América Latina Finanças Governamental/Legal Mercado

Brasil importará carros da Colômbia sem IPI adicional de 30%

brasil-x-colombia Brasil importará carros da Colômbia sem IPI adicional de 30%

Brasil e Colômbia devem assinar em breve um acordo comercial que permitirá a exportação ao mercado andino de veículos nacionais com tributação diferenciada. Em troca, os veículos importados daquele país não pagarão IPI majorado de 30%, segundo uma fonte do governo brasileiro, que está em reunião comercial na Argentina.

O acordo já está sendo traçado e, por enquanto, não foi assinado. As regras ainda não foram oficialmente apresentadas, mas desde 2015 que os dois países aceitaram um acordo automotivo em cotas com isenção de imposto de importação. A previsão era de troca de 12 mil veículos em 2016, 25 mil em 2017 e 50 mil por ano a partir de 2018. Já este novo acordo começa a valer em 1 de janeiro de 2018, de acordo com a fonte.

Agora a tratativa envolve diretamente o Mercosul, onde a importação brasileira de veículos vindos de fora do bloco acarreta no pagamento de IPI 30% e em 35% de imposto de importação, exceto do México. Antes regionalizado, agora o acordo pretende envolver todo o bloco e com vistas à expansão para outros mercados andinos.

Atualmente, a Colômbia conta com três empresas que estão montando veículos no país, sendo elas a Sofasa (Renault), a Colmotores (GM) e a Praco Didacol (caminhões Hino, do grupo Toyota). Até 2014, a Compañia Colombiana Automotriz produzia carros e picapes da Mazda.

[Fonte: Reuters]

Agradecimentos ao Luiz Carlos.

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend