Caoa Chery prepara lançamentos para vender 70.000 carros em 2022

Caoa Chery prepara lançamentos para vender 70.000 carros em 2022

No grupo CAOA, a marca de maior crescimento é a Caoa Chery e a empresa busca mais lançamentos para colocar a bandeira chinesa em evidência no mercado nacional. Já tendo conseguido bons resultados em 2021, inclusive vendendo mais automóveis de passeio que alguns dos players mais importantes do cenário brasileiro, a marca quer 70.000 carros em 2022.


Mauro Correa, presidente da CAOA, disse à revista Auto Data: “Na fábrica de Anápolis serão SUVs e, quem sabe, veículo comercial também, e em Jacareí estamos discutindo novos produtos. SUVs e sedãs”. Representando ainda Ford, Subaru e Hyundai, o grupo espera vender 115 mil carros no próximo ano.

Pelos números, vemos que a Caoa Chery é a líder dos negócios e, como Correa mencionou, continuará apostando em sedãs, mas com os SUVs na primeira linha. Na declaração, o que chama atenção é a menção a um “veículo comercial”, que provavelmente é o projeto de picape da Chery.

Caoa Chery prepara lançamentos para vender 70.000 carros em 2022

Como se sabe, foi registrado na África do Sul a introdução futura de uma picape derivada da família Tiggo e sendo monobloco, seria uma rival direta da Fiat Toro e Chevrolet Montana. Além da picape, a Caoa Chery deverá apostar em versões híbridas de seus carros, buscando assim dispor de mais tecnologia e valor agregado, além de economia de combustível.

Fora a Caoa Chery, a empresa quer ainda trazer a Exeed, marca premium da Chery, que ainda está sendo negociada, segundo Correa. Nesse caso, o executivo explicou: “São produtos de alto valor agregado, em outra categoria, mais caros do que os que temos hoje. Não se espera grandes volumes, mas será muito importante ao grupo”.

Com uma divisão premium, a Caoa Chery pode atingir consumidores da faixa entre R$ 200 mil e R$ 300 mil, usando para isso produtos como TX e TXL, de preferência com motor 2.0 Turbo de até 254 cavalos ou híbrido. A CAOA pretende ainda ampliar a rede no Brasil.

[Fonte: Auto Data]

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.