Mercado Montadoras/Fábricas Tecnologia

Brasil desenvolve fibra de carbono mais barata do mundo

Volkswagen-XL1-2014-620x438 Brasil desenvolve fibra de carbono mais barata do mundo







O sonho de eficiência energética das montadoras é substituir o aço e o alumínio por fibra de carbono em seus carros, a fim de reduzir o peso de tal forma, que possa atender muito mais facilmente as futuras exigências de redução de emissões de poluentes. No entanto, o material é bastante caro e hoje em dia é utilizado apenas em carros esportivos de altíssimo valor, carros de F1, conceitos automotivos (Volkswagen XL1, por exemplo), aviões comerciais (B787, por exemplo) e foguetes.

Mas isto pode mudar se o Brasil entrar de vez no mercado de fibra de carbono. A Petrobrás e o Exército Brasileiro desenvolveram uma nova tecnologia que permite extrair o material composto a partir do piche de petróleo. No exterior, apenas EUA e Japão comercializam fibra de carbono, extraída de alcatrão ou de forma sintética, mas com custo que varia de US$ 50 a US$ 1.000 o quilo.

Boeing-787-Dreamliner2-620x412 Brasil desenvolve fibra de carbono mais barata do mundo

No entanto, a fibra de carbono brasileira tem custo bem menor, já que o piche de petróleo é abundante no processo de refino, o que ajuda a baratear o custo do novo material. O custo estimado da fibra de carbono brasileira está entre US$ 10 e US$ 15 por quilo, valores bem inferiores aos praticados no exterior. Só o valor máximo citado acima, já é suficiente para aumentar o volume de produtos feitos com o material.

A Petrobrás ainda avalia a produção em larga escala do produto, que ainda poderá ficar mais barato se houver maior demanda. Uma versão semi-industrial desta fibra de carbono nacional será apresentada no evento Carbon 2013, no Rio de Janeiro, que acontece entre 15 e 19 de julho.

Para o mercado mundial, significará mais carros e aviões feitos de fibra de carbono, lembrando que no último caso, a Embraer considera lançar um avião feito de materiais compostos no lugar de alumínio. Para o Exército Brasileiro, a fibra de carbono mais barata significará criar equipamentos mais leves e resistentes, tais como capacetes, metralhadoras, pistolas, fuzis, morteiro, peças para veículos leves, entre outros.

[Fonte: Agência Brasil]



  • Diego Cargnin

    Só eu que estou achando bom demais pra ser verdade?

    • pois é…estamos tão desacreditados no país que essa noticia soa mais como piadinha de 1 de abril…

      • Pedro_Rocha

        Não estamos desacreditados: ganhamos da Espanha por 3 X 0.

        "A taça do mundo é nossa, com brasileiro não há quem possa!"

        IRONIC MODE ON

    • ahsoliveira

      Eu não, porque os melhores engenheiros do País estão instituições como o Exército e a Petrobras!
      Apesar dos pesares o Brasil forma excelentes Engenheiros!

      • O maior problema é que o Brasil normalmente até concede ótimas bolsas de estudos para os pesquisadores, para que se tornem profissionais de primeiro mundo. O problema é que depois de formado não tem salários de primeiro mundo e os que tem nível de excelência acabam seduzidos e vão embora do país. No fim o Brasil banca os custos da formação, mas não tem o profissional.

        • ahsoliveira

          Pior que as bolsas nem são lá essas coisas (mas não são ruins), só algumas como do Ciência sem Fronteiras que são bem interessantes, além de bolsas mistas com capital público e privado também. Para evitar essa evasão hoje a concessão dessas bolsas sempre estão vinculadas a um período de permanecia no país igual ou o dobro de período de concessão.

      • doidim2011

        Com salários líquidos em final de carreira de 8000 reais fica difícil segurar esses profissionais
        Por isso o "astronauta" brasileiro pediu as contas assim que voltou ao Brasil
        Por isso que a primeira mulher piloto de caça pediu as contas para realizar atividades burocráticas em outro órgão.
        Quando depois de 5 anos no posto um major é promovido a tenente coronel ganhando mais 160 reais é complicado segurar profissionais.

    • hoebanger

      Pode deixar que daqui a pouco inventam mais 50 impostos para essa fibra se comecar a vender muito para o mercado interno ai ninguem mais compra ou se refere.

    • mark_v10

      na minha opinião,essa noticia beneficia mais os estrangeiros do que nós,simples,vão exportar a preço de banana e vender aqui pra nóis com uma porrada de impostos…

      • rpasini1

        Bem nessa, exporta a matéria prima e depois importa o produto final por umas 200x o valor.

      • Sr_Wilson

        Não ai você se engana. No caso do aço, nós vendemos o minério de ferro e compramos aço para usar na nossa industria, o que é completamente ridículo, no caso dessa fibra, iremos usar a fibra que produzirmos aqui na nossa industria e o resto venderemos para fora. Compraremos alguns produtos finais com fibra produzida por nós? sim, mais isso qualquer país que for importar essa tecnologia também para fabricar essa fibra acabará fazendo.

      • ocduarte

        Acho difícil exportar a fibra de carbono "in natura". Que eu saiba as peças são moldadas em fibra de carbono, num processo manufatureiro em que os compostos são adicionados um ao outro. Não é como uma massa, pasta ou gel que você enlata e vende como se fosse durepóxi.

      • Thiago

        Nióbio.

    • afonso200

      j´´a tou vendo a tecnologia sendo vendida e nós nem vamos ver a cor do $$$$$$$$$…….é sempre assim, petroras uma gigante do mundo e a gasosa a 3pila…………. e dai vem com propagandas lindinhas, que somos auto suficientes, ahhhh vááá´´a

      • Sr_Wilson

        Nossa gasolina é barata, custa cerca de 1,41 o litro na bomba sem os impostos (isso no Rio, em SP ta 1,26 o litro) o resto, o outros 1,50 que custa a gasosa é tudo imposto, é tudo pro bolso dos nossos safados políticos.
        Duvida? digita no google gasolina sem imposto que irá mostrar o preço do dia da gasolina sem imposto que os postos fazem anualmente como forma de protesto.

    • Ranier_Aquino

      um fisico do exercito brasileiro fez calculos balisticos tão precisos da bomba atomica que a inteligencia norteamericana suspeitou de espionagem e queria proibir a venda do livro publicado por este cientista.
      http://www.pragmatismopolitico.com.br/2011/02/wik

      o brasil tem recursos humanos pra desenvolver pesquisas, o que falta é investimento nas universidades pra que esse tipo de descoberta se torna mais comum…

      • Eugenio C.

        Aliás, eu fico com a pulga atrás da orelha. Vai que de repente "descobrem" que não podem fazer por algum motivo técnico blábláblá, e dali a dois anos aparece uma multinacional vendendo o mesmíssimo produto com um nome diferente por um preço 5 vezes maior?

    • braZuca

      Brasil desenvolve a fibra de carbono mais barata do mundo… mas ela não é tão leve, não é tão resistente e será vendida a preço de diamante, porque é barata pra produzir, mas tem que vender caro pra encher o bolso de muita gente.

    • TKGaliza

      talvez 90% do país esteja com o seu pensamento. E infelizmente a gente ja sabe o fim da historia… o Etanol tinha tudo para ser revolucionário se tivesse sido corretamente investido, porém hoje ja não tem mais nenhuma vantagem sobre a Gasolina. Mais uma vez veremos o filme se repetir, algo que poderia ajudar muito o país, mal administrado.

    • filipelimaoliveira

      Pensei a mesma coisa! quando a esmola é muita…

    • bilharinho

      Nós, brasileiros, sempre temos esta pulga atrás da orelha. Te confesso que tenho o mesmo receio que você. Mas por incrível que pareça há certas instituições públicas de pesquisa que funcionam. Tipo Embrapa e Petrobrás. Tomara que isto seja verdade e que esta fibra seja não só mais barata mas tenha qualidade igual ou superior a aquela dos EUA e Japão.

    • Uma verdadeira tragédia , isso sim, não vai decolar infelizmente, não agora. onde o brasil fecha negociações com paises que compram do brasil e outros paises muito ferro e minerais similares pra manufaturarem e revender para todos, esse tipo de revolução acaba com a demanda desses paises produtores, china, japão… e eles vão deixar?? kkkk

  • HADS92

    Mas que excelente notícia, isso mostra que o Brasil tem capacidade de competir com a tecnologia estrangeira. De fato essa notícia é muito animadora.

    • Rodrigo_Luan1

      Mas o brasil sempre conseguiu ter boas idéias, principalmente se tratando de tecnologia de baixo custo e combustíveis renováveis.

      • HADS92

        Realmente, mas sempre faltou incentivo do governo, infelizmente.

        • BOBO_NAO

          O problema é esta fibra custar de U$$10 a U$$15 para exportação e de R$100,00 a R$150,00 aqui no mercado interno. Precisaremos importar produtos industrializados para termos acesso a "nossa" fibra de carbono ultra barata. Isso se o Japão ou os EUA não registrarem a tecnologia antes do Brasil.

      • DCald

        Sim, tem muitos casos de brasileiros com boas ideias. O problema é que sempre tem alguém que sabota as paradas.
        25 anos atrás tinhamos um carro urbano leve (fibra de vidro, estrutura como a de carros de competição) com motor 2 cilindros com bloco de aluminio, sistema de ignição inovador na epoca, capaz de fazer 25km/l de gasolina.
        40 anos atras, tinhamos um prototipo de carro eletrico, 30 anos atras, tinhamos veiculo eletrico a disposição dos consumidores.

        Imaginem um gurgel eletrico hoje… ou mesmo um híbrido…

  • anderson_sp

    Apesar de ser ótima notícia eu fico com um pé atrás, igual a alguns insumos produzidos aqui que são vendidos para fora e depois são recomprados em forma de matéria prima muito mais caros, esses mármores italianos já ouvi falar que são tudo pedras brasileiras que vão pra fora e depois são recompradas bem mais caras em forma de produto final, já ouvi há alguns anos que o Brasil estava desenvolvendo uma tela orgânica (pesquisem OLED) mais barato do mundo, isso foi matéria do jornal do SBT faz um bom tempo e até agora nada, também ouvi do ETANOL a base desses matinho de calçada e outras coisas que ficam no desenvolvimento e depois cai no esquecimento, talvez por lobby de grandes empresas que não querem largar o osso.

    • KRBrx

      Concordo. Muita coisa boa é desenvolvida aqui e quem paga o preço mais caro do mundo por essas invenções são… os brasileiros. Simplesmente ridículo.

    • eduardo82

      O etanol de "matinho de calçada" é o de 2a geração. Não caiu no esquecimento não: http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2013/

      • anderson_sp

        Espero que não, que nem o óleo usado de cozinha como biodiesel, vamos aguardar.

      • braZuca

        "matinho de calçada" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Herumor_

      uma dessas coisas mais absurdas é a cera de carnauba brasileira… a melhor cera do mundo é a brasileira, vai ver o que tem no mercado nacional, salva 1 ou 2 +- o resto só procaria… ai importamos as ceras top com cera de carnauba brasileira por um preço absurdo! =/

      • anderson_sp

        Verdade, a carnaúba amarela brasileira vendida nas pastas Collinite, Meguiars, Mothers e outras são tudo de matéria prima brasileira, lá fora nos WalMart da vida custam de US$ 9 a 20 dependendo da marca, aqui é coisa de R$ 100 pra mais dependendo da marca.

  • EriK

    e será o país q venderá essa fibra de carbono pelo preço mais alto do mundo no próprio país… ¬¬

    • _Adriano__

      Como tudo aqui né, em outros paises a venda de produtos locais sai mais barata dentro do país, no brasil é mais barato comprar um produto brasileiro nos EUA do que aqui dentro (E nao venham falar de havaianas, que é um caso a parte).

  • Diegorji

    Parabéns a Petrobrás e ao Exercito Brasileiro ! Devermos criticar quando há falhas e elogiar os bons resultados.

    • Eugenio C.

      Vixe, imagina colocar esse seu comentário no contexto dos protestos do Maracanã, rsrsrsrs.

      • Diegorji

        Se retirar a emoção do momento e prevalecer a razão, será bem recebido.

  • sergiopsy

    Primeiro temos o urânio enriquecido mais barato do mundo, agora a fibra de carbono mais barata, tomara que os usineiros não boicotem esta nova tecnologia de extração do carbono.

    • thales_sr

      Nesse caso, "os usineiros" se resume basicamente a Petrobras.

    • bilharinho

      O pior é que aqui você até pode ter o produto mais barato do mundo, mas aí você joga a maior carga tributária do mundo. Empata!

  • Hellvins

    Velho o foda é que não tenho orgulho nenhum disso aí que fizeram, sabe por que??? Por que no final vamos continuar sem Hospitais, sem Escolas, e sem Direitos, e o imposto retirado disso aí continua sendo alto, mas não serve para nada, só para colocar no bolso de politico pilantra!

    • Matheus_Ulisses_P

      Amigo, adoraríamos se você estivesse errado, mas é isso aí mesmo que você disse!

    • Four Rings

      Hmm avanços científicos brasileiros "não servem pra nada" então… Beleza.
      Não vamos misturar as coisas galera. Fazer ciência é fundamental. Se a saúde e a segurança estão um lixo, é culpa dos governantes e não da ciência. A longo prazo descobertas desse tipo são importantes sim, é só olhar para como os países de primeiro mundo chegaram lá.

      • ocduarte

        É sempre bom ler palavras sensatas. Agora virou moda xingar, reclamar de tudo, como se desenvolver ciência e tecnologia fosse motivo para termos a saúde, educação e outras coisas nessa merda em que estão.

  • _Adriano__

    Show, agora vamos ver se sai do papel, afinal teoria é sempre boa!

    • RTEC29

      Desenvolvido aqui, só não pode chegar por último para o consumidor brasileiro, como tem acontecido.

  • Id_Moreira

    Essa notícia me fez lembrar de uma outra, aqui, esses dias, que rendeu uma boa discussão sobre o Brasil como produtor de tecnologia. Alguns, como eu, defendiam que o Brasil tem avançado bastante em tecnologia, enquanto outros diziam que estamos na retaguarda do mundo nesse quesito. Essa notícia é pra arrefecer os ânimos dos eternos pessimistas.

  • ahsoliveira

    Capacidade técnica nós temos, o negócio é como essas inovações nos trarão resultados! porque do jeito que esse país é uma piada não duvido que algum político e/ou executivo sacana tenha coragem de vender patentes referentes aos processos de produção em benefício financeiro próprio e o resto que se F&$@!
    Temos que acompanhar isso mais de perto!

  • Lucas Marinho

    Deixa o Governo ver que pode tirar muito dinheiro disso!!!! Se tornará a mais cara!!!

  • EDGAR__RJ
  • rafaelobss

    Meu Deus, o Brasil está dando uns passinhos, nunca pensaria que ele deixaria de se arrastar.

    Essas 4 semanas renderam.

    • Four Rings

      E por que será né? Tem gente que ainda acha que protestar é inútil, mas nunca vi políticos trabalhando tanto como agora.

    • vfreire85

      colega, vá por mim, essa pesquisa já vem sendo feita há alguns anos. não surgiu por causa do "despertar do gigante".

      • ocduarte

        Isso é o que eu chamo de raciocínio sensato. As pessoas estão exagerando um bocado sobre o alcance das mudanças que virão. Lembra as grandes mudanças que um certo partido causaria, nos levando à autossuficiência de petróleo, ao posto de 4ª economia mundial, primeiro mundo em educação, saúde e erradicação da fome. E muitos acreditaram, fecharam os olhos e seguiram cegamente o "Grande Líder da Nação". Tanto que elegeram sua sucessora.

  • FabioEsp

    Detesto nacionalismo exacerbado, mas uma coisa é certa: existe muita gente, mas muita mesmo, competente nesse país. Seu brilho é ofuscado pela monumental incompetência que parece reinar entre a maioria – muito influenciada por outras questões mais profundas, como negligência educacional e etc, o que não vem ao caso, no momento.

    De toda forma, parabéns ao engenheiros da Petrobras e do Exército!

  • vini_B

    E a qualidade será a mesma dos outros países?

    • Dragoniten

      Fibra de Carbono não tem muito segredo, eu acho. E mesmo que seja de segunda linha e tenha, digamos, 20% menos resistência, custa de 20% a 30% do preço da fibra feita lá fora, que mesmo com menor resistência, já garante uma boa redução no peso para diversas utilizações.

  • spok

    pra que eu vou querer um carro feito em fibra de carbono se quando ele pega fogo eh mto mais inflamavel que aco e vai dar PT!! (pensamento brasileiro)

    • thales_sr

      Também não quero não! Num vai dar pra consertar no martelinho de ouro!

  • RTEC29

    Eu não sei como é em outros países, mas aqui tem muita gente que joga no time do contra (não falo de Brasil, mas de sociedade mesmo).
    Parabéns à Petrobrás e ao Exército, O Fusion 1.0 pode sair mais rápido do que imaginam hehe

    • braZuca

      Espero que você esteja falando do Ecoboost né e se não for, você tem que estar sendo irônico, por favor =)

  • EuMeSmObYmYsElF

    olha, estou extremamente surpreso. que nossos técnicos, engenheiros e cientistas têm capacidade de produzir pesquisas de qualidade eu sempre soube (meu pai mesmo já desenvolveu alguns sistemas de radares aeronáuticos, depois daquela batida entre o avião da Gol e o jatinho Legacy) mas sempre faltou apoio à eles. vou mudar pro Canadá com meu pai por causa disso, ofereceram um apoio muito maior à ele para terminar o desenvolvimento dessa tecnologia por lá. sinal de novos tempos nesse país, o "país do futuro" finalmente caminhando para o futuro? talvez, ainda é cedo dizer mas algo parece estar mudando… é um começo..

    • EuMeSmObYmYsElF

      ele não mexe exatamente com isso, é uma "atividade secundária".. o principal que ele vai fazer é ser conselheiro na organização de aviação civil internacional, o representante sul americano. mas vai ajudar no desenvolvimento de um novo sistema de radar baseado no trabalho que ele fez no doutorado dele. era pra ser desenvolvido e implementado para a copa do mundo 2014 mas, como sempre, faltou o incentivo. agora ele vai pra fora…

      • DCald

        Legal! É que estamos implantando o novo sistema sagitario no aeroporto, que enfim vai substituir o x4000 (to apagando o outro post pra meu e-mail não ficar a mostra)

  • gusgm

    Que bom para o país. Esse material poderia se transformar em uma grande fonte de exportação e também criar um grande marcado de produtos feitos no Brasil a partir da fibra de carbono e exportados para todo o mundo. Imagina um avião da Embraer feito com partes de fibra de carbono? Iria ser bem mais competitivo no mercado mundial.

  • wasdyn

    Alguém consegue me tirar uma dúvida? Já pesquisei bastante mas não consigo encontrar algo sobre isso especificamente.
    O uso da fibra de carbono no monobloco, por exemplo, traz alguma desvantagem (ignorado o fator financeiro) se comparado ao aço de alta resistência ou liga de alumínio? Sei que o aço e o alumínio entortam (podendo posteriormente se quebrar), enquanto a fc quebra, mas qual a diferença de energia para que se entorte o aço/alumínio e se quebre a fibra de carbono? Pergunto isso porque acho que é melhor, numa colisão, que a estrutura entorte do que se quebre, mas se a diferença de resistência entre os metais citados e a fibra de carbono for brutal (a favor da fc) realmente fico com a fibra.
    Valew.

    • Eduardo
      • wasdyn

        Valew Eduardo, excelentes links.
        Na verdade cheguei a fazer algumas pesquisas em inglês, mas acho que utilizei termos muito restritivos.

    • DCald

      Na verdade, a ideia não é abolir o aço e aluminio e fazer tudo de fibra de carbono… Tem pontos da estrutura que tem que ser rigido como rocha, e outros que tem que ser maleaveis… um bom projeto vai usar as melhores caracteristicas de cada material, visando o melhor custo x beneficio dentro da proposta (desempenho – economia)

      • wasdyn

        Entendo, tipo a célula de sobrevivência em fibra e partes da dianteira e traseira em aço ou alumínio, visando a deformação e absorção de energia no caso de uma colisão.

  • Herumor_

    custo de produção: US$15 o kg, custo de venda com os impostos e o lucro brasil: US$1.000… triste realidade do "produto brasileiro mais barato" =/

    pelo menos essa fibra de carbono não é aquele adesivo que os manolos colocam nos carros ehueaheuah

  • Andrex2501

    Ótima notícia, parabens mesmo a esses brasileiros. Igual digo, o Brasil tem total potencial para ser desenvolvido, basta competência no comando e vontade de ser grande! Nosso complexo de Napoleão tem q acabar!

  • shdn2010

    O brasil tem muita capacidade, o principal problemas são os politicos malditos e uma parte do povo que prefere dar a vida pelo futebol do que pelo país.

  • marcos

    De que adianta ser a mais barata do mundo se para os brasileiros será a mais cara.

  • hugogyn94

    Ai sim,gostei o Brasil fazendo algo,que pena ninquem vai valorizar.

  • CanalhaRS

    Quem acha que a tecnologia será vendida para os estrangeiros e nós (povo) ficaremos chupando o dedo, levante a mão!!!!

  • O_Corsario

    Que legal! Espero que saibam explorar bem esta nova tecnologia!

  • markinmoura

    Só acredito vendo.
    Já já a Dilma vai investir o dinheiro na fibra de carbono na educação também.
    O dinheiro do pre-sal (que ninguém sabe quanto é, logo, tecnicamente nao existe) já está "garantido" para educação….
    O que ninguém fala é do custo altíssimo de tirar esse petróleo lá debaixo. Se o petróleo ficar abaixo de 80 doletas o barril a extração não compensa. Se as reservas de gás de xisto dos EUA forem o que estão mostrando, a Petrobosta termina de quebrar e leva metade do país com ela….

  • vi0lator

    Tenho nojo de ler os comentários dos vira-latas.

  • VWN

    Só acredito vendo.

  • Readgis

    Que não duvido nada do talento científico nacional, isso desde antes de Santos Dumont. Técnicos e cientistas de alto gabarito trabalham na Petrobrás e no Exército com talento suficiente para criar maravilhas como essa. Mas essa notícia, no calor dos acontecimentos, depois do seleção vencer a até então insuperável Espanha, não me tira a idéia de isso seria água do governo para tentar diminuir o incêndio que eles mesmos criaram.

  • mgbalbo

    Sempre bom ver TECNOLOGIA e BRASIL na mesma frase, principalmente quando não tem a palavra FLEX junto.

  • CeloSurf_

    Ouvi falar que no próximo NEED FOR SPEED CARBON do PS4, poderá abastecer os carros com gasolina PODDIUM da petrobras!

  • BlueGopher

    O maior custo de peças feitas com fibra de carbono não é propriamente o material, mas o custo e tempo de fabricação.
    É necessário muito tempo para a cura ("solidificação") da peça em fornos especiais, em altas temperaturas e pressão, o que é demorado e caro.
    Comparativamente, uma peça de aço é estampada e fica pronta em poucos segundos.

    • radiobrasilcombr

      Exato!

    • DCald

      Seria melhor se a reportagem fizesse um comparativo de preço para peças em aço/aluminio/fibra de carbono.

  • 3dimensional

    Ótima notícia para o Brasil, porém me pergunto se não é meio que tempestade em copo dágua, pois as montadoras não vão poder usar essa fibra indiscriminadamente devido à característica do carbono de não se deformar até o ponto de ruptura(breaking point).

  • 4lex

    agora falta uma indústria automotiva nacional que aproveite essa nova tecnologia..

    mas não deixa de ser uma noticia boa, certamente..

  • Lenilton

    Aí coloca o peso dos impostos, encargos trabalhistas e logística e a fibra de carbono brasileira fica mais cara que a dos gringos…


Send this to friend