada "planejar uma ultrapassagem". Tem que conhecer o carro que tem e suas possibilidades para não levar susto!

  • vitimsl

    É, carro interessante. Começo a concordar com as pessoas que preferem ele ao Civic. Em relação ao consumo, achei bom. Em casa temos um Vectra eleg. 140cv mec. que faz 9km/l, e meu focus 2.0 flex mec. 9.2 km/l. Como o Jetta ta bem novo e tem pneus mais largos, está bacana. Já em relação ao motor, adoro ler artigos como esse. Sempre meteram o pau nos Monzatech, APtech, e outros… Para muitos motor bom é com 30 valvulas, todo em aluminio, com 2 anos de idade… Pra mim motor bom não é motor novo, e sim motor eficiente e resistente. Está aí um exemplo.

    • JottaElle

      Também penso dessa forma. Prefiro também o Monzatech a esse novo Ecotec. Esse carros com 4 valv/cil são muito fracos em baixas rotações, são muito sem graça. E para que só liga para potência de pico, esse Jetta pode ser "chipado" para chegar a quase 150 cv. Já soube de muita gente que fez isso, apesar de achar que é perder dinheiro.

    • Stark

      Tambem penso assim, importo mais é se o motor vai me atender bem.

  • Alec_T

    Torque é mais importante que cavalos na cidade. E quanto mais rápido aparece (rpm), melhor.

    Na estrada, um 8v e 16v são parecidos até uns 120km/h. Só depois disso que o 16v faz diferença. (considerando motores 1.8 a 2.0)

    Ou seja, para os conservadores (me incluo), 8v é mais que o suficiente.

    Como ando 90% dos meus kms na cidade, até prefiro os 8v por causa do torque que chega mais cedo.

    • PauloPGomes

      Torque é mais importante?
      Basicamente os motores despejam apenas Torque, Potência é o resultado do Torque sobre o giro.
      O importante é que o torque despejado em giro baixo, gere potência suficiente pra uma condução confortavel, caso contrario, necessita dum câmbio mais curto.
      É fato que motores 8v tem mais facilidade de gerar torque em giro baixo, mas a partir de um giro razoavel as valvulas flutuam, e a aspiração de ar pela única valvula em cada cilindro, passa a se tornar insuficiente.
      Já os 16v, tem afinidade com o giro alto, e as valvulas dificilmente flutuam.

      Acho estranho esses comandos variaveis atuais, o antigo da Honda, desabilitava 1 valvula de admissão em cada cilindro, o carro rodava como se fosse um 8v (na verdade eram 12v, mas 4v de admissão e 8v de exaustão), e a partir de determinado giro, quando o 12v deixa de ser eficiente, ele volta a habilitar as 4 valvulas restantes.
      O Resultado é um funcionamente quase linear de torque, em toda a faixa de giro.

      Parece que o sistema variavle atual funciona diferente, de acordo com a carga do acelerador, e o comando passou a ser SOHC.
      Sabe como é né? Redução de custos

      Agora, o Jetta é um negócio estranhissimo, o carro apesar da baixa potência tem torque máximo aos 4000 rpm, como se o mesmo tivesse um comando de válvulas mais agressivo.

      Ao contrário do Finado Astra (que Deus o tenha), que mesmo utilizando-se de um comando extremamente manso (Torque máximo aos 2800 rpm) ainda sim, gerava 133/140 hp. Pra mim esse motor é pouquissimo eficiente.

  • keivan53

    Queria deixar marcado aqui o meu DESABAFO com os motores "atuais"

    Possuo um Nissan Sentra MONOFUEL(Só a Gasolina)
    seu consumo na cidade é de 10,3km/l é um carro 2.0 com boa potencia e torque na estrada fiz 13,7 com o carro cheio (4 pessoas mais bagagem) ar-condicionado ligado todo o trajeto

    Fico pensando quando for trocar de carro algo +- daqui 2 anos qual será o proximo sedã médio que vou adiquirir rodo em média 90km por dia em circuito urbano (BH) sendo que TODOS AS OPÇOES ESTÃO COM O CONSUMO HORRIVEL! 8,6km/l É UMA PORCARIA !!!
    E É UMA VERGONHA NÓS (CONSUMIDORES) ACEITAR ISSO UM SEDAN MÉDIO 1.8 ou 2.0 deveria no minimo fazer 10km litro na cidade está cada vez mais dificil ter conforto e nao ter que abrir mão do consumo na hora de comprar um carro.

    • GustavoHM

      Culpa da ótima tecnologia "Frex"!

      • 3ic

        só dela nã..é da "mijolina" tb

        • CyborgPilot

          Eu costumo chamar a gasolina que usamos no Brasil de: Coquetel Maldito.

      • JottaElle

        Não é culpa da tecnologia flex, não. Tenho um 2.0 flex 8V e consigo média 10,5 km/l na cidade com A/C ligado. Já consegui 11,5 km/l na estrada e 16,5 km/l com gasolina. A única coisa que notei estranha foi que depois que baixaram a quantidade de álcool na gasolina (E22) acho o funcionamento do motor melhor quando abasteço com gasolina misturada a um pouco de álcool. Com essa mistura consegui uma média de quase 15 km/l aqui no Rio de Janeiro (sem congestionamento), além de um funcionamento mais regular.

        • Tripa-Seca

          Pois é: Eu queria saber onde estavam esses maravilhosos motores monocombustíveis que faziam 20 km/l antigamente.

  • Alan_Brito

    Só não curti esse chute dado pra especular o consumo com o ar ligado. "Talvez" não é muito interessante. Devia ter feito um esforço e medido o consumo de forma igual aos outros sedans testados! Minha humilde sugestão.

    • Alec_T

      Usar menos 10% é uma estimativa muito proximo da realidade.

      Todos os testes que vejo sempre dá: sem ar: x, com ar x – 10%.

  • marciors01

    Já dirigi estes carros e digo que no trãnsito mantendo rotações baixas o jetta até vai, mas basta entrar na estrada onde se exige mais do carro e ele fica devendo, é um carro interessante somente para o uso na cidade, rodovias duplicadas ou com pouco movimento.
    Onde for necessário fazer ultrapassagens ou encarar subidas mais fortes, serra pior ainda, falta gás para o jetta, além do que ao se elevar as rotações é um AP e faz muito ruído, quem já dirigiu santana ou quantum 2.0 sabe que o motor "fala alto".

    • 3ic

      olha, subida quem levamais vantagem são os carros 8 valvulas, pois exige mais torque que giro para o tal e, basta ver como um vectra, astra ou zafira desenvolvem bem melhor que um civic ou corola na subida de serr apor exemplo. No plano, a historia se inverte

      • thales_sr

        Cara, na verdade, civic só vai sofrer em subida de serra se o cara quiser manter o giro baixo. Bota o vtec pra berrar que ele vai despachar o jetta. Esses motores modernos rendem muito mais que o antiquado 8v do jetta, em giros mais altos. Mas em rotação baixa a situação é bem parelha, talvez com uma leve vantagem pro jetta.

      • marciors01

        Depende da rotação, se quiseres manter 2000 giros na subida talvez o jetta leve vantagem com a maior parte dos carros, mas não esqueçam que muitos concorrentes tem motor 2.0.
        Tenho um megane 2.0 manual e o carro esbanja torque, dobro uma esquina em terceira a 1400rpm e quando acelero ele responde, se compararem este motor com o 2.0 da psa, 2.0 da renault e 2.0 da toyota não terá graça, o apezão vai apanhar feio.
        Maior prova são os números dos testes, o fluence faz 0 a 100 em 10s se não estiver amaciado, amaciado baixa desta marca, o o jetta faz em 12s, é muita diferença.

  • djowl

    comparar consumo de carro mecanico com automático não é muito relevante. Existe um conversor de torque de gera perdas e consumo principalmente na cidade. Por outro lado, mostra que numeros de potencia e torque apenas so servem para protaganda pois há muitas outras coisas que influenciam a dirigibilidade, alem disso o que importa é a potencia e torque disponivel em giros mais baixos pois 80% do tempo nao estamos dirigindo em altas rotaçoes…

    • thales_sr

      Pois é, o que importa é a curva de torque (ou potência, tanto faz) ao longo de toda a faixa de giros, e não um único valor onde essa medida é máxima…

  • leoenomoto

    Eber, alguma batida seca na suspensão (você passou em algum buraco?)? Prorietários têm comentado bastante em fóruns sobre isso.
    Sempre que vejo um comfortline reparo que a barra de torção no eixo traseiro é muito próxima do chão, a impressão que dá é que qualquer desnivel causará uma batida na barra.

    • Então, a suspensão é firme, mas não percebi nada muito seco não. Achei que os pneus, apesar de serem baixos, absorveram bem os impactos.

  • 3dimensional

    É velho? Sim!
    VW já podia ter trocado? SIM?
    Porque é velho, significa que é ruim? NÃO!
    O que eu diria da conclusão desta nobre publicação!?

    HATERS GONNA HATE!!! :p

  • JuniorSE

    O consumo de 8,6 km/l tá ótimo. Bom demais da conta.
    Minha esposa tem um Fox 1.0 (modelo novo) que só faz 9,5 e no máximo 10 km/L.

  • O_Corsario

    É, depois deste post muita gente vai ter que rever seus conceitos.
    Enfim, acho que o mérito aqui não é apenas do motor mas sim da engenharia, que soube tirar leite de pedra fazendo o conjunto trabalhar bem.
    Enfim, não é à toa que esta versão também é vendida nos EUA.
    Mas, mesmo assim, acho que faz falta sim uma versão intermediária, pois se este não é um "lixo" como muitos gostam de dizer, também não vai agradar a todos.
    E sinceramente, eu pelo menos não entendo porque essa obsessão recente pelas 16v, como se TODO motor tivesse que ser 16v. Bons tempos em que se podia escolher um motor com 8v ou 16v a depender do gosto e do bolso do cliente.

    • 3ic

      deveriam disponibilizar pelo menos uma versão 8 valvular para cada modelo comercializado. Concordo com vc.

      • Leandro1978

        Quando o 16v começou aqui, no Tempra, se não me engano, não era raro haver as duas versões. Lembro do Tempra, do Vectra, Astra, Gol, entre outros.

        • Tripa-Seca

          E a VW e a Fiat, ainda disponibilizavam versões aspiradas e turbo.

          • O_Corsario

            Pois é, versões estas que foram queimadas pelo povo, talvez o mesmo povo que hoje reclama tanto dos motores "jurássicos" da VW…

  • vynycyus

    Eu que estava achando o C4 beberão faz 8km/l na cidade com AR ligado, Para um 2.0 16v de 152 cv Flex.

    • 3ic

      depende do circuito que vc faz e da forma que vc dirige, o Eber como mora em BH convive com altos e baixos durante o trajeto. Se for sempre no plano, minha zafira faz 8 – 8,5 km/l na cidade ( circuito ZS – barra da tijuca) agora se eu for contar o circuito tijuca – zs via alto da boa vista ela faz 7 – 7,3, no rio de janeiro

      • Alexdebrito

        C4 fazendo 8km/l na cidade, conta outra. se tem transito é 5km/l e olha lá.

  • Armando_Perez

    Bom, aqui agora posso falar de boca cheia,
    Infelizmente me desfiz do Azera e acabei pegando um Bora 2009 6 Marchas Tiptronic,
    Já dirigi diversos carros, mais fracos, mais fortes, e digo que esse conjunto caixa+motor, não deve nada em relação a outros carros,
    ele pode ser fraco, 120 cv, (o meu é menos pois é mono), mas o cambio responde a altura, esperto, super economico, (faço 13,5 com ar ligado a 120km/h) e na cidade faço 7, 8 (para minha cidade é uma ótima média)
    Então eu digo assim, motor ultrapassado? sem dúvidas, é capaz de ser até mais velho q eu…
    mas para o meu modo de dirigir para minhas necessidades e expectativas, ele não fica devendo em nada.
    Parabéns Eber pela sua avaliação
    Noticias Automotivas sempre com imparcialidade nas suas avaliações.

    • O_Corsario

      hehehe somos dois, eu tenho o Polo hatch com o 2,0 e digo o mesmo. Não é um canhão, principalmente em altas (acima de 140km/h) mas para quem faz um uso "normal" do carro é mais do que suficiente.

    • valeu armando!

  • Camarada200

    Título e matéria especialmente feitas para o Jetta. "Comportamento e consumo na cidade."
    Porém não pagaria 65k para ter um carro bom de consumo e motor apenas na cidade, que deixa a desejar na estrada.
    A proposta do carro não condiz com isso e acredito que por isso exista tanta polêmica quanto à potência do motor deste carro.

    • Jun_TS

      é isto que estou falando!!!

  • 3ic

    A vw tinha que fazer que nem a hyundai e dizer q esse motor tem 160 cv . O povo vai bater palmas e nem vai sentir a diferença

    • feu

      espetacular… é isso!

    • Alec_T

      Uns 140 pra ficar igual ao monzatech seria o ideal… aí os haters piram

      Aptech e Monzatech… fazendo os 16v da concorrencia p da vida desde 19xx.

      • Stark

        Ainda acho que a gmb deveria lançar um Cruze Ls 2.0 8V pra quem preferir menor consumo e menor manutençao. Concordo!

    • 3dimensional

      kkkkk GENIAL!
      Brasileiro gosta é disso mesmo!

  • PabloRJ

    Que consumo ruim… imagina a versão automática e com ar ligado? Certamente abaixaria para 7 km/l.
    Tenho um Honda Fit 1.5 com 105 cv 2007 manual e o pc de bordo marca 11km/l na cidade, pegando transito de linha vermelha e Av Brasil aqui no Rio todos os dias.

    • JottaElle

      Conheço um dono de um Jetta flex manual que faz o percurso Freguesia/Centro via estrada Grajaú/Jacarepaguá e consegue média de 11km/l. Sendo o Jetta um carro bem mais pesado não está nada mal.

    • josenum

      um detalhe que o jetta é 2.0 e creio que seja mais pesado. e outra que o aut da vw é tao economico quanto manual(por pouca diferença)

      • Stark

        A propria vw anuncia que o tiptronic tem o mesmo consumo do manuall em rodovia.

    • Pode ser ruim na sua opinião, mas ainda é melhor do que Cruze e Civic que fizeram 7 cravado. Mude para uma unidade com ar ligado e câmbio automático no Jetta, que o consumo será no máximo tão ruim quanto, não pior.

    • Ah, outra coisa…. o Tiptronic de 6 marchas não fará com que o consumo seja tão ruim assim… é um câmbio que piora o consumo pouca coisa em comparação com o manual.

  • igor_carvalho

    Eu vivo falando isso! O pessoal fala mal desse motor mas a curva de torque e potência dele só começam a ficar piores do que os motores mais modernos depois dos 4.000 giros! Quem usa isso no dia a dia?! Pra quem não tem intenção de usar o carro nessas condições, esse motor é muito bom…

    • Jun_TS

      a muito tempo que os motores multivalvulas trabalham com giros abaixo de 4mil, não troco o rendimento dos 16v pelo torque em baixa dos 8v. prefiro reduzir uma marcha!

  • Snoop

    p

  • fortal1990

    Vamos ver agora como o apzao se sai na estrada, espero me surpreender, pois acho que ate uns 140 ele nao deve nada aos motores mais modernos

    • 3ic

      sem contar que em sp, com esses novo tipo de pardal, andar a 140 vai ser impossivel..hehehehe

  • simoloko

    Achei excelente, ainda mais para um carro deste porte. O meu Civic fazia 6.6 na cidade e meu Cruze têm feito 6.9 na cidade.

    Acho excelente, haja vista que o Gol G5 da empresa, 1.0, faz 7.1…….

    • IsrVasconcelos

      Gol G5 1.0 fazendo 7,1km/l ?
      Pô cara, tô impressionado… Digo isso porque meu Uno Vivace fez 10km/l cravados, medidos completando o tanque na bomba e reabastecendo quando tava na reserva vendo quanto pegou. Rodei 408 kilômetros com 40,7 litros de gasolina, e eu achei apenas razoável. E ele tá em fase de amaciamento (5 mil rodados). Mas não sabia que os populares andavam beberrões desse jeito, tô impressionado mesmo, achei que o Gol fosse do mesmo patamar.

  • isparkis

    Com 8V, logicamente na cidade fica interessante, mas na estrada que o bicho pega…

  • Leandro1978

    Mas aí você está comparando dois modelos completamente diferentes. Não creio que seja uma comparação válida.

    • PabloRJ

      Geralmente o modelo AT do mesmo veículo consome mais combustível. E geralmente o ar condicionado também aumenta o consumo.

  • 3dimensional

    kkkkkk
    E quem tá achando que esse Jetta aí é carro só até 140km/h vai cair do cavalo denovo!

  • aledalloglio

    Pode ser que o motor dê para andar de boa, agora falar que anda mais que os outros médios? Essa eu tenho certeza que não… Tenho um Megane 2.0 16v e um Jetta esses dias colou na minha traseira, fui para a pista da direita, e quando ele passou reduzi e fui atrás, não teve nem graça o Jetta não consegue nem acompanhar… Agora o TSI é sem comentários a força dele..

  • Nasckar

    Legal é a propaganda nos EUA do Jetta, o cara fazendo bico de tudo quanto é jeito pra ganhar um dinheirinho e comprar mais um Jetta na promoção por 14 mil dólares ! muito engraçada a propaganda no Youtube.

    • k3p13r

      Pra não falar que é engraçado é a nossa cara de otário por pagar 70 mil nesse carro com muitos itens depenados. É muito engraçado. Merecemos um nariz vermelho de tão panacas que nós ( brasileiros ) somos.

  • diogo_rs6

    Pois olha, que vá me desculpar mas eu simplesmente ABOMINO motor 8 válvulas: essa história de priorizar muito o torque em baixa acaba gerando um motor extremamente ruim de giro – arranca bem, mas quando vc quer faze-lo girar dá a impressão de que está sendo esgoelado – é péssimo. Já dirigi vários carros com esta característica de motor – desde o Palio 1.0 8V da Auto-Escola, passando por Siena 1.8, Astra 2.0 e mesmo Polo 1.6 e Golf 2.0 – que tem o mesmo motor do Jetta avaliado. Pode andar bem, mas pra mim é uma mecânica simplesmente medíocre numa condução auto-entusiasta. Pra mim motor "torcudo" é pra carro utilitário.

    Ah sim e tenho um carro com motor de 16 válvulas, que embora menos potente (110cv), é muito, muito mais agradável de conduzir.

    P.S. Não me venham falar da confiabilidade, uma vez que o motor do meu carro (GA16DE da Nissan) é tão bom quanto os dito AP neste assunto

    • O_Corsario

      Mas então… Quem tem 8v não precisa esgoelar nas altas, só passar para a próxima marcha… O problema é se o câmbio for curto.

      • JottaElle

        O problema de não girar bem alta (aspereza) de muitos motores de 2.0 e 1.8 de 8V, está mais relacionado com a geometria dos motores (ex. relação r/l) do que com o fato de ter 8V, pois são motores que começaram pequenos e foram aumentados, como exemplo temos o 1.8 da GM que equipou a Meriva que foi derivado do 1.0, ao contrário o 1.8 que equipou o Astra era muito mais suave porque começava com com essa capacidade cúbica. Quem já dirigiu esses dois carros sabe que a diferença é enorme.

        • Felix_S

          Isso é verdade. Eu tive um Corsa 1.8 que respondia muito rápido. Mas era muito desagradável em alto giro. Depois tive um Vectra GT, que ficou um pouco melhor, mas ainda assim era uma negação em esportividade… seu motor até era suficiente, mas ainda chato em questão de prazer em dirigir. Eu não faço tanta questão de potência, mas suavidade pra mim é uma qualidade importante. Depois dizem que brasileiro não é exigente e aceita qualquer coisa. Se ainda fosse por 14-16 mil dólares, aí tudo bem , dá pra abrir mão da modernidade.

        • O_Corsario

          Sim, e isso nos leva à uma outra questão, o "empobrecimento" de opções, a fabricante disponibiliza apenas um motor com determinado deslocamento, pois se oferecer dois com o mesmo deslocamento porém de projeto diferente as pessoas não sabem a diferença. Até hoje vejo gente (inclusive do meio jornalístico, vide Estadão) falando que tal carro tem "2.0 de potência"… Salvem-me!

    • fortal1990

      Cara, eu tenho um carro leve e com motor 1.6 16v, outro dia dirigi o jetta at de um colega meu, o carro dele eh bem mais forte que o meu, em todas as situacoes, meu pug passa eh mal, lembrando q o at tem 6 marchas

    • Felix_S

      Caro Diogo, acho que quem elogia esse motor deve ter preconceito e nunca experimentado o motor 2.0 Nissan, que também equipa o Fluence. É um exemplo de grande suavidade, mas que pouca gente reconhece.

  • taargiles

    O meu "Old focus" 2008 com o motor rocam anda mais e bebe menos que o novo e revolucionário 1.6 16v.

    • JottaElle

      Querem empurrar maravilhas tecnológicas sem que os consumidores tenham um resultado real. Acho que as coisas só devem ser complexas se realmente houver necessidade. Complexidade com ganhos marginais não vale a pena.

  • Felix_S

    Era de se esperar. Alguns carros da VW tem esse acerto que deixam o carro "esperto" na cidade. O meu Vectra de 127 cv também respondia a contento, mas se exigido mostrava as limitações de seu projeto antigo (ruído e aspereza em altas rotações). Por isso ainda insisto: COMPAREM O AUTOMÁTICO COM AUTOMÁTICO. Acredito também que o Civic deve andar mais com câmbio manual. Mesmo o Jetta automático tem o desempenho suficiente, mas a custa de um alto nível de ruído! Façam o seguinte teste: acelerem de leve, deixando o câmbio trocar em baixas rotações e sentirão como o carro fica chocho… mas se pisar mais fundo e deixar o câmbio em "sport" aí o carro responde, mas grita demais se exigido. Esse comportamento no Jetta automático seria aceitável num carro barato, mas em um que pode custar mais de 70 mil, aí é dureza! Sobre o consumo, no automático deve igualar em consumo com a concorrência. Não estou dizendo que o carro é ruim, numa versão barata fica ok, mas pra pagar caro eu faço questão de mais prazer na direção que a versão automática é capaz de oferecer. Se ainda tem dúvida, fiquem atrás de um carro na estrada e simulem uma ultrapassagem: tem que pisar fundo e a sensação não é legal.

    • Departamento de imprensa de montadora não é o que você está pensando. Não é como chegar no McDonalds e pedir um lanche que você será atendido na hora. Demoraram um ano para ceder o carro e ainda por cima veio a versão manual. Não tenho como recusar esse carro e esperar mais um ano pelo automático.

      • Felix_S

        Eber, não quis dizer que a culpa é sua, não tenho essa ingenuidade de achar que seja fácil assim. Eu invejo (no bom sentido) o reconhecimento que vc tem da maioria de nós e das montadoras que emprestam seus carros para avaliação. A frase "comparem automático com automático" não foi direcionado pra vc, Eber, me desculpe se pareceu isso. Eu apenas quis lembrar aos outros leitores que pesem o fato desse carro ser câmbio manual e não automático, antes de falar bem ou mal do Cruze, do Civic, etc. Eu já esperava que o Jetta manual fosse um carro "esperto", mas só posso dizer algo da versão automática, que a concessionária me emprestou por algumas horas para um test-drive mais aprofundado (às vezes as concessionárias daqui emprestam os carros pelo dia inteiro, só pra "puxar o saco" dos clientes) . Quase comprei um Jetta 8V, mas a versão que eu estava interessado custava R$74 mil, aí achei que não valia a pena… e acabei optando por um carro ainda mais polêmico que esse VW: um 408 (mas o THP, que me custou 8 mil a mais)

        • Ah entendi! abs

  • kleberkazz

    o jetta manual se equipara ao torque de um golf 1.6 relação peso/máquina….já dirigi um manual e me lembrou de cara do meu sportline 1.6 2009…na estrada não tive problemas….neste jetta agora com preço um pouco menos salgado, esta sendo uma das minhas opções quando chegar a linha 12/13 na configuração top deste comfortline manual. que a vw deveria disponibilizar um intermediário de 150 cv…..isso sim deveria ser feito, porque o tsi em relação a este o que fica de "igual" é apenas o painel e a "cara" de fox que muitos dizem…porque é completamente outro carro…..200 cv injeção direta tsi é o melhor motor turbo da atualidade apenas quando vc encostar na oficina é que vai ficar um pouco triste…mas isso é outra história parabéns a na pela matéria

  • caiomor

    Não é por nada não… mas eu duvido que esse motor 2.0 8v GASTE menos que um motor 1.8 de 16v dos concorrentes… em termos de potência ja imaginava que ele seria bem esperto por conta do torque em baixa mas isso prejudica velocidade final, aumenta o barulho e principalmente o consumo do carro… ja tive um palio 1.8r que tinha um motor GM com a mesma proposta que o da volks (Torque em baixa e pouca Cavalaria) mas que andava muito bem principalmente em baixa Rotação… porém o consumo dele era significamente maior que meu carro atual que é mais pesado e possui esse citado motor de 1.8 16v de 140cv coisa que para as mesmas condições de uso conseguia com o palio um consulmo de Etanol de 6~6,5 km/l (Sem Ar) e hj consigo 7~7,5 km/l (com ar ligado praticamente o tempo todo)…

  • mario_vinha

    Possuo um Jetta 2.0 flex mecânico similar ao testado e estou muito satisfeito. O carro tem um consumo similar aos meus antigos SpaceFox e Golf 1.6, mesmo no álcool. O torque é fenomenal na cidade/estrada/ultrapassagens. O som do motor instiga quem curte uma pegada esportiva, fora o Design sóbrio e agressivo, mas como a maioria dos VW, mantém-se atualizado por muito tempo, diferente de outros concorrentes que usam linhas rebuscadas que no lançamento chamam atenção, mas que envelhecem mais rapidamente. O carro é um pouco duro na cidade mas em troca anda em trilhos nas curvas das estradas.

    O meu é básico mas os ítens de série são mais que suficientes para mim: 4 air-bags, controle de tração, sensores dianteiros e traseiros com visor no rádio de proximidade, bancos com bom apoio e ajuste lombar, display multifuncional com opção de velocímetro digital, rodas 16", o volante não tem comandos no volante mas é muito bonito, igual aos modelos europeus da marca e tem pegada boa, de couro:
    http://blogcarro.files.wordpress.com/2009/10/jett… (atual = anterior)

    Claro que não há como compararmos com o antigo 2.5, seria o mesmo que querermos confrontar por exemplo o Polo 2p GTI importado há uns anos com o que vende atualmente, 2.0. Existem prós e contras, que variam para cada perfil e gosto de consumidor, e que devem ser respeitados. O Jetta anterior era um bom carro de nicho, no qual certamente o motor 2.5 demandaria maior consumo e mais gastos com manutenção, em vista de que o 2.0 é velho conhecido dos mecânicos brasileiros. Por dizerem que o painel é o mesmo do novo Fox, enganam-se. Minha Space 2011 lembra o painel do meu Jetta 2012, mas apenas na linguagem. O acabamento é sim superior. E com certeza se a Volkswagen fizesse apenas um face-lift mantendo a plataforma e acabamento do modelo antigo, existiriam críticas da mesma intensidade.

    Também estou muito satisfeito com a avaliação do Éber que não foi nem um pouco tendenciosa, mas sim imparcial como sempre, apontando os benefícios e ressalvas para quem quiser adquirir o modelo. Também recomendo que façam um test drive antes de comentarem, não somente para este modelo e não só no meio automotivo, mas também para qualquer julgamento que tenham a possibilidade de fazer.

    • Obrigado Mario. Alguém que tem o carro dizer que nossa avaliação foi imparcial é a melhor coisa que pode acontecer em nossos testes. Mostra que não estamos puxando a sardinha para a VW nem querendo meter o pau. Meu negócio é avaliar carro, não falar qual é melhor.

      • Stark

        Perfeito!

  • rksb

    Um baita carro, o painel é de encher os olhos, o design uma jóia, (respeito porém discordo daqueles que reclamam da semelhança de design com outros veículos da marca, percebe-se um refinamento visivelmente melhor nos modelos mais caros, ex: Passat, que jamais trocaria pelo Azera), acabamento, o motor mesmo sendo Velhinho, é consagrado….enfim os alemães sabem fazer um carro !

  • Pedro_Lourenco

    Tive oportunidade de ver o Cruze, o Fluence e o Jetta em suas versões de entrada na CSS.
    Achei que o Cruze e o Fluence são equivalentes em acabamento e equipamentos. O Jetta fica bem abaixo dos dois primeiros. O interessante é ver que a VW disponibiliza um carro mais completo para a avaliação da imprenssa especializada e na loja eu encontrei um Jetta com volante de Gol 1.000, controle de AC manual e outras mesquinharias de economia porca.

    • fortal1990

      Ojetta que esta sendo avaliado tem um volante que tambem pode ser colocado no gol, nao vejo problema em um carro caro ter o volante de um mais barato

    • Todas as marcas cedem unidades bem completas. O Civic que veio foi o EXS. O painel do Jetta é emborrachado, no Cruze e no Civic não é.

  • vperuzzo

    A grande verdade desta matéria, é que o Jetta aspirado está surpreendendo os que sempre o criticaram.

  • arianoneves

    Sério, o conjunto motor+cambio é bom, mas nao faz milagres, se motor 8v fosse tão melhor assim, Ferrari, BMW, Mercedes e outros usariam motor com bloco de ferro e 2 válvulas por cilindro!

  • bedotRJ

    O problema do Jetta Comfortline é o preço. Ele custa o mesmo que os líderes de mercado e acima do segundo escalão em termos de vendas, mesmo trazendo um conjunto mecânico de desenvolvimento prá lá de amortizado. Ainda que sua desvantagem técnica possa ser pequena ou imperceptível para uma parcela dos compradores, há essa questão de princípio que o consumidor consciente não pode desprezar. Tem motor antiquado? Beleza! Então que custe menos. "Ah, mas o motor antiquado não entrega uma performance tão ruim". Primeiro que não é isso que mostraram os testes de periódicos especializados que alinharam os concorrentes e chegaram a números objetivos. E segundo que isso não anula o princípio: carro com tecnologia ultrapassada tem que custar menos, ainda que muitos usuários não consigam notar inferioridades na prática.

    Preço justo para o Jetta 2.0AP c/ câmbio manual: R$ 55mil, com 3 anos de garantia (não sei já tem – o antigo não tinha). Ainda perderia para modelos como Sentra e Fluence em conjunto mecânico, mas aí teria a questão do poder da marca. Começando em R$ 63mil, o mesmo que Corolla GLi, Civic LXS, Cruze LT, Sentra SL top e Fluence CVT, só mesmo uma paixonite enorme pelo estilo do carro pode justificar a compra do Jetta.

    • Aí se você vai preferir acreditar na avaliação de "periódicos especializados" ou na avaliação de um mero blogueiro, você que sabe. Mas tem quem diga que avaliação de blog é mais imparcial que a de meios ditos especializados. No caso de muitas revistas e jornais, sempre ganha comparativo quem foi lançado por último, pois é a marca que está investindo pesado para anunciar naquele mês.

      • bedotRJ

        Acho que os blogs e as revistas fazem trabalhos que se complementam, Eber. Não precisamos tratar as coisas de maneira maniqueísta, até porque eu não julguei determinada mídia como "boa" e outra como "ruim", apenas postei um ponto-de-vista com base em dados que os blogs não apresentam. Quando uso o termo 'periódicos especializados', não estou atribuindo graus diferentes de 'expertise' em relação aos blogs, mas apenas lembrando que são mídias diferentes trabalhando no mesmo setor. Se eu escrevesse uma carta para Quatro Rodas me referindo a algo noticiado por aqui, chamaria o espaço de blog especializado, sacou o ponto? Acho que vc não precisa se sentir ofendido com o que eu disse antes.

        Voltando ao assunto e levantando o dado concreto (espero que o fato de usar outra fonte não seja proibido). A Quatro Rodas de janeiro testou todos esses sedans com câmbio AT. Mesmo com um câmbio tido como dos mais modernos, o Jetta foi o mais lento em todas as provas de desempenho. Na aceleração de 0 a 100km/h, por exemplo, o segundo mais lento foi o 408, com seu jurássico e problemático câmbio de 4 marchas. Ainda assim, foi quase um segundo mais rápido, 12s contra 12,8s. Podemos discordar do julgamento subjetivo do comparativo (a tal teoria de que ganha o comparativo o último lançamento, uma meia-verdade). Mas não temos nenhuma razão para duvidar da veracidade dos números, que mostram uma verdade inquestionável: frente aos rivais, falta motor ao Jetta. Não é que seu desempenho seja insuportavelmente ruim, mas está aquém do que se espera para o segmento. Daí minha opinião de que deveria custar menos, já que traz um motor de desenvolvimento e ferramental já totalmente amortizado, com baixíssimo custo de produção para a montadora.

        • Sim, entendo o que você quis dizer. Mas usar 0-100 para avaliar qual terá um melhor desempenho na cidade não sei se é o melhor método. No 0-100 o Jetta em questão pode ser mesmo o mais lento, mas como nossos testes não envolvem isso, vimos que ele não perde em desempenho para seus concorrentes em um uso normal do dia-a-dia.

    • Felix_S

      bedotRJ, concordo totalmente com vc. Se a VW já começa com um motor mais barato, deveria também cobrar menos. Já teve uma fase que eu vi que podia sair dos compactos de 40 mil para um carro de 50 e poucos mil e queria mais conforto pra família: Se isso fosse hoje, o que poderia comprar? Uma perua compacta bem equipada, um hatch médio… mas porque não um Fluence de 57 mil? Meio cara ainda, mas será que a VW com seu motor ultrapassado não deveria custar uns 55 mil e aí sim estaria de bom tamanho? Compra racional, pra quem não faz tanta questão de modernidade e apenas espaço e "confiabilidade". Por 70 mil? Aí eu começo a ser mais exigente…

      • bedotRJ

        É por aí! Pode reparar que os argumentos utilizados para relativizar o motor antiquado do Jetta serviriam também para justificar, por exemplo, a compra de um Golf 0km (projeto de 1998) em detrimento dos rivais muito mais modernos ("me serve bem", "tem torque em baixa", "espaço interno suficiente", "não se percebe diferença para o desempenho dos modernos" etc). E pagando a mesma coisa que eles custam. Acho que não devemos usar dois pesos e duas medidas. O problema não é o velho Golf ainda existir, mas continuar sendo vendido pelo custam os concorrentes mais modernos. Assim como o problema não é o Jetta trazer o velho AP, mas fazer isso pelo mesmo preço (ou mais caro) que os rivais de conjuntos mecânicos mais modernos.

  • Educhs

    Até as 4500 rpm o Jetta ganha dos japa 1.8. Digo ganha porque pela característica do motor do Jetta, o torque chega bem mais cedo e o carro aparenta estar mais "ligado". Mas a partir das 4500rpm os 20cv a mais fazem valer. Na cidade isso não faz diferença. Na estrada em velocidade constante também não. Até porque rodar a 4500rpm já se torna um pouco desconfortável. No entanto em uma ultrapassagem mais forçada certamente os japoneses levam vantagem. Mas em 95% do uso do carro da maioria das pessoas que é na cidade, o Jetta não fica desfavorecido.

    Em tese, os motores com comando variável permitem uma capacidade volumétrica ligeiramente menor, e mesmo assim apresentar a mesma potência de motores maiores sem essa tecnologia e de quebra, consumir menos. Mas essa tecnologia "flex" coloca isso por água abaixo ao não deixar o carro otimizado pra um combustível.

  • marcelo_ricardo

    O povo reclamava do motor do Astra (140cv e 8v) e agora vem alguns que até elogiam esse do Jetta?

    Sinceramente ein…

  • k3p13r

    Sinceramente. Eu compraria um JETTA, porém, o meu japinha com cavalagem acima dos 140 cv e com economia de carro 1.6 devido ao comando variador de fase nas valvulas, me deixam contente. Só penso em migrar para outro japa: O Lancer, com seus 160cv.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email