Ford Montadoras/Fábricas

CAOA confirma conversa com Ford sobre fábrica do ABC

CAOA confirma conversa com Ford sobre fábrica do ABC

UPDATE: A CAOA confirmou que mantém conversas com a Ford sobre a possível aquisição da fábrica de Taboão. Maior revendedor da marca americana na América do Sul, a empresa brasileira é uma das três que estão interessadas na instalação, de acordo com o governo paulista.


As outras duas são estrangeiras e todas produzem carros e caminhões. Por enquanto, nada está concluído sobre o negócio, intermediado pelo governador João Doria Jr. Em nota, a CAOA disse: “É natural que a Caoa e a Ford conversem sobre futuras negócios, assim como ocorre com outras empresas sempre que há uma boa oportunidade”. 

De acordo com a Reuters, citando uma fonte com conhecido do assunto, a CAOA estaria negociando com a Ford a aquisição da fábrica de veículos em Taboão, São Bernardo do Campo. A unidade teria o interesse não só do grupo brasileiro, sediado na capital paulista e com duas fábricas no país.

Segundo o governador João Doria Jr, pelo menos três empresas estão interessadas na fábrica da Ford, mas não citou nomes e se recusou a comentar sobre a suposta negociação da CAOA com a montadora americana.


A empresa com sede em Dearborn, Michigan, se pronunciou sobre o assunto, negando que a empresa de Carlos Alberto de Oliveira Andrade tenha entrado em contato com interesse de adquirir a antiga fábrica de caminhões da Ford, que também faz o New Fiesta.

Em casos de negociação, dificilmente as partes comentarão algo antes de um acordo estar fechado. No ano passado, a Ford teria usado apenas 12% da capacidade instalada em Taboão, que no passado havia sido a maior fábrica da Willys Overland do Brasil, que tinha três (inclusive a de motores em Taubaté, hoje com a Ford).

CAOA confirma conversa com Ford sobre fábrica do ABC

Após o anúncio bombástico de fechamento da fábrica, uma crise rapidamente se instalou na cidade do ABC Paulista, movendo sindicatos, prefeitura e outras entidades. O governo de São Paulo decidiu que iria ajudar a Ford na busca por um comprador para a fábrica, algo que ela havia tentado em 2018, sem sucesso.

No caso da CAOA, a empresa hoje representa as marcas Hyundai (importados e alguns modelos nacionais), Chery e Subaru. Maior rede de concessionários da Ford, a empresa brasileira tem fábrica em Anápolis-GO, onde faz produtos das duas primeiras citadas, sendo que a última tem ainda a unidade de Jacareí, apenas para carros da marca chinesa.

Entretanto, o que faria CAOA com uma planta antiga e quase 3.000 funcionários em pleno ABC? Como plano de curto prazo, sabe-se que o médico e empresário paraibano pretende trazer o SUV Exeed, tornando-o produto de uma submarca de luxo da Chery. No entanto, trata-se de apenas um modelo, por enquanto, o TX.

Outro plano que se conhece é que a CAOA sempre alimentou a ideia de ter uma marca de carros 100% nacional. Com o porte de Taboão, a empresa poderia ter um portfólio completo sendo feito na instalação que, aliás, no passado sustentou toda a gama da Ford, entre eles “Corcel, Maverick, Del Rey, Pampa, Escort, Ka, Courier e Fiesta Street”, como descrito no site da marca.

[Fonte: Reuters]

CAOA confirma conversa com Ford sobre fábrica do ABC
Nota média 3.8 de 12 votos

  • Fabio

    Estaria aí um bom financiamento para o BNDES, uma fábrica de carros 100% brasileira. No Brasil tem toda matéria prima, não precisa importar nada, será que não é a hora de recomeçar a indústria nacional automotiva?

    • JOSE DO EGITO

      O governo nao tem que participar disso ,tem que ser como nos EUA :teve lucro,cresceu Parabens!!,teve prejuiso ,faliu FO@#@ SE

      • Tochio

        Nos EUA não é bem assim não, lembra do agrado a GM e a Chrysler ??

        • Vinicius Maciel

          lembro. mas ja esta novamente 100% privada e naquela epoca so foi ajudada por conta da crise de 2008. bancos tabm foram ajudados

          • Thiago Porto

            Isso, socializando os prejuízos e individualizando os lucros! kkkkk

            • Azz Facil

              Empresa com lucro gera renda, paga salários e imposto. Aí o governo socializa o imposto ou desvia pro bolso…

        • Helliton Soares Mesquita

          Sim e eles continuam perdendo espaço para os Asiáticos. A própria Crysler fundiu com a Fiat virando uma empresa não tão americana.

        • JOSE DO EGITO

          2008 foi um fato pontual aqui isso é regra

        • Aristênio Catanduva

          tem outras como BOEING e LOCKEED MARTIN que ganham diversos financiamentos do governo americano

          • Zé Mundico

            Ganham financiamentos porque ocupam posição estratégica na economia do país e dão lucro ao governo.

            • Aristênio Catanduva

              no caso da Lockeed Martin 90% da receita vem do governo americano com gastos militares

        • Matafuego

          Quem era o presidente na época? Obama, um esquerdista que conseguiu dobrar a dívida pública dos EUA. O correto com o pagador de impostos é deixar empresas ineficientes falirem.

          • MonHoe

            Obama é de esquerda e papai Noel existe, não tem esquerda forte nos EUA, lá há conservadores e liberais

            • Matafuego

              Acho que papai noel existe, de acordo com vc. Sabe quem foi Saul Alinsky, autor do livro “Rules for Radicals”? Hillary Clinton fez a monografia dela sobre este livro. Obama escreveu um capítulo do livro intitulado “After Alinsky: Community Organizing in Illinois”.

              Sabe qual foi o primeiro “emprego” do Obama? Lider comunitário da ACORN. Sabe o que foi a ACORN e como James O’Keefe fez esta “organização” fechar as portas?

              Bernie Sanders é de direita? Alexandria Ocasio-Cortez é de direita?

              • André Luis Esteves Mendes

                Mais um analfa funcional na http://www…mais do mesmo

              • Fernando Dias

                Cheio de discípulos da seita do astrólogo.

                • Matafuego

                  Chamar os outros de “discípulos do astrólogo” é fácil. Difícil é ter argumentos. Bom, se pensasse não seria esquerdista…

            • Osni Duarte

              “Liberals” nos EUA é o que conhecemos como esquerda no Brasil, não tem nada a ver com a ideia de liberalismo econômico hoje tão defendido no Brasil. Pesquise sobre o pensamento do “liberal” Bernie Sanders, por exemplo, que concorreu com Hillary Clinton à indicação do Partido Democrata para concorrer contra Trump. Verás muito de petismo e socialismo nas ideias dele. Procure saber e depois me diga o que acha.

              • Ver nos liberais do EE.UU esquerda do nível petista é uma viagem sem tamanho. Fica clara a vontade de propagar inverdades.

                • Osni Duarte

                  Não precisa acreditar em mim. Apenas faça a pesquisa que eu sugeri.

                  • Sigo a minha defendendo a imparcialidade e sem histeria.

            • Nessa eu estou contigo. Pessoa anda traumatizado demais, vendo esquerda em tudo que não concordam com eles. Na verdade estão se nivelando. Esquerda chama todo opositor de fascista e Direita chama todo opositor de petista. Tenha dó, muita limitação intelectual no vasto campo da ideologia.

            • Wendel Cerutti

              Já disseram que liberais la são como esquerdistas aqui .

              • Esquerda, nos EUA, é ser um pouco mais a favor do social. Só um pouquinho…

        • Wendel Cerutti

          Uma maõzinha do Obama ….

        • Zé Mundico

          Faltou contar o fim da história: a GM teve que comer tampado e cuspir de costas para pagar o empréstimo do governo e pagou até o último caroço. Teve que vender filiais e subsidiárias na Europa, Ásia e cortar a produção de inúmeros modelos, perdendo participação de mercado nos maiores centros consumidores. Basta dizer que até hoje a GM praticamente sumiu da Europa.

          O governo americano não deu um empréstimo porque era “bonzinho” ou porque teve pena da GM, mas sim para evitar um desastre social e financeiro com o desemprego de milhares de trabalhadores e a consequente quebradeira de indústrias da cadeia de produção e de bancos que financiavam a GM.

          Saiu mais barato o governo ajudar a GM do que pagar bilhões de dólares de auxílio-desemprego, ter que sustentar milhares de desempregados nas ruas e ver o sistema financeiro perder a credibilidade.

          É regra de ouro : só se empresta dinheiro para quem pode pagar.

      • Roberto

        infelizmente nem nos EUA foi assim… 2008 que o diga…

        • JOSE DO EGITO

          Em 2008 foi um fato bem pontual ,aqui virou regra

          • Emerson Silva Oliveira

            Até hoje tem reserva de mercado, quer apoio maior que esse?

      • Fernando Bento Chaves Santana

        Os EUA vivem na base do “keinisianismo militar”

        • Observador

          pois é, 22 trilhões de dívida pública que o mundo carrega pra sustentar o sonho americano. É muito petrodólar, uma hora quebra!

      • Airplane

        Não é verdade pois o governo americano salvou a GM da falência, tanto que a GM lá é chamada de “Government Motors” !

      • Cosi fan Tutti

        O governo também salvou a Ford por lá, na época da crise. Aliás salvou o trio Ford, GM e Chrysler, e não foi a primeira vez.

        • Ernesto

          Na crise de 2008 a Ford não foi a única que não precisou de ajuda?

          • Cosi fan Tutti

            Não, todas precisaram, a Ford foi a que pagou mais rápido.

    • Vinicius Maciel

      como nao importa nada, meu caro? isso nao existe! outra coisa, voce será o dono da fabrica para ficar feliz com isso ou e um simples consumidor?

    • Cardoso (não aquele)

      Com um sindicato sanguessuga e tóxico como esse presente em São Bernardo do Campo, acho difícil sair barato.

      Só ver a reação deles à saída da Ford… Fazer greve. Se a Ford vai sair, por que eles dariam a mínima para essa greve?

      • Edson Fernandes

        Não só isso. Foi bizarro como solução de evitar demissões: “Continuem trabalhando e tomem a fabrica para si”.

        Legal, quero ver qual fornecedor continuaria a produzir peças para o produto produzido ali e como a Ford iria alimentar os motores já que são feitos em Taubaté…rs

        • Airplane

          Os motores dos caminhões são fornecidos por terceiros (Cummins e MWM) !

        • fschulz84

          Passei hoje na frente da fábrica, tá cheio de cartaz colado na grade em frente a entrada do estacionamento de funcionário, falando “Desemprego não!” “Boicote a Ford” e coisas do tipo… Como se fosse mudar alguma coisa…

      • Helliton Soares Mesquita

        Por isso que a Ford saiu. Em parte isso mexeu com os sindicatos para eles serem menos tóxicos. Afinal estão perdendo espaço para outras cidades.

      • Louis

        Um dos dirigentes sindicais chegou a divulgar para que as pessoas boicotassem a Ford, não comprando carros desta marca. Veja o cúmudo do absurdo destes sindicalistas, cospem no prato que comem. Falta de caráter, eles não têm escrúpulos.

    • Dherik

      Infelizmente o Brasil não é um país produtivo e nem tem mão de obra qualificada para conseguir concorrer com os carros de fora. Esta é uma discussão longa e complexa, mas o resumo é que o Brasil não conseguiria desenvolver produtos competitivos.

      • Tosca16

        Conseguir, consegue; não a um preço competitivo dos gigantes asiáticos, mas conseguir conseguiria. E num país de terceiro mundo como o nosso não é demérito algum começar com joint-ventures e importação de tecnologia, ninguém começa grande, né?

        • 4lex5andro

          Não com um Estado perdulário como esse; infelizmente o Brasil perdeu o bonde da revolução industrial. De novo.

        • disqus_9EbrqhVEjL

          Grandes bostas conseguir criar um carro se não tem um preço competitivo. Só vai jogar dinheiro fora e desperdiçar recursos.

        • Dherik

          Mas se até a China precisou apelar para conseguir acesso as tecnologias de primeiro mundo (pesquise por: China forcing companies share intellectual property), com mão-de-obra mais barata e capaz, e ainda assim fica devendo frente as grandes fabricantes de automóveis, acho que o Brasil não teria a mínima chance.

          • Cosi fan Tutti

            Mas vc ta comparando empresas chinesas de 20 e poucos anos com algumas de mais de 100. O melhor exemplo atual são os coreanos, conseguiram com uns 40 anos de experiência no ramo.

            • Dherik

              Embora as empresas tenham décadas, creio que este “boom” das chineses no mercado automotivo é bem recente e foi graças a estas políticas do governo de “forçar” o compartilhamento de tecnologia com empresas chineses.

              • Tosca16

                Com o dedo ou não do governo, deu e está dando certo; além é claro do interesse mútuo de ambas as partes, nenhuma empresa compartilharia tecnologia com alguma empresa chinesa se o mercado chinês em questão não fosse essa mina de ouro onde todos querem crescer nas vendas.

              • Cosi fan Tutti

                Se fosse tão simples assim seria fácil ne, qualquer nação que faz reserva de mercado conseguiria. Mas não é só isso, eles estão investindo pesado em alta tecnologia como política de mercado e como política de governo mesmo, querem dominar a próxima era tecnológica.

                • Dherik

                  Não é qualquer nação que consegue fazer isto porque nem toda nação tem o tamanho de mercado e ritmo de crescimento que a China tem.

      • Helliton Soares Mesquita

        Mão de obra faz na própria fabrica. O que falta no Brasil é formação intelectual de alto nível como engenheiros. E também quebrar alguns empresários que não entendem dos novos modelos de gestão. Aliás nem tão novo afinal o Toyotismo já é coisa velha.

        • Dherik

          É isto que quis dizer ao falar de mão de obra qualificada.

        • TchauQueridos

          Outro motivo que gera a falta é o mercado brasileiro que não consegue captar e manter mão de obra muito especializada, então a maioria vai trabalhar fora. Isso não é apenas no ramo automotivo. Área de tecnologia, aviação, etc…

          • Tosca16

            Remuneração, as empresas mesmo multinacionais não valorizam mão de obra aqui, por isso perdem talentos para as matrizes e/ou concorrentes.

      • Deveria rever seu conceito de “mão de obra qualificada”, pois desde meados dos anos de 1990 as montadoras vem trabalhando intensamente na formação e requalificação de mão de obra, bem como exigindo nó mínimo curso técnico para novos trabalhadores. Casos como a Scania, onde é exigido faculdade mesmo para trabalhadores de chão de fábrica, logo,mão de obra qualificada há sim, aos montes, e o melhor, para as montadoras, barata.

        • Tosca16

          O que acontece aqui é o seguinte, má remuneração e conseguente evasão de mão de obra mais qualificada de alguns setores; não que aconteça no mercado automotivo mas em outros setores hoje o trabalhador é desmotivado a buscar capacitação técnica pois não lhe é recompensado financeiramente, as empresas que não tem essa política de valorização da mão de obra somente se prejudicam.

          • Infelizmente temos empresários brasileiros com pensamento muito tacanha. Querem funcionários qualificados pagando uma miséria e ainda querem que estes trabalhem felizes.

        • Dherik

          Onde está então o desenvolvimento de tecnologia no mundo automotivo aqui no Brasil? Com raras exceções, quase nada é desenvolvido aqui e exportado para fora. Ou seja, se há, não confiam ou não vale à pena fazer aqui (e provavelmente pelos motivos que citei).

          • Em momento algum falei em desenvolvimento de tecnologia, mas sim de qualificação de mão, que em muitos casos é alta e baixamente remunerada.

      • TchauQueridos

        No ramo automotivo a China também é muito defasada.
        Porém com as compras de montadoras já consolidadas e a obrigatoriedade de qualquer marca que entrar no mercado se juntar com alguma nacional o padrão está mudando. Hoje a China é um mercado muito promissor.

        • Dherik

          Sim, foi o que falei em outro comentário (mas algumas pessoas estão discordando)

          • Ernesto

            Concordo totalmente com você! E isso será um grande problema para as montadoras ocidentais num futuro muito próximo (ou podemos até dizer que já é um grande problema hoje).

    • Ducar Carros

      Acho que não, a taxa de juros do BNDES está cara, e participação acionária está descartada com a equipe que está no poder.

    • disqus_9EbrqhVEjL

      Pra que uma fábrica de carros 100% brasileira?

      • E porque não? Temos que nos contentar em apenas montar carros?

        • disqus_9EbrqhVEjL

          Não é questão de contentar, é sobre se vamos conseguir fazer um carro melhor ou mais barato que a concorrência, o que é bem improvável levando em consideração o custo Brasil e o nível de educação.

    • Eng Turbo

      No não temos toda a matéria prima pra fabricar um carro inteiro, aliás, devemos estar por volta de 60% disso.
      Todos os cambios automaticos são importados, somente como exemplo. Fora isso temos muitos itens eletronicos que são de fora alem de varios outros componentes

    • Matafuego

      Mas vc não aprendeu nada com Eike Batista, Wesley e Joesley Batista, Odebrecht, OAS, etc? Dinheiro do pagador de impostos não deve ser utilizado para financiar interesses privados, muito menos para criar campeões nacionais. Acho besteira ficar pensando em “montadora nacional”, eu quero saber de ter acesso a veículos bons e baratos.

      • disqus_9EbrqhVEjL

        Exatamente.

    • Daniel dos Santos

      Se for 100% nacional, vai custar o dobro de um com conteúdo importado….

    • Como foi dito abaixo, perdemos o bonde da história no que tange a consolidação de uma indústria automotiva brasileira. A opção de JK em dar todos os incentivos governamentais as montadoras multinacionais nos tirou essa possibilidade. Junta-se a isso o fato de não termos mais nenhuma grande indústria de autopeças de capital brasileiro, todas foram vendidas no decorrer os anos 80 e 90. A única coisa que o brasil tem, e as montadoras que aqui estão adoram, é mão de obra qualificada e barata.

  • SDS SP

    Boa sorte pra quem assumir aquele espólio.
    Se alguém assumir, certamente será com a ajudinha da nossa senhora do BNDES. Os pagadores de impostos agradecem.

  • Eng Turbo

    Pessoal do NA, essa matéria tem MUITOS erros de português….vale a pena dar uma revisada.
    Sei que a original está em inglês (Tb recebi aqui), porém precisa de uma revisão da tradução realizada.

  • Louis

    Um país com 16 mil sindicatos. DEZESSEIS MIL! Dando pitacos em tudo, incentivando processos trabalhistas…Difícil suportar mesmo.

    • TchauQueridos

      Ford e GM estão fechando muitas fábricas nos EUA. Seriam os sindicatos também?

      • Louis

        Não, mas isso é decisivo na hora de fechar ou não uma planta. Por que será que as fábricas novas estão fugindo do ABC?

        • R. Rover

          Pare de dar pitaco em assuntos em que vc não tem o mínimo conhecimento do que fala.
          Aliás, é comum no minion. Assiste um vídeo ou lê alguma asneira e ficam falando besteira por aí.
          Estude mais!

          • GreatU2

            Chegou o mortadela que usa bandeira do Reino Unido e nick da Land Rover. Como todo Mortadela, é hipócrita e burro. Vai liberar seu bandido de estimação vai.

          • oloko

            O fechamento desta fabrica tem a ver com a reestruturação do produtos da marca e corte de custos, mas acredito que os sindicados influenciem mais neste momento que a fabrica está a venda. A empresa tem que pensar muito bem antes de abrir uma fabrica num lugar que é famoso justamente pelos sindicatos que possui, e o tipo dos mesmos…

      • Louis

        Notícia fresquinha: Mais uma gigante internacional abandonando o Brasil. Gigante americana CVS Health vende rede de drogarias Onofre e sai do país, após 6 anos.

        • Tosca16

          Foi o sindicato dos farmacêuticos também? *ironia.

          • Louis

            Pelo que li na reportagem, há uma briga entre CVS e os antigos proprietários por causa de passivos trabalhistas.

          • Unknown

            Kkkkkkkkkkk, boa! Deixou o Louis sem resposta…

            • Tosca16

              Não era essa intenção, mas é chato tudo ser atribuído aos sindicatos. A FORD caminhões só existia aqui e na Turquia, totalmente fora dos planos globais da montadora americana, mas a culpa é do sindicato… Fora que se é pra viver de KA e Ecosport, não precisa ser muito inteligente pra saber que uma fábrica, já basta, pra Ford do Brasil.

              • Marco Antônio

                Na pequena e interiorana cidadezinha onde moro a economia gira em torno de 2 frigoríficos. Um deles está praticamente fechando as portas. As más línguas dizem que só de encargos trabalhistas são quase 20 Milhões de reais. Tem quem queira comprar, mas não se acha comprador para o passivo trabalhista. Resultado? A cidade fica as mínguas. O outro frigorífico está com sérios problemas na Justiça Trabalhista e Tributária. Aparentemente os proprietários não possuem mais bala na agulha para pagar todas as draconianas taxas e impostos do nosso querido governo. E desse jeito a pequena cidadezinha vai definhando, cada dia mais dependendo de funcionalismo público, uma vez que o comércio indireto que sustentava as operações logísticas dos frigoríficos estão desacelerando. Enfim, não existe nem sindicato aqui, mas a mão do governo está sendo sentida por todos, dos pequenos aos grandes.

                • Tosca16

                  Eu entendo, aqui em Sergipe tem algo parecido quanto aos matadouros municipais, os maiores do estado tudo fechado, quer seja por licença ambiental, quer seja por sonegação fiscal, quer seja por N outros motivos; eu que sou da área, graduando em Med. Veterinária sei com certa propriedade que manter uma planta frigorífica não é fácil, aqui onde moro tem um particular que tá meio que atuando subdimensionado, visto que a planta é enorme para nossos padrões e somente agora com o fechamento do matadouro municipal começou a abater perto de sua meta de abates diário, mesmo assim o investimento feito, não tá se pagando.

              • D34D P00l

                Eu acho que foi muito mais por c@g#%#das da Ford, mas nesse ponto o Louis ta certo, os sindicatos daqui(moro em SBC faz 10 anos) são beeeem tóxicos.

                • Tosca16

                  Quando o sindicato não é atuante é “pelego”, quando atua é “tóxico”; tudo bem que há exageros de ambas as partes, mas não podemos, como está acontecendo aqui, por os empresários como mocinhos da história, no mínimo que ambos tem interesses, e nenhum se salva.

                  • Ernesto

                    Tosca16, achei engraçado você jogar a culpa no empresário em resposta ao D34D P001, sendo que na resposta ao Marco Antônia, você disse sobre um frigorífico particular, cujo dono não consegue recuperar o investimento feito. Bem contraditório. Sei que existem casos e casos, mas o que consigo ver é que o empresário é muito mais vítima do sistema do que cúmplice.

              • TchauQueridos

                Pois é. Uma empresa não pode fechar por má administração. Por reestruturação, etc…
                Tudo é sindicato. Lehman Brothers também foi sindicato.

              • Ernesto

                A questão não é culpar somente os sindicatos, mas sim que elas têm grande culpa quando uma montadora decide não investir em determinada planta devido ao sindicato. Veja como exemplo a GM que possui plantas em Gravataí, São Caetano do Sul e São José dos Campos. O sindicato do Vale do Paraíba é muito forte (muitas exigências) fazendo com que a GM opte por investir nas outras duas. Se você pesquisar quantas empresas saíram desta região e foram para outras cidades você entenderá.

            • Ernesto

              Não deixou não. Ele respondeu.

        • Mas nesse caso a rede foi vendida, alguém comprou e vai continuar com o negócio. No máximo fechar uma e outra loja. E outra, mesmo que fechasse outras farmácias venderiam mais. Imagina que a Ford pare por completo, gm, hyundai e outras aumentariam as vendas.

        • Marcelo Martins

          A rede Drogasil/Raia que comprou ..

        • Helliton Soares Mesquita

          Bem no Brasil não falta gigante de saúde.

          • Marcelo Ecosta

            O que não falta na área farmacêutica é maracutaia. Infelizmente.

            • nbj

              Infelizmente, em todas as áreas a maracutaia é regra no Brasil!

            • TchauQueridos

              Isso você pode ter certeza que não é exclusividade da industria farmacêutica.

        • CVS está há algum tempo se desfazendo de suas operações no Brasil, pela sua incapacidade de compreender o mercado brasileiro. Há cerca de dez anos ela já tinha vendido a Drogasmil e Farmalife para a mexicana Casa Saba, que a revendeu três anos após para brasileira Profarma, que é lucrativa. A última remanescente da CVS era a Onofre – uma vez que a americana não conseguiu adquirir a DPSP (Drogarias Pacheco e Drogarias São Paulo) – , e agora a Onofre foi parar nas mãos da brasileira Raia Drogasil, que é a líder no setor de farmácias no Brasil. Vale lembrar que o setor de farmácias no Brasil é considerado de média concentração, e é totalmente dominado por empresas nacionais.

          • Louis

            Walmart também vendeu a operação BR, assim como a Fnac. Operar aqui não é para qualquer um.

            • Só brasileiro entende as dificuldades de se operar no comércio local. As poucas multinacionais do comércio que dão certo, precisaram tomar aulas com empresários locais e etc. Já no campo industrial, os investimentos falam mais alto e as estrangeiras dão um “baile” na gente.

    • Mr. Pennybags

      E agora, segundo algumas reportagens recentes, o sindicato tá VAZANDO INFO das industrias…

      • R. Rover

        E precisa vazar?
        As situações caóticas da empresa, dos municípios e do Estado de SP, este governado há anos pelos mesmos grupos é de conhecimento geral.
        E vai piorar. Pode apostar.

        • GreatU2

          Legal é seu PT ferrando o Brasil há 16 anos. Cala a boca mortadela.

        • TchauQueridos

          Pois não entendo a dificuldade que o brasileiro tem em tirar esses dinossauros do poder!
          O país é uma b* aí tem o pai que é politico, poe o filho, poe o neto e o país na mesma b*.
          E o povo sempre elegendo a mesma torpe ordinária!

          • Ernesto

            Na minha opinião é o seguinte: continua sendo PSDB em São Paulo porque os candidatos concorrentes são piores.

    • Alvarenga

      Pois é. Eu soube que por varias vezes o sindicato parou a produção de montadoras do ABC pra “carregar” gente para passeatas a favor do PT na anchieta e até mesmo na Paulista. que empresa aguenta isso ?

      • Essa história de “eu soube” é algo bem infantil. e sempre carece de verdade. Nem precisa dizer que o sindicato dos metalúrgicos do ABC é muito ligado ao PT, porém ele só representa fábricas em Diadema e São Bernardo do Campo, logo seria impossível parar produção de todo ABCD, que aliás é uma GRADE MENTIRA, pois sou morador da região em NUNCA vi esse fato narrado por você.

        • Ernesto

          Morador da região…essa região (ABCD) é enorme! Você consegue realmente ver o que se passa por toda a região? Além disso, o Alvarenga disse “o sindicato parou a produção de montadoras do ABC”, não disse “de todas as montadoras do ABC”.
          Não tem jeito, há pessoas que não enxergam um palmo à sua frente!

          • Não sei quem é mais infantil, quem conta a mentira sem ter provas ou que acredita nela sem ter provas também. Como você bem disse é difícil conversar com que não enxergam um palmo à sua frente. PS. Região do ABCD pode até ser grande, mas coisas fantasiosas como a que o tal Alvarenga, e você acreditam, não passaria despercebida, ainda mais tratando-se de paralisação de uma fábrica e uma das rodovias mais importantes do país.

            • Ernesto

              Infantil? Rsrsrsrs.
              Aqui é um site de notícias automotivas, não uma delegacia. Você quer que ele diga quem contou isso para ele? Faz uma denúncia numa delegacia para crimes virtuais (afinal estamos falando pela internet), dizendo que ele está propagando mentira.
              Eu trabalhei em uma multinacional de autopeças, visitei todas as montadoras da região do ABC e sem muito bem como o sindicato do ABC atua.

  • Gabriel

    Se for iniciar a construção de uma montadora 100% nacional, que seja de veículos 100% elétricos… Temos matéria prima, mão-de-obra e podemos muito bem conseguir alguns incentivos fiscais para baratear ainda mais a operação!

    • Angelo_RSF

      Eu acho que o fato de não ter uma montadora nacional, não é nenhum demérito. Muitos países do dito 1o mundo não tem.
      Acho que importante sim é tem industrias instaladas aqui não importa o país sede.

      Ainda mais se for para ter montadoras nacionais influenciadas por políticos locais e viverem somente as custas de incentivos do Governo. Imposto pago pelo contribuinte, na minha opinião, não é para financiar prejuízo de empresa privada…não importando a nacionalidade.

      No caso especifico da CAOA torço pelo sucesso da empresa…mas com o mínimo de interferência Estatal

    • Visto o portfólio da CAOA Chery no último salão do automóvel, eu apostaria, caso a compra se concretize, em veículos 100% elétricos. Mas não em uma montadora 100% nacional.

    • Edson Fernandes

      Acho dificil principalmente no Brasil. Ainda não temos infra estrutura para construir um portifolio 100% eletrico.

      Primeiro ele precisará fazer a marca ter avanços e confiança do consumidor e depois pular para o proximo passo que seriam dos eletricos. Mas acredito que exista prototipos ou até mesmo produtos já destinados a isso, mas ainda é cedo em apostar somente nesse tipo de produto.

    • disqus_9EbrqhVEjL

      Que solução imoral e nojenta. Criar uma empresa com incentivos fiscais, em detrimento de outras empresas? Você está pedindo pra criar uma empresa ineficiente. Pega esse seu socialismo disfarçado de capitalismo e leva pra cuba.

      • Gabriel

        Desculpe amigo, mas acho que você não entendeu direito ou não tem noção básica de economia de mercado ou qualquer outro princípio básico! Incentivos pontuais como (isenção de imposto para implementação da fábrica, aquisição de maquinário, terreno, insumos para construção fabril, etc), são práticas comuns em qualquer país, capitalista, sério do mundo! A união abre mão, não ha detrimento de outras empresas! O governo abre mão pontualmente de um determinado imposto para conseguir gerar empregos, demais impostos, os quais trarão ainda mais dívidas ao médio e longo prazo…
        Ter de responder mensagens desse teor é o principal motivo de estarmos nesse buraco! Pense e estude antes de sair digitando asneiras na internet, por favor… Tem gente que lê e acredita!

        • disqus_9EbrqhVEjL

          Quando o governo deu incentivo fiscais às empresas que estavam instaladas no Brasil para conter o avanço das empresas chinesas e coreanas, também estavam pensando a mesma coisa. gerar empregos e impostos. Mas o efeito que teve foi o aumento do preço dos carros no Brasil, não gerou empregos nem impostos. Só aumentou a ineficiência do País.
          Acho que você está preocupado demais com o governo e pouco preocupado com o consumidor.

          • Cosi fan Tutti

            ma so problema do Inovar Auto não foi esse simplesmente, foi fechar ainda mais o mercado brasileiro, que já é um dos mais fechados do mundo. O mercado sofria com taxas que chegavam a 65%, além de cotas pra importar, isso é ridículo em um livre mercado, tem de ter regulação, mas não exagerar também. Agora incentivos a uma indústria propria todo país faz, em maior ou menor escala, até os Eua fazem.

  • Filipo

    Mais uma fábrica da CAOA? Não, a capacidade ficaria ociosa demais e a meu ver, a CAOA ainda não irá realizar seu tento de ter uma fábrica/marca 100% nacional. Isso seria bem mais pra frente.
    É hora da Hyundai Motors do Brasil investir e comprar essa fábrica para crescer mais no país e se livrar da CAOA. Assim, poderá fabricar mais modelos no país e ter a independência almejada. Torço para que isso se concretize.

    • Tochio

      Depende, ela pode entrar no ramo de caminhão pesado e esta fabrica pode ser exclusiva para isso !!

      • Roberto

        A CAOA já faz os caminhoes HR… talvez seja isto..

    • Helliton Soares Mesquita

      O problema é uma empresa internacional entender do mercado brasileiro. Só brasileiro entende essa praga aqui.

    • disqus_9EbrqhVEjL

      Amigo, não existe isso de 100% nacional. Em que mundo você está vivendo?

      • Ernesto

        Cara, ele comentou sobre a matéria.
        Olha a frase da matéria: “Outro plano que se conhece é que a CAOA sempre alimentou a ideia de ter uma marca de carros 100% nacional.

    • A fábrica da Ford em SBC não atenderia as necessidades da Hyundai, pois a tecnologia empregada pela coreana no processo fabril é muito alta e não depende de muitos funcionários, tanto que a operação da HMB é uma das que menos tem funcionários envolvidos por carro produzido. Ainda sim, pode ser um “tapa buraco”.

  • Murilo Soares de O. Filho

    Fim da Ford caminhões já estava no fim, A Ford só produz no Brasil e Turquia, através de joint-venture 50%/50%. No resto do mundo já produz mais caminhões a muito tempo., Não tinha escala para produção e com as novas leis antipoluição pioraram a situação, com certeza também pesa os sindicatos sanguessugas. Não há solução, ou fecha ou vende.

  • ocampi

    Então vamos perder a Ford e agora teremos que engolir Hyundai , Cherry e outras coisas asiáticas…..que depressão.

    • Roberto

      quem sabe com a grana que vai receber pela venda a FORD não invista em Ka, Eco e outros carros com Ecoboost ?

      • ocampi

        Deus de ouça !!!!!!

    • Zé Mundico

      Vá se conformando…país com consumidor liseira é assim mesmo.

      • ocampi

        Me conformo tanto que já estou indo para linha Mini. Mas nunca vou deixar de elogiar o Fiesta por ser barato e moderno.

        • Zé Mundico

          Realmente era um carrinho bom, pena que a Ford só deu mancada e jogou contra.

    • Unknown

      Hyundai é uma das maiores montadoras do mundo! Não a menospreze.

      • ocampi

        Sim faz um baita sucesso no Brasil tupiniquim. Nem entra direito na lista dos mais vendidos nos EUA ou Europa…por que será?

        • Unknown

          Pode não estar entre os mais vendidos nos States e Europa, mas ainda assim é reconhecidamente uma grande montadora. Compará-la com a chinesa Chery, ainda que esta última esteja evoluindo, é um equívoco!

        • Cosi fan Tutti

          Hyundai não ta no top 10 americano? kkk pesquise rapaz.. Já entrou várias vezes com Elantra, com Sonata, mercado disputadíssimo, mas eles tão sempre lá no top 15, aliás vende mais que VW pra se ter uma idéia, isso pq chegou depois.

        • Vinícius

          Amigo, vai pesquisar… internet hoje em dia é algo tão acessível!

    • Paulo Eduardo Oliveira

      Ford aqui só fabrica porcaria. Hyundai e os novos carros da Chery dão um banho nos produtos que aqui temos da Ford.

      • ocampi

        Parece que os carros da Ford que você tem ou têve acesso, são outros.

      • Robinho

        Chery ???? eu li isso? kkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Helliton Soares Mesquita

      Qual o problema? Muitas pessoas estão elogiando a Hyndai que aliás é uma empresa coreana nada ver com os Chinas.

      • ocampi

        Sem problemas………..

    • Cosi fan Tutti

      ahah nos Eua a Ford so vende pick-ups e agora Suvs, os asiaticos dominam totalmente o mercado de carros de passeio, não sei qual “depressão”, se o produto é bom, pq não?

    • Ernesto

      Outras coisas asiáticas?

  • Benino Brites

    Torço pra que dê certo com a Caoa e torço pra que seja a compra da fábrica e que o grupo brasileiro assuma a produção dos caminhões Ford, ganhe mais conhecimento e participação nesse setor, além do que já tem com os dois caminhões Hyundai. Cometaram em outro post que a Transit não deu certo pois foi importada pelas mãos da Caoa e não da própria Ford e que fez lambança com o produto e a manutenção e peças importadas. Bom, com mais essa fábrica agora seria possível produzir aqui, nacionalizar o máximo possível e até exportar para America do Sul. Torço para que o grupo se fortaleça e que consiga ser a automotiva brasileira.

    • Fábio Peres – Conta Prof.

      Isso seria uma grande jogada. Pegar toda a tecnologia da Ford e revendê-la com a marca CAOA.

  • Tosca16

    Nascerá aí a CAOA Caminhões; já que sempre foi parceira da FORD, pegaria todo o loral da empresa como também manteria as parcerias com a Cummins, ZF e Eaton; quem sabe assumindo a rede de concessionárias, o forte do grupo CAOA.

    • Osni Duarte

      O que é “loral”?

      • Tosca16

        Escrevi errado, é “know-how” erroneamente escrito como “norral” em português; quer dizer experiência de mercado, expertise, conhecimento de mercado.

    • Já existe a CAOA Caminhões, e ela produz os modelos leves da Hyundai HR e HD80. Seria mais provável a CAOA vir a produzir a linha Xcent da Hyundai ou algum caminhão chinês na unidade de SBC, caso opte por investir neste segmento.

      A parceria da Ford e da turca Orsan, detentora da linha Cargo, já se encerrou na América Latina, uma vez que a divisão de veículos comerciais da Ford agora faz joint-venture com a Volkswagen. Já era natural e esperado o final da linha Ford Cargo. A rede de concessionárias Ford Caminhões deve ser integrada a MAN nos locais onde não há sobreposição com Volkswagen ou Scania. As demais irão para a Iveco e DAF.

  • Alvarenga

    Esquece caminhão. Precisaria muito investimento e tempo pra adequar a nova legislação de emissões. Sem chance, ja era.
    Quanto à CAOA o homem é mestre em comprar coisa falindo a preço de banana, pode até rolar pra usar o terreno pra alguma coisa.
    Ele teria que recomeçar a fabrica do zero pra evitar a mão do sindicato la dentro, que foi em grande parte o que afundou o time.

    • Tosca16

      Eu não sei não, ao meu ver é muito mais fácil surgir uma empresa 100% brasileira no ramo de veículos comerciais e caminhões que de automóveis de passeio, temos um bom exemplo com a Agrale; que se mantém no mercado, tendo maior participação em chassis e veículos agrícolas. De início faria uma joint-venture com alguma empresa, pode ser chinesa, depois começaria a desenvolver aqui, usando os fornecedores globais que todos utilizam; Cummins, Eaton, ZF, Allison, MWM… De início se eu fosse o Dr. Carlos pegaria os projetos patenteados da FORD Caminhões, colocaria a marca CAOA caminhões, ou por um tempo CAOA FORD, tentando manter a rede de distribuição FORD já sobe a gerência do grupo CAOA. Acho muito mais fácil surgir uma montadora 100% nacional daí que da CAOA CHERY.

      • Fernando Bento Chaves Santana

        Eu achava que a CAOA poderia licenciar o Cargo junto à Ford e levar a produção para Anápolis. Mas talvez tenham chegado a um acordo com o Estado e o Município ($$$) para manter a fábrica em SBC. Se confirmado vantagem seria a CAOA entrar no ramo de caminhões do dia para a noite sem grandes investimentos e com produtos consolidados.

        • Tosca16

          Eu usava a marca Ford, por uns 10 anos, começando como CAOA FORD, e aos poucos deixando só CAOA.

          • Fernando Bento Chaves Santana

            Sim. Licenciar a marca Ford poderia facilitar a transição. Mas penso que a Ford quer se desvencilhar o quanto antes de SBC e dos caminhões.

            • Tosca16

              Com jeitinho, e $$$; ela licencia a marca, e passa a rede; que é o que na verdade penso eu ser o forte da Caoa.

              • Fábio Peres – Conta Prof.

                Nada que não se resolva, criando a maior marca de caminhões brasileiros “do mundo”…

                • Tosca16

                  Usando a “melhor tecnologia do mundo” ou ao menos consagrada, Cummins + Eaton/ZF tá de excelente tamanho.

      • Alvarenga

        Mas esse é o problema, até onde sei a Ford não investiu para se adequar as novas regras. Não da mais tempo, tem que parar de vender, e então acaba sendo mais fácil esquecer a linha Ford e começar ja com linha nova.

        • Zetros1833

          Quais regras que vc fala?, de emissões do Conama?. Se forem essas, a Ford já está adequada desde 2012, quando entraram em vigor as normas Euro 5 e todas as fabricantes de camnhões e ônibus tiveram que se adequar.

          • Alvarenga

            EURO 6 que em breve sera requisito.

            • Zetros1833

              O Euro 6 aqui no Brasil somente a partir de 2023 e olhe lá se não empurrarem mais com a barriga. Um outro detalhe é que os motores que a Ford utiliza é o Cummins que já está preparada para as normas Euro 6, assim como esteve quando entrou em vigor o Euro 5.

            • Zetros1833

              Aqui no Brasil as normas entrarão em vigor somente a partir de 2023 e olhe lá se não empurrarem com a barriga mais uma vez.

              Mas quanto a isso a Ford não teria problemas, já que ela usa motores Cummins que estará apta a atender as novas normas assim como esteve quando entrou em vigor a Euro 5.

        • CharlesAle

          Acredito que o maior problema da Ford foi o mercado(baixas vendas) e não propriamente norma de emissões. Segundo lí por ai, a fabrica só produzia 12% de sua capacidade em automóveis(fiesta) e 18% caminhões..Ai não há santo que de jeito..

  • Vinicius Maciel

    quem comprar essa fabrica ira assumir um passivo trabalhista de mais de 2000 processos, alem de um sindicato maldito comunista controlado pelo PT. Jamais eu construiria uma fábrica de carros no país, a nao ser que eu socializasse o investimento e os prejuízos e individualizasse os lucros.

    • Louis

      Não sei se a info é verdadeira, mas ouvi falar que só esta planta tem mais processos trabalhistas que a Ford no resto do mundo.

      • Cardoso (não aquele)

        Se continuar assim, ninguém vai querer a fábrica, e os funcionários vão ficar sem emprego, e sem suas “indenizações”. Sindicato no Brasil é um câncer.

      • octavio cesar godoy

        Eu deixaria esses trabalhadores morrerem de fome par aprender. Cospem no prato que comem

        • Louis

          Aos poucos isso vai melhorando, com a reforma trabalhista que tivemos ano passado. Por isso estou com um pouco de esperança quanto ao futuro.

          • Observador

            as baratas continuam aplaudindo o inseticida.

            A reforma trabalhista não ajudou criar empregos formalizados, pior, jogou e está jogando as pessoas em empregos informais e mal remunerados com consequência onde? na previdência, assistência e saúde, ou seja, seguridade social.

            Qual solução propõem? reforma da previdência com a desculpa que ajudará no problema fiscal. Mentira.

            E a necessária REFORMA TRIBUTÁRIA cadê? carga tributária incidente no consumo trava o desenvolvimento, deveria ser na renda, alta renda, dividendos que só esse país lixo e a Estônia isentam

            Primeiro que mentem dizendo que há deficit, não se sustenta nos próprios relatórios do governo, bem como os auditores da receita que são os responsáveis por fiscalizar e arrecadar afirmam que não existe déficit. O RGPS é muito superavitário, tanto é que desvinculam as receitas da seguridade pra jogar na rolagem da dívida pública, se falta dinheiro como tiram de um lugar pra jogar em outro? não faz sentido.

            privilégios ninguém diz nada, e privilégios não tem relação com a previdência pois está previsto em leis esparsas e faz o rombo nas contas pública ser alto. sem falar na corrupção e ineficiência proposital com gente inútil na máquina pública, como os comissionados (22 mil SÓ no executivo federal !!!).

            • Louis

              Você acha que um país sai da recessão de uma hora para outra? A reforma trabalhista trouxe um alívio, mas ainda há muito o que ser feito. Mesmo se conseguirem aprovar todas as reformas necessárias, na melhor das hipóteses, em uns 10 anos nos recuperamos dessa recessão. Há rombos enormes na maioria dos estados, despesas obrigatórias que não é possível cortar. Como você quer uma reforma tributária antes para reduzir impostos, se a despesa da previdência vai “comer” tudo? Só cego não vê que a previdência é uma pirâmide financeira.

              • Observador

                E eu disse que só isso (a reforma tributária) em si é suficiente para sair da recessão? não coloque palavras onde não tem. O problema é de onde vcs que apoiam isso desejam cortar o orçamento e é exatamente onde e da áreas que mais precisam, vcs são o lixo e a escória do mundo que usam do sistema financeiro com juros pré-fixados pra lucrar no lombo de toda a sociedade, audita a dívida pública pra vê pra onde vai PIB brasileiro, o país tem uma demanda reprimida enorme o mercado consumidor também é muito grande, no momento temos uma capacidade ociosa imensa, então manter a SELIC alta é especular contra o país, pois se deixa de investir na industria e no mercado de consumo pra especular financeiramente. Portanto, é um ciclo que permite a continua exploração da classe média p/ manter a renda dos altamente ricos que não produzem e vivem do juros e dividendos, já parou pra pensar o tamanho da renuncia de receitas de quem pode pagar imposto? reforma tributária consiste em trocar a fonte das receitas e não só aumentá-las, é um Robby Wood ao contrário com a carga tributária regressiva com o apoio da população.

                E que alívio rapaz? trabalhar de Uber, fazer bico não é emprego e sim trabalho, abrir um pequeno comercio não te faz “empresário”, estar trabalhando não quer dizer necessariamente que a pessoa está contribuindo p/ o sistema, coisa que muito contribuinte individual não faz pq não sobra, mesmo assim ele pode ser beneficiário do INSS pois o sistema é solidário e não na forma de capitalização, vc realmente acha que é só sua contribuição e por isso ele é piramidal? tem muitas fontes de receita, e só a economia crescendo pouco, o sistema já recupera todas a perdas anteriores e fica no azul, vcs são muito manipulados por isso esse país vai ser desse jeito pra sempre. populistas e bandidos lucrando em cima da massa de manobra.

                • Louis

                  O mundo inteiro sofrendo para pagar previdência, inclusive países ricos, subindo idade mínima. E brasileiro esquerdista acha que um país quebrado tem dinheiro de sobra, que o rombo previdenciário é invenção da elite maldosa…Acha normal gente passar mais tempo aposentado que na ativa. E pior, somos um país que está envelhecendo antes de ficarmos ricos, o que é um agravante. Os países desenvolvidos utilizaram sua jovem força de trabalho para enriquecer. Nós, até isso estamos desperdiçando.

                  • Observador

                    cara se você acredita piamente nessa estória que o Brasil tem a mesma piramide etária que europa e japão, culturas milenares, nada a acrescentar.

                    Agora, rombo invenção da elite maldosa? hahaha e ai classe média, assalariado, MEI, funcionário público, sei lá o que vc é e não me interessa. Tu acha mesmo que faz parte dessa elite? teclando em um site automotivo do Brasil? Brasil? ELITE de verdade, com E maiusculo que faz, especulação financeira, guerras hibridas, manda no sistema financeiro mundial, faz intervenção de banco centrais, quebra e erque economias, tudo isso é macroeconomia e geopolítica, é decidido fora, se quiserem transformar o Brasil na Venezuela literalmente e matar milhões pra lucrar, assim é e será feito (não precisa entregamos de graça).

                    Iraque, Síria (oriente médio generalizando), Venezuela, continente africano, Brasil, tudo coincidencia a verdadeira riqueza estar em paises que são pobres e cheios de problemas estruturais?

                    Cresce.

                    • thewes

                      Previdência é: junte sua grana e invista. Fim de papo. E por isso eu amo o sistema de capitalização. O pessoal quer milagre.

                    • MKB

                      Na cara não pra não estragar o velório! hahahaha

                  • D34D P00l

                    Nem perde o seu tempo tentando ensinar como a economia daqui ta lascada.
                    Pra esse tipo de gente só vale a pena mandar um PMJ(pague meus juros).

                  • Ernesto

                    Louis, já escrevi uma vez para esse Observador que, de observador, ele não tem nada! É um completo cegueta! E os comentários que ele fez para você corroboram com o que eu acho dele.

                • Miguel

                  Eu acho que na situação que estamos, a reforma da previdência é a primeira iniciativa pra diminuir deficit fiscal da União e estados. Aqui no Rio a situação é desesperadora.
                  Inclusive deveriam acabar com as gratificações que fazem uma pessoa receber salários de 50 mil, mas quem é o santo que vai mexer com os servidores públicos?

                  Segundo, com certo equilibrio das contas públicas, aí sim dá pra fazer a reforma tributária, pois num momento de crise, infelizmente o governo não pode abdicar de receitas, baixar impostos e não sair do lugar.

                  Ricos e pessoas que lucram no mercado financeiro deveriam pagar mais IR, e acho que deveríamos acabar com essa história de PF poder abrir uma empresa pra poder receber como PJ e pagar menos impostos.
                  Quem vai fazer isso?

                  Eu também acho que a demanda no país está reprimida, mas baixar a SELIC só por baixar (já vimos no que deu com a Dilma), pode até aquecer a economia, mas aí corremos o risco da inflação voltar e nossa taxa de juros ir parar lá nos 15%!
                  Faltam reformas, falta aumentar o nível de produtividade do nosso trabalhador, falta resolver o gargalo da infraestrutura, falta muita coisa antes de querer que os juros baixem.
                  Agora os juros dos bancos são um escárnio, esses sim tem que ter concorrência pra ver se se adequam ou somem!

                  • Observador

                    Cara, concordo com você em muitos pontos, mas há erros grosseiros que a mídia propaga p/ tornar a reforma mais palatável. Uma delas atacar servidores público de baixo escalão.

                    1º) salvo engano, desde 2013, todos os novos servidores só se aposentam (RPPS) com o teto do INSS (RGPS), se quiser complementar deve contribuir a parte em previdencia complementar pública, e essa é a pegada. A intenção final é transformar tudo em uma regime único, só que administrado por bancos públicos e/ou PRIVADOS! se o banco quebra, ou o sistema financeiro entra em colapso, as pessoas perdem tudo, pois você forma sua “poupança”, e governo, empresas tira o da reta. Veja o ministro acusado de fraude em fundos de pensão, o lobo tomando conta do galinheiro. a corrupção tem 2 lados só existe corrupto pq há corruptores, e os holofotes estão sempre nos pé-de-chinelo, já reparou?

                    2º) sobre o IR já é assim, só que a tabela esta desatualizada e tem poucas faixas de tributação. pobre paga proporcionalemnte muito e rico quase nada.
                    Dividendos de ações ñ tem IR e muito menos contribuição previdenciária. traduzindo: se vc trabalha em uma empresa, vc e seu patrão sustenta o sistema, mas o Beleza que ganha mais que você e não recebe salário e sim retorno do mercado financeiro sem produzir nada tira a grana livre.

                    3º) SELIC: Exatamente por isso, a louca da Dilma fez tudo errado, sem falar no setor elétrico e combustiveis represados por muito tempo, mas no nível internacinal tbm está errado pq a matéria prima, empresa, e mão-de-obra é brasileira com custos em reais é usam essa selvageria com o próprio povo, pra pagar dividendos pra quem? pra quem não produz nada fica só especula, tem de haver um meio termo. Até desvie do assunto, quanto a SELIC p/ baixa-la tudo retorna p/ necessidade de reforma tributária, ela vai trazer mais receitas baixando impostos no consumo que faz a economia crescer, tem um meio termo, mas alguém tem de ceder, lobby do mercado é claro que não vai ser. Sem essa reforma ñ tem desenvolvimento a longo prazo, é simples, colocar os bois na frente da carroça.

                    4º) é necessário uma reforma da previdência sim, não essa e feita dessa forma, nossa população é jovem e nem se compara com a europeia e japonesa; idade mínima de acordo com a realidade brasileira 55/60 anos e aliquotas realmente progressivas, inclusive p/ o sistema financeiro que paga só 22,5% de aliquota patronal, praticamente o mesmo que uma empresa comum que emprega muito, e vai piorar com serviços digitais e IA o bancos e a industria em geral vai precisa cada vez menos de pessoas.

                    No fim das contas é tudo uma útopia. o gado aceita tudo e ainda rotula quem pensa diferente de esquerdista, e todos os ismos e istas, não debate argumentos e sim ataques pessoais, não o seu caso, se é que entende.

                • D34D P00l

                  Primeiro, você sabe como são formadas as taxas de juros? Pensamentos como o seu de “não tem deficit”, “nenhum direito a menos” e similares que existem na nossa população e no nosso governo geram um risco de calote que faz a taxa de juros subir. Juro = risco, altos juros = altos riscos.
                  Segundo, essa linha de pensamento de desejo de esfolar ricos é uma das coisas que mais destrói riquezas. Só é possível esfolar os ricos se você não deixar eles fugirem do país(o que é um absurdo, nível coréia do norte) ou se todos os lugares esfolarem tanto quanto, afinal você não se tornou rico deixando o governo te espoliar não é?

      • MKB

        Se você não sabe se é verdade, pq está divulgando isso? Ouviu falar de quem? Onde?

        • Ernesto

          Ok, então agora temos que passar o RG da pessoa que passar as informações para nós.

    • Não necessariamente. Se a compra for apenas dos ativos, não das operações, nem mesmo os funcionários deverão ser absorvidos em sua integralidade.

  • EDU

    LULADRAO ja deu ate palpite falando para boicotarem as importacoes dos Ford vindo de fora . O CAOA nao e bobo , Grana deve ter pra comprar a fabrica

    • Murilo Soares de O. Filho

      O pior é isso, a imprensa publicar palpites de um presidiário, só no Brasil mesmo.

      • Marcelo Ecosta

        Se te incomoda um presidiário, procure saber a história do Sr. CAOA.

        • Ernesto

          “O Lula tá preso, b…!”

    • Carimbo

      Independente de quem falou, acho engraçado que quando Trump quer proibir produtos importados nos EUA, todo mundo aplaude, mas incentivar fabricação local no brasil é visto como comunismo. Dois pesos, duas medidas.

      • SDS SP

        O presidente estadunidense é outro que representa os defensores da reserva de mercado. Isso não funciona mais.

      • Murilo Soares de O. Filho

        A briga é que o Produto Americano quando entra na Europa, Japão ou qualquer outro lugar, ele paga mais impostos do que produtos Japoneses e Europeus pagam quando entram no EUA, na verdade ele quer igualdade pelo menos, o que eu acho justo.

      • thewes

        Não é bem assim. Eu não aplaudo qualquer medida de reserva de mercado. Eu sou um libertário ferrenho e extremista. É cada um por si, com regulações mínimas.

      • invalid_pilot

        Produção de automoveis nos EUA tem baita valor agregado e desenvolve pesquisa e tecnologia.
        No Brasil produzem projetos baixo custo com incentivos fiscais e vendem caríssimo e não desenvolvem nada de novo, nenhuma tecnologia.

        Só ver os modelos feitos nos EUA e aqui.

  • octavio cesar godoy

    Eu compraria e demolia, e construia um shoping, ou outra coisa. manda esse sindicato procurar dinheiro em outro lugar, bando de safados. Foi a causa da Ford ter saido dessa imundicie

  • octavio cesar godoy

    quero que se explodam esses sindicatos e quem financia esses desgraçados

  • Domenico Monteleone

    Seria uma solução interessante.

  • Marcus Vinicius

    Falou da Pampa e se esqueceram de citar a picape grande F-1.000

  • Eng Turbo

    Participei de reuniões com outros fornecedores, e a possibilidade mais viavel até agora é a seguinte:
    A CAOA não está tão interessada no parque fabril da Ford (localização dominada por Sindicatos, salarios altos, IPTU absurdo, especulação imobiliária, etc)
    Ela quer é o FINANCIAMENTO do BNDES com juros subsidiados, isso sim explica essa compra.

    Pare e pense um pouco:
    Prefeituras do interior do estado de SP (Exemplo) podem oferecer o terreno de graça e isenção de IPTU entre outros impostos, por…digamos…10 anos!!
    Por que vc compraria a Ford no ABC???????? Planta antiga e completamente desatualizada?

    • Fernando Bento Chaves Santana

      Faz sentido se a CAOA pretender licenciar a produção do Cargo, e quem sabe, dos F350 e F4000. Pois Com isto CAOA entraria no ramo do dia para a noite sem grandes investimentos e com produtos consolidados no mercado.

      • Ernesto

        Alguém comentou que a Ford produz (ou produzia) os caminhões Cargo sob licença de uma empresa turca.

    • Ducar Carros

      A taxa de juros do BNDES está cara, não creio que viabilize a aquisição de uma fábrica desse porte.

      O que está sendo estruturado é uma isenção de impostos municipais e estaduais para quem levar a fábrica, bem como uma revisão dos direitos dos trabalhadores com o sindicato.

      • Eng Turbo

        Os juros do BNDES estão mais caros do que ja foram na ea do PT, mas ainda estão bem abaixo do mercado, vale o aporte.

        • Ducar Carros

          Para grandes empresas, o que é o caso, não está mais bem abaixo que o do mercado não: muitas grandes empresas, sobretudo exportadoras, estão conseguindo captar ao menos tão barato quanto lá fora, e estão quitando seus financiamentos no Banco. O que mantém seu interesse nos empréstimos do Banco é o prazo longo e ser em reais.

        • Murilo Soares de O. Filho

          É pra pagar o rombo que o PT fez…rs

  • Zé Mundico

    Fazer profecia é coisa complicada, mas acho que a Caoa podia se associar a alguma chinesa ou mesmo com a Hyundai para a produção de um carro elétrico.
    Seria um novo caminho a ser trilhado até mesmo para estabelecer e ocupar uma posição ainda pouco explorada. Tá cheio de montadora chinesa querendo lançar carro elétrico por aí e muitas estão em busca de parcerias.

    • Unknown

      Produzir um veículo elétrico em uma planta projetada para fabricar caminhões… seria praticamente trocar toda a fábrica. Só se aproveitaria o terreno e os “galpões”.

      • Zé Mundico

        Olha, até que não. Motores geralmente são feitos em outras fábricas. Aliás, os motores da Ford são feitos em Taubaté.

        • Ernesto

          Acho pouco provável produzir carros elétricos. Enquanto não houver estrutura, carros elétricos serão de nicho, então ter uma fábrica no Brasil não teria como pagar o investimento. O volume de vendas seria muito baixo creio eu.

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Será que teremos uma CAOA Caminhões?

  • Coffinatorᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

    Isso é ótimo, apesar do CAOA ser um marginal, mas ele sabe gerenciar negócios. A Ford deveria entregar a operação BR pra ele.

  • gustavo

    A CAOA poderia mesmo comprar, e fabricar as Série F aqui, e até alguns SUV como o Escape e o Explorer dar uma modernizada, podia ate usar pra fabricar alem dos novos Ford, tambem a marca Exceed, quem sabe indo mais longe até algum modelo Subaru. A planta da Fábrica é bem grande, Seria muito bacana se surgisse uma marca de veículos nacional.

    • Unknown

      Mas aí só se aproveitaria o espaço físico, praticamente, pois o maquinário teria que trocar todo, e isso é o mais dispendioso…

    • Murilo Soares de O. Filho

      Um fabricante nacional e sério seria ótimo, mas a CAOA, sei não…

  • CanalhaRS

    Uma pena a Hyundai não assumir essa fábrica para ampliar sua linha aqui e se desvenciliar de vez da CAOA.

  • EDU

    CAOA acabou de confirmar por comunicado que realmente esta conversando com a FORD sobre a fabrica em Sao Bernardo

  • heliofig

    Seria interessante a CAOA assumir inclusive a produção dos caminhões Ford. Podendo até montar F250 atualizada pra própria Ford…

    Agora, o problema é ela entrar no ABC, com os sindicatos mais fortes do Brasil…

    • A união da Ford com a Volkswagen na área de veículos comerciais não permite este tipo de acordo.

  • carnero

    Faz sentido, pois todo o alto escalão da CAOA trabalhou na Ford e o próprio Sr. CAOA vendia os carros da Ford

  • Rafael Oliveira

    Ahahahahahahahahaha

    • Dod 2019 New Era

      Tá brava, cadela espumosa? Vai aprender a limpar privada que é o que você vai fazer quando tiver com 70 anos. Lixo!

  • Rogério R.

    Segundo a Transporte Mundial a DAF também está interessada na fábrica da Ford.

  • TchauQueridos

    Tenho ouvido rumores que uma multinacional já instalada no brasil estaria em negociação.
    Que por enquanto não seria divulgado.

    • Tosca16

      Acho que a maior jogada pra Caoa seria pressionar os revendedores Ford Caminhões ao seu favor, prometendo manter a linha mesmo que com o nome de “Caoa Ford” por algum tempo; porque eu imagino que estes já devam está com os nervos a flor da pele, imagina parar a produção e ele como revendedor Ford ter que mudar de bandeira assim rapidamente.

      • Os caminhões da linha Ford Cargo no Brasil são modelos licenciados da turca Orsan, e esta não renovou o contrato com a Ford nas Américas, devido ao recente acordo de união das operações de veículos comerciais da Ford com a Volkswagen, que já conta com caminhões MAN, VW e Scania em suas operações. Os revendedores de caminhões da Ford estão amparados e não devem ficar sem bandeira, onde os que tiverem interesse poderão abranger alguma das duas marcas da MAN Latin América (VW ou Scania), desde que não exista outro concessionário na mesma região, lembrando que há pouca sobreposição de concessionárias Ford Caminhões, com concessionárias do grupo MAN. As demais, deverão ser absorvidas pela DAF ou Iveco, tal qual já ocorreu com algumas até o momento.

  • Hodney Fortuna

    Quando vejo essa discussão sobre o fechamento dessa fábrica da Ford em SBC por decisão da própria montadora, pode ser sinal de no futuro a empresa estar batendo em retirada do brasil por completo. E não duvido da GM fazer o mesmo! O mercado de automóveis no Mundo está se reestruturando. A tendencia é dentro de dez anos as montadoras reduzir os modelos a combustão em detrimento dos elétricos e serão poucas fábricas no Mundo que irão produzir esse tipo de veículo pois, os automóveis para a nossa chateação (para os politicamente incorretos como eu) serão compartilháveis.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email