_Destaque _Featured Avaliações Sedãs Toyota

Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-32 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Vista na geração anterior, agora a versão XRS volta ao lineup do Toyota Corolla na linha 2018. A opção de visual esportivado retorna junto com as mudanças que deixaram o Corolla com visual mais moderno e com maior segurança.

Por salgados R$ 108.990, a versão que aposta no apelo visual, porém, não reflete exatamente nem a proposta do sedã e nem sua performance que, apesar de não ser esportiva não é nada ruim. O Toyota Corolla XRS 2018 mescla um motor grande e potente com uma transmissão caracterizada pela frugalidade e conforto.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-7 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

São até 154 cv de potência e 20,7 kgfm de torque, ambos com etanol. Os números são respeitáveis, mas há uma diferença enorme quando abastecido com gasolina. Não que o condutor perceba de imediato, mas reflete a opção da Toyota por buscar um pouco mais de força ao seu best seller, geralmente associado com uma condução mais comedida.

Mas, a Toyota ousou mexer também na suspensão, um item apreciado no modelo. Ficou bem mais alta e não parece ter agradado à todos. Junto com ela, a marca japonesa decidiu finalmente contemplar o Corolla com itens de segurança normais e necessários: TCS, ESP e Hill Holder, além dos sete airbags, agora para todas as versões. Melhorou?

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-25 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Por fora….

Os faróis com LEDs diurnos foram refeitos e agradam pelo visual e eficiência. O cromado sobre a lente se harmoniza perfeitamente com a grade de mesmo tom. O para-choque ficou mais aerodinâmico e fluído, completando a alteração dianteira que deixou o Corolla mais agressivo. No XRS, detalhes em tonalidade cinza e spoilers nas laterais reforçam bem essa impressão.

As rodas de liga leve aro 17 polegadas e calçadas com pneus 215/50 são as mesmas do topo de linha Altis, porém, o acabamento na parte interna é em preto brilhante, enquanto no mais caro, são em cinza brilhante. O visual agrada. No XRS, saias laterais foram adicionadas. Fora isso, retrovisores com repetidores de direção e rebatimento elétrico (não acionados na trava).

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-13 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

As maçanetas têm frisos cromados e as dianteiras vêm com sensor para abertura sem chave. Não há frisos cromados envolvendo os vidros, o que é evita um contraste com os demais itens do carro. No Corolla XRS 2.0, a traseira não passou despercebida.

Além das lanternas de LED repaginadas e com acabamento cromado, o sedã ganhou um defletor de ar sobre a tampa e spoilers laterais no para-choque. Com um difusor central imitando fibra de carbono, o modelo recebe ainda um escape cromado. O conjunto traseiro ficou interessante. Mas no geral, os apliques carregam um pouco mais do que a conta no estilo conservador desse Toyota.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-36 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Por dentro….

Bem amplo e espaçoso, o novo Toyota Corolla 2018 apresenta algumas mudanças no interior da linha nova, mas ainda assim, preserva em parte um ar nostálgico/ultrapassado dos anos 80 em alguns detalhes, característicos da marca, como o relógio digital – agora reposicionado – e o piloto automático por alavanca na coluna de direção.

Fora isso, o quadro de instrumentos foi atualizado. Mais simples, porém, funcional. O display TFT central apresenta diversas funções, incluindo uma folha com indicação gráfica da eficiência durante a condução. A multimídia Toyota Play é bem completa e tem até TV digital, bem como reproduz DVD.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-45 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Mas, essa central de entretenimento é pouco intuitiva, especialmente no navegador GPS. Vem com câmera de ré e uma vistosa tela sensível ao toque. Mais abaixo, o ar-condicionado automático também tem um novo visual e é fácil de manusear. O acabamento em preto brilhante na parte central reforça o ar mais “esportivo” do XRS em seu interior.

O volante tem uma boa pegada e comandos de computador, mídia e telefonia. Agrada em toque e tem ajustes completos. O console tem alavanca de marchas em degrau com opção manual, mas o botão Sport fica distante, próximo do porta-copos central. Estreito, o túnel central ainda conta com um porta-objetos com tampa, onde ficam a fonte 12V e as entradas USB e auxiliar.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-60 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

O painel em si perdeu um friso central e ganhou difusores de ar circulares. O acabamento no XRS tem apenas um tom, preto. Ao lado esquerdo do volante, o tão aguardado botão de desativação do controle de estabilidade.

O revestimento dos bancos é em couro, assim como em parte das portas. Materiais emborrachados nas partes superiores agradam. Os assentos são confortáveis, mas pelo preço, o do condutor deveria ter ajustes elétricos. Não há teto solar, o que também é uma falta para um carro com esse preço.

O botão de partida é um item interessante por eliminar o uso da chave, mas nunca se esqueça de rebater os espelhos antes, pois ter de religar o carro e desliga-lo novamente vai requerer mais três toques na partida até o veículo estar completamente desligado. Faltam difusores de ar para o banco traseiro e o porta-malas que, apesar de seus bons 470 litros, tem um vão que poderia ser maior.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-35 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Por ruas e estradas….

Longe de ser um esportivo, como sugere o pacote visual, o Toyota Corolla XRS 2.0 2018 apresenta uma boa performance, inclusive com um consumo condizente para sua proposta original, que é focada no conforto. O motor 2.0 Dual VVT-i entrega 143 cv com gasolina e 154 cv com etanol, ambos a 5.800 rpm, uma rotação não tão elevada.

No caso do torque, há uma diferença grande entre os 19,4 kgfm na gasolina e os 20,7 kgfm no etanol. O primeiro é obtido, porém, a 4.000 rpm. O segundo a 4.800 rpm. Com funcionamento suave, o propulsor esbanja disposição, apesar de ser aspirado. Ele apresenta ainda um comportamento bem linear, graças ao câmbio Multi-Drive S.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-74 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Este simula sete marchas, o que é bom para espantar a sensação linear do CVT, alterando a rotação sempre que uma “marcha” entra. Claro, não existem marchas, apenas uma relação infinita de correias e polias. Mas, no modo Eco, acionado automaticamente, o câmbio volta a ser um legítimo CVT, mantendo a rotação baixa, o conforto e a frugalidade.

Esse comportamento também agrada quem prefere o CVT como realmente ele é. Mas, quem necessita de algo a mais, pode encher o pé no acelerador, que o 2.0 Dual VVT-i Flex responde com ânimo, um pouco atenuado pela transmissão, mas ainda respeitável.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-54 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Se a condução for mais esportiva, o modo Sport imediatamente ajustas as polias para uma relação mais curta, elevando o giro e buscando potência do propulsor. O ronco igualmente se eleva e a resposta do motor também, mas nada excepcional. É exatamente o esperado de um motor 2.0 aspirado em rotações elevadas. Pode-se aproveitar um pouco mais com mudanças manuais na alavanca ou nos paddle shifts no volante, que garante certa independência do controle eletrônico.

Rodando a 110 km/h, o ponteiro marca 2.000 rpm, o que é muito bom para o consumo e o conforto, reduzindo o esforço do motor e garantindo um nível de ruído adequado. Conseguimos 13,4 km/litro de média na estrada com gasolina, um pouco abaixo do esperado, porém, melhor que o resultado do Inmetro.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-53 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Mas, não conseguimos obter uma boa média urbana, por mais que reduzíssemos o pé, preservando o modo Eco ativado no painel. Apenas 8,5 km/litro usando gasolina, e isso em uma cidade totalmente plana. No entanto, se o consumo não é como desejamos, pelo menos o conforto ao dirigir é muito melhor. A acústica interior é boa, assim como a posição de dirigir.

A direção elétrica ficou mais firme e direta no ajuste da linha 2018, o que realmente trouxe uma pegada um pouco melhor ao sedã da Toyota. O Corolla ainda ganhou uma suspensão mais elevada. Mesmo com o carro cheio, dificilmente toca em lombadas. A frente mais alta também favorece a entrada em garagens. Antes, raspava com facilidade. Só que essa frente alta visualmente não ficou tão boa assim.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-15 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

O ajuste em molas e amortecedores deixou o novo Corolla 2018 um pouco mais firme. Para a estabilidade é ótimo, ainda mais agora com controles de tração e estabilidade, itens que o motorista em seu dia a dia dificilmente irá chegar a sua ativação. Mesmo assim, tê-los é importante, especialmente em pisos molhados e curvas bem fechadas que às vezes encontramos por aí.

Desvios rápidos de direção são facilmente realizados e com total controle dinâmico. A calibração da suspensão, apesar de mais firme, ainda tem um ajuste bastante confortável, filtrando muito das irregularidades do piso, corroborando para o conforto característico do Corolla. Os freios também contribuem de forma eficiente para a condução do XRS. O assistente de partida em rampa também chegou em boa hora, garantindo saídas em aclives com mais segurança.

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-34 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

Por você….

O Toyota Corolla XRS 2.0 se mostra um bom carro. Pelos R$ 108.990 cobrados, poderia oferecer mais alguns equipamentos, sensor de estacionamento dianteiro, banco do condutor com ajuste elétrico, teto solar elétrico e espelhos indexados com o fechamento remoto das portas, por exemplo. A unidade de teste veio com um acessório: HUD colorido fixado na lateral do para-brisa. Não agradou…

Fora isso, o conjunto é adequado para sua proposta, não sendo nada excepcional em termos gerais, mas sem deixar a desejar. O comportamento dinâmico é bom, talvez os mais conservadores ainda sentirão falta de mais maciez na direção e suspensão como antes, mas nada como alguns quilômetros para o Toyota Corolla 2018 mudar a opinião. Afinal, não se mexe em time que está ganhando de forma tão radical, não é mesmo?

toyota-corolla-xrs-2018-avaliação-NA-10 Avaliação: Toyota Corolla XRS 2.0 não tem esportividade, mas garante bom desempenho

De qualquer forma, é isso tudo o que o cliente do Corolla quer. Um carro confortável no dia a dia, que não dê problemas e seja econômico, além de poder andar rápido quando necessário. Além de tudo isso, um bom valor de revenda e a certeza de que terá outro na garagem após a troca.

Na linha 2018, o custo das revisões até 60.000 km foi fixado em R$ 3.250, o que é bom também. Nesse XRS, a intenção é atender aqueles que procuram um algo a mais no visual, sem tirar as características originais do produto. Se o desejo for por uma aparência mais jovial sobre este senhor sedã, então a opção pelo pseudodesportivo é justificada. Mas o Altis, com sua elegância toda, é mais harmônico, sem dúvidas.

Medidas e números….

Ficha Técnica do Toyota Corolla XRS 2.0 2018

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 4 em linha, flex

Cilindrada – 1986 cm³

Potência – 143/154 cv a 5.800 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 19,4/20,7 kgfm a 4.000/4.800 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – Automática CVT com mudanças na alavanca ou paddle shifts

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – ND

Velocidade máxima – ND

Rotação a 110 km/h – 2.000 rpm

Consumo urbano – 8,5 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 13,4 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 17 com pneus 215/50 R17

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.620 mm

Largura – 1.775 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.485 mm

Entre eixos – 2.700 mm

Peso em ordem de marcha – 1.345 kg

Tanque – 60 litros

Porta-malas – 470 litros

Preço: R$ 108.990

Toyota Corolla XRS 2.0 2018 – Galeria de fotos

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend