Mercado SUVs

Brasil: O país lidera em utilitários esportivos!

brasil-o-pais-lidera-em-utilitarios-esportivos Brasil: O país lidera em utilitários esportivos!







O ano passado foi muito bom para o mercado de SUV no país, sendo que de todos os segmentos, foi o que mais cresceu.

Com um crescimento de 35,7% nas vendas em relação à 2007, as montadoras venderam cerca de 147.875 utilitários esportivos, contra os 108.964 vendidos no ano anterior.

Com isso, o Brasil passa a liderar o crescimento nas vendas deste tipo de veículo em todo o mundo.

Outrora os EUA eram os que mais tinham crescimento em vendas de SUV, parece que o Brasil assumiu essa característica para si.

Embora haja um enorme crescimento no setor, ele ainda representa pouco em relação à grande demanda por modelos mais baratos, os modelos de entrada.

Mas, mesmo assim já é um bom motivo para novos investimentos no segmento, através de lançamento de novos modelos.

Captiva, Sportage, Tucson, entre outros, estão cada vez mais disputando lugar com sedãs médios e outros modelos, na preferência de compra dos consumidores.

Modelos que antes custavam mais de R$80 mil, hoje podem ser encontrados por bem menos de R$70 mil. Em alguns casos, os preços sugeridos já estão abaixo dos R$60 mil.

Fonte: Jato do Brasil.



  • Diguinho

    Tomara q venham mais modelos pra ca pra e por um preço razoavel né!

  • rivo

    Pq será que tenho a impressão de que estas banheiras ocupam no Brasil uma posição (luxo) muito superior do que ocore em outros mercados?
    Será pq o povo gosta de se exibir pro vizinho ai as sanguessugas fabricas aproveitam pra meter a faca?

  • Luis.J.R.

    Pelo jeito vira mais opçoes no mercado mesmo!Só falta a gm querer produzir o captiva aqui também, já que o tucson vai ser nacional.

  • Raimundo

    [Comentario #141766 sera citado aqui]

    Se a GM fizesse isto, poderia nacionalizar o Cruze tambem e trazer logo a nova geracao do Astra.

    Com relacao ao crescimento expressivo deste mercado de SUVs, uma explicao plausivel eh a otima qualidade das nossas estradas e ruas bem como a imagem e conforto q tais veiculos oferecem. Por isto vemos bastante carros deste tipo nas ruas. Se brasileiro tivesse a renda dos americanos, pra mim, nao seria exagero pensar q um suv seria o segundo ou primeiro carro da familia. Pra pessoas q adoram viajar, eh a melhor opcao. Se os pavimentos fossem tapetes e nao houvesse desreispeito as leis de transito, carros esportivos estariam na lista e mesmo nao tendo tapetes, aqui tambem teve crescimento expressivo no segmento de esportivos importados.

  • cordigital

    Seja educado nos seus comentarios.

    Na boa, matéria mal escrita!

    Outrora os EUA eram os que mais compravam SUV, agora é o BRASIL?
    O Brasil teve o maior crescimento, não passou a ser o que mais compra, afinal 1 ano de vendas aqui deve representar meses de apenas 1 modelo lá!

  • Claudio

    Espero que a Ford lance uma EcoCit com preço reduzido fazendo o caminho inverso dos seus concorrentes!E uma Pick-Eco pra arrebentar a boca do balão!

  • tfa

    Gostaria muito que o crescimento na venda desse tipo de veículo (tipo o qual me agrada muito, por sinal) viesse acompanhada de duas coisas:
    1 – curso de educação para os proprietários que, na grande maioria, ao pegar um veículo desse tamanho agem do jeito que ELES MESMOS creditam aos caminhoneiros, sem o menor respeito com os demais. Diga-se, de passagem, que os caminhoneiros via de regra costumam ser muito mais educados que os motoristas de maior poder aquisitivo que podem comprar SUVs (o que prova que nem sempre – aliás, raramente – o dinheiro vem junto com a educação);
    2 – busca incessante no sentido de produzir propulsores menos danosos à mãe natureza. Já chega o fato desse veículo ser incompatível com uma visão urbanística, dado seu porte; pelo menos deve se buscar que eles poluam menos em função dos grandes motores que, via de regra, os acompanham. Ressalto que estou comparando com carros menores de tecnologia equivalente. Digo isso antes que algum engraçadinho me conte a “novidade” do ano: que um chevette velho polui mais…

  • tfa

    [Comentario #141914 sera citado aqui]

    Sobre o seu comentário, Professor Pasquale, só tenho a observar o que se segue:
    Observação 1: não quis falar bonito, mas sim o que eu penso. Se você achou bonito, quero que saiba que sou hétero, ok?
    Observação 2: ignorante é você, que não tem a menor educação nem pra criticar a opinião dos outros com cordialidade. Não sei se você leu, mas existe uma recomendação a quem aqui comenta: “Seja educado em seus comentários”;
    Observação 3: por mais que você ache estranho e atribua caráter ginecológico à expressão “via de regra”, abra a edição Aurélio XXI e você a encontrará. Mas, se ofende seus olhos, substitua por “em regra”, ok?
    Observação 4: ah, parece que isso aqui é um site voltado a NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS. Se tiver algo a dizer sobre isso, fique à vontade.

    :down: :down: :down: :down:

  • peterson666

    [Comentario #141766 sera citado aqui]e a vw trazer o tiguam tbm para concorrer com a capivara

  • Cetral

    Acho que um dos maiores motivos que atraem nesse tipo de carro, e que provavelmente é o que está atraindo o público dos sedans é a péssima condição de nossas ruas e estradas.

    Certos sedans não foram feitos para o Brasil. É uma loucura andar com um sedan do porte do Chrysler 300c, por exemplo, nas estradas esburacadas de nosso país. Por isso muitos preferem um Hyundai Santa Fé – ou os que puderem, mesmo um Veracruz – que dispõem de certo conforto, vêm bem equipados e são aptos a passar por alguns buracos sem sofrerem sérios danos.

    Outro ponto é a versatilidade. Com alguns modelos dispondo de tração 4WD, eles podem encarar eventualmente algumas estradas irregulares, de terra, ou mesmo trilhas. Costumam ter um grande porta malas, maiores que a maioria dos sedans. Também o motor a diesel é atrativo em alguns SUVs que dispõem dessa possibilidade, e são úteis em grandes viagens e em trilhas mais pesadas.

    Enfim, também gosto de SUVs e Croosovers em geral. Oferecem conforto e segurança, mas pecam no consumo – o que a adoção de diesel, por outros modelos impossibilitados pela legislação, poderia ajudar

  • VOLKS

    CAPTIVA BEBERRÃO SÓ FAZ 3 km/l.


Send this to a friend