BMW Elétricos Europa Híbridos

BMW divulga plano estratégico para 25 híbridos plug-in e elétricos até 2025

bmw-plano-eletrificação-2025-1 BMW divulga plano estratégico para 25 híbridos plug-in e elétricos até 2025

A BMW divulgou seu plano estratégico para ter 25 carros elétricos e híbridos plug-in no mercado mundial até 2025. A marca alemã entra numa fase decisiva onde terá que começar a deixar a tradicional mecânica a gasolina e diesel para converter-se em um fabricante com veículos essencialmente plugados.



A ofensiva da marca alemã neste novo segmento já começou, mais precisamente em 2014 com os BMW i3 e i8, vendidos atualmente no Brasil. O passo seguinte foi promover uma hibridização nos modelos tradicionais, entre eles o 530Le, X5 xDrive40e iPerformance,  740e iPerformance, 225e iPerformance, 330e iPerformance, X1 xDrive25Le iPerformance e Série 5 iPerformance, além do MINI Cooper S E Countryman ALL4.

bmw-plano-eletrificação-2025-1 BMW divulga plano estratégico para 25 híbridos plug-in e elétricos até 2025

Toda a gama acima foi lançada até este ano, compreendo apenas híbridos, mas o plano da BMW prevê um total de 13 híbridos plug-in e 12 elétricos puros, incluindo a Série 3. A montadora de Munique espera que as vendas de carros movidos totalmente ou parcialmente com energia alcancem entre 15% e 25% do total em 2025.

Essa gama acima, que inclui os modelos “i”, é chamada pela BMW de Gen 3, que é a primeira fase de seu processo de eletrificação. O próximo será o Gen 4, abraçando um período entre 2018 e 2021. Nesse espaço de tempo, a montadora de luxo revelou apenas o i8 Roadster para o ano que vem e o MINI Cooper 100% elétrico para 2019. No cronograma ainda estão incluídos mais quatro modelos. Sabe-se, porém, que um i3 atualizado com baterias mais potentes.

bmw-plano-eletrificação-2025-1 BMW divulga plano estratégico para 25 híbridos plug-in e elétricos até 2025

Mas, a virada de mesa da BMW só ocorrerá a partir de 2021. A base para essa mudança serão as plataformas CLAR modificada e a nova arquitetura para a MINI, chamada FAAR. Esta última é resultante da modificação da atual UKL1 e permitirá também que modelos da BMW com tração dianteira venham a ter suas versões elétricas no futuro.

O iNext, que já se sabe ser um sedã elétrico, será o primeiro carro com condução autônoma plena da BMW. Ele será feito sobre a CLAR modificada. Esta base, junto com a FAAR, permitirá o desenvolvimento de modelos com vários estilos de carroceria e basicamente dois tipos de propulsão.

bmw-plano-eletrificação-2025-1 BMW divulga plano estratégico para 25 híbridos plug-in e elétricos até 2025

A BMW divulgou que os propulsores elétricos terão basicamente quatro opções de potência, sendo 136 cv e 258 cv para os modelos comuns em versões de acesso, bem como 340 cv e “mais de 450 cv” para as versões de alta performance. Na plataforma FAAR, o motor elétrico dianteiro terá no máximo 272 cv, enquanto a CLAR terá propulsor traseiro com até 300 cv. Uma combinação de motores pode levar até 812 cv disponíveis, o que a BMW fala em aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos.

Em termos de alcance, a nova geração de carros eletrificados da BMW terá células de 60 kWh ou 90 kWh, que proverão autonomias de 450 km e 550 km, respectivamente. Mas, no caso do Série 5, a densidade será maior: 120 kWh. Isso permitirá alcance de 700 km com uma única carga. Já os híbridos plug-in terão potência combinada de no máximo 203 cv e 45,7 kgfm. Provavelmente será usado uma versão mais moderna do três cilindros 1.5 B38 nesse caso. Em relação aos esportivos, a promessa é de uma divisão iPerformance nos modelos da M Sport.

 

COMPARTILHAR:

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email