BMW Europa Finanças Governamental/Legal Mercado Mercedes Benz Montadoras/Fábricas

BMW suspende colaboração com Daimler após caso envolvendo cartel

bmw-fabrica5 BMW suspende colaboração com Daimler após caso envolvendo cartel

Após a Daimler admitir que houve combinação de preços de peças e componentes automotivos, em especial sistemas de controle de emissões de gases de escape, o relacionamento entre ela e a BMW ficou afetado. Em junho de 2016, a Volkswagen teria admitido que havia uma pratica ilegal envolvendo os fabricantes alemães, mas a controladora da Mercedes-Benz teria feito a mesma coisa, em data desconhecida.



Agora que o caso ganhou novas dimensões, a revelação de que a Daimler também fez uma espécie de “delação premiada”, já que pretende evitar sanções por parte de União Europeia, fez com que a BMW – citada no caso – anunciasse o fim da colaboração com a rival em diversas áreas, especialmente em compras conjuntas de peças e componentes.

Volkswagen, BMW, Audi e Porsche, além da própria Daimler, teriam combinado preços, o que configura cartel. As reuniões secretas ocorreriam desde 1990 e envolvem a equiparação de preços freios, transmissões, embreagens, motores a gasolina e diesel, entre outros. A União Europeia pode impor multas de até 10% do faturamento anual de cada fabricante envolvido em mais um escândalo automotivo alemão, já que o caso das emissões de NOx é o mais conhecido.

[Fonte: Süddeutsche Zeitung]

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend