América Latina Governamental/Legal Mercado

Brasil e Uruguai firmam novo acordo de livre comércio automotivo

volkswagen up exportação uruguai 3

Brasil e Uruguai firmaram hoje o primeiro acordo de livre comércio automotivo no Mercosul. O tratado permite que os veículos sejam comercializados com tarifa zero entre os dois países.

No entanto, cada lado terá que vender automóveis com um mínimo de conteúdo local, que no caso brasileiro será de 55%m, enquanto os carros vindos do Uruguai precisam ter 50% de peças feitas no Mercosul.

Em 2014, o Uruguai absorveu 57 mil veículos novos, mas 25% destes eram de origem brasileira. A ideia é aumentar esse percentual e combater a concorrência mexicana no país vizinho. O aumento das exportações é o principal argumento do Brasil para estabelecer novos acordos comerciais no setor automotivo.

[Fonte: Folha]





  • Darwin Luis Hardt

    legal a notícia, assim os uruguaios terão mais opções ao alcance da maioria sem ser os chineses que estão dominando o mercado uruguaio. Tá cheio de carro chinês lá, cheio mesmo.

    • Roger Bersch

      Tem bastante, mas eles tem mais opções que nós, inclusive das 4 grandes.

      • saosao

        Não é bem assim. Eu morei no Uruguai, e a frota deles, além de pouca variedade, era bem velha, devido ao alto custo dos carros frente ao poder de compra dos uruguaios.

        • Pedro Rocha

          Por isso que só maconheiro diz que o Uruguai é um país desenvolvido e que serviria de exemplo para o Brasil…

          • Zoran Borut

            Bem, nas escolas públicas uruguaias são ensinados 4 idiomas, além de artes visuais (incluindo fotografia e vídeo), teatro, dança e outras coisas. E isso que são escolas consideradas ruins. Mas se desenvolvimento for apenas comprar produtos industrializados de última geração e mais nada, então tá.

            • Pedro Rocha

              Bom para eles que não tiveram e não têm Anísio Teixeira, Darcy Ribeiro, Paulo Freire e outros petralhas de menor expressão como ícones educacionais. Nosso sistema educacional é uma mistura do fascismo de Maria Montessori com a animalização do ser humano perpetrada pelo bolchevismo soviético.
              Desses diferenciais, apenas os idiomas seriam interessantes, já que o grande diferencial educacional de um país está nas Ciências Exatas, não nas frescuras. Enquanto em Banânia aprende-se a ser black block, na Coreia do Sul cerca de 40% dos universitários estão nas Engenharias.

          • Pedro Cunha

            Tirando o tamanho e a maconha free, o brasil e o uruguai são equivalentes. Com vantagens para o Uruguai em termos de políticas públicas.

        • Hox

          Mas mais opções que os brasileiros eles possuem sim, basta dar uma rápida verificada nos sites de montadoras que oferecem carros no Uruguai.

          Se a grande massa pode comprar é outra coisa.

          • DPSF

            A frota é bem diversificada. Tem uma quantidade invejavel de classicos que nunca aportaram no Brasil devido a proibição das importações. Tem muito carro antigo, também tem carro novo. Acredito até que seja mais barato manter um carro antigo rodando no Uruguai do que no Brasil, principalmente pq aqui na Banânia as peças de reposição são os olhos da cara. Realmente tem, muito carro Chinês, muito QQ na rua… Muito suzuki Alto, Maruti… etc, etc. O povo é educado, violencia minima, escolas publicas organizadas… quanto ao desenvolvimento economico, basta dar um aolhadinha no valor do salario minimo do Brasil e o do Uruguai… olha a cotação em, dolar e veja a disparidade…

            • Marcos Villela

              A única forma da manutenção lá ser mais barata é se os impostos forem menores, já que quase todos os modelos vendidos lá ou são importados ou são “montados” como CKD.

      • Marcos Villela

        É, mas é tudo importado ou CKD.

    • Junoba

      E qual o problema ? As marcas chinesas investiram em fábricas no mercado Uruguai, por isso conquistaram seu espaço.

      • Darwin Luis Hardt

        carro chinês ainda recebe uma média de reclamação maior que os populares nossos aqui. Se nossos populares forem pra lá pra competir mais facilmente com os chineses, vai melhorar o padrão dos veículos deles.

        • Junoba

          Mas não tem só chines por lá não. Compra quem quer.

      • Tosca16

        E de quebra ainda tem melhores opções mesmo nos chineses …

    • BorisAWD

      La os chineses vendem mto bem pq a tributaçao em veículos é mais que 50%…….. Até os corollas ficam caríssimos

    • Zoran Borut

      As marcas dez mais vendidas no Uruguay em 2014 foram, pela ordem: Chevrolet, Suzuki, Volkswagen, Fiat, Renault, Hyundai, Nissan, Peugeot, Chery, BYD e depois vem a Toyota. Não parece que os chineses dominam tanto assim.

      • Pedro Rocha

        A coisa está pior do que pensei por lá: a única marca séria (e com ressalvas) vem por último!

  • Coitados, terão que engolir, uno, palio, gol e outros carrinhos de baixo custo do mercado brasileiro, o governo tem mais é que abrir o mercado igual fez o Collor nos anos 90, foi a única coisas boa que ele fez, mas a tecnologia de 80% dos nacionais de hoje, nós já encontrávamos nos importados daquela época, meu palio em 97 já tinha airbag duplo, abs, coluna de direção deformável, pedais desarmáveis e bancos anti mergulho, sem contar que tinha o excelente motor Hi-torque 1.6 16v que era animal, o que nossos populares tem de diferente 19 anos depois? Nada ou quase nada em alguns casos, isso é revoltante.

    • CorsarioViajante

      Ué, mas também podem ter Up, Golf, A3, BMW, etc etc…

      • Realmente podem consumir produtos de nicho, mas será em pouca quantidade, ainda, não se esqueça que o mesmo é um país “pobre” e que justamente como relatou o Darwin, eles consomem chineses abundantemente justamente pelo custo baixo.

    • duhehe

      O que você quer que eles tenham ?
      Você tem a opção de comprar um compacto equipado com tudo que tem direito, basta pagar por isso.
      “Ahh mas custa R$ 60.000 um compacto moderno”, exatamente , assim como os carros, nossa moeda retrocedeu aos níveis iniciais dos anos 90, não vale desgraça nenhuma de novo.

    • Pedro Rocha

      Depois de liberarem a maconha, as outras drogas logo também seriam liberadas.

  • Pedro Rocha

    E isso porque Banânia e Cisplatina já estão no Mercosul.

    “La América es ingobernable para nosotros.” (Simón Bolívar)

  • Tosoobservando

    Grande acordo!!! Agora sim vamos ter veiculos de qualidade a custo baixo. Sqn

  • André Maia

    Só assim pro brasil conseguir desovar todos esses up!s já que aqui tá difícil de vender.
    E o brasil vai importar o que? Chines?

    • Anderson

      Pois é André, exatamente isso que gostaria de saber. O que vamos receber?
      Não estou nem ai se irão receber palio, gol, uno, kombi (estou zuando) ou qualquer outro tipo de carro brasileiro.
      O que importa é o que vem!

      • saosao

        Não vai receber muita coisa não. Na verdade, na grande maioria, carros chineses.
        Esse acordo ajuda muito mais o governo e a indústria brasileira, do que o consumidor brasileiro.

    • Hox

      Hoje, trazidos do Uruguai, temos Lifan X60, Foison e 530 e Geely EC7 e GC2 e o mais relevante, o Kia Bongo.

      Já tivemos o Chery Face e Tiggo, Lifan 320 e 620, todos os modelos Effa, e o Renault Twingo (entre 1999 e 2002, antes disso vinha da França).

      • CignusRJ

        E eu achando que o bongo era feito no Brasil na mesma fábrica onde são feitos os HR. Afinal são gêmeos idênticos

  • Roger Bersch

    Legal que os veículos importados do Uruguai não terão redução, só engordo no lucro das montadores. Existe sim, a vantagem de maior exportação, o que gera maior produção e, por consequência, empregos, mas ainda acho que o único beneficiário desses acordos são as empresas, que nem geram muito mais empregos já que o Brasil não é um grande exportador de produtos e sim de matéria prima. Como dizem, exportamos o limão e importamos a limonada.

  • Brj

    Isso vai ser bom para a Cherry, já que no Uruguai tem uma maior quantidade de carros chineses.
    O dia que o Brasilis assinar um acordo de livre comercio com os EUA e a UE ai sim será novidade, e vai ser pra glorificar de pé.

    • Junoba

      A fábrica da Chery fechou no Uruguai a cerca de um ano, por causa da crise. Mas a variedade por lá é grande. Tem Lifan, Geely e outros…

      • Marcos Villela

        É, mas acho que eles não tem 50% de peças feitas no Mercosul já que a maioria é CKD.

  • gustavo

    Presente de Grego, para os Uruguaios !! rs rs rs.

  • Enquanto isso o acordo com UE não sai do papel =/

  • Tosca16

    Voltando a lógica dos comentários aqui; “Brasil não pode exportar” …

    • pgoytaca

      Apesar do Uruguai ter um mercado pequeno também acho que pode ser bom para o brasil.

  • Henrique12

    Que pena que o Mercosul virou um tratado estritamente automotivo.

    • Pedro Rocha

      O Mercosul não passa hoje de um “Pacto de Varsóvia” subdesenvolvido, servindo apenas como arma de pressão política contra a liberdade dos povos, como se viu no Paraguai quando o Congresso impediu Lugo.

  • RafaelC

    Assim é literalmente combater a concorrência mexicana.
    Não sei se os mexicanos também possuem algum tipo de vantagem

    • Deadlock

      Eles têm a vantagem do baixo custo porque não aderiram ao bolivarianismo, aliás o que impera por lá é o neoliberalismo, que funciona, mas aqui tacham como palavrão.

      • RafaelC

        Essa vantagem era pra ser traduzida como ajuda.
        Ajuda é uma entidade coercitiva fazer um acordo para literalmente combater a concorrência.

        Liberal nunca passou a ser novo, neoliberal não é a palavra apropriada.

      • pgoytaca

        Se o México estivesse tão bem não tinha muros e cercas a rodo nas fronteiras com os EUA.

  • Cyro

    Lembro quando viajei em 2007 com o Ford Fusion, recém lançado no Brasil, para o Uruguai…
    Eles achavam o carro o máximo!! Não era vendido lá.

  • Vattt

    kkkkkkkkk, a cara do pobre Brasil!!! A chuva de carro chines vai ser grande. Não vejo com bons olhos, afinal nem os carros chineses vendidos aqui no Brasil acompanham as novidades da china.

  • CanalhaRS

    Mais um acordo ridículo que não beneficia em nada o Brasil.

  • Ailton

    A Kia poderia aproveitar e montar uma fábrica no Uruguai, já que não pode montar no Brasil.

    • Marcos Villela

      Ela pode montar aqui sim, não faz porque não quer. Pelo menos, o que saiu na imprensa é que ela havia sido absolvida da dívida da Asia. Agora, quanto a montar fábrica no Uruguai, a princípio não vai dar pq quase todos os modelos são feitos em CKD …



Send this to friend