BMW Mercado Montadoras/Fábricas

BMW quer fazer quinto modelo em Santa Catarina

BMW quer fazer quinto modelo em Santa Catarina

A BMW quer produzir um quinto modelo em Araquari-SC. A fábrica da marca de luxo alemã na região de Joinville, deverá iniciar a produção da nova geração do sedã Série 3, que começa em julho. Até lá, o modelo será importado de Munique, Alemanha.


A montadora bávara anunciou um investimento de R$ 125 milhões – montante idêntico ao da Hyundai em Piracicaba – para produção do novo Série 3 através da modernização do processo produtivo na planta catarinense. Após o modelo, a BMW pretende fazer mais um produto, que se juntará aos X1, X3 e X4.

A marca alemã não revela qual modelo será este, mas o X2 (foto abaixo) aparece como um candidato forte. O crossover de tração dianteira é feito pela BMW em Regensburg, Alemanha, de onde chega ao mercado nacional. Ele também será produzido pela Brilliance-BMW na China.

Com operação de igual impacto financeiro em comparação com a importação, a BMW tem em Araquari uma unidade que pode atender rapidamente o crescimento da demanda no mercado nacional, algo nem sempre possível em compras externas, que podem até mesmo reduzir a oferta local se a demanda na origem for maior.


BMW quer fazer quinto modelo em Santa Catarina

Em 2018, 75% das vendas da BMW no Brasil foram de modelos feitos em Santa Catarina. O X2, por exemplo, vendeu 609 exemplares. Parece e é pouco, mas o X4 emplacou 621 exemplares. Ou seja, uma diferença de 12 unidades entre o crossover e o SUV que foi nacionalizado. O X3 vendeu 921 no mesmo período.

No geral, a BMW vendeu 11,3 mil carros em 2018, ficando mil abaixo da Mercedes-Benz. Sem dizer quanto investirá para fazer o novo carro, a empresa mantém a produção em 32.000 unidades por ano. Desde o início de sua operação, em 2012, a montadora nem sequer chegou a 50% de sua capacidade instalada. Ou seja, cabe mais produtos na linha de montagem.

Com diversas modernizações para produzir carros cada vez mais sofisticados, a fábrica catarinense tem um elevado nível de automação e qualidade de construção. Será o X2? O que você acha?

[Fonte: Automotive Business]

 

BMW quer fazer quinto modelo em Santa Catarina
Nota média 4 de 7 votos

  • V12 for life

    Prestes a mudar de geração e com a categoria em baixa no país, é muito difícil que seja o Série 1, a partir do Série 5 a demanda é baixa sendo que os SUV’s já são feitos nos EUA, então só sobra o X2.

    • Eduardo T. Küll

      Pessoalmente, apostaria no novo Série 1, que terá a mesma plataforma UKL, do X1, sendo ainda mais provável a versão sedan dele.

      • danilo bernardo

        eu acho que a BMW esta armando o terreno para vender o serie 1 sedan aqui, já o o principal empecilho seria o valor que ficaria próximo ao da serie 3, mais agora com a nova geração que chegou bem mais cara a faixa dos 100k está totalmente aberta para a serie 1 sedan, e outra as concorrentes já tem produtos nesse segmento, classe A sedan e A3 sedan sendo esse vendendo igual agua.

      • V12 for life

        Verdade, tinha esquecido do Série 1 sedã, e uma ótima aposta também.

    • danilo bernardo

      poderia voltar a montar o Mini já que ele utiliza a mesma plataforma da X1

    • Stella

      se você quiser ver o filme “The Lego Movie 2: The Second Part” da mais alta qualidade (1080p HD 2019)
      todos os filmes disponíveis neste site, completos com a linguagem !!

      copie aqui: MOVIENET.XYZ

  • Alvarenga

    Melhor fazer mesmo porque pelo numero de vendas atuais não justifica nem meia fabrica !

    • danilo bernardo

      a fabrica de SC além de abastecer o mercado interno ela exporta tento para a América Latina quanto o X1 montado em SC é exportado para os EUA

      • Alvarenga

        Bom, quanto a exportação pra AL não deve ajudar muito, já para os USA pode ser um bom volume, talvez isso explique porque ainda não fechou a fabrica.

  • CanalhaRS

    Ela já faz um sedã e três SUVs, poderia trazer o novo série 1 (hatch e sedã) no ano que vem, que seria algo diferente e mais acessível, já que usarão tração dianteira.

    X2 é esquisito, fraco (nas versões vendidas aqui) e caro….

    • Secom 25 gbm

      Hatch? forget it

      • CanalhaRS

        Why, my friend?
        A MB está trazendo o novo Classe A por R$ 200 mil.
        A Audi sempre vendeu o A3 por aqui também.
        Se traz é porque tem mercado para premiuns hatch ainda.

        • Mr Rafael

          Certamente o hatch vira ! A bmw não vai deixar a45 e rs3 dominar todo esse segmento esportivo !

          • CanalhaRS

            Também acho que virá, mesmo que seja importado. Mas quem sabe o sedã seja feito aqui.

  • Fabão Rocky

    Não poderiam fazer hatches compactos e médio com visual meio cupê? Não! Preferem modinha de altinho de shopping! Há anos q eu sempre falei q existe público para essas categorias de carro. Acho q os hatches médios perderam público não por causa dos Suv’s, mas pq foram perdendo a sua beleza c/ o passar dos anos e se tornando cada vez mais parecidos com os hatches compactos e design mais sóbrio, parecendo carro de brinquedo. Quem viveu nos anos 90 sabe do q eu estou dizendo. Gol quadrado, Kadett e Escort que tinham inclinação da coluna C bem suave, quase um cupê como chamam esses Suv’s c/ a traseira mais baixa e saliente. Até as variantes esportivas desses modelos como GTi, GSi, XR3 deixam saudades até hoje. O Eclipse q foi um lendário cupê, hj virou nome de Suv. Os belos hatches com traseira salientes abriram mão do design e deram lugar a hatches quadrados c/ coluna C em em quase 90º e aquele tosco e spoiler acima do vidro traseiro q chamam de aerofólio, como podemos ver por exemplo no Gol G5.

    • th!nk.t4nk

      Mas tem. É o Série 2 coupé. Custa um pouco acima do Série 1, mas é um coupé extremamente acertado e divertido. Já quem quer algo um pouco maior, tem o Série 4 coupé (que nada mais é do que o coupê do Série 3). Tem ainda o 4er Grand Coupé. Enfim, tudo isso no segmento de entrada. De coupês acessíveis a BMW está bem pra caramba. Se não levam todos eles pro Brasil, daí é outra história. Talvez porque os próprios brasileiros não dêem valor, mas na Europa as ruas estão cheias deles.

      • Fabão Rocky

        Massa irmão. Comentário top! Mas o q eu questiono são cupês de outras marcas, pq BMW é marca premium e não é qq um que vai ter grana p/ comprar um BMW. Nos anos 90 tínhamos tbm o Tempra Turbo, um sedã médio de 2 portas esportivo. Kadett GSi e Escort XR3 tinham suas variantes conversíveis. Hj n vemos mais nada disso. As montadoras poderiam investir nos cupês e conversíveis, mas aqui no BR nos tempos de hj é difícil, pois aqui já virou caminholândia q nem nos EUA. Pelo menos lá eles têm um leque mto maior de opções.

        • th!nk.t4nk

          Com certeza. Acho que ainda teria público também. O problema é que eles fazem as contas e pensam: “bom, podemos vender 500 coupês/mês ou 5.000 mini SUVs… Vamos fazer o SUVzinho!”. Triste mesmo. Procura no Google Images o Opel Cascada. É a versão cupê do Astra anterior (que não chegou a ser vendido no Brasil). Poderíamos ter tido esse carro no lugar do Tracker, por exemplo (na mesma faixa de preço). Um tesão esse carro, e relativamente acessível. Uma pena mesmo que o mercado só queira saber de SUVs e estejam matando os carros mais interessantes.

  • G E O

    Alguém saberia dizer o que é produzido no Brasil desses BMW?
    Ou eles são inteiramente montados aqui com peças importadas?

    • Pablo

      Importados, vem as peças para montar.

  • zekinha71

    Chamada correta da matéria: BMW quer colar adesivos em quinto modelo em SC.

  • F30FLORIPA

    Fiquei sabendo que vão parar de produzir série 3 no Brasil para dedicar a fábrica apenas para produção dos veículos M.
    M2, M3, M4 e M5.
    E por isso os valores desses modelos sofrerão uma redução de 50% nas concessionárias brasileiras.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email