BMW Cupês Europa Mercado

BMW Série 3 GT não deve passar dessa geração, segundo rumores

BMW Série 3 GT não deve passar dessa geração, segundo rumores

O BMW Série 3 GT não deve ir muito longe, de acordo com o BMW Blog. O fastback de luxo sairá de linha quando a geração atual expirar, o que deve acontecer por volta de 2020. Lançado em 2013, o modelo não estaria correspondendo em termos de vendas, o que apressará sua existência na Europa.


Aqui, o modelo já foi oferecido, tendo recebido um facelift em março de 2017, quando tinha preços a partir de R$ 199.950. Lá fora, o BMW Série 3 GT deve acabar por ser fundido com o BMW Série 4 Gran Coupé, segundos rumores, o que parece respaldar o que as fontes internas consultadas pelo site teriam dito sobre o fastback.

O modelo nunca teria alcançado uma clientela suficiente para manter um volume aceitável e isso num setor onde os custos são altos e o mercado prioriza o tradicional, o BMW Série 3 GT foi uma boa ideia, mas que não parece estar vingando diante do conservadorismo da maioria dos consumidores, que no caso do Série 3 ainda preferem absolutamente sedãs e peruas.

BMW Série 3 GT não deve passar dessa geração, segundo rumores


Esta última ainda joga contra o BMW Série 3 GT, pois no mercado americano é US$ 500 mais barata que o fastback e muito mais prática. É ela que deve assumir a maior parte dos clientes que iriam para o próximo 3 GT. Feito sobre a plataforma do BMW Série 3 chinês, que é longo, mede 4,82 m de comprimento e tem 2,92 m de entre-eixos.

Basicamente, o BMW Série 3 GT vem com quatro opções de motores, sendo dois a gasolina e dois com diesel. Assim, o 320 GT tem 184 cavalos e 29,5 kgfm, enquanto o 330 GT – com o mesmo 2.0 TwinPowerTurbo – entrega 252 cavalos. Já o seis em linha a bordo do 340 GT dispõe de 326 cavalos.

BMW Série 3 GT não deve passar dessa geração, segundo rumores

No caso do diesel, o BMW Série 3 GT  tem o 318d com motor 2.0 B47 de 158 cavalos, tendo ainda o 320d com 192 cavalos e o 325d com 225 cavalos. Um seis em linha 3.0 N47 entrega 258 ou 312 cavalos nas versões 330d e 335d, respectivamente. O câmbio pode ser manual de seis marchas ou automático com oito velocidades, sempre com tração traseira.

Sem o F34, uma fusão do BMW Série 3 GT com o BMW Série 4 Gran Coupé poderia resultar num carro para mais equilibrado, destinado a competir com Audi A5. A criação de muitas variantes é sempre um risco para fabricantes tradicionalistas como a BMW. Só as Série 3 e 4 apresentam seis variantes de carroceria. Na Audi, o A4 tem apenas duas, além do A5 com cupê e conversível, o mesmo que o Classe C da Mercedes-Benz.

[Fonte: BMW Blog]

BMW Série 3 GT não deve passar dessa geração, segundo rumores
Nota média 4.3 de 3 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email