Caminhão com reboque elétrico vira carreta híbrida

suspensys

A hibridização é uma solução para redução de consumo de combustível em frotas, mas o alto custo de desenvolvimento de caminhões e a baixa oferta desse tipo de veículo com dois motores, complica as coisas.


Contudo, uma solução foi converter semirreboques em veículos elétricos que, em conjunto com o cavalo-mecânico, convertem a carreta em transportador híbrido, com redução de 20% no consumo de diesel.

O Contran, Conselho Nacional de Trânsito, autorizou os fabricantes de implementos rodoviários a colocar no mercado os semirreboques com eixo elétrico para reduzir o esforço do caminhão.

Diante disso, a Suspensys lançou uma linha chamada Hybrid R com sistema e-Sys, que consiste em um eixo do semirreboque com propulsão elétrica, sendo esse o segundo eixo.

suspensys a

Posicionado entre os outros eixos do semirreboque, o e-Sys pode ser usado tanto com a carreta vazia (com os dois eixos auxiliares suspensos) quanto carregada.

De acordo com a Randon, grupo que atua nesse setor, a solução pode trazer até 20% de redução no consumo, mas isso depende da aplicação, condição da rodovia e o tipo de carga transportada.

“Como pioneiros na criação de sistema do tipo, entendemos que esse mecanismo legal garante maior segurança e condições para o investimento em tecnologia e inovação em eletromobilidade, com foco em soluções sustentáveis”, comenta Sérgio Carvalho, CEO da Empresas Randon.

suspensys e

A Suspensys testa o sistema e-Sys em São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, usando alguns tipos de implementos rodoviários, atuando inclusive no agronegócio, usando transportadoras para avaliar as condições de uso da tecnologia.

Além da tração propriamente dita, o semirreboque Hybrid R garante ainda recuperação de energia nas desacelerações e também frenagens, usando a energia para subidas e ultrapassagens.

Lançada em 2019, a linha de implementos eletrificados Hybrid R esteve em desenvolvimento por dois anos e agora deve ser comercializado ainda em 2022, já devidamente autorizado pelo Contran.

[Fonte: Auto Data]

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.