BMW Esportivos Hatches Preços

BMW M135i xDrive 2020 desembarca no Brasil a partir de R$ 269.950

BMW M135i xDrive 2020 desembarca no Brasil a partir de R$ 269.950

O BMW M135i xDrive 2020 chega ao mercado nacional com preço sugerido de R$ 269.950, ampliando a gama da Série 1 que estreou com o novo 118i. O hatch esportivo traz algo desempenho aliado com tração nas quatro rodas, que o torna uma opção bastante interessante no segmento de luxo.


Equipado com motor B48 2.0 TwinPower Turbo com 306 cavalos de potência entre 5.000 rpm e 6.250 rpm, tendo ainda 45,7 kgfm entre 1.750 e 4.500 rpm. Com transmissão automática de oito marchas, o hot hatch vem com sistema de tração integral xDrive.

BMW M135i xDrive 2020 desembarca no Brasil a partir de R$ 269.950

Com isso, o BMW M135i xDrive 2020 vai de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos e atinge velocidade máxima de 250 km/h. Tendo programação esportiva no câmbio, o modelo vem ainda com suspensão M Sport e freios M Sport, mais capazes para atender melhor o desempenho superior.

O M135i xDrive 2020 vem com pacote aerodinâmico M Sport com para-choque multifacetado, tendo ainda rodas esportivas M de aro 18 polegadas. Os faróis são full LED com dupla parábola em LED. A grade de duplo rim tem acabamento escurecido, enquanto a traseira vem com duas saídas de escape e difusor de ar.

Por dentro, o BMW M135i xDrive 2020 traz acabamento com detalhes em aço escovado, couro e Alcantara, bem como bancos esportivos e pacote M Sport para soleiras, volante e cintos de segurança, bem como pedais de alumínio. Com HUD, o hatch de alta performance vem também com sistema de som premium Harman Kardon com 16 alto-falantes.

BMW M135i xDrive 2020 desembarca no Brasil a partir de R$ 269.950

Além disso, o BMW M135i xDrive 2020 vem também com sistema de estacionamento automático, navegador GPS completo, câmera de ré, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, sistema de reversão de ré até 50 metros, cluster digital com tela de 10,25 polegadas, multimídia iDrive com tela de igual tamanho, Apple Car Play e assistente virtual.

O BMW M135i pode vir nas cores sólida Branco Alpino, e nas metálicas Preto Safira, Vermelho Melbourne, Cinza Mineral e Azul Misano. Já no interior, o cliente pode optar por Couro Dakota Preto/Preto; Couro Dakota Mocha/Preto; Couro Dakota Oyster/Preto; Couro Dakota Magma Red/Cinza e Couro Dakota Preto/Azul.

 

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Alaor

    Perdeu a alma de BMW, consequentemente perdeu a graça pra mim. Um M com motor 4 cilindros e uma tração integral que provavelmente é sob demanda, por quase 300 mil… Triste.

    • th!nk.t4nk

      Pelo menos a BMW declarou que vai manter o M2 fiel a receita original, então há ainda essa opção entre os compactos esportivos da marca. Esse M1 é pra competir no segmento de entrada com A3 e Classe A, e nisso ele manda bem pra caramba (não dá pra dizer que seu desempenho seja ruim, e o carrinho melhorou absurdamente em acabamento). Enfim, continuam tendo opçoes pra todos os gostos. O problema é o acesso a estes carros no Brasil, fora da realidade econômica do país.

      • PEDAORM

        Poxa que bacana, nao sabiam que manteriam a Serie 2/ M2 “raiz”, ainda mais quando lançaram essa gran coupe (que por foro parece) mais feia que bater em mãe fwd recentemente. Deviam ter chamado esse carro de serie 1 gran coupe então…

      • Gran RS 78

        Exatamente. Quando a BMW começou a fabricar alguns modelos no Brasil, lembro que a marca lançou o 118i Okm por 89.900,00. Uma pena que não só ela, mas como todas as marcas tenham aumentando substancialmente todos os preços de seus carros à venda no Brasil.

    • oloko

      Provavelmente a bmw vai lançar ainda o M140 com o 3.0 de 382 cv da M340i, ou até mais potente tendo em vista que a concorrência já passou dos 400 cv, mas provavelmente será tração integral ainda.

      • TijucaBH

        Isso é impossivel porque esse motor fica na transversal e o 3.0 é 6 cilindros. Nao cabe um 6 cilindros em linha na transversal. Pra caber um 6 canecos ali só se fosse V6 e esse motor a BMW nao fabrica.

    • Ric53

      Total, não tem nada de BMW, até o clássico formato da coula C, perdeu! Muito zuado

  • Leonardo Silvano

    O que é um para-choque multifacetado? É ignorância minha como entusiasta, mas tem certas coisas no jargão automotivo que vão surgindo que eu não consigo assimilar num primeiro momento.

  • Ric53

    A verdade é que agora as montadoras fazem carros para agradar o consumidor chinês, no ocidente os jovens não querem mais saber de carro, a China é praticamente o Varejão rs

    • TijucaBH

      Claro que precisam agradar o publico Chines, mas nao acho que seja isso.
      O modelo anterior com motor longitudinal e tração traseira, era o “raiz” e esse agora é o “nutella”, porém por ser tão fiel às origens da marca, acaba pagando o preço no espaço interno e custo final. Todos os concorrentes possuem tração dianteira ou AWD, e viram que pra ficar mais competitivos, precisavam mudar de fato o carro e torna-lo mais “universal”, agradando mais o publico comum e nao os puristas. Quando a Porsche lançou o Cayenne, os puristas torceram o rabo “como pode um Porsche SUV?”. Hoje os SUVs já correspondem a mais de 50% das vendas da Porsche.
      Pode ser que um ou outro consumidor desista da compra em função dessas mudanças, mas pra eles tem a M2. Mundialmente, te garanto que a nova série 1 vai vender mais do que a anterior.

    • th!nk.t4nk

      Sei lá, mas o Série 1 vende em torno de 10 mil unidades/mês por aqui. Não acho que seja tão “nicho” assim. Agora, é um carro que sempre vendeu mais pra frotistas (representantes comerciais, auto-escola, frota de empresa e até tele-entrega já vi com Série 1). Esse público preza muito por racionalidade: baixo consumo, bom espaço, rodar suave. O modelo antigo RWD não combinava com isso. E outra, quem queria um esportivo compacto ia no M2, então era concorrência interna desnecessária. Enfim, não achei o fim do mundo a atitude da BMW de mudar radicalmente esse carrinho. Ele está servindo melhor ao seu propósito agora, que é ser um hatch de entrada econômico e equilibrado.

      • Ric53

        Serie 1 cabrio??

        • th!nk.t4nk

          2 Cabrio. Carrinho com custo x benefício muito bom. O M Sport custa mais barato do que um 3 basicão. Claro que não tem porta-malas praticamente, mas é muito divertido e bem compacto, perfeito pra um daily car se a pessoa não tem que carregar filhos e tranqueiras.

          • Ric53

            Onde você mora, amigo?

      • Bernardo Gaetani

        Ué a 1 não é vendida nós eua

        • th!nk.t4nk

          Na Europa. Gringo = qualquer estrangeiro hoje em dia, vá lá :)

  • Dante Moore

    Achei bem bonito o carro. Mas acho que falta umas tecnologias que já encontramos em carros por menos da metade do preço como o ACC, detector de pedestre, frenagem automática e etc…

    • th!nk.t4nk

      Esses itens são de série. Aliás, até carros populares na Europa têm itens como frenagem de emergência de série (detecta pedestres e também outros carros). É que são itens tão básicos que nem se comenta mais. Diferencial hoje em dia é modo semi-autônomo, sistema online, AWD, etc. Nas versoes de topo o novo Série 1 até mostra no painel o preço dos combustíveis nos postos ao seu redor.

  • Giuseppe

    BMW Castor Design.

  • Joker Lies

    Lindo

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email