BMW Carros Conceito Elétricos Europa

BMW i1 Isetta: clássico alemão retorna elétrico e autônomo na visão de designer

bmw-i1-isetta-1 BMW i1 Isetta: clássico alemão retorna elétrico e autônomo na visão de designer

Enquanto o Romi-Isetta se tornava o primeiro carro fabricado no Brasil, o pequenino com porta dianteira e espaço para dois também era feito pela BMW na Alemanha. Por lá, o modelo teve versões 250, 300 e 600, sendo esta última sem o nome Isetta. Versátil, o micro carro de origem italiana durou até 1962 na Europa, um ano após o brasileiro sair de linha.



De lá para cá, a BMW nunca mais teve um urbano de dimensões tão reduzidas e com proposta parecida. Rumores sobre um possível retorno do BMW Isetta existem há muitos anos, mas até agora o compacto mais próximo dessa proposta é o elétrico i3. Para a empresa, não existe uma necessidade urgente para um carro desse porte, visto que é a controladora da MINI, que atendem um segmento de entrada e já projeta um elétrico com foco bem urbano.

bmw-i1-isetta-2 BMW i1 Isetta: clássico alemão retorna elétrico e autônomo na visão de designer

Mesmo assim, há quem vislumbre um BMW urbano, elétrico e autônomo para o futuro. Pensando nisso, o designer Justin Hyunjung Cho, de Pasadena, Califórnia, decidiu projetar sua visão de um micro carro da marca alemã para os próximos anos. Assim nasceu o BMW i1 Isetta. Trata-se de um veículo com formato bem aerodinâmico e teto bem curvado, mas sem portas laterais. O acesso, como no Isetta, se dá pela frente, cuja porta é única e deslizante, sendo deslocada para cima do teto quando aberta.

O conceito BMW i1 Isetta tem opções para uma ou duas pessoas, embora possa ser adaptado para mais ocupantes. Com 2,69 m de comprimento, 1,51 m de largura e 1,30 m de altura, o pequenino tem 1,87 m de entre eixos, pensando apenas 640 kg. A proposta inclui um motor elétrico de 13 cv para ter máxima de 85 km/h.

bmw-i1-isetta-8 BMW i1 Isetta: clássico alemão retorna elétrico e autônomo na visão de designer

Por ter comprimento igual à largura de caminhões e ônibus, o BMW i1 Isetta pode ser estacionado nas ruas(na Europa, diga-se de passagem) em perpendicular. Naturalmente, a frente é orientada para a calçada, onde os ocupantes podem sair em segurança. Além disso, o acesso ao carro pode ser feito com o movimento do pé, tal como ocorre hoje em dia com as tampas de porta-malas de alguns modelos. Assim, com sacolas, fica mais fácil entrar.

Esse condutor, por exemplo, provavelmente não será o dono do BMW i1 Isetta. Justin projetou o carro para ser compartilhado em modelos de negócios semelhantes aos existentes para bicicletas. Isto porque os motoristas passam apenas uma parte do dia em seus carros, que assim fica parados na maior parte do tempo sem uso. Com o compartilhamento, poucos se arriscarão a comprar o i1, que acabaria sendo oferecido apenas como um serviço de transporte.

BMW i1 Isetta Concept – Galeria de fotos

[Fonte: Auto.cz/Behance]

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend