BMW Elétricos Europa Híbridos Mercado

BMW promete 12 elétricos e 13 híbridos plug-in até 2025

bmw-eletricos-8 BMW promete 12 elétricos e 13 híbridos plug-in até 2025

A BMW está querendo mudar seu rumo no mercado de carros elétricos. A alteração na estratégia visa não ficar para trás na corrida pelo carro plugado, a fim de evitar que as rivais Audi e Mercedes-Benz se sobressaíam. Por conta disso, a marca alemã anunciou antes de Frankfurt seu novo plano para veículos movidos por baterias de lítio.



A missão é ter um lineup com 25 modelos eletrificados até 2025. No entanto, quase metade será composta por modelos 100% elétricos, sendo uma parte oriunda de produtos atuais. Nesse caso, o primeiro BMW convertido surgirá a partir de 2020 com o X3. Os BMW i3 e i8 terão ainda a companhia de um novo carro de quatro portas, provavelmente um sedã, que será mostrado em Frankfurt.

Todos os modelos 100% elétricos pertencerão à linha i, incluindo o X3 e outros que vierem. Ainda assim, o iNext surge com uma proposta bem diferenciada, sendo pensado para a mobilidade urbana e compartilhamento, mas ele só chega em 2021. Outro modelo, citado pela BMW, é o MINI elétrico, que aparece em 2019.

Nos híbridos plug-in, a BMW contará com os futuros BMW X7 e X8, bem como outros modelos atuais que ajudarão na redução de emissão de CO2 na gama de produtos. A empresa ainda não revelou em sua totalidade os modelos da linha iPerformance, embora já tenhamos visto o X7 Concept. Mas, fica claro que os líderes de vendas terão seus representantes, tais como Série 3, Série 5 e Série 7, possivelmente também o futuro Série 8. Na linha X atual, o próprio X3 deve oferecer essa opção também, assim como X1, X2, X4 ou X5.

bmw-x7-concept-1 BMW promete 12 elétricos e 13 híbridos plug-in até 2025

O foco na linha BMW X não seria por acaso, pois é por meio de SUV que as duas rivais domésticas da marca estão apostando nos elétricos. A Audi com seu e-tron quattro e a Mercedes com a Generation EQ. Com as vendas seguindo um caminho cada vez mais seguro nos próximos anos, os utilitários esportivos estão garantindo a maior fatia dos investimentos, mesmo em carros elétricos.

A mudança de direção da BMW também passa pela introdução de cada vez mais serviços conectados a bordo dos automóveis, bem como automação de nível avançado para condução. Ainda é cedo para termos uma ideia do impacto dessas alterações na filosofia da montadora, que é uma das que mais defendem o diesel, por exemplo.

Com as restrições cada vez maiores na Europa e a chegada muito rápida da condução autônoma, a montadora terá atuar em vários segmentos sem perder a identidade. Na Audi, por exemplo, a empresa ainda não sabe dizer como essa transição se dará. Na Daimler, o ponto de inflexão já passou e os carros elétricos em breve terão custos similares aos de carros comuns.

 

  • O Pato

    Pergunto:
    Qual a necessidade de um capô tão grande em um carro elétrico?
    Eu sei que a BMW tem a tradição e tal, mas já abriram mão até da tração traseira em nome da eficiência, então pra que uma grade desse tamanho que não serve pra nada? Na boa, esse “X sei lá qual número” da última foto parece um coelho.
    O que vai acontecer quando a Europa aderir massivamente ao carro elétrico mas o resto do mundo não? Vão se fechar no mundinho elétrico deles ou vão produzir carros assassinos de baleias pra vender pro resto do mundo enquanto praticam a boa e velha hipocrisia? Digo, só até 2500, quando o carro elétrico vai superar os outros em todos os sentidos em países de 3º mundo como o Brasil ou piores, como a maior parte da África, leste da Russia e etc..

    • Handlay P.B.

      “…então pra que uma grade desse tamanho que não serve pra nada?” O Leaf 2 (a nova geração) tem uma grade fake e tem design comum e sem graça porque o povo de mente quadrada não gosta de carro revolucionário…

    • th!nk.t4nk

      O primeiro volume serve como área de deformaçao, é necessário num carro desses. Considerando a velocidade com que os alemães dirigem, toda segurança a mais é bem-vinda. Além disso, pode ter ali um porta-malas adicional.

    • Bob Nelson

      A Europa detêm a patente da maioria dos veículos que hoje são fabricados no Brasil , assim sendo ela não vai se fechar no ” seu” mundinho , você é que está fechado no seu mundinho de carros ultrapassados fabricados por enqto no Brasil, mas que mto em breve não serão mais fabricados, pois a maioria ê importado , além disso o Brasil não vai conseguir fabricar mais veículos só a combustão pois , quem dá as cartas são eles e não o terceiro mundinho ….vai estudar antes de falar besteira …

  • Handlay P.B.

    Isso é muito bom, embora eu goste de carros movidos a suco de dinossauro, estes emitem poluentes como CO, NOx, SOx e fuligem que promovem as doenças respiratórias, cardíacas e câncer na humanidade. Destarte, é fundamental que as marcas partam para os carros elétricos desde que sejam recarregados com energia de fontes limpas e que as baterias sejam recicladas. Espero que futuramente as baterias SSB (que levam o mesmo tempo para recarregar que um tanque de suco de dinossauro leva para encher) sejam usadas nos carros elétricos.

    Estranho a X3 fazer parte da linha i porque os carros dessa linha são projetados única e exclusivamente para serem ecológicos e usam a plataforma Life Drive e um X3 elétrico usaria a plataforma CLAR.

    Espero que em 2025 esses carros ecológicos da BMW sejam muito futuristas.

  • Catucadao

    se acontecer isso a BMW vai ficar uma marca que ninguém vai querer, toda historia que tem em carros esportivos e potentes vai ficar no passado.

    • th!nk.t4nk

      Igual a Tesla né? Ninguém quer porque é elétrico :) O tempo passa, a tecnologia evolui. Além disso, a dinâmica veicular é uma coisa, a motorizaçao é outra. A BMW nao estará abrindo mao de seu know-how onde mais importa.

  • Bruno Briner

    Realmente eles tem que fazer hibridos, mas um pouco diferente de agora, tipo. Parado no semaforo o motor à combustao funciona só para ouvir o ronco delicioso de um 6 em linha. Em reduzida nada dessa de acionar freios regenerativos para carregar bateria, aciona o motor à “suco-de-dinossauro” e injeta um pouco de gasosa de vez em quando para o escape dar aquelas “arrotadinhas”, motor elétrico só em velocidades de cruzeiro e ajudar na aceleração. :) :)

    Esse negocio de carro elétrico e carro autonomo está acabando com o prazer de dirigir !!! :(

    • th!nk.t4nk

      Semáforo hoje em dia na Europa é um silêncio absoluto. Praticamente todos os carros têm start-stop.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend