BYD entra na Europa pela Noruega com 1.000 unidades do SUV Tang

BYD entra na Europa pela Noruega com 1.000 unidades do SUV Tang

Assim como a Geely, a BYD está espandindo suas operações fora da China com grande velocidade. Assim como atua bem no mercado de caminhões e ônibus elétricos, especialmente no caso do Brasil, a marca agora quer ampliar sua ação também com carros elétricos, sendo seu forte no país de origem.


Considerada a maior produtora de carros elétricos do mundo e em disputa acirrada com a Tesla, a BYD ainda tem presença tímida em mercado importantes que estão eletrificando rápido, como a Europa. Assim, iniciou sua entrada no continente através do mercado de maior relevância no momento, a Noruega.

BYD entra na Europa pela Noruega com 1.000 unidades do SUV Tang

Apesar de pequeno em comparação com vizinhos como Alemanha, França e Reino Unido, o país nórdico certamente será o primeiro a alcançar sua totalidade em carros elétricos, sendo hoje estes os líderes de mercado no reino do gelo.

Por lá, a BYD acaba de embarcar o milésimo exemplar do Tang, seu SUV elétrico que chega para enfrentar uma concorrência local cosmopolita.

BYD entra na Europa pela Noruega com 1.000 unidades do SUV Tang

Chamada “jornada elétrica”, sua entrada na Europa tem enorme importância, uma vez que os concorrentes locais buscam blindar-se contra a dependência da China e exterior em alguns aspectos. Tal como NIO e Geely, a BYD não pode perder o bonde elétrico europeu e converter seu SUV Tang num tramway de sucesso.

BYD entra na Europa pela Noruega com 1.000 unidades do SUV Tang

Para isso, ele chega com visual moderno, porte médio e sete lugares, tendo 516 cavalos e baterias de lítio Blade, indo assim de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos e com autonomia de 400 km (WLTP) de forma combinada, podendo chegar a 528 km (WLTP) só no uso urbano.

BYD entra na Europa pela Noruega com 1.000 unidades do SUV Tang

Usando estações de 110 kW, o BYD Tang pode ter até 80% da carga reposta em 30 minutos, o que é uma boa para ampliar seu alcance prático. Até o fim de 2021, a BYD pretende alcançar 1.500 unidades do SUV apenas no mercado norueguês, o que é uma marca respeitável, dado o tamanho do país.

BYD Tang 2021 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.