*Destaque *Featured Avaliações Hatches Volkswagen

Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-31 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Polo. O nome que talvez tenha chamado mais a atenção no mundo automotivo brasileiro em 2017. A nova geração do Volkswagen Polo deixou de ter a alcunha de “premium” para estar mais próximo do povo. Aliás, essa é a essência da marca alemã.



De qualquer forma, o Volkswagen Polo 2018 certamente não passou distante das rodas de amigos e das conversas virtuais. No mundo real, o compacto tem uma missão realmente mais importante do que ser apenas o assunto do dia. Ele chegou para ficar e impactar.

Chegou para dar aquele chute na cadeira e virar a mesa, ao ponto de colocar um ícone do mercado nacional em xeque. Será que ele vai substituir o Gol? As pretensões da VW são realmente grandes, do tamanho da fábrica da Anchieta, que agora é dedicada quase que totalmente ao Polo e ao seu irmão, o Virtus, que chega daqui a pouco.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-10 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Mini Golf ou Super Gol? Nem dos dois, mas um pouco de cada. Também não se pode compará-lo com a geração antiga, feita nos anos 2000 no Brasil. Aquele carro era realmente para ser um equivalente menor do Golf, realmente um compacto premium. Agora, o alvo é estar nos dois ambientes e alcançar algo mais, queimando a etapa de entrada para muita gente e dispensando o segmento médio para outros. Tudo junto e misturado.

E como ele chega? Para a Avaliação NA, o Volkswagen Polo 2018 chega na versão Highline com alguns opcionais, totalizando R$ 72.790. Bem completo, a ousadia da alemã limitou seu preço, embora recentemente tenha ocorrido um desmembramento de opções, que no caso do teste agregou o Technology Pack e os bancos em couro Native. Sem eles, o preço cai para R$ 69.190.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-35 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Por fora….

Pode até ser considerado apenas mais com a “family face”, mas o Volkswagen Polo 2018 chama atenção por onde passa. Todos parecem já reconhecer o hatch da VW, inclusive comentam entre si. A maioria, jovens. Parece que o compacto já tem um público cativo.

Baixo e largo, o Novo Polo tem uma frente invocada e que parece pedir passagem, mas de forma sutil. Os faróis chanfrados no centro, dão um novo aspecto ao estilo da Volkswagen, que mantém a clássica grade horizontal, mas com um único friso cromado. O para-choque tem um visual mais esportivado, tendo ainda os exclusivos LEDs diurnos ao lado dos faróis de neblina, que só existem por aqui.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-4 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

De perfil, lembra muito o Gol, mas com uma pitada ligeiramente mais sofisticada. O logotipo Highline fica bem destacado nas portas dianteiras, mas estranhamente os retrovisores são pequenos, embora possuam repetidores de direção e ajuste elétrico, sem rebatimento automático. Recordamos dos espelhos do Audi A3 Sedan, igualmente reduzidos. As vigias na coluna C mantém o DNA do Polo.

Na configuração Highline sem as rodas de liga leve aro 17, temos o desenho menos esportivo, porém, bem resolvido do conjunto de aro 16 polegadas com pneus 195/55 R16. Na traseira, as lanternas são bem compactas e o aspecto geral é de um hatch com pegada esportiva, embora não tenha essa pretensão, não aqui no Brasil.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-41 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Por dentro….

No habitáculo, o Volkswagen Polo 2018 pode – com razão – ter decepcionado quem já teve o modelo antigo ou mesmo quem espera mais. Mas, ainda assim, é um conjunto bem atual e com acabamento esperado para sua nova tarefa. Não é de todo ruim. O volante “do Golf” tem uma boa aparência e é bem funcional.

Já o quadro de instrumentos sem o Active Info Display não surpreende, mas também não decepciona. O computador de bordo, no entanto, é bem completo e compensa em parte (bem reduzida) a ausência do cluster digital e configurável.

O que é realmente bom é o aspecto em que se apresenta a multimídia Discover Media com sua tela de alta resolução com 8 polegadas e ícones realmente de primeira qualidade. Basta apenas dar uma olhada nas estações de rádio, por exemplo. O navegador também não fica atrás.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-63 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

O econômetro na forma do Think Blue da Volkswagen é outra atração dessa central de entretenimento, que faz um pouco mais, ela configura também todo o veículo. Há também o Park Pilot com trajetória dianteira e traseira, além da imprescindível câmera de ré. O acabamento em preto brilhante se funde com a tela escura, enquanto a parte central do painel, em cinza brilhante, contrasta muito bem com o conjunto.

Um pouco dos anos 80 pode ser notado nos difusores de ar horizontais na parte inferior, enquanto um suporte de celular com USB no topo parece um pouco exagerado diante do que está logo abaixo. O ar-condicionado automático tem aparência simples. Já o console com botão de partida próximo da alavanca dá um pequeno upgrade nessa proposta equilibrada do Polo 2018.

A alavanca com acabamento metálico é bem esportiva e só faltaram as letras “DSG”, que não cabem no Volkswagen Polo 2018, por conta de sua proposta para a região. Os porta-copos hexagonais são estranhos, mas eficientes. Já o console com apoio de braço com extensor e difusor de ar para quem vai atrás é outra boa exclusividade em relação ao Polo alemão.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-46 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Os bancos apresentam um bom aspecto e o revestimento em couro Native reforça a proposta de ter um pé num segmento acima. O mesmo em relação aos detalhes das portas dianteiras, que tentam se fundir com o desenho do painel. Valeu a tentativa. No teto, porta-óculos, luzes de leitura e retrovisor eletrocrômico dão as caras.

Atrás, bom espaço para pernas graças ao entre-eixos de 2,56 m, oferecendo também luz de leitura e apoios completos, assim como cintos e Isofix. O encosto é bipartido, mas o lado menor estranhamente fica atrás do motorista. Condutor alto com criança em cadeirinha atrás, não fica muito bem, se houver necessidade de usar mais o espaço adicional com a parte maior rebatida.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-23 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

O porta-malas do Volkswagen Polo 2018 está dentro do padrão. Seus 300 litros são suficientes para a proposta. Quem quiser mais, terá de esperar um pouco e levar para casa o seu sedan Virtus. O assoalho ajustável também ajuda na acomodação da bagagem, assim como a rede na parte central.

Ruim mesmo é o fechamento da tampa. É necessário batê-la para fechar direito, pois caso contrário, se o carro estiver ligado, será preciso ir ao interior e apertar o botão junto ao câmbio para abrir e fechar novamente. A outra forma é pela chave canivete.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-40 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Por ruas e estradas….

O Volkswagen Polo 2018 contrariou muita gente por não oferecer o esperado câmbio manual de seis marchas junto com o motor EA211 R3 1.0 TSI, que no compacto alcança 115 cv na gasolina e 128 cv no etanol, um pouco a mais que no Golf. A proposta, por conta do preço, é ir direito ao automático de seis marchas com o sistema de mudanças Tiptronic. Nada de DSG. O custo vem junto com a confiabilidade e complexidade, embora o de dupla embreagem seja inegavelmente superior.

O ronco típico de três cilindros é algo que fica bem nítido ao dar a partida – por botão – no Volkswagen Polo Highline 2018. Não é um som fraco, um pouco mais grave que no up! TSI. Bem disposto desde o começo, o EA211 R3 já começa a mostrar as garras aos 1.500 rpm, quando boa parte de seus 20,4 kgfm já estão disponíveis e prontos para agir.

A calibração não é para apertar o pedal e sair arrancando como se consegue fazer no up! TSI, a programação é focada no conforto, mas sem ser lento. Vigoroso, o 1.0 TSI não dá mole quando o assunto é responder como se deve, mesmo que haja uma caixa automática no lugar de uma manual. Não é preciso nem chegar aos 3.000 rpm para sair na frente de muita gente.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-82 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Mesmo que o ronco engane, o pequeno propulsor reúne o melhor dos dois mundos, como no irmãozinho. A diferença entre as mudanças na posição Drive e no Sport são muito maiores que a média. Sente-se claramente que a economia vem em primeiro lugar no D, tendo trocas abreviadas e giros mais baixos, aproveitando o potencial de força do 1.0 TSI.

Dá para andar de forma bem mansa e economizar muito, sem perder o fôlego. A sensação vista no up! TSI, quando se segue o indicador de mudança de marcha, não existe aqui. O Tiptronic nos poupa disso, não deixando o giro baixar tanto, mas é possível notar quando o motor parece bem fraco (parte vem do ruído característico), mas ele só aparenta isso. Basta uma pisada mais forte e a máquina de costura vira um tear industrial.

Indo até uns 5.000 rpm, o Volkswagen Polo 2018 surpreende muito em Drive. As retomadas na estrada ou as saídas rápidas de semáforos são muito boas para potência e torque oferecidos. O casamento entre motor e câmbio parece bom. Parece porque também notamos alguns trancos na caixa em determinadas situações, mas nada que faça perder a vontade de acelerar o Novo Polo.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-68 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Na estrada, rodando a 110 km/h, o 1.0 TSI com a boa relação de marchas do Tiptronic confere 2.000 rpm em sexta, mais do que suficiente para bom consumo e conforto. Conseguimos 16,1 km/litro com gasolina. Na cidade, mantendo-se uma condução normal, sem buscar economia, o Polo Highline consegue bons 11,5 km/litro. Dá para ser mais frugal, mas aí é deixar de aproveitar a cavalaria e a força extras.

Com o uso de paddle shifts, consegue-se um bom nível de independência na condução. Pode-se explorar bem o conjunto sem meter um modo Sport e ainda assim obter um consumo bom. O modo Drive preenche bem as necessidades do dia a dia.

No modo Sport, aí sim, a coisa muda de figura. A programação altera bem as respostas do carro, extraindo realmente muita coisa do 1.0 TSI e deixando o Tiptronic no ponto. Sempre cheio, o pequenino motor com turbocompressor e injeção direta flex entra em modo de combate e o céu é o limite. Lá pela casa dos 6.000 rpm, ele rapidamente ganha velocidade e reação, fazendo o Polo 2018 virar um pequeno esportivo.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-73 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Dá para pisar sem medo de ser feliz até o corte do propulsor, pouco acima disso, fazendo o M-ABS e os demais controles chiarem ao saírem da folga para pegar no batente imediatamente. As retomadas nessa condição são muito melhores, assim como as acelerações, sempre impressionantes. Quem ainda não acredita no downsizing, é melhor dar uma volta para ver que a vida mudou. Nessa condição, faltaram as rodas maiores com seus pneus mais largos. Isso garante mais aderência nas saídas e controle nas curvas, apesar de prejudicar um pouco o conforto.

Como já era de se esperar, o Volkswagen Polo 2018 anda bem. A dirigibilidade é muito boa, tendo-se uma direção elétrica leve, precisa e progressiva, que deixa o compacto totalmente nas mãos do condutor. É conforto no dia a dia e também serve bem ao condutor que prefere estar sempre com pé embaixo.

O bom handling também está associado à plataforma modular MQB-A0, bem rígida e neutra em torção, garantindo a manutenção e o equilíbrio do Volkswagen Polo Highline nas curvas e mudanças de trajetória. O rodar, no entanto, poderia ser um pouco mais suave, dada a tecnologia aplicada, pois é fácil sentir as imperfeições do solo ao volante.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-78 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

O conjunto de suspensão tem calibragem que mescla bem conforto e estabilidade, tendo também um bom curso. Já testada sobre muitos buracos e pisos irregulares, ela mantém o ambiente mais isolado de vibrações. De modo geral, o conjunto está mais distante do Golf e próximo do Gol. Já os freios estão em dia com as prestações. Não poderia ser diferente, tendo até discos traseiros, bem como assistente de frenagem de emergência.

O nível de ruído é bom, passando apenas suavemente o ronco do motor e sem vibrações e ruídos estranhos no habitáculo. A turbulência externa também não incomoda. Com posição de dirigir que oferece elevação das pernas acima da média, dá ao motorista uma condução mais confortável.

Os bancos são envolventes e cumprem bem seu papel. Numa pegada esportiva, por exemplo, eles são adequados. Na ergonomia, tudo está à mão. Na visibilidade, atenção apenas para os espelhos externos, pequenos demais, assim como a visão traseira. Fora isso, o Volkswagen Polo 2018 é gostoso de dirigir.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-29 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Por você….

Não há como não comparar com o Fiat Argo, seu principal rival. O Volkswagen Polo 2018 chegou numa faixa de preço dentro da proposta do hatch feito em Betim e, de quebra, resgatou não só um nome famoso, mas também o apetite da VW por competição, que havia sido perdido ao longo dos anos por aqui.

Preços razoavelmente agressivos e conteúdo bom, mas não surpreendente, fazem parte do pacote, que naturalmente tem como uma das armas principais, o motor 1.0 TSI com até 128 cv, que faz mais do que aspirados de cilindrada bem mais alta. São R$ 72.790, que no caso do ítalo-brasileiro, representaria apenas o modelo intermediário.

O pacote Technology Pack foi modificado recentemente e perdeu o Active Info Display, que custa R$ 500 a mais no pacote Tech High, essencialmente com os mesmos itens, fora esse. Ainda assim, a multimídia Discover Media agrega mais do que um belo visual e os itens descritos acima, tendo ainda MirrorLink, Android Auto e Car Play, por exemplo.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-37 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Naturalmente, faltam algumas coisas, e não estamos falando de rodas aro 17, banco do passageiro rebatível ou do cluster futurista. Os retrovisores não são eletricamente rebatíveis. Não há teto solar elétrico, painel soft touch, airbags de cortina ou ar-condicionado dual zone, por exemplo, que são coisas que gostaríamos de ter visto no Novo Polo.

Ainda assim, saber que há saídas de ar para quem vai atrás, que existe uma multimídia bem completa e intuitiva, bem como o sofisticado Active Info Display e a sopa de letrinhas da segurança (ESC, ASR, HHC, EDS, XDS) para citar apenas estes a bordo do Novo Polo 2018, realmente já é algo muito bom, fora o premiado custo de reparação e manutenção adequada.

volkswagen-polo-2018-avaliação-NA-34 Avaliação: Volkswagen Polo Highline 2018 já não é premium, mas é bom

Claro, com tudo isso vem com as cinco estrelas do Latin NCAP, que para muita gente se tornou algo importante. Tanto é que isto vem fixado no vidro traseiro em forma de propaganda. E então, o Volkswagen Polo Highline 2018 vale ou não a pena?

Se formos pensar apenas no conjunto da obra, a mecânica, o Comfortline é mais jogo, claro, já que custa em média R$ 4.000 a menos e com bom conteúdo. De forma geral, o novo hatch da VW vale sim! Mesmo que o 1.0 TSI não tenha o desejado câmbio manual…

Medidas e números….

Ficha Técnica do Volkswagen Polo Highline 200 TSI 2018

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 3 em linha, turbo, flex

Cilindrada – 999 cm³

Potência – 116/128 cv a 5.500 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 20,4 kgfm a 2.000 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – Automática com seis marchas e mudanças manuais na alavanca e paddle shifts

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 9,6 segundos (etanol)

Velocidade máxima – 192 km/h (etanol)

Rotação a 110 km/h – 2.300 rpm

Consumo urbano – 11,5 km/litro (gasolina)

Consumo rodoviário – 16,1 km/litro (gasolina)

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga Leve aro 16 com pneus 195/55 R16

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.057 mm

Largura – 1.751 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.468 mm

Entre eixos – 2.565 mm

Peso em ordem de marcha – 1.147 kg

Tanque – 52 litros

Porta-malas – 300 litros

Preço: R$ 69.190 – Versão avaliada: R$ 72.790

Volkswagen Polo 2018 – Galeria de fotos

  • Paulo Vítor

    Melhor avaliação do Polo que eu já li.

    • Fanjos

      Se for para rir vai lá no Dasautocarblog, é melhor que Stand-Up
      Estava tentando ver o vídeo do Youtube da avaliação deles, no começo estava bem engraçado mas depois começou a dar nojo e fui obrigado a fechar e ler os comentários par voltar a dar risada.

      • João Martini

        O ponto alto é chamarem o Polo de hatch médio, e compará-lo ao Focus e Cruze kkk

        • Fanjos

          Eu vi, ali eu pausei o vídeo e parei de assistir para ir rir nos comentários do pessoal aloprando o gordão.
          A doença é poderosa naquele doido!

          • Mr. Pennybags

            Ele é “especial” :)

            • Fanjos

              Agora me lembrei do filme Euro Trip na hora que o guarda suíço do vaticano fala isso para o Cooper kkkkkkkkkkkkk

      • Rodrigo

        Aquele Fabio LM/Carlos4carros beira a infantilidade, modificando artigos e impondo sua opinião fanática…
        É triste, porém é engraçado ir lá e ler tanta bobagem!

        • No_Name

          Nos meus quase 20 anos de internet eu nunca vi outro ser tão fanático por uma marca de carro. É um caso para ser estudado.

        • Mr. Pennybags

          O cara acabou com o blog. No começo era bom.

        • Edu.ch

          Pensei que ele era troll. Mas é um fanatismo estranho mesmo. Ele fala nos vídeos a mesma coisa que escreve, só que de forma séria, ou seja, ele realmente acredita nas bobagens que escreve.
          Fora que trabalha em concessionária VW, ou seja, tem os carros à disposição, e já vi indo fazer test drive ao que parecia em outras concessionárias, pois tinha o vendedor a quem ele fazia perguntas (perguntas que já estava cansado de saber). Isso em tempos em que o carro já não era mais novidade. Tem ainda quando falou que ia comprar um Golf para ajudar a VW a pagar o dieselgate.

          Certamente o sujeito não está nas suas melhores condições psicológicas.

      • Johnny Boris

        Polo médio. Opção ao Cruze, Corolla, Focus, só fica atrás de um audi… Carblog se faz de doido demais.

    • D136O

      tambem achei, falou o que precisava sem puxar o saco

    • Car-Lover

      “Claro, com tudo isso vem com as cinco estrelas do Latin NCAP, que para muita gente se tornou algo importante. Tanto é que isto vem fixado no vidro traseiro em forma de propaganda. E então, o Volkswagen Polo Highline 2018 vale ou não a pena?

      Se formos pensar apenas no conjunto da obra, a mecânica, o Comfortline é mais jogo, claro, já que custa em média R$ 4.000 a menos e com bom conteúdo. De forma geral, o novo hatch da VW vale sim! Mesmo que o 1.0 TSI não tenha o desejado câmbio manual…”

      Concordo. O carro é muito bom (ao contrário do que os haters alardeiam). Não é Premium, nem um mini-Golf (esse sim com refinamento de Premium) mas é melhor que a concorrência.
      Lançamento acertado da VW com bons preços.

      • Benny Blanco

        Não concordo com o vale. O carro é caro. Ele fica mais justo para quem o adquire com isenções. No mais são poucos que tem 70.000 para torrar. Financiamento é bucha.

        • Rafael Prado

          Não só isso, pois ainda tem esse motor problema, qualquer um que procura o minimo verá que essa motor o deixará igual ao turbo da VW do anos 2000. Ou seja, R$70.000,00 para torar mesmo.

          • Ernesto

            Como o Car-Lover comentou, “ao contrário do que os haters alardeiam”. Estava demorando, mas apareceu um.

          • Marcelo Cordeiro

            Bom mesmo é o 1.8 ultra moderno da FIAT, né? Ah, cara, fala que não gosta e pronto, mas não fica falando besteira, por favor. Um motor super premiado como o TSi é a estrela do modelo. Tive um Up TSi e nunca deu problema algum, muito pelo contrário, motor esperto e super econômico.

        • T1000

          70mil pra você se deparar com um gol na sua garagem e, ao entrar, também se deparar com um gol.
          Mas fazer o quê, tem gosto pra tudo.

          • Aiskada

            Visualmente voce pode achar são iguais, mas faz um teste em um Gol, e depois testa o Polo. Não são a mesma coisa.

    • dallebu

      Parece até que outra pessoa escreveu a avaliação, sem querer desmerecer o trabalho do avaliador de costume caso não tenha sido o autor da matéria, mas fazendo uma crítica construtiva, dessa forma ficou muito melhor de ler, um texto mais dinâmico, que usa termos e frases mais objetivas pra definir o que é bom ou ruim, sem usar termos genéricos, como “adequado”, “bom”, “agradável” etc.
      Gostei muito de ler esse novo formato!

      • Edson Fernandes

        E também dá uma melhor ideia do que o carro transmite. Também gostei da avaliação!

        Pena nesse caso foram alguns detalhes que a VW poderia inserir no carro, mas ainda assim pra o Comfortline é o mais agressivo em preço e em itens de série.

    • Pietro_Turbo

      Tb nunca foi de dar muita trela para as matérias da NA. Mas este me surpreendeu.
      Preciso, adequado, solícito e bem ponderado. E acima de tudo imparcial.
      Soh nao gostei muito do titulo porque nao ha nenhum modelo premium fabricado pela Volkswagen.
      Premium eh Audi, BMW, Mercedes Bens.

      • Edson Fernandes

        É que a citação a Premium é o fato de alguns carros quererem agradar com itens fora do comum no porte. Exemplo do 208 com o ar dual zone por exemplo.

        • Pietro_Turbo

          Citação equivocada.
          Mesmo o Polo europeu que é muito mais refinado que o nosso Polo nacional está muito longe de ser premium.
          Carro premium está muitos patamares acima de um Golf. E abre um abismo sobre outros carros inferiores. Isso inclui o Polo.

          • dogmarley

            amigo, no brasil de new fiesta e punto considerado premium, polo é rei
            nosso mercado de nada parece com o europeu

          • Edson Fernandes

            Eu citei o que o mercado vende. Não citei o que eu realmente penso.

            Mas eu mesmo me incomodo deveras quando vejo os premium de entrada como A3 por exemplo. Considero que carros premium deveriam ofertar muito mais itens que os carros considerados de marcas generalistas e não é sempre que vemos isso.

            Eu por exemplo não trocaria um Golf GTI por um A3 1.8 TFSI (estou colocando proporcionalmente já que o hatch do A3 não recebeu o motor 2.0 TSI na ultima geração) pois o GTI pode ter muito mais itens que o A3.

          • Edson Fernandes

            E a construção de ambos os produtos é similar. (atualmente produzido no Brasil, ainda mais com o A3 sedan)

      • eduardo_

        Volkswagen Passat, e Volkswagen Phaeton são premiums.

        • Pietro_Turbo

          Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
          Passat e Phaeton são tao ordinários qto um Jetta.

          • Saulo Parente

            Ja vi que nunca entrou ou andou em um Passat !!

            • Pietro_Turbo

              Se Passat fosse premium a VAG não definiria a Audi como sendo a marca premium representante do grupo.
              Quem afirma que Passat é premium não entende do mundo automotivo.
              Fato!!!

    • Tosca16

      Autoo também fez um vídeo bom, primeiro blog que tinha visto falar as verdades do acabamento deste carro.

    • Uranium

      De fato. A primeira avaliação realmente boa que leio no NA em muitos anos.

    • SDS SP

      De fato, nunca curti muito os reviews do NA, mas este ficou bem ponderado.

  • Filipo

    Bom e caro!

    • Adriano C.

      exatamente isso

    • Wagner Lopes

      Pois é…esta é minha impressão…carro bom? Sim! Mas 70K…??????? Pra mim não vale de jeito nenhum assim como todos os demais em nosso mercado de novos. Vou continuar feliz nos usados viu…

    • Silvowski

      Gol metido a besta.
      Gol com preço de Golf.

  • Daniel Alves

    “Na visibilidade, atenção apenas para os espelhos externos, pequenos demais, assim como a visão traseira. Fora isso, o Volkswagen Polo 2018 é gostoso de dirigir.”
    Tenho o mesmíssimo problema no Golf G7. Já fiz até avaliação em site sobre isso: Os retrovisores são péssimos, com pouca área envidraçada e precisam de ajustes o tempo todo pra cobrir os pontos cegos, chegam a ser perigosos! Pior ainda, quando chove os retrovisores não escoam a água como deveriam, nunca tive um carro que ficasse com a visão traseira tão ruim na chuva (e mesmo a função de aquecimento dos espelhos demora a solucionar o problema).
    Se o SUV do Polo tiver o mesmo problema vou ter esperado a toa…

    • No_Name

      Do Focus são ainda menores kkk, mas não tenho problemas com isso, não.

      • João Martini

        O meu amigo colocou aqueles espelhos convexos no retrovisor do Focus, diz que sentia falta. Eu achava ele pequeno, porém não tomei sustos. Mas somando tudo o que andei naquele carro não deve ter dado 3 mil km, se ele como dono diz que faz falta, quem sou eu pra falar o contrário rs.

        • Saulo Parente

          Tive um New FIesta Mexicano e ele tinha um Retrovisor recortado com um pequeno espelho convexo na Ponta que ajudava muito a tirar ponto cego, achava fantastico, pense em um carrinho bom esse, sinto saudades, tinha 7 airbags, Controle de tração e estabilidade, direção elétrica, rodas 16, led, som com Microsoft Sync, muito bom !!!

          • João Martini

            O próprio Focus tem esse retrovisor nos EUA, mas não aqui.

      • Mr. On The Road 77

        Os do Focus são bi-convexos, não?

        • No_Name

          São sim, mas não ajudam muito, não.

    • Mr. Pennybags

      Cara, pra ajudar eu ligava o desembaçador do espelho. Ele esquenta e melhora bem.

      • Daniel Alves

        Você conseguia sentir o espelho aquecendo? Porque eu ligo o desembaçador e coloco o ajuste do retrovisor na posição de desembaçar e mesmo assim demora pra fazer efeito.

        • Edson Fernandes

          Normal. O aquecimento trabalha devagar mesmo.

          Mas ajuda que é uma beleza. No meu Fluence, eu qdo tem chuva, se torna um costume: Ligo inicialmente o desembaçador para ele esquentar. Mas no meu caso em no máximo 10 minutos resolve.

        • dudupruvinelli

          Só funciona abaixo de 20 graus pelo que eu me lembre.

    • Djalma

      No meu Polo modelo antigo é ótimo o retrovisor; entro e saio de rodovias em ângulo com a maior facilidade; pega até a terceira faixa. É realmente uma pena se piorou nesses aspecto no novo.
      Sobre o Golf, tive o antigo e tinha o mesmo problema da água do retrovisor não escoar e as vezes não conseguia enxergar nada.

    • Natán Barreto

      Eu tenho exatamente o mesmo problema no meu Passat Variant. Os espelhos são minúsculos e os pontos cegos ficam mais cegos ainda.

      • dsralves .

        Pelo visto é problema crônico da Volkswagen então. É meu primeiro carro da marca e nunca tinha reparado isso em carros anteriores meus. Está aí algo pra eu focar quando fizer teste drives futuros.

  • Bruno Correia

    Essa central multimídia merecia uma câmera de ré.

    • Junior PG2 Oceânico

      Você realmente leu a matéria com a devida atenção?

      • Bruno Correia

        Sim, por isso que falei que merecia uma câmera de ré, já que apesar de estar presente nessa versão, não está presente em todas as versões.

        • João Martini

          Todas as versões que tem essa central em específico também tem câmera. O que vem sem câmera de ré tem a central menor com tela fosca.

          • Bruno Correia

            Agora sou eu que pergunto, vocês leram com a devida atenção? A câmera faz parte do pacote Tech 2, que não está disponível nas versões MSi, ou seja, sem câmera de rá nos polos de câmbio manual.

            • João Martini

              E juntamente com a câmera vem essa central com tela de vidro. Se tiver essa central bonita obrigatoriamente tem câmera de ré.

              • Bruno Correia

                Cara, na boa, esse é um dos piores defeitos do brasileiro, quer falar com propriedade sem sequer olhar a literatura de algo, olha o site da fabricante, essa central com tela grande se chama I-System, é um opcional nas versões MSi e NÃO ACOMPANHA a câmera de ré, e de série nas Highline e Confortline, mas também sem a câmera de ré, o pacote que vem com ela é outro, chamado de “Tech II”, até mesmo o sensor de estacionamento é opcional, está no pacote “Tech I”, esses pacotes só estão disponíveis nas versões Confortline e Highline, isso inclusive já foi comentado e criticado em teste do 1.6MSi )se não me engano daqui mesmo), não acredita no que escrevi? Simples, vá no site da VW e leia lá, está tudo lá! Ou seja, ou você tem um polo manual ou tem um polo com esses opcionais. (pessoalmente, se o conjunto ótico da luz de ré for igual ao do modelo 2003, que emitia um facho para o lado indicando a posição do carro dá pra passar sem esses sensores fácil).

                • João Martini

                  Não meu amigo, essa tela grande do Highline com acabamento em vidro SÓ tem no Highline com o primeiro pacote.

                  • Bruno Correia

                    Olha o site da VW, ambos são o I-System, funcionalidades e recursos são semelhantes, a diferença principal é o acabamento, e a câmera [e um opcional.

                  • Bruno Correia

                    Tá, já vi, esse é o tal do “Discovery media”, vem no pacote hightech e a câmera faz parte do pacote, mas ainda sim, opcional, e que não tem nos MSi.

                    • João Martini

                      “Essa central multimídia merecia uma câmera de ré”. Todas as minhas respostas foram em cima disso. Quem viu errado, no fim, não fui eu. Rsrs

                • Bruno Silva

                  Amigo, você falou muita besteira agora. I-System é o computador de bordo mais sofisticado, não tem nada haver com central multimídia, não viaja!!!

                  • João Martini

                    Já apagou tudo, viu que tava passando vergonha. Rs

                    • D136O

                      o cara até apagou o perfil acho kkkkkk, o pessoal se exalta demais ai da nisso

                    • João Martini

                      Kkkkkk

                • D136O

                  Acho que vc que não entendeu, existem 3 mídias e a mais top não é opcional no msi. É o que todo mundo toca pau no MSI que não tem opcionais. Mas as informaçoes sobre opcionais e itens de serie ainda estão muito nebulosas.

                  • Djalma

                    Essa central TOP DE 8″ realmente não é nem opcional no MSI.

                  • Edson Fernandes

                    Nem do Comfortline a central topo de linha é ofertada…

  • Igor

    Li sobre o câmbio e veio a dúvida. Em que situação ele apresentou trancos? Pergunto porque fiz um test drive rápido e não consegui sentir, mas era pista plana, sem subidas e descidas.

    • João Martini

      Também não senti, mas eu apostaria em reduções. O tiptronic na VW não faz aceleração interina nas reduções. É como o HB20 AT6. Diferente do Argo, por exemplo, que faz.

      • Igor

        Quando reduzi pelas borboletas eu senti que ele faz o “punta taco”. Eu achei bem rápido e suave, apesar de achar que as trocas poderiam ser feitas em rotações um pouco menores.

        • João Martini

          No D eu achei que ele passa em giros baixos, vai empilhando marcha como o dsg. No geral gostei bastante.

        • Edson Fernandes

          Gostei de saber do punta tacco. Realmente deve ser gostoso rodar no modo esportivo então. Me lembro de ter dirigido apenas dois carros com esse comportamento: Peugeot RCZ e Mini Cooper (além de uma BMW 320i).

      • Edson Fernandes

        Ou seja, ele tbm reduz de “2” para “1” antes da parada né? Isso deve ser para segurar o carro na parada total. (as empresas estão fazendo isso para evitar batidas, já que oconsumidor está começando a migrar com força para os automaticos).

        • afonso200

          meu azera passa em quebramolas boto no tiptronic pra ver que marcha ta ele ta em terceira,kkk, tanta força que nem baixa marcha

          • Edson Fernandes

            Tem torque né? Aí é diferente. Nõa que o Polo seja ruim, mas certamente o ajuste do Polo privilegia consumo, entõa ele não pode ter uma marcha que pode no final ter um gasto maior só para evitar redução.

        • Igor

          O teste drive foi muito rápido, mas deu pra sentir que ele dá uma acelerada antes da redução (quando usa os paddle shifts).
          Não gostei do sistema que deixa em neutro quando parado, toda hora ao soltar o freio dá um solavanco chato e quando engata ele vai com tudo, sei que deve acostumar mas achei muito chato isso. O Argo também tem e não gostei, inclusive achei menos suave e mais incômodo ainda.
          Dirigi C3 e 2008 6AT que também tem esse recurso mas é totalmente diferente, mal se sente o engate ao soltar o freio, é muito muito suave.

          • Edson Fernandes

            A PSA se preocupou mais em suavidade do que consumo. Talvez seja isso. Eu preciso dirigir tbm e estou bem curioso.

    • Lucas de Lucca

      No dia-a-dia acho que toda transmissão at que já tive contato dava um tranquinho ou outro. Nada demais.

    • Normalmente em descidas íngremes, quando se vem pisando no freio, a redução acaba gerando um tanquinho mínimo. Acontece também nos câmbios AISIN instalados nos Citroen C4.

  • Vitor Meireles

    Eis minha dúvida atual… VW Polo Comfortilne (R$53.260) ou Peugeot 2008 Allure (R$49.990)

    • Lucas086

      Se for Allure mesmo, ia de Peugeot sem dúvidas

      • Edson Fernandes

        O 2008 é menos completo que o 208 hein… na versão allure.

        • Lucas086

          Eu li 208

    • Silvio Vasques

      Peugeot é muito mais carro… por menos!

      • Bruno Silva

        Menor, muito mais inseguro (foi péssimo no crash test), revisões e manutenção mais cara. Não é muito mais carro, pelo contrário.

        • Vitor Meireles

          O 2008 não foi testado aqui (Latin NCAP) e sim o 208, mas a nota do irmão é um indício. Isso me faz ficar com um pé atrás. Se ele tivesse a nota do Polo (que foi muito bem) minha dúvida seria menor. Haha

        • Diego Felipe

          As revisões estão na mesma faixa de preço.

    • Tenente Figueiredo

      Pug 208: mais bonito e melhor acabado. Porém, mais inseguro, com manutenções e seguro mais caros.
      Polo: é só inverter os valores

      • Vitor Meireles

        Fiz a primeira triagem nas concessionárias e esses carros me chamaram a atenção. Em breve devo retornar pra mais detalhes (seguro, manutenção, etc.).

        • João Martini

          Dirija os dois. Imagino que a dúvida acaba aí.

    • Johnny Boris

      pcd não é? Também ando nesse pensamento.

      • Vitor Meireles

        Exatamente!

    • Lucas Zatta

      2008 é AT ou Manual?

      • Vitor Meireles

        AT (6 marchas também)!

        • Lucas Zatta

          O Polo vai ser mais equipado, e tem um powertrain melhor no meu ver..
          Esse Polo de 53k vem com algum pacote? Com pacote Tech2 ele ainda fica abaixo dos 70k e ficaria com uma lista de equipamentos bem interessante..
          A vantagem do 2008 vai ser apenas a altura em relação ao solo..
          E o 308 THP para PCD está saindo por quanto?
          Me parece uma opção mais interessante que o 2008..

          • Vitor Meireles

            Em favor do Polo pesa o trio ESC, ASR e ADS, a segurança comprovada por crash-test, banco bi-partido e critérios subjetivos como valor de revenda e mercado. Em favor do 2008 o maior espaço, altura em relação ao solo, o acabamento e desenho interno muito mais inspirados e o procedimento de compra mais simplificado (pela compra ser por PCD e o estado de SP – onde fica a fábrica da VW – impor uns procedimentos a mais). Próxima vez que retornar para as concessionárias vai ser pra fazer um test-drive e verificar algumas coisas na prática (como o consumo, manutenção, seguro e dirigibilidade).

            O 308 não tinha na loja, mas salvo engano saía por por mais de 54 mil reais (assim como o C4 Lounge). É um carro de categoria superior e recentemente recebeu uma versão menos equipada pra PCD e a partir daí comecei a desconsidera-lo por ele não oferecer coisas que acho interessantes no dia-a-dia e questões indiretas como o custo para manter o carro.

            • Achei o 2008 mais “apertado” que o Polo, hein… o 2008 é exatamente igual ao 208 em termos de espaço interno. Fica mais ou menos empatado com o Polo no espaço para as pernas, mas é menos largo, complicando se alojar 3 adultos ou dois adultos e uma cadeirinha no banco traseiro.

              • Djalma

                É o mesmo entre eixos do 208?

              • Benny Blanco

                Errado. O 2008 tem mais espaço interno que o 208.

                • Eu é que digo: errado, os dois possuem a cabine exatamente igual em termos de dimensões internas. Eu analisei pormenorizadamente os dois modelos quando comprei o 208 da minha esposa. Eu já tinha até me decidido pelo 2008 (foi em meados de 2015), pois ele tinha 6 airbags e sensores dianteiros. As versões griffe de 208 e 2008 eram separadas por cerca de 14 mil reais, e o “SUV” era desprovido de opção de taxa zero por ser recém lançado.
                  Mas aí veio o modelo 2016 do 208, com seis airbags e sensores dianteiros… como minha esposa não precisava de um porta malas maior e nem anda fora do asfalto, acabei achando que pagar 14 mil reais por simples estética seria desnecessário.
                  Caso tenha alguma dúvida, dê uma chegadinha em um concessionário Peugeot ou mesmo compare as dimensões por meio de fichas técnicas: o entre-eixos é idêntico, e mesmo o vão entre assoalho e teto é igual. Externamente o 2008 apresenta duas pequenas saliências em seu teto na porção final do carro que acabam por causar a ilusão de que seu teto é mais alto. Mas não passa de artifício estético, mesmo.

              • Vitor Meireles

                O 208 aparenta ter menos espaço que o 2008, principalmente atrás. O entre-eixos é o mesmo, mas talvez seja culpa do caimento da traseira e do porte mais compacto do carro no geral. Tenho um Punto que tem o entre-eixos menor que o 208, mas na impressão de todos lá o francês se mostrou menor internamente.

                • Vá por mim: minha esposa tem um 208, e eu olhei com muito carinho o 2008 quando fui trocar o carro dela. São exatamente iguais na cabine. Diferença mesmo só no porta malas. O 2008 até passa a impressão de que possui o teto mais alto atrás, mas se você prestar mais atenção, verá que ele tem um elementos puramente estéticos instalados longitudinalmente dos dois lados da parte final do seu teto, os quais não elevam em nada a altura interna da cabine.
                  O entre-eixos dos dois é razoável para um compacto, o que até dá um espaço mais ou menos para as pernas dos ocupantes traseiros. Problema maior está na largura da cabine, a qual acaba deixando o espaço interno mais acanhado.

            • Lucas de Lucca

              Cara, o Polo no geral é superior, sem contar a menor desvalorização e facilidade de revenda típicos de VW. Mas, você tem que decidir se quer 1 hatch ou o 1 SUV compacto, se a comparação fosse Polo x 208, seria o alemão na cabeça, mas como está comparando dois segmentos distintos, aí vai do que quer/precisa.

              • Vitor Meireles

                Essa exigência da comparação ser do mesmo segmento funciona bem nas revistas, mas nem tanto na vida real. Hahaha! O consumidor comum vai sempre balancear o que o carro oferece e quanto ele cobra por isso. O 208 Allure pra PCD tá saindo por R$41.310. São pelo menos 10 mil reais de diferença pro Polo Comfortline.

                • Lucas de Lucca

                  Cara eu quis dizer que se você precisa de um veículo mais alto para facilitar o dia a dia na buraqueira então você quer um SUV, se quer um veículo ágil para os centros urbanos então quer um hatch compacto. Por isso disse que não faz sentido comparar dois segmentos distintos. Agora se pra você tanto faz tamanho, altura e agilidade aí é só pegar o que mais gostou mesmo.

              • cerberos

                eu iria de 208, o acabamento esta a anos luz do polo.

                • Lucas de Lucca

                  De fato, o acabamento é melhor e só. De resto o Polo é superior. Como analiso o conjunto todo iria de Polo, ainda mais aqui no interior de SP onde rola um preconceito bravo com francês na revenda.

                • T1000

                  se é para pagar caro, que pelo menos o interior do carro seja agradável.

          • Edson Fernandes

            54000 o 308. Mas perdeu muitos itens.

            Eu estou de olho no Polo PCD.

    • Leonel

      Eu diria que depende MUITO da tua necessidade. Agora, em termos de produto, eu vejo o Polo superior ao 2008 Allure. Melhor mecânica, eficiente, seguro…eu iria tranquilamente de Polo.

      Sobre o 2008, seria outra conversa se a PSA equipasse ele com o 1.2 THP e eu pudesse verificar seus resultados no LATIN NCAP.

      • Vitor Meireles

        Na análise fria, é sim! Mas já entrou no Polo? Em 2 minutos você já cansou daquele interior. Hahaha! Acho que o Polo é a decisão mais racional, técnica, enquanto o 2008 pode ser uma escolha mais emocional…

        • Kyfkd

          Por isso chama Emotion drive! Ok, parei.

      • Edson Fernandes

        Se o 2008 ou 208 já tivesse o 1.2 thp, eu teria um faz tempo…rs

    • Thiago Melo

      Vai se arrepender quando for vender o Peugeot

      • Eu acho assim: ruim é se arrepender toda a vez que se vá andar no carro. Pensar carro pensando na venda… sei não. Não acho racional.

      • Benny Blanco

        Vendi o meu em duas semanas. Já pesquisou por opinião dos donos para ver as avaliações?

      • Daniel

        Vendi um 208 Griffe manual com 80 mil km pela tabela em duas semanas. Paguei 50 e foi embora por 38. 4 anos de uso. Me fala um vw que teria desvalorizado menos. Periodo de 2013 a 2017. Bora lá… Entra na internet e me prova que um 208 desvaloriza mais que um Gol e eu me calo. Tá na hora de parar de repetir o que se ouve e ver como funciona na prática. Ahhh…. Só para comparar… To com um Corolla 2008 xli manual aqui em casa. Tabela de 28 mil, peço 24 e está anunciado há 2 meses. Esse papinho de desvalorização caiu por terra faz tempo.

        • Ernesto

          Corolla manual? Pow, quem quer carro dessa categoria quer automático! Querer fazer uma comparação assim não faz sentido nenhum.

          • Daniel

            Mané categoria cara. Carro de 25 mil. Só chega troca em terreno e popular pelado. Ninguém ta ligando se é automatico ou não. Puta bomba…

            • Ernesto

              Se fosse automático pode ter certeza que venderia com muito mais facilidade.

        • José Santos

          Corolla, Civic, Cruze e Jetta só se compra automáticos. Comprou com câmbio mecânico, casou com o carro.

    • Djalma

      R$ 53.271,00 onde?

      • Vitor Meireles

        Em qualquer concessionária. Valor para PCD.

    • Benny Blanco

      Pcd? O 2008 foi capado na versão 2018. Sem rodas de liga leve, são calotas. Sem borboletas para trocas manuais, sem ar digital e alguns materiais mais simples no acabamento. Se basear-se pelo concorrente do Polo, o Pug 208 pelo menos no custo ele é bem melhor, pois apesar de ambos custarem em torno de 65.000,00 tu consegue o 208 na versão Allure com teto solar por R$ 39.990,00. Mais de 10.000,00 de diferença para tu pagar o seguro por 2 ou 3 anos e talvez as revisoes.

      • Vitor Meireles

        São rodas de aço no 2008 Allure. Foi essa versão que já olhei lá na loja. O 208 Allure tá bem mais em conta (R$41.310), mas achei apertadinho em comparação ao meu carro atual (Punto). Isso é um fator importante pra mim. Ele vem com mimos que o Polo não traz (Ar digital, Teto panorâmico, etc.), mas no quesito da segurança o Polo dispara na frente. Se eu optasse pelo 208 acho que seria simplesmente por ser o mais barato.

        • Vinicius Vasques

          Bem, eu sou suspeito para falar, mas recomendaria o 208 no lugar do 2008. O 208 Allure traz muito mais itens de conforto que a perua e ainda é R$10.000 mais barato. O 2008 PCD é basicamente o 208 Active SW. Ainda dentro da Peugeot eu olharia pro 408 Business que também sai por R$49.900 e apesar de ser um projeto mais antigo, acho que consegue brigar pau a pau com o Polo, tanto em questão de segurança quanto tecnologia embarcada e ganha em acabamento. Pede claro em revenda e manutenção.

    • Samluzbh

      A Peugeot esta com um plano diferenciado de manutenção, da uma pesquisada.

  • João Martini

    Nas versões TSI o carro ficou no ponto!

  • RCX05

    Tá todo mundo empolgado com as versões 1.0 TSi mas eu queria ver mesmo é avaliações da 1.0 e 1.6. Quando que sai?

  • Guedes

    Ontem entrei num Comfortline TSI 200. É o que todos comentam mesmo, o acabamento é muito espartano. Eu acho que isso vai matar o carro. Se tivessem dado mais capricho no acabamento, seria imbatível.

    • João Martini

      Não é um primor, mas também não é ruim.

      • Guedes

        Não sei se estou defasado, mas pelo preço ( 72 MIL) deveria ser melhor. Não é ruim, mas a impressão de que é um carro popular apenas. Pra mim é inexplicável, até o acabamento do meu antigo Fox G2 me parecia mais “requintado”.
        Talvez a escolha de tons mais claros contribua pro ar espartano nesse caso, na minha opinião.

        • João Martini

          Eu imagino que seja a cor sim, porque em texturas e montagem ele me pareceu melhor que o Fox.

        • Luis Carlos K.

          Não está no mesmo nível do Fox e do antigo Polo. Economizaram nessa questão.

        • D136O

          Com certeza a cor influencia, lembra o tom usado no vergonhoso g3 com painel em 3 tons. Pra mim cinza claro assim me remete ao desbotado, ainda não vi o carro pessoalmente mas até imagino o que falam.

      • Achei de igual para abaixo do HB20, pela proposta, esperava mais também, mas o carro é bom, vamos ver como o mercado vai recebe-lo.

        • d59

          O “pior” é que o acabamento interno do hb20 está melhor que o do Polo (projeto que saiu do forno agora).

    • Leonel

      Não acredito que vá matar o carro visto que ele oferece em outras “áreas” mais que seus concorrentes. Como segurança, powertrain, tecnologia embarcada. Na faixa de preço que se encontra e na minha humilde opinião, o acabamento interno pesa menos que os itens anteriormente citados.

      • Djalma

        Não só não vai matar, mas essa versão TSi vai vender muito mais do que se espera.

    • Helio

      Uma coisa e estética automotiva, e outra coisa e construtiva depende do ponto de vista

    • Henrique12

      É um VW né, esperava o que?

      • O Polo da geração anterior tinha acabamento muito, muito bom. Acho que os entusiastas da geração antiga vão se ressentir disso.

        • Djalma

          “É um VW né” nada, o Golf é um VW e coloca todos os concorrentes no chinelo em acabamento.

          • Tivemos em casa um hatch e três sedãs… realmente um carro diferenciado entre os compactos, a despeito de cobrar por isso.

      • Car-Lover

        VW é referencia em acabamento e montagem. Olha o Golf, acabamento de BMW.
        Ford é que é porca.

    • Djalma

      O acabamento é muito caprichado, o que se pode questionar é a simplicidade dos materiais.

    • Luis Fernando Pozas

      Eu tb fiquei bem decepcionado… Estou aguardando para ver a tal versão topo que não tem nas ccs por aqui….
      Pela faixa de preço eu esperava algo parecido com o 308… Mas a realidade me fez lembrar o gol, ou up…
      Eu acho uma pena, pois se é este o carro da virada, indica que a vw enxerga que o conforto interno não será importante…
      Em tempo, tenho um vw2017… Antes de ser tachado de hater

    • Dherik

      Me decepcionei com o acabamento também, principalmente nas portas. Verdade seja dita, parece um gol por dentro :(. Seria um candidato sério a meu próximo carro.

  • Leonardo Balieiro

    Abri rapidamente achando que era análise de um Golf. Juro!

    • Silvio Vasques

      Todo mundo tem a mesma impressão… É um Gol!

      • Tenente Figueiredo

        O cara escreveu golf e não gol

        • Lucas de Lucca

          O “haterismo” até cega alguns. rsrsrs

        • Eduardo

          KKKKKKKKKKKKKKK

  • Gustavo75

    Faltou o câmbio manual na versão turbo, o painel emborrachado (o Polo europeu tem), esmero no fechamento da tampa traseira (esta igual ao do Gol) e mais equipamentos nas versões com motores aspirados (não tem nem como opcional retrovisores elétricos e volante com regulagem de altura). Ah, não gosto do acabamento interno na cor cinza claro.

    • Raul Pereira

      É, mas nós sabemos que a galera do mkt da VW faz essas coisas mesmo kkkk. O foco deles está mesmo em promover o TSI, então vão forçar quem quer algo a mais migrar pra esse motor.
      Agora, pode ser que aconteça igual o Fit, com o tempo eles vão mudando os opcionais e vão colocando mais coisas, mas aí corremos o risco do carro dar uma bela encarecida, também.

      • João Martini

        Essa é uma vantagem do projeto global. Ele tem uma cacetada de futuros opcionais já projetados e homologados na Europa. Basta a VWB se sentir ameaçada e trazer.

        • Raul Pereira

          Acho difícil, viu. Ele leva e cima do Argo e foi ele que ameaçou o FIt, aí a Honda mandou a jogada de atualizar os equipamentos dele pra não ficar atrás do Polo, já que o preço do Fit é bem alto. Então acho difícil que a VW se sinta ameaçada, porque convenhamos que apesar do preço, é uma excelente alternativa esse carro.

          • João Martini

            Mas isso daqui a 2-3 anos, quando vier novos Onix e HB20. Por enquanto a VW está em águas calmas com relação a concorrentes.

            • Raul Pereira

              Sim, por isso mesmo, eles estão bem confortáveis, considerando que ameaçaram até o Fit, que a Honda sempre colocou como superior aos outros carros ‘pequenos’

            • Filipo

              João, pelos meus cálculos (posso estar errado), o novo Hb20 deve sair no fim do ano que vem, já como modelo 2019.
              E acho que eles devem fazer como a VW e Fiat faziam com Gol e Palio, respectivamente. Ao lançar a nova geração, a atual ficaria mais uns 2 anos, como carro de entrada da linha, em versão única e básica.

      • Djalma

        A VW sempre faz isso, não queima todos os cartuchos de uma vez só. Espero que automático no MSI venha logo.

  • João Martini

    “tendo ainda os exclusivos LEDs diurnos ao lado dos faróis de neblina, que só existem por aqui.”
    Errado. O europeu tem o mesmo conjunto. Os faróis em led são opcionais de quase 1000 euros.

    • Louis

      Reparei a mesma coisa, no teste EuroNcap, vi no Polo europeu este DRL na parte de baixo.

      • Bruno Correia

        Desde 2011 todo carro europeu tem que ter o DRL.

        • Louis

          Estamos falando da posição do DRL, e não se tem ou não tem.

          • Bruno Correia

            O DRL do europeu está na mesma posição que o do brasileiro, a diferença é por lá ser obrigatório, existe um conjunto mais simples dele, sem o farol de neblina, já que todos os carros precisam ter…..

    • D136O

      Os leds diurnos no europeu não são no farol? Ele tem leds no farol de neblina mas achei que era iluminação auxiliar de conversão estática, até no vídeo de apresentação aparece ligando apenas um lado nas curvas.

      • João Martini

        Tem, mas só com o opcional. Os básicos são como o nosso Highline.

  • Whering Alberto

    Esse plástico cinza (mais claro) lembra o do Gol “G3”.

    • Silvio Vasques

      É Gol!

      • Djalma

        Sério mesmo? Se você não avisa ia achar que era um Polo.

  • TT 230

    O interior do Comfortline é mais escuro, o que me agrada mais. A versão Highline exagerou nesses painéis em tom de cinza claro.

    • cepereira2006

      Pela matéria ele não tem airbag de cortina. Uma enorme falha, poderia ao menos ser opcional.

      • TT 230

        A VW é mala. Ela colocou um airbag lateral que protege praticamente toda a cabeça no impacto lateral. Dá uma olhada no vídeo do crase test.

        Mas concordo com você. Economia bizarra.

        • Protege bem… os ocupantes dos bancos dianteiros. Os dos bancos traseiros não são alcançados pela aba superior que se abre dos side bags.

          • TT 230

            Por isso que eu disse que ela foi mala. Ela esticou apenas os airbags laterais para receber o impacto lateral e conseguir a nota máxima.

            Como dizem por aí, ela andou com o regulamento debaixo do braço e fez apenas o que precisava para conseguir o feito.

            Lógico que não protege quem está atrás. O que também é mostrado no vídeo. Acho ruim.

            • Alessandro

              todas fazem isso pode ver que toda vez que muda o padrao um monte de carro vai baixando nota.

        • Djalma

          Ele é maior que o do Europeu.

          • TT 230

            O cara que deu essa ideia deve ter ganhado um bônus gordo. Rsrs

  • Anderson Neves

    70mil num Gol melhorado? Passo…..

    • Silvio Vasques

      Todo mundo passando…

      • Djalma

        Voce ia passar de qualquer jeito já que é piloto de teclado.

    • Tenente Figueiredo

      Tem que ser mt ignorante pra chamar de gol

    • https://www.youtube.com/watch?v=kiMBSKDlKr4

      Recomendo o vídeo. Apesar das semelhanças estéticas, há um abismo entre os dois produtos.

      • Lucas de Lucca

        Haters gonna hate. Nem vira dar moral de responder esse pessoal. Falam mal do Polo, chamam de Gol, que quem vê até pensa que são donos de Audi, BMW, Volvo… Mas não, eles andam de Mercedes mesmo… só que “coletivo”.

        • Djalma

          É a turminha do busão.

        • Vixi! Coloquei link do vídeo da concorrência, acho eu… kkk. Removeram meu post. Foi mal.

  • Raul Pereira

    Tenho uma dúvida sobre o 1.0 TSI.
    Acho muito legal a indústria estar se desenvolvendo nesse ponto, apesar de daqui a alguns anos espero que os elétricos e outras fontes de energia já estejam popularizadas pra resolver a atual crise energética que temos (ou não).
    Mas enfim, esses motores são duráveis? Porque andei lendo nos confins da internet um pessoal de engenharia falando que a longo prazo eles não suportam a potência que geram e o turbo contribuiria para um desgaste maior do que dos motores ‘convencionais’, além das próprias ligas metálicas em que são fabricados não suportarem. Alguém tem alguma opinião?

    • MMM

      Eu tenho lido muita bobagem a respeito de novas tecnologias. Outro dia mesmo um cara da NGK dizendo que carros com Start stop devem trocar velas a cada 10.000km, o que é um verdadeiro absurdo, já que as velas que vem nesse carros é Iridium e devem ser trocadas aos 100.000km. Até pensei nisso antes de comprar meu Cruze e perguntei para um colega de trabalho nos Estados Unidos já que ele tinha um da geração anterior. O cara me disse que rodou mais de 90 mil milhas com o carro sem nenhuma anomalia nesse sentido. Considerando que fico de 4-5 anos com um carro e rodo cerca de 70 mil km, pra mim não foi uma preocupação.

      • Guedes

        Acabei de trocar as velas do meu Golf, pelo tempo mesmo, pois o carro tem 38 mil km. Velas estavam perfeitas ainda.
        Contudo, eu não uso start stop quase nunca, acho um saco e o dono anterior disse que também não usava.
        No manual de manutenção diz pra trocar a cada 4 anos ou 60 mil km.

        • MMM

          Eu uso bastante no Cruze, desativo em raras situações. No manual diz que a troca é prevista com 100 mil km. Vou esperar pra ver.

          • Lucas de Lucca

            Como você desativa no Cruze???? Não tem como, a menos que você tenha colocado aquele Gas Pedal da Tork One. Um saco isso, da nojo desse auto-stop, mancada da GM não por a porr*** de um botão pra desligar!!! >.<

            • MMM

              Aperte o botão do ar condicionado que joga pra cima (desembaçador dianteiro) que desativa o Start stop.

              • Lucas de Lucca

                Cara vou fazer isso, valeu!!!

      • Marcelo Alves

        Cuidado para as velas não enferrujarem e ficarem travadas no cabeçote (principalmente se usa só álcool). É bom sempre retirar as velas para conferir pelo menos uma vez por ano ou no máximo a cada 2 anos, o combustível nosso aqui é diferente do de lá, por isso alguns fabricantes recomendam trocar essas velas (que rodam mais de 100.000km em outros países) com apenas 60mil km (mas o tempo de uso também conta, meu pai tinha uma Strada 1.8 que rodou apenas 33 mil km em 5 anos, e quando foi trocar as velas ao final desses 5 anos, elas estavam travadas, só uma saiu e estava bem enferrujada).

        • Lucas de Lucca

          Mas mecânico bom mesmo, em toda revisão solta as velas para conferir e justamente para ela não travar e ferrar a rosca do cabeçote. Procedimento que deveria ser normal em toda revisão, mas a maioria de açougueiro que se auto intitula mecânico não faz. Aliás, não apertam se quer com um torquímetro quando fazem a troca. Ainda mais fazendo a revisão em concessionária, onde quase sempre fazem o serviço mais porco possível.

      • Raul Pereira

        SIm, comc erteza. Estava falando com meu padrinho (que é engenheiro aeronáutico pelo ITA, mas formado lá em meados de 60-70) e ele tem bons pontos, inclusive sobre energia solar não ser tudo isso por conta de aumentar a entropia do ambiente (eu não concordo), mas está muito desatualizado sobre as novas tecnologias, inclusive ele que falou que a liga metálica do bloco do motor não suportaria a ‘força’ gerada pela turbina, etc e tal. Aí vi uma matéria acho que foi aqui, sobre alguns defeitos nos turbinados. Então fiquei realmente na dúvida. Mas o importante é que a indústria está desenvolvendo e melhorando.

        • MMM

          Com certeza. Ironicamente meu Cruze anterior que tinha motor 1.8 sem nenhum inocacao tecnologica, teve seu cabecote trocado com 40 mil km. Foi um defeito de fabricacao mas se fosse um motor turbo, pode apostar que culpariam ele por causa disso.

    • FPC

      eu também tenho a mesma dúvida, eu possuo um High Mpi 2014, tenho um interesse no Tsi, porém o que me dá preguiça é de ter que esperar uns 60 a 90 segundos para desligar o carro quando você estaciona e vai desliga-lo, parece que é por conta da rotação da turbina. Final de semana retrasado fiz o teste no Up Tsi, eu esperava mais um pouco dele em baixa rotação, essa questão de 16,8 kgfm a 1500 rpm eu sinceramente não senti isso, parece que o carro “acorda” mesmo aos 2500 rpm, o que me passou uma má impressão, situações como virar uma esquina de segunda em baixa velocidade, eu pisava e o carro “demorava” a responder, claro melhor que o Mpi, mas eu achava que era um tiro em praticamente qualquer faixa baixa de rotação. No mais eu gostei, é um ótimo carro, uso ele diariamente para trabalhar, meu trecho é de 37 kms, sendo 30 de rodovia.

      • Maneco

        “60 a 90 segundos para desligar o carro quando você estaciona” Isso está no manual ? Tenho interesse no no up tsi ou o polo e não sabia disso.
        Ontem andei no Polo TSi e gostei, mas preferia que fosse manual.

      • Lucas de Lucca

        Cara, eu deixo uns 30 segundos em marcha lenta mesmo antes de desligar esperando a turbinar cair a rotação, mal não faz. E também uso Militec, assim mesmo quando interrompe o fluxo de óleo ele está protegendo e reduzindo o atrito, já que adere ao metal. Espero não ter problema de turbina até os 100 mil que é o KM que geralmente fico com o carro.

        E disso que você falou da anemia até 2500 rpm concordo com você. Fiz um test-drive no up! TSI logo quando chegou ao mercado e com 4 pessoas dentro ele não passava em segunda em lombada e nem esquina onde a velocidade fica muito baixa, se tremia todo, forçando voltar 1ª marcha e respondendo mesmo só nos 2500 onde dava uma patada a turbina e o carro virava um capetinha.

  • Lucas086

    “Mini Golf ou Super Gol? Nem dos dois, mas um pouco de cada. Também não se pode compará-lo com a geração antiga, feita nos anos 2000 no Brasil. Aquele carro era realmente para ser um equivalente menor do Golf, realmente um compacto premium. Agora, o alvo é estar nos dois ambientes e alcançar algo mais, queimando a etapa de entrada para muita gente e dispensando o segmento médio para outros. Tudo junto e misturado.”
    Melhor avaliação do Polo até agora, sem achismos ou exageros, o carro é bom, mas está mais para Gol do quê para Golf.

  • REDDINGTON

    Se a própria VW o chama de mini-golf, é sinal que ele não está tendo a atenção que devia…Mas está MAIS pra Gol que Golf. Substituir o Gol com esses preços??? Difícil…brasileiro paga caro sim mas os mais vendidos são os populares ainda…Vejamos o exemplo de Prisma e Onix JOY…

    • Tenente Figueiredo

      Mais um que não entendeu nada da propaganda. Puts
      Vai lá comprar teu Onix joy

      • REDDINGTON

        Mais um fã “boi” da VW…

        • Tenente Figueiredo

          Fala argoboy

      • Luis Carlos K.

        Qual era a proposta da propaganda, vossa inteligência?

        • Tenente Figueiredo

          Puts. É sério isso?
          Ai ai. Esses argoboys…

          • Luis Carlos K.

            A VW claramente chama o Polo de Mini-Golf. Isso ele não é nem nunca foi. Polo tem sua tradição e não precisa de muleta.

            • REDDINGTON

              Foi o que eu disse, mas o cadete figueiredo não entende assim e quer espalhar sua demência pra todos.

    • Miro Saraiva

      Na real Achei uma senhora pretensão querer ser um mini golf. Não passa de Uma muleta estilosa. Continua sendo muleta e muito longe de golf. A começar por um acabamento de gol e nada além.

  • Jok Jok

    A melhor avaliaçao. Parabens

  • gregorioalan

    Ótima avaliação! eu tive a oportunidade de ver o carro na semana passada, na minha cidade não chegou nem o carro para teste drive ainda… eles só tinha um MSI, ao ver o carro ao vivo não achei nem de longe que ele parece um médio ou passa qualquer sensação Premium, estou esperando para ver o Highline quando chegar. O mesmo vale para o interior, muito básico, apesar de muito bem montado e alinhado, passa uma sensação exagerada de simplicidade, considerando o preço. Na minha humilde opinião eu acho que esse carro não venderá muito, como a VW gostaria, acredito que as versões top sim se sairão bem, mas volume mesmo com as versões básicas ainda tenho minhas dúvidas…

  • Robson Rogerio

    Pelo preço e categoria, o acabamento interno deste carro está muito aquém do esperado, principalmente nas versões abaixo da highline. Aquele suporte de GPS é ridículo, a alavanca do freio de mão e console central não vou nem comentar. Eu esperava mais.

    • O preço e o acabamento dele estão compatíveis com os concorrentes. A mecânica dos top de linha (TSI) acaba sendo um diferencial nas faixas próximas a 70 mil. Mas eu tenho a impressão de que o grosso do nosso mercado continuará no degrau de abaixo de Polo e Argo. Não consigo enxergar o potencial que a VW vê no Polo para turbinar suas vendas.

      • Robson Rogerio

        Então, o interior do Argo é visivelmente mais bem acabado e mais moderno que o do Polo desde as versões de entrada, esse vídeo mostra um comparativo muito interessante entre os dois veículos:

        https://youtu.be/2jt2VAOyzuM

        • Djalma

          Você vai ver esse interior dito moderno do Argo daqui a 2 anos; vai parecer carro bem mais velho. O mesmo digo do design dele,cansa rápido.

          • Robson Rogerio

            Ok, pode até ser, apesar de isso ser bem pessoal, mas isso não torna melhor o visual e acabamento interno do Polo.

        • Leo

          Concordo com você, Robson. Tanto na versão Drive quanto na HGT o Argo é superior em design e aparência dos materiais internos, quando comparado às versões equivalentes do Polo.

        • EU achei o design do Argo com design mais agradável e chamativo. Melhor acabado não é bem a expressão que eu utilizaria.
          Mas vale tomar cuidado com a versão a ser comparada. Há uma boa diferença nos Argo e Polo de entrada com relação aos top de linha (highline e HGT). Achei eles bem “mesmo nível” nas versões mais básicas. O Polo se sobressai na mecânica mais moderna nas versões mais caras.

        • Basil Sandhurst

          Olha…ainda não vi o POLO na CSS, mas acabei de fechar um HGT completo a um mês. Pelas fotos não troco o acabamento e conforto do meu carro pelo POLO.
          Abs

  • Fanjos

    Provavelmente será meu carro no começo do ano que vem.

    • Car-Lover

      Os preços estão bons, e o carro também. Em tempos de 0-nix, KArr0ça e companhia a preços absurdos, o Polo é uma boa escolha.

    • fschulz84

      Você somente estará autorizado a comprá-lo após a meta de 13 “prosperidades” ser atingida.

      • Fanjos

        Já entrei em contato com a VW sobre isso, vamos tentar reduzir pela metade mas deixando a meta aberta e sem perder valorização veicular, menos vezes, mais valorizações…assim que deve fazer.

        • Cesar

          Não se esqueça: Quando a meta aberta for atingida, deve-se dobrar a meta.

  • Andre L W

    Não tive tempo de comparecer na concessionária VW em horário de funcionamento, mas vi o carro de exposição na vitrine e, comparando ao Gol e Golf mais distante, achei que está “meio estreito”, tamanho está mais pra Gol que para Golf (porém ambos não estavam ao lado do Polo, o que pode levar a essa “distorção”).
    Considerando a avaliação realizada, NA, poderiam dizer se acharam as saídas de ar centrais (abaixo do rádio) bem localizadas ou não (me parecem ser semelhantes a do antigo Palio, que gelavam as mãos no volante).
    Ainda acho que o que vai pesar mais é esses pacotes de opcionais em cada versão (melhor se ela fossem fechadas ou com uma opção, não com vários itens separados).

    • Marcelo Alves

      Aquelas saídas centrais do Palio eram praticamente inúteis, meu pai teve uma Strada e só andava com elas fechadas, pois ou congelava as mãos ou o ar gelado batia direto no peito, quando vi esse mesmo detalhe no Polo fiquei pensando a mesma coisa…

    • Djalma

      Me parece que o Golf é 3 cm mais largo que o Polo é o Gol é 10 cm mais estreito.

      • Andre L W

        “Numericamente” sim, mas como disse a “percepção” de o Polo parecer mais próximo a um Gol do que um Golf. Porém, todos eles não estavam lado a lado.

  • MMM

    Esse suporte de celular sai? No meu ponto de vista, se o carro vem com CMM com espelhamento, isso aí é totalmente desnecessário.

    • Tibúrcio

      Eu perguntei à vendedora na VW se tal suporte saía. Ela removeu e ficou um “buraco” no painel.
      Perguntei se havia alguma tampa para aquilo e ela não soube me dizer.
      Acho a mesma coisa que você! Com aquela tela ali, que aliás reflete Android Auto ou CarPlay, não há necessidade de pendurar o celular naquela posição, nem manter o suporte.
      Realmente desnecessário!

      • cepereira2006

        Além de desnecessário é horroroso e deprimente.

        • Peerre

          Segundo o mega ultra fã do Car Blog, esse suporte é o que há de melhor no mundo automotivo hoje! Inclusive ele não se cansa de repetir que nem os europeus tem essa obra prima da engenharia alemã no painel do europeu…

      • André A

        Ficou zoado mesmo esse suporte. Mas isso daí eles resolveram colocar após laboratório com potenciais clientes, com certeza…ou seja, a culpa é nossa, do brasileiro médio.

        • Djalma

          Aqui mesmo já vi neguinho reclamando porque tal carro não tinha suporte de celular no painel.

      • SDS SP

        É muito feio, mas existe uma tampa que é vendida pela VW.

    • João Martini

      Pra quem tem iPhone é bastante necessário rs. O CarPlay e nada é a mesma coisa.

      • MMM

        É, pior que tenho que concordar. Eu comprei um Samsung só pra poder usar o Waze no carro. Sempre deixo ele ligado por causa de transito e radares mas detesto coisas penduradas no painel ou vidro.

        • João Martini

          E esse suporte do polo cabe o iPhone plus com tranquilidade. No ka eu sofro um pouco, cabe bem apertado. Eu gosto dele, só acho que deveria ter uma tampa caso não esteja em uso.

          • SDS SP

            Mas existe uma tampa, que inclusive é item original da VW.

            • João Martini

              Legal, eu não sabia

    • Fernando

      Quando fiz o test drive perguntei pro vendedor, o suporte sai sim e existe uma tampa pra por no lugar, mas é vendida como acessório de concessionária…

    • Thomas More

      Esse suporte de celular para um carro que quer ser premium é horrível e brega. Daqui a pouco a VW vai equipar seus carros com uma manopla de câmbio com siri dentro.
      Quem precisa disso é motorista de Uber e taxista.

  • Joaquim Grillo

    Infelismente vai vender apenas para fans da marca e do modelo, pois ficou 80% parecido com o gol é mesma coisa que um Gol e um Gol XL

  • Tibúrcio

    Finalmente uma avaliação sem paixonite. Muito boa!
    Eu avaliei o Polo e também não vi nada de mais no interior.
    O carro é bom, mas o interior é bem simplório. O interior do Argo é melhor, na minha opinião.
    Um Polo com interior de Argo seria o ideal, pelo menos pra mim!

    • João Martini

      Achei o Argo melhor em texturas, mas não em montagem. O tecido das versões básicas também são bem ásperos, nada diferente do polo.

    • Djalma

      O que mata nesses carros da Fiat são esses câmbios ruins, inclusive os mecânicos. Parecem emborrachados e o curso é longo.

  • Louis

    Não gostei desse banco em 2 cores.

  • Tchu

    …”No teto, porta-copos, luzes de leitura”… Porta copos no teto? Nunca vi isso…

    • No_Name

      É porta óculos.

      • Djalma

        Imagina um porta copos no teto.

  • Silvio Vasques

    Isso é Gol na veia! Com preço altíssimo, apenas para incautos e fan boys!

    • Tenente Figueiredo

      Chora mais argoboy

  • Felipe Faria

    Eu achava o Polo 2018 praticamente idêntico ao Gol, mudei minha concepção quando o vi de perto.

    • Tenente Figueiredo

      A diferença entre quem viu de verdade e os pilotos de internet

    • Fernando

      Exatamente! Pessoalmente o carro é bem diferente do Gol, inclusive o interior tem uma aparência bem melhor pessoalmente do que nas fotos e vídeos.

  • Leonardo azevedo

    A frase que define nasceu o Polo e vai embora Gol e Golf:
    “Mini Golf ou Super Gol? Nem dos dois, mas um pouco de cada… Agora, o alvo é estar nos dois ambientes e alcançar algo mais, queimando a etapa de entrada para muita gente e dispensando o segmento médio para outros.”

  • o problema dele, eu acho, que na cabeça da maioria isso é um gol gurmet
    culpa da vw que fez do gol uma semi copia de um polo empobrecido
    agora entre argo e polo nenhuma duvida, polo com certeza

    • alexandre

      Depende… Faço questão de câmbio manual. Hoje optaria pelo Argo HGT 1.8 MT na casa dos 65 mil. Mas em termos de motorização, Polo 100% melhor. Acredito que em breve será lançado um Polo tsi MT. Assim como ocorreu com o Golf.

  • Tenente Figueiredo

    Se parâmetro de acabamento de compacto Premium for o polo da geração anterior e o New fiesta atual, então ele não deve em nada.
    Falo isso pq foram os meus dois últimos carros.

    Mas se o parâmetro for Focus e golf, aí sim. Mas veja bem: o polo custa menos que esses, então vc não teria o mesmo acabamento custando menos.

    • Edu.ch

      Todos os reviews que vejo falam da melhora substancial do acabamento do Ecosport com o novo painel. Provavelmente deve acontecer o mesmo com o Fiesta. Tenho a impressão que neste quesito o Polo vai ficar um pouco atrás.

      • Tenente Figueiredo

        O acabamento da eco continua o mesmo. Só o desenho que mudou.

        • Vitor C

          O acabamento da EcoSport passou de um dos piores para um dos melhores do segmento, ela melhorou muito.

          • Tenente Figueiredo

            Amigo. Desenho do/no plástico é uma coisa. Qualidade do material é outra coisa. Não confunda.

            • Vitor C

              Os matérias mudaram. O painel por exemplo é softtouch agora, assim como ela trouxe vários elementos do focus espalhados pelas cabines.

        • Luis Fernando Pozas

          Não é verdade… Melhorou muito… Pelo menos foi minha impressão ao vivo

        • Leo

          Não mesmo. Parece outro carro por dentro e não é só o design.

    • Luis Carlos K.

      Já viu ele ao vivo? Acabamento ta pior que do antigo Polo e até do Fox atual.

      • Tenente Figueiredo

        Já vi.
        Já dirigi.
        E já tive o antigo polo.
        Releia meu comentário anterior

        • Luis Carlos K.

          Só você acha isso. Quem tem Fox e Polo antigo se decepcionou com o acabamento do Novo Polo. É uma reclamação recorrente no VW Polo Clube.

          • Tenente Figueiredo

            Tive o polo antigo e não me decepcionei.
            Só não sonhei acordado achando que ele ia ter o acabamento do golf, custando menos.

            • Luis Carlos K.

              Quem inventou de dizer que ele é um mini-Golf foi a própria VW. Então tem que fazer por onde.

              • Tenente Figueiredo

                O marketing não participou do projeto.
                Se liga.

        • Guedes

          Primeira pessoa que vejo falar que o Polo anterior tinha acabamento pior. Lembrando que acabamento não é tela multimídia hehehe

          • Tenente Figueiredo

            Onde eu falei que era pior..
            Vcs precisam de aula de interpretação.
            Leia de novo o que eu escrevi

  • Ricardo

    Baixo e largo! Isso é o principal no design! Carro de macho, não esses altinhos de boiolas que tem por aí!

    • Guedes

      Polo brasileiro não é baixo, sinto lhe informar.

      • Ricardo

        É sim! Média dos homens brasileiros deve ser uns 1,7 m. E um carro baixo não significa desconfortável para pessoas altas. Veja BMWs, Mercedes e Audis, todos baixos comparados com os carros normais.

        • Guedes

          Eu digo em relação à altura do solo. veja a caixa de roda traseira.
          aumentaram ele, não ficou tão baixinho como o alemão. é tipo o que fizeram com o Golf e A3 nacionais.

          • Ricardo

            Ah! Só colocar uma Eibach que resolve. Hehe

      • Ricardo

        Li povo! Hehe

      • Djalma

        Sim, internamente tem 1,47; Argo por exemplo tem 1,50. E ele é 2 cm mais alto que o alemão, que parece que fica com aparência melhor por causa da altura menor.

  • Abdallah

    é um gol mais requintado!

  • Fanjos

    ele tem Start Stop?Não o botão, o sistema de economia de combustivel

    • Guedes

      Acho que não. tiraram pra economizar.

      • Fanjos

        porque não estou surpreso

        • Basil Sandhurst

          Olha cara…isso faz diferença sim, viu? Eu era cético desse sistema e ele realmente ajuda a economizar.
          Abs

    • André A

      O sistema start-stop ainda é controverso. Tem gente que odeia, por exemplo. A maioria das pessoas que tem Golf dizem que desligam toda vez que entram no carro (não tem como desligar definitivamente).

      • mjprio

        Dirigi um Seat leon na Espanha com o sistema e so percebi que tinha quando o carro morreu no sinal rsrsrs. Eu estava empolgado pra saber o funcionamento, mas depois de 3 ou 4 “morridas” em um circuito urbano o sistema irrita, ainda mais quando se está com o AC ligado.
        Caso essa questao das baterias e alternadores serem de fato mais caros. Ta fadado ao fracasso.
        Será que nao seria melhor desativar uns cilindros em marcha lenta, e assim manter o ar funcionando? Digo isso pois em navios que trabalhei com motores MTU eles em marcha lenta desacoplados cortam metade dos cilindros e assim geram economia mantendo os circuitos vitais agregados ( arrefecimento, lubrificação e compressor de ar) funcionando

  • zekinha71

    É mini Golf, tá lá na propaganda passando na tv.

    • Fanjos

      Então deve ser verdade

      • Robinho

        kkkkkkkk

      • REDDINGTON

        kkkkkkkkkkk

    • Basil Sandhurst

      Se tá na propaganda é melhor acreditar para não se revoltar, mas esse carro pelas fotos não lembra o acabamento da antiga geração do Polo feita no Brasil.
      Abs

  • Danilo

    Gostei dos bancos em couro. Por 800 reais compensa mais do que mandar colocar, mesmo sabendo que nao eh um couro legitimo, mas tao bom. Combinaram mais com o carpete claro em comparacao com os de tecido.
    Agora Polo nunca foi Premium, ta longe de ser por alguns corte de custos tanto na alemanha e pior no brasil.

    Ambos devem acabamento interno soft touch, carpete de melhor qualidade, alças no teto, e algumas firulas a mais.

    Da Alemanha pro Brasil, tiveram ainda a ridicula capacidade de tirar o acabamento lateral dos bancos dianteiros, ficando indecentemente visivel o trilho dos bancso (o alemao possui esse acabamento)

    Tambem na parte interna da tampa do porta malas, a VW do Brasil economizou e colocou acabamento so no meio, enquanto aqui na Alemanha eh na tampa toda.

    Leds na Iluminação interna e Led de iluminacao ambiente, que eu pelo menos achei que a VW Brasil iria disponibilizar isso no Highline, mas economizaram.

    Pra mim foi totalmente sem sentido nenhum a modificação na abertura da tampa traseira e totalmente desnecessária. Mas isso tem um porque: Aqui a camera de ré do Polo eh junto com abertura da tampa no simbolo, como eh no Golf e Passat Variant. Entao deve ser pouco mais caro, dai o pq de mudarem.

    O carro ta bom, agora com anos e modelos futuros pode ser que a VW va colocando algumas coisas ou so aumentara de preço e compre quem quiser .

  • Miro Saraiva

    De repente o Honda fit ficou até baratinho perto desse….
    Não teria coragem nunca de pagar 72k num golzao melhorado

    • Retrato do Papai

      o fit perto desse polo vira um onix joy HUEHUEHUE

    • Mauro Schramm

      E qual seria a alternativa?

      • Miro Saraiva

        Aí, meu caro, vai da sua necessidade. Abraço

    • Lucas086

      Cara, entra no Fit Lx de 70 mil, vc verá que o Polo é até “barato” pelo o que se cobra

      • Miro Saraiva

        Mas esse interior amigo eh digno de gol g3. Assustador

        • Lucas086

          Concordo, o interior do Polo realmente está muito pobre, mas na versão de 70 mil de ambos, o Polo ainda está melhor, sem falar que já vem apoio de braço, piloto aut, volante em couro.

    • Ernesto

      Creio que seja por isso que as pessoas falam que preferem Onix pois tem CMM. Elas não sabem o que tem além da “casca”.

  • Leonel

    Disparado o melhor do segmento como um todo. Imagina pagar mais de R$80 mil por um FIT ou Argo ao nivés desse Polo…

    • Vitor C

      O fit traz coisas que o polo não traz, Como conjunto full led (frente e trás) sistema ult, mais espaço, é melhor acabado e etc.
      A briga entre eles é bem equilibrada .

      • Leonel

        Tudo o que citou em minha opinião faz jus aos mais de R$80 mil que a Honda cobra. Fora a tecnologia embarcada no Polo e o powertrain, muito superior. Não vejo porque ir de Fit…

        • Vitor C

          Também acho que não vale, mas são coisas que ele tem a mais. Também não acho que o polo valha o que custa, mas fazer oq ?

          • Leonel

            Não, eu entendo o que quer dizer. Hoje é difícil um carro no país que faça jus ao seu preço. O que eu me referia era “qual vale mais em relação ao que cobra” e, nesse sentido, considero o Polo mais racional.

            Abraços Vitor.

    • Mauro Schramm

      O Fit é uma alternativa para quem precisa de espaço. Ele não tem concorrentes.

      • Leonel

        Mas se precisa de espaço compra um City então…não entendi. Mas enfim, respeito.

        • Mauro Schramm

          Estava falando hatches. O Fit, além de ótimo espaço para quem senta no banco de trás, possui o inigualável sistema ULT. O City é um sedan com porta malas enorme, e como tal não consegue levar uma peça de grande volume

  • Esquilo Tranquilo

    Impressionante como isso https://preview.netcarshow.com/Volkswagen-Polo-2018-1600-0d.jpg

    Virou isso: http://img2.icarros.com/dbimg/imgnoticia/4/23399_1

    Perdeu a principal identidade na minha opinião, os faróis complexos com projetor e DRL(essas porcarias que fizeram no parachoque não serve pra DRL)

    • FPC

      mas esse europeu que você colocou no link com farol de LED, é um opcional de lá, de série é igual o daqui, só essa faixa preta no parachoque que eu achei cagad0.

      • Esquilo Tranquilo

        Sim, mas aqui nem como opcional…

    • Vitor C

      Um conjunto óptico mais sofisticado da outra cara a qualquer carro mesmo, não é por nada que é uma se não a parte mais importante do design dianteiro.

    • adrielmenezes

      O drl do polo serve para transitar nas rodovias brasileiras?

  • Gran RS 78

    Gostei muito do Novo Polo. O que eu acho que a VW poderia ter melhorado era a altura da suspensão, pois ficou alta demais, faltou uma saída de escapamento mais esportiva e aparente, principalmente nas versões TSI, e claro, um teto solar, que iria combinar bastante com o visual dele.

  • Lennes

    Com o valor desse carro prefiro pegar um Golf 1.4 Tsi, muito mais carro que esse Polo, esse carro não tem futuro não, assim como todo Polo já fabricado, será só mais um produto novo que venderá pouco.

    • Tenente Figueiredo

      Nossa. Temos um futurologo aqui.
      Tá sabendo legal

    • Alexandre Volpi

      Com os valores de HOJE eu pensaria ou num Jetta CL que está por 81.900 aqui (Curitiba), ou ainda ficando nos hatchs, num Golf CL com elegance e talvez teto se sair perto dos 83.

      Pessoalmente vi o carro e tem algumas coisas meio bizarras, como as saídas de ar. Além de as centrais gelarem as mãos, caso você ajuste a do motorista pra direita (na direção do rosto, quando dirigindo) ela fecha! Isso porque a VW capou as rodinhas para fechar que tem no europeu. O acabamento é apenas correto, mas tudo duro demais. O Jetta mesmo sendo duro também tem uma textura e cores bem mais agradável aos olhos, e o Golf é superior.

      Como não faço muita questão de AT estou balançado, mas verei como proceder.

    • André A

      Nossa, o cara falou que Golf 1.4 TSI é superior ao Polo 1.0 TSI, esse é gênio, realmente ninguém sabia disso. Só esqueceu de falar que um é usado e o outro é 0km; um tem um seguro na lua (em torno de 10% da FIPE, a depender do perfil) e o outro um seguro normal (em torno de 4% da FIPE, a depender do perfil); a manutenção de ambos não é a mesma; a proposta de ambos não é a mesma etc. Mas pelo menos falou de Golf né, poderia ser pior…poderia falar que prefere um Azera 2012 ou uma Captiva…

  • Snake Green

    Muito tendenciosa, sei não viu…

  • Cássio

    Achei bem tendencioso. Principalmente comparado a outras avaliações feitas pelo site de outros carros de outras marcas.

  • Djalma

    Já ouvi falar que a suspensão está bem mais macia que outros VW, tipo, Gol, FOX; procede?

  • Leon Gonçalves

    Para ser premium, esse interior precisa: 1) capas inferiores na base dos bancos (plásticas), de forma que não se veja os trilhos/suportes; 2) forro de teto de tecido tipo seda, e não esse material de algodão; 3) painel soft touch; 4) revestimentos das colunas em tecido.

    • adrielmenezes

      Não esqueça do pqp

  • Benny Blanco

    Melhor avaliação do Polo que eu li. Citou pontos positivos e negativos de formas sutis. Já a do carblog, pelo amor de deus. Os caras não tem vergonha de mamar a vw. Parece até que são financiados pela montadora. Puxam tanto o saco que chegam a forçar a barra e raramente termino de ler.

    • Hoffmann

      O cara desse blog é funcionário de uma concessionária VW de Brasília, tem que puxar a sardinha pro lado dele, né?! rs
      Já um comentarista que tem lá é um “fake” criado pelo próprio cara do blog, nos comentários ele fala tudo que não teve coragem de dizer no post. Nesse blog a VW só pode ser superada pela própria VW ou alguma marca do grupo, nunca por nenhuma outra…agora o que rola por lá é que o Polo é hatch médio. hahahaha

    • Mas são financiados.. o dono é funcionário de concessionária, então o blog dele é apenas um veículo de marketing pra promover o que ele vende e falar mal das outras marcas.

      • SDS SP

        Em um grupo do Facebook que acompanho, puxaram à capivara do Fábio Luís Mendes (dono do blog) e na vdd ele é funcionário público do legislativo. Parece que puxar o saco da VW é um mero passatempo.

        • Então ele tem alguém na família que trabalha nessa concessionária de Brasília, ou ele mesmo ganha comissão por divulgar a empresa, pois toda hora ele fica colocando o telefone da loja, que ela tá com promoção, etc…. ele também tem acesso a andar com carros que acabaram de chegar da fábrica, sem placa nem nada… uma pessoa qualquer não teria esse tipo de acesso.

          • SDS SP

            Acredito que ele seja até um sócio ou coisa do tipo. Pra quem é funcionário do legislativo, está sobrando tempo para puxar sardinha para a marca alemã.

  • Mr. On The Road 77

    Quer queiram ou não, é a nova referencia entre os compactos.

  • Davidsandro18

    Um highline com o pacote que contém o display digital, banco do passageiro rebatível e pintura metálica sai por pouco mais de 66k para mim com desconto de funcionário… a mão tá coçando por um desses… rs

  • Hernan Carlos Granda

    qualidad dos plasticos interiores me lembran a os primeiros fox , pessimos

  • Christian

    “No teto, porta-copos, luzes de leitura e retrovisor eletrocrômico dão as caras.”
    Porta-copos no teto?!

    • adrielmenezes

      Deve ser uma nova forma de cortar gastos e inventar algo “revolucionário”

  • Nicolas_RS

    A VW economizou cada centavo nesse interior, é lamentável a qualidade do plastico usado no meio dos bancos do motorista e passageiro.

  • Hoffmann

    Plásticos terríveis, o “couro” dos bancos transmite impressão de ser da pior qualidade e o que aberração são esses ferros dos bancos dianteiros expostos! De fato, está longe de ser um carro “premium”.

    E pensar que em um passado não muito distante 72k era o preço de um Golf 1.4 TSI DSG alemão e hoje é o que se cobra por um “Gol gourmetizado”.

  • Roger

    Vi o carro hoje na concessionária da minha cidade, Panambra (em Pelotas-RS). Ele é mais bonito ao vivo do que em fotos, na Internet. Pareceu-me um bom carro, mas um pouco apertado no banco de trás (o Fiat Argo é BEM mais espaçoso, nesse quesito). O maior problema, em relação ao Polo, é o enorme ágio imposto pela concessionária. A versão mais equipada passa dos R$ 80 mil… Aí não dá!

    • Ernesto

      Será mesmo que o Argo tem bem mais espaço? Ambos tem 1,75 de largura!

      • Roger

        Esqueci de especificar que não falei em relação à largura do banco, mas ao espaço para os joelhos. Neste quesito, sim, o Argo tem mais espaço.

  • Henrique

    Bom e caro ! A VW acertou em cheio no design, que elegância, um sport chique e fino. Mas por ser caro, mereceria ter um acabamento de melhor qualidade. Troco quando melhorarem isso, pois até o fox tem um acabamento mais decente que este. Já tive um extreme, era muito melhor que isso ai !

  • afonso200

    e aquela versao com o velocimetro em tela de LCD, qual versao é, ou é opcional ??

  • Vinicius Vasques

    Os plásticos do interior do Polo nacional me fizeram lembrar do Gol G3, cinza claro, muito bonito para época e que com passar dos anos mostrou-se o maior pesadelo dos donos. Além da aparência amarelada, todos os plásticos se tornavam quebradiços pela exposição ao sol – principalmente os difusores de ar e o porta-luvas. Tanto que mais tarde foram lançadas 2 versões: uma com painel revisado com plásticos escuros (e mais resistentes) e outra mais barata com o painel do Gol G2.

    Espero que a VW tenha aprendido a lição e que este Polo não tenha essa herança maldita.

  • Hen_Par

    Aí a VW disponibiliza todos os equipamentos e opcionais que a matéria cita e a galera vem dizer “imagina, 80, 90 mil num polo??”.

  • Edson Flueti

    Nas versões de entrada 1.0 e 1.3/1.6 vale mais o Argo. Já na top (1.8/1.0 turbo) vale o Polo.

  • Leo

    Não sei se sou só eu, mas cada vez acho esse carro mais esteticamente sem graça. Vejam bem, não é feio. É correto. Mas é só mais um na multidão de Gols, Golfs e outros Volks extremamente parecidos…

  • Maurício

    Fiz um TD na germânica de Campinas na versão Highline e o carro realmente é bom e bonito, mas fui com a ideia que se fosse melhor que meu Bravo T-Jet, seria minha opção de compra já que o Golf 1.4 TSI tá ridículo de caro. Minha conclusões são que se eu trocar o T-Jet por ele vou ficar triste, como disse, o Polo TSI é muito bom mas não tem desempenho parecido com o T-Jet e o acabamento interno de longe é inferior…infelizmente pra mim teria q ser o Golf… :(

    • adrielmenezes

      Estou numa situação parecida. Aguardei o polo com grande expectativa e me decepcionei muito com o interior mais pobre que o fox e de nível do gol de entrada

  • Vattt

    Próximo do Povo, hehehehe!!! 70 mil. Com 10 mil a mais, meu irmão comprou uma Pajero Dakar 7 lugares 2012 com 38 mil rodados, completa de tudo, gastou 780 reais nas duas revisões da autorizada, uma para trocar itens referente ao anos do carro e a outra de 40 mil km, e ta todo contente com o carrão! Mas não esquece o Fluence que pagou 75 mil 0km em 2012, e esta com ele com 44 mil km e só querem pagar 32 mil!!! PAssa 3 anos e terá um, carro de 30 mil na garagem.

  • Wellington Myph13

    Hoje chegou o Polo TSI pra teste na css da minha cidade e fiz o teste drive. O conjunto motor TSI e câmbio automático está realmente muito bem alinhado, simplesmente uma delícia de rodar em cidade e silencioso e em baixa rotação pra estrada, está muito bem encaixado para os dois usos.
    Quanto ao acabamento, pode ser de material mais simples, mas o conjunto como um todo é bem feito, tem linhas novas e causam um ar de modernidade ao interior. Mesmo a versão de entrada não era ruim, simples sim, mas bonito e bem montado.
    Acho que a aura de “Premium” é apenas apoiada no conjunto motor, câmbio, segurança e interior renovado.
    Quem que entra no carro dos outros e fala pro outro depois “Nossa, entrei no carro do cara e nem um plástico pra esconder os trilhos do banco tinha” ou ” Nossa o carro do cara era bom, mas quanto plástico ruim, nossa, me senti mal encostando naquele plástico de pobre”… bom

    • adrielmenezes

      “me senti mal encostando naquele plástico pobre”
      Kkkkkkkk

  • Victor Hugo

    Fiz o teste essa semana. Sem palavras, cocei de vontade. Só faltou a grana mesmo. E até a versão de entrada é bem modesta, e eu compraria!

  • Carvalho…

    Caraca não acredito que pegaram esse carro em SBC e desceram a serra pra fazerem as fotos da avaliação literalmente na frente da minha casa!!
    Logo na primeira foto eu olhei e disse: “Conheço esse muro branco da escola e esses paralelepípedos aí”, e nas fotos seguintes confirmaram. Caramba pior que nem vi, devia tá ainda no trabalho, meu coroa devia ta em casa na hora, ele tem a mania de deixar o carro sempre na frente de casa, um Voyage. A rua ajuda pq não é estreita e passam poucos carros e nas fotos dele em 45º ainda tinha bom espaço pros poucos veículos que passaram (se passaram!).
    Pô espero que independente do carro a ser avaliado, se voltarem aqui pra fazer avaliações podem bater no portão de alumínio já que o interfone está de enfeite (rs) que o leitor do NA aqui vai querer tietar os carros a serem testados e claro serão bem recebidos!

  • Wolfpack

    Eu acho o desenho dele muito mas muito parecido com os dos gols anteriores. Por isso o que me chama mais atenção é o interior, mais o painel moderno do que os bancos com desenho antiquadro. No final o consumidor vai pesar sua aparência de gol versus seu preço alto. Acho que terão problema com as vendas.

  • HugoCT

    É um ótimo carro, mas não cativa pelo desenho.

  • Heitor Felipe

    Mais negócio civic 2015 lxr ou Polo Comfortline?, sei que são propostas diferentes, porém os dois me interessam, se fosse comprar um carro zero hoje seria um polo, porém penso no usado como o civic.

  • Asdrubal Trombone

    no meu Polo 2003 eu tenho o “dual zone de pobre” pois consigo fechar as saídas de ar do lado do passageiro quando estou sozinho e todo ar vai para meu lado. Agora no Polo 2018 brasileiro não vejo os botões de fechamento das saídas de ar do painel, não gostei.O painel já é muito “limpo” no modelo europeu e aqui conseguiram deixar simplório… Os porta-objetos que havia embaixo do painel tanto para motorista como passageiro no polo antigo e as alças de teto são muito práticos, além do porta-objetos que ficava na parte central superior do painel. A VW acabou com isso e o carro ficou mais pobre sem esses itens.

  • JCosta

    O Polo sempre teve boa qualidade construtiva, mas seu preço, no Brasil, é impraticável.

  • renato

    com 70 mil compra um honda FIT

  • Oberon de Megrez

    Não entendo aquele botão de fogão no painel… destoa demais.

  • Fabrício Sanches

    ‘O para-choque tem um visual mais esportivado, tendo ainda os exclusivos LEDs diurnos ao lado dos faróis de neblina, que só existem por aqui.’ Se só tem no daqui o que é aquilo idêntico ao nosso no modelo europeu?!

    PS: não sei postar imagens aqui.

  • Alexandre Borges

    Carro bom. Mas 72k?? To fora. Vou continuar com os usados.

  • Junio Tavares Silva

    Sem entrar no merito de qualidade de construção e mecanica, falando somente do desenho interior, acho o do argo mais acertado, não que do polo seja feio, longe disso, mas achei meio simples.

  • FocusMan

    “O bom handling também está associado à plataforma modular MQB-A0, bem rígida e neutra em torção”

    Alguém poderia me explicar o que é uma plataforma neutra em torção?

    Alguns jargões criados dentros do meio jornalístico precisam ser explorados de maneira cuidadosa.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend