Europa Finanças Governamental/Legal Mercado Montadoras/Fábricas

Brexit sem acordo: Europa alerta para prejuízo de € 110 bi até 2025

Brexit sem acordo: Europa alerta para prejuízo de € 110 bi até 2025

Muitos estão contando os dias para que as vacinas contra o novo coronavírus entrem em ação no mundo, algo que deve acontecer a partir de dezembro, inclusive aqui no Brasil.


Contudo, outra contagem está sendo feita, mas no Reino Unido. Nesse caso, a “doença” pode gerar um prejuízo estimado em € 110 bilhões até 2025!

Isso é o que os fabricantes de veículos da Europa calculam se o Brexit entrar em ação a partir de janeiro sem um acordo comercial entre Reino Unido e Europa continental.

Faltando menos de quatro meses para que as ilhas britânicas saiam oficialmente da União Europeia, as montadoras fazem novo apelo para que haja um tratado para os dois lados.

VEJA TAMBÉM:

A coisa ficou ainda pior depois que o Reino Unido tentou rever sua saída do tratado, o que gerou ainda mais crise entre os dois lados. A falta de concordância entre os dois lados levará à imposição de tarifas de importação nos dois lados do Canal da Mancha.

Brexit sem acordo: Europa alerta para prejuízo de € 110 bi até 2025

Com taxas extras para entrada de carros, peças e outros componentes, os preços subirão imediatamente e a consequência será um enorme prejuízo para os dois lados, sendo estimados em € 57,7 bilhões para as montadoras do continente e € 52,2 bilhões para aquelas instaladas no Reino Unido.

Isso tudo em apenas cinco anos após o estabelecimento de tarifas de importação. Mike Hawes, CEO da Sociedade Britânica de Fabricantes e Comerciantes de Motores (SMMT), disse: “Esses números pintam um quadro sombrio da devastação que se seguiria a um Brexit ‘sem acordo'”.

Ao todo, 23 associações ligadas apenas ao setor automotivo alertam para o prejuízo bilionário, que seria gerado em um curto período de tempo. Os fabricantes já dizem que mesmo tarifas de 10% para carros e 22% para caminhões e vans serão repassadas aos consumidores.

Para piorar a coisa, a Europa ainda está lutando para sair da pandemia de coronavírus e os prejuízos decorrentes já são enormes. A crise no setor automotivo só deverá piorar com o Brexit ocorrendo de forma dura logo após a Covid-19. Na Europa, as vendas de carros caíram 38% no primeiro semestre, enquanto o Reino Unido amargou perda de 49%.

[Fonte: Auto News]

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

                  Quem somos

                  O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

                  Notícias por email